Templates by BIGtheme NET
Home » Mangualde (page 5)

Mangualde

Mangualde recebeu Comandos do 88º Curso

No passado sábado, a cidade de Mangualde recebeu o 88º Curso de Comandos, que deu origem ao Batalhão 11, o último formando em Santa Margarida, passaram o dia por terras mangualdenses.
Após a receção no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde pelo  Presidente João Azevedo ,aos cerca de 80 Comandos, seguiu-se um convívio numa unidade hoteleira da cidade.

Por:MM

A CCDR Centro assinou um protocolo com 14 entidades regionais

Foi assinado pela CCDR Centro , um protocolo com 14 entidades regionais para um projeto piloto que visa incrementar a circularidade nas compras públicas. As compras públicas circulares apresentam-se como um processo que permite às entidades públicas adquirir produtos, bens e serviços que tenham um impacto ambiental reduzido, procurando a diminuição de consumos de energia e materiais, evitando os impactos negativos e a produção de resíduos ao longo de todo o ciclo de vida.

Trata-se de um projeto inspirado nos Green Deals desenvolvidos na Holanda e que se inscreve na Agenda Regional de Economia Circular do Centro. O projeto conta com o apoio de uma equipa de peritos em compras públicas circulares pertencentes ao Ministério das Infraestruturas e Gestão da Água do Governo Holandês e será objeto de atenção por parte de consultores da OCDE, no contexto de uma ação piloto de Compras Públicas Estratégicas promovido pela Comissão Europeia.

Turismo do Centro satisfeito com distinções para a região nos prémios Guia Boa Cama Boa Mesa

A região Centro de Portugal aumentou o número de galardões atribuídos pelo “Guia Boa Cama Boa Mesa”. Este ano, foram distinguidos oito hotéis e três restaurantes situados no território do Centro de Portugal – mais dois hotéis do que em 2018.

Os prémios, atribuídos ontem à noite, confirmam assim a qualidade crescente da oferta do Centro de Portugal nas áreas da hotelaria e restauração.

Para a equipa do guia do jornal “Expresso”, oito dos 30 melhores alojamentos do país (mais de um quarto do total) estão localizados na região Centro de Portugal. Destes, destacou-se a Casas do Côro (Marialva, Mêda), que recebeu a Chave de Platina, troféu máximo que apenas distinguiu quatro unidades em todo o país.

Também na região, o H2otel Congress & Medical Spa (Unhais da Serra, Covilhã) e o Rio do Prado (Arelho, Óbidos) foram premiados com a Chave de Ouro. A Chave de Prata distinguiu o Areias do Seixo Charm Hotel (Mexilhoeira, Torres Vedras), o Luz Charming Houses (Fátima, Ourém), o Sapientia Boutique Hotel (Coimbra) – que repetem os prémios de 2018 – e as novidades Casa de São Lourenço – Burel Panorama Hotel (Manteigas) e Cooking & Nature – Emotional Hotel (Alvados, Porto de Mós).

A nível da restauração, foram premiados três projetos do Centro de Portugal. Com Garfo de Ouro, o “Boa Cama Boa Mesa” premiou o Mesa de Lemos (Silgueiros, Viseu) e o Rei dos Leitões (Mealhada). O Vallécula, em Valhelhas, Guarda, foi distinguido com um Garfo de Prata.

“O Turismo Centro de Portugal enaltece o dinamismo dos empresários da região, que ano após ano procuram diversificar e melhorar a qualidade das experiências que proporcionam a quem nos visita. Os resultados, de que estes prémios são apenas um exemplo, estão à vista. Mas esse esforço é visível todos os dias nas unidades de alojamento e nos restaurantes do Centro de Portugal, que estão ao nível das melhores práticas internacionais”, considera Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Os prémios “Boa Cama Boa Mesa” são dos mais prestigiados no setor da restauração e hotelaria em Portugal, reconhecendo, desde 2013, unidades que se destacam no nosso país.

Mangualde acolheu Escuteiros da região de Viseu

A Equipa Regional dos Caminheiros (ERC) da Região de Viseu, do Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português promoveu, nos dias 5, 6 e 7 de abril, em Mangualde, a sua atividade regional – VIRIATUS, em regime de acantonamento. Destinada para os Caminheiros, foi subordinada ao lema: “Deixa o melhor de TY”.

A atividade, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde, reuniu 140 escuteiros, entre Caminheiros, Companheiros e Dirigentes do CNE, da região de Viseu, mas também escuteiros de dez regiões do país, desde o Algarve até Braga.

Durante o evento, os participantes realizaram diversas atividades, dando o melhor de si ao concelho de Mangualde. Pintaram e colocaram ecopontos em locais públicos, como foi o caso da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, das piscinas municipais, do Campo Conde de Anadia e do Estádio Municipal. Houve ainda oportunidade para visitarem os lares da cidade.

O VIRIATUS 2019 pretendeu criar oportunidades de encontro e partilha de vivências escutistas; sensibilizar para a construção de um mundo melhor; contribuir para a educação integral dos participantes destacando os valores cristãos da Vida, do Empenho e do Compromisso; e celebrar a festa da Vida.

 

 

AFViseu- CA Molelos subiu e Mangualde está a um passo

Ronda 21- 1ªdivisão- sul

Jogou-se mais uma ronda da 1ªdistrital da AF Viseu, com o CA Molelos, orientado por João Lage, vencer o Nelas e carimbar o passaporte para a Divisão de honra, já o Mangualde ficou a um passo do play off da subida, dado que vai receber o Nelas na derradeira ronda e nesta ronda venceu pela margem mínima em Vila Chã de Sá.

Resultados:

Sl Nelas 0 – 1  Ca Molelos
Sc Nandufe 2 – 3 Moimenta Dão Fc
Besteiro Fc 1 – 1 Sc Santar
Os Ciências –Vale Madeiros Benfica
Sport Cabanas Viriato Benfica 1 – 3  Gd Santacombadense
Vila Chã Sá  0 – 1  Gd Mangualde
Lidera:CA Molelos e Mangualde 55pts

Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância em Mangualde

Serei o que me deres…que seja amor”, é o mote da campanha que assinala o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância. O Município de Mangualde e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Mangualde associam-se à iniciativa e, à semelhança de anos anteriores, promovem diversas ações durante este mês de abril: workshops, uma caminhada, construção de laços azuis e uma exposição. O Agrupamento de Escolas de Mangualde, o 5 Sentidos (Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacional), bem como empresas e IPSS’s do concelho, também apoiam a campanha.

 No dia 15 de abril, pelas 18h30, educadores de infância, pais de crianças até ao 1º ciclo e população em geral, são convidados a participar no workshop “Como motivar o seu filho para a aprendizagem!”. Nesta sessão, a acontecer no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, pretende-se abordar algumas dicas práticas com o intuito de ajudar as crianças/jovens a conseguirem utilizar um método de estudo mais eficiente; a gerirem melhor o seu tempo; a melhorarem as competências leitoras e matemáticas com estratégias lúdicas; e motivá-las para a aprendizagem.

Já no dia 29 de abril, pelas 18h00, será abordado o tema “Sinais de alerta no desenvolvimento infantil em contexto pré-escolar!”. O workshop é dirigido a pais, educadores de infância e à população em geral e decorrerá no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde. Compreender o processo de desenvolvimento normativo da criança; identificar etapas de desenvolvimento fundamentais à aquisição de competências; identificar sinais de alerta no domínio comportamental, psicomotor, linguístico e emocional; compreender o  impacto destes sinais de alerta na adaptação e aprendizagens aquando da entrada no 1º ciclo e ao longo do desenvolvimento; identificar as principais perturbações do neurodesenvolvimento na idade pré-escolar; pensar em estratégias práticas para pais e educadores; e abordar a importância da intervenção precoce e especializada, serão os objetivos desta sessão.

Uma caminhada, pelas 14h00 (concentração Arruamento Estádio Municipal), e a construção Laço Azul Humano, pelas 15h00 (Largo Dr. Couto), findam a campanha, no dia 30 de abril.

Durante este mês de abril, as empresas aderentes são também convidadas a exporem laços azuis. Esta campanha do Laço Azul começou precisamente como uma homenagem de uma avó ao seu neto vítima de maus-tratos e expandiu-se a muitos países, que usam as fitas azuis em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil e como forma de apoiar as famílias e de fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência.

PROGRAMA

Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância

15 de abril

18h30 | Workshop “Como motivar o seu filho para a aprendizagem!”

Público Alvo: educadores de infância, pais de crianças até ao 1º ciclo e população em geral

Auditório da Câmara Municipal de Mangualde

29 de abril

18h00 | Workshop “Sinais de alerta no desenvolvimento infantil em contexto pré-escolar!”

Público Alvo: pais, educadores de infância e população em geral

Auditório da Câmara Municipal de Mangualde

30 de abril

14h00 | Caminhada (concentração Arruamento Estádio Municipal)

15h00 | Construção Laço Azul Humano (Largo Dr. Couto)

Durante o mês de abril

Exposição de laços azuis nas empresas do concelho

Atividade operacional semanal da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 29 de março e 4 de abril, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

1.    Detenções: 343 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         144 por condução sob o efeito do álcool;

·         91 por condução sem habilitação legal;

·         24 por tráfico de estupefacientes;

·         13 por violência doméstica;

·         10 por furtos e roubos;

·         10 por posse de arma proibida;

·         Cinco por invasão de recinto;

·         Dois por falsificação;

·         Um por incêndio florestal.

 

2.    Apreensões:

·         2 milhões e 208 mil cigarros;

·         90 811 doses de haxixe;

·         63 doses de heroína;

·         36 doses de cocaína;

·         20 doses de liamba;

·         1193 munições de diversos calibres;

·         17 veículos;

·         30 armas de fogo;

·         23 armas brancas;

·         12 930 quilos de bivalves;

·         4 339 quilos pescado;

·         6 200 euros em numerário.

 

3.    Trânsito:

Fiscalização: 10 772 infrações detetadas, destacando-se:

·         2 539 excessos de velocidade;

·         735 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·         529 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·         534 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         402 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         368 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         399 relacionadas com tacógrafos;

·         290 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Mangualde faz um investimento superior a 1,1 milhões de euros, na rede viária, ambiente e património religioso

Na tarde , desta quinta-feira,  Carlos Miguel, Secretário de Estado da Administração Local, esteve  em Mangualde, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, assinaram, com a Paróquia de Santiago de Cassurrães, um contrato programa para a requalificação de património religioso do concelho, inauguraram a obra de reabilitação da EN329-2 e lançaram a primeira pedra da ETAR de Abrunhosa-a-Velha. Intervenções, que na sua globalidade, representam um investimento superior a 1,1 milhões de euros.

REQUALIFICAÇÃO DA CAPELA DO CALVÁRIO

Começaram a visita ao concelho de Mangualde com a assinatura de um contrato Programa de Equipamentos – Subprograma SP2 relativo à Ermida Nossa Senhora de Cervães. Ao abrigo deste programa será efetuada a requalificação da Capela do Calvário, na União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, e toda a área envolvente. Esta intervenção representa um investimento de 100 mil euros, sendo 50% da responsabilidade da Administração Central. João Azevedo sublinha que esta é “uma decisão que vem beneficiar o património religioso do nosso concelho”. Realça ainda que se tratar de “uma ação conjunta da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, da Paróquia de Santiago de Cassurrães, da Irmandade da Capela do Calvário, do Governo e da Câmara Municipal de Mangualde, para reabilitar, valorizar e preservar o património construído pelos nossos antepassados.”

 

REABILITAÇÃO DA EN329-2, TROÇO ENTRE PÓVOA DE CERVÃES E ABRUNHOSA-A-VELHA

De seguida foi inaugurada a obra de reabilitação da EN329-2, no troço entre Póvoa de Cervães e Abrunhosa-a-Velha. A requalificação da Estrada Nacional 329-2 contou com um orçamento de 762 mil euros, sendo que a Administração Central comparticipou com 60% do valor total. Os restantes 40% foram financiados pela autarquia mangualdense, que também foi responsável por realizar a intervenção. Para o presidente da Câmara Municipal de Mangualde este é “um dia feliz e histórico para as duas Freguesias (Freguesia de Abrunhosa-a-Velha e União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães), este é um sonho antigo destas populações que agora é concretizado, é uma obra que muitos diziam que nunca iria ser feita. É mais um compromisso do Governo para com Mangualde, que se concretizou.

 

LANÇAMENTO DA PRIMEIRA PEDRA DA ETAR DE ABRUNHOSA-A-VELHA

A tarde terminou com o lançamento da primeira pedra da ETAR de Abrunhosa-a-Velha. Esta obra representa um investimento de 273 mil euros e faz parte de um investimento global de mais de 7 milhões de euros em Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que Mangualde está a efetuar no concelho. Um investimento que vem solucionar problemas de décadas no que respeita ao ambiente. Em causa estão mais de uma dezena de ETAR, no total, dotadas das mais avançadas tecnologias para o tratamento de efluentes. Para João Azevedo, este é o virar de mais uma página do livro que está a perpetuar a revolução ambiental no concelho de Mangualde. Mais uma ETAR que está a ser construída para dar mais qualidade de vida às populações”

Roadshow do Programa Comércio Digital em Mangualde

 

Teve lugar em Mangualde, na quarta-feira, sessão de informação do Roadshow do Programa Comércio Digital, uma iniciativa da Associação Empresarial de Mangualde (AEM) da ACEPI e da Câmara Municipal de Mangualde.

Na abertura do evento, Elísio Oliveira, vice-presidente da Câmara Municipal de Mangualde, deu o exemplo de casos como a Uber, Farfetch, Amazon, Facebook, Uniplaces e outras empresas que revolucionaram o mundo digital, incentivando os empresários e comerciantes mangualdenses a apostarem também na Internet. “A transformação da sociedade e economia estão hoje centradas no digital. Estamos a passar do físico para o ciberfísico e do ciberfísico para o digital”, alertou.

Esta nona sessão de informação do Roadshow do Programa Comércio Digital contou com a participação de 70 pessoas entre comerciantes e empresários do concelho de Mangualde.

O vice-presidente da Associação Empresarial local partilhou, durante a abertura da sessão, a sua experiência pessoal como empresário que decidiu empreender no online: “de um universo de nove lojas físicas que já tínhamos, com a loja online o processo foi totalmente diferente, porque andamos a aprender, a esgadanhar, a esgravatar. Porém, este ano vamos chegar aos dois dígitos percentuais de faturação da nossa empresa, vendendo para todo o mundo e assegurando, neste momento, seis postos de trabalho apenas para o online”, explicou. “É possível ter uma loja online em Mangualde, a partir de Mangualde e vender para todo o lado”, afirmou Pedro Guimarães.
António Teixeira, coordenador do programa, referiu que “no estudo realizado pela ACEPI e pela IDC, em B2B, isto é, de empresa para empresa, em 2025 preveem-se cerca de centro e trinta biliões de euros em transações comerciais através da Internet”.
Para o coordenador do Comércio Digital, “estes números do comércio eletrónico são impossíveis de ignorar pelas empresas portuguesas, sejam estas micro, pequenas, médias ou grandes”, defendeu.

A sessão contou ainda com a formação sobre Marketing Digital ministrada por Eduardo Sampaio, consultor na área.
O formador reforçou a importância de adquirir tráfego para os websites e negócios online, através de ferramentas ou plataformas como redes sociais, e-mail marketing ou outras: “quando conhecemos bem o nosso público estas formas de trazer clientes para o nosso negócio são muito eficazes”, aconselhou, acrescentando que devemos apresentar “as soluções aos nossos consumidores, mesmo antes de estes as procurarem”.
Além de várias dicas, ideias e sugestões para captar potenciais clientes através da, Eduardo Sampaio, apresentou a Academia Comércio Digital, uma plataforma de e-learning onde os empreendedores podem aprofundar conhecimentos sobre estas temáticas do mundo digital no site do programa: www.comerciodigital.pt.
Este programa, apoiado pelo Governo, está a ajudar as micro, pequenas e médias empresas (PME’s) a minimizar processos, aceder aos mercados internacionais e a captar mais clientes. A iniciativa fornece ferramentas e vai apoiar a digitalização de 50 mil micro e PME’s, do setor do comércio e serviços. As empresas têm direito a um voucher 3 em 1, gratuito durante um ano, que engloba a oferta de uma ferramenta de construção e alojamento de site, caixas de correio eletrónico e domínio registado sob .pt.

Por:AEM

 

PSD Mangualde:Avençados da Câmara de Mangualde custam mais de 1 milhão e 500 mil euros!

Avençados da Câmara de Mangualde custam mais de 1 milhão e 500 mil euros!
De acordo com as informações públicas disponíveis em base.gov.pt, os números não deixam margem para dúvidas: a despesa suportada com os contratos de avença desde 2009 ultrapassa o 1 milhão e 500 mil euros. (1,3 milhões de euros, mais cerca de 300 mil euros em Iva, que a autarquia tem de suportar).
O PSD de Mangualde critica o facto de grande parte delas (avenças) serem de pessoas com ligação direta ou indireta ao partido socialista de Mangualde, não sendo as avenças cargos de confiança pessoal.
Consideramos ser um “atestado de incompetência” para com os funcionários da autarquia, até porque entendemos que a autarquia tem serviços técnicos qualificados que desenvolvem um bom trabalho. A título de exemplo, existem engenheiros civis com avença, técnicos de turismo, mas a autarquia possui nos seus quadros engenheiros civis e técnicos de turismo para desempenhar as tarefas necessárias.
A contribuir para estes números destacam-se vários exemplos onde se inclui a contratação de diversos juristas, quando a autarquia dispõe destes profissionais no quadro efetivo. São vários e nas mais diversas áreas; dois arqueólogos (um no quadro da autarquia e outro com avença); alguns são contratados individualmente, enquanto outros trabalham para a autarquia através da contratação direta da empresa onde colaboram.
O PSD de Mangualde lamenta que o Sr. Presidente de Câmara, confrontado pelo Correio da Manhã não tenha dito a verdade: “Nunca o atual executivo relacionou qualquer avença com afinidades políticas. Prova disso é que ao longo dos anos foram muito escassas as pessoas ligadas ao PS (juntamos o anexo que prova precisamente o contrário), mais numerosas as ligadas a outras forças partidárias e mais ainda as pessoas sem qualquer afinidade política. O critério foi sempre a qualidade técnica, o mérito e as necessidades de serviço.”
João Azevedo, afirmou “o atual executivo conseguiu reduzir para
cerca de metade a dívida de 17 098 487 euros da câmara, o que
permitiu sair do Plano de Saneamento Financeiro”. Atribuir os 17 098
487 euros de dívida ao PSD demonstra uma grande falta de
conhecimento. Quando o PSD chegou em coligação à CMM em
1997, herdou também uma dívida monstruosa para aquela altura,
que foi renegociada com a Caixa Geral de Depósitos. Passados 10
anos não deixam a dívida em paz. Dizer que foi muito fácil baixá-la.
Bastou não fazer obra e aumentar sistematicamente os impostos
municipais.
Dez anos depois é altura de deixarem de atribuir as culpas à anterior
gestão do PSD/CDS. É chegada a altura de começar a fazer obra
que se veja. É que a decorrer o terceiro mandato não há uma única
obra a marcar esta gestão.
João Azevedo, disse ainda “Para isso contribuíam os elevados
custos com pessoal e avenças, que totalizavam 6 387 435,79 euros
anuais, que os executivos PS reduziram em 719 110,64 euros.” –
mais uma vez não corresponde à verdade, dado que em 12 anos o
PSD/CDS apenas celebrou um contrato de avença.
Enquanto o PS de Mangualde fala (1 de Abril foi ontem), o PSD de
Mangualde fala a verdade, sustentada e fazendo prova, sempre com
documentos apresentados.
O PSD de Mangualde lamenta ainda o silêncio comprometedor e
conivente do Partido Socialista de Mangualde.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar