Templates by BIGtheme NET
Home » Celorico da Beira (page 4)

Celorico da Beira

Operação “Verão Seguro 2018” da GNR

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR) reforça, durante o verão, em todo o território nacional, as ações de patrulhamento e apoio na sua área de responsabilidade, com particular ênfase para os locais de veraneio mais frequentados da orla marítima, festas, romarias e eventos de grande dimensão, bem como nos principais eixos rodoviários.

No âmbito desta operação está ativo o Programa Chave Direta, com o objetivo de garantir a segurança das residências habituais dos cidadãos que se encontram de férias, através da realização de ações de patrulhamento junto das mesmas durante a ausência dos seus proprietários. A adesão ao programa deve ser solicitada pelo menos 48 horas antes da ausência dos proprietários da residência, através do registo disponível online em Verão Seguro ou no posto da GNR da sua área de residência. De realçar que nos últimos dois verões, foram registadas 3 278 residências sem nenhuma ocorrência.

Também no âmbito da operação Verão Seguro, a GNR realiza o Programa Turismo Seguro, com o objetivo de promover o apoio, a segurança e o combate ao crime contra o turista, nacional ou estrangeiro, contribuindo assim para uma estadia pacífica para quem visita Portugal, para além do reforço de patrulhamento especializado com vista ao atendimento, acolhimento e encaminhamento destes cidadãos em específico. Os militares desenvolvem ainda ações de informação e sensibilização a este público em específico, com a intenção de prevenir os potenciais riscos e perigos durante a sua estadia.

Para promover e facilitar o policiamento de proximidade com os turistas e numa conjuntura de cooperação internacional, iremos contar também com a presença permanente de três militares da Guardia Civil espanhola e três militares da Gendamarie Nationale francesa, para a realização de patrulhamento misto, nas zonas balneares mais turísticas do Algarve, Lisboa e Setúbal, durante os meses de julho e agosto. A GNR irá também reforçar o patrulhamento nas zonas turísticas espanholas e francesas mais frequentadas pelos portugueses, como Pontevedra (Espanha) e Landes e Estancarbon (França), com sete militares. Haverá ainda um reforço do patrulhamento misto com a Guardia Civil, em território português e espanhol, junto às zonas fronteiriças, em eventos de maior dimensão.

 

Audição de ballet em Celorico da Beira

O Centro Cultural de Celorico da Beira vai acolher, a audição de ballet das alunas da Profª. Teresa Pais,  no próximo dia 28 de junho, quinta-feira, pelas 21H00.
Este espetáculo encerra o presente ano letivo das aulas de ballet, ministradas semanalmente, pela Profª. Teresa Pais, no Centro Cultural e, constitui uma ótima oportunidade para divulgarem junto do público os exercícios, as danças e os conhecimentos que as pequenas bailarinas adquiriram ao longo dos últimos dois anos.

GNR- Atividade operacional de 15 a 21 de junho

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, na última semana, de 15 a 21 de junho, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 390 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 179 por condução sob o efeito do álcool;
  • 58 por condução sem habilitação legal;
  • 38 por tráfico de estupefacientes;
  • 13 por posse ilegal de arma;
  • 12 por roubo;
  • Oito por furto;
  • Quatro por invasão em recinto privado;
  • Um por incêndio florestal.

 

  1. Apreensões:
  • 10 209 doses de haxixe;
  • 467 doses de heroína;
  • 83 doses de cocaína;
  • 64 doses de liamba;
  • 26 doses de anfetaminas;
  • 1,1 quilos de pólen de haxixe;
  • 21 armas de fogo;
  • 26 armas brancas;
  • 245 munições de diversos calibres;
  • 19 veículos;
  • 2443 artigos contrafeitos;
  • 30 maços de cigarros;
  • 30 quilos de tabaco manufaturado;
  • Sete quilos de folhas de tabaco;
  • Três máquinas de jogo de fortuna ou azar;
  • 5 555 euros em numerário.

 

  1. Trânsito: 9 139 infrações detetadas, destacando-se:
  • 3 167 excessos de velocidade;
  • 528 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 478 relacionadas com tacógrafos;
  • 394 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 345 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 312 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 302 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 159 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Sistema de Videovigilância para incêndios florestais na CIMBSE

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) assinou na sua última reunião do Conselho Intermunicipal, realizada em 12 de junho, em Belmonte, um contrato para aquisição de um Sistema de Acompanhamento e Apoio Remoto à Decisão Operacional, no âmbito da prevenção e gestão de riscos de incêndio.

O sistema, que prevê um investimento global de 753.900 mil euros, contempla a instalação de 17 torres de videovigilância e de apoio à decisão, cobrindo a quase totalidade do território da CIMBSE, que estarão ligadas a dois Centros de Gestão e Controlo, um na Guarda e outro em Castelo Branco.

Com este investimento, que se insere no plano de desenvolvimento e coesão territorial, pretende a comunidade intermunicipal dotar os agentes de proteção civil, especialmente bombeiros e GNR, de mecanismos que possibilitem uma intervenção mais rápida na verificação de riscos de incêndio e um apoio à decisão mais eficiente no combate aos fogos.

Este projeto é apoiado por fundos da União Europeia através do Portugal 2020, no âmbito do POSEUR, com uma comparticipação de 85% de Fundo de Coesão.

António Carlos Ferreira apresenta novo livro em Celorico da Beira

“Nunca desistirei de ti”

O auditório da Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, vai acolher no próximo dia 24 de junho de 2018, pelas 15h30, a sessão de apresentação do romance “Nunca desistirei de ti”, do escritor e poeta, António Carlos Ferreira, nascido e criado na freguesia de Fornotelheiro, no concelho de Celorico da Beira. A edição está a cargo da Edições Vieira da Silva.

Depois do sucesso que foi a auto edição das suas “Recordações, Rimas e Retratos” lançado a 20 de novembro de 2016, António Carlos Ferreira vai lançar o romance intitulado “Nunca desistirei de ti”.

O lançamento do romance ainda terá a participação de vários intervenientes e música dos Guitardeão.

 

SC Celoricense alcançou 4ºlugar no TORNEIO SVB CUP 2018

Realizou-se no passado fim de semana, o TORNEIO SVB CUP 2018, onde o domingo foi dedicado ao escalão de SUB 10, em mais uma jornada de desportivismo, dedicação e sempre muito fair-play, num dia extremamente quente, mas preenchido com muita assistência e alegria.
Todos se destacaram mas foi o Centro de Formação de Stº André, a grande vencedor, derrotando numa final disputadíssima (3-2) “Os Viriatos”, que assim ficou na 2ª posição, sendo que em 3º lugar ficou a Associação desportiva do Sátão e em 4º lugar o Sporting Clube Celoricense, tendo ainda participado, o NDS Guarda, o Seia F.C, O “Crasto”, o Vila Chã de Sá e a equipa anfitriã do SVB.
O SVB agradece a todos os que fizeram deste Torneio uma enorme festa do futebol de formação e que mostra a quem quiser ver como que este desporto continua muito bem de saúde e recomenda-se á pratica de todos…

Por:SVB

6 Estações de Tratamento de Águas Residuais vão ser realidade em Celorico

O Município de Celorico da Beira adjudicou a construção de 6 Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).

Ponto da situação: informa-se que, nesta fase inicial, estão aprovadas 12 candidaturas ao Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (Portugal 2020), para a construção de Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR’s), estando neste momento já adjudicadas seis, a construir nas localidades de Açores e Aldeia Rica – União de freguesias de Açores e Velosa – freguesia de Baraçal, Salgueirais – União de freguesias de Cortiçô da Serra, Vide – Entre – Vinhas e Salgueirais – e, freguesia de Maçal do Chão.
Este programa operacional terá continuidade.

A construção destas infraestruturas visa aumentar a salubridade, reduzindo a poluição urbana nas massas de águas circundantes, nomeadamente no rio Mondego, dotando simultaneamente a população das localidades abrangidas, de melhores serviços de saneamento de águas residuais. Estes projetos são cofinanciados pelo Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), com os seguintes investimentos elegíveis:
• Açores
Investimento Elegível – 54 852,35€
Financiamento Fundo de Coesão – 46 624,50€
• Aldeia Rica I
Investimento Elegível -38 305,15€
Financiamento Fundo de Coesão – 32 559,38€
• Aldeia Rica II
Investimento Elegível – 38 305,15€
Financiamento Fundo de Coesão – 32 559,38€
• Baraçal
Investimento Elegível – 70 133,39€
Financiamento Fundo de Coesão – 59 072,78€
• Maçal do Chão
Investimento Elegível – 47 471,43€
Financiamento Fundo de Coesão – 39 810,12€
• Salgueirais I
Investimento Elegível – 38 305,15€
Financiamento Fundo de Coesão – 32 559,38€

A substituição das atuais fossas sépticas, ineficientes no tratamento das águas residuais e nocivas para a população e o meio ambiente devido à produção de gases e odores desagradáveis, situações que têm suscitado grande descontentamento da população, por ETAR’S compactas, mais eficazes e eficientes no tratamento dos efluentes, insere-se na estratégia de promoção de políticas ambientalistas do Município, com vista à melhoria das condições de vida das populações e do meio ambiente.

Por:MCB

Mangualde acolheu encontro entre Provedores das Misericórdias

Teve lugar um encontro entre os Provedores das Misericórdias de Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Mangualde, Penalva do Castelo, Santa Comba Dão e Seia.

O local escolhido foi a cidade de Mangualde, com o objetivo de debater assuntos que são comuns nos dias de hoje e além do mais estreitar laços entre estas instituições de cariz religioso e social que desempenham um papel muito importante e útil na comunidade.

Foto:SCMM

Espetáculo de Dança “Ecos do Côa” realiza-se a 15 de junho

O espetáculo de Dança “Ecos do Côa” que estava previsto estrear em Figueira de Castelo Rodrigo no sábado passado foi adiado, por causa das condições meteorológicas, para a próxima sexta-feira, dia 15, no mesmo local (Largo Serpa Pinto) e à mesma hora (22 horas).

Trata-se de uma iniciativa que pretende constituir uma rede cultural entre os 15 Municípios da CIMBSE, vocacionada para a promoção cultural deste território. O projeto assenta em três áreas artísticas: dança, teatro e música. O projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” é promovido pela CIMBSE em parceria com a Associação de Municípios da Cova da Beira e os municípios que integram a CIM das Beiras e Serra da Estrela.

O primeiro espetáculo “Ecos do Côa”, uma criação artística dos DEMO em coprodução com a CARB. É um espetáculo de dança que reúne participantes dos concelhos de Figueira de Castrelo Rodrigo, Pinhel, Almeida, Trancoso e Mêda.

O primeiro espetáculo está agora marcado para Figueira de Castelo Rodrigo, no dia 15 de junho, às 22 horas, no Largo Serpa Pinto, que já tem 170 metros quadrados de terra e as bancadas montadas. O sabor a terra, os brasões e nas lendas dos municípios, bem como a natureza são algumas das inspirações do espetáculo que conta com a participação de 38 voluntários, amadores.

Por:CIMBSE

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar