Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Sofia Pacheco (page 4)

Author Archives: Sofia Pacheco

Feriado Municipal de Celorico da Beira celebrado online

O Município de Celorico da Beira celebra o aniversário do nascimento de Sacadura Cabral , neste sábado, dia 23 de maio, é o seu Feriado Municipal, em contexto de desconfinamento social e de reabertura da economia, depois das medidas restritivas impostas pela crise pandémica que assolou o país e o mundo.
No Dia do Município, a Câmara Municipal de Celorico da Beira vai assinalar a data do nascimento de Sacadura Cabral e evidenciar a importância dos feitos deste ilustre filho da terra, vulto maior da aviação, que deu novos mundos ao mundo.
Devido às contingências provocadas pela crise pandémica , as comemorações do Feriado Municipal deste ano, vão realizar-se com algumas limitações, por força do confinamento e distanciamento social a que ainda estamos obrigados.
À semelhança dos anos anteriores, as comemorações do Dia do Município começam com o habitual hastear da bandeira às 10H30 e a deposição de uma coroa de flores junto à estátua de Sacadura Cabral, pelas 11H00.
Às 12H00, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, dirigir-se-á aos celoricenses com uma mensagem intitulada “Uma pequena candeia lusitana”.

A restante programação tem a peculiaridade de se desenrolar numa plataforma online, e requerer o envolvimento da população – crianças, jovens e adultos. Para este efeito, o Município lançou 2 desafios aos celoricenses, de todas as idades: “Celorico da Beira da Minha Janela” e “Mostra o Teu Talento”.
Na iniciativa “Celorico da Beira da Minha Janela” convidou os celoricenses a participarem com desenhos e pinturas, os quais serão divulgados às 17H00. Estes trabalhos constituirão uma exposição virtual, que continuará, posteriormente, patente no facebook e site da Câmara Municipal.
Com a atividade “Mostra o Teu Talento” desafiou os celoricenses a gravarem vídeos onde exibem os seus talentos, artes e habilidades, partilhando-os com toda a comunidade num espetáculo virtual. A divulgação dos vídeos terá lugar a partir das 14H00, de 30 em 30 minutos.
O Dia do Município é a oportunidade para se homenagear os filhos da terra, que se destacaram nas mais diversas áreas e, que elevaram mais alto o nome da terra que os viu nascer. Na atual conjuntura, é de elementar justiça que, neste feriado nos exultemos com os verdadeiros heróis dos nossos dias, os homens e mulheres que, estiveram e estão, na linha da frente no combate ao coronavírus no município, merecendo por isso, a mais sentida homenagem e aplausos de todos os celoricenses.

Serra da Estrela, um destino em estado puro, visite-nos!!!!

Está em curso uma Campanha promocional turística dinamizada pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela , no sentido de atrair turistas a toda a comunidade. Este é o slogan que vai chegar a todos, por todo lado.

“Estamos prontos! Este Verão viaje para longe das filas, dos semáforos, das multidões. Este Verão aproveite o melhor que a natureza tem para lhe dar, sem ter que esperar pela sua vez. Com uma das zonas verdes mais vastas do país, a Serra da Estrela é um destino em estado puro, onde há lugar reservado para todos aqueles que nos queiram visitar”.

 Se estiver a organizar as suas férias ou fim de semana, planeie uma fuga da cidade, uma escapadinha romântica, uma viagem familiar à natureza, ou um encontro com a cultura, a Serra da Estrela é o lugar para se estar nesta época do ano.

Depois dos meses conturbados que se viveram, as férias precisam ser perfeitas. Chegou o tempo. Esta é a altura de descobrir a melhor e mais bonita paisagem portuguesa.

É na Serra da Estrela que pode encontrar a montanha mais alta de Portugal Continental. Marcada pela natureza, beleza paisagística, desníveis montanhosos, rotas, rios e vales glaciares, onde os 1993 metros de altitude nos colocam mais perto do céu, do paraíso possível na Terra.

E a serra não é só a serra. Nunca é. É a soma de todos os territórios que a rodeiam, sustentam e engrandecem, que permitem uma experiência inesquecível e completa, repleta de sensações e sabores, cultura e história, natureza e aventura, saúde e bem-estar no seu estado mais puro.

Aceda ao website: www.visiteserradaestrela.com, conheça os  roteiros e tenha acesso às promoções que temos para si, pois chegou o tempo de planear as suas férias cá dentro!

São muitos os motivos para visitar a Serra da Estrela: No  site pode escolher um dos Roteiros Sensações e Sabores, que o leva durante 3 dias pelos municípios de Fornos de Algodres, Gouveia, Celorico da Beira, Trancoso e Pinhel. Inicie a sua aventura, em Fornos de Algodres, a aprender a confecionar o pão de urtigas. Almoce em Folgosinho, onde pode degustar um magnífico cabrito assado no forno e contemplar a deslumbrante paisagem do vale médio do Mondego. No dia seguinte, explore a Aldeia Histórica de Linhares da Beira, com o seu esplendoroso castelo (monumento nacional), e passe pelo Solar do Queijo da Serra da Estrela para saborear o verdadeiro queijo. Termine o dia em Trancoso, a percorrer o Centro Histórico, que reúne um imponente conjunto de muralhas e um Castelo milenar. O terceiro dia é destinado a experienciar o magnífico vinho produzido pelas gentes de Pinhel.

Puro de Sensações e Sabores

A natureza, aliada ao melhor e mais puro que a terra nos dá, faz das Beiras e Serra da Estrela uma região que se distingue do país pela sua gastronomia. Que região se pode gabar de ter um pouco de tudo, com qualidade reconhecida? O pão e o azeite (no nosso site pode conhecer a Rota do Azeite – da azeitona ao líquido dourado que nos aquece a comida e o corpo) a amêndoa, a castanha, a cereja (o Verão é vermelho da cereja do Fundão), a maçã, o pêssego, o cabrito e o borrego assados, os enchidos, o queijo (chegou a hora de conhecer e provar os melhores DOP do mundo), o requeijão (que deve aliar a um bom doce de abóbora – um segredo que podemos deixar escapar) e os vinhos da Beira Interior, Dão e Douro.

Há uma iguaria para todos os gostos. E se quiser saber mais, existem diversos espaços museológicos e interpretativos, como é o caso do Museu do Pão, Queijo e Azeite, que permitem ir mais além na experiência de saborear.

 

Puro de Cultura e História

As históricas Aldeias de Portugal, Aldeias do Xisto, Aldeias de Montanha, Castelos, Espaços Museológicos e Culturais, Rede de Judiarias e Património material e imaterial de matriz cristã são parte de uma oferta rica em autenticidade, ruralidade, identidade e tradição.

Este Verão, pode aproveitar e fazer a Rota dos Castelos. Comece o itinerário pelas aldeias de Castelo Mendo e Castelo Bom, até parar na Aldeia Histórica de Almeida. Na saída, Castelo Rodrigo acompanha-o no seu caminho para visitar a aldeia cor de barro. Chega a Pinhel, perca-se ali, começando por Cidadelhe.

Não pode deixar de visitar a Sé Catedral da Guarda e a terra natal de Pedro Álvares Cabral. O navegador e explorador português que descobriu oficialmente o Brasil partiu verdadeiramente de Belmonte. A vila medieval, de herança judaica dos últimos judeus sefarditas em Portugal, está lá quase intacta para o receber.

Puro de Natureza e Aventura

Os recursos naturais e paisagísticos, como o Parque Natural da Serra da Estrela (onde tem 25 lagoas para uma paragem refrescante), a reserva Natural da Malcata, a paisagem protegida da Serra da Gardunha, o Parque Natural do Douro Internacional, o Parque Ecológico de Gouveia, um espaço interativo onde se sente a natureza, e onde se aprende a respeitar o ambiente.

Se procura algo mais relaxante, ou algo mais intenso, este é o sítio.

Por um lado, as experiências específicas de baixa intensidade física, que permitam contemplar, desfrutar e conhecer a natureza a as suas paisagens idílicas.

Por outro, é o destino certo para realizar atividade de desporto e aventura em contextos únicos de beleza natural e sustentabilidade. A diversidade e magnitude dos recursos naturais permitem à nossa região estar aqui nas quatro estações do ano à sua espera. São poucas as regiões que assim são! Aproveite. São muitos os roteiros que pode fazer.

Puro em Saúde e Bem Estar

As férias sempre serviram para recarregar baterias. A preocupação com a saúde e bem-estar tem vindo, no entanto, a aumentar. Adotar um estilo de vida saudável começa aqui.

Nas Beiras e Serra da Estrela encontra um vasto conjunto de SPAs – alguns deles ligados às estâncias Termais – de excelente qualidade, vocacionados para o relaxamento do corpo e da alma. O ambiente puro e de paz que aqui se vive, a tranquilidade sublime das nossas gentes e ambientes são o plano de fuga perfeito ao stress do quotidiano. Deixe-se encantar pelos SPAs do Fundão, Seia e Fornos de Algodres, as massagens e banhos quentes na Covilhã, as estâncias termais de Manteigas e Sabugal e os tratamentos relaxantes de Belmonte e Mêda.

Este território tem todas as condições para a prática do climatismo devido aos recursos naturais, a qualidade do ar e ambiente. A vida em estado puro proporcionando um microclima com propriedades curativas, benéficas e favoráveis à recuperação e melhoria de certas doenças e patologias.

Se é para descansar, considere um dos nossos Roteiro Saúde e Bem-estar nos concelhos da Covilhã, Manteigas e Fundão, durante 3 dias, disponível no site. Encontre o equilíbrio com uma experiência de yoga no Natura Glamping. Caminhe pelo Jardim Botânico de Montanha e revigore o corpo e espírito no SPA Termas de Manteigas.

Sentir e Viver a Serra da Estrela – um destino em estado puro – é trazido até si pela Comunidade Intermunicipal da Beiras e Serra da Estrela. Esta associação de âmbito territorial visa a realização de interesses comuns aos 15 municípios que nele estão integrados: Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Gouveia, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal, Seia e Trancoso.

Ainda encontre promoções até 30% na reserva de alojamentos e restaurantes.

 

Em Mangualde entregues 150 cabazes a famílias de alunos do escalão A

O Município de Mangualde está a implementar o Plano Municipal de apoio às famílias, às instituições e às empresas, definido aquando da passagem do Estado de Emergência para o Estado de Calamidade e, nesse sentido, entregou esta semana cerca de 150 cabazes a famílias de alunos do escalão A. Cada cabaz é composto por bens alimentares, máscaras e gel desinfetante. A distribuição contou com o apoio das Juntas de Freguesia.

O Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, destaca a importância desta ação, que se repetirá em junho, inserida num “conjunto de medidas de apoio às famílias, às instituições e às empresas, num montante de cerca de 300 mil euros, para enfrentar a crise, e manter vivo o nosso ecossistema social e empresarial”. “Mais do que nunca é fundamental estarmos atentos a todos os que necessitam de ajuda, seja ela de que forma for, bens alimentares para as famílias, equipamentos informáticos para os alunos, ou um simples contacto para uma conversa e para isso temos as linhas de apoio municipal”, contextualiza ainda o presidente.

De recordar algumas das medidas de apoio às famílias, tais como: isenção das tarifas variáveis da água, saneamento e resíduos sólidos urbanos em maio e junho (limite máximo de gastos igual ao mês homólogo do ano anterior, mais 30%); no âmbito da ação social escolar, disponibilização de géneros alimentares às famílias que tenham alunos do escalão A; entrega de pelo menos 100 computadores, 50 routers e outros equipamentos informáticos, de acordo com as prioridades definas pelo Agrupamento de Escolas de Mangualde, para apoio do ensino à distância; e entrega de máscaras às famílias mais carenciadas.

Museu do Caramulo reabre dia 26 de maio

Profissionais de saúde com entrada gratuita até ao fim do ano de 2020

O Museu do Caramulo reabre ao público no próximo dia 26 de maio, assegurando todas as condições de higiene e segurança para protecção dos visitantes e colaboradores de acordo com o protocolo Clean & Safe.
Mantêm-se em exibição as coleções permanentes de arte, automóveis, motos, bicicletas, brinquedos e miniaturas, bem como a exposição temporária “A Arte da Persuasão”, interrompida pela Covid-19 e agora prolongada até 28 de junho, e que exibe uma mostra de mais de 250 peças originais de propaganda, tais como cartazes, panfletos e filmes, utilizadas durante a Segunda Guerra Mundial.
Uma das novidades da reabertura do Museu do Caramulo é a oferta da entrada aos profissionais de saúde até ao fim do ano de 2020, como forma de agradecimento e reconhecimento pelo seu trabalho incansável durante a atual pandemia.

Protocolo de Construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes entre Celorico e Gouveia

 Os Concelhos de Celorico da Beira e de Gouveia Vão ter em breve uma solução para acolher animais abandonados e errantes, uma temática que a todos nos diz respeito. As negociações entre os dois municípios chegaram a ‘bom porto’ para bem das populações.

Face a isso, a construção de um Centro de Recolha Oficial de Animais Intermunicipal é desde há muito tempo uma das principais pretensões dos Municípios de Celorico da Beira e de Gouveia.  De facto, os dois concelhos debatem-se continuamente com a problemática de animais abandonados, vadios e errantes, em más condições, objeto de maus tratos, representando muitas vezes perigo para as populações, para a saúde pública e meio ambiente.

De modo a ultrapassarem o problema, o Município de Celorico da Beira e o Município de Gouveia uniram esforços e assinaram um PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO. O Protocolo de Cooperação e o Projeto do Centro foram aprovados, hoje, em reunião de Câmara Municipal abrindo caminho à realização da obra num horizonte temporal próximo.

O Centro de recolha terá a denominação de “Centro de Recolha Oficial e Parque de Bem-estar Animal S. Francisco de Assis”, e será localizado na União de Freguesias de Sta. Maria, S. Pedro e Vila Boa do Mondego, Celorico da Beira.

Para além da recolha e acolhimento dos animais, o Centro de Recolha a construir em breve procurará, também, encontrar novos donos para os animais abandonados (vertente educacional) e, simultaneamente, garantir os cuidados necessários à manutenção da saúde e conforto animal.

Será uma estrutura moderna, que irá oferecer condições de excelência para a recolha de canídeos e felídeos vadios ou que tenham sido abandonados pelos seus donos, no sentido de dar uma resposta eficaz e orientada às necessidades dos Concelhos, proporcionando as melhores condições de alojamento e bem-estar animal aos animais que se encontram sob responsabilidade dos municípios. Por um futuro mais sustentável e equilibrado.

Por:Mun.CB

Município de Nelas vai limpando a faixa de gestão de combustível

O Município de Nelas continua em curso com a sua operação habitual de limpeza de uma faixa de gestão de combustível, recorrendo a todos os meios ao seu alcance para defesa da malha urbana junto das principais Infraestruturas (como é o caso ilustrado aqui do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Nelas),habitações e zonas industriais.
Até final de Maio cabe ainda aos proprietários a limpeza dos seus prédios e terrenos em redor das suas habitações, esforço que todos devem fazer para não se acrescentar à desgraça da doença mais a aflição e desgraça dos incêndios.
Até final de Junho GNR multando e a Câmara limpando e reclamando os custos substituir-se-á aos proprietários incumpridores.

GNR Guarda-Detido por posse ilegal de armas de fogo em Celorico da Beira

O Comando Territorial da Guarda, através do Destacamento Territorial da Guarda, deteve um homem, de 37 anos, por posse ilegal de armas de fogo, no concelho de Celorico da Beira.

No âmbito um mandado de busca domiciliária emanado pelo Ministério Público de Celorico da Beira, foi apreendido o seguinte material:

  • Uma carabina;
  • Duas caçadeiras;
  • Duas armas de ar comprimido;
  • 934 munições de diversos calibres.

Foi ainda apreendida uma cria de javali, mantida em cativeiro e elaborados três autos de contraordenação de polícia geral.

O suspeito, apesar de ter licença de uso e porte de arma, não tinha todas as armas registadas.

Foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Celorico da Beira.

Alunos do 11º/12º anos do concelho de Pinhel regressaram às aulas presenciais

Regressaram já à escola, para as aulas presenciais que irão complementar as aulas à distância que têm sido asseguradas até agora e que continuarão a fazer parte do processo de aprendizagem, cerca de 90 alunos dos 11º e 12º anos do concelho de Pinhel .

O regresso ao recinto escolar, dois meses depois das aulas presenciais terem sido suspensas, foi devidamente preparado pelo Agrupamento de Escolas de Pinhel e pelo Município de Pinhel cuja maior preocupação é garantir que estão reunidas as condições de higiene e segurança preconizadas para esta fase de desconfinamento.

A desinfeção dos espaços e também dos transportes escolares, a divisão dos alunos em duas escolas diferentes (alunos do 11º na Secundária e alunos do 12º na EB2), lugares marcados (nas salas e nos transportes), o maior espaçamento possível entre mesas de trabalho, a disponibilização de álcool-gel e o uso obrigatório de máscaras por parte de todos (alunos, professores e funcionários) são algumas das medidas implementadas.

A acompanhar este regresso tão especial de alunos e professores estiveram o Diretor do Agrupamento de Escolas de Pinhel, José Vaz, e o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura.

Ambos tiveram oportunidade de desejar a todos as “boas vindas” à escola, nesta reta final do ano letivo, mas sobretudo de transmitir alguns conselhos para esta fase em que todos os cuidados são poucos e todos podem e devem ser agentes de saúde pública.

Na escola ou em casa, o ano letivo prossegue com o Município de Pinhel e o Agrupamento de Escolas unidos no esforço de fazer com que todos os alunos tenham acesso aos meios necessários para completar este ano tão singular.

Vereador Sérgio Costa apresentou as suas intervenções e resumo da reunião de câmara da Guarda

Em comunicado, o Vereador Sérgio Costa, fez um resumo das suas intervenções na Reunião da Câmara Municipal da Guarda.

 Começou por dar Votos de Louvor às Juntas de Freguesia do Concelho da Guarda, pelo excelente trabalho que tem vindo a ser feito pelas Juntas de Freguesia Rurais do nosso Concelho, na compra a expensas próprias e respetiva entrega de Equipamentos de Proteção Individual a todos os seus Fregueses, numa atitude de muita proatividade e proximidade a todos os Cidadãos.

Pela Campanha de Angariação de Fundos para a ULS Guarda para a compra de Ventiladores e de Equipamentos de Proteção Individual, apoiada por Empresas, Associações, pelas várias Instituições ligadas à Igreja Católica e por muitos Particulares.

Fundação Belmiro de Azevedo e a todas as IPSS do Concelho

Num espírito de muita colaboração profícua, sempre presente desde a inauguração da sua última superfície comercial, à Fundação Belmiro de Azevedo (Grupo SONAE), pela oferta ao Município de 85 mil máscaras para distribuição por todas as IPSS do nosso Concelho, de forma a reforçar os EPI´s nestas Instituições, reduzindo assim o seu esforço financeiro e permitindo que outros investimentos possam ser feitos.

No Período Antes da Ordem do Dia

-Lamentar o facto de as Reuniões de Câmara não estarem a ser realizadas com a periodicidade normal, uma vez que temos garantidas todas as condições técnicas necessárias, podendo mesmo ser até presenciais, desde que cumpridas todas as normas emanadas pela DGS, tal como está a ser feito por grande parte dos Municípios da Região.

-Na última reunião de Câmara, lançou o desafio ao Sr. Presidente, no sentido de agendar para esta reunião a análise e votação das medidas de mitigação social e económica face à Pandemia Covid – 19 que haviam sido apresentadas por mim e pelos Partidos da Oposição. Constatei que nada constava sobre isso na ordem de trabalhos e solicitei a devida explicação, tendo o Sr. Presidente referido que não achou oportuno nem necessário.

 –Foi solicitada a apresentação por escrito neste Órgão Executivo do plano pós contingência para os Funcionários e para funcionamento dos diversos equipamentos do Município.

 –Foi pedido o ponto de situação do pagamento das indemnizações aos Proprietários que viram as suas viaturas danificadas, aquando da queda da árvore na Av. Cidade Salamanca no Inverno passado, tendo sido informado pelo Sr. Presidente que o Municipio declinou qualquer responsabilidade nas indemnizações.

Tendo verificado que existem muitos arruamentos espalhados por todo o Mundo Rural a necessitar de uma rápida intervenção de remendagem e de limpeza de bermas, deve o Município agilizar com a máxima urgência todas essas intervenções.

-Em Dezembro de 2018, fruto de um árduo trabalho técnico e de várias rondas negociais, foi com muito regozijo que vimos aprovado o financiamento através do PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano da obra de Requalificação do eixo rodoviário entre a Av. Afonso Costa, Av. Alexandre Herculano, Rua Soeiro Viegas e Alameda de Santo André. Estando para breve o início da intervenção, urge despertar a atenção para que sejam minimizados os constrangimentos à População, face à grande extensão da obra em causa.

-Entre 2013 e 2017, foram repavimentados cerca de 70 arruamentos em toda a Cidade. O planeamento continuou a evoluir, com a prestimosa ajuda dos Técnicos do Município, e depois de 2 anos a aguardar a cabimentação necessária, eis que avançou no final de 2019 o concurso para a Repavimentação de mais 20 ruas na Cidade. Sendo mais um passo para a melhoria das condições de segurança rodoviária dos Guardenses, não podemos esquecer que existem ainda mais cerca de 50 ruas da nossa Cidade a necessitar a mesma intervenção.

-Foi apresentada pelo Senhor Presidente na ordem de trabalhos, a anulação de 8 procedimentos concursais, estimados em cerca de 2,5 milhões de € de intervenção na rede viária municipal.

Não me querendo imiscuir na gestão interna atual do Município, mostro a minha preocupação na anulação de todos estes procedimentos, que previa a pavimentação de dezenas de kms de estradas e caminhos municipais, bem necessários para a melhoria da segurança rodoviária e por conseguinte do bem-estar das populações.

Não posso deixar de salientar algumas dessas estradas e caminhos, que constam algumas delas do programa eleitoral do PSD sufragado em 2017 e outras como compromissos então assumidos:

            – Estrada Videmonte – Prados

            – Estrada Amoreiras do Mondego – Velosa

            – Estrada Pera do Moço –Sra. da Alagoa, entre outros

– Caminho da Regueira na Freguesia de Mizarela/ Pero Soares/ Vila Soeiro

            – Estrada Barracão – Gata

            – Estrada Maçainhas – Prados, Caminho Gulifar – Chãos, entre outros

            – Estrada Montes – Alto de Valdeiras

            – Estrada Almeidinha – Ribeira dos Carinhos

– Estrada Urgueira – Castro do Jarmelo

– Estrada Vila Mendo – Vila Fernando

            – Estrada Arrifana – João Bravo

            – Arruamentos nas Vendas da Vela na Freguesia da Vela, entre outros

– Caminho entre Carvalhal e Qta. dos Pisões na Freguesia de Codesseiro

– Caminho entre Gonçalveiros e Codesseiro

            – Caminho da Sobreira e entre João Antão e Ramela, entre outros

– Caminho entre Galegos, Quinta dos Coviais e a Plataforma Logística na Freguesia da Guarda

– Caminho entre o cemitério novo da Guarda, campo de tiro e Vale de Estrela

            – Estrada Vila Garcia – Carapito da Légua

            – Rua Principal de Casal de Cinza

– Caminho entre Pessolta e a Plataforma Logística na Freguesia de Casal de Cinza

– Caminho de Santa Bárbara na Freguesia de Gonçalbocas

            – Caminho da Felmica e Caminho do Ribeiro em Gonçalo, entre outros

– Estrada de ligação de Famalicão da Serra até ao cruzamento com a EN 18 – 1

– Caminho do Galrado, Caminho do Brejo na Freguesia de Valhelhas, entre outros

– Caminho Qta. do Porto – estrada acesso Qta. São Domingos na Freguesia de Benespera

– Estrada entre Fernão Joanes e o Parque da Sra. do Soito e a Pista de Motocross

            – Caminho de Alqueidosa na Freguesia de Corujeira/ Trinta

– Outras estradas e caminhos nas Freguesias de Alvendre, Avelãs de Ambom/ Rocamonde, Vila Franca do Deão, Avelãs da Ribeira, Vila Cortez do Mondego, Cavadoude, Aldeia Viçosa, Faia, Santana da Azinha, Adão, Marmeleiro, Pousade/ Albardo.

COVID-19 AHRESP propõe ao Governo Programa de Capitalização para empresas do Canal HORECA

A pandemia COVID-19 está a provocar efeitos dramáticos em toda a economia mundial e Portugal não é exceção. As atividades da restauração e bebidas e do alojamento turístico são das mais afetadas com todas as ações restritivas que têm vindo a ser implementadas, colocando as empresas do Canal HORECA em graves dificuldades, na sua esmagadora maioria com “faturação zero” desde 22 de março.

Perante o encerramento da atividade nestes últimos 2 meses, as soluções de apoio disponibilizadas pelo Governo, à exceção do lay off simplificado, basearam-se em moratórias, pagamentos faseados, e concessão de créditos, que apenas criaram mais endividamento, para um futuro próximo de total incerteza quanto à viabilidade das nossas atividades.

Face a todo este cenário, a AHRESP considera que são necessárias medidas rápidas e eficazes, com o objetivo de permitir liquidez nas tesourarias das empresas do Canal HORECA.

De forma a permitir a recuperação neste importante setor da economia nacional, que garante mais de 320 mil postos de trabalho, com impacto em mais de um milhão de habitantes, a AHRESP propôs ao Governo um Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA.

Esse Programa, composto por 11 medidas, procura garantir a sobrevivência das empresas e a manutenção dos postos de trabalho. As principais medidas apontam para um regime especial de Lay Off simplificado, para a aplicação da taxa reduzida de IVA nos serviços de alimentação e bebidas, para a isenção da TSU a cargo das empresas, para a redução das rendas não habitacionais, entre outras.

A AHRESP considera ser previsível que a retoma destas atividades ocorra num período longo, e que atendendo às várias restrições presentes, as empresas do Canal HORECA não terão a sua viabilidade assegurada. Torna-se assim absolutamente necessário o recurso às medidas que agora ao Governo se propõe, e que se terão de manter num alargado período de tempo.

 

Programa de Capitalização para Empresas do Canal HORECA em anexo.

AHRESP - Programa Capitalização Canal HORECA - 18.mai.2020
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar