Templates by BIGtheme NET
Home » Mangualde (page 4)

Mangualde

Ligações remodeladas entre Mangualde e Nelas

Tiveram início, esta semana os trabalhos de requalificação de duas antigas ligações entre as Carvalhas e Outeiro de Espinho e Fonte do Alcaide e Gandufe, transformando-as em dois estradões, com seis metros de largura, melhorando as acessibilidades e a faixa de proteção contra fogos florestais.

As obras resultam de um entendimento entre a Junta de Freguesia de Senhorim e a Junta de Freguesia de Espinho e as Câmaras Municipais de Nelas e Mangualde. Esta obra conta com a parceria da empresa Azurmáquinas, que cedeu para o efeito gratuitamente uma máquina giratória, e com a colaboração dos proprietários dos terrenos, cabendo às entidades envolvidas uma comparticipação nos custos da requalificação.

Por:Mun.Nelas

UCC da Misericórdia de Mangualde celebrou 6 anos

A Unidade de Cuidados Continuados Integrados da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde celebrou, na passada quarta-feira, dia 14 de Março, o seu sexto aniversário.

Um dia de celebração, marcado por um momento de festa, onde se cantaram os parabéns e se partilhou a alegria pela existência da Unidade, reforçando a importância da missão de Cuidar do Outro, com carinho, respeito e responsabilidade.

Por:SCMM

Um grande sucesso foi a Feira de Março em Chãs de Tavares

Decorreu neste sábado e domingo, a quinta edição da Feira de Março com milhares de visitantes das diversas localidades limítrofes dos concelhos de Mangualde, Gouveia e Fornos de Algodres .

Um evento que é já imagem de marca desta região nesta fase do ano, uma forte organização da União de Freguesias de Tavares, em parceria com o Município de Mangualde.

O encontro gastronómico abriu o certame, com vários pratos a serem servidos, onde este ano esteve presente a colaborar a Confraria do Borrego de Celorico da Beira, junta mente com outros cozinheiros da região, deliciaram os presentes com pratos maravilhosos, com a tenda a ser pequena para acolher tanta gente.

A animação a cargo da Banda Filarmónica Boa Educação de Vila Cova de Tavares, da Alcatuna, do Grupo de Concertinas do Dão, Sezures/Penalva do Castelo e da Tuna de Santiago de Cassurrães.

O domingo animado pelos concursos de Ovinos e Vinho Produtor, pelo meio a Eucaristia seguida do almoço convívio.

A tarde preenchida com a entrega dos prémios aos ovinicultores e vinicultores, animada com a Tuna Realense e os Némanus que encheram o alto do monte.

Por:AP/SP/JP

Mais desenvolvimento na edição em papel de 31 de março.

Resultados da Divisão de Honra da AF Viseu-21ªronda

Lamego lidera isolado

Nova ronda da Divisão de Honra da AF Viseu, com o líder Lamego a vencer em casa frente ao Carregal do Sal, por três bolas a uma.

Surpresa foi a derrota da Sampedrense em casa frente ao Nespereira por duas bolas a zero.

O Penalva do Castelo a vencer em casa o Paivense pela margem mínima, a turma do Paivense e mantém acesa a luta pela subida.

Na cauda da tabela, o Mangualde continua com imensas dificuldades e foi derrotado novamente em casa pelo Silgueiros por uma bola a zero.

Jornada 21

SC Lamego -Carregal do Sal -3-1
Lamelas – Moimenta da Beira -2-0
P.Castelo- Paivense -1-0
Molelos – Resende -1-2
Sampedrense -Nespereira -0-2
Sátão – Castro Daire -0-0
Mangualde – Silgueiros -0-1
Vouzelenses –  Roriz-0-1

Classificação

1º SC Lamego—————– 47
2º Sampedrense ————–42
3º Penalva do Castelo ——–39
4º Sátão ———————– 37
5º Castro Daire —————35
6ºLamelas ———————33
7ºM. Beira ———————33
8ºPaivense ——————–31
9ºNespereira  —————–27
10º Silgueiros —————–26
11ºResende ——————–26
12ºC.. do Sal ——————-25
13ºRoriz ————————19
14º Molelos ——————–18
15 º Vouzelenses—————15
16º Mangualde —————–5

Floresta em debate em Mangualde

Nesta sexta-feira, dia 16, realizar-se uma palestrada sobre a “A importância da floresta na saúde de cada um”. Esta ação, organizada pela Câmara Municipal de Mangualde e pelo Agrupamento de Escolas Mangualde, decorrerá na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, tendo início marcado às 21 horas.

 O Professor Doutor Jorge Paiva será o orador desta palestra inserida na Rota da Floresta – Programa Eco-Escolas, numa noite que contará ainda com a atuação da Orquestra Juvenil das Escolas de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

Proteção Civil emite alerta de mau tempo

No seguimento do contato com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado nesta terça-feira, 13 de Março, pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), prevê-se, para amanhã, 14MAR18, o agravamento das condições meteorológicas, com ocorrência de precipitação, intensificação do vento, queda de neve e agitação marítima (em toda a orla costeira):
  • quarta-feira (14MAR) prevê-se a ocorrência de precipitação, vento forte (ao longo do dia) e queda de neve a partir da cota dos 1800 metros, diminuindo (a partir da tarde) para a cota dos 1000 metros, nas regiões Centro e Norte.
  • A precipitação acumulada poderá atingir 30 mm entre as 00:00 e as 12:00 e 40 mm nas 12 horas seguintes, especialmente a Norte do Tejo.
  • O vento pode atingir rajadas máximas de 100 km/h, podendo ser pontualmente superior nas zonas mais expostas e/ou elevadas.
  • Amanhã (14MAR) espera-se agitação marítima forte, estando previsto que, a partir das 15:00, as ondas sejam de oeste/noroeste e atinjam uma altura de 4 a 5 metros (em toda a costa), situação que se poderá prolongar até à manhã do dia 16MAR (sexta-feira).
Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt
2. EFEITOS EXPECTÁVEIS
Face à situação descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
· Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;
· Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, devido a acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
· Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas mais vulneráveis;
· Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
· Danos em estruturas montadas ou suspensas;
· Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais mais vulneráveis;
· Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;
· Possíveis acidentes na orla costeira;
· Fenómenos geomorfológicos originados por instabilidade de vertentes devido à perda da consistência por saturação dos solos em água;
· Obstrução de vias de circulação por queda de árvores, deslizamento ou desabamento de terras, pedras ou outras estruturas;
3. MEDIDAS PREVENTIVAS
A ANPC recorda a necessidade de serem adotados comportamentos adequados, designadamente nas zonas mais vulneráveis, pelo que se divulgam as principais medidas de autoproteção para estas situações:
· Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirar inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criarem obstáculos ao livre escoamento das águas;
· Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;
· Colocar correntes de neve nas viaturas sempre que se circular em áreas cobertas por neve e/ou gelo;
· Evitar atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas e/ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
· Garantir a adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
· Ter especial cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, mantendo atenção à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento forte;
· Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando a circulação e permanência nestes locais;
· Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
· Evitar a circulação e permanência nas terras altas onde as rajadas de vento sejam fortes ou muito fortes;
· Manter-se atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
Por:ANPC

AF Viseu- Resultados e classificação da divisão de honra

Nova ronda da divisão de honra visiense com a turma do Lamego a vencer fora de portas o Resende por duas bolas a uma e lidera isolado.

Moimenta da Beira – Penalva Castelo -1-1
Paivense – Vouzelenses -5-1
Carregal do Sal – Lamelas-2-2

Resende – SC Lamego -0-2
Silgueiros -Sampedrense -0-0
Nespereira – Molelos -0-0
Castro Daire – Mangualde-2-0

Classificação após 20 jornadas

1 SC Lamego —–44
2 Sampedrense –42
3 Sátão                   36
4 Penalva Castelo 36
5 Castro Daire      34
6 M. da Beira       33
7 Paivense            31
8 Lamelas           30
9 C.. do Sal         25
10 Nespereira    24
11 Silgueiros      23
12 Resende        23
13 Molelos      18
14 GDC Roriz 16
15 Vouzelenses 15
16 Mangualde 5

O Centro de Mangualde do Grupo PSA reafirma o seu compromisso com a igualdade de oportunidades

Como membro integrante do Fórum Português de Empresas para a Igualdade de Género (IGEN) e alinhada com a política de responsabilidade social do Groupe PSA, o Centro de Mangualde reafirma o seu compromisso permanente em desenvolver políticas a favor da igualdade de oportunidades, como refere o comunicado.

 O Dia Internacional da Mulher comemora-se na empresa há já vários anos. Este ano, as atividades desenvolvidas foram baseadas no slogan “Sim à diferença, não à desigualdade”, lembrando que, o reconhecimento dos talentos deve ser feito pela competência dos colaboradores e não pela diferença de género.

A nível institucional, foi realizado um encontro de alguns elementos da direção do Groupe PSA com as managers de Mangualde, que tiveram a oportunidade de partilhar a sua trajetória profissional, assim como os desafios que enfrentam nas suas distintas atividades.

Liliana Ribeiro, é responsável de um dos setores da empresa e achou a iniciativa muito interessante: “Este encontro permitiu-me partilhar com a direção do Groupe PSA que os dois momentos mais importantes da minha carreira profissional foram exatamente na fase de maternidade: fui nomeada responsável quando estava grávida e passei a efetiva quando estava em licença de maternidade.”

Neste dia de reflexão, a par desta iniciativa, foram promovidas outras ações no centro de Mangualde que não deixam esquecer o propósito da comemoração desta data: um encontro do Diretor com algumas colaboradoras de vários setores; uma lembrança a todas as mulheres PSA; um SMS com uma frase alusiva ao tema e um vídeo institucional, que pode ser visto através da ligação: https://youtu.be/GAzX8wpk8q0

Durante o ano, a PSA Mangualde irá assinalar outros dias comemorativos, com base na política de responsabilidade social da empresa, e em virtude dos seus compromissos públicos de respeito dos direitos humanos, diversidade e igualdade de oportunidades, assim como assinante do Pacto Mundial das Nações Unidas, pioneiro no setor automóvel.

Por:Grupo PSA

Mangualde é o único município envolvido no projeto Europeu de Formação

O momento oficial de lançamento do projeto DRIVES – Development and Research on Innovative Vocational Educational Skills decorreu na passada semana em Ostrava, na República Checa, e Mangualde é o único município envolvido no projeto. Portugal irá receber mais de 600 mil euros em financiamento comunitário para promover ações de formação e educação. O projeto terá a duração de quatro anos e pretende criar uma aliança de competências que passa pela produção de veículos, fornecedores da indústria, vendas e serviço pós-venda. Até 2025, a indústria automóvel deverá criar mais de 900 mil postos de trabalho.

DRIVES – DEVELOPMENT AND RESEARCH

ON INNOVATIVE VOCATIONAL EDUCATIONAL SKILLS

“Somos o único município envolvido, numa clara aposta para a valorização e qualificação da nossa mão-de-obra, dos nossos recursos humanos e um voto de confiança no nosso tecido industrial.” 

“Até 2025, a Comissão Europeia estima que será necessário preencher mais de 900 mil postos de trabalho no setor automóvel, metade dos quais exigirão qualificações de alto nível. Tendo consciência desta realidade e conhecendo bem o nosso tecido industrial claramente ligado a este setor, não podíamos ficar parados. – afirma João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Uma vez que este setor detém uma força de trabalho envelhecida, não possuindo por isso perfis de ciência, tecnologia e matemática dos empregos da área da Engenharia, o automóvel enfrenta forte concorrência de outros setores na captação de recursos qualificados.

João Azevedo sublinha ainda que “uma vez que o setor não detém recursos em número suficiente face a esta realidade, é fundamental avançar para a formação e foi isso que fizemos ao aderir ao projeto Drives. Somos o único município envolvido, numa clara aposta para a valorização e qualificação da nossa mão-de-obra, dos nossos recursos humanos e um voto de confiança no nosso tecido industrial.”

O projeto DRIVES – Development and Research on Innovative Vocational Education Skills, contempla quatro milhões de euros, dos quais cerca de 600 mil euros vão chegar a Portugal, trazidos por um consórcio criado pela Câmara Municipal de Mangualde, onde se integram a Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal, Grupo Antolín, Instituto Politécnico de Viseu, Universidade do Minho, IDESCOM e Eupportunity.

 

Voltar a ter um “Mangualde + Verde”

No próximo dia 24 de março, sábado, vai decorrer a iniciativa por um “Mangualde + Verde, vamos replantar Mangualde!”. Está inserida na Rota da Floresta, Programa Eco-Escolas, que pretende unir toda a população em prol da reflorestação do concelho. Entre as 14h00 e as 17h00, tendo como ponto de encontro a sede de cada Junta de Freguesia, todos os mangualdenses são assim convidados a participar. A organização é do Município de Mangualde em conjunto com o Movimento Cívico Replantar Portugal, as Juntas de Freguesia do concelho e o Agrupamento de Escolas de Mangualde.

 Durante a tarde, os participantes serão sensibilizados para a importância da floresta autóctone, participação no corte de espécies invasoras e ajudarão na plantação e criação de sementeiras em todas as freguesias do concelho.

É importante que todos os participantes tragam água, roupa adequada, luvas, botas, algumas ferramentas e lanche

Esta iniciativa conta ainda com a colaboração de: Dá Gás Clube de Mangualde, Azuribike Mangualde Team, Rodas no Trilho Clube TT Mangualde e Corpo Nacional Escutas Agrupamento 299 Mangualde.

A participação é livre.

Por:Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar