Templates by BIGtheme NET
Home » Religião (page 10)

Religião

Comemoração dos 350 anos da ISCMFA, com a presença de D.Ilídio Leandro

350 Anos (2) Fornos de Algodres esteve em festa, neste sábado, com comemoração dos 350 anos da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia desta localidade, que contou com a presença do Senhor Bispo D. Ilídio Leandro.

O dia desta comemoração foi o passado dia 12 de outubro, mas a celebração realizou-se este sábado, 15 de outubro, devido ao facto de ser  fim de semana.

Ao início da tarde, teve lugar a receção na Unidade de Cuidados Continuados Integrados e Lar da ISCMFA, ao Senhor Bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro, pelo Provedor, Luís Miguel Ginja , restantes membros da Mesa  e Órgãos Autárquicos da localidade.

Teve lugar o descerramento, do quadro com a imagem da Igreja da Misericórdia, pintado à mão pela pintora fornense Maria da Graça Almeida e da placa alusiva ao dia.350 Anos (30)350 Anos (44)

Decorreu uma visita guiada à Unidade, com a presença das Concertinas de Figueiró da Granja que animaram os clientes deste espaço, seguindo – se a visita ao Lar, onde D. Ilídio cumprimentou todos e deixou palavras de conforto.

De salientar, a assinatura do livro de honra por D. Ilídio Leandro, Bispo de Viseu na presença do Provedor, P350 Anos (56)residente da Assembleia Geral e Pr350 Anos (53)esidente do Definitório .

Seguiu-se uma curta caminhada, em jeito de passeio até à Igreja da Misericórdia, para a celebração da Eucaristia, com a receção do Grupo de escuteiros da localidade, assim como os Irmãos da ISCMFA, na entrada.A celebração da Eucaristia foi presidida por D. Ilídio Leandro, com a presença dos Párocos da Unidade Pastoral, Padres Jorge Luís e Marco Cabral, o Cónego Miguel, Padre Cunha, o Arcipreste da Beira Alta, Padre Nuno Azevedo e o Padre Abel Rodrigues, antigo Pároco desta Unidade. D.Ilídio Leandro enalteceu o importante trabalho que esta Santa Casa tem desenvolvido ao longo destes anos, realçando as obras de misericórdia.

Lembrou neste dia, todos os Irmãos que já partiram e que ao longo destes 350 anos, fizeram parte, mas deixou uma palavra de incentivo350 Anos (65) para os atuais Irmãos, para que continuem a fazer história nesta instituição.

No final , teve lugar , na Residência de Estudantes , um lanche convívio, onde foi partido o bolo alusivo aos 350 anos da ISCMFA.

Por:António Pacheco/Sofia Pacheco

Festa do Ramo da Vindima em Santar

2visitaCentenas de pessoas participaram ontem, dia 9 de outubro, na Festa do Ramo da Vindima, uma das mais antigas tradições que assinala o fim da época das vindimas na Vila de Santar promovida pela ACI- Associação Cultural e Informativa “Os Amigos de Santar”, em co-organização com a Câmara Municipal de Nelas e com a União de Juntas de Freguesia de Santar-Moreira.
A tarde teve início o habitual cortejo, devidamente acompanhado pela Sociedade Musical 2 de Fevereiro – Banda de Santar e pelo GDCR “Os Santarenses”, com passagem na Casa de Santar, Quinta do Sobral e Paço dos Cunhas, local que acolheu o Concerto Musical com o artista João Gentil e Convidados, num espectacular concerto que juntou acordeão, bateria e voz de Joana Leal.

Após a entrega dos Troféus “Ramo da Vindima 2016”, José Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, felicitou os envolvidos na realização deste evento, nomeadamente a ACI “Os Amigos de Santar” por toda a dinâmica e esforço demonstrado ao longo destes anos em reativar uma das mais marcantes tradições locais e organizar anualmente este evento, que homenageia os antepassados, a Vila Vinhateira de Santar, o Concelho e, claro, o nosso Vinho do Dão e toda a Região.

Peregrinação das Santas Casas das Misericórdias da Diocese de Viseu à Sé Catedral

IMG_9748  O passado domingo,  dia 2 de Outubro, foi muito importante para as Misericórdias  com a Peregrinação das Santas Casas das Misericórdias da Diocese de Viseu à Sé Catedral.

Desta forma o cortejo percorreu as ruas emblemáticas da cidade, desde o Centro Pastoral até à Sé Catedral.IMG_9778

Estiveram presentes 10 das 14 misericórdias da Diocese de Viseu, na Sé foram todos recebidos pelo Bispo D.Ilidio Leandro, que celebrou a Eucaristia de seguida e deixou palavras de louvor ás Misericórdias de Viseu e Fornos pela celebração dos 50 e 350 anos , respetivamente, neste ano de 2016.IMG_9771

Referiu ainda que a Parábola do Samaritano cumpre as obras de Misericórdia, ainda salientou que, o Ano Santo enIMG_9922cerra a 19 de novembro, em ambiente de grande festa.

“A Misericórdia é reconhecer-lhe toda a dignidade”.

Terminou dizendo que: as Santas Casas das Misericórdias são fonte avançada no amar e do encanto dos que mais precisam.

Por:António Pacheco

II Gala Solidária da Misericórdia de Mangualde com boa adesão

14568105_784411961699205_1877030769320558926_n No passado sábado, teve lugar na Quinta do Cisne, em Gandufe, a II Gala Solidária da Misericórdia de Mangualde.

Uma noite promovida pela Misericórdia de Mangualde,um momento solidário,  com o objetivo de angariação de fundos para a aquisição de dois monitores de sinais vitais para os lares da Instituição, mas também um acontecimento social, no qual marcaram presença 350 pessoas.
14591782_784412215032513_5979651422624694638_n   Gala esta que iniciou ao fim da tarde, com a receção de todos os participantes, seguindo-se o Jantar de Gala, que contou com a presença do Presidente do Município, Dr.João Azevedo e demais entidades mangualdenses.

   Mais há noite ,  o espetáculo cultural  com um concerto de “Fado &Jazz”, pelo quarteto de Paulo Lima e finalizando a noite, com uma monumental serenata da Canção de Coimbra pelo grupo de fados “Pardalitos do Mondego.

Fotos:SCMM

Trancoso acolheu o “CultivART”,

Terminou este domingo, di14433222_607468969433383_7345561422797445436_na 25 , a primeira edição do “CultivART”, Encontro Cultural e Artístico de Trancoso, promovido pelo Rotary Club e Município de Trancoso.
O “CultivART” conseguiu, ao longo de três dias, conciliar cinema, literatura, música e escultura, indo assim ao encontro de vários públicos como era pretensão da organização.

O 1º dia do encontro, sexta-feira, foi sobretudo de homenagem a Fernando Pessoa. O grupo coral Canto D’Alma, encarregue de abrir o evento, testou competentemente a acústica do anfiteatro do Convento de São Francisco. Seguidamente, os presentes tiveram a possibilidade de assistir ao “Filme do Desassossego”, realizado por João Botelho e apresentado pela estudante e futura cineasta, Rafaela Santos.

Pela manhã de sábado, Pedro Saldanha, advogado com raízes bem profundas “por terras de Bandarra”, teve a oportunidade de apresentar a obra “Trancoso – Uma Monografia” para uma imensa e interessada plateia. Paralelamente à apresentação decorreu um Workshop de Banda Desenhada conduzido por Santos Costa.14485024_607468476100099_7891440558567403790_n
Antes de uma conversa com os autores Manuel Daniel e Sofia Costa Lima foi possível juntar escritores e leitores numa sessão de autógrafos informal que juntou a grande maioria dos autores convidados.
Após o almoço solidário, com boa parte da receita a reverter para as causas humanitárias do Rotary Club, teve lugar no convento de São Francisco a emotiva apresentação e justa homenagem aos escritores dos concelhos de Trancoso e Mêda.
A noite terminou com o projeto musical “Cantos de Cego” da Galiza e Portugal – César Prata e Ariel Ninas, através das tragicomédias de tempos passados, guiaram o público a muitas infâncias, ao tempo em que a literatura de cordel informava a população.

O CultivART encerrou da melhor maneira esta bem sucedida primeira edição com o escultor naif, Odon Nogueira, e a sua “Linguagem do Barro”, com estreita colaboração da Fundação Barony of Fulwood Trust.

Por:Mun.Trancoso

Tomadas de Posse em Chãs de Tavares e Padre Carlos Rodrigues em Figueiredo de Alva

Neste domingo, fo14454122_10206968839569360_246767230_oi dia de tomada de posse dos novos párocos nas diversas localidades, assim sendo em Chãs de Tavares, numa cerimónia presidida pelo Bispo D.Ilídio, Diocese de Viseu, o Padre Carlos Monge vai colaborar com o Padre Cunha e em Figueiredo de Alva, Padre Carlos Rodrigues que estava em Fornos de Algodres. Vão ficar assim seis anos nestas comunidades , par14466241_10206968839609361_1505818651_oa as fazer crescer e germinar novas ideias e uma missão mais abrangente. As mudanças são benéficas para que exista forma de ter as comunidades incentivadas, para um futuro melhor.  

Por:António Pacheco

Fotos: BDV

Padre Marco Cabral tomou posse na Unidade Pastoral de Fornos de Algodres

14456909_10206968582922944_1949131618_oEste domingo, foi especial para a Unidade Pastoral de Fornos de Algodres, dado que, foi a apresentação do Padre Marco Cabral, como Pároco nestas paróquias.

Em Figueiró da Granja, foi recebido em ambiente de festa com as concertinas locais a animar a chegada, seguida de um momento de boas vindas.

A Eucaristia foi presidida pelo Arcipreste da Beira Alta, Padre Nuno Azevedo, com Padre Marco Cabral e o Padre Jorge Luís, a co-celebrar.

Perante uma boa moldura humana, lá decorreu e no final o Padre Marco de forma suscita, contou a sua história.14489054_10206968582122924_1832464585_o

De tarde , foi a apresentação na Igreja Matriz de Fornos de Algodres, onde foi recebido em ambiente festivo.

No seu discurso, salientou que vem para conhecer e servir esta comunidade, da melhor forma.14453998_10206968581962920_31482964_o

A partir de agora , estes dois Padres vão assim elaborar um guião de tarefas, para que tudo possa ser coordenado da melhor forma.

Por:António Pacheco

Jovens fornenses participam no 32ºEncontro Nacional JMV

14195982_1109348039102416_2407629411585861819_oDecorreu mais uma edição do Encontro Nacional da Juventude Mariana Vicentina, este ano a decorrer na zona sul , mais concretamente na região de Santiago do Cacém.

Como habitualmente acontece é o terminar de mais uma época e a partir daqui iniciar novo ano pastoral, mas também o recarregar baterias para o ano letivo que em breve se inicia.

Deste modo, este ano, dois jovens oriundos de Fornos de Algodres participaram, o Jerôme Alexandre , o presidente do Centro Local da JMV Fornos de Algodres e Fernando Melo, presidente do Conselho Regional Centro da JMV.

Por: António Pacheco

Foto: FM/JA

 

Largas dezenas de caminheiros, na caminhada da Mesquitela

14102324_10208484588686395_4717385337157889764_n Este domingo teve lugar, uma caminhada pelos trilhos da Mesquitela, no concelho Celorico da Beira, esta foi uma iniciativa da comissão de festas de Santo António de 2017, na tentativa de angariar fundos para a realização da festa no mês de junho.

Deste modo, foram muitos os caminheiros que se apresentaram para esta jornada, oriundos de diversas localidades, levou a que houvesse um maior convívio entre todos.

Durante o itinerário a bo14203359_10208484603166757_5826436981217601468_na disposição sempre reinou num ritmo razoável onde foram algumas dezenas que se fizeram ao caminho, porque para o almoço também havia algumas dezenas que não puderam caminhar e face a isso, apenas caminharam com o prato na mão, para poderem almoçar em grande convívio.

Almoço que aconteceu no salão da Associação local, onde estiveram presentes no total mais de uma centena de pessoas, que no final solicitaram que mais eventos surgissem.

Em suma, para além da angariação de fundos, ficou patente o momento precioso de convívio e também a boa disposição entre todos.

Por: António Pacheco

Grande adesão nas Festas em Honra de Nossa Senhora da Graça (Fornos de Algodres)

IMG_5416  Fornos de Algodres acolheu mais uma vez, as tradicionais Festas em honra de Nossa Senhora da Graça, este ano com a organização da Câmara Municipal desta localidade.

Deste modo, os festejos iniciaram na noite de sexta-feira, com a Banda Incanto a trazer grande animação ao certame que esteve aberto até de madrugada com o som do DJ.

Este ano, com a novidade de no recinto existir também a Feira de Atividades Económicas com a organização a cargo da CLDS 3G Servir Fornos de Algodres, e com o apoio do Município, estiveram representados empresários deste concelho fornense.IMG_6193

Já no sábado, o segundo dia das festividades, iniciou com a procissão abrilhantada pela Batuta D´Alegria da Igreja Paroquial,  para a Igreja da Misericórdia desta localidade, da Imagem de Nossa Senhora da Graça e do PadroIMG_3469eiro S.Miguel, onde teve lugar a Eucaristia.

Mais à noite, no mercado municipal, Luisinho de Portugal abria o baile, para preparar o grande concerto dos Diabo na Cruz que levaram imenso público de todas idades a vibrar com os seus temas, para continuar a noite em grande a Banda Índice recordou belos temas nos anos 80 e 90, o que animou bastante a imensa plateia presente.

Para domingo, logo cedo a Batuta D´Alegria realizou a arruada pelas artérias principais da vila, seguindo-se a Eucaristia e a Procissão pelas ruas da Vila.

Uma grande tardIMG_3352e com centenas de pessoas no mercado municipal a aplaudir o nosso folclore, onde estiveram presentes diversos grupos: Rancho de Figueiró da Granja, Tricanas da Lapa, Rancho de Kearny (USA) e o Rancho Sénior do concelho de Fornos de Algodres.

Para a noite, o bailarico foi animado pelo grupo Toka a Dançar, seguindo –se o sempre bem disposto Ruizinho de Penacova que colocou um grande sorriso e fez com que todos os presentes se divertissem imenso, o baile regressou noite dentro, com o DJ a ter de animar os mais resistentes.

O último dia de festejos, segunda –feira, iniciou com a procissão de regresso da imagem de Nossa Senhora das Dores, à capela da Santa Casa da Misericórdia e a imagem de Nossa senhora da Graça regressou à sua capelinhIMG_5606 - Cópiaa, onde teve lugar a Eucaristia campal no recinto em anexo.

No mercado municipal, uma grande azáfama para a restauração que viu uma multidão de clientes prontos para jantar e seguiu-se o bailarico bastante animado com grande enchente para cantar , dançar e sorrir com os K5.

Durante os festejos de realçar a equipa que organizou a tradicional quermesse que viu sempre grandes enchentes para alcançar os brilhantes prémios.

Também outra nota de destaque foi o Município ter suspendido o fogo-de-artifício e o valor que ia dispender doou aos Bombeiros voluntários desta localidade para fazer face as despesas durante estes incêndios que assolaram o concelho neste verão.

Uma festividade com algumas novidades, mas com milhares de pessoas sempre a deslocarem-se a Fornos de Algodres de diversas localidades, para assistir a estes festejos anuais.

Por:António Pacheco/Sofia Pacheco

 

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar