Templates by BIGtheme NET
Home » Trancoso (page 3)

Trancoso

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão- AF Guarda

Jornada 2

SC Sabugal- Manteigas 0-2

Trancoso- AD Fornos de Algodres 1-1

Vila Cortez- Vilar Formoso 5-0

CD Gouveia- Os Vilanovenses 2-0

Ginásio Figueirense- AD São Romão 6-2

Estrela Almeida- SC Celoricense 2-1

Aguiar da Beira- Desportiva do Soito 1-0

AFGuarda- Resultados Distrital Futsal Feminino-2ªjornada

Teve lugar mais uma ronda do Distrital de Futsal Feminino, com 33 golos marcados. Assim aqui ficam os resultados:

2ªjornada

Vila Franca das Naves – SC Celoricense-1-12
Penaverdense – Guarda 2000-1-9
C.F Sabugal – G.D.Trancoso-2-4
GD de Mêda – U. D. Pinhelenses-3-1

CIM´S nacionais debatem processo de descentralização

Decorreu na Mealhada, um encontro das Comunidades Intermunicipais de todo País, onde também esteve presente a direção da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O tema principal em debate foi o processo de descentralização à escala intermunicipal.

Assim desta região estiveram representadas as CIM Dão e Lafões e CIM Beiras e Serra da Estrela, representada pelo Vice – Presidente Manuel Fonseca e o Eng. Ruas.

fotos:CIM RC

 

Incêndios afetam concelho de Fornos de Algodres e Trancoso

Ao longo do dia, o concelho de Fornos de Algodres foi afetado por alguns incêndios que dizimaram alguns hectares .

Neste momento, entrou no concelho de Trancoso, mais concretamente em Aldeia Nova, onde estão no terreno vários meios operacionais.

XV Off Road Bridgestone ACP – Caminhos de Santiago

O Clube Escape Livre inicia, no fim-de-semana de 4 a 8 de Outubro, mais uma grande viagem fora de estrada, entre Trancoso e Santigo de Compostela. O XV Off Road Bridgestone ACP – Caminhos de Santiago conduz uma caravana de 50 viaturas e cerca de 120 pessoas por um dos mais emblemáticos e mais ambicionados percursos do clube da Guarda, aproveitando o melhor da história, paisagem e gastronomia.

Para o Escape Livre, esta é mais uma aposta ganha. O XV Off Road Bridgestone ACP Caminhos de Santiago voltou a esgotar rapidamente, atraindo aventureiros literalmente de norte a sul do país: Braga, Caldas da Rainha, Viseu, Guarda, Figueira da Foz, Leiria, Vila Nova de Gaia, Guimarães, Porto, Coimbra, Tavira, Moimenta da Beira e Albufeira são apenas algumas da cidades dos participantes que no dia 4 se dirigem a Trancoso, no distrito da Guarda, local de partida.

Da terra das sardinhas doces até à catedral de Santiago de Compostela, passando pelas paisagens nortenhas e visitando a imensa arquitetura histórica, civil e religiosa, conhecendo as tradições e os sabores gastronómicos ao longo de 500 quilómetros e descansando nas melhores unidades hoteleiras, este evento conduz, pela terceira vez, e após as edições de 2011 e 2012, os sócios de ambos os clubes.

Percorrendo o Caminho Português de Santiago de Compostela, o evento tem entre os pontos de visita alguns marcos importantes da fé do povo ibérico, pontos de passagem secular dos peregrinos, como são os centros históricos de Trancoso e Sernancelhe, o santuário de Nossa Senhora da Lapa, o mosteiro de S. João de Tarouca, a ponte e torre medieval de Ucanha, a aldeia típica de Agra, os santuários de S. Bento da Porta Aberta e de Nossa Senhora da Abadia, o mosteiro de Tibães, e o Mosteiro de Oia, entre muitos outros, antes da chegada à catedral de Santiago de Compostela, onde será realizada a cerimónia do Botafumeiro, com o grande incensário da catedral.

De destacar a presença de D. Manuel Felício, bispo da Guarda, que uma vez mais acompanha a fase final deste passeio, celebrando, na catedral de Santiago, a Missa do Peregrino para todos os participantes.

Óscar Andrade novo presidente do NAF Guarda

Aproveitando o fim de semana de trabalho, no Centro de Alto Rendimento do Pocinho, foi eleito o novo elenco de órgãos sociais para o NAF Guarda.

Assim sendo, o novo presidente é Óscar Andrade, vice-presidente, Pedro Martins e secretário André Rebelo.

Na Assembleia Geral vai liderar Renato Gonçalves e no Conselho Fiscal, Rui Valbom.

Pacote de diplomas setoriais da descentralização de competências para Autarquias Locais

Autarquias Locais e para as Entidades Intermunicipais com mais competências

Foi aprovado nesta quinta-feira, 13 de setembro, em Conselho de Ministros , os primeiros 7 diplomas que concretizam a transferência de competências para as Autarquias Locais e para as Entidades Intermunicipais prevista na Lei-Quadro da Descentralização publicada a 16 de agosto, após um processo de consensualização com a Associação Nacional de Municípios Portugueses e da Associação Nacional de Freguesias.

Menos de um mês após a entrada em vigor da Lei nº 50/2018, foi aprovado um primeiro conjunto de diplomas setoriais que reforçam e aprofundam a autonomia local, através da transferência de competências para órgãos mais próximos das pessoas, respeitando os princípios da subsidiariedade e da descentralização administrativa como base da reforma do Estado cumprindo, assim, o Programa do XXI Governo Constitucional.

O processo de transferência de competências agora aprovado é gradual, na linha do que já prevê a Lei-Quadro da Descentralização, podendo as autarquias locais assumir as novas competências de forma faseada até 2021.

Com esta reforma, cumprem-se os objetivos de maior proximidade, maior eficiência e eficácia dos serviços públicos prestados aos cidadãos, e de convergência para a meta de 19% da participação na receita pública prevista no Programa Nacional de Reformas.

A transferência das novas competências não pode pôr em causa a natureza pública das políticas e deve garantir a universalidade do serviço público e a igualdade de oportunidades no acesso ao mesmo. Garante igualmente os necessários recursos financeiros, patrimoniais e humanos.

Pacote de diplomas setoriais da descentralização de competências aprovado no Conselho de Ministros de 13 de setembro de 2018

Prolongamento da Operação “Verão Seguro 2018”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) irá prolongar a Operação Verão Seguro até ao dia 30 de setembro, inicialmente prevista até ao dia 15, tendo em conta a afluência às zonas turísticas do nosso país que se continua a verificar.

Nesta fase da operação, o esforço da GNR  será dirigido à fiscalização de estabelecimentos de diversão noturna, bem como à fiscalização rodoviária, no sentido de garantir a segurança e ordem pública e contribuir para a diminuição da sinistralidade rodoviária, com principal incidência na região algarvia.

 

Taça de Portugal:1ªeliminatória- Azar para equipas da região

Teve lugar este domingo, a 1ªeliminatória da Taça de Portugal, com o azar para as equipas da região.

Assim o SC Mêda deslocou-se ao terreno do Cesarense e saiu derrotado pela margem mínima.

Por sua vez , o Trancoso teve uma deslocação difícil ao Rec.Águeda, que milita no CP e os homens de Bandarra poucos treinos têm, acabaram por se bater bem.

Assim cedo se viram em desvantagem, por duas bolas, mas na segunda parte, Bruno Fonseca marcou e reduziu, a partir daqui foi a turma local a passar calafrios.

O Penalva deslocou-se ao reduto do Anadia e acabou por sair derrotado por três bolas a uma.

O Gouveia deslocou-se ao Eirense e acabaria por lutar forte, mas a turma da casa, marcou duas vezes e passou a eliminatória.

Aqui ficam resultados:

Eirense 0-2 CD Gouveia FG
Anadia 3-1 Penalva Castelo FG
Lusitano FCV 2-4 Beira-Mar FG
AD Sanjoanense 2-0 AD Nogueirense FG
Silgueiros 0-2 Gafanha FG
Águeda 2-1 Trancoso FG
Pampilhosa 0-0
(2-4)g.p.
Oliv. Hospital FG
Cinfães 0-0
(4-5)g.p.
Sp. Espinho FG
Cesarense 1-0 Sp. Mêda FG
SC Coimbrões 0-2 SC Rio Tinto FG
Valadares Gaia 0-0
(4-2)g.p.
Paredes FG
SC Lamego 3-2
(a.p.)
Régua FG
Idanhense 1-2 U. Tomar FG
Condeixa 3-2 Mação FG
Lourinhanense 1-2 Peniche

 

MAI e Ministério das Finanças assinaram portaria

O Ministro da Administração Interna e o Ministro das Finanças assinaram recentemente a Portaria que aprova o Regulamento de Prestação de Trabalho em Regime de Piquete e de Prevenção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Este Regulamento vem atualizar o regime em vigor, aprovado pela Portaria n.º 980/2001, de 16 de agosto, respondendo a uma reivindicação antiga dos inspetores do SEF.

Durante cerca de 17 anos, os valores a pagar aos inspetores do SEF pela prestação deste serviço essencial sofreram uma significativa desatualização remuneratória, que a Lei do Orçamento do Estado para 2018 permitiu corrigir.

Esta Portaria vem dar continuidade à crescente valorização dos profissionais das forças e serviços de segurança já concretizada em 2018. Verificou-se um significativo investimento nas carreiras da GNR, da PSP e do SEF, designadamente por via dos descongelamentos das progressões.

O Regulamento de Prestação de Trabalho em Regime de Piquete e de Prevenção do SEF significa um impacto orçamental, estimado em 2018, no montante de 500 mil euros, sendo que no ano de 2017 o valor pago para este abono foi de cerca de 250 mil euros. O pagamento deste abono tem efeito retroativo a março de 2018.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar