Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Sofia Pacheco (page 5)

Author Archives: Sofia Pacheco

Feira quinzenal em Mangualde reabre a 28 de maio

A segunda fase de desconfinamento arrancou agora e desta feita, uma nova etapa, com  a abertura de novas atividades, nomeadamente as escolas, as creches, os cafés, os restaurantes, as lojas comerciais até 400m2, etc. Neste contexto de desconfinamento, e com a abertura progressiva das diferentes atividades, salvaguardando sempre como preocupação principal a segurança sanitária, reservou a Câmara Municipal de Mangualde para este período a abertura da Feira Quinzenal, também ela de forma progressiva.

 Assim, a Feira Quinzenal Municipal, que se realizava duas vezes por mês (às segundas e quartas, quintas-feiras de cada mês), vai reabrir a sua atividade no próximo dia 28 de maio, duma forma gradual, obedecendo às regras de proteção sanitária. A reabertura será, de momento, limitada a dois sectores: a venda de plantas e produtos hortícolas; e a venda de produtos alimentares. O horário de funcionamento será das 7h30 às 12h00.

No âmbito do Plano de Contingência de Calamidade que o país atravessa, a abertura ao público observará todas as normas da Direção Geral da Saúde (DGS), no cumprimento do distanciamento físico (2m), na etiqueta respiratória, no uso obrigatório de máscara e na higienização das mãos com gel desinfetante a disponibilizar pelo município à entrada e à saída do recinto da feira. As entradas e saídas serão coordenadas através de sinalização própria.

“Este regresso da nossa Feira Quinzenal é importante não só para os feirantes e os comerciantes, mas também para a população, para o seu bem-estar social e económico”, sublinhou Elísio Oliveira. “O alargamento progressivo da Feira a outros sectores será avaliado em função da evolução da pandemia no país e no nosso concelho”, conclui o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Liturgia do 6º Domingo da Páscoa- Ano A

 

Os textos da liturgia deste Domingo fazem-nos sentir que estamos muito perto da solenidade da Ascensão (“Daqui a pouco o mundo já não Me verá”), e do Pentecostes (“Eu pedirei ao Pai, que vos dará outro Defensor…o Espírito da verdade”). Estamos a viver o tempo pascal que culminará com a memória da vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos, através de um vento forte, de línguas de fogo e da compreensão de todas as línguas.

Na primeira leitura, quando o livro dos Actos dos Apóstolos nos fala da Samaria, vem logo à nossa memória a recordação do encontro de Jesus com a samaritana, onde causa admiração um judeu (Jesus) falar com uma mulher samaritana. O texto do evangelho faz questão de dizer que os judeus não se dão com os samaritanos. No evangelho de S. Lucas encontramos a belíssima parábola do bom samaritano, onde Jesus coloca um samaritano como exemplo da autêntica compaixão. Hoje, a primeira leitura narra-nos como o Evangelho se espalha também em terra samaritana. Pedro e João, com a imposição das mãos, concedem o Espírito Santo aos seus habitantes. É o mesmo Espírito Santo que recebemos no baptismo e na confirmação. É o mesmo Espírito Santo que em cada ano recebem, sobretudo no Tempo Pascal, tantos adolescentes e adultos.

Para amar Jesus, como nos diz o texto do evangelho deste Domingo, supõe guardar os mandamentos (que sempre nos dizem para amar a Deus e aos outros) e receber o Espírito da verdade que “conheceis, porque habita convosco e está em vós”. Mas, o que é o Espírito da verdade? Recordemos o evangelho do Domingo passado, quando Jesus, respondendo a Filipe, diz: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. Jesus é o caminho que conduz para a verdade do Pai. O Espírito da verdade é o Espírito do Pai, o Espírito da vida, o Espírito do amor que vive tão perto de nós e está em nós.

Este Espírito de amor é aquele que confirma que também o Pai nos ama e Jesus também nos ama. E cheios deste amor estaremos dispostos, como nos diz S. Pedro na segunda leitura, “a responder, a quem quer que seja, sobre a razão da nossa esperança”. É um desafio para os cristãos de hoje: encontrar as palavras compreensíveis e certas e os gestos claros que dêem razão da nossa esperança. Temos diante de nós muito trabalho a fazer, porque tanto a linguagem bíblica como a linguagem litúrgica, muitas vezes, são incompreensíveis para a maior parte das pessoas das nossas aldeia e cidades e das nossas comunidades.

Na Eucaristia, depois da consagração, somos convidados a proclamar o mistério da fé: “Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição”, ou seja, proclamamos a nossa fé em Cristo ressuscitado. Manifestemos, hoje e sempre, a alegria da nossa fé neste Cristo vivo e presente no meio de nós.

17-05-2020

«Ele vos dará outro Paráclito, para estar sempre convosco»

 

Vinde, ó Espírito Santo,

vinde, amor ardente,

acendei na terra

vossa luz fulgente.

Vinde, pai dos pobres,

na dor e aflições,

vinde encher de gozo

nossos corações.

Benfeitor supremo,

em todo o momento

habitando em nós

sois o nosso alento.

Descanso na luta

e na paz encanto,

no calor sois brisa,

conforto no pranto.

Luz de santidade,

que no céu ardeis,

abrasai as almas

dos vossos fiéis.

Sem a vossa força

e favor clemente,

nada há no homem

que seja inocente.

Lavai nossas manchas,

a aridez regai,

sarai os enfermos

e a todos salvai.

Abrandai durezas

para os caminhantes,

animai os tristes,

guiai os errantes.

Vossos sete dons

concedei à alma

do que em Vós confia:

virtude na vida,

amparo na morte,

no Céu alegria.

(Liturgia latina, Sequência do Espírito Santo)

 

http://www.liturgia.diocesedeviseu.pt/

Ano A - Tempo Pascal - 6º Domingo da Páscoa II

 

 

CIDEM em Mangualde através do programa “adaptar”informa como fazer na aquisição de bens de desinfeção

Sistema de incentivos à segurança nas micro, pequenas e médias empresas, no contexto da doença COVID-19.

O decreto-Lei n.º 20-G/2020 de 14 de maio apresenta o Programa “Adaptar”, que surge no seguimento da estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, e o CIDEM – Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde está disponível para esclarecer as micro, pequenas e médias empresas, de todos os setores de atividade abrangidas por este pacote de medidas: o comércio tradicional, a restauração, e os serviços pessoais são as atividades mais abrangidas por este programa que irá recorrer a fundos europeus do Portugal2020.

Este sistema vai permitir minorar os custos acrescidos para o restabelecimento rápido das condições de funcionamento das empresas, sendo apoiados, nomeadamente, os custos de aquisição de equipamentos de proteção individual para trabalhadores e utentes, equipamentos de higienização, contratos de desinfeção e os custos com a reorganização dos locais de trabalho e alterações de layout dos estabelecimentos.

Assim, e para as microempresas, os incentivos contemplam 80% de subsídio a fundo perdido das despesas elegíveis, com um limite de 5.000€ e um mínimo de 500€. Para pequenas e médias empresas, os incentivos contemplam 50% de subsídio a fundo perdido das despesas elegíveis, com um limite de 40.000€ e um mínimo de 5.000€.

Gouveia- Lojas com área superior a 400 m2 abrem ao público

Desconfinamento entra em nova fase
Já a partir de segunda-feira , dia 18, o Município de Gouveia autoriza a abertura ao público de lojas com área superior a 400 m2 e porta aberta para a rua.

Considerando a evolução favorável da situação epidemiológica do concelho de Gouveia, mas também a necessidade de iniciar, com caráter gradual, a retoma e recuperação da atividade da economia local, sem deixar de acautelar o cumprimentos dos cuidados de proteção necessários ao combate da epidemia, o Município de Gouveia decidiu autorizar, a partir do próximo dia 18 de maio (segunda-feira), a reabertura ao público das lojas com mais de 400 m2 e porta aberta para a rua.Os referidos estabelecimentos terão, no entanto, de cumprir com as normas que constam no anexo da Resolução de Conselho de Ministros n.º 33-C/2020, nomeadamente as que se referem à ocupação, permanência, higiene e distanciamento físico, assim como as orientações da Direção Geral de Saúde.

 

Covid-19- Funcionários das creches, centros de dia e Bombeiros Voluntários submetidos a testes

No concelho de Mangualde cerca de meio milhar de testes foram realizados,numa fase inicial , os lares e agora restantes serviços, creches, bombeiros  e centros de dia. Esta uma iniciativa do Município de Mangualde em parceria com a segurança social.

Depois de uma primeira fase de testes aos Lares, cerca de 400 testes, foi agora a vez de testar os funcionários das creches, nas vésperas da sua abertura, para proteção das crianças e dos funcionários”, sublinhou Elísio Oliveira. “Os testes nesta fase são importantes como medida preventiva nestes sectores. Esta medida enquadra-se no plano de apoio às nossas instituições, explicou ainda o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

A Câmara Municipal de Mangualde cofinanciou testes COVID-19 aos funcionários das creches, dos centros de dia do concelho e aos Bombeiros Voluntários de Mangualde. Assim, esta semana foram realizados mais de 100 testes.

Os testes são cofinanciados pela Câmara Municipal de Mangualde e pela Segurança Social, sendo as recolhas realizadas pela Cruz Vermelha que se associou a este protocolo. Foram testados os funcionários das seguintes instituições:

CRECHES:

  • Centro Social e Cultural da Paróquia de Mangualde
  • Obra Social Beatriz Pais
  • Santa Casa da Misericórdia
  • Centro Paroquial de Santiago de Cassurrães

CENTROS DE DIA:

  • Centro Paroquial de Alcafache
  • Centro Social e Paroquial de Fornos de Maceira Dão
  • Centro Paroquial de Cunha Baixa
  • Centro Social e Paroquial de Chãs de Tavares
  • Centro Social e paroquial de Abrunhosa-a-Velha
  • BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE MANGUALDE

Plano de Emergência e Proteção Civil prolongado até dia 31 de maio em Fornos de Algodres

Teve lugar , na sexta -feira, dia 15, a reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil onde saíram as seguintes medidas nesta fase de desconfinamento:

– Manter o Plano de Emergência e Proteção Civil ativado até às 23h59m do dia 31/05/2020;

– Cancelar a realização de todas as festas e eventos no concelho até ao dia 30/09/2020;

– Reabrir o Mercadinho no dia 23 de maio e o Mercado Quinzenal no dia 1 de junho com as devidas precauções relativas ao COVID 19;

– Reabrir todos os cemitérios do concelho, sendo o horário do cemitério municipal de Fornos de Algodres das 9h às 13h todos os dias, fins-de-semana incluído.

Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez reabre ao público

No seguimento das medidas de desconfinamento, o Município de Fornos de Algodres comunica que a partir de segunda-feira, 18 de maio de 2020, reabre o atendimento presencial ao público na Biblioteca Municipal, com o seguinte horário:

– Segunda a sexta-feira das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 16h30.

A reabertura deste equipamento municipal está condicionada às seguintes regras de funcionamento:

– Uso obrigatório de máscara;

– Desinfeção das mãos à entrada;

– Distanciamento social de 2 metros;

– O acesso às salas será orientado por uma técnica da biblioteca;

Lotação máxima do espaço será de 10 pessoas por um período máxima de 60 minutos;

– Acesso às estantes interdito, sempre que necessário solicitar o apoio de uma técnica;

Não é permitida a leitura de publicações periódicas em suporte papel (jornais e revistas);

– Todos os livros manuseados na biblioteca ou provenientes do serviço de empréstimo serão sujeitos a quarentena.

 

Empresas de Nelas apoiadas através de um programa do Município

Unidade “Empreende” da Câmara de Nelas vai dar apoio às empresas no programa“Adaptar” que paga 80% das despesas das microempresas entre 500€ E 5.000€ e 50% nas pequenas e médias empresas nas despesas entre 5.000€ e 40.000€ para adaptação à COVID-19.

As empresas necessitam de proceder à adaptação dos seus estabelecimentos, métodos de organização do trabalho e de relacionamento com clientes e fornecedores às novas condições de distanciamento físico no contexto da pandemia COVID-19, garantindo o cumprimento das normas estabelecidas e das recomendações das autoridades competentes.
É neste âmbito que o presente decreto-lei cria um sistema de incentivos destinado à adaptação da atividade económica face ao novo contexto criado pela COVID-19, para que o já anunciado plano de desconfinamento ocorra de forma segura e que dê confiança aos cidadãos.
Este sistema vai permitir minorar os custos acrescidos para o restabelecimento rápido das condições de funcionamento das empresas, sendo apoiados, nomeadamente, os custos de aquisição de equipamentos de proteção individual para trabalhadores e utentes, equipamentos de higienização, contratos de desinfeção e os custos com a reorganização dos locais de trabalho e alterações de layout dos estabelecimentos.
Foi publicado hoje o Decreto-Lei 20-G/2020 de 14 de maio que estabelece um sistema de incentivos à segurança nas micro, pequenas e médias empresas, no contexto da doença COVID-19.
A Câmara Municipal está a preparar-se para dar apoio a todas as empresas que o requeiram para se informarem, adaptarem e candidatarem ao incentivo através da sua unidade de apoio empresarial “Empreende “
𝑫𝒆𝒄𝒓𝒆𝒕𝒐-𝑳𝒆𝒊 𝒏.º 20-𝑮/2020

Pontos automáticos de desinfeção e higienização para mãos nas ruas de Fornos de Algodres

A vila de Fornos de Algodres passou a ter nas ruas  e nos diferentes espaços públicos dispensadores automáticos para a desinfeção das mãos, assim o Município de Fornos de Algodres instalou mais de 20 “torres” , sendo este serviço alargado às diversas freguesias do concelho a partir da próxima semana.

Vai permitir a uma maior higienização das mãos a todos que circulam pelo concelho de Fornos de Algodres, assim todos possuem uma solução anti-séptica de base alcoólica (SABA), em pontos estratégicos. 

Estes dispensadores automáticos podem ser encontrados ao longo da Vila de Fornos de Algodres, por exemplo, junto dos Multibancosjunto de todos os edifícios públicos  Câmara Municipal, Tribunal, Finanças, Centro de Saúde, entre outros -, junto às escolas, aos Bombeiros Voluntários, aos parquímetros, ao cemitério, entre outros locais de interesse relevante. Na próxima semana serão entregues às Juntas de Freguesia os dispensadores de torre, para serem colocados nas diferentes localidades junto de pontos de possíveis aglomerações de pessoas. 

Segundo a Direção-Geral da Saúde, “a higiene das mãos é uma das medidas mais simples e mais efetivas na redução da infeção associada aos cuidados de saúde” e, nesse sentido, o Município de Fornos de Algodres, com esta medida, pretende prevenir, proteger e incentivar todas as pessoas a uma constante desinfeção das mãos. 

 

Atividade total retomada no Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA

Aos poucos, o Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA tem vindo a retomar a atividade rumo à normalidade, face a isso:

O segundo turno de trabalho inicia-se na segunda-feira, dia 18 de maio, e no dia 25 os Citroën Berlingo, Peugeot Partner e Opel Combo já serão produzidos pelos três turnos da Fábrica. Decisão já  comunicada à Comissão de Trabalhadores, aos colaboradores e aos fornecedores.

Mantendo como prioridades proteger os seus colaboradores e preservar a sustentabilidade da empresa, o Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA já tem previsto o arranque da segunda e terceira fases do regresso à atividade industrial, criando as condições para o retomar da laboração a 100%.

O processo de recuperação gradual e seguro da atividade neste Centro de Produção tinha iniciado no dia 7 de maio com a entrada em laboração da primeira equipa, tendo por base a implementação de um protocolo de medidas sanitárias reforçadas para proteger a saúde dos colaboradores. Nesse dia voltaram a sair das linhas de produção os modelos Peugeot Partner, Citroën Berlingo e Opel Combo, após a paragem da Fábrica originada pela crise Covid-19.

Depois de uma bem-sucedida primeira fase de laboração de mais de uma semana, e graças à implicação e ao envolvimento dos trabalhadores e dos seus representantes, o Centro de Produção do Groupe PSA está a escassos dias de um restabelecimento completo da sua atividade. A Fábrica e a Direção do Grupo em França validaram o início do segundo turno de trabalho no dia 18 de maio, segunda-feira, e a totalidade das operações será retomada no dia 25 de maio, com a entrada em laboração do terceiro turno.

Até chegar a esta fase de retoma gradual das suas atividades fabris, o Groupe PSA desenvolveu, implementou e fez auditar o protocolo de proteção sanitária mais completo da sua história, que foi partilhado com os seus parceiros sociais. Integra mais de 100 medidas, fornecendo um elevado nível de proteção dos trabalhadores, e está agora plenamente testado em cenário de atividade normal.

A título de exemplo, o protocolo desenvolvido para as instalações industriais prevê o controlo de temperatura em complemento da automonitorização de sintomas, aprovisionamento de equipamentos de proteção individual (EPI) e Kits de proteção e higiene sanitária para colaboradores, motoristas e visitantes essenciais, elaboração de plano de contingência partilhado com os representantes dos trabalhadores, autoridade sanitária e ACT, redefinição de fluxos de atividade e de circulação, marcações no solo para manutenção de distâncias de segurança, reforço dos perímetros de higiene, formação e conselhos essenciais de higiene e saúde, constituição de sala de isolamento, e formação de pilotos para acompanhamento do protocolo de segurança e de saúde em cada área de produção e gestão da fábrica, etc. Patrulhas Sanitárias de vigilância, formadas pela hierarquia e elementos da Comissão de Trabalhadores verificam no terreno, varias vezes em cada turno, a boa aplicação das normas e as melhorias potenciais do dispositivo.

Tendo em conta o contexto comercial (desconfinamento, reabertura dos concessionários e situação comercial de cada modelo) e a normalização progressiva do fornecimento de componentes, a aplicação e o respeito do protocolo criaram as condições para retomar a atividade de forma gradual e segura, estando previsto no dia 25 de maio a laboração dos quase 1.000 colaboradores do Centro de Mangualde.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar