Templates by BIGtheme NET
Home » Trancoso (page 4)

Trancoso

AF Guarda-Resultados do Campeonato Distrital da 1ªDivisão

G.Figueirense caminha para o título

A seis rondas do final da prova, o G.Figueirense passou num teste complicado diante do Vila Cortez, por cinco bolas a três e aproveitando os deslizes dos mais diretos perseguidores, tem o titulo ali ao lado.

Por sua vez o Manteigas a jogar em casa não foi além de uma derrota diante dos Vilanovenses, por duas bolas a uma.

O Aguiar da Beira visitou o Sabugal e também saiu derrotado por duas bolas a uma. O Celoricense veio empatar a Fornos, numa partida muito equilibrada com os keepers a terem horas de muito trabalho, assim um empate a duas bolas.

JORNADA 20

Manteigas- Os Vilanovenses-1-2

Vilar Formoso- Desportiva do Soito- 1-0

Fornos de Algodres- SC Celoricense- 2-2

Trancoso- AD São Romão- 2-0

Vila Cortez- Ginásio Figueirense- 3-5

SC Sabugal- Aguiar da Beira- 2-1

CD Gouveia- Estrela Almeida- 6-0

CLASSIFICAÇÃO
1º G.Figueirense- 55
2º Manteigas -42
3º Aguiar da Beira- 39
4º Celoricense -33
5º Gouveia -33
6º Trancoso -32
7º Vila Cortes -31
8º AD Fornos -24
9º Os Vilanovenses -23
10º São Romão – 19
11º Vilar Formoso- 16
12º Soito -15
13º Sabugal -15
14º Almeida -13

GNR-Atividade diária

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Trancoso, neste domingo, dia 3 de março, naquela localidade, deteve um homem com 51 anos, pelo crime de violência doméstica.

Após uma denúncia de violência doméstica, os militares deslocaram-se ao local verificando que o suspeito estava bastante alterado. O indivíduo, enquanto empunhava uma faca e um martelo picador de carne, ameaçava todas as pessoas que estavam presentes no local. Temendo pela integridade física da vítima, a cônjuge de 46 anos, os militares detiveram-no e, para além dos objetos empunhados, foram apreendidas ainda seis armas de fogo.

O detido, já com antecedentes criminais por violência domestica à filha menor, será presente, hoje, pelas 16:00 horas, ao Tribunal Judicial da Comarca de Trancoso.

Resultados do Campeonato da 1ªDivisão Distrital AF Guarda

JORNADA 19

Os Vilanovenses- Fornos de Algodres-1-0

Vilar Formoso- Manteigas-1-3

SC Celoricense – Trancoso-1-1

AD São Romão- SC Sabugal 1-2

Ginásio Figueirense- CD Gouveia-2-1

Aguiar da Beira- Vila Cortez- 2-1

Desportiva do Soito- Estrela Almeida-2-0

AFG- Juvenis- Trancoso-Gouveia-1-2

Triunfo ao cair do pano

Uma manhã cheia de sol com o Estádio Dr.Fernando Lopes, na cidade de Bandarra, a receber o encontro entre Trancoso e Gouveia a contar  para a ronda 16 do distrital de juvenis, onde o triunfo recaiu para os gouveenses, ao cair do pano.

Podemos dizer q foi sempre bem disputado, com ambas a s equipas  a procurar explorar o ataque e chegar ao golo desta forma, foi o Gouveia a abrir o ativo.

Entrega e determinação

Os pupilos de Ana Resende reagiram de imediato e a igualdade não tardou e chegava o intervalo, com a igualdade.

Para a segunda parte, as equipas lutaram imenso, procuraram as melhores soluções, algumas oportunidades surgiram de parte a parte , mas num lance duvidoso na área dos locais, Monica Xavier aponta para o castigo máximo e o Gouveia marca e vence a partida, ao cair do pano.

AF Guarda -Resultados da 1ªdivisão-Ronda 18

Muitos golos!!

Tarde de sol com uma jornada produtiva, o Fornos de Algodres a alcançar um triunfo importante diante dos leões da fronteira, por duas bolas a uma.

O líder Ginásio rumou a Almeida e goleou por quatro bolas a zero, já o Manteigas em casa, venceu o Soito por quatro bolas a duas e mantém-se na corrida.

O Aguiar da Beira no Farvão perante o Gouveia, marcou tres golos e não venceu dado que houve muita alternância no placard e face a isso, os locais empataram na reta final e assim os aguiarenses atrasaram-se .

JORNADA 18

Fornos de Algodres- Vilar Formoso-2-1

Manteigas- Desportiva do Soito-4-2

Trancoso- Os Vilanovenses-1-1

SC Sabugal – SC Celoricense-2-2

CD Gouveia- Aguiar da Beira-3-3

Vila Cortez- AD São Romão- 1-2

Estrela Almeida- Ginásio Figueirense-0-4

classificação

1ºG.Figueirense- 49 pts

2º Manteigas – 39pts

 

5.000 árvores autóctones plantadas na área da CIMBSE

Nos  dias 15 e 17 de fevereiro, a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela em parceria com os Municípios do território e o ICNF irá promover a plantação de 5.000 árvores autóctones, uma por cada PADRINHO/MADRINHA que participou na Ação Verde Puro em 2018 através da entrega de uma ficha/semente na Bolsa de Turismo de Lisboa e Feira Internacional de Turismo.

Município de Almeida – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Vilar Formoso (Alto dos Pinhos)
Município de Celorico da Beira – 15 de fevereiro
Local da plantação: Junto ao novo parque industrial
Município da Covilhã – 15 e 17 de fevereiro
Local da plantação 15/02/2019: Baldios de Freguesia de Cortes do Meio (Louseiro / Alto da Cerca)
Local da plantação 17/02/2019: U.F. de Covilhã e Canhoso (Mata Nacional da Covilhã)
Município de Figueira de Castelo Rodrigo – 15 de fevereiro
Local da plantação: Serra da Marofa
Município de Forno de Algodres – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Matança (Monte de Milho)
Município do Fundão – 15 de fevereiro
Local da plantação: U. F. de Vale de Prazeres e Mata da Rainha (Vale de Prazeres)
Município de Gouveia – 17 de fevereiro
Local da plantação: Baldios de Mangualde da Serra (Mondeguinho)
Município da Guarda – 17 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia da Vela
Município de Pinhel – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Pínzio
Município de Sabugal – 15 de fevereiro
Local da plantação: U.F. de Pousafoles do Bispo, Penalobo e Lomba (Pousafoles do Bispo)
Município de Seia – 17 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Paranhos da Beira (Santuário de Santa Eufémia)
Município de Trancoso – 15 de fevereiro
Local da plantação: Serra do Pisco

Doces são tema das 7 Maravilhas® em 2019

Candidaturas decorrem até 7 de março. Uma candidatura pode incluir 7 doces.
Catarina Furtado e José Carlos Malato voltam a ser os embaixadores do projeto, enquanto anfitriões das três Galas a emitir no prime time da RTP1 e na RTP Internacional.
Este ano o formato reinventa-se, com Grande Júri, eliminatórias distritais, duas semifinais e uma Grande Final a 7 de setembro.
Depois de eleitas as 7 Maravilhas à Mesa® em 2018, que privilegiou gastronomia, vinhos, azeites e roteiros, chegou a vez de adoçar a boca aos portugueses e colocar em votação das 7 Maravilhas Doces de Portugal®. O tema de 2019 já tem candidaturas abertas, em que pela primeira vez é possível incluir 7 candidatos numa só proposta.
 
As 7 Maravilhas Doces de Portugal foram lançadas hoje, pelas 16h, na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa. O projeto foi apresentado por Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas, e o formato televisivo por José Fragoso, Diretor da RTP1 e RTP Internacional. Catarina Furtado e José Carlos Malato, apresentadores da RTP, estiveram presentes enquanto embaixadores das eleições 7 Maravilhas. Gonçalo Reis, presidente do Conselho de Administração da RTP, esteve também presente neste evento. Contou-se ainda com a presença de representantes dos Apoios Institucionais do projeto, nomeadamente Antero Jacinto, Presidente do Grupo de Setor da Restauração Tradicional, Ana Paula Pais, Diretora Coordenadora de Formação do Turismo de Portugal e de Miguel Freitas, Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural.
As categorias a concurso são: Doces de Território, Bolo de Pastelaria, Doce de Colher e Doce à Fatia, Biscoitos e Bolos Secos, Doces Festivos, Doces de Fruta e Mel e Doces de Inovação. As candidaturas terminam a 7 de março e são realizadas online, no site oficial das 7 Maravilhas. A grande aposta deste ano é na Inovação à base de produtos endógenos, incentivando ao empreendedorismo local. A tradição, a importância económica, social e cultural dos doces são também critérios preponderantes.
 
A oitava edição das 7 Maravilhas em Portugal® volta a reinventar-se e este ano os candidatos são votados por cada um dos 18 distrito e duas regiões autónomas, com 20 programas de daytime em direto a realizar nos meses de julho e agosto. Haverá nesta fase 7 candidatos por distrito e regiões autónomas, num total de 140 doces candidatos, sendo que de cada programa na RTP sai um pré-finalista que passa às semifinais.
Uma novidade desta edição é a existência de um Grande Júri, órgão de deliberação constituído por 7 figuras do espaço mediático, que será responsável pela da repescagem de 8 candidatos que se irão juntar aos 20 pré-finalistas.
Os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, nos dias 24 e 31 de agosto, dois programas em direto na RTP1, transmitidos em horário nobre. Catarina Furtado e José Carlos Malato voltam a ser os anfitriões e embaixadores das 7 Maravilhas, apresentando as três Galas (duas semifinais e uma Grande Final). Em cada semifinal são apurados os 7 doces, aqueles que tenham mais votos contabilizados. Nesta fase os 7 elementos do Grande Júri assumem grande preponderância, comentando e provando os Doces.
 
A Gala Finalíssima decorre a 7 de setembro de 2019 e será transmitida pela RTP1, em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos 7 doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal®

AF Guarda- Resultados da 2ªDivisão

Decorreu a 11ªronda do distrital secundário da AF Guarda, com o líder Vila Franca das Naves a golear em casa os Castelos por quatro bolas a zero.

O Foz Coa viajou à Guarda e venceu a turma local e deu um passo importante rumo á subida.

Pala-Nespereira-0-2

Freixo Numão –Casal Cinza-2-0

Vila Franca Naves-Os Castelos-4-0

Guarda FC- Foz Côa-1-4

 

Classificação:

1º VF Naves- 25

2º Foz Côa-19

3º Freixo N.-17

4º Nespereira- 14

5º Paços Serra- 13

6º Guarda DFC- 12

7º Pala- 9

8º Castelos- 6

9º Casal Cinza- 4

Resultados do Campeonato Distrital da 1ª divisão-17ªjornada

Vilar Formoso- Trancoso- 0-1

Manteigas- Fornos de Algodres- 4-2

Os Vilanovenses- SC Sabugal- 2-2

SC Celoricense- Vila Cortez- 3-2

Aguiar da Beira- Estrela Almeida- 5-2

AD São Romão- CD Gouveia- 1-1

Desportiva do Soito- Ginásio Figueirense- 0-1

 

Caminho Português de Santiago promovido

A Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal (ERTCP) saúda de forma muito positiva o Decreto-Lei aprovado pelo Conselho de Ministros, que regula a promoção do Caminho Português de Santiago e que visa a certificação dos seus itinerários. Esta medida vem ao encontro do intenso trabalho desenvolvido nos últimos anos pela ERTCP, em conjunto com vários parceiros do território do Centro de Portugal, que se enquadra na perfeição no espírito e na letra do Decreto-Lei agora aprovado.

Com efeito, o trabalho de identificação e valorização dos itinerários do Caminho de Santiago no Centro de Portugal iniciou-se há mais de uma década. Mais concretamente, desde 2007 que na ERTCP se delineou a estratégia de estruturação desta via de peregrinação enquanto produto turístico de grande potencial.

Na região, estão identificados e sinalizados os Caminhos Central, Interior e Nascente e a ligação do Caminho Interior ao Caminho Central.

Em 2014 ficou concluída toda a sinalética do Caminho Central, que, iniciando-se em Lisboa, passa neste território por Vila Nova da Barquinha, Tomar, Ferreira do Zêzere, Alvaiázere, Rabaçal, Conímbriga, Coimbra, Mealhada, Águeda e Albergaria-a-Velha, em direção ao Porto e a Santiago de Compostela. Neste itinerário está já em pleno funcionamento uma importante rede de albergues e pontos de apoio ao peregrino.

O Caminho Nascente está igualmente completamente identificado e sinalizado no Centro de Portugal. O itinerário parte do Alentejo e atravessa o território do Centro de Portugal em Vila Velha de Ródão, Castelo Branco, Fundão, Ferro (Covilhã), Belmonte, Guarda, Celorico da Beira e Trancoso, onde se junta com o Caminho de Torres. Este, começando em Espanha, cruza Almeida, Pinhel e Trancoso, em direção a Lamego, Guimarães, Braga e Santiago.

O Caminho Nascente é de grande importância estratégica, uma vez que constitui um percurso alternativo à Via da Prata, tradicionalmente utilizado pelos peregrinos do Sul de Espanha e que passa por Sevilha, Cáceres e Salamanca. A Via da Prata está hoje saturada, pelo que cada vez mais peregrinos da Extremadura e de Castela e Leão preferem utilizar o Caminho Nascente.

Identificado está também o Caminho do Interior, que parte de Viseu e segue por Castro Daire, Lamego, Vila Real e Chaves, até desembocar na Via da Prata. Em 2015, foi protocolada entre a ERTCP e os municípios, em 2015, a ligação entre o Caminho do Interior e o Caminho Central, havendo inclusivamente uma candidatura ao programa Valorizar, promovida pela Associação Via Lusitana.

Paralelamente, foram e estão a ser desenvolvidas ferramentas de apoio ao peregrino, nomeadamente uma app, guias e mapas, que permitem a plena fruição do Caminho Português de Santiago na região, proporcionando informação geral e prática, bem como informação histórico-cultural.

A região Centro de Portugal tem apostado, de forma assertiva, na qualificação e valorização do Caminho Português de Santiago, em parceria com os Municípios, a Associação Via Lusitana e o Turismo de Portugal. Por isso, a ERTCP reúne todas as condições para avançar com a certificação dos seus itinerários, aguardando o desenvolvimento do processo de organização a nível nacional e disponibilizando-se até para, face aos passos importantes que já foram dados pelo Centro de Portugal nesta área, assumir um papel de região-piloto a nível nacional.

A ERTCP não pode deixar de se congratular com a aprovação do Decreto-Lei, que constitui uma excelente oportunidade para a região e para o país.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar