Templates by BIGtheme NET
Home » Author Archives: Antonio Pacheco (page 327)

Author Archives: Antonio Pacheco

Título Eco-Escolas para Jardim de Infância de Gouveia

O Jardim de ecoInfância de Gouveia​ foi uma das muitas escolas de Portugal, que foram presenteadas com o título de Eco-Escola, fruto dos trabalho a nível ambiental e sustentabilidade, feito ao longo do ano letivo de 2014/15.
Títulos esses que foram entregues numa cerimónia que decorreu em Torres Vedras, na noite desta quarta-feira.

Por:António Pacheco

Bombeiros Portugueses aderiram ao Quartel Eletrão

Fornos, Aguiar, Pinhel e Guarda no distrito egitaniense
A longo de Portugal, foeletraoram muitas as corporações de bombeiros que aderiram ao programa “Quartel Eletrão, agora no distrito da Guarda aderiram apenas quatro(Aguiar da Beira, Fornos de Algodres, Guarda e Pinhel) e em Viseu foram 14 corporações, como por exemplo, Mangualde, Satão,Penalva do Castelo, Nelas, Viseu, entre outros.

Desta forma apartir do dia 5 de Outubro, todos já  podem entregar, no quartel aderente mais próximo, os seus resíduos eléctricos e electrónicos, lâmpadas e pilhas usadas e ajudar a equipar os bombeiros. Conheça a lista:
2015_2edicaoQE_Lista_Aderentes.pdf (95 kb)

Agora esta campanha é uma ação de grande sensibilização a todas as pessoas que podem e devem reciclar, e neste caso por uma causa nobre.
Desta forma, a corporação de bombeiros do país, que conseguir uma maior quantidade de resíduos irá ser premiada com uma ambulância, mas há também outro tipo de prémios que irão ser distribuídos por várias corporações.

Por Sofia Pacheco

XX Feira da Maçã bravo de Esmolfe foi em terras de Castendo

Decorreu, no passado dia 11 de outubro de 2015, no Centro de Exposições de Produtos DOC (Largo de Stº Ildefonso), na localidade de Esmolfe a XX Ffeira maça.1jpgEIRA DA MAÇÃ BRAVO DE ESMOLFE, uma iniciativa da Câmara Municipal de Penalva do Castelo e da Junta de Freguesia de Esmolfe, com a colaboração da FELBA (Promoção de Frutas e Legumes da Beira Alta).

A Maçã Bravo de Esmolfe é uma pequena maçã outonal de aroma intenso e polpa macia, autóctone da região de Esmolfe, Penalva do Castelo. É conhecida desde o século XVIII e a partir de setembro 2014, passou a ser considerada um produto de Denominação de Origem Protegida (DOP).

O dia iniciou com a Missa Campal, presididfeira maça.2a pelo Sr. Padre José António, seguida da Abertura da Feira.

Pelas 11.00h as Entidades Oficiais foram recebidas pela Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo, seguiu-se uma visita aos produtores de Maçã Bravo de Esmolfe, à mostra de artesanato, aos produtores/engarrafadores de vinho de Penalva do Castelo, ao Fumeiro entre outros presentes no recinto.

Na breve cerimónia, usou da palavra, o Presidente da Junta de Freguesia de Esmolfe, Rogério Craveiro, o Vice-Presidente da FELBA, Sr. Rogério Martinho, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Dr. Veiga Simão, a Diretora Regional da Agricultura, Engª. Adelina Martins, o Presidente Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho.

A Diretora Regional da Agricultura, Engª. Adelina Martins, saudou os produtores de Maçã Bravo de Esmolfe pela produção de qualidade diferenciada. Referiu que “vimos já aqui algumas inovações, o concurso relacionado com a pastelaria, novidades em relação ao sumo entre outras potencialidades”. Destacou a importância do território “como um conjunto de oportunidades para viabilizar a vida das populações que cá vivem”. “… Sou fã desta Feira … e continuarei a cá vir, porque me sinto bem entre os produtores, entre a produção de qualidade, produção certificada…”. Finalizou, congratulando o “Presidente da Câmara Municipal, por verificar que de ano para ano esta evolução da Feira tem vindo a ser visível e tem sido concretizada de forma muito positiva…”.

O Presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, Francisco Carvalho, agradeceu às entidades oficiais, produtores e artesãos, salientou a aposta do Município na promoção dos Produtos de excelência, referindo que estes marcaram presença na Feira na Nacional da Agricultura em Santarém, e no Restaurante Zambeze em Lisboa. Lançou ainda um repto às Entidades presentes para que “ajudem a região de Viseu, ajudem o concelho de Penalva do Castelo.” Concluiu com uma palavra de incentivo aos produtores, “apelo que não desistam de produzir a maçfeira maçaã Bravo de Esmolfe, que é a rainha das maçãs”.

Para encerrar a manhã, o Grupo de Concertinas do Dão realizou uma arruada pelo recinto, subindo posteriormente a palco para animar os presentes.

Da parte da tarde, subiram ao palco a Escola de Música da Casa do Povo de Esmolfe, a Tuna Realense, o Rancho Folclórico de Penalva do Castelo e o artista “Ruizinho e o seu Super Trio”, que animaram os muitos presentes.

Neste certame realizou-se o I Concurso “Delicia de Maçã Bravo de Esmolfe” que teve como objetivo criar ou reinventar um doce ou bolo típico para o concelho.

O doce/bolo vencedor foi o “Folhado com creme de maçã bravo de Esmolfe” confecionado pela Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo. Foram ainda atribuídos um 2º e 3º lugares e duas menções honrosas.

O Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo aceitou o desafio do Município de criar uma mascote para a presente edição da Feira, a qual foi apelidada de “Bravíssima”. Este projeto foi orientado pelo Prof. Paulo Neves.

Ao longo do dia, estiveram patentes diversas exposições e realizou-se a venda de produtos e artesanato local, em que a trilogia de excelência, Queijo Serra da Estrela, Vinho “Dão Penalva do Castelo” e Maçã Bravo de Esmolfe se destacou.

Por:Mun.Penalva do Castelo

Empreendedorismo Estratégico e Desenvolvimento Regional em destaque em Fornos de Algodres

Vai realizar-se, já neste sábado, 17 de outubro, no Centro Cultural Dr.António Menano, na vila dempre Fornos de Algodres,uma tarde dedicada ao Empreendedorismo Estratégico e Desenvolvimento Regional, apartir das 15horas.

Deste modo, do programa constam os seguintes pontos:
-Sessão Solene de Encerramento do Programa de Empreendedorismo Estratégico e Desenvolvimento Regional
– Sessão Inaugural da Incubadora de Fornos de Algodres e do Clube de Empreendedores de Fornos de Algodres
– Assinatura de Protocolo com a Confederação dos Profissionais de Recursos Humanos de Língua Portuguesa
Uma tarde decerto muito produtiva, no que toca ao Empreendedorismo Regional .

Por:António Pacheco

Comemoração do 131º Aniversário do comando distrital da Guarda da Polícia de Segurança Pública em Gouveia

 Dois dias de festividadesPSP_web1

As comemorações do Comando Distrital da Guarda da Policia de Segurança Pública vão decorrer na cidade jardim de Gouveia nos dias 22 e 23 de outubro.

Das atividades agendadas para assinalar a data consta uma receção no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma demonstração de atividades pela equipa cinotécnica da PSP na Escola Básica de Gouveia, um concerto de palmo e meio no infantário Associação de Beneficência Popular de Gouveia para público juvenil e um concerto no Teatro Cine pela Banda Sinfónica da PSP.

Aqui fica o respetivo programa: 22 OUTUBRO | QUINTA-FEIRA

09h00 – Hastear da Bandeira Nacional 09h30 – Missa por intenção da PSP e dos elementos do Comando falecidos na Igreja de S. Pedro 11h15 – Sessão Solene no Salão Nobre dos Paços do Concelho15h30 – Demonstração de atividades da equipa cinotécnica da Unidade Especial de Polícia na Escola Básica de Gouveia

23 OUTUBRO | SEXTA-FEIRA

16h00 – Concerto de palmo e meio no infantário da Associação de Beneficência Popular de Gouveia21h30 – Concerto da Banda Sinfónica da Polícia de Segurança Pública no Teatro-Cine de Gouveia

Por:Mun.Gouveia

Passeio dos funcionários do Município de Fornos a Fátima

Aproveitandopasseio o domingo, mesmo que estivesse cinzento, os funcionários do Município de Fornos de Algodres, e alguns familiares, organizaram-se e rumaram ao Santuário de Fátima no intuito de agradecer a Nossa Senhora.
Deste modo, foi um verdadeiro dia de muito convívio entre todos, pois acabou por ser um passeio deveras interessante, com passagem também pelo Luso, no regresso.
passeio1
 

fotos de José Rebelo
Texto de António Pacheco

Feira da Maçã Bravo de Esmolfe Acolhe Projeto “Alunos Bravo”

A Câmara Municipal de Penalva do Castelo associou-se ao Agrupamento de Escolas do concelho, no dia 11 de outubro, na Feira da Maçã Bravo de Esmolfe, numa tentativa de valorização do património humaalunosno, através da implementação do projeto “Alunos Bravo”. Esta iniciativa procurou atuar em três eixos distintos: valorização e promoção dos produtos típicos da região; divulgação dos níveis de qualidade dos cursos profissionais, nomeadamente o de “Restauração – variante de cozinha/pastelaria” e integração inclusiva dos alunos com Necessidades Educativas Especiais.

Para a materialização deste projeto, a Câmara Municipal reservou um lugar no seu stand para que os alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) tivessem a oportunidade de vender os próprios artigos de artesanato, bem como as doçarias confecionadas pelos alunos do curso profissional de “Restauração – variante de cozinha/pastelaria” e assim contactarem e atenderem o público, numa das possíveis saídas profissionais futuras.

Nesse sentido, o projeto assumiu como objetivos no domínio social e local: fomentar o convívio e integração inclusiva na comunidade e nas iniciativas locais dos alunos com NEE, desmitificar preconceitos e estereótipos sobre as competências e capacidades da população com deficiência e promover os produtos da região, constituintes da trilogia de excelência. No domínio educativo procurou promover a oferta educativa de qualidade do concelho, apoiar o empreendorismo dos estudantes do ensino profissional, desmitificar preconceitos em relação às fracas capacidades cognitivas dos alunos do ensino profissional. Por último, a nível individual e intrínseco das crianças com Necessidades Educativas Especiais pretendeu criar oportunidade de experimentação de atividades profissionais e de contacto ao público; promover a valorização intrapessoal e sentimentos de autoestima e autoconceito; desenvolver mecanismos de combate à passividade, incentivando uma postura ativa e empreendedora promovendo a integração inclusiva e o sentimento de pertença.

Esta foi uma iniciativa de sucesso com bastante adesão por parte da comunidade que teve a oportunidade de comprar e consumir o sumo natural da Maçã Bravo de Esmolfe, Doces de Massapão, Ovos-moles, Caladinhos, Cavacas e o Ninho de Maçã Bravo de Esmolfe, doçaria que inclusive se candidatou ao I concurso “Delicia de Maçã Bravo de Esmolfe”.

A comunidade aderiu à iniciativa consumindo os produtos expostos. Os ganhos financeiros do projeto vão contribuir para a melhoria da educação e dos recursos educativos das crianças matriculadas no sistema formal de ensino do Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo.

O sucesso do projeto não teria sido possível sem o empenho e envolvimento dos alunos, que estiveram à altura do público, quer no atendimento, quer na forma como souberam cativar os clientes, bem como a consciencialização e reconhecimento destes pelo seu esforço.
Por: Mun. Penalva do Castelo

‘SEXTAS DE LUA’ COM LEITURAS ENFEITIÇADAS

CAMINHADA NOTURNA COM LEITURAS, DANÇAS E TRAVESSURAS

Na noite do próximo dia 30 de outubro, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, vai assinalar mais uma vez o Halloween, promovendo ao mesmo tempo a leitura, com mleituras enfeitiçadas 2015_sextas da lua outubroais uma edição de «Leituras Enfeitiçadas». A iniciativa integra a edição de outubro do projeto: ‘SEXTAS DA LUA’ e vai contemplar uma caminhada noturna com leituras, danças e travessuras que começa às 20h30, no Largo Dr. Couto.

Durante a caminhada, estão programadas diversas paragens onde acontecerão vários momentos criativos, como dança, musica, leitura e jogos. Os participantes devem trazer roupa confortável com respetivo adereço temático. O percurso termina da Biblioteca Municipal, onde serão realizadas mais algumas apresentações por vários jovens participantes. Nessa noite será ainda realizada a entrega de prémios do concurso “Marcadores Mágicos” realizado pelo Agrupamento de Escolas de Mangualde. É de salientar que no caso das condições atmosféricas serem adversas à caminhada noturna, todas as atividades previstas para o exterior acontecerão no interior da Biblioteca Municipal.

Nesta iniciativa, dirigida a crianças acompanhadas pelos pais, vamos ter mais um evento dedicado aos contos tradicionais, onde a figura da bruxa tem um papel significativo, simbolizando o mal por oposição ao bem e à beleza e cujo objetivo é aproximar o público dos livros.

‘SEXTAS DA LUA’ ENVOLVE A PALAVRA E A MÚSICA

O projeto ‘SEXTAS DA LUA’ tem permitido que, na última sexta- feira de cada mês, a comunidade vivencie momentos culturais que envolvem a palavra e a música. Cada noite tem um tema que serve de mote para diversas performances: conversas com escritores, dramatizações teatrais, performances de dança, leitura de textos em prosa ou poesia, entre outras formas de expressão, sempre com a música presente.

Por:Mun.Mangualde

 

A União de Freguesias de Açores e Velosa no Concelho de Celorico da Beira inaugurou o Lar de Idosos

A ACDM Freguesia de Açores, engalacb1nou-se para a inauguração do Lar de Idosos, trata-se de mais um equipamento Social que certamente muito irá contribuir para o bem estar dos idosos desta localidade e limítrofes.
Nesta efeméride marcaram presença o Executivo Municipal de Celorico da Beira liderado pelo Presidente de Câmara Eng. José Monteiro, o Vice- Presidente da Câmara Dr. José Luís Cabral e o Chefe de Gabinete Dr. José Albano, assim como o Diretor do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda Dr. Jacinto Dias.
Saliente-se o papel preponderante que a Câmara Municipal teve nesta obra, desde a elaboração do projeto
CB2, apoio técnico e apoio financeiro.


Por:Mun.Celorico da Beira

Andebol – Portugal 21-26 Dinamarca em Pinhel

Casa cheia no Multiusos da Cidade Falcão
A Seleção Nacional  Andebol de Seniores Femininos jogou contra a equipa da Dinamarca, em jogo a contar para a fase de Apuradinamarca-no-ataquemento do Campeonato Europeu 2016 na Suécia, disputado  na cidade de Pinhel.
Esta formação de Portugal que veio da Rússia, onde disputou o seu primeiro encontro deste apuramento sofrendo uma pesada derrota de 36-19.
Tiveram pouco tempo de descanso visto que chegaram à cidade de Pinhel no sábado ao fim da tarde, apenas conseguiram desfrutar de uma boa refeição e descansarem algumas horas, para recuperar energias, para esta partida importante.
A Dinamarca que já estava na cidade Falcão desde quinta-feira, conseguiu fazer mais treinos de adaptação ao terreno de jogo e ao mesmo tempo maior tempo de descanso.
Num jogo que a equipa de Portugal tudo fez e lutou, para conseguir um resultado que as fizesse sonhar, para surpreenderem a sua congénere da Dinamarca.
Na primeira parte a equipa de Portugal esteve muito bem até aos 25 minutos, onde o resultado oscilava entre o empate e a vantagem mínima, por parte das Dinamarquesas. Nos últimos 5 minutos desta parte a formação Lusa apenas conseguiu marcar um golo, em virtude das suas opositoras terem marcado 4.
Este marcador mais dilatado foi devido à equipa de Portugal, ter jogadoras excluídas por 2 minutos, onde as jogadoras da Dinamarca não se fizeram rogadas e ampliaram o marcador.
Ao intervalo o marcador estava em Portugal 10-14 Dinamarca, onde o maior valor da equipa Dinamarquesa veio ao de cima nos últimos minutos da partida.
Vindas do intervalo as equipas vieram determinadas a resolverem o encontro o mais cedo possível, sendo que Portugal foi à procura do prejuízo, e deparou-se com uma guarda-redes de excelente nível,ainda tiveram o azar, em que as bolas iam aos postes e não entravam batendo do lado de dentro e fora, mas teimava em não entrar para desespero das jogadgois-fazer-boa-defesaoras lusas.
Nesta segunda parte o jogo foi muito mais equilibrado sendo que o resultado final desta 2ª parte foi de Portugal 11-12 Dinamarca, juntando este ao da primeira parte verificou-se um score de Portugal 21-26 Dinamarca.
Uma palavra ao público que aderiu à chamada que lhes foi feita para estarem apoiar a equipa Portuguesa, desta forma as jogadoras tudo fizeram para alegrar os adeptos que estiveram presentes.
Uma seleção que é constituída por jogadoras muito jovens na casa dos 20 anos, um resultado a ter em conta, com a entrega e determinação que elas fizeram para conquistarem outro resultado, de referir ainda que estas jogadoras estão no bom caminho,   para num futuro próximo ambicionarem outros resultados.
Por:Miguel Machado
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar