Templates by BIGtheme NET
Home » Fornos de Algodres

Fornos de Algodres

Festa de Natal das crianças em Fornos de Algodres

Teve lugar nesta quarta-feira, durante o período da manhã, no Centro cultural Dr.António Menano, uma festa de natal para todas as crianças, onde a organização do Município de Fornos de Algodres em parceria com a equipa da Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez.

Foi uma manhã bastante animada com as crianças do Jardim de Infância e Escolas do 1ºCiclo do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, que contou com a presença dos Silva, os animadores do dia.

Para terminar a festa, foram entregues os presentes de natal a todas as crianças, uma oferta do Município Fornense.

Município da Guarda dá presentes de Natal na ULS Guarda

Esta semana, como anualmente acontece, o Município da Guarda distribuiu os presentes de Natal, na zona da Pediatria e Neonatologia.

Nesta zona, está um fornense recém nascido, o Vicente, filho de Rui Pacheco e Juliana Pacheco, assim como muitas outras crianças do distrito da Guarda, a todos se desejaram rápidas melhoras.

O Pai Natal e os seus ajudantes estiveram naquele serviço do Hospital Sousa Martins e levaram presentes e sorrisos às crianças ali internadas, partilhando um pouco do que se vive na Cidade Natal.

Por:AP fotos:MG

IV Concurso de Fotografia do Aspiring Geopark Estrela

O IV Concurso de Fotografia do Aspiring Geopark Estrela está aberto a todos aqueles que queiram participar, de nacionalidade portuguesa ou estrangeira, devendo as fotografias submetidas serem captadas no território candidato a Geopark Mundial da UNESCO. Para o efeito, serão aceites registos fotográficos obtidos em qualquer ponto dos municípios que integram este Geopark (Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia). Neste contexto, o objeto das fotografias pode ser distinto, tal como a diversidade geológica e biológica, paisagens, gentes e cultura, atividades de lazer e aventura, entre outros, que retratem a identidade deste território. O grande objetivo deste concurso é captar a diversidade natural e cultural desta geografia, que tem na Serra da Estrela o seu principal Património.

Faça o download do regulamento completo aqui.

Por:AGP

Iluminação pública com tecnologia LED vai surgir em Fornos de Algodres

Um dos problemas que preocupam as autarquias, é o custo elevado da iluminação pública, face a isso, a tecnologia vai avançando e o Led é cada vez mais um produto que está a revolucionar o mercado.

O baixo consumo  implica que ao fim de cada mês , que a fatura seja mais baixa, logo é mais atrativa.

Fornos de Algodres em breve irá ter luminárias Led na iluminação pública, substituindo as atuais luminárias que consomem imenso.

Assim esta novidade já é possível, devido a um novo contrato de concessão referente à distribuição de energia elétrica de baixa tensão, onde a EDP Distribuição vai proceder à substituição das luminárias.

Uma forma de os Municípios pouparem e além disso, ajudar o ambiente a ser melhor.

FPF- Resultados do Campeonato de Portugal-13ªronda

Disputou-se mais uma ronda no Campeonato de Portugal, numa tarde de domingo de muita chuva um pouco por todo País.

Jornada 13

Oleiros – Águeda – 1-2

A.Moradal – Gafanha – 1-2

U.Leiria – Lus.Vildemoinhos-1-0

Nogueirense – Mortágua-1-2

Ferreira de Aves – Sertanense-0-4

Benfica C. Branco- Marinhense-4-1

Fornos de Algodres – Anadia-0-5

Maritimo B – Sousense- 2-0

Classificação

1ºÁgueda-31; 2º Benfica C. Branco-30; 3ºU.Leiria-29;4º Lusitano FC,24; 5ºSertanense, 23; 6ºs Marinhense, Gafanha e Maritimo B, 22; 9ºAnadia, 19; 10ºNogueirense, 11º Oleiros,14; 12ºMortágua,13; 13ºA.Moradal,12;14ºSourense,10; 15º Ferreira de Aves,7; 16º Fornos de Algodres, 1

Taça das Regiões–AFGuarda e AF Castelo Branco vencem na 2ª ronda

Teve lugar neste sábado, na cidade da Guarda, a 2ªjornada da fase zonal da Taça das Regiões, com a AF Guarda a vencer por duas bolas a uma a turma da AF Santarém, na outra partida a turma de Castelo Branco derrotou AF Leiria por duas bolas a uma.

AF Guarda -AF Santarém-2-1
AF Castelo Branco- AF Leiria-2-1

Classificação

1ºAF Castelo Branco-6

2º AF Guarda-3

3ºAF Santarém-3

4º AF Leiria – 0

Taça das Regiões- Fase zonal na Guarda

Vai se disputada no distrito da Guarda, a Fase zonal da Taça das Regiões, com a participação da AF Guarda, AF Castelo Branco, AF Leiria e AF Santarém, de 8 a 10 de dezembro.

Desta forma, esta fase tem inicio, nesta sexta -feira, com o Municipal da Guarda a acolher a partida entre AF Santarém e AF Leiria e no Estádio José Júlio Balcão em Vilar Formoso, defrontam-se, AF Guarda e AF Castelo Branco, ambas partidas às 17 horas.

Depois no sábado, 9 dezembro,no Municipal da Guarda, AF Leiria defronta AF Castelo Branco, no Zambito , AF Guarda recebe AF Santarém, ambos às 15 horas.

Para finalizar, esta prova, no domingo 10, no Municipal da Guarda, AF Guarda defronta AF Leiria e no Zambito, AF Castelo Branco defronta AF Santarém, ambos às 11 horas.

Avisos e liturgia do 1ºdomingo do Advento- Fornos e Aguiar da Beira

Dupla Perspectiva do Advento
O TEMPO DO ADVENTO é o tempo da devota e gozosa EXPECTATIVA sobre a vinda do Senhor. Está estruturado liturgicamente numa dupla perspectiva:

  1. É TEMPO DE PREPARAÇÃO para a SOLENIDADE DO NATAL, que comemora “a vinda do Filho de Deus” à Humanidade, pela Incarnação;
  2. É tempo no qual, mediante a evocação do nascimento histórico, se concentra o espírito dos crentes na expectativa da “SEGUNDA VINDA DE CRISTO” no fim dos tempos.
Ano B - Advento - 1º Domingo - Boletim Dominical

As duas perspectivas entrecruzam-se nos textos litúrgicos do Advento, porque a “primeira vinda” pela Encarnação é o fundamento da “última vinda”; e esta, a consumação escatológica da primeira.

Entre o ACONTECIMENTO HISTÓRICO de Cristo e a PARUSIA há um ritmo incessante de ADVENTO de Cristo, sempre presente na Igreja e no Mundo, porque há muitas zonas da pessoa onde Cristo está “ausente”, até que nos identifiquemos, existencialmente, com Ele; porque há muitos homens que ainda não ouviram a Sua mensagem; porque há muitas zonas no mundo e na História que ainda não foram atingidas pela graça da reconciliação!

A Liturgia do ADVENTO CRISTÃO situa-se no “já” da Encarnação e no “ainda não” da Sua vinda em plenitude.

Entre a Encarnação de Cristo e a Sua última vinda
Para melhor entender esta dupla perspectiva do Advento, devemos ater-nos a alguns aspectos gerais do Ano Litúrgico:

  1. As celebrações do Ano Litúrgico são o desenvolvimento da História da Salvação atualizada sacramentalmente no tempo e no espaço, com todos os seus acontecimentos salvíficos, para que essa História aconteça existencialmente nas comunidades eclesiais, em cada geração e em cada pessoa.
  2. Há nos Mistérios da Redenção uma dimensão histórica, enquanto acontecimento cronologicamente verificado no passado. Como tais, esses mistérios, são “um passado histórico irreversível”. A celebração deles é uma “comemoração-aniversário”. Mas há também a dimensão salvífica, enquanto iniciativa salvadora de Deus; manifestação da força viva de Deus perenemente presente e actuante. A celebração litúrgica é a “reactualização” dessa dimensão salvífica, que se reproduz existencialmente como acontecimento salvífico.
  3. Ano B - Advento - 1º Domingo - Boletim Dominical

O Natal é o “mistério-sacramento” do nascimento do Senhor, que renova e actualiza o Mistério do Filho de Deus feito homem. O “HOJE”, repetido nos textos litúrgicos do Natal, é o “HOJE DIVINO”, ou a presença perene de Deus, em Quem não há passado nem futuro, no “HOJE DOS HOMENS” sempre provisório e passageiro! Pela celebração cultual, o “HOJE” de cada geração é contemporâneo do que já aconteceu e do que há-de vir. COMEMORAR os Mistérios da Redenção não é distanciar-se do que aconteceu, mas abolir as distâncias.
Há uma unidade interna nos ciclos do Ano Litúrgico. Ela procede da unidade do Mistério de Cristo, presente em todas as celebrações. A Liturgia celebra sempre todo o mistério de Cristo, mas na PERSPECTIVA PASCAL. Por isso, a Liturgia do Advento e a do Natal estão transfiguradas pelos símbolos pascais:

  1. A Encarnação é perspectivada pelo processo da “humilhação-despojamento”, que culmina na morte de Cristo.
  2. O Natal é como que celebração antecipada e pressuposto da maravilhosa Primavera da salvação: a festa da Páscoa.
  3. A verdadeira festa do “Sol da Justiça”, que se celebra no Natal, brilha na Ressurreição.
  4. O movimento da regeneração da Humanidade começa no Natal mas culmina na Páscoa! Haja em vista toda a simbologia pascal da luz, presente no Natal!

A liturgia do primeiro Domingo do Advento convida-nos a equacionar a nossa caminhada pela história à luz da certeza de que “o Senhor vem”.
Apresenta também aos crentes indicações concretas acerca da forma devem viver esse tempo de espera.
A primeira leitura é um apelo dramático a Jahwéh, o Deus que é “pai” e “redentor”, no sentido de vir mais uma vez ao encontro de Israel para o libertar do pecado e para recriar um Povo de coração novo. O profeta não tem dúvidas: a essência de Deus é amor
e misericórdia; essas “qualidades” de Deus são a garantia da sua intervenção salvadora em cada passo da caminhada histórica do Povo de Deus. A segunda leitura mostra como Deus Se faz presente na história e na vida de uma comunidade crente, através dos dons e
carismas que gratuitamente derrama sobre o seu Povo. Sugere também aos crentes que se mantenham atentos e vigilantes, a fim de acolherem os dons de Deus.
Antes de mais, o Evangelho deste domingo coloca-nos diante de uma certeza fundamental: “o Senhor vem”. A nossa caminhada humana não é um avançar sem sentido ao encontro do nada, mas uma caminhada feita na alegria ao encontro do Senhor
que vem. Não se trata de uma vaga esperança, mas de uma certeza baseada na palavra infalível de Jesus. O tempo de Advento recorda-nos a realidade de um Senhor que vem ao encontro dos homens e que, no final da nossa caminhada por esta terra, nos oferecerá
a vida definitiva, a felicidade sem fim. O tempo do Advento é, também, o tempo da espera do Senhor. O Evangelho deste Domingo diz-nos como deve ser essa espera… A palavra mágica é “vigilância”: o verdadeiro discípulo deve estar sempre “vigilante”,
cumprindo com coragem e determinação a missão que Deus lhe confiou. Estar “vigilante” não significa, contudo, preocupar-se em ter sempre a “alminha” limpa para que a morte não o apanhe com pecados por perdoar; mas significa viver sempre activo,
empenhado, comprometido na construção de um mundo de vida, de amor e de paz.
Significa cumprir, com coerência e sem meias tintas, os compromissos assumidos no dia do baptismo e ser um sinal vivo do amor e da bondade de Deus no mundo. É dessa forma que eu tenho procurado viver? Em concreto, estar “vigilante” significa não viver
de braços cruzados, fechado num mundo de alienação e de egoísmo, deixando que sejam os outros a tomar as decisões e a escolher os valores que devem governar a humanidade; significa não me demitir das minhas responsabilidades e da missão que Deus me confiou quando me chamou à existência… Estar “vigilante” é ser uma voz
activa e questionante no meio dos homens, levando-os a confrontarem-se com os valores do Evangelho; é lutar de forma decidida e corajosa contra a mentira, o egoísmo, a injustiça, tudo aquilo que rouba a vida e a felicidade a qualquer irmão que caminhe ao meu lado… O nosso Evangelho recomenda especialmente a “vigilância” aos “porteiros” da comunidade – isto é, a todos aqueles a quem é confiado o serviço de proteger a comunidade de invasões estranhas.

ISCMFA realizou apanha da azeitona

Na manhã fria deste domingo, 3 de dezembro, a Santa Casa da Misericórdia  de Fornos de Algodres, realizou a vareja da azeitona, das oliveiras que estão no espaço da instituição.

Assim um grupo de irmãos e irmãs colaboraram nesta atividade e a colheita foi positiva , agora é só esperar pelo resultado final, o azeite que vai dar para as refeições confecionadas na cozinha da instituição.

Fotos:LMG

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar