Templates by BIGtheme NET
Home » Fornos de Algodres (page 4)

Fornos de Algodres

Resultados do Campeonato Distrital 1ª Divisão- 6ªjornada

JORNADA 6

Fornos de Algodres- Os Vilanovenses 3-0

Manteigas- Vilar Formoso 3-0

Trancoso- SC Celoricense 0-1

SC Sabugal- AD São Romão 2-2

CD Gouveia- Ginásio Figueirense 1-1

Vila Cortez- Aguiar da Beira  2-2

Estrela Almeida- Desportiva do Soito 2-1

 

JSD Fornos de Algodres defende transporte gratuito para os alunos do ensino secundário

Em comunicado, Juventude Social Democrata de Fornos de Algodres, deixou uma nota sobre os transportes escolares.

Portugal nos últimos 10 anos tem sofrido um conjunto de alterações políticas, num tema tão importante e delicado como é a educação e a ação social escolar, será de frisar a que decorreu em 2013, em que a escolaridade mínima obrigatória passou para 12 anos de escolaridade.

Numa altura em que se discute o ano de 2019 na assembleia da república, volta-se a colocar em cima da mesa mais alterações, desta feita, será importante revermos o apoio cedido no nosso município.

É um dever do município apoiar as famílias, garantido aos alunos do ensino básico e secundário, o acesso ao transporte escolar entre o local da sua residência e o local do estabelecimento de ensino que frequentem, mas o regulamento de transportes escolares do concelho não é revisto desde o ano de 2010 e para JSD deve ser alterado, principalmente no que toca à comparticipação aos alunos abrangidos.

“A utilização do transporte escolar é gratuita para os alunos do ensino básico e comparticipada em 50% para os alunos do ensino secundário”, ora tendo em conta que a escolaridade obrigatória é até ao 12ºano, a JSD defende que a comparticipação destes alunos deve ser idêntica aos do ensino básico, sendo comparticipado a 100%.

Compreendendo que esta medida acarreta custos para o município, a JSD entende como sendo um custo prioritário, acreditando que em áreas como a educação, os custos devem ser interpretados como investimentos, ao contrario de áreas como o recreativo, que muitos custos este executivo socialista tem feito nestes anos.

Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres em exposição no CIHAFA

O CIHAFA (Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres),volta a ter um ciclo de exposições intituladas Uma ideia é um feito de associação” dirigida às associações do Concelho, de 02 a 30 de Novembro de 2018 está patente uma Exposição da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, que poderá ser visitada todos os dias entre as 10h00 – 13h00 e as 14h00 – 17h00.

 “O associativismo coopera para a união de pessoas”.

Associação é uma instituição prestadora de determinados serviços e de participação voluntária, constituída por número indeterminado de quantos dela queiram ou possam participar.

         A Irmandade da  Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres é uma Instituição Particular de Solidariedade Social na ordem jurídica canónica, que comemorou em 2016, o seu 350º. Aniversário.

A história da sua fundação remonta a 1666, por decreto régio de D. Afonso VI (o Vitorioso). Assim, sabe-se que foi fundador desta Misericórdia, o Licenciado Manuel Cabral de Figueiredo, doando-lhe os bens duma capela vinculada, em seu testamento de 6 de Julho de 1637. Esta doação foi confirmada, anos mais tarde, pela sua esposa, D. Constança Cabral, por testamento de 27 de julho de 1650 e pelo Padre António Cabral Osório, beneficiado da colegiada de Seia, mas residente em Fornos, onde foi mordomo da Confraria em 1642.

A instituição da Misericórdia foi posteriormente autorizada, a pedido da Câmara, Nobreza e Povo, por Alvará Régio de 12 de Outubro de 1666. Logo depois de instituída, em 1668, apossou-se a Misericórdia da capela do Espírito Santo, sita nesta vila, filial que era desta paróquia, na qual existia uma inumerável irmandade com a invocação do Espírito Santo que os mesmos irmãos da Misericórdia absolutamente extinguiram e tomaram posse, contra vontade do pároco e sem licenças jurídicas, usurpando para a dita irmandade da Misericórdia bens que à dita capela pertenciam.

A esta Misericórdia deixou D. Constância, natural desta vila, muitos bens que possuía entre os quais umas casas junto a uma capela com a invocação da Senhora dos Remédios, que os mesmos irmãos da Misericórdia mandaram demolir, fundando nela um sumptuoso templo de casa de Misericórdia. Apoderou-se, também, a Misericórdia da casa do hospital e dos seus bens, pelo que ficou senhora de bastantes terras e casas, que arrendava e emprazava. Não tardou a construir casa e igreja própria, para cujas obras contribuíram alguns filhos da terra, entre os quais o Padre Manuel de Albuquerque, abade de Aveleda.

Esta Igreja património da Irmandade, que também lhe deu nome “Igreja da Misericórdia” remonta, então, ao séc. XVII e é detentora de distintas obras de arte, com realce para a talha dourada, as imagens e o teto do altar-mor, que exibe 36 pinturas de numerosos santos e ainda outros símbolos santificados de mártires da primitiva Igreja. Muito bem conservados, possibilitam aferir a devoção antiga dos habitantes. Os quadros a óleo remontam ao séc. XVIII, atribuindo-se a autoria ao Mestre Jerónimo da Cunha, de Vila Ruiva. Já, a fachada da Igreja, templo de uma só nave, inscreve-se no barroco joanino, com pórtico, volutas e frontão.

A Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres encontra-se sediada na Rua Dr. Fernando Menano, na vila de Fornos de Algodres, atualmente, com duas valências: Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção e Estrutura Residencial para Idosos, abrangendo um total de 42 utentes, 29 colaboradores nas áreas de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Terapia da Fala, Psicologia, Nutrição, Animação Sociocultural, Serviços Gerais, Contabilidade e Secretariado.

A filosofia que suporta toda a intervenção da Irmandade assenta no pressuposto fundamental de fazer mais e melhor em prol da população do concelho. Para tal, tem vindo a desenvolver um trabalho incansável na procura constante da melhoria do bem-estar da pessoa que recebe, no seu todo, prioritariamente dos mais desprotegidos, por meio da prestação de cuidados humanizados e individualizados, numa intervenção interdisciplinar.

Com o olhar no horizonte, a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, pretende ver implementados alguns projetos que vão acrescentar valor ao trabalho por nós realizado, de entre os quais, especial destaque para a criação de novas valências e melhoramento dos equipamentos já existentes. Em prol da comunidade de Fornos de Algodres, a Irmandade abraçou o programa CLDS 3G SERVIR Fornos de Algodres, da qual é Entidade Coordenadora Local da Parceria. Este programa permite colmatar necessidades prementes, com vista a promoção da  inclusão social dos cidadãos e o envelhecimento ativo, combate a situações críticas de pobreza, contribuição para o aumento da empregabilidade e revitalização das associações concelhias.

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão- 5ªjornada

5ª Jornada

Vilar Formoso- Fornos de Algodres 3-1

Desportiva do Soito- Manteigas 0-3

Os Vilanovenses- Trancoso 3-1

SC Celoricense- SC Sabugal 4-0

Aguiar da Beira- CD Gouveia 1-1

AD São Romão- Vila Cortez 1-3

Ginásio Figueirense- Estrela Almeida 4-0

 

Fonte:Zerozero

Feira da Saúde da ISCMFA com imensos visitantes

Fornos de Algodres recebeu mais uma edição da Feira da Saúde, uma aposta ganha da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres , que ao longo destas quatro edições proporcionou aos habitantes desta localidade e dos concelhos limítrofes, a oportunidade de puderem verificar o estado da sua saúde em diversos planos.

Desta forma, a feira contou com a participação de várias entidades na abertura, com Luís Ginja, Provedor da ISCMFA, Alexandre Lote, Vice-Presidente do Município de Fornos de Algodres , Fátima  Lima, Diretora Clínica dos Cuidados de Saúde Primários da ULS da Guarda, deixaram as boas vindas a todos os presentes.

Ao longo do dia, recebeu imensos visitantes que participaram nas diversas atividades.

Mais desenvolvimento na edição papel de 31 de outubro em breve nas bancas

 

 

 

 

“Fornos de Algodres EcoMarket”, com candidatura aprovada

Recentemente foi aprovada uma nova candidatura do Município de Fornos de Algodres ao Fundo Ambiental, submetida em 31/08/2018, ao aviso n.º 10310/2018, publicado no Diário da República n.º 146, 2ª série, de 31 de julho de 2018, intitulado “Logística descarbonizada e economia circular para mercados tradicionais de frescos”.  O contrato entre as partes será assinado brevemente.

Das 46 (quarenta e seis) candidaturas apresentadas pelos diferentes beneficiários, apenas 22 (vinte e duas) obtiveram uma avaliação de mérito para obtenção de financiamento. O Município de Fornos de Algodres foi uma das selecionadas a financiamento, com uma taxa de cofinanciamento igual a 90%.

Inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020 (ENEA), o projeto aprovado pelo Fundo Ambiental, designadoFornos de Algodres EcoMarket”, visa valorizar, sensibilizar e promover o Mercadinho e o Mercado Municipal de Fornos de Algodres, tornando estas instalações num polo indutor de boas práticas ambientais e dotando-os de equipamentos exemplares de boas práticas ambientais e socialmente sustentáveis. Também no âmbito desta candidatura está o desenvolvimento de uma plataforma ”consumidor-produtor”, vulgarmente conhecido por e-Commerce.

Uma das prioridades do executivo da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, para o setor do ambiente, passa pela execução de um Programa Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Este programa é uma ferramenta importante na educação para o desenvolvimento sustentável da comunidade educativa e da população em geral.

Por:MFA

ISCMFA organiza IV Feira da Saúde

Anualmente acontece em Fornos de Algodres, a Feira da Saúde, esta é uma iniciativa da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres, com o objetivo de todos os participantes poderem fazer rastreios dos mais variados índoles.

A sessão de abertura está a cargo do Provedor da ISCMFA, Luís Ginja e do Presidente do Município de Fornos de Algodres.

Esta feira será composta por diversos stands, expositores e diversos locais de rastreios.

Ainda terão lugar diversas atividades ao longo do dia, futebol de rua, karaté, aulas diversas ao longo do dia, workshops, palestras e animação.

 

Só 24% dos fontanários possuem água em boas condições para consumo

Depois de serem analisadas as águas dos fontanários do concelho de Fornos de Algodres, foram já conhecidos os resultados onde o resultado não é animador.

Face a isso, algum trabalho no sentido de inverter a situação deverá ser feito para que estas águas possam vir a ser novamente potáveis.

Assim todos os fontanários analisados que foram previamente indicados pelos pelos Presidentes de Junta foram já colocados  expositores para os boletins das análises .

Foram analisadas águas de  29 fontanários  onde resultou que: 76% dos fontanários têm água imprópria para consumo e 24% dos fontanários tem água em boas condições para consumo.

A divulgação dos resultados é fundamental. Nesse sentido, os boletins com os resultados detalhados estão publicadas no site do Município – AQUI -, editais das Juntas de Freguesia e em cada fontanários alvo de análises.

Considerando o Protocolo de Cooperação assinado no dia 19/09/2018 entre o IPG e o Município de Fornos de Algodres, a recolha de água nos fontanários não ligados à rede pública ocorrerá de 2 em 2 meses. A próxima recolha para análises está agendada para o dia 5 de novembro. Por forma a todos compreendermos a evolução da qualidade da água dos fontanários, os boletins presentes nos expositores apresentam uma barra evolutiva histórica. No final do ano de 2019 teremos um histórico mais sólido e, acima de tudo, mais conclusivo.

“Apesar dos resultados não serem os expectáveis pela maioria dos Munícipes é importante transmitir os resultados de uma forma clara e direta, como são exemplo os boletins dos expositores.

É nosso papel, juntamente com os Presidentes de Junta, mudar mentalidades e transmitir aos Munícipes a real situação da qualidade da água dos nossos fontanários. Não podemos aceitar que seja por falta de informação que as pessoas tenham riscos para a saúde.”, referiu Bruno Costa , Vereador do município fornense na pasta ambiental.

Foto:MFA

Fornense Candeias eleito melhor português na Liga Europa

A Liga Europa é sem dúvida uma segunda montra do futebol europeu, onde todos os jogadores procuram a visibilidade que teriam se tivessem na Champions League.

Desta forma, a boa época do Rangers na Liga Europa e as boas exibições do fornense Candeias tem conduzido ao sucesso e assim perante um vasto leque de jogadores portugueses foi considerado o melhor português a atuar na prova.

Deixou atrás de si, Pepe que foi campeão da Europa e possui um vasto currículo , Bruno Fernandes, a revelação do campeonato português na época passada.

Esta distinção deixa o jogador com mais vontade de continuar a trabalhar e todos os desportistas que não estiveram na alta roda , para nunca deixarem de sonhar , porque com trabalho e dedicação o sonho torna-se realidade.

Para os fornenses  e todo distrito da Guarda e Viseu, aqui está um exemplo de um jogador que luta no dia a dia sem parar para alcançar o seus objetivos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar