Templates by BIGtheme NET
Home » Mangualde (page 3)

Mangualde

GNR em atividade no fim de semana de 10 e 11 de novembro

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, no fim de semana de 10 e 11 de novembro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 105 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 61 por condução sob o efeito do álcool;
  • 16 por condução sem habilitação legal;
  • Seis por furtos;
  • Quatro por tráfico de estupefacientes;
  • Um por violência doméstica;
  • Um por posse ilegal de arma.

 

  1. Apreensões:
  • 162 doses de haxixe;
  • 15 doses de cocaína;
  • Cinco doses de ecstasy;
  • Três doses de heroína;
  • Três armas de fogo;
  • Duas armas brancas;
  • 45 quilos de bivalves.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 1 258 infrações detetadas, destacando-se:

  • 197 excessos de velocidade;
  • 118 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 77 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 57 relacionadas com tacógrafos;
  • 31 por falta de seguro de responsabilidade civil;
  • 27 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 23 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução

“Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel”debatidos em Mangualde

O Município de Mangualde recebeu na passada sexta-feira, dia 9 de novembro, a conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel”. A sessão decorreu no auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e contou com a presença do Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves, na sessão de encerramento. Esta conferência enquadrou-se na programação da Semana Europeia da Formação Profissional.

 Após a sessão de abertura conduzida por João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, seguiram-se vários painéis de debate. O primeiro painel falou de “Trabalho e emprego: Estratégia Europeia” e contou com as intervenções de Sofia Alves, em representação da Comissão Europeia em Portugal e Henrique Burnay, Eupportunity e Projeto DRIVES (ERASMUS+). Seguiu-se um painel sobre “Veículos, plataformas do futuro e adaptação do emprego”, que contou com Adolfo Silva, da AFIA, como moderador e com os oradores: Joana Mendonça, IST/CEiiA; e José Machado, Universidade do Minho.

“Mobilidade sustentável” foi a temática do painel seguinte, que teve como moderadora Utimia Madaleno, Eupportunity, e como oradores: Daniela Carvalho, Transportes Inovação e Sistemas (TIS) e Carlos Pereira, Instituto Politécnico de Viseu. O último painel falou de “Desafios à formação: novas tecnologias e aptidões adequadas… formar as qualificações do futuro…” e teve como moderadora Isabel Soares Carneiro, IDESCOM e como oradores: José Miguel Sousa, EDUFOR, e João Girão, AIMMAP.

O MUNICÍPIO DE MANGUALDE E A ‘European Vocational Skills Week 2018’

O Município de Mangualde, que acolhe a sede da fábrica do Grupo PSA Peugeot-Citroen (com centenas de trabalhadores) e outras empresas importantes da cadeia de valor da indústria automóvel, participa, de forma ativa, na construção de soluções para o futuro do setor. É, além disso, parceiro associado do consórcio “DRIVES – Development and Research on Innovative Vocational Education Skills”, que, durante 2018 e 2022, reúne 24 parceiros de 11 países europeus para pensar estratégias e políticas europeias de requalificação do setor.

Neste sentido, o Município de Mangualde reuniu, nesta conferência, alguns dos melhores especialistas nacionais no domínio da mobilidade que, durante uma tarde, analisaram e discutiram as melhores estratégias para assegurar que os trabalhadores nacionais estarão preparados para os desafios da digitalização, automatização e fontes de energia alternativas.

 

SETOR AUTOMÓVEL REPRESENTA, EM PORTUGAL, 5% DO PIB,

CERCA DE 230 EMPRESAS E 51 MIL EMPREGOS

A conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel” inseriu-se na Semana Europeia da Formação Profissional (European Vocational Skills Week), que integra a estratégia de pensar e antecipar os desafios do setor. O setor automóvel representa, na União Europeia, 7% do PIB europeu e 12 milhões de empregos. Já em Portugal, engloba 5% do PIB, cerca de 230 empresas e 51 mil empregos.

Na mais recente análise socioeconómica de Portugal feita em Bruxelas, foram apontadas algumas das principais lacunas do país no domínio das qualificações profissionais: “em 2016, apenas 56% dos portugueses tinham competências médias-altas, quando a média europeia se cifrava nos 82%”, sendo o problema “mais grave na faixa acima dos 40, (40% contra 80% da média da UE)”.  Por estas razões, torna-se essencial debater o futuro do setor e dos seus profissionais no contexto socioprofissional português.

Por:MM

 

Mau tempo com chuva e vento forte

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Proteção Civil alerta para um agravamento de tempo com chuva e vento forte.

Devido à aproximação e passagem de um sistema frontal associado a uma depressão centrada a oeste-noroeste das Ilhas Britânicas, prevê-se um agravamento do estado do tempo no território do continente a partir da tarde de hoje, dia 09.

Assim, prevê-se precipitação por vezes forte nas regiões Norte e Centro, em especial no Minho e Douro Litoral, entre a tarde de dia 09 e o final da manhã de dia 10. A partir do início do dia de domingo, a precipitação irá intensificar novamente no litoral Norte e Centro, estendendo-se gradualmente ao restante território. Durante este período, esta precipitação deverá ser persistente, em especial no dia 11, domingo.

O vento irá soprar com mais intensidade no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas que podem atingir os 70 km/h e os 85 km/h respectivamente, podendo atingir no final do dia de sexta-feira os 85 km/h no Minho e Douro Litoral e os 100 km/h nas terras altas destas regiões.

A agitação marítima deverá manter-se forte em toda a costa ocidental até final da manhã de sábado, com ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

Para mais detalhes sobre a previsão meteorológica para os próximos dias consultar:
http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/
http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.significativa

Para mais detalhes sobre os avisos meteorológicos emitidos consultar:
http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev-sam/

“Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel” debatidos em Mangualde

Decorre nesta sexta-feira, no Município de Mangualde  a conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel”. A sessão, que decorrerá no auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, terá início às 14h00 e contará com a presença do Secretário de Estado da Economia, João Correia Neves. Esta conferência enquadra-se na programação da Semana Europeia da Formação Profissional.

 Após a sessão de abertura conduzida por João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, seguir-se-ão vários painéis de debate: “Trabalho e emprego: Estratégia Europeia”, “Veículos, plataformas do futuro e adaptação do emprego”, “Mobilidade sustentável” e “Desafios à formação: novas tecnologias e aptidões adequadas…formar as qualificações do futuro”. A sessão de encerramento ficará a cargo de João Correia Neves, Secretário de Estado da Economia.

 

Durante o evento, haverá um stand e uma apresentação do Projeto DRIVES (Development and Research on Innovative Vocational Educational Skills). Aqui estarão presentes, para além do Município de Mangualde, a Universidade do Minho, o Instituto Politécnico de Viseu e a IDESCOM (Associação Informação, Desenvolvimento, Comunicação).

O MUNICÍPIO DE MANGUALDE E A ‘European Vocational Skills Week 2018’

O Município de Mangualde, que acolhe a sede da fábrica do Grupo PSA Peugeot-Citroen (com centenas de trabalhadores) e outras empresas importantes da cadeia de valor da indústria automóvel, participa, de forma ativa, na construção de soluções para o futuro do setor. É, além disso, parceiro associado do consórcio “DRIVES – Development and Research on Innovative Vocational Education Skills”, que, durante 2018 e 2022, reúne 24 parceiros de 11 países europeus para pensar estratégias e políticas europeias de requalificação do setor.

Neste sentido, o Município de Mangualde reunirá, nesta conferência, alguns dos melhores especialistas nacionais no domínio da mobilidade para, durante uma tarde, analisarem e discutirem as melhores estratégias para assegurar que os trabalhadores nacionais estarão preparados para os desafios da digitalização, automatização e fontes de energia alternativas.

SETOR AUTOMÓVEL REPRESENTA, EM PORTUGAL, 5% DO PIB, CERCA DE 230 EMPRESAS E 51 MIL EMPREGOS

A conferência “Os Desafios ao Futuro do Emprego na Indústria Automóvel” insere-se na Semana Europeia da Formação Profissional (European Vocational Skills Week), que integra a estratégia de pensar e antecipar os desafios do setor. O setor automóvel representa, na União Europeia, 7% do PIB europeu e 12 milhões de empregos. Já em Portugal, engloba 5% do PIB, cerca de 230 empresas e 51 mil empregos.

 

Na mais recente análise socioeconómica de Portugal feita em Bruxelas, foram apontadas algumas das principais lacunas do país no domínio das qualificações profissionais: “em 2016, apenas 56% dos portugueses tinham competências médias-altas, quando a média europeia se cifrava nos 82%”, sendo o problema “mais grave na faixa acima dos 40, (40% contra 80% da média da UE)”.  Por estas razões, torna-se essencial debater o futuro do setor e dos seus profissionais no contexto socioprofissional português.

 

 

PROGRAMA

“OS DESAFIOS AO FUTURO DO EMPREGO NA INDÚSTRIA AUTOMÓVEL”

9 de novembro, 14h00-17h00, Auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Abertura

Presidente do Município de Mangualde, João Azevedo

Trabalho e emprego: Estratégia Europeia

Sofia Alves, Representação da Comissão Europeia em Portugal

Projeto DRIVES (ERASMUS+) – Henrique Burnay, Eupportunity

Veículos, plataformas do futuro e adaptação do emprego

Moderador: Adolfo Silva, AFIA

Joana Mendonça, IST/CEiiA

José Machado, Universidade do Minho

 

Mobilidade sustentável

Moderador: Utimia Madaleno-Eupportunity

Daniela Carvalho – Transportes Inovação e Sistemas (=TIS)

Carlos Pereira – Instituto Politécnico de Viseu

 

Desafios à formação: novas tecnologias e aptidões adequadas…formar as qualificações do futuro….

Moderadora: Isabel Soares Carneiro, IDESCOM

José Miguel Sousa, EDUFOR

João Girão, AIMMAP

 

Encerramento

João Correia Neves, Secretário de Estado da Economia

GNR- Operação Todos os Santos 2018 – Resultados

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”, realizou em todo o território nacional, uma operação de intensificação do patrulhamento rodoviário com vista a regularizar o trânsito e a garantir o apoio e segurança de todos os utentes das vias.

Durante este período, que tradicionalmente provoca grandes movimentações de tráfego rodoviário, foram empenhados militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, os quais realizaram ações preventivas com o intuito de reduzir a sinistralidade rodoviária, dando especial atenção aos comportamentos dos condutores que coloquem em causa a sua segurança e a de terceiros.

Neste período registaram-se 1 157 acidentes, dos quais resultaram:

  • Cinco mortos;
  • 18 feridos graves;
  • 340 feridos ligeiros.

Durante a operação foram detidos 147 condutores, destacando-se:

  • 97 por condução com taxa de álcool no sangue (TAS) igual ou superior a 1,20 gramas/litros;
  • 35 por falta de habilitação legal.

Nesta operação foram fiscalizados 15 066 condutores e detetadas 4 503 contraordenações, destacando-se:

  • 1 755 por excesso de velocidade;
  • 261 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 244 por condução com uma TAS superior ao permitido por lei;
  • 177 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 148 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 138 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

Reabilitação e requalificação dos ecosistemas ribeirinhos

Os trabalhos de limpeza e reabilitação nos troços de linhas de água nas áreas afetadas pelo incêndio de 2017 já estão em curso no concelho de Mangualde. O projeto, denominado Obras de Reabilitação e Requalificação dos Ecossistemas Ribeirinhos, incide sobre 16 Unidades de Intervenção, pertencentes às freguesias de Espinho, Cunha Baixa, U.F. de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, Abrunhosa-a-Velha e U.F. de Tavares, num investimento total de 119.821.46 mil euros.

As intervenções em causa acontecem no âmbito do protocolo de colaboração celebrado entre a Câmara Municipal de Mangualde, a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e o Fundo Ambiental. O acordo com a APA é fruto de um protocolo de colaboração técnica e financeira entre esta entidade e o Fundo Ambiental, que prevê um apoio ao financiamento das intervenções urgentes e impreteríveis de regularização fluvial, até ao montante de 12 milhões de euros nos concelhos afetados pelos incêndios florestais, como é o caso de Mangualde.

 RECUPERAÇÃO DO PATRIMÓNIO NATURAL FLUVIAL E MANUTENÇÃO DAS SUAS CONDIÇÕES NATURAIS

Os trabalhos de reabilitação e requalificação consistem num conjunto de operações destinadas à limpeza dos cursos de água, nomeadamente o corte e remoção d

e material vegetal arbóreo e arbustivo ardido, remoção de sedimentos e outro material nos leitos, recuperação da secção de vazão das passagens hidráulicas e pontões, consolidação e recuperação de taludes e margens, reposição/reabilitação da galeria ripícola (plantação e/ou sementeira de espécies autóctones), reabilitação de açudes existentes, com objetivos de correção torrencial, construção de pequenas obras de correção torrencial e construção ou reparação de bacias de retenção.

Os troços do rio Castelo (Cunha Baixa), do rio Videira (Espinho), da ribeira da Regada (Cunha Baixa), da ribeira de Cassurrães, da ribeira de Marialva, da ribeira do Rebedal (Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães) e da ribeira de Santo Amaro de Tavares (Abrunhosa-a-Velha), são os locais que beneficiam das intervenções de regularização nas linhas de água.

 

“Leituras Enfeitiçadas”com casa cheia

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, encheu-se para mais um serão de “Leituras Enfeitiçadas” na noite de Halloween, no passado dia 31 de outubro. A iniciativa colocou novamente o público em contacto com leituras, performances, exposições e concursos alusivos ao tema do Halloween. O momento contou com a presença do Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde, João Lopes, e com a participação do “Teatro Hábitos” e das Bibliotecas Escolares do concelho. A organização foi do Município de Mangualde através da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves.

 Todas as atividades passaram para a Biblioteca Municipal que foi decorada com rigor para criar um ambiente bem adequado. Às projeções, luzes e decorações alusivas ao tema, juntaram-se as máscaras de Abóboras, Bruxas, Vampiros e Dráculas, realizadas pelos alunos do 1º e 2º ciclos do Agrupamento de Escolas de MGL, que decoraram as janelas e portas da Biblioteca Municipal.

Este ano os vencedores do concurso das Máscaras foram: Martin Costa Cândido – 1ºB; Filipa Rebelo Soares Ventura – 2ºE; Leonor Rodrigues – 3ºC; Afonso de Almeida Braz – 4ºC; Diogo (nº 6) – 5ºB; e Cristiana Ribeiro – 6ºB.

GNR- Operação “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no período de 31 de outubro a 4 de novembro, altura em que é celebrado o dia de “Todos os Santos”, irá intensificar o patrulhamento nas estradas com maior fluxo de tráfego, com o objetivo de apoiar os utentes das vias e de reduzir situações que configurem comportamentos de risco, privilegiando uma atuação preventiva e de grande visibilidade.

Durante todo o período da operação, em que se prevê uma grande intensidade de trânsito, a GNR, através da sua presença dissuasora, pretende garantir que as deslocações se façam em segurança, contribuindo assim para uma diminuição da sinistralidade rodoviária. Nesse sentido, a GNR apela a que os condutores adotem os seguintes comportamentos nas estradas:

  • Cumprir as regras de trânsito, especialmente no que respeita às manobras de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e posição de marcha;
  • Utilizar corretamente o cinto de segurança e os sistemas de retenção para crianças;
  • Não utilizar os telemóveis durante o exercício da condução;
  • Adequar a velocidade ao tipo de estradas e às condições de circulação;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas, nem consumir substâncias psicotrópicas antes ou durante a condução.

Feira dos Santos 2018 abre sexta-feira em Mangualde

Cartaz_A3_Programa
A Feira dos Santos está de volta a Mangualde! O certame, que conta já com mais de 300 anos existência, voltará a animar, entre 2 e 4 de novembro, as ruas do centro da cidade, colocando em destaque o que de melhor se faz no concelho ao nível da gastronomia, vinhos, artesanato, agropecuária, máquinas e alfaias agrícolas, camiões, entre outros.

 A cerimónia de Abertura Oficial da Feira dos Santos 2018 decorrerá esta sexta-feira, dia 2 de novembro, no Mercado Municipal Dr. Diamantino Furtado, pelas 19h30. O momento contará com a presença da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Marques, e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

O MELHOR DE MANGUALDE EM DESTAQUE NESTA FEIRA SECULAR

Esta é uma festa para toda a família, onde não faltará animação musical, palestras, workshops ou oficinas. Além da “Feira dos Santos à Mesa”, em que os restaurantes aderentes proporcionarão uma ementa regional dedicada a esta Feira ( com enchidos da região, rojões à moda de Mangualde, febras à Feira dos Santos, requeijão com doce de abóbora, queijo da serra e vinho do Dão), estarão ainda em destaque cada uma das freguesias do concelho, bem como o tecido empresarial, os produtos regionais e as instituições parceiras (Turismo do Centro de Portugal, CIM Viseu Dão Lafões, Associação Empresarial de Mangualde e Conselho Empresarial da Região de Viseu).

No domingo, dia 4, o programa televisivo “Somos Portugal” será transmitido em direto, na TVI, a partir do Largo Dr. Couto. A emissão decorrerá entre as 12h e as 13h e entre as 14h e as 20h, contando com as atuações de vários artistas/grupos do concelho e dando a conhecer ao país o que de melhor Mangualde tem para oferecer.

João Azevedo, Presidente do Municipio, reforça: “Só a união de esforços permitirá mostrar àqueles que nos visitam e àqueles que nos assistem pela televisão aquilo que nós, mangualdenses, já sabemos: que somos terra de gente empreendedora, de produtos de qualidade e que muito respeitamos as nossas tradições!”

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar