Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura (page 3)

Cultura

UF Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro celebrou Dia da Criança

Um pouco por toda a parte, o Dia da Criança foi celebrado com grande relevância, assim a União de Freguesias Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro, levou a efeito este dia animado.

Assim a festa foi celebrada na localidade do Cadoiço com a presença de  crianças, pais e familiares.

XXV Encontro dos Antónios do concelho Fornos de Algodres

Realiza-se mais um encontro convívio de todos os Antónios do Concelho de Fornos de Algodres no próximo dia 16 de junho , na localidade de Queiriz .
A concentração decorre por volta das 10h30 da manhã , sendo de seguida a realização da Eucaristia, com homenagem a todos os Antónios do Concelho já falecidos.
Mais tarde, por volta das 13h30, acontece o almoço convívio no Restaurante/Pizzaria Nascer do Sol- Carapito, no final do repasto, haverá entrega de lembranças a todos os presentes.
Vai ser mais um dia festivo, para todos os Antónios deste Concelho de Fornos de Algodres.
As inscrições podem ser feitas através de 963268796/962955069
Por : António Pacheco

Recriação Histórica de Santar

 Decorreu mais uma edição da Recriação Histórica de Santar, este ano “A Mítica Figura de D. Lopo da Cunha” foi o tema central de um fim de semana pleno de história e estórias em torno de um dos mais conhecidos santarenses. Este evento organizado pela “Associação Cultural e Informativa os Amigos de Santar” contou com o apoio do Município de Nelas e da União das Freguesias de Santar e Moreira.

Iniciou-se com uma visita guiada denominada “Viagem ao Tempo de D. Lopo” em que cerca de uma centena de pessoas percorreram locais emblemáticos e históricos da Vila de Santar, nomeadamente o Paço dos Cunhas (residência de D. Lopo) , a Igreja da Misericórdia (fundada por D. Lopo), a estrada romana, a Igreja Matriz (fundações medievais), a Fonte da Torre (no Largo onde existiu uma Torre Medieval) e  a Casa Fidalgas com os seus belos jardins, tudo isto locais que D. Lopo certamente conhecia e percorreu também.

No Largo do Paço a representação esteve a cargo do Teatro Hábitos, num espetáculo repartido pelos dois dias que maravilhou os presentes com o seu dinamismo performativo, apoiado pelo Grupo de Bombos do Paço e pela Associação Coral Canto e Encanto. As associações culturais do Município de Nelas que dignificaram, assim o papel das associações locais em prol da comunidade e da sua cultura comum.

Uma conferência histórica proferida pelo historiador Dr. João Fonseca, teve como mote “Lopo da Cunha, o Homem e o seu tempo” e serviu para desmitificar esta figura histórica através da apresentação de argumentos científicos e documentais, que na sala do lagar da “Casa do Paço” antiga residência do próprio D. Lopo da Cunha, cativou dezenas de pessoas.

Não faltaram motivos de interesse para cativar centenas de pessoas a visitar a “mui nobre” Vila de Santar e provar os seus vinhos, em particular dos 4 produtores que apoiaram o evento, Fidalgas de Santar, João Fazenda, Paço dos Cunhas de Santar e Quinta do Sobral.

A Vila de Santar afirma-se mais uma vez com um potencial histórico, cultural e patrimonial que é comprovado a cada passo que percorremos.

Por:MN

 

Palavras Lavadas nas Sextas da Lua em Mangualde

A próxima edição do “Sextas da Lua” será protagonizada pelo Teatro Onomatopeia, com a apresentação da peça Palavras Lavadas. O espetáculo, agendado para as 21h30 do dia 22 de junho, terá lugar no Auditório Biblioteca Municipal de Mangualde.

A encenação da peça é de Graeme Pulleyn. A partir de uma história original, que se situa entre a realidade o imaginário e a fantasia, esta nova criação promete arrancar sorrisos e emoções de todos aqueles que pretendam abraçar esta história e as suas personagens. Trata-se de um espetáculo verdadeiro, transformador, libertador e mágico, que nos leva à reflexão e, quem sabe, à mudança.

SINOPSE

Dois caminhos que se cruzam, como fios num tear. Duas histórias entrelaçadas que giram à volta dos grandes temas da vida: amores e desamores, encontros e desencontros, partidas e chegadas.

Um misterioso “lavadeiro” aparece, como que caído do céu, para mudar a vida a uma viúva que lava lençóis no rio da sua aldeia. Entretanto, na cidade, um premiado chefe de cozinha descobre que nem tudo é trabalho e inicia uma longa viagem de autodescoberta.

Inspirada em alguns dos clássicos mitos e tramas da cultural ocidental, Palavras Lavadas é uma parábola para os nossos tempos, produto de um processo de criação coletivo, que procura brindar o seu público com um momento teatral que celebra a vida e a luta da mulher e do homem pela felicidade.

Os bilhetes têm um custo de 5 euros e encontram-se à venda no local onde vai decorrer o espetáculo – Auditório Biblioteca Municipal de Mangualde.

Penalva acolheu Fase Regional/Intermunicipal de Viseu Dão-Lafões

A Biblioteca Municipal de Penalva do Castelo organizou, na passada segunda-feira, dia 21, a Fase Regional/Intermunicipal de Viseu Dão-Lafões da 12ª edição do Concurso Nacional de Leitura, uma iniciativa que contou com a participação de cerca de meia centena de concorrentes provenientes dos 14 concelhos que compõem este território beirão.

Esta fase regional/intermunicipal assumiu a modalidade de “concurso-espetáculo”, foi constituída por uma prova escrita e por uma prova oral/de palco e permitiu apurar os finalistas por categoria (ciclos de ensino) que representarão a região na final nacional do Concurso Nacional de Leitura.

As provas escritas, resolvidas por todos os concorrentes, decorreram na Biblioteca Municipal e basearam-se nas 4 obras literárias selecionadas pela organização para esta etapa do concurso. As provas orais/de palco, abertas ao público em geral, foram constituídas por dois momentos (uma prova de argumentação e uma prova de leitura expressiva), desenrolaram-se na Casa da Ínsua, no Salão Príncipe da Beira, e foram realizadas pelos três concorrentes melhor classificados de cada ciclo de ensino.

O Concurso Nacional de Leitura é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura (PNL), em parceria com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Instituto Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e a Rádio Televisão Portuguesa (RTP), e constitui o maior evento de promoção da leitura dirigido aos estudantes portugueses, integrando, nesta 12ª edição e pela primeira vez, alunos de todos os ciclos de ensino e envolvendo escolas e bibliotecas públicas de todo o país. A Biblioteca Municipal de Penalva do Castelo foi selecionada e convidada pela DGLAB para assumir a organização desta fase do concurso na região de Viseu Dão-Lafões.

Através desta prova-espetáculo intermunicipal, que teve como principal objetivo estimular o gosto pela leitura nas gerações mais jovens, num encontro que se tornou numa grande festa do livro, Penalva do Castelo assumiu o estatuto de capital regional da leitura.

A organização desta iniciativa contou com o apoio direto da Coordenação Interconcelhia da RBE, do Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo, designadamente da equipa da Biblioteca Escolar e do Curso Profissional de Restauração (variante Cozinha e Pastelaria), bem como com o patrocínio de diversas outras entidades (Edições Esgotadas, Fnac/Viseu, Leya/Pretexto, Papeleira Adrião e Parador Casa da Ínsua).

Apurados da região de Viseu Dão Lafões para a Final Nacional do Concurso Nacional de Leitura:

 

1ºCEB:

– Lara Mesquita Lopes (Agrupamento de Escolas de Mangualde);

– Ana Francisco Morgado (Agrupamento de Escolas de Castro Daire);

– Suplente: Isabel Maria Tavares Quelhas (Agrupamento de Escolas de Vouzela).

 

2º CEB:

– Matilde Azevedo Gomes Augusto (Agrupamento de Escolas de Gão Vasco – Viseu);

– André Figueiredo Almeida (Agrupamento de Escolas de Vouzela);

– Suplente: João Miguel da Costa Ferreira (Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo).

 

3º CEB:

– Sara Pereira Figueiredo (Agrupamento de Escolas de Sátão);

– Luísa Maria Mendonça Pessoa (Agrupamento de Escolas de Nelas);

– Suplente: Tiago Manuel Pereira da Silva (Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades).

 

Ens. Secundário:

– Lísia Maria Gonçalves Branco (Escola Secundária Alves Martins – Viseu);

– Filipa Maria Ferreira Magalhães (Agrupamento de Escolas de Castro Daire);

– Suplente: Inês Morais de Sousa (Agrupamento de Escolas de Santa Comba Dão).

Por:BMPC

Florbela Queiroz em teatro de revista em Nelas

Florbela Queiroz, a festejar  60 anos de carreira, e depois de ter percorrido o país com a revista “Ol(h)á Florbela!”, lidera o elenco da nova revista à portuguesa  “Que Grande Caldeirada!” e estará dia 8 de junho, pelas 21h30 no Ciné- Teatro Municipal.

“É no palco que os artistas devem estar”, tem referido muitas vezes Florbela Queiroz. Com energia e entrega, nesta nova revista recriará números de grande êxito da sua carreira como a “NETA DE FLORBELA” ou a “SENHORA DAS PULSEIRAS”. E é nos palcos que se manterá ao lado de um elenco que conta com a experiente  Isabel Damatta, que irá interpretar uma divertida e nova rábula intitulada “PESADELO NA COZINHA”;  Sara Inês, que se confirma como grande atriz de revista no quadro “AS ESCOLHAS DE MATILDE”; a escultural  Raquel Caneca, que se desdobra nas funções de atriz e de cantora; a grande revelação Gonçalo Brandão, que se afirma na rábula “LIÇÃO DE CULINÁRIA” e Ricardo Miguel que se junta à companhia com destaque para o número sério “O PAÍS DO JOAQUIM”.

“Que Grande Caldeirada!” apresenta-se com textos de  grande êxito, entre outros, de César de Oliveira, Francisco Nicholson e Isabel Damatta, bem como textos originais de Renato Pino. A música está a cargo do Maestro Carlos Dionísio e a produção de Ricardo Miguel e de João Nuno Baptista, tal como na revista “Ol(h)á Florbela!”

A revista apresenta um luxuoso guarda-roupa e atrativas projeções que dão luxo e glamour ao espetáculo

Os bilhetes já estão à venda  na Biblioteca Municipal de Nelas no seguinte horário: seg. a sexta 09h00 às 17h00 | sáb. 14h30 às 18h00. e podem ser reservados e obter informações através dos números 232940141 ou 917791497.

Por:MN

Bombeiros de Fornos de Algodres e OMB Grupo Ótico celebraram protocolo

RASTREIO VISUAL  A 8 DE JUNHO

Foi celebrado um  protocolo entre a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres e o OMB Grupo Ótico que permite a todos os colaboradores, associados e familiares diretos a possibilidade de usufruir de descontos até 40%, na rede de lojas OMB GRUPO OPTICO. (Estrada nacional nº 16, nº 57).

Pode ainda marcar a sua consulta para: 271 701 044).
O OMB Grupo Ótico disponibiliza ainda a todos os colaboradores, associados e familiares diretos da A.H. dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres um RASTREIO VISUAL, no dia 8 de JUNHO, junto ao quartel entre as 10h e 18h.

Um universo de vantagens para os colaboradores, associados da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres e para os seus familiares.

Espetáculo “Ecos do Côa” avança dia 9 de junho

Este projeto pretende diversificar a oferta cultural das comunidades, bem como envolver as pessoas em novas experiências artísticas.

O projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” promovido pela CIMBSE em parceria com a Associação de Municípios da Cova da Beira e os municípios foi apresentado em Figueira de Castelo Rodrigo, no salão do Ginásio Clube Figueirense.

Uma iniciativa que pretende constituir uma rede cultural entre os 15 Municípios da CIMBSE, vocacionada para a promoção cultural deste território. O projeto assenta em três áreas artísticas: dança, teatro e música.

O primeiro espetáculo “Ecos do Côa”, uma criação artística dos DEMO em coprodução com a CARB, vai ser realizado no próximo sábado, dia 9 de junho, pelas 22 horas, no Largo Serpa Pinto, em Figueira de Castelo Rodrigo. É um espetáculo de dança que reúne participantes dos concelhos de Figueira de Castrelo Rodrigo, Pinhel, Almeida, Trancoso e Mêda.

Para Paulo Langrouva, presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, “esta é uma experiência nova que irá enriquecer o programa cultural dos municípios e pode ser o primeiro de outros projetos em cooperação”. Também Rui Ventura, vice-presidente da CIMBSE e presidente do Município de Pinhel, esteve presente na apresentação e acrescentou que “este projeto é a génese da CIM, que pretende fazer projetos intermunicipais”.

Trata-se de uma “iniciativa inédita no país que reúne 15 municípios para fazer cultura” destaca António Ruas, que adianta que foram contratados especialistas nas diferentes áreas que estão a criar co-produções com a comunidade, “espírito colaborativo é o que pretendemos com este projeto”.

O primeiro espetáculo está marcado para Figueira de Castelo Rodrigo, no dia 9 de junho, às 22 horas, no Largo Serpa Pinto, que já tem 170 metros quadrados de terra e as bancadas montadas. O sabor a terra, os brasões e nas lendas dos municípios, bem como a natureza são algumas das inspirações do espetáculo que conta com a participação de 38 voluntários, amadores.

 

A Rota de Santo António dos Cabaços”foi revivida

 A Câmara Municipal de Mangualde convidou a conhecer ontem, de forma gratuita, “A Rota de Santo António dos Cabaços”, em S. Cosmado. Estiveram presentes cerca de 60 pessoas.

Mais de 60 pessoas participaram neste passado Domingo, em mais um percurso pedestre inserido na iniciativa “Mangualde em Movimento” do Município de Mangualde.

O percurso saiu do centro da Aldeia de S. Cosmado, passou pela serra de Stº António, tendo o percurso passagem obrigatória pela Capela de Stº António dos Cabaços, que vai estar em festa no próximo dia 13 de junho.

Incentivar o desporto e dar a conhecer Mangualde são os principais objetivos deste projeto, que contou com a colaboração da Associação Cultural e Desportiva Os Ciências.

Por:MM

 

Carlos Almeida/João do Vale vencem Torneio de sueca da Casa do SLB em Fornos

Realizou-se mais uma edição do Torneio de sueca, na sede da Casa dos benfiquistas em Fornos de Algodres, com uma adesão satisfatória, 16 pares iniciaram a prova.

Sempre presente o fair-play e cordialidade e animação, no final o vencedor foi o par Carlos Almeida e João do Vale.

Na segunda posição, Manuel Faustino e José  Sousa, no derradeiro lugar de pódio, ficaram José Lopes e Carlos Constantino.

Depois na quarta posição, Luis Miguel Henriques e Carlos Pais Oliveira por fim na quinta posição, José Anastácio Ferreira e Carlos Lote, assim como Vitor Verdade e Severino Teixeira.

No final um bom jantar convivio.

Por:SP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar