Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Sofia Pacheco

Author Archives: Sofia Pacheco

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão- 3ªjornada

Jornada com algumas surpresas, onde o Manteigas foi surpreendido em casa, pelo Trancoso numa partida de incerteza no marcador.

Já o Fornos venceu num terreno difícil por três bolas a uma face ao Soito.

Manteigas- Trancoso 2-3

Desportiva do Soito- Fornos de Algodres 1-3

Vilar Formoso- SC Sabugal 2-2

Os Vilanovenses- Vila Cortez 1-3

AD São Romão- Estrela Almeida 1-0

SC Celoricense- CD Gouveia 2-0

Aguiar da Beira- Ginásio Figueirense 1-0

Resultados do Campeonato de Portugal- Série B 8ª jornada

Lusitânia Lourosa- Gafanha 3-3

Paredes- Sp.Mêda   3-0

Penalva Castelo- AD Sanjoanense 2-1

Leça- Gondomar 1-3

Cinfães- Águeda 1-0

Sp.Espinho- Lusitano FCV 3-1

SC Coimbrões- FC Pedras Rubras 0-0

07/11-15:00 Cesarense- U.Madeira

25/11- 17:00 Marítimo B- Amarante FC

Condições Meteorológicas Adversas !Alerta!!

O mau tempo vai chegar a Portugal Continental
A situação meteorológica que irá condicionar o território continental português é ainda muito incerta, nomeadamente quanto à trajetória da depressão Leslie e aos efeitos que a mesma produzirá em relação a vento, precipitação e agitação marítima. Espera-se que as condições dos estados do tempo e do mar se agravem a partir das 19:00 horas de sábado, 13-10-2018, atingindo-se o pico mais crítico entre as 00:00 horas e as 06:00 horas de domingo, para o vento, as 01:00 horas e as 16:00 horas de domingo para a precipitação, as 03:00 horas e as 12:00 horas de domingo, para a agitação marítima.
O território continental português será afetado muito provavelmente em toda a sua extensão geográfica, não sendo possível ainda indicar com precisão as áreas de maior impacto dos fenómenos meteorológicos.

É essencial recomendar ESPECIAL CUIDADO com o vento, por precaução, na medida em que, podendo soprar forte nalgumas regiões, pode contribuir sobremaneira para a evolução rápida dos incêndios rurais que venham a verificar-se.

🚨2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

➡️· Danos em estruturas montadas ou suspensas;
➡️· Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;
➡️· Possíveis acidentes na orla costeira;
➡️· Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;
➡️· Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;
➡️· Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
➡️· Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;
➡️· Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
➡️· Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

🚨3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A ANPC recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

➡️· Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
➡️· Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;
➡️· Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando a circulação e permanência nestes locais;
➡️· Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
➡️· Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
➡️· Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;
➡️· Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

➡️· Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações consulte:

www.prociv.pt ou
http://www.prociv.pt/…/AP_44_DCS_2018_10_12_Condi%C3%A7%C3%…
Para acompanhamento da situação consulte:
www.ipma.pt ou
https://www.ipma.pt/pt/otempo/prev-sam/timeline.jsp?reg=VIS

Informação : AUTORIDADE NACIONAL DE PROTEÇÃO CIVIL

NelaSport no top ten em Tábua

A dupla da NelaSport, Luís Borges/José Figueiredo, que participaram nesta Prova, sem preocupação pelas contas do campeonato, fizeram uma corrida tranquila, sem necessidade de correr riscos, terminando em 10º lugar da geral.

O Rally de Tábua a contar para o Campeonato Centro de Ralis,  contabilizou um total de 26 equipas inscritas, o que antevia muita adrenalina e competição, à medida que as contas de Campeonato se vão definindo.

“Esta foi uma participação onde assumimos logo de início, que o objetivo principal seria terminar e preferencialmente sem danos no carro, o que foi amplamente alcançado. Sabíamos que a nossa falta de ritmo competitivo, inerente a uma paragem superior a um ano, apenas interrompida com a participação no Rally Vinho do Dão, não nos permitia lutar por um bom resultado, pelo que a entrada no “top ten”, foi uma agradável surpresa, para uma prova onde praticamente não assumimos qualquer risco. O desenho das especiais de classificação de Tábua, exigem muita “mão-de-obra”, obrigando a que o ritmo e níveis de concentração, estivessem num escalão elevado, o que só é possível treinando e competindo frequentemente, o que não tem sido o nosso caso. Esta época e tendo em consideração o budget disponível, a prioridade da equipa foi a aposta no Campeonato de Portugal de Kartcross, pelo que a “disponibilidade”, para os ralis ficou de alguma forma condicionada às participações, em Nelas e aqui em Tábua”, afirma Luís Borges.

Por.Nelasport

Região de Coimbra vai ser Região Europeia da Gastronomia em 2021

O Turismo Centro de Portugal congratula-se com a distinção atribuída hoje à Região de Coimbra, que será Região Europeia da Gastronomia em 2021.

A escolha, confirmada em Bruxelas pelo Instituto Internacional de Gastronomia, Cultura, Arte e Turismo, que avalia as candidaturas para a Comissão Europeia, reconhece a riqueza ímpar desta região a nível gastronómico. A candidatura de Coimbra recebeu o apoio do Turismo Centro de Portugal desde a primeira hora.

“Uma região que alia o Leitão da Bairrada à chanfana, à lampreia, ao cabrito assado e a outras iguarias únicas e que presenteia o palato com os Pasteis de Tentúgal, os Pasteis de Lorvão ou as Barrigas de Freira, é uma região gastronómica que merece, justamente, ser conhecida e reconhecida em todo o espaço europeu. É isso que vai acontecer em 2021, com uma distinção que enche de orgulho o Centro de Portugal. Parabéns à Região de Coimbra, à sua Comunidade Intermunicipal e aos 19 municípios que a compõem, que não se poupam a esforços para levar a marca Coimbra a espaços cada vez alargados”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal e membro do Conselho Estratégico do Desenvolvimento Intermunicipal da Região de Coimbra.

“Esta é também uma excelente oportunidade para cada vez mais europeus descobrirem esta região, de forma a conhecerem, além de gastronomia, os sítios património mundial, os locais de natureza quase intocada, as aldeias do xisto ou a costa atlântica, recursos turísticos que caracterizam a Região de Coimbra”, acrescenta.

A cerimónia de escolha da Região de Coimbra como Região Europeia da Gastronomia em 2021 decorreu hoje, em Bruxelas, e contou com a presença de quase todos os presidentes dos 19 municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

A denominação de Região Europeia da Gastronomia é atribuída anualmente a duas regiões distintas em cada ano e reconhece a inovação e a interligação da gastronomia com a cultura, o turismo e a economia.

Mangualde acolheu formação de motoristas de pesados de mercadorias

Decorreu no passado sábado, no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, uma formação prática profissional para condutores de veículos pesados de mercadorias. Estiveram presentes mais de 70  profissionais na formação, oriundos de várias empresas do setor.

Marcou presença João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, que salientou a importância da formação contínua e constantemente atualizada, nomeadamente agora que a nova regulamentação social sobre tempos de condução e repouso entrou em vigor.

Esta formação prática de demonstração contínua foi organizada pela APV – Associação de Profissionais ao Volante e pelo grupo Motoristas Lusitanos. A sessão foi composta por três módulos: “Socorros e manuseamento de sistemas de proteção de incêndio”, “Amarração e acondicionamento de carga” e “Gestão de stress em situações de risco”. Por fim, esclareceu-se a “Regulamentação Social e Tacógrafos”.

Resultados do Campeonato de Portugal- Jornada 7

Teve lugar na tarde deste domingo, mais uma ronda do Campeonato de Portugal, com o Penalva do Castelo a empatar em Águeda a zero, o SC Meda foi derrotada em casa por quatro bolas a uma pelo Marítimo B, por sua vez o Lusitano Vildemoinhos também foi derrotado pela margem mínima pelo vizinho Cinfães.

Jornada 7

Amarante FC- Sp. Espinho  0-4

Gafanha- SC Coimbrões 2-1

Águeda- Penalva do Castelo  0-0

Gondomar- Paredes  1-0

FC Pedras Rubras – Cesarense  2-2

Sp. Mêda- Marítimo B  1-4

Lusitano FCV- Cinfães 0-1

AD Sanjoanense- Lusitânia Lourosa 2-3

U.Madeira- Leça 2-1

Lidera:Gondomar, 19pts, seguido do Gafanha, 16 pts.

9º Penalva do Castelo, 10 pts

18º SC Mêda, 0 pts

 

Por:zerozero

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão- AF Guarda

Jornada 2

SC Sabugal- Manteigas 0-2

Trancoso- AD Fornos de Algodres 1-1

Vila Cortez- Vilar Formoso 5-0

CD Gouveia- Os Vilanovenses 2-0

Ginásio Figueirense- AD São Romão 6-2

Estrela Almeida- SC Celoricense 2-1

Aguiar da Beira- Desportiva do Soito 1-0

União de Sindicatos da Guarda na luta pelos Correios em Fornos

Assim nesta semana, União de Sindicatos da Guarda fez uma ação de campanha contra o encerramento dos Correios em Fornos de Algodres.

A ideia dos sindicatos é protestar contra este encerramento em Fornos, mas também Manteigas e se calhar em breve em mais algumas se vão seguir por esse distrito fora.

foto:JR

 

Férias em Ação Verão 2018 em balanço

No encerramento das Férias em Ação – Verão 2108, a Família SEC esteve próxima das crianças que frequentaram este Programa, e proporcionou um dia bastante divertido com a pintura de dois murais compostos pelos seus seis elementos. Desde o ano letivo passado, esta Família comunica a nova identidade gráfica e as diferentes vertentes do Serviço de Educação e Cultura (SEC), no âmbito da política educativa preconizada pelo Município de Nelas, facilitadora dos demais contextos de educação formais e não formais para uma escola inclusiva, saudável e feliz.

O Programa que decorreu entre 25 de junho e 31 de agosto 2018, foi organizado pelo SEC do Município, em colaboração com os Agrupamentos de Escolas do Concelho, Canas de Senhorim e Nelas, e contou com a participação de 180 alunos do 1º e 2º CEB dos dois Agrupamentos, em diversas atividades lúdicas e recreativas, que proporcionaram extraordinários momentos de convívio e partilha em ambiente salutar e descontraído, nesta alargada interrupção letiva de cerca de dois meses e meio, assegurando-se desta forma o apoio social às famílias com filhos em idade escolar e que vai ao encontro das necessidades dos pais e encarregados de educação no acompanhamento e desenvolvimento pedagógico dos seus educandos, cujo investimento direto do Município, para este período, ronda os 40.000€, entre custos fixos de transportes e instalações, materiais pedagógicos e de suporte às diversas experiência sensoriais pedagógica, até à contratação de recursos humanos qualificados nas área de educação, desporto e dimensões artísticas.

Orientadas por 8 professores das atividades de enriquecimento curricular (AEC), e auxiliadas por um conjunto de funcionários de ação educativa, promotores do êxito deste Programa, a planificação foi bastante diversificada, com o desenvolvimento de atividades no Concelho e com saídas a locais pedagógicos, recreativos e de lazer, que seguramente contribuíram para alargar o conhecimento de novos espaços e culturas, expandir horizontes, ampliar laços afetivos e construir memórias especiais da sua infância.

Para a próxima interrupção letiva, Férias em Ação – Natal 2018, a Vera elemento da família SEC, que representa a realização de programas de caráter educativo, cultural, desportivo e social (solidariedade), desenvolvidos nas interrupções, está a preparar e a planificar um novo formato para esta época, habitualmente repleta de magia, no sentido de assegurar a melhoria contínua deste Programa que é cada vez mais procurado pelos pais e encarregados de educação.

Por:Mun.Nelas

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar