Templates by BIGtheme NET
Home » Celorico da Beira

Celorico da Beira

Carrapichana acolhe XII Festival do Borrego

No próximo dia 28 de outubro vai ter lugar, na freguesia de Carrapichana, concelho de Celorico da Beira, o XII Festival do Borrego.

Numa parceria entre o Município de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia de Carrapichana, o Festival do Borrego representa mais uma oportunidade para o município valorizar e divulgar os tesouros da sua ruralidade, basilares da sua identidade cultural e gastronómica.
A programação do XII Festival do Borrego 2018 é vasta e diversificada: caminhada (XII Rota do Borrego), animação diversa, muita música de cariz popular (ranchos folclóricos, desgarradas, concertinas e outros), feira de artesanato e produtos da terra. O borrego é o rei da festa e a atração principal pelo que, poderá degustá-lo e deliciar-se com o seu sabor único, confecionado de diversas maneiras, fruto da arte do/a cozinheiro/a, nas diversas tasquinhas espalhadas no recinto do festival ou no showcooking “O Forno, a lenha e o borrego”, pelo Chef António Costa.
Destaque, também, para a mesa redonda “Constrangimentos à Comercialização do Borrego Serra da Estrela – apoios à exploração no âmbito do PDR 2020”, que contará com um painel de participantes composto por técnicos da Ancose, Estrelacoop e Adruse e, por um produtor de borrego Serra da Estrela, do concelho. O Festival conta, também, com uma mostra de gado na abertura, um leilão de borregos Serra da Estrela e ainda, com uma degustação de borrego grelhado no encerramento.
A realização do Festival do Borrego tem por objetivo divulgar a dura realidade rural desta região plantada no sopé da Serra da Estrela e, simultaneamente, promover um dos mais emblemáticos produtos endógenos desta região serrana, o Borrego Serra da Estrela, o qual, a par do Queijo Serra da Estrela, constituem o seu verdadeiro cartão-de-visita e o pilar da economia celoricense.
Para poder apreciar e deliciar-se com a gastronomia celoricense, rica em sabores únicos que advém da confeção com produtos agrícolas e hortícolas saudáveis e da riqueza das carnes tenras dos seus rebanhos, o Município de Celorico da Beira promoveu também um roteiro gastronómico pelos restaurantes aderentes, de 28 de outubro a 11 de novembro.

Condições Meteorológicas Adversas !Alerta!!

O mau tempo vai chegar a Portugal Continental
A situação meteorológica que irá condicionar o território continental português é ainda muito incerta, nomeadamente quanto à trajetória da depressão Leslie e aos efeitos que a mesma produzirá em relação a vento, precipitação e agitação marítima. Espera-se que as condições dos estados do tempo e do mar se agravem a partir das 19:00 horas de sábado, 13-10-2018, atingindo-se o pico mais crítico entre as 00:00 horas e as 06:00 horas de domingo, para o vento, as 01:00 horas e as 16:00 horas de domingo para a precipitação, as 03:00 horas e as 12:00 horas de domingo, para a agitação marítima.
O território continental português será afetado muito provavelmente em toda a sua extensão geográfica, não sendo possível ainda indicar com precisão as áreas de maior impacto dos fenómenos meteorológicos.

É essencial recomendar ESPECIAL CUIDADO com o vento, por precaução, na medida em que, podendo soprar forte nalgumas regiões, pode contribuir sobremaneira para a evolução rápida dos incêndios rurais que venham a verificar-se.

🚨2. EFEITOS EXPECTÁVEIS

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

➡️· Danos em estruturas montadas ou suspensas;
➡️· Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;
➡️· Possíveis acidentes na orla costeira;
➡️· Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;
➡️· Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;
➡️· Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
➡️· Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;
➡️· Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
➡️· Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

🚨3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A ANPC recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

➡️· Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
➡️· Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;
➡️· Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando a circulação e permanência nestes locais;
➡️· Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
➡️· Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
➡️· Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;
➡️· Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

➡️· Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações consulte:

www.prociv.pt ou
http://www.prociv.pt/…/AP_44_DCS_2018_10_12_Condi%C3%A7%C3%…
Para acompanhamento da situação consulte:
www.ipma.pt ou
https://www.ipma.pt/pt/otempo/prev-sam/timeline.jsp?reg=VIS

Informação : AUTORIDADE NACIONAL DE PROTEÇÃO CIVIL

Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais reforçado até 31 de outubro

Face às previsões meteorológicas para a segunda quinzena de outubro disponibilizadas pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o Ministério da Administração Interna decidiu reforçar, até ao final do mês de outubro, o .
Assim, até 31 de outubro, o dispositivo terrestre será reforçado com mais 624 bombeiros. Cerca de 500 militares do GIPS da GNR serão empenhados em ações de vigilância e fiscalização.
Relativamente aos meios aéreos, vão manter-se disponíveis 10 helicópteros ligeiros em regime de locação, 3 helicópteros ligeiros propriedade do Estado, 6 aviões anfíbios médios e 3 helicópteros pesados.
Foi ainda decidido o incremento das ações de vigilância e fiscalização por parte da GNR e da PSP nas suas áreas de competência e o reforço da vigilância móvel terrestre, com base no empenhamento de patrulhas das Forças Armadas, sobretudo nas áreas mais sensíveis e vulneráveis.
No âmbito da Rede Nacional de Postos de Vigia, mantêm-se em funcionamento até ao dia 6 de novembro os postos da rede primária.
Este reforço do dispositivo é concretizado de acordo com a flexibilidade operacional prevista na Diretiva Operacional n.º 2 – DECIR.

CIMBSE mantém posição de oposição ao encerramento dos CTT

Teve lugar na cidade da Guarda, nesta terça-feira, a reunião do Conselho Intermunicipal, nas instalações da CIMBSE.

Assim foram discutidos assuntos inerentes à área administrativa e financeira, nomeadamente o ponto da situação da execução orçamental.

Também voltou a estar em cima da mesa, o tema ” encerramento dos CTT na região”, face a isso, este conselho voltou a manter a posição de total oposição ao encerramento de qualquer Estação de Correios nas Sedes de Concelho.

Foi ainda decidido renovar junto do Governo e ANACOM, o pedido, para que seja exigido à empresa CTT o integral cumprimento das obrigações decorrentes da concessão do Serviço Postal Nacional.

foto:CIMBSE

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão- AF Guarda

Jornada 2

SC Sabugal- Manteigas 0-2

Trancoso- AD Fornos de Algodres 1-1

Vila Cortez- Vilar Formoso 5-0

CD Gouveia- Os Vilanovenses 2-0

Ginásio Figueirense- AD São Romão 6-2

Estrela Almeida- SC Celoricense 2-1

Aguiar da Beira- Desportiva do Soito 1-0

AFGuarda- Resultados Distrital Futsal Feminino-2ªjornada

Teve lugar mais uma ronda do Distrital de Futsal Feminino, com 33 golos marcados. Assim aqui ficam os resultados:

2ªjornada

Vila Franca das Naves – SC Celoricense-1-12
Penaverdense – Guarda 2000-1-9
C.F Sabugal – G.D.Trancoso-2-4
GD de Mêda – U. D. Pinhelenses-3-1

CIM´S nacionais debatem processo de descentralização

Decorreu na Mealhada, um encontro das Comunidades Intermunicipais de todo País, onde também esteve presente a direção da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O tema principal em debate foi o processo de descentralização à escala intermunicipal.

Assim desta região estiveram representadas as CIM Dão e Lafões e CIM Beiras e Serra da Estrela, representada pelo Vice – Presidente Manuel Fonseca e o Eng. Ruas.

fotos:CIM RC

 

Resultados da operação “Estrada Segura”

A Guarda Nacional Republicana, nos períodos de 21 a 24 e de 27 a 30 de setembro, na sua área de responsabilidade, intensificou a fiscalização rodoviária, com o objetivo de evitar comportamentos de risco durante o exercício da condução.

A fiscalização foi exercida, principalmente, nas vias com maior índice de sinistralidade rodoviária grave, dando-se primazia à deteção de manobras perigosas, à condução sob o efeito de álcool, circulação em excesso de velocidade, utilização indevida de telemóveis e a não utilização do cinto de segurança e sistemas de retenção.

Durante a operação foram fiscalizados 7 541 condutores, tendo-se obtido os seguintes resultados:

·         46 detidos;

·         2 659 contraordenações, das quais:

o   1 862 por excesso de velocidade;

o   124 por falta inspeção periódica obrigatória;

o   118 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

o   103 por uso indevido de telemóvel no exercício da condução;

o   93 por falta de cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

o   91 por taxa de álcool no sangue superior a 0,5g/l;

o   48 por falta de seguro de responsabilidade civil;

o   28 por realização de manobras irregulares.

Incêndios afetam concelho de Fornos de Algodres e Trancoso

Ao longo do dia, o concelho de Fornos de Algodres foi afetado por alguns incêndios que dizimaram alguns hectares .

Neste momento, entrou no concelho de Trancoso, mais concretamente em Aldeia Nova, onde estão no terreno vários meios operacionais.

AF Guarda- Resultados da 1ªdivisão

Teve inicio na tarde deste domingo, mais um campeonato distrital da divisão maior com muitos golos a acontecer na ronda inaugural.

Assim 15 golos apontados.

AF Guarda- 1ªdistrital

1ªjornada

Fornos de Algodres- SC Sabugal -1-1

Desportiva do Soito- Trancoso -0-0

Manteigas- Vila Cortez -2-0

Vilar Formoso- CD Gouveia -1-3

SC Celoricense- Ginásio Figueirense -1-4

Os Vilanovenses- Estrela Almeida -1-0

AD São Romão- Aguiar da Beira -0-1

 

Classificação

Ginásio Figueirense 3
CD Gouveia 3
Manteigas 3
Aguiar da Beira 3
Vilanovenses 3
AD Fornos de Algodres 1
Sabugal 1
Soito 1
Trancoso 1
10º S.Romão 0
11º E.Almeida 0
12º Vilar Formoso 0
13º Vila Cortez 0
14º SC Celoriceses 0
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar