Templates by BIGtheme NET
Home » Fornos de Algodres (page 20)

Fornos de Algodres

Eco Wolves Race no concelho de Fornos de Algodres a 15 de março

Vai decorrer na localidade de Vila Chã e limítrofes no dia 15 de março, a prova Eco Wolves Race trata-se de uma iniciativa do CRVC – Clube Recreativo de Vila Chã, que vai decorrer em estradões, caminhos rurais e vias de terra batida. É uma iniciativa que pretende aliar a prática da atividade física à educação ambiental. Vai ter um trail longo de 21Km e um curto de 11Km, assim como uma caminhada para todos os que queiram apreciar as maravilhas da natureza.
Tem como objetivo, proporcionar a todos os participantes uma experiência desportiva, em vários locais  do concelho de Fornos de Algodres.
Vão ainda decorrer outras iniciativas no mesmo âmbito temático, no sentido de sensibilizar todos os participantes para a poluição e os comportamentos de risco que se devem evitar e alterar no dia a dia .

 

Avisos e Liturgia do II Domingo da Quaresma – Ano A

Neste segundo Domingo da Quaresma, somos convidados a recordar, a contemplar e a celebrar a concretização, em Cristo, da aliança de Deus com Abraão e com todos os que foram, são e serão, pela fé, filhos de Abraão. A Palavra de Deus convida-nos a sair da nossa terra, do nosso mundo, das nossas seguranças, e a pormo-nos a caminho, guiados pela fé, para a terra que o Senhor nos indicar. Assim saiu Abraão e foi abençoado. Assim saiu Jesus, o Messias, que é a bênção de Deus para todos os povos. Assim queremos sair todos nós que somos de Jesus Cristo, chamados a ser a sua presença no mundo. Para Jesus de Nazaré, a meta da sua caminhada foi a glória do Pai. Para Abraão e para nós, a meta do nosso caminho é Jesus Cristo, o Filho de Deus, em quem o Pai pôs toda a sua complacência (estima e amor); por isso nós temos de O escutar, ou seja, imitar e seguir. Escutando Cristo, participamos da sua glória. Unidos a Cristo, estamos sentados com Ele à direita de Deus no céu. Seguindo Cristo, proclamamos que Ele é o Senhor e, com Ele, teremos como herança a vida eterna. Em Cristo, alcançamos a graça e a bênção, a misericórdia e a redenção, a eternidade da vida, a beleza da glória. Na glória de Cristo, que se manifesta no mistério da sua transfiguração e na luz da sua ressurreição, contemplamos a glória que está reservada àqueles que, como Abraão, caminham para a terra que o Senhor lhes prometeu mostrar, ou seja, a nós que, conforme o chamamento do Pai, escutamos hoje a palavra do seu Filho.

Em primeiro lugar, na nossa caminhada para a Páscoa com Cristo, temos de aceitar a grandeza da nossa dimensão divina e assumir a fragilidade da nossa condição humana. Na nossa vida de discípulos de Cristo, estão presentes, ao mesmo tempo, a natureza e a graça, a limitação e a transcendência, a filiação humana e a filiação divina. O texto do evangelho deste domingo permite-nos penetrar ainda mais no mistério deste encontro entre Deus e o homem: vencida por Jesus de Nazaré, e também por todos os que acreditam nele, a tentação de nos afastarmos de Deus e de nós próprios, o evangelho mostra-nos agora a profunda harmonia que existe em Jesus, e também naqueles que são de Jesus, entre a dimensão divina e a natureza humana. A transfiguração revela a presença misteriosa da glória de Deus na humanidade de Jesus. É-nos revelado um mundo de luz divina que se encontra no coração da condição humana; por breves instantes, no Filho do homem que caminha para a morte, vemos aquela que há-de ser eternamente a glória de Cristo ressuscitado.

08-03-2020

Em segundo lugar, a luz que se manifesta na transfiguração de Jesus, o resplendor do seu rosto, a brancura das suas vestes, não é somente a revelação da sua glória, ou visão antecipada da meta da sua existência; essa luz é também revelação do sentido que tem toda a vida de Jesus; mais ainda, a luz da transfiguração permite-nos ver um pouco a glória divina que já existe dentro do homem Jesus de Nazaré. Aquela luz de glória que viram os Apóstolos, e que hoje nós contemplamos com os olhos da fé, é inseparável da realidade humana de Jesus, é inseparável da sua obediência ao Pai e do seu serviço aos homens, é inseparável da sua vida e da sua morte. É impossível separar o monte da transfiguração e o monte da crucifixão de Jesus, porque esse Jesus que vemos hoje transfigurado, é o mesmo que vai a caminho de Jerusalém, onde será crucificado. Na luz da transfiguração como nas trevas do Calvário, ouvimos a voz do Pai que diz: “Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência. Escutai-O”.

Escutar Jesus é seguir Jesus. Como Jesus viveu, somos convidados a viver; o que Ele foi, somos convidados a ser. A vida divina, que o amor de Deus colocou em nós, não é um instrumento de manipulação da condição humana, mas a razão definitiva que o homem tem para não se afastar da sua realidade, para aceitar o seu próprio ser, para encerrar num abraço de amor a própria morte.

http://www.liturgia.diocesedeviseu.pt/

Ano A - Tempo da Quaresma - 2º Domingo - Boletim Dominical II

Queijo Serra da Estrela promovido em Fornos de Algodres

Depois do sucesso das últimas edições da Feira/ Festa do Queijo Serra da Estrela em Fornos de Algodres, em 2020, vai acontecer de 20 a 22 de março ,no Mercado Municipal.

Deste modo, muitos quilos de Queijo Serra da Estrela vão ser comercializados no Mercado Municipal, assim como outros produtos endógenos. Vão ter lugar Jornadas Técnicas, os artesãos, recreações etnográficas, música , folclore, Cão Serra da Estrela e a ovelha Serra da Estrela.

A nível de animação, diversos grupos culturais do concelho vão animar os visitantes e depois o cozinheiro Chakall vai realizar um showcooking e Jorge Serafim vai animar a noite do dia 20.

No sábado, 21, terá lugar a prova do queijo, visita a queijarias, segue-se a grande animação pelas 14h00 “Somos Portugal” da TVI em direto de Fornos de Algodres e pelas 21h30 sobe ao palco Tiago Maroto.

Já,no domingo, voltam as provas do queijo e a tarde animada por Cláudia Martins e os Minhotos Marotos. Face a isso e como forma de divulgação, a plataforma do Município de Fornos de Algodres – www.obomsabordaserra.pt ,ofereceu algumas promoções .

Decerto vai ser mais uma grande feira com muitos visitantes que vão passar nestes dias em Fornos de Algodres para saborear o bom queijo e degustar os produtos endógenos desta região.

 

Marca “Serra da Estrela” apresentada em Lisboa pela CIMBSE

Teve lugar na tarde desta terça-feira, na Pousada de Lisboa, a marca “Serra da Estrela”, apresentada pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.

Na sessão solene , Luis Tadeu, Presidente da CIMBSE,  a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, Pedro Machado, do Turismo Centro de Portugal, entre outras entidades responsáveis estiveram presentes.
A criação da marca Serra da Estrela tem como objetivo “construir uma identidade e linha de comunicação agregadora, que permita ao mesmo tempo potenciar a sub-região como um todo e promover o património natural e cultural único existente, assim como potenciar o crescimento de fluxos turísticos no país”.

A marca Serra da Estrela está enquadrada no Projeto “Produtos Turísticos Integrados”, cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Foto:CIMBSE

Compressor de alta pressão para Agentes da Proteção Civil de Fornos de Algodres

Foi adquirido um compressor de alta pressão da marca pacific para melhorar a capacidade de resposta operacional da Equipa de Intervenção Permanente, do Serviço Municipal de Proteção Civil e do corpo ativo dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, uma oferta do Município de Fornos de Algodres.

Este equipamento vem facilitar a resposta operacional em atmosferas contaminadas com gases e outros  agentes de poluição, na medida em que facilita a capacidade dos intervenientes em proteger as vias respiratórias.

Para o efeito os operacionais utilizam aparelhos de respiração de circuito fechado, ARICAS, que isolam o fumo e os gases contaminados da sua respiração.

A verdade é que, tão ou mais importante que estes aparelhos, é a existência de uma máquina que possibilite a reutilização dos mesmos, procedendo à absorção, filtragem e compressão, colocando o ar atmosférico dentro do cilindro, de modo a que possa voltar a ser utilizado.

O Município decidiu adquirir este equipamento – Compressor de Alta Pressão marca Pacific – ficando o mesmo localizado no quartel da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, para que possa ser utilizado sempre que se julgue necessário.

 

Operação “Floresta Segura 2020”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) está a realizar, desde o dia 15 de janeiro e até 6 de dezembro, em todo o Território Nacional, a operação “Floresta Segura 2020”, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), da Unidade de Emergência, de Proteção e Socorro (UEPS) e dos Comandos Territoriais, a qual integrará várias fases, desde o planeamento e execução de ações de sensibilização e de fiscalização, no que diz respeito às faixas de gestão de combustível, até ao reforço de patrulhamento e vigilância, para prevenir comportamentos de risco, assim como detetar e combater incêndios rurais, com a finalidade de garantir a segurança das populações e do seu património e salvaguardar o tecido florestal nacional.

Neste sentido, a GNR, em coordenação com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) irá, junto das populações em geral e, em particular, das autarquias, produtores florestais, comunidades escolares e agricultores, promover ações de sensibilização, com o intuito de alertar para a importância dos procedimentos preventivos a adotar, nomeadamente sobre o uso do fogo em queimas e queimadas, a limpeza e remoção de matos, a manutenção das faixas de gestão de combustível e a adoção de medidas de proteção dos aglomerados e de autoproteção, no âmbito dos Programas Aldeia Segura e Pessoas Seguras.  

Em apoio à ANEPC, no combate aos incêndios rurais, a GNR irá empenhar forças da UEPS em ações de ataque inicial e ampliado/estendido, com meios terrestres e helitransportados e, através do SEPNA, garantirá a validação, medição das áreas ardidas e investigação das causas dos incêndios.

Salienta-se que, no ano de 2019, registaram-se 10 904 ocorrências de incêndios rurais – o que representa uma redução de 15% face aos números de 2018 e de 54% face aos de 2017 – que resultaram em 42 492 hectares de área ardida (uma redução de 4% face a 2018 e de 93% face a 2017).

Ainda assim, considerando que cerca de 35% das ocorrências tiveram origem na realização de queimas e queimadas, a GNR continuará a dar prioridade à redução do número de ignições, aconselhando-se a população à participação nas diversas ações de sensibilização sobre o uso correto do fogo, que serão promovidas por todo o país.

Ordem dos Médicos do Centro cria Grupo de Acompanhamento do Covid-19

Diversos médicos de várias especialidades (Pneumologia, Saúde Pública, Doenças Infecciosas, Pediatria, Medicina Geral e Familiar, Medicina do Trabalho e Patologia Clínica) vão integrar o Grupo de Acompanhamento do Covid-19 criado pela a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) e que será coordenado pelo Professor Carlos Robalo Cordeiro (pneumologista, diretor do Serviço de Pneumologia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra).

“Temos de contrabalançar o alarmismo, o pânico e a desinformação. A DGS tem de estabelecer os procedimentos corretos para serem cumpridos nos hospitais e nos centros de saúde”, refere o presidente da SRCOM, “agora que já temos casos identificados, a DGS não pode ficar por intenções vagas e pouco precisas”.

Afirma Carlos Cortes: “Ao contrário do que está a acontecer, é preciso enfrentar esta infeção com as melhores práticas de comunicação e partilha de informação junto dos utentes mas também junto dos profissionais de saúde que estarão na linha da frente”.

O Grupo de Acompanhamento do Covid-19 da Secção Regional da Ordem dos Médicos pretende ser um meio de partilha de informação e de apoio à melhor decisão, em tempo útil, interligando todas as ações com as entidades oficiais.

“Face a esta emergência epidemiológica, não podemos ficar à espera das respostas mais adequadas durante muito tempo. Tudo se passa de forma dinâmica e muito rápida. O pior cenário, face a casos positivos de infeção com o novo coronavírus, serão as respostas desarticuladas e incoerentes. Queremos dar um contributo para evitar situações de vazio, dúvidas, e comportamentos alarmistas que poderão amplificar ainda mais o cenário preocupante que conhecemos”, assume Carlos Cortes.

A Ordem dos Médicos pretende, com este grupo especializado, colocar ao serviço da comunidade médica a melhor e a mais correta avaliação face a eventuais incoerências e desinformação nas unidades de saúde.

“Estamos a assistir a alguns casos bastante confusos, infelizmente. Temos de dar o exemplo, sobretudo neste momento tão complexo, e contribuir para as melhores decisões nesta fase de risco. São os médicos especialistas em epidemiologia e saúde pública que devem liderar e apoiar a procura das melhores soluções. A comunidade médica e científica deve conduzir-nos às melhores práticas para enfrentar esta epidemia”, assume. “Temos de pugnar para que sejam tomadas todas as medidas preventivas nos hospitais e nos centros de saúde para minimizar a exposição e o risco de contágio”, conclui Carlos Cortes.

Sensibilização aos apicultores do concelho de Fornos de Algodres

Aconteceu uma ação de sensibilização aos apicultores do concelho de Fornos de Algodres , no salão nobre do edifício municipal, onde foram facultadas  armadilhas, que deverão ser colocadas nesta fase do ano, para capturar o maior número possível de vespas fundadoras, numa tentativa de reduzir os impactos negativos que esta espécie invasora tem causado no efetivo apícola do concelho. Esta foi uma iniciativa do Municipio local através do gabinete de apoio à floresta.

AF Guarda- Vila Franca das Naves-AD Fornos de Algodres-0-1

        Fornenses mais eficazes
Uma tarde nublada com a chuva a dar um ar da sua graça no Campo do Picoto, com a formação da casa a sair derrotada pelo Fornos de Algodres, pela margem mínima.
A primeira parte foi bastante equilibrada pelas duas equipas que procuravam lutar pelos três pontos, mas o nulo se manteve até ao intervalo.
Por sua vez a segunda parte, trouxe mais velocidade e mais expressividade das equipas, com ambos os treinadores a mexer no xadrez, face a isso, os locais ficaram reduzidos a 10, por acumulação de amarelos de Alexandre.
Depois disso, o Fornos de Algodres consegue abrir o ativo com Rui Lopes a ser o autor do golo.
Até final , o resultado se manteve e o triunfo sorriu aos pupilos de Manuel Amaral, que face a isso, subiram na tabela.

Misericórdia de Fornos de Algodres celebra 354º Aniversário

Vai ter lugar na vila de Fornos de Algodres a celebração dos 354 anos da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia , com a cerimónia do Jubileu da Misericórdia, no próximo dia 26 de março.

Do programa faz parte, as confissões na Igreja da Misericórdia, seguido da missa e procissão alusiva.

O almoço decorre seguido da sessão evocativa ao 354ª aniversário da instituição.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar