Templates by BIGtheme NET
Home » Mangualde (page 20)

Mangualde

Dia Mundial do Livro celebrado na Biblioteca em Mangualde

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, preparou um conjunto de iniciativas para celebrar o Dia Mundial do Livro, assinalado anualmente a 23 de abril. O objetivo é reconhecer a importância do livro e incentivar hábitos de leitura na população.

As comemorações começam a 9 de abril, com a inauguração da exposição “Livros da Memória/Memória dos Livros”. Esta exposição, patente na Biblioteca Municipal até 27 de abril, será composta por livros e textos que testemunham a forma como cada livro pode marcar quem os lê, em determinado momento da sua vida. Esta exposição pretende contribuir para a partilha e o gosto pelos livros e pela leitura. É uma homenagem à literatura, aos livros e às bibliotecas. Esta exposição tem Paula Frute como curadora, e resulta da colaboração com a Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital.

De 11 de abril a 9 de maio, o projeto itinerante “Livro Sobre Rodas” leva o conto “Um Lobo Culto”, de Becky Bloom”, até às escolas do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do concelho.

A Biblioteca Municipal acolhe, a 23 de abril, uma Maratona de Contos, dinamizada por técnicos de Biblioteca, professores e voluntários, que vão contar contos sem parar para os grupos de crianças das escolas do concelho (Pré-escolar, 1.º e 2.º Ciclos).

Já a 28 de abril, “Dormir com Livros”, um serão de leitura com apresentação do espetáculo “Folhas de Primavera”, será apresentado na Biblioteca Municipal, às 21h00. Esta é uma produção do Onomatopeia Teatro e inclui contos narrados pelas técnicas da Biblioteca, crianças e acompanhantes.

As inscrições para as atividades dos dias 23 e 28 são limitadas. Para inscrever os mais novos deve contactar a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves para o telefone 232 619 880 ou pelo e-mail biblioteca@cmmangualde.pt.

O DIA MUNDIAL DO LIVRO

A UNESCO instituiu em 1995 o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial – foi a 23 de abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes e a 23 de abril de 1899 que nasceu Vladimir Nabokov. O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o famoso escritor inglês William Shakespeare. A data serve ainda para chamar a atenção para a importância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia e para o desenvolvimento económico.

 

A data tem como objetivo reconhecer a importância e a utilidade dos livros, assim como incentivar hábitos de leitura na população. Os livros são um importante meio de transmissão de cultura e informação e ainda elementos fundamentais no processo educativo.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

23 de abril – Dia Mundial do Livro e da Leitura 2018

Efeméride assinalada pela Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, Mangualde

 

23 de abril | Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Maratona de Contos

Entre as 10h30 e as 16h00

Técnicos de Biblioteca, professores e voluntários vão contar contos sem parar para os grupos de crianças das escolas do concelho (Pré-escolar, 1.º e 2.º Ciclos)

Inscrições limitadas*

 

28 de abril | Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Dormir com Livros | Serão de leitura com apresentação do espetáculo “Folhas de Primavera”

21h00

Produção do Onomatopeia Teatro e contos narrados pelas técnicas da Biblioteca, crianças e acompanhantes

Inscrições limitadas*

 

9 a 27 de abril

Exposição Livros da Memória/Memória dos Livros

Exposição de livros e textos que testemunham a forma como cada livro pode marcar quem os lê, em determinado momento da sua vida

Curadora: Paula Frute. Em colaboração com a Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital

 

11 de abril a 9 de maio | Projeto itinerante

“Um Lobo Culto” de Becky Bloom

Conto dramatizado no âmbito do Livro Sobre Rodas/Itinerância de contos pelas escolas do Pré-Escolar e 1.º Ciclo do concelho

 

*Inscrições:

Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

232 619 880

biblioteca@cmmangualde.pt

Carlos Campos venceu Concurso de Karaoke “Canta e Encanta”

Uma noite de grande festa, no Centro Cultural Dr.António Menano, em Fornos de Algodres, com a comemoração do 1ºaniversário da nossa edição papel, apesar de uma noite de muito mau tempo, quando o espetáculo é bom o público compareceu em bom número.

Assim com um bom leque de cantores, a noite foi colorida, Iolanda apresentou e cantou algumas músicas e um júri muito atento e de muito valor, (Teresa Pinto, Vitor Mendes, Tiago Marques, Tiago Concertinas e António Pacheco).

Em relação às vozes, esteve em palco um grupo de candidatos masculinos e femininos de diversas faixas etárias e localidades.

No final da noite e pelo meio uma mão cheia de surpresas, foi hora de anunciar os resultados:

Venceu este concurso, Carlos Campos (Penaverde), ficou na segunda posição Fernando Melo(Fornos), no terceiro lugar um empate, logo o júri atribuiu aos dois este lugar, Beatriz (Vila Nova)e Vitor Sousa(Fornos).

Agora receberam o prémio de presença, os restantes Luana, Soraia, Rúben e João Melo.

No final ainda os agradecimentos e algumas palavras por parte do Vice-presidente do Município de Fornos,Alexandre Lote e Presidente da Junta de Fornos, António Gomes.

Todos no final se uniram a cantar os parabéns ao jornal e saborearam o bolo bem regado pela champanhe.

Uma bela festa com o público a sair satisfeito.

Exposição “Livros da Memória, Memória dos Livros”

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe, entre 9 e 27 de abril, a exposição “Livros da Memória, Memória dos Livros”. Esta exposição resulta de um encontro de amigos da Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital e tem como objetivo celebrar o livro, bem como as memórias a ele associadas.

 Esta exposição parte do desafio lançado pela professora de História do Livro, Paula Frade, aos seus alunos para “homenagearem aos espaços de memória que são os livros e as bibliotecas”. Dessa forma, cada participante contribuiu com um livro, cuja leitura o terá marcado num momento da sua vida.

As obras patentes nesta exposição estão acompanhadas por um pequeno texto onde o seu proprietário registou um testemunho, expressão das suas vivências, olhares e sensibilidade. A conceção e supervisão é de Paula Frade, investigadora membro do IELT, Universidade Nova de Lisboa, e docente também na Universidade Sénior de Oliveira do Hospital.

A exposição “Livros e Memória, Memória dos Livros” pretende, também, contribuir para a partilha e o gosto pelos livros e, como refere a curadora Paula Frade, “é o nosso contributo e homenagem à literatura e aos livros, ambicionando, com esta iniciativa, despertar sonhos e despertar livros”.

Abril é o mês em que se comemora o Dia Mundial do Livro e da Leitura, razão pela qual o Município de Mangualde acolhe esta exposição que pretende enaltecer a importância do livro na vida de cada um.

Por:MM

 

Promoção do xadrez em Mangualde

É reconhecido que as crianças que praticam xadrez melhoram notavelmente a sua capacidade de raciocínio, o que se reflete num melhor rendimento escolar. O xadrez é claramente uma ferramenta educativa. Qualquer projeto, programa ou plano de ensino-aprendizagem do xadrez deve ser encarado como um Projeto Educativo. Com esse foco e enquadramento, foi assinado (quinta-feira, 5 de abril) um Protocolo de colaboração entre o Município de Mangualde, o Agrupamento de Escolas de Mangualde e a Federação Portuguesa de Xadrez.

Para oficializar o referido Protocolo de Promoção do Sucesso Escolar estiveram presentes João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, António Agnelo Figueiredo, Diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde e Dominic Robin Cross, Presidente Federação Portuguesa de Xadrez.

O protocolo tem como principal objetivo a promoção de ações conjuntas, junto dos agentes envolvidos no desenvolvimento do Xadrez no concelho de Mangualde. Este acordo visa ser uma ferramenta educativa de combate ao insucesso escolar, na área do concelho de Mangualde. As atividades propostas para o desenvolvimento da modalidade de Xadrez são: realização de ações de iniciação escolar (apoio nas animações de sensibilização, ensino regular em escolas do concelho e cursos de iniciação); realização de apoio nas arbitragens de torneios escolares e provas entre escolas e outras; realização de apoio aos centros de formação avançada de xadrez, pela disponibilização de treinadores de xadrez. O acordo prevê ainda com estas medidas o aumento de número de atletas praticantes nas associações concelhias.

 

XADREZ CONTRIBUI PARA O DESENVOLVIMENTO INTELECTUAL,

PARA A EDUCAÇÃO SOCIAL E DESPORTIVA

O xadrez contribui para o desenvolvimento intelectual, para a educação social e desportiva, para atingir objetivos culturais e ampliar conhecimentos, para o desenvolvimento pessoal e formação do carácter. Durante a partida de xadrez a cada jogada está associado um ato de uma reflexão, que precede a eleição do movimento. Este processo de reflexão requer atenção (aplicação voluntária do pensamento à atividade que se realiza) e concentração (capacidade de isolar-se voluntariamente do mundo exterior e centrar-se exclusivamente na ação que se realiza). A prática do xadrez potencia estas capacidades que favorecem um melhor rendimento escolar.

Por:MM

 

 

Plataforma do Emigrante em Mangualde

Através do seu Gabinete de Apoio ao Emigrante, o Município de Mangualde encontra-se a desenvolver um projeto de investigação que consiste em recolher, harmonizar e analisar informação sobre a evolução e as características da emigração mangualdense de forma a compreender a dimensão da mesma, tendo em conta as relações existentes com a localidade de origem. Paralelamente, está a ser efetuado o recenseamento de todos os emigrantes mangualdenses que vivam atualmente no estrangeiro, para que este contribua para a definição e avaliação de políticas municipais de emigração.

Assim, e para que este objetivo seja atingido com a maior celeridade, o Município apela a que todos os emigrantes mangualdenses se registem na Plataforma do Emigrante, existente no Site do Município (http://mangualdensespelomundo.cmmangualde.pt/registo/), ou presencialmente no Gabinete de Apoio ao Emigrante.

É responsabilidade dos Municípios prestar atenção ao crescimento da população emigrante e habilitar/preparar a estrutura municipal para novos serviços de apoio aos emigrantes. Assim, consciente da importância da comunidade mangualdense dispersa pelo mundo e sentindo a necessidade de resposta, de forma eficiente, às solicitações e dificuldades com que os nossos emigrantes se deparam, o Município de Mangualde encara este desafio como uma responsabilidade, uma oportunidade e um investimento.

Uma responsabilidade, no sentido em que não pode haver distinção entre mangualdenses, quer residam ou não no concelho; uma oportunidade, pois através desta ferramenta pretende-se conhecer melhor a realidade da diáspora mangualdense e um investimento, uma vez que muitos destes mangualdenses, quando regressarem definitivamente a Mangualde, podem investir e ajudar a criar riqueza e valor acrescentado no concelho.

Por:Mun.Mangualde

Olga Almeida nomeada para encontro da qualificação do Mundial Feminino

A arbitragem portuguesa continua em alta, assim foi nomeada para estar presente no jogo de qualificação para o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino, a realizar em Enzersdorf, Áustria, Olga Almeida, da AF Viseu.

O encontro onde a mangualdense vai estar nesta quinta -feira , 5 de abril pelas 18 horas, opõe as seleções da Áustria e da Sérvia, a realizar no Estádio BSFZ-Arena.

Por:AP Foto:FPF

João Paulo Clemente apresentou o seu livro “O Menino Jesus Roubado” em Figueiró da Granja

Teve lugar, na tarde deste sábado, no Museu de Arte Sacra/Casa Paroquial de Figueiró da Granja, a apresentação do livro ” O Menino Jesus Roubado”, de João Paulo Clemente.

Este é o primeiro livro, que veio até à sua terra natal mostrar este livro que foi apresentado pelo Bruno Costa, vereador do Município de Fornos de Algodres, com presença de Alexandre Lote, vice-presidente do Município de Fornos de Algodres, Álvaro Santos, Presidente da Freguesia de Figueiró da Granja entre outros amigos.

O escritor estava muito satisfeito por esta concretização, entre amigos e família mostrou os seus escritos, que muito falam destas localidades da serra.

Animaram a tarde  grupos amigos.

Mangualde assinala Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância

Em abril, o Município de Mangualde e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Mangualde assinalam, à semelhança de anos anteriores, o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância. Nesta campanha, colaboram ainda o Agrupamento de Escolas de Mangualde, a AMARTE – Associação pelo Movimento, Arte e Terapia, bem como empresas e IPSS’s do concelho. “Cuidar e proteger ajuda-nos a crescer” é o lema desta campanha.

No dia 13 de abril, sexta-feira, realizar-se-á uma caminhada solidária, estando a concentração marcada para as 10h30, no arruamento do Estádio Municipal. Segue-se, ao meio dia, a construção de um Laço Azul Humano, no Largo Dr. Couto e Escolas do 1.º ciclo das aldeias. No dia 27 de abril, será a vez das crianças do Ensino Pré-Escolar construírem o seu Laço Azul Humano.

Já nos dias 20 e 27, pelas 14h30, a peça de teatro “E se fosse consigo?”, destinada a alunos do 1.º ciclo, será apresentada na Sala Multiusos da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. Esta peça versa sobre o bullying e outras formas de violência.

Durante o mês de abril, as empresas aderentes são convidadas a exporem laços azuis. Esta campanha do Laço Azul começou precisamente como uma homenagem de uma avó ao seu neto vítima de maus-tratos e expandiu-se a muitos países, que usam as fitas azuis em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil e como forma de apoiar as famílias e de fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência.

 

13 de abril

10h30 | Caminhada (concentração Arruamento Estádio Municipal)

12h00 | Construção Laço Azul Humano (Largo Dr. Couto e Escolas do 1º Ciclo nas aldeias)

27 de abril

12h00 | Construção do Laço Azul Humano com as crianças do Pré-Escolar

20 e 27 de abril

14h30 | Peça de Teatro “E se fosse contigo?” destinada a alunos do 1º ciclo

Sala Multiusos da Biblioteca Municipal

Por:Mun:Mangualde

 

Dia Mundial do Teatro celebrado em Mangualde

Na terça-feira, Dia Mundial do Teatro, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, recebeu a visita de cerca de 30 crianças da sala dos 5 anos do Complexo Paroquial de Mangualde. A este grupo juntaram-se ainda alguns leitores da Sala de Leitura Infantojuvenil da Biblioteca Municipal e, juntos, assistiram à dramatização preparada no âmbito desta quadra festiva. Estes jovens alunos foram alertados para a importância das artes e a sua relação com a literatura, a escrita e a leitura.

A visita deste grupo de crianças tem vindo a realizar-se todos os meses com o objetivo de criar hábitos de leitura, incentivando ao uso da Biblioteca como espaço não só de lazer, mas também de aprendizagem e de convívio. Nesse sentido, todas as crianças desta turma já têm “Cartão de Leitor” e podem assim usufruir do empréstimo domiciliário de livros.

 

Diocese de Viseu:Mensagem de Páscoa do Bispo D.Ilidio Leandro

Este é o autêntico e solene anúncio da Páscoa. Com estas ou semelhantes palavras: a mesma notícia, a mesma certeza e a mesma realidade. Tudo o resto – seja o que for – é sinal, transmissão, consequência ou eco desta verdade, ainda que alguns desconheçam a fonte e a razão de tudo o que se faça ou se diga.

A Celebração e a Procissão da Morte e do Enterro do Senhor e a Solene Vigília Pascal são a Matriz de toda a alegria cantada, vivida, proclamada e anunciada na Páscoa e na Visita Pascal que se saboreia de tantas formas e que se transmite, universalmente, sem qualquer excepção.

Não é porque o Facto aconteceu há cerca de 2000 anos que se lhe tira a verdade, a originalidade ou a novidade. A Páscoa tornou-se Acontecimento, sempre a acontecer e a celebrar-se na Eucaristia. Esta é renovação da Páscoa, tornada nova e feita realidade verdadeira, até ao fim dos tempos. Não fora assim e a Salvação era limitada, factual e circunstancial, localizada no espaço e no tempo. Mas, também na Páscoa, o tempo é mais largo e maior que o espaço, pois chega a cada hoje, ainda que o espaço seja, mesmo e também, universal localizada no espaço e no tempo. Mas, também na Páscoa, o tempo é mais largo e maior que o espaço, pois chega a cada hoje, ainda que o espaço seja, mesmo e também, universal.

É com estas circunstâncias e nesta riqueza celebrativa, oferecidas pela Páscoa de Jesus Cristo, que eu me dirijo a todas e a todos – cristãos e pessoas de boa vontade da Igreja de Viseu. A cada pessoa desejo uma Feliz e Santa Páscoa. Que a Vida de Jesus brote da Cruz Vitoriosa, onde a morte deu lugar à vida, para todos e para sempre.

Jesus Cristo Ressuscitou e está vivo! Feliz Páscoa! Aleluia! Aleluia!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar