Templates by BIGtheme NET
Home » Cultura (page 375)

Cultura

Grande noite de Fados em Fornos de Algodres

 Homenagem aos 120 anos do nascimento do Dr.António Menano

  Noite memorável com a recordação do ilustre Fadista Dr. António Menano,
que completava 120 anos se fosse vivo, face a isso, o Município de
Fornos de Algodres proporcionou uma bela, fantástica noite de Fados, com
largas centenas de pessoas a encher os Paços do Município
para
relembrar e cantar os maravilhosos fados do fornense Dr.António Menano,
pelo grupo de Fados de Coimbra, “Fado ao Centro, que sem duvida, o ponto mais alto da noite, foi a entoação do fado “Adeus ó Vila de Fornos”, uma musica que mexe com todos os fornenses, pois o fadista nesta melodia, homenageou a sua terra.
  Para João Farinha a voz da noite, cantar António Menano foi uma honra, pois foi um ídolo e um dos melhores da canção de Coimbra, sentou um grande calor humano nesta grande plateia, que adoro ouvir o Fado de Coimbra.

  Já o Dr.Manuel Fonseca, autarca desta localidade, estava satisfeito pelo sucesso do evento e com a larga adesão das pessoas e referiu que é importante este tipo de iniciativas, e acima de tudo trazer cultura, não existe muito dinheiro para grandes eventos, mas vamos fazendo eventos simples de maneira que haja cultura nesta terra.
Temos de ter memória, e não podemos esquecer quem noutros tempos representou bem Fornos, aliás Dr.António Menano é um símbolo de cultura.
  Num futuro próximo vamos tentar fazer um Workshop de Teatro que tem raízes por cá também.
Por :Sofia Pacheco e António Pacheco

Aguiar da Beira promove Concurso Municipal de Ideias de Negócio

  No próximo dia 15 de maio, sexta -feira, os Alunos do Agrupamento Aguiar da Beira apresentam ,os  dez projetos empreendedores no âmbito do concurso municipal de negócios promovido pela CIM Viseu Dão Lafões.

  
Decorre no Centro Cultural, com a animação do grupo de atividades rítmicas expressivas Superstars, pelo meio das apresentações.
  O projeto que sair vencedor, vai representar o Agrupamento,  na final intermunicipal, dia 5 de Junho, em Viseu.

Por: AEAB

Um dia diferente dos Idosos da Misericórdia de Mangualde

UTENTES DA MISERICÓRDIA DE MANGUALDE VISITAM PADARIA/PASTELARIA E PARTICIPAM NA CONFECÇÃO DO PÃO.
  De acordo com a agenda de animação cultural, recreativa e de ocupação
dos tempos livres da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, a manhã do
dia de hoje foi marcada pela visita a uma padaria/pastelaria do nosso
Concelho.

  Durante esta visita, 26 Utentes dos Lares assistiram e
participaram nas múltiplas tarefas que estão associadas à confecção do
pão e outros doces de pastelaria.
   O
primeiro passo foi fazer a massa do pão, que hoje é confeccionada nas
máquinas e não é preciso amassar manualmente, os idosos assistiram
atenciosamente, e iam fazendo comparações com antigamente. Depois desta
amassada, foi a repousar durante dez minutos, e só ao fim deste tempo é
que os idosos confeccionaram o pão. Um a um, na sua vez recebeu um
bocado de massa e confeccionou o seu próprio pão com chouriço. Dez
minutos depois de ir ao forno tivemos um resultado muito positivo e
delicioso.
   Os idosos ficaram muito satisfeitos com esta experiência
e gratos pelo carinho e atenção que receberam por parte de todos os
funcionários da Pastelaria.
Foi uma manhã divertida, que para alguns foi cheia de experiências novas e para outros trouxe boas recordações…!

II GALA dos ‘BONS VELHOS TEMPOS’ EM MANGUALDE

  No próximo dia 20 de maio, pelas 14h00, o auditório da
Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe a segunda edição
da Gala dos ‘Bons Velhos Tempos’. Este encontro é organizado pela Tempo XL e
conta com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde. A entrada é livre e
destina-se ao público de todas as idades.
A gala, que assinala os 4 anos de
existência do programa itinerante ‘Bons velhos Tempos’, promete ser um momento
de alegria e festa, que traz a palco o talento, o saber e a candura de quem já
viveu muito e continua a sorrir para a vida.
 Trata-se de um espetáculo
organizado, conduzido e colorido por várias pessoas idosas institucionalizadas
no município de Mangualde, tornando público algum do trabalho desenvolvido ao
longo do ano e fazendo uma retrospetiva de vários bons momentos passados.

  O programa abrange 400 idosos, num
total de 780 sessões de 2 horas/cada. Desde 2011 foi possível participar, no
âmbito deste projeto, em atividades regulares de animação em itinerância por
três centros paroquiais do concelho, na I Gala dos Bons Velhos Tempos, no I
Concerto intergeracional de Natal, em nove edições da Operação Caça-Sorrisos e
em mais de meia centena de atividades intergeracionais realizadas em parceria
com cinco escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico e Jardim-de-infância, envolvendo
105 crianças.
BOAS PRÁTICAS DE ANIMAÇÃO PROMOVEM BEM-ESTAR DOS
IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS
  A iniciativa ‘Bons Velhos Tempos’
começou por ser um projeto-piloto, desenvolvido em parceria com o Município de Mangualde e três centros paroquiais do concelho que não
tinham animador, do qual resultaram boas práticas de animação em itinerância,
tendo-lhe sido reconhecidas mais-valias para a promoção da participação social
e para o bem-estar dos idosos institucionalizados.
Surgiu neste sentido a Tempo XL, uma empresa social com a missão de continuar a
criar projetos diferenciadores de intervenção pelas artes, reforçar e
complementar nesta localidade o leque de ofertas e respostas sociais,
formativas e culturais para instituições de apoio a idosos, de forma a melhorar
a qualidade de vida, combater a solidão e o isolamento, promover a inclusão
social, a expressão individual e a sensibilização da comunidade.

Seia comemora o Dia Internacional dos Museus

Município de Seia Entrada Gratuita nos Museus
  Na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, os espaços museológicos municipais em Seia abrem ao público e têm entrada gratuita.
  A medida visa assinalar o Dia
Internacional dos Museus, que este ano se celebra a uma segunda-feira,
dia da semana correspondente ao dia de fecho semanal dos museus.

  Neste âmbito, a autarquia de Seia
entendeu abrir o Museu do Brinquedo e o Museu Natural da Eletricidade,
proporcionando igualmente o acesso livre aos mesmos, durante o período
das 10h às 18h.
  O Dia Internacional dos Museus foi
instituído em 1977 pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), com o
objetivo de sensibilizar o público para o papel dos museus no
desenvolvimento da sociedade.
  Localizado no centro da cidade de Seia, o
Museu do Brinquedo foi inaugurado em 2002 e apresenta uma coletânea de
cerca de 8000 brinquedos de Portugal e do mundo, do passado ao presente.
É objetivo deste espaço museológico valorizar a atividade lúdica e o
direito de brincar, preservando memórias, costumes e crenças dos tempos
antigos e atuais, desempenhando um importante papel na consolidação dos
laços culturais entre Portugal e o mundo.
  O Museu Natural da Eletricidade foi
inaugurado em 2011 e está situado na Senhora do Desterro – São Romão, a
800 metros de altitude. Este espaço museológico nasce a partir da
centenária Central da Senhora do Desterro, e pretende divulgar o
património tecnológico, natural, social e cultural que lhe está
associado. Esta central manteve-se em atividade até meados dos anos
noventa, constituindo o seu corpo de máquinas e painel de comando
verdadeiros tesouros do património industrial.
Fonte:Mun.Seia

IV FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA, em Mangualde

  No fim de semana de 23 e 24 de maio, Mangualde acolhe mais uma edição
da Feira dos Produtos da Terra e do Fim de Semana Gastronómico do
Cabrito, numa parceria da Câmara Municipal e da Cooperativa Agropecuária
dos Agricultores de Mangualde (COAPE).No fim de semana de 23 e 24 de maio, Mangualde acolhe mais uma edição
da Feira dos Produtos da Terra e do Fim de Semana
Gastronómico do
Cabrito, numa parceria da Câmara Municipal e da Cooperativa Agropecuária
dos Agricultores de Mangualde (COAPE).No fim de semana de 23 e 24 de maio, Mangualde acolhe mais uma edição
da Feira dos Produtos da Terra e do Fim de Semana Gastronómico do
Cabrito, numa parceria da Câmara Municipal e da Cooperativa Agropecuária
dos Agricultores de Mangualde (COAPE).

  A Feira dos Produtos da Terra decorre no Largo Dr. Couto no sábado,
das 14h00 às 20h00, e no domingo, das 10h00 às 20h00, e procura
dinamizar os produtores da terra e promover os produtos que a região nos
oferece.
  Diversos produtos, entre os quais, o vinho, o mel, o queijo, a fruta
(maçã, cereja, mirtilo), licores, a doçaria, as batatas, as cebolas, as
ervilhas, as favas, as couves, o feijão, as azeitonas, os ovos, os
frutos secos, o azeite, os enchidos, a pastelaria, o artesanato, entre
outros, fazem parte integrante deste fim de semana gastronómico que será
de novo um marco no município de Mangualde.
  O Fim de Semana Gastronómico do Cabrito decorre, paralelamente, nos
restaurantes aderentes (A Tasquinha, o Cantinho dos Petiscos, Casa do
Ermitão, Cascata de Pedra, Os Galitos, Gestur, Hotel Cruz da Mata, Hotel
Sr.ª do Castelo, Hotel Rural Mira Serra, O Valério e Rio Dão).
PROGRAMA IV FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA
23 de maio
15h00 – Associação Cultural e Recreativa Bacatela
15h30 – Tuna Convívio de Santiago de Cassurrães
17h00 – Rancho Folclórico “Os Camponeses da Mesquitela”
24 de maio
15h00 – Rancho Folclórico de Mangualde
16h00 – Tuna Académica Infantuna Cidade de Viseu
16h30 – Sloebush Band
  A Feira dos Produtos da Terra decorre no Largo Dr. Couto no sábado,
das 14h00 às 20h00, e no domingo, das 10h00 às 20h00, e procura
dinamizar os produtores da terra e promover os produtos que a região nos
oferece.
  Diversos produtos, entre os quais, o vinho, o mel, o queijo, a fruta
(maçã, cereja, mirtilo), licores, a doçaria, as batatas, as cebolas, as
ervilhas, as favas, as couves, o feijão, as azeitonas, os ovos, os
frutos secos, o azeite, os enchidos, a pastelaria, o artesanato, entre
outros, fazem parte integrante deste fim de semana gastronómico que será
de novo um marco no município de Mangualde.
O Fim de Semana Gastronómico do Cabrito decorre, paralelamente, nos
restaurantes aderentes (A Tasquinha, o Cantinho dos Petiscos, Casa do
Ermitão, Cascata de Pedra, Os Galitos, Gestur, Hotel Cruz da Mata, Hotel
Sr.ª do Castelo, Hotel Rural Mira Serra, O Valério e Rio Dão).
PROGRAMA IV FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA
23 de maio
15h00 – Associação Cultural e Recreativa Bacatela
15h30 – Tuna Convívio de Santiago de Cassurrães
17h00 – Rancho Folclórico “Os Camponeses da Mesquitela”
24 de maio
15h00 – Rancho Folclórico de Mangualde
16h00 – Tuna Académica Infantuna Cidade de Viseu
16h30 – Sloebush Band
  A Feira dos Produtos da Terra decorre no Largo Dr. Couto no sábado,
das 14h00 às 20h00, e no domingo, das 10h00 às 20h00, e procura
dinamizar os produtores da terra e promover os produtos que a região nos
oferece.
  Diversos produtos, entre os quais, o vinho, o mel, o queijo, a fruta
(maçã, cereja, mirtilo), licores, a doçaria, as batatas, as cebolas, as
ervilhas, as favas, as couves, o feijão, as azeitonas, os ovos, os
frutos secos, o azeite, os enchidos, a pastelaria, o artesanato, entre
outros, fazem parte integrante deste fim de semana gastronómico que será
de novo um marco no município de Mangualde.
O Fim de Semana Gastronómico do Cabrito decorre, paralelamente, nos
restaurantes aderentes (A Tasquinha, o Cantinho dos Petiscos, Casa do
Ermitão, Cascata de Pedra, Os Galitos, Gestur, Hotel Cruz da Mata, Hotel
Sr.ª do Castelo, Hotel Rural Mira Serra, O Valério e Rio Dão).
PROGRAMA IV FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA
23 de maio
15h00 – Associação Cultural e Recreativa Bacatela
15h30 – Tuna Convívio de Santiago de Cassurrães
17h00 – Rancho Folclórico “Os Camponeses da Mesquitela”
24 de maio
15h00 – Rancho Folclórico de Mangualde
16h00 – Tuna Académica Infantuna Cidade de Viseu
16h30 – Sloebush Band

Centro Cultural passa a ter o nome de “Dr.António Menano”

  Decorreu esta manhã, no auditório do Centro Cultural de Fornos de Algodres, a Cerimónia de Atribuição do Nome “António Menano” a este Centro Cultural, presidida pelo Presidente do Município Dr.Manuel Fonseca , que explicou a todos os presentes o porquê desta cerimónia e  António Menano que foi uma figura ilustre desta Vila , através da sua vida académica , onde viria a destacar-se como uma verdadeira estrela do Fado de Coimbra, facto esse que orgulhou naquela época os fornenses e ainda hoje a própria Associação Académica de Coimbra detém neste nosso conterrâneo, sendo uma figura que está imortalizada naquela cidade, assim como para os novos fadistas de Coimbra , António Menano é um modelo a seguir na canção.

  O Fado Português é hoje um símbolo de património mundial e uma das referências do povo português.
  No exterior do Centro Cultural foi descerrada uma placa alusiva à cerimónia, onde para além do executivo da autarquia estiveram presentes os mais diversos familiares deste símbolo do fado  de Fornos de Algodres .Para continuar estas comemorações dos 120 anos do seu  nascimento , vai ter lugar nos Paços do Município no sábado , dia 9 de maio pelas 21h00 onde todos irão recordar os maravilhosos fados de Coimbra , onde alguns deles são do fadista local.

 Reportagem de Sofia Pacheco

ARTIS XIII – Festival de Artes Plásticas de Seia 2015

  A abertura oficial da ARTIS está agendada para as 21h00, hora em que
se procederá à visita das exposições nas Galerias da Casa Municipal da
Cultura de Seia, a que se seguirá a cerimónia de homenagem a Geoffrey
Norman Kilpatrick (título póstumo) e António Júlio Vaz Saraiva e um
concerto com a Orquestra didática do Conservatório de Música de Seia,
às 22h00 no Cineteatro.

 A mostra coletiva de artes plásticas, composta por trabalhos de
pintura, escultura e fotografia de mais de meia centena de artistas de
Seia, alusivos ao tema E AGORA?, na perspectiva de olhares críticos sobre o futuro, nas encruzilhadas do mundo moderno, ou de temática livre, estende-se pelos espaços da Casa Municipal da Cultura.
  Nas Galerias são apresentadas 35 trabalhos de desenho e pintura e
nove esculturas e o foyer do cineteatro reúne 27 obras de fotógrafos
profissionais e amadores.
Blogue oficial do Festival de Artes e Imagem: www.artisdeseia.blogspot.pt

FIT Guarda 2015 já abriu ao público

 Abriu assim ao público a segunda edição da FIT(Feira Ibérica de Turismo), a decorrer na cidade da Guarda, com a honra de ter o Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho esteve a poder visualizar algumas das maravilhas que o nosso Portugal dispõe.
  Na abertura, Álvaro Amaro era um homem satisfeito, pois a feira está pronta para ser um sucesso a nível nacional e mesmo internacional, pois dada a envolvência de todos os expositores e Municípios que procuram assim deste modo, projetar as suas terras, gentes e culturas para que a curto prazo possam vir a ganhar mais dinamismo.
De registar a criatividade de todos os Municípios em colocar bem evidenciadas as suas marcas e Fornos de algodres surge recriando a famosa Anta, que tem suscitado bastante adesão no campo da fotografia, porque grande parte dos visitantes querem levar para casa um foto num palco histórico.
Mas no fundo todos os municípios e demais expositores e alguns vindos de Espanha, se esforçaram e o o resultado está à vista que, a união faz a força.
São quatro dia de muito movimento na cidade mais alta e com milhares de turistas a fazerem-se deslocar a este evento.

CRIANÇAS DE MANGUALDE ‘DORMIRAM COM LIVROS’

   Crianças
e adultos participaram em mais uma edição do ‘Dormir com Livros’ que se
realizou da noite de 24 para 25 de abril, na Biblioteca Dr.º Alexandre
Alves, em Mangualde. O vereador da Cultura da Câmara Municipal de
Mangualde, João Lopes, abriu a sessão e deu as boas vindas àqueles que,
com entusiasmo, ansiavam ouvir histórias de encantar. A iniciativa,
organizada pela Câmara Municipal de Mangualde e que vai já na sua 9ª
edição, decorreu como forma de assinalar o Dia Mundial do Livro e dos
Direitos de Autor, que se comemorou a 23 de abril, e com o objetivo de
fomentar o gosto pela leitura junto dos mais novos.

 A
ação contou com a presença do Contador de histórias e ilustrador Rui
Ramos, que se deslocou à Biblioteca Municipal especialmente para a
sessão do ‘Dormir com Livros’, enquanto colaborador da Associação
AJUDARIS, no projeto Histórias da Ajudaris. Rui Ramos contou várias
histórias que fizeram as delícias das crianças e adultos presentes na
iniciativa. Durante a sessão o
Ilustrador fez ainda uma apresentação da Associação AJUDARIS e da
exposição de ilustração patente na Biblioteca Municipal de Mangualde até
à próxima quinta-feira, 30 de abril, salientando a importância desta
associação.
 A
noite continuou com muitas outras histórias preparadas pela equipa da
Biblioteca Municipal. As crianças, acompanhadas pelos respetivos pais e
membros da biblioteca participaram, entusiasticamente, nas leituras, até
o sono não permitir mais. Jogos e atividades em volta dos livros, até
perto das 3 e meia da manhã, foram as diversões desta noitada, como o
“pedypaper” pela sala de leitura, descobrindo ingredientes para
elaboração de uma receita, onde os livros e contos não faltaram. Na
manhã de 25 de abril, para além do pequeno-almoço quentinho, oferecido
pela Câmara Municipal de Mangualde, houve ainda tempo para contar
algumas histórias antes da despedida até ao próximo ano.
Foi
sem dúvida uma noite diferente para as cerca de 30 pessoas, entre pais e
crianças, onde a maratona dos contos só terminou quando o sono já se
fazia sentir.
RUI RAMOS
 Rui
Ramos é Contador de histórias e Formador de oficinas e workshops de
escrita criativa, ilustração, banda desenhada e narração oral. Mestre e
Doutor em Geologia, dedicou-se durante doze anos à investigação
científica na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, com
algumas passagens pela geotecnia (barragens e túneis). Em paralelo,
formou-se nas áreas da escrita criativa, da banda desenhada, do canto
coral e da narração oral.
Tem
vindo a coordenar vários projetos de Banda Desenhada sendo que alguns
já lhe permitiram nomeações e vários prémios. Em 2007, fundou e
coordenou a equipa R’Lyeh Dreams responsável pelos fanzines Murmúrios das Profundezas (2008) e Voyager (2011),
tendo o primeiro sido nomeado para o melhor projeto de BD de 2008,
melhor fanzine da década, em 2012, e vencedor do Troféu Central Comics
para melhor fanzine de 2008. Em 2012, criou O Baú do Contador
projeto pessoal direcionado para a narração oral e formação nas áreas da
ilustração e banda desenhada, escrita criativa e narração oral.
EXPOSIÇÃO ‘HISTÓRIAS DA AJUDARIS’ – NA BIBLIOTECA DR.º ALEXANDRE 

 A
exposição, da Associação AJUDARIS, integra o projeto da mesma,
denominado “Histórias da Ajudaris” e pretende incentivar à leitura, à
escrita e ajudar os que mais precisam. A mostra é composta por 93
ilustrações correspondentes aos originais do livro com o mesmo nome.
Nestes livros as crianças são as protagonistas e as autoras na partilha
de magia e de criatividade com os seus pares e com a sociedade em geral.
Colhendo a inspiração em termos da cidadania, de partilha e dos afetos,
ingredientes essenciais naquela que é a missão da Ajudaris, descobrem o
gosto pela escrita e publicam-se os livros. O livro é uma casa
encantada que junta contos escritos por 7000 crianças autoras orientadas
por professores generosos em contexto de sala de aula. Os contos são
pincelados por artistas iluminados.
Fonte: Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar