Templates by BIGtheme NET
Home » Fornos de Algodres (page 2)

Fornos de Algodres

Declaração da Situação de Alerta de 2 a 6 de agosto

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Governo, através do Ministro da Administração Interna assinou, esta quarta-feira, o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental. Ler Mais »

Fornos de Algodres recebe Europeu de Slackline

Em agosto vai ser de grande festa e diversão em Fornos de algodres, dado que, se realizam as festas em Honra de Nossa Senhora da Graça, este ano com novidades, no cartaz destacam-se Carminho e Tiago Bettencourt.

Mas outra atração destas festa vai ter lugar de 15 a 19 com a realização do Europeu de Slackline, uma modalidade em expansão, onde o fornense Rui Mimoso se destaca e vai ser um sério candidato aos lugares cimeiros.

Festival do Peixinho do rio e Feira de Santiago

Decorre neste domingo, mais uma edição da Festa de Santiago e do Festival do Peixinho do Rio, na localidade de Juncais, numa organização da União de Freguesias de Juncais, Vila Soeiro e Vila Ruiva.

Haverá muita música popular portuguesa, animação e diversos petiscos, ao longo da tarde noite.

Atividade operacional diária da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções:  28 detidos em flagrante delito, destacando-se:
    • Nove por condução sob o efeito do álcool;
    • Oito por tráfico de estupefacientes;
    • Cinco por condução sem habilitação legal;
    • Três por posse de arma proibida.

 

  1. Apreensões:
    • 353 doses de haxixe;
    • Nove doses de cocaína;
    • Seis armas de fogo;
    • Uma arma branca.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 788 infrações detetadas, destacando-se:

    • 565 por excesso de velocidade;
    • 44 por falta de inspeção periódica obrigatória;
    • 44 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
    • 38 por infrações relacionadas com tacógrafos;
    • 33 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
    • 24 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
    • 23 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
    • Oito por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

 

Sinistralidade: 125 acidentes registados, destacando-se:

    • Dois mortos;
    • Dois feridos graves;
    • 44 feridos leves.

Fornenses Susana e Beatriz fazem missão em Cabo Verde

Cada vez mais os jovens portugueses, se dedicam a fazer missão em países africanos, desta forma, Susana e Beatriz, duas jovens fornenses, que integram o Projeto Universitário de Cabo Verde, vão estar em missão por Cabo Verde, até ao dia 7 de agosto.

Desta forma , estas jovens tiveram uma celebração de envio , na eucaristia vespertina da Igreja da Misericórdia de Fornos de Algodres, presidida pelo Padre Jorge.

 

Requalificação da Escola Secundária de Pinhel é uma realidade

O Município de Pinhel assinou na  tarde desta quarta-feira o Auto de Consignação referente à empreitada de Requalificação da Escola Secundária de Pinhel.

O documento que oficializa o início da obra foi assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Pinhel e pelo representante da Biosfera Construções Unipessoal Lda., empresa responsável pela empreitada que vai ter um prazo de execução de 13 meses, a partir desta data, representando um investimento na ordem dos dois milhões de euros, comparticipados pelo Programa Operacional do Centro 2020.

Com esta intervenção no complexo escolar construído há cerca de 20 anos, pretende-se que alunos, professores e pessoal não docente da Escola Secundária de Pinhel possam usufruir de espaços mais modernos e adequados às necessidades do presente.

Isso mesmo referiu o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, para quem a Educação continua a ser uma das principais prioridades de atuação.

Tendo em conta que a assinatura do Auto de Consignação teve lugar no âmbito da tomada de posse do Diretor do Agrupamento de Escolas de Pinhel para mais um mandato, o Presidente da Câmara aproveitou para felicitar o Diretor e toda a comunidade educativa, sublinhando uma vez mais as relações de cooperação que têm sido desenvolvidas por Município e Agrupamento e que, no seu entender, estão na base de muitos dos sucessos alcançados.

Por sua vez, o Diretor do Agrupamento de Escolas de Pinhel agradeceu a presença do Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, assumindo o compromisso de continuar a trabalhar em prol de uma escola onde todos se sintam bem e felizes.

Por:MP

 

AD Fornos de Algodres apresenta novo equipamento 2018/19

Foi recentemente apresentado o novo equipamento da AD Fornos de Algodres para a nova temporada 2018/19 que se avizinha.

Assim as cores amarelo e verde a predominar agora num formato diferente.

Esta uma parceria com a marca Juvan, empresa de material desportivo, onde é liderada por gentes fornenses.

Curso de Formação “Guide to Erasmus+ Applications” em Maceira

Maceira acolhe o Curso de Formação “Guide to Erasmus+ Applications”, que iniciou recentemente onde através da Associação de Maceira os jovens vão aproveitando e estão instalados no Hostel EntryFik.

Estão a participar jovens oriundos de 6 países Europeus.

Uma reflexão sobre a educação por JPClemente

Para que haja uma formação académica feliz e solidificada, urge previamente uma formação efetiva de afeto.
Hoje, a sociedade encontra-se refletida na escola. A sala de aulas é um dos palcos onde se experiência o viver e o sentir dos alunos, resultado da sua história familiar e social. Os primeiros educadores (encarregados de educação), construtores da sociedade atual, fazem refletir nos seus educandos os valores em que acreditam e influenciam-nos profundamente (positivamente ou negativamente) através do seu agir e do seu sentir. A primeira motivação, para que nas salas de aulas haja aprendizagens e construção de cidadãos completos, começa em casa. Ora, infelizmente, há muitos alunos que transportam consigo experiências familiares que são um grave obstáculo aos formadores na transmissão desses saberes. Na verdade, se o aluno afetivamente não está bem, será mais difícil incutir no mesmo o prazer de aprender.

Infelizmente, os líderes educativos ainda não perceberam que hoje, as famílias necessitam de formação e sensibilização para que possam ajudar a motivar os seus filhos.
Como dizia o Pai Américo, Fundador da Casa do Gaiato, Não há rapazes maus! Na verdade, o que encontramos são rapazes sem referências (ou com referências negativas) quer ao nível familiar quer ao nível social. Atenuar este facto passa pelo professor, ele próprio, se tornar um agente educativo não só pela palavra, mas fundamentalmente pelo exemplo.

Urge incutir Valores! Urge consciencializar pais e alunos de que para se atingir o sucesso é necessário esforço e concentração. Paralelamente, a escola necessita de se transformar. Como afirma a Dra. Ariana Cosme … hoje pela heterogeneidade dos seus alunos deixou de ser possível continuar a defender a ideia que educar, nesses contextos, é ensinar tudo a todos, como se todos fossem um só. Esta realidade transforma de imediato o tradicional paradigma de Ensino /Aprendizagem. A escola tem que se adaptar aos novos tempos e a novos contextos. É necessário lembrar que os pais de hoje são muitos daqueles que há 10, 15 ou 20 anos receberam do nosso sistema de ensino a ideia de que é possível transitar sem esforço. As estatísticas europeias, de então, assim o exigiam! Esta farsa teve um preço que a escola de hoje está a pagar. Os filhos de alguns desses antigos alunos, de forma direta ou indirecta, vão sentindo essa cultura do facilitismo. Consequentemente, em famílias desestruturadas, ainda é mais vincada essa interiorização. Assim, os comportamentos disruptivos e a desmotivação surgem naturalmente.
Perante este cenário, a escola de hoje apresenta já algumas respostas. Os professores tutores de hoje vieram substituir a outra parte da formação que deveria ter vindo de casa: a formação para os valores e a formação para a exigência.
A Tutoria como um espaço onde o professor tenta conhecer bem o aluno ajudando-o, primeiramente, a conhecer-se bem a si próprio, para que depois possa alterar a sua forma de estar quer perante a família, quer perante a escola quer perante os amigos …em suma, perante a vida.
“O palco” da sala de aulas como espaço para se fazer notar e chamar a atenção, resultado de tanto vazio interior tem de desaparecer! A estratégia de falar individualmente com o aluno e chamá-lo atenção é hoje fundamental!
Um aluno com interesses divergentes dos escolares é a imagem da falta de referências parentais e sociais. A escola mediante este facto tem pois que se reinventar e continuar a encontrar formas de tornear esta questão. Para além da tutoria e dos Serviços de Psicologia e Orientação, há disciplinas como EMRC, Cidadania, Introdução às Políticas, Formação cívica que deveriam ter um papel mais relevante na formação do “Saber ser e do Saber estar”.
Por isso, hoje, principalmente ao nível do ensino básico, estou certo que os Curricula tem que estar envolvidos cada vez mais numa preocupação de ensinar numa perspetiva de Cidadania, como o documento “Perfil do aluno para o sec. XXI “ tão bem espelha!
Por:JP Clemente
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar