Templates by BIGtheme NET
Home » Mangualde (page 108)

Mangualde

MANGUALDE ASSOCIOU-SE AO DIA MUNDIAL DA CONSCIENCIALIZAÇÃO DO AUTISMO

   A noite desta quarta-feira na cidade de Mangualde foi especial , pois associou-se ao Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, onde se acendeu uma luz de cor azul.

  A Câmara Municipal de
Mangualde, à semelhança de anos anteriores, associa-se à Federação Portuguesa
de Autismo e à APPDA de Viseu na campanha mundial ‘Acendam a Luz Azul (Light
it up blue
)’ que assinala o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo.
Assim, esta noite foram iluminadas a Rotunda dos Prazeres e a Rotunda em frente
ao Centro de Saúde em Mangualde.

 A iniciativa, que tem como
objetivo consciencializar a população em geral para o autismo, consiste na
iluminação em azul, de vários monumentos no mundo inteiro. Esta campanha,
que tem este ano o seu sexto ano de existência, conseguiu iluminar edifícios
como a Torre Eiffel, o Empire State Building e, em Portugal, o Palácio de Belém,
o Castelo de Penela, o Castelo de Leiria, as Portas da cidade de Ponta Delgada,
vários edifícios de Câmaras Municipais do distrito de Viseu e de outros
distritos, imóveis de interesse público e coletividades.

O Dia da Consciencialização e
Sensibilização
para o Autismo, que se assinala hoje,  2 de abril, traz uma nova
luz sobre o Autismo. Ajuda a desenvolver e aumentar o conhecimento do Autismo,
a fornecer mais informação sobre a importância do diagnóstico e intervenção
precoce. O Autismo é um complexo distúrbio neurobiológico que tipicamente dura
durante toda a vida de uma pessoa. Faz parte de um grupo de distúrbios
conhecidos como ASD (Autism Spectrum Disorders). Estima-se que cerca de 67
milhões de pessoas são afetadas pelo Autismo, fazendo que seja mais comum em
certos países do que cancro, diabetes e HIV juntos.
Fonte:CMM

FAVAS E ERVILHAS SÃO A APOSTA DE ABRIL DO MERCADO MUNICIPAL DE MANGUALDE

  No
âmbito da campanha ‘Sentir os Produtos da Terra. Viver o Mercado
Municipal’, a Câmara Municipal de Mangualde dá destaque às favas e às
ervilhas, no mês de abril.
A
iniciativa acontece todos os meses e surge no sentido de dar a conhecer a
diversidade de cores e sabores que se pode encontrar no mercado
municipal.

Após
as obras de beneficiação e requalificação, levadas a cabo pela Câmara
Municipal de Mangualde, o Mercado Municipal Dr. Diamantino Furtado, em
Mangualde,

reabriu a 5 de março de 2014 ao público. A obra trouxe mais
modernidade e conforto a um espaço que faz parte da história do concelho
de Mangualde. A imagem de todo o espaço foi assim modernizada.
Peixaria, charcutaria, talho, legumes, produtos regionais, pão, flores e
fruta são alguns dos produtos que podem encontrar à venda neste espaço.
Localizado no núcleo histórico da cidade de Mangualde, o mercado está
inserido numa zona marcada pelo comércio tradicional e garante todas as
condições de acesso e utilização a utentes com mobilidade condicionada.

FAVAS E ERVILHAS
  As
leguminosas, nas quais se inserem as favas e as ervilhas, têm
particularidades nutricionais que as tornam muito interessantes: são
ricas em hidratos de carbono de absorção lenta, contêm quantidades
importantes de fibra alimentar, fornecem aproximadamente 10 % do seu
peso em proteínas quando cozidas, são fonte de vitaminas do complexo B e
possuem quantidades apreciáveis de minerais (cálcio, ferro, fósforo,
potássio, magnésio). Para além disso, permitem conjugar o seu consumo
com vários outros alimentos numa variedade gastronómica tipicamente
nacional.  
MERCADO MUNICIPAL DR. DIAMANTINO FURTADO

Horário:

Segunda a sexta-feira: 7h30 às 19h00

Sábado: 7h30 às 13h00

Mangualdenses mais perto dos seus património concelhio

«Mangualde, o nosso património!»
Vila Cova de Tavares…1663

Mangualdenses ficam mês a mês mais próximos do património do concelho
A Câmara
Municipal de Mangualde está a levar a efeito uma campanha de difusão do Património com o lema «Mangualde, o nosso património!» pretende continuar a
dar a conhecer o vasto património do concelho. Para aproximar a
população do património mangualdense, em abril, o destaque vai para Vila
Cova de Tavares…1663.
 Com
esta campanha todos ficam mais próximos de todo o esplendor patrimonial
do nosso concelho. Nesse sentido, continuam a ser colocados cartazes em
vários pontos de encontro do concelho e está disponível no site e na
Câmara Municipal informação sobre o monumento/património apresentado.

O
património material e imaterial vai sendo apresentado com uma
periodicidade quinzenal e consoante a categoria com a qual foi
classificado: arqueologia, pelourinhos, fontes, palacetes e religiosos,
bem como outros bens patrimoniais. Cada categoria será representada por
uma cor que a distingue das restantes.

Vila Cova de Tavares…1663
Os
trabalhos de prospecção arqueológica evidenciam a presença dos mais
variados testemunhos da presença humana pelos territórios. Uns são de
espontânea percepção, de fácil atribuição cronológica, de claro
entendimento. Outros, porém, não revelam imediatamente a sua
funcionalidade. Existem mesmo objetos, utensílios, estruturas que
permanecem indecifráveis e cuja explicação não passa de uma mera
suposição, de simples tentativa de interpretação. O desafio mantém-se
constante.
O
facto é que tais vestígios são pegadas do percurso do Homem, certificam
a sua ação, a sua maneira de viver, a sua forma de pensar, de intuir,
de se relacionar com o seu semelhante, com o mundo que o rodeia, com o
terreno, com o sagrado, no fundo, consigo mesmo.
Em
Vila Cova, nas antigas Terras de Tavares, podemos observar uma peça em
granito que ostenta a gravação de um cruciforme sobrepondo-se a uma
moldura contendo a inscrição 1663. É uma data que, para além de nos
remeter para uma época em que reinava Dom Afonso VI, nada mais elucida.
Estela de sepultura anónima? Marco territorial?
Está
protegida por integrar, neste momento, um muro. Ficam as coordenadas
geográficas que são, também, as da Igreja da localidade, erecta apenas
alguns anos depois, talvez no lugar de um templo mais pequeno e mais
modesto: 40º 37, 097 – 7º 35, 204.
Por António Tavares
Gabinete de Gestão e Programação do Património e Cultura
  
Foram
já vários os bens patrimoniais destacados por esta campanha nos últimos
dois anos. Em 2015, iremos continuar a aproximar a comunidade de todo o
nosso património, tendo sido apresentada nos primeiros meses do ano, a
Igreja de São Tomé de Cunha Baixa, o Fontenário dos Seabra Beltrões, em
Cassurrães e o Penedo da Cruz em Póvoa de Cervães.

 Fonte:CMM

CRIANÇAS A ‘DORMIR COM LIVROS’ EM MANGUALDE

  De forma a assinalar o
Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemora a 23 de
abril, a Câmara Municipal de Mangualde convida todas as crianças entre
os 6 e os 11 anos a participarem na 9ª edição do “Dormir com Livros”. A
iniciativa tem início marcado para as 21h30, da noite de 24 para 25 de
abril, e é uma organização da Câmara Municipal de Mangualde, através da
Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves.

Com
o objetivo de fomentar o gosto pela leitura junto dos mais novos, esta
atividade pretende proporcionar uma noite diferente, onde a maratona dos
contos só termina quando o sono chegar. As crianças, acompanhadas do
encarregado de educação, do pai ou da mãe, vão passar uma noite rodeados
de livros e participar em diversas atividades. A noite será preenchida
com muitas histórias e contos maravilhosos e fantásticos, dinamizadas
pelos técnicos da Biblioteca Municipal pelos pais acompanhantes e todos
aqueles que queiram vir enriquecer esta noite mágica. Durante a noite,
será servida, a todos os presentes, a tradicional ceia partilhada para
acompanhar as leituras, e na manhã de dia 25 de abril será servido o
pequeno -almoço a todos os participantes, oferecido pela Câmara Municipal
de Mangualde.
Nesta iniciativa, dinamizada pela equipa da Biblioteca Municipal, cada criança e acompanhante deverão trazer um saco cama, almofada, pijama ou fato de treino, escova e pasta de dentes e o/s livro/s preferido/s, e ainda, um doce ou salgado para a ceia.

As
inscrições, limitadas a um máximo de 25 crianças, decorrem até 23 de
abril na Biblioteca Municipal de Mangualde ou através do telefone 232
617 172 e do email: biblioteca@cmmangualde.pt.
Podendo ainda ser enviadas por correio para Biblioteca Municipal Dr.
Alexandre Alves – Rua José Maria de Almeida, nº 1  – 3530 -091
Mangualde.
Fonte:Mun.Mangualde

Programa operacional Centro 2020 foi apresentado em Mangualde

    O novo programa operacional Centro 2020 foi apresentado na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves de Mangualde, perante uma plateia que compareceu em grande numero.

   Para dar as boas vindas aos presentes, o presidente do Município de Mangualde, João Azevedo, que estava satisfeito, por um numero tão elevado de pessoas terem comparecido.
Seguiu-se a palestra de Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, que explicou de forma clara, como todo este processo vai decorrer e os prós e contras de tudo isto.
(Em atualização)

CIDEM vai dar impulso ao desenvolvimento empresarial local

Cidem vai alavancar Economia Local   A Câmara Municipal de Mangualde inaugurou ontem, 26 de
março, o CIDEM – Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de
Mangualde, o mais recente projeto da autarquia e que promete desenvolver
a economia. A sessão contou com a presença de Ana Abrunhosa, presidente
da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro –
CCDRC, de José Morgado Ribeiro, presidente do Comunidade Intermunicipal
Viseu Dão Lafões – CIM, de Francisco Carvalho, presidente da Associação
de Desenvolvimento do Dão, e de João Azevedo, presidente da Câmara
Municipal de Mangualde.
  Na cerimónia foi ainda apresentado um vídeo que
apresenta este CIDEM. Ver aqui.
Situado na Rua do Grémio, em Mangualde, o CIDEM vai alavancar o concelho, funcionando como acelerador de projetos de inovação. “Este
centro será um motivador, um dinamizador, um potenciador do
empreendedorismo. Demos vida a um espaço recheado de história mas que
estava velho. Ganhou agora uma vida que vai alavancar a economia e os
diversos setores da economia. Temos de apostar nos setores onde somos
fortes, nos nossos produtos endógenos”
considerou o presidente mangualdense.
  Este empreendimento nasceu da reconversão de um histórico edifício de
1905, o antigo Grémio, localizado no coração da cidade de Mangualde,
doado pelos membros do Grémio, e perante os quais a Câmara Municipal de
Mangualde se sente grata. Esta gratidão fica para sempre refletida numa placa de agradecimento colocada e descerrada ontem no CIDEM.
  O CIDEM é um projeto que tem como parceiros a Patinter SA, Felmica
SA, Peugeot Citroen Automóveis Portugal SA e Sonae Indústria SA, e onde
foram investidos 500InauguracaoCIDEM 04 mil euros, com uma comparticipação de 85% por fundos comunitários. “Pretendemos
que funcione como um serviço de proximidade a jovens e menos jovens,
que queiram criar o seu próprio negócio e contribuindo para a
alavancagem do concelho”
, sublinhou João Azevedo que acredita que este centro é também uma forma de “mobilizar
os mais jovens, no sentido de tentar novas oportunidades, novos
negócios através da inovação e criatividade, evitando que saiam do
concelho”.

  Na inauguração o presidente mangualdense destacou ainda o facto de
Mangualde ser um concelho muito vocacionado para o setor empresarial,
com grandes empresas nacionais. “No entanto, é necessário arranjar outras alternativas, novos negócios, que acredito que vão surgir rapidamente”, mencionou.

PRIMEIRA EMPRESA INSTALADA

   A Aeroprotechnik – especialistas em inspeção e mapeamento
aéreo com recurso a veículos aéreos não tripulados, é a primeira empresa
a instalar-se no Centro empresarial e foi apresentada ontem, durante a
sessão de inauguração, pelo Engº Nuno Marques, Administrador – Fundador da
mesma. Trata-se de uma empresa de engenharia que fornece serviços na
área da inspeção aérea em zonas de difícil acesso, caracterizando-se por
serem mais seguros, mais rápidos, mais eficazes, com custos eficientes.

  Ao abrigo deste projeto, Mangualde lança assim uma oferta
integrada de acolhimento empresarial em espaço urbano, com gestão
integrada, vocacionada para atividades centradas em serviços baseados na
criatividade e novas profissões.

Fonte:CMM

Mostra de Pintura ‘Diversidades’em Mangualde

Mostra de Pintura ‘Diversidades’   A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde,
acolhe a partir de amanhã, 24 de março, a mostra de pintura
‘Diversidades’, da autoria dos artistas plásticos J. Eliseu e Sérgio
Eliseu. A exposição, de entrada livre, pode ser visitada até 20 de
abril, no horário de funcionamento da Biblioteca Municipal
(segunda-feira das 14h00 às 18h30, terça a sexta-feira das 09h30 às
18h30 e aos sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00).

   Depois de terem percorrido todo o país com ‘Pátria Minha’, pai e
filho iniciaram, em 2014, um novo ciclo de exposições, propondo aos
visitantes uma viagem pictórica de horizontes abertos a temas de
interesse variado. Com a exposição ‘Diversidades’ é proposta uma visita a
um espaço privilegiado, onde é estabelecida uma relação simbiótica
entre artista e público, também ele criador. Segundo os autores, os
trabalhos inseridos na nova mostra apresentam uma «multiplicidade que
remete para um retrato da alma lusa de um passado ainda presente, onde a
identidade do nosso povo se manifesta na alegria das cores de uma
paleta vigorosa».
fonte:Mun.Mangualde

INAUGURAÇÃO DO CENTRO INTERPRETATIVO DA VINHA E DO VINHO DE MANGUALDE

Adega Cooperativa de Mangualde   A cerimónia de inauguração do Centro Interpretativo da Vinha e do Vinho de Mangualde terá lugar no dia 20 de março de 2015 (sexta-feira), às 16h00, na sua sede,
e contará com a presença do Sr. Secretário de Estado da Agricultura, Eng.º José
Diogo Albuquerque.

  O programa do evento inclui a Sessão Solene de Inauguração, seguida de uma
visita ao Centro Interpretativo, e, como não poderia deixar de ser, um Dão de
Honra com os vinhos da Adega de Mangualde, brinde a este acontecimento de
grande relevância turística, sociocultural e económica.
  O Centro Interpretativo da Vinha e do Vinho de Mangualde resulta de uma
candidatura ao Subprograma 3 do PRODER Abordagem LEADER –Conservação e Valorização
do Património Rural e visa recriar, num só local,todo o ambiente vitivinícola,
associado a elementos de caráter patrimonial e turístico.
  A exposição permanente foi concebida de modo a permitir ao visitante conhecer
todo o processo de produção do vinho
, assim como as tradições e experiências sensoriais que lhe são
inerentes, desde o cultivo da videira à degustação do vinho.
  Trata-se de um projeto com impacto social e turístico, que marca e promove
a identidade e a autenticidade cultural da região.
  Efetivamente, a cultura vitícola, aliada ao patrimônio monumental,
artístico, natural e gastronómico, tem um papel fulcral no desenvolvimento da
economia regional.
  Na medida em que oferecem um leque de experiências
e sensações inigualáveis, os vinhos e atividades conexas, enquanto produtos
enoturísticos, merecem a nossa atenção. 
fonte:Adega Cooperativa Mangualde

Misericórdia de Mangualde homenageou gente colaboradora

MISERICÓRDIA DE MANGUALDE DISTINGUE FUNCIONÁRIOS, IRMÃOS E VOLUNTÁRIOS EM SESSÃO SOLENE NAS COMEMORAÇÕES DOS 402 ANOS.

  No passado fim-de-semana de 14 e 15 de Março, a Santa Casa da
Misericórdia de Mangualde celebrou 402 anos ao serviço da nossa
Comunidade.

  As comemorações iniciaram-se às 15h30 do dia 14 de
Março, com uma Sessão Solene, que teve lugar no Auditório da Biblioteca
Municipal. A abrir a sessão foi apresentado o vídeo institucional da
Santa Casa, a que se seguiu a admissão
pública e solene dos novos Irmãos, com a imposição da Insígnia da
Instituição e entrega do Compromisso. Depois teve lugar a entrega dos
testemunhos de apreço aos Irmãos com mais de 25 anos de vida na
Irmandade e a distinção dos funcionários com 15, 25 e 30 anos de serviço
na Instituição. Foram ainda distinguidos todos os voluntários com mais
de 5 anos de voluntariado na Misericórdia de Mangualde, a quem foi
entregue o respectivo Certificado de Apreço. No final da Sessão Solene
houve ainda lugar aos discursos do Presidente da Mesa da
Assembleia-geral – Victor Gomes, do Provedor – José Tomás e do
Presidente da Câmara Municipal de Mangualde – João Azevedo
Fonte:Misericórdia Mangualde

Inaugurada a ETAR de Santa Luzia em Mangualde

foto:Mun.Mangualde

  Realizou-se esta sexta feira a cerimônia de inauguração da ETAR de Santa Luzia (ETAR
Sul/Poente), em Mangualde. A cerimônia que  contou com
a presença do secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, e do
presidente da Câmara de Mangualde, João Azevedo.

  Esta ETAR está destinada a depurar o efluente produzido pelos
aglomerados de Santa Luzia, Santo Amaro e Ançada e parte do núcleo da
cidade de Mangualde. Segundo o presidente da Câmara, trata-se de um
órgão dimensionado para servir entre 3 mil e 5 mil habitantes.
fonte:DV

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar