Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Antonio Pacheco (page 10)

Author Archives: Antonio Pacheco

Pinhel renovou Declaração de Situação de Alerta Municipal até 15 de maio

Declaração de Situação de Alerta Municipal foi renovada pelo Presidente da Câmara, Rui Ventura que entra em vigor às 00.00h do dia 1 de maio de 2020 e vigora até às 23.59h do dia 15 deste mesmo mês, nos termos
do disposto pela Lei de Bases da Proteção Civil, aprovada pela Lei n.o 27/2006, de 3 de julho, com a
redação conferida pela Lei n.o 80/2015, de 3 de agosto de 2015 e após audição da Comissão
Municipal de Proteção Civil,determinando:

a) A proibição de todas as práticas de caravanismo e excursões turísticas.

b) A necessidade dos não residentes habituais darem conhecimento do seu regresso à Junta de Freguesia competente, imediatamente após à sua chegada à freguesia do Concelho de Pinhel. Esta medida aplica-se às pessoas vindas de país estrangeiro ou de outro concelho do país.

c) A necessidade das pessoas referidas no ponto anterior efetuarem nas suas habitações um isolamento preventivo (profilático) ou “quarentena”, com uma duração de 14 dias.

d) O prosseguimento das ações de desinfeção que a Câmara Municipal, conjuntamente com as Juntas de Freguesia, tem vindo a realizar em todas as freguesias, e na sede do Concelho.

e) A realização de ações de controlo do tráfego rodoviário e aplicação de eventuais restrições de circulação que permitam garantir as ações prioritárias da Proteção Civil, Câmara Municipal, Juntas de Freguesias, Bombeiros e Guarda Nacional Republicana.

f) A emissão de livre-trânsito de veículos e pessoas afetas aos serviços municipais considerados prioritários e essenciais, emanados pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal, sob proposta dos chefes de divisão.

Covid-19-Município de Fornos de Algodres aprova 20 medidas de Apoio Social e Empresarial com programa “Fornos – Por Todos Nós

Face a situação de emergência de saúde pública devido à doença da COVID-19, o Município de Fornos de Algodres, liderado por Manuel Fonseca, aprovou nesta quarta-feira,dia 29 abril, em reunião de Câmara Extraordinária, por unanimidade, o regulamento que aprova 20 medidas de apoio social e empresarial.
O programa que teve parecer positivo do Fundo de Apoio Municipal (FAM), intitulado “Fornos – Por Todos Nós [COVID-19]”, tem um impacto financeiro de aproximadamente 250.000€ e contempla um conjunto de medidas extraordinárias em diversas matérias, visando a proteção dos munícipes, das famílias com alunos no Agrupamento de Escolas e das empresas com sede fiscal no concelho.
Este programa pretende abranger diversas áreas, tendo como principal objetivo assegurar os rendimentos das famílias, os postos de trabalho do concelho e a igualdade nas condições de acesso ao ensino. As 20 medidas são as seguintes:

1. Simplificar, alargar e reforçar do ponto de vista orçamental o Plano Municipal de Emergência Social, passando o mesmo a dar resposta às famílias, empresas e alunos do Agrupamento de Escolas;

2. Criar o Programa “Uma Escola para Todos” em que é atribuído a título de empréstimo, até 31 de julho de 2020, um equipamento portátil e um acesso de internet aos alunos do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, conforme lista rececionada via Agrupamento;

3. Criar o Programa de Apoio Alimentar aos Alunos do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres em que é atribuído, um apoio financeiro para as famílias suportarem as despesas com a alimentação dos alunos do 1.º, 2.º, 3.º e 4.º escalão do abono de família;

4. Isenção total das tarifas da Água, Saneamento e Resíduos Sólidos Urbanos para as IPSS e empresas do Concelho, nos meses de abril, maio e junho;

5. 50% de descontos nas tarifas da Água, Saneamento para todas as Juntas de Freguesia e Famílias do Concelho, nos meses de abril, maio e junho;

6. Suspensão dos cortes de fornecimento de água e autorização para pagamento em prestações até 6 meses;

7. Isenção total até dezembro de 2020 das taxas municipais: publicidade, esplanadas e similares, feiras e mercados;

8. Simplificar o Programa de Apoio aos Ovinicultores, disponibilizando as verbas até 15 de maio de 2020, sem necessidade de candidatura presencial;

9. Ajuda na comercialização aos produtores de Queijo de Ovelha Curado e Queijo Serra da Estrela, através da plataforma “O Bom Sabor da Serra” – www.obomsabordaserra.pt

10. Atribuir um apoio financeiro a todas as empresas com sede fiscal no concelho que estejam em layoff ou que tenham tido quebras superiores a 30% no volume de negócios em relação ao mês homólogo do ano anterior, por força do diploma que decretou o estado de emergência;

11. Suspender o pagamento das rendas até junho de 2020 aos residentes das habitações sociais do município;

12. Transferir 50% do valor total em orçamento para as Juntas de Freguesia, considerando a base de 2019;

13. Isenção do pagamento de rendas comerciais dos estabelecimentos municipais encerradas ou com quebras de volume de negócios superiores a 30% em relação ao mês homólogo do ano anterior, até 30 de junho de 2020;

14. Criação de uma bolsa de colaboradores para Apoio ao reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde – COVID-19;

15. Criar um Programa de Apoio à realização de testes COVID-19 de modo a cobrir as necessidades de realização de testes COVID-19, sempre que a comissão Municipal de Proteção Civil o considere pertinente;

16. Apoiar os órgãos de comunicação social locais, através da inserção de publicidade institucional até junho e 2020;

17. Transferir de imediato para os alunos beneficiários do Ensino Superior, a totalidade das verbas a que têm direito ao abrigo do programa de bolsas de estudo;

18. Transferir de verbas para as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, com respostas sociais ativas, de modo a assegurar a sua sustentabilidade financeira, e a qualidade da resposta junto da população idosa;

19. Simplificar o programa de Apoio à Natalidade, através da transferência imediata dos montantes a que têm direito os beneficiários do programa que o tenham solicitado;

20. Antecipar a atribuição do subsídio à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres.

Com este pacote de medidas o Município pretende ajudar a reduzir os impactes negativos que a pandemia da COVID-19 trouxe ao nosso Concelho.

Covid- Centro de triagem e análise no Centro Hospitalar Tondela-Viseu com contributo Centro Produção de Mangualde da PSA

PUREVERteck

O Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA deu um novo contributo no combate para a irradicação da Covid-19, ao ajudar à operacionalização de uma unidade modular exterior do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, destinada à triagem e avaliação de pessoas com suspeita de estarem infetadas com o novo coronavírus.

Esta unidade entrará em funcionamento ao serviço dos utentes da região nos próximos dias, seguindo as preconizações do Hospital, e vai garantir condições substancialmente melhoradas face à anterior estrutura de tendas do exército. Permite a necessária separação entre os utentes potencialmente infetados com este vírus e os restantes utilizadores daquele espaço de saúde, ao mesmo tempo que otimiza as condições de segurança para o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde.

Construída pela Purever Industries, esta nova estrutura externa ao Hospital ocupa uma área de 140 m2 e é composta por uma área de receção e triagem, gabinetes de consulta e de tratamentos, uma sala de RX, zonas comuns e outras de apoio administrativo, espaços de apoio e sanitários, entre outros. A sua construção é estanque, sendo mesmo possível, caso necessário, a criação de salas de pressão negativa.

Além do seu patrocínio a este Centro de Triagem e de Análise, a Fábrica de Mangualde do Groupe PSA conseguiu congregar, neste esforço de combate à atual situação de pandemia, a generosa contribuição de algumas das empresas suas fornecedoras. Destaca-se a CSMTEC (Eletricidade, Eletrónica e Automação) e a RedSteel (Metalomecânica), que se mobilizaram em torno deste projeto e cujo patrocínio favoreceu uma mais célere operacionalização desta unidade.

Este contributo para a população servida pelo Centro Hospitalar Tondela-Viseu é mais um passo na estratégia de responsabilidade social do Centro de Produção de Mangualde do Groupe PSA, na mesma linha de ação de outras que a precederam, como a cooperação com o CEiiA e o Instituto Politécnico de Viseu no desenvolvimento de ventiladores, a doação de máscaras de proteção a entidades estatais e a associação ao projeto solidário de construção de viseiras por um empresário de Seia, que as distribuiu gratuitamente por várias instituições sociais e de saúde.

Pinhel promove edição de Jogos Florais 2020

2020 é o ano das comemorações dos 250 anos da Cidade de Pinhel, face a isso, o
Município de Pinhel vai promover os Jogos Florais 2020, um estímulo
à escrita e à expressão plástica criativa.
 Com origem na civilização Romana, os Jogos Florais eram uma
festividade em honra de Flora, Deusa da primavera, das flores, dos
cereais, da vinha e das árvores frutíferas. Na primavera, mais
concretamente entre o final de abril e meados do mês de maio do
calendário romano, as cortesãs dançavam numa competição em que a
vencedora era coroada com flores.
 Mais tarde, no século XIII, a celebração dos jogos florais surgiu também
como concurso literário, tendo Luís XIV instituído a Academia dos Jogos
Florais para manter as tradições culturais francesas e promover a criação
literária.
 Em Portugal, o aparecimento dos Jogos Florais aconteceu em 1936, por
iniciativa da Emissora Nacional. Estes concursos literários gozaram de
grande visibilidade durante o período do Estado Novo, sendo as obras
vencedoras lidas durante as emissões radiofónicas da Emissora Nacional.
História dos Jogos Florais em Pinhel
 Há 50 anos, concretamente em 1970, por ocasião da comemoração do
bicentenário da elevação de Pinhel a Cidade, a população foi desafiada a
participar através da escrita e da expressão plástica, nos “Jogos Florais”
da cidade de Pinhel.
 Disso mesmo deu conta Ilídio da Silva Marta, na icónica obra Pinhel
Falcão: “Fizeram-se os “Jogos Florais”. De todos os pontos do país
vieram poetas e trovadores às “CORTES POÉTICAS” deste FALCÃO
SEMPRE REAL, naquele cair de Agosto de 1970.”
 No ano em que Pinhel celebra os 250 anos da sua elevação à categoria
de Cidade, os 250 anos da criação da Diocese de Pinhel, e também no
ano em que Pinhel assume o título de Cidade do Vinho (agora 2020-
2021), o Município de Pinhel entendeu por bem reeditar os Jogos Florais
enquanto concurso artístico nas modalidades de Expressão Literária e
Expressão Plástica.

Os Jogos Florais Pinhel 2020 decorrem nas diversas modalidades:
– Expressão Literária (Prosa / Poesia)
– Expressão Plástica (Desenho / Pintura / Colagem)
Serão 2 Temas:
– Pinhel – 250 anos de elevação a cidade
– Pinhel – Cidade do Vinho 2020-2021
Categorias por idades:
– Crianças dos 6 aos 10 anos (inclusive)
– Jovens dos 11 aos 18 anos (inclusive)
– Adultos a partir dos 19 anos
Prémios para os três melhores classificados de cada modalidade /
categoria etária.
Deste modo, as normas de participação e ficha de inscrição disponíveis em www.cm-pinhel.pt

GNR Guarda-Prisão preventiva em Celorico da Beira

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Celorico da Beira, deteve em flagrante delito um homem, de 52 anos, por violência doméstica, no concelho de Celorico da Beira.
Alertados para uma situação de agressões do suspeito sobre a sua companheira, de 54 anos, os militares deslocaram-se de imediato à habitação de ambos, onde, na sua presença, o suspeito insurgiu-se novamente contra a vítima, dirigindo-lhe ameaças de morte e injúrias à sua honra e dignidade, tendo sido detido no momento.
Efetuada uma revista pessoal de segurança, foi detetada na sua posse um cartucho de zagalotes, pertencente a uma caçadeira, propriedade do mesmo. O próprio entregou a arma de forma voluntária, tendo ficado apreendida como medida cautelar.
Foram acionados meios de socorro para assistirem a vítima, que foi transportada para uma unidade hospitalar da Guarda devido à gravidade dos ferimentos.
O detido, com antecedentes criminais pelo mesmo ilícito, foi presente ao Tribunal Judicial de Celorico da Beira, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Acidente de viação tira vida a professora do AE Fornos de Algodres

ACIDENTE PROVOCA UMA VÍTIMA MORTAL NA A25
Teve lugar na A 25, na manhã desta segunda feira, no troço Mangualde – Fornos, mais concretamente, junto ao nó para Fornos de Algodres, um acidente de viação, segundo as informações obtidas, foi uma mulher a vítima mortal deste acidente de viação, que resultou de um despiste.
A vítima mortal era da zona de S. Pedro do Sul, distrito de Viseu, professora no Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres . Os bombeiros tudo fizeram para tentar salvar a vítima em causa, mas acabou por não resistir.

Portugal celebra o 25 de abril, dia da liberdade

A Revolução de 25 de Abril, também conhecida como Revolução dos Cravos ou Revolução de Abril, refere-se a um evento da história de Portugal resultante do movimento político e social, ocorrido a 25 de abril de 1974, que depôs o regime ditatorial do Estado Novo,vigente desde 1933,e que iniciou um processo que viria a terminar com a implantação de um regime democrático e com a entrada em vigor da nova Constituição a 25 de abril de 1976, marcada por forte orientação socialista.
Esta ação foi liderada por um movimento militar, o Movimento das Forças Armadas (MFA), composto na sua maior parte por capitães que tinham participado na Guerra Colonial e que tiveram o apoio de oficiais milicianos. Este movimento surgiu por volta de 1973, baseando-se inicialmente em reivindicações corporativistas como a luta pelo prestígio das forças armadas, acabando por atingir o regime político em vigor. Com reduzido poderio militar e com uma adesão em massa da população ao movimento, a reação do regime foi praticamente inexistente e infrutífera, registando-se apenas quatro civis mortos e quarenta e cinco feridos em Lisboa, atingidos pelas balas da DGS.

Por:Wiki

Esgalhada Trail Team participou em evento solidário online a favor de Unidades hospitalares

Com a restrição por parte da Covid-19, o desporto ao ar livre está cancelado, mas um grupo de amigos decidiu organizar um evento a nível nacional on line denominado Kilómetros em casa.

Assim a adesão foi enorme por todo Portugal, dado que reverteu a favor do Hospital de S. João – Porto e Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa – Penafiel, a participação do atleta podia ser a correr, andar, remar , nadar ou pedalar, foi permitido usar  passadeiras, bicicletas, elípticas e remos para a realização da prova.
O objetivo foi que cada um fizesse o maior número kms  nas 4 horas de prova, no espaço confinado à  residência / casa. O valor de inscrição era um donativo.

Assim o Esgalhada Trail Team participou com oito atletas fazendo 80 kms de corrida no total , tendo iniciado às 8 h até às 12 h . Desta forma , foi uma participação muito positiva para a equipa de Fornos de Algodres , que ajudou numa causa nobre, em prol das Unidades hospitalares.

Em suma, participaram 2847 atletas que rendeu um donativo de 32301 euros, superando o objetivo que se propunham que era de 30 mil euros.

Uma iniciativa que as direções da Unidades hospitalares comtempladas vieram agradecer publicamente à organização e a todos os participantes nesta enorme manifestação de solidariedade.

Campanha de Promoção Online de Queijo dos Pequenos Produtores de Fornos de Algodres

3 Queijos de ovelha curados por apenas 39 euros em www.obomsabordaserra.pt

Face ao cancelamento da 41.ª Feira do Queijo Serra da Estrela, o Município de Fornos de Algodres integrou na sua plataforma online “O Bom Sabor da Serra”, todos os pequenos produtores de Queijo do Concelho de Fornos e Algodres.

Face a esta face difícil, a autarquia decidiu apoiar os pequenos produtores de queijo no escoamento deste produto, depois das grandes quebras de vendas devido ao cancelamento.

Em plena articulação com os pequenos produtores do Concelho, foi lançada na passada semana uma campanha promocional onde 3 Queijos de Ovelha Curado custam apenas 39€. O objetivo desta campanha é efetuar o escoamento de 500 queijos de ovelha curado. Com a campanha já em execução há uma semana, só já restam 250 Queijos, que se encontram em câmaras de cura.

Apela assim a autarquia, a todos aqueles que são apreciadores do melhor queijo do mundo, que apoiem os pequenos produtores com a aquisição destes produtos, a partir de casa, através da plataforma online, fazendo que a economia destes pequenos produtores continue a funcionar.

O Executivo Municipal de Fornos de Algodres, pretende com este mecanismo dar uma resposta célere para os problemas que a COVID-19 trouxe ao Concelho de Fornos de Algodres.

A promoção está disponível em www.obomsabordaserra.pt

Computadores para alunos entregues pelo Município de Fornos de Algodres

Teve lugar a entrega de computadores e acessos à internet aos alunos, identificados pelo Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, que não possuem meios informáticos que lhes permita o acesso aos conteúdos digitais do atual ensino à distância, pela Autarquia de Fornos de Algodres.
Desta forma , nesta primeira fase foram distribuídos equipamentos informáticos aos alunos do 1.º ciclo, garantindo assim, que não haverá alunos do 1º ciclo do ensino básico, no concelho, sem computador ou acesso à internet.
No decorrer da próxima semana iniciar-se-á a segunda fase, com distribuição dos mesmos equipamentos, aos restantes alunos do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, privados destes meios, conforme listagem recebida do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres.
Os alunos irão receber os equipamentos, a título de empréstimo, para utilização durante o tempo necessário à conclusão do ano escolar.
Terminado este período, parte destes equipamentos poderão ser utilizados pelo Município para reforçar e melhorar a aposta no Ensino da Programação e Robótica no 1º ciclo, ou em alternativa, serem disponibilizados para dar resposta a eventuais dificuldades no acesso ao Ensino à Distância, uma vez que os equipamentos estão alinhados com as especificações requeridas pelo Ministério da Educação.
Paralelamente, no âmbito das medidas excecionais como resposta ao COVID-19, o Município de Fornos de Algodres garantiu, já esta semana, a entrega de fichas e recursos educativos aos alunos sem condições para imprimir os mesmos.
O Município de Fornos de Algodres agradece publicamente à Direção do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres o contributo dado para o desenho destas soluções, a todos os Professores do Agrupamento pela forma incrivelmente rápida como se estão a adaptar a estas novas metodologias, aos assistentes técnicos e operacionais que continuam a dar suporte para que a rede educativa funcione, à Associação de Pais pela partilha das preocupações dos Pais e Encarregados de Educação e a todas as famílias do concelho, pela forma empenhada e responsável como têm apoiado as  crianças.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar