Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Antonio Pacheco

Author Archives: Antonio Pacheco

Prémios SAPO levam o talento digital para dentro de sua casa

Vencedores dos Prémios SAPO anunciados no dia 28 de maio

É já no próximo dia 28 de maio que decorre o anúncio dos vencedores da 19a edição dos Prémios SAPO, galardões que identificam e premeiam, anualmente, o que de melhor se faz em publicidade digital a nível nacional. Face à conjuntura atual, a edição deste ano reinventou-se e é levada diretamente até sua casa, num formato totalmente diferente, juntando num só ecrã anunciantes, agências e o público em geral: Prémios SAPO em Casa.
Afirmando a sua capacidade de se reinventar, numa indústria onde «criatividade» é a palavra de ordem, os Prémios SAPO voltam a premiar o talento e inovação da publicidade digital de dezenas de anunciantes e agências, num evento online que poderá acompanhar em direto em todos os ecrãs de sua casa, nomeadamente no portal SAPO, na TV do MEO (no botão azul do comando ou na zona de apps do menu principal) e nas redes sociais do SAPO e da Altice Portugal.
A edição especial dos Prémios SAPO – Prémios SAPO em Casa – conta com a apresentação de João Manzarra e com a participação de convidados especiais, como Dino D’Santiago e do DJ Moullinex, que nos vão brindar com alguns momentos musicais ao longo da sessão.
São 56 as campanhas que integram a shortlist de nomeados da 19a edição dos Prémios SAPO [em anexo] e que estão apenas a um passo de vencer os galardões das cinco categorias a concurso: Prémios Setoriais Prémios de Estratégia, Prémios para Formatos Especiais, Prémios de Media Digital e Prémios do Júri.
Os 135 trabalhos inscritos foram avaliados pelo Primeiro Júri, presidido por Alberto Rui, CEO da IPG Media Brands Portugal, e composto por mais de 20 profissionais do mercado da publicidade, do marketing e da comunicação:
• Andrea Valenti – FCB Lisboa
• Catarina Barata – BMW
• Cláudia Roque – Seat
• Duarte Frade – Uzina
• Filipa Castro – Fidelidade
• Filipa Real – Havas Media
• Filipa Ribeiro – Young & Rubicam
• Leonor Fernandes – OMD
• Mário Alves – Super Bock

• Mário Lima – Amnet
• Miguel Lourenço – WiZink
• Pedro Rigueira – Caetsu
• Raquel Pinheiro – Leo Burnett
• Ricardo Beleza – Reprise Digital
• Susana Santos – Fullsix
• Teresa Albuquerque – MediaCom
• Tiago Pereira – Apostas Sociais

As campanhas vencedoras serão agora eleitas pelo Segundo Júri e anunciadas no evento do próximo dia 28 de maio. Este Júri é composto por:
• Ana Rita Almeida – BBDO
• António Fuzeta da Ponte – Worten
• Filipa Caldeira – Fullsix
• João Cardoso – GroupM

• Sandra Alvarez Baptista – PHD
• Susana Doutor – Renault Portugal
• Teresa Burnay – Unilever
• Vitor Matos – t-Insight

Em concurso estão ainda os Prémios de Media Digital, que premeiam websites de informação que se destaquem pela produção de conteúdo jornalístico inovador e por tirarem partido das capacidades que o meio digital confere. Responsável pela escolha dos vencedores destes galardões está o Júri de Media, presidido, uma vez mais, pelo Professor Gustavo Cardoso e composto por um coletivo de jornalistas, professores e investigadores:
• António Granado
• Cátia Ferreira
• Felisbela Lopes

• Miguel Crespo
• Paula Cordeiro
• Pedro Jerónimo

Materializando aquela que tem sido desde sempre a tradição dos Prémios SAPO, o SAPO irá doar o valor angariado com as inscrições a uma instituição escolhida pela Fundação Altice. Este ano a eleita é a Associação Padre Amadeu Pinto, uma instituição no Pragal que apoia jovens e crianças em contextos socioeconómicos desfavorecidos, a quem será entregue um donativo no total de 11.700€.
O novo formato dos Prémios SAPO vem não só dar resposta às condições impostas pela atual situação de saúde pública, como reiterar a capacidade do SAPO de acompanhar uma indústria em constante evolução como é a da publicidade digital, mantendo-se na vanguarda e continuando a definir tendências daquilo que será o futuro do digital.
Os Prémios SAPO nasceram no ano de 2000 e terminam a sua 19a edição com mais de 1000 troféus atribuídos e um total de mais de 196 mil euros angariados e doados a instituições de solidariedade social.

Feriado Municipal celebrado em Celorico da Beira de forma diferente

O Dia do Município é sempre um dia especial para os celoricenses, com o Município de Celorico da Beira a assinalar a data do nascimento de Sacadura Cabral e evidenciou a importância dos feitos deste ilustre filho da terra, vulto maior da aviação, que deu novos mundos ao mundo.

Devido às contingências provocadas pela crise pandémica, as comemorações do Feriado Municipal deste ano, foram realizadas com algumas limitações, por força do confinamento e distanciamento social.

Assim o dia iniciou com o habitual hastear da bandeira e a deposição de uma coroa de flores junto à estátua de Sacadura Cabral, pelo Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão e pela Presidente da Assembleia Municipal, Denise Fragona, que representaram o executivo Municipal.

Depois seguiu-se um concurso “Mostra o teu talento” com 11 participantes onde todos os concorrentes apresentaram os seus trabalhos.

 

Trinta Freguesias do Concelho da Guarda enviam carta ao Sec.Geral do PSD

Chegou-nos uma carta enviada ao Secretário Geral do PSD, José Silvano, por parte de 30 das 43 juntas de Freguesias do Concelho da Guarda, que estão preocupados com a situação que se vive a nível politico no concelho da Guarda, tudo isto, depois do afastamento de Sérgio Costa do cargo de vice-presidente.

Aqui fica a carta enviada:

“No passado dia 10 de Março, o Dr. Carlos Chaves Monteiro, na qualidade de Presidente da

Câmara Municipal da Guarda há cerca de 1 ano, decidiu retirar os pelouros ao Sr. Vice-Presidente

e Vereador Eng. Sérgio Costa.

Isso mesmo nos foi comunicado em reunião convocada da manhã para a tarde e sem qualquer

explicação.

Foi aí que ouvimos afirmações do Sr. Presidente que nos deixaram autenticamente de “boca

aberta” e naturalmente com grande tristeza.

Desde sermos considerados, enquanto Presidentes de Junta, como ”nata azeda” ou

“dispensáveis”, porque se “arranjarão” outros no futuro, de tudo fomos ouvindo sem

praticamente podermos ser ouvidos.

Também nós aderimos a um projeto político ambicioso para a Guarda, que conseguiu envolver

militantes, simpatizantes e independentes em muitas das Juntas de Freguesia.

O Vereador Sérgio Costa, temos de ser justos, foi sempre um homem aberto ao diálogo e

disponível para encontrar soluções.

Julgávamos que na referida reunião seriam dadas explicações para o seu afastamento.

Não. Apenas acusações e sem direito ao contraditório, porque o próprio não tinha sido

convocado para o efeito.

Trata-se por isso de uma decisão unilateral e da qual resulta a nossa total apreensão.

Cortou-se, sem quaisquer razões do trabalho político autárquico, uma raiz forte deste projeto.

E isso sim preocupa-nos muito.

Ao subscrevermos este texto, podemos deixar muito claro que continuamos empenhados no

trabalho pelas nossas terras e naturalmente com a Câmara Municipal.

A isso nos obriga a nossa consciência e a condição de eleitos.

Mas também pelas mesmas razões de consciência e de eleitos, temos de reafirmar a nossa

preocupação com a decisão agora tomada e as suas consequências no trabalho conjunto que

desenvolvemos ao longo deste tempo.

Num projeto político coeso todos somos importantes, e por isso em muitas circunstâncias há

quem faça muita falta.

Cada um de nós assumirá a responsabilidade dos seus atos pessoais e políticos.

É por isso mesmo que aqui deixamos a palavra da nossa insatisfação.

 

Luciano Gonçalves reeleito presidente da APAF

Teve lugar neste sábado, as eleições para a APAF com a votação a decorrer por todo país, de forma correta.

Por sua vez , a lista de Luciano Gonçalves venceu será constituída pelos seguintes elementos:

Vice-Presidente: Gustavo Manuel Rodrigues Sousa
Vice-Presidente: Nuno Miguel Roque Conceição
Vice-Presidente: José Manuel Mateus Rodrigues
Tesoureiro: José Alberto Pires da Graça Borges
Secretário: Sérgio Miguel Cardoso Mendes
Vogal: António Fernando Sousa Dias Gonçalves
Vogal: Roberto Carlos Silva Rebelo
Vogal: Eunice Cristina da Silva Mortágua
Vogal: Manuel Agostinho Gonçalves Escaleira
Vogal: Diana Raquel Soares Henriques
Suplente: Tiago Bonjardim Pinto
Suplente: Ana Catarina da Silva Brites
Suplente: Nuno Filipe Coelho da Silva
Suplente: Artur Manuel Gavina Cadilhe

Campanha de promoção turística em Figueira de Castelo Rodrigo proposta pelos vereadores do PSD

Em comunicado, os vereadores do PSD de Figueira de Castelo Rodrigo, referem que lançaram uma proposta de promoção turística na reunião do executivo “Figueira acolhe-te de braços abertos” é o slogan  escolhido.

“Estando já o país em período de desconfinamento e considerando as enormes potencialidades turísticas sobejamente conhecidas deste concelho de Riba Côa, que é detentor de um conjunto de ativos turísticos na sua área geográfica, como é o caso da Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, a navegabilidade do Rio Douro, as Arribas do Águeda, a beleza natural do Côa, o Miradouro do Alto da Sapinha e da Serra da Marofa, o convento de Santa Maria de Aguiar, a Torre de Almofala, o Parque Natural do Douro Internacional, o vasto património natural e edificado espalhado pelas 10 freguesias do concelho, juntando a tudo isto o grande potencial ao nível no enoturismo, o vereador Carlos Condesso “entende que este é o momento de apostar forte numa campanha que seja capaz de atrair fluxos turísticos numa altura em que é imperioso reanimar a economia”.

“Sabendo também que este pode ser o momento de viragem no setor do turismo, onde o turismo de interior, de natureza, de bem-estar e de tranquilidade, tem agora uma especial atenção por parte dos turistas que procuram novas experiências longe dos grandes aglomerados populacionais, por via da pandemia provocada pela COVID-19, os vereadores do PSD lançaram o repto à maioria socialista para que implementem esta ação de promoção por todo o território nacional e também na vizinha região espanhola de Castela e Leão, que após reabrirem as fronteiras poderá ser uma grande oportunidade para a chegada de fluxos turísticos havidos por saírem de casa e por partirem à descoberta de novas sensações em segurança”.

Pinhel- Dispensadores de álcool-gel comunitários vão ser colocados e isenção das taxas de esplanadas

Teve lugar, a segunda reunião do Executivo da Câmara Municipal de Pinhel neste mês de maio no Auditório da Câmara Municipal de Pinhel, de acordo com as normas de segurança.

Na fase inicial, antes da ordem do dia o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, teve oportunidade de fazer um ponto de situação relativo à situação decorrente da pandemia de COVID-19. O número de recuperados tem vindo a aumentar e apenas estão 5 casos ativos. Por sua vez, o autarca lembrou que é fundamental que a população se mantenha atenta e vigilante, não descurando cuidados básicos como o uso da máscara (em locais fechados como comércios ou serviços), assim como a frequente higienização/desinfeção das mãos.

Está em curso o processo de aquisição de dispensadores de álcool-gel comunitários para colocação em vários pontos da cidade e também nalgumas freguesias, junto de edifícios públicos ou serviços, bem como junto a instituições bancárias / multibancos, assim adiantou Rui Ventura.

Quanto à ordem do dia, de salientar  a aprovação da proposta de isenção do pagamento das taxas devidas pela ocupação de espaço público para esplanadas, com o objetivo de estimular a retoma económica e dinamizar o comércio local. Efetivamente, tendo estado encerrados ao público durante cerca de dois meses, muitos cafés e restaurantes estão agora a reabrir ao público, respeitando as medidas recomendadas pelo Governo, e procurando privilegiar os espaços ao ar livre proporcionados pelas esplanadas. Além de aprovar a isenção de pagamento das taxas inerentes à ocupação de espaço público, durante os próximos meses, o Executivo aprovou os dez pedidos de esplanadas apresentados por outros tantos estabelecimentos (entre cafés e restaurantes), devido à covid-19.

Ainda teve lugar a aprovação do Relatório de Gestão e de Documentos de Prestação de Contas referentes ao ano de 2019, documento que ainda carece de análise e votação por parte da Assembleia Municipal de Pinhel (que previsivelmente irá reunir em junho).

Fornos de Algodres está de luto ,despiste mortal tirou a vida a dois jovens

 

Uma tragédia assolou a vila de Fornos de Algodres , na tarde desta sexta-feira, dia 22 de maio, ao meio da tarde, um acidente de viação teve lugar na Avenida 25 de abril, com uma viatura ligeira a embater numa árvore , após um despiste, os dois ocupantes da viatura acabaram por falecer no local, eram dois jovens fornenses que apesar do esforço da equipa da Inem e dos bombeiros, não resistiram aos ferimentos graves.

Os jovens fornenses com idades na casa dos 19 anos eram Cláudio e Marco.

De referir que Marco Ventura, era jogador da AD Fornos de Algodres, na equipa sénior, que este ano celebra 50 anos de existência. Um jovem jogador que tinha muito para dar ao futebol distrital e quiçá Nacional, recorde-se que fez formação na turma fornense e ainda passou pela equipa de juniores do CD Gouveia, onde foi campeão distrital. Nesta temporada estava eleito por nós, como uma das revelações do clube e do futebol distrital.

Cláudio, um jovem estudante, residente na localidade fornense.

Em nome do jornal Magazine Serrano, enviamos os nossos sentimentos a ambas as famílias nesta hora de grande dor.Todos os fornenses  sentiram bastante estas perdas, ficando toda a comunidade  em choque.

Em Mangualde regressa “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé”

Arranca em Mangualde o projeto “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé” novamente, mas adaptado à nova realidade devido à pandemia COVID-19. E volta no mês da Família, nesta sexta-feira.

Assim, os mangualdenses vão ser desafiados novamente a calçar as sapatilhas e a praticar desporto. Estas caminhadas serão sugeridas semanalmente, sempre às sextas-feiras, no site da Câmara Municipal de Mangualde www.cmmangualde.ptaqui, com percursos diferentes, até meados de setembro. Depois cada um faz a caminhada separadamente, no dia e hora que mais lhe convém durante essa semana publicando as suas fotos nas redes sociais com hashtag #mochilaascostassapatilhasnope. Os moldes são diferentes, mas o espírito é o mesmo: desporto e boa disposição. Separados na caminhada, mas juntos no conceito e nos objetivos.

O projeto “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé” está integrado no Plano de Ação de 2020 da Rede Social de Mangualde, no âmbito o Eixo IV – Promover Estilos de Vida Saudáveis. Para além do objetivo de incentivar a comunidade para a prática do exercício físico e dos benefícios associados, pretende-se que os participantes nestas caminhadas surpreendam os sentidos pelos trilhos e caminhos citadinos.

Praias do centro do País são 85 com Bandeira Azul

As praias do Centro de Portugal ganharam este ano mais duas bandeiras azuis em relação a 2019, de acordo com a lista hoje divulgada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). Entre as 360 praias que vão poder exibir a bandeira azul nesta época balnear, constam 85 da região Centro de Portugal: 57 praias costeiras (mais 2 que em 2019), 26 interiores (as mesmas que no ano passado) e ainda duas embarcações de ecoturismo. Uma evidência de que a qualidade das águas nesta região continua irrepreensível e merecedora da confiança dos visitantes.

A nível percentual, 23 por cento das praias galardoadas no país estão no Centro de Portugal. O predomínio desta região nas praias interiores é quase total, com 26 das 38 praias fluviais distinguidas com bandeira azul a situarem-se na maior região de turismo do país!

A Praia de Mira merece um destaque especial, uma vez que recebe a Bandeira Azul pelo 34.º ano consecutivo. Esta praia do Centro de Portugal é a única zona balnear do mundo com Bandeira Azul desde a sua criação, em 1987!

“As zonas balneares do Centro de Portugal são um importante trunfo da região. Num verão que vai ser seguramente diferente, devido às incidências da pandemia de Covid-19, as praias do Centro de Portugal apresentam-se como uma excelente opção para quem quer evitar aglomerações de pessoas. As praias da faixa atlântica, que se estende de Ovar a Torres Vedras, são caracterizadas pelos grandes areais, onde há muito espaço para estender a toalha com distanciamento de segurança. No interior, dispomos também de praias fluviais com águas cristalinas e onde o espaço também não é um obstáculo”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Pandemia obriga a regras para utilização das praias

Recorde-se que o Governo divulgou no passado dia 15 as regras para a ocupação e utilização das praias, no contexto da pandemia de Covid-19.
A distância de três metros entre os chapéus de sol, assim como de 1,5 metros entre cada pessoa, são algumas das medidas, assim como um limite de lotação na praia, a ser implementado através de uma sinalética de cores.
Segundo os critérios definidos pelo programa Bandeira Azul – Informação e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental e Equipamentos; Segurança e Serviços – são as seguintes as zonas balneares integrantes da região de Turismo Centro de Portugal distinguidas com Bandeira Azul em 2020:

Praias Costeiras:
Cortegaça, Esmoriz, Furadouro, São Pedro da Maceda e Torrão do Lameiro/Marreta (Ovar); Bico, Monte Branco e Torreira (Murtosa); São Jacinto (Aveiro); Barra e Costa Nova (Ílhavo); Areão e Vagueira (Vagos); Poço da Cruz e Praia de Mira (Mira); Praia da Tocha (Cantanhede); Buarcos, Cabo Mondego, Costa de Lavos, Cova Gala, Cova Gala-Hospital, Figueira da Foz-Relógio, Leirosa, Murtinheira, Quiaios e Tamargueira (Figueira da Foz); Osso da Baleia (Pombal); Pedrogão Centro e Pedrogão Sul (Leiria); Paredes de Vitória e S. Martinho do Porto (Alcobaça); Nazaré e Salgado (Nazaré); Foz do Arelho-Lagoa e Praia do Mar (Caldas da Rainha); Baleal Norte, Baleal Sul, Consolação, Cova da Alfarroba, Gambôa, Medão-Supertubos e S. Bernardino (Peniche); Areia Branca, Areia Sul e Porto Dinheiro (Lourinhã); Azul, Centro, Física, Formosa, Foz do Sizandro-Mar, Mirante, Navio, Pisão, Porto Novo, Santa Helena, Santa Rita Norte e Santa Rita Sul (Torres Vedras).

Praias Interiores:
Quinta do Barco (Sever do Vouga); Valhelhas (Guarda); Lapa dos Dinheiros e Loriga (Seia); Palheiros-Zorro (Coimbra); Reconquinho e Vimieiro (Penacova); Bogueira e Senhora da Piedade (Lousã); Louçainha (Penela); Côja, Peneda Cascalheira-Secarias e Piódão (Arganil); Alvôco das Várzeas e Avô (Oliveira do Hospital); Canaveias e Peneda (Góis); Janeiro de Baixo, Pessegueiro, Praia de Pampilhosa da Serra e Santa Luzia (Pampilhosa da Serra); Agroal (Ourém); Bostelim (Vila de Rei); Carvoeiro (Mação); Aldeia do Mato e Fontes (Abrantes).

Embarcações de ecoturismo:
Argus e Bennu (Nazaré)

AD Manteigas reage em comunicado após reunião de Câmara local

Em comunicado, a Direção da Associação Desportiva de Manteigas reagiu à decisão final da reunião de Câmara desta quarta-feira, pelo Presidente da Direção, Vitor Graça: “Não porque não estaríamos já precavidos que tal viesse acontecer, mas sim pela forma como esta aconteceu.

Há valores, éticos e morais, que esta Direção segue. Fomos eleitos democraticamente para que continuassemos com o caminho desta Associação com vida desde 1977. Com vontade, com dedicação e paixão. Com êxitos e com falhas, estamos cá para defender sempre os interesses desta instituição. É quando não sentirmos que não somos competentes, só temos um caminho. O de sair!

Desde que sou presidente da ADM há duas regras claras que eu imponho. (escrevo em minúsculas porque apesar de ser o presidente, serei apenas mais um da Direção).

A primeira regra é muito simples e até fácil de a seguir. Quem gere os caminhos, o destino da Associação é a Direção e mais ninguém. Ou seja, de dentro para fora e nunca o contrário.

A segunda regra, por incrível que pareça, também é bastante simples. Não há política partidária que influencie a opinião de um Diretor, seja ele qual for. Todos temos uma ideologia política, no entanto não é ético impor essa ideologia, seja ela qual for, dentro de uma Associação que tem como função exercer atividades de carácter social, cultural e desportiva para toda uma comunidade.
Por isso a nossa ideologia é apenas uma! De seu nome Associação Desportiva de Manteigas.

Não vamos ceder a nada nem a ninguém. Não vamos permitir que se conte mentiras e meias verdades. Se usam esta rede social para dar a notícia ao povo de Manteigas sobre um assunto que envolve a Associação Desportiva de Manteigas, também nós o fazemos. E fazemos porque os nossos Sócios o merecem, porque os nossos Atletas o merecem, os nossos Simpatizantes o merecem.

Por último, e fartos de todos os acontecimentos que têm ocorrido ao longos destes meses, e só nós sabemos (temos provas obviamente), amanhã a Direção da ADM irá reunir-se e decidir que caminho iremos seguir”.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar