Templates by BIGtheme NET
Home » Religião (page 10)

Religião

AFGuarda- Resultados da Taça de Honra -1/4 finais

afgDecorreu neste domingo, mais uma eliminatória da taça de honra da AF Guarda 2016/17, com alguns encontros a ter de se recorrer ao desempate por grandes penalidades.

Assim , o Sabugal e Fornos equilibraram a partida e no fim do tempo regulamentar a igualdade mantinha-se, face a isso, nas grandes penalidades os raianos a vencer por 4-2, com  Nuno Morais a defender duas grandes penalidades.

Por sua vez o Celoricense acabou por ser derrotado em cada diante do Sp.Mêda por duas bolas a zero.

O Aguiar da Beira a jogar em casa, frente ao Ginásio Figueirense, acabou por sair derrotado, por uma bola a zero.

No Barjona de Freitas, Manteigas e S.Romão a baterem-se de igual para igual e vai daí, venceram os locais nas grandes penalidades.

Em suma , seguem em frente, Sabugal, Manteigas, Ginásio Figueirense e Mêda.

Taça de Honra- ¼ finais

Celoricense- Mêda-0-2

Aguiar da Beira- Figueirense-0-1

Manteigas- S.Romão-1-1  GP-8-7

Sabugal – Fornos –1-1 GP-4-2

 

Mensagem de D.Ilídio Leandro para Quaresma/Páscoa

1d_ilidio_2Quaresma e Páscoa preenchem um tempo muito especial e muito propício a ser carregado de sentido e mistério que nos levam para além dos dias do tempo e das horas do calendário. O Papa Francisco oferece-nos – para preencher, colorir e valorizar o conteúdo deste tempo – o Evangelho do rico avarento e do pobre Lázaro. Parecendo que, no Tempo do Além, o rico se converte totalmente – dirige-se ao pai Abraão, pede ajuda ao desprezado Lázaro, quer que os seus irmãos se convertam – desperdiçou, com a inversão total de valores, o Tempo do Aquém. Avaliando o “tempo todo” do pobre Lázaro e o do rico, espanta o “eterno e infinito” desequilíbrio a desfavor do rico.

Partindo desta temporal avaliação – e contemplando o que se passa com os refugiados vindos para Turquia, Líbano, Jordânia, Iraque, Egito, Itália, Grécia, Alemanha, Suécia, França, Inglaterra, Bulgária, Holanda, Áustria, Dinamarca, Hungria, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Portugal, Estados Unidos, Canadá (…) e os que permanecem em Síria, Afeganistão, Somália, Sudão, Sudão do Sul (…) – quem dera que esta abertura de portas proporcione equilíbrio na distribuição da riqueza e na partilha dos bens – criados e destinados a todas as pessoas que viveram, vivem e hão de viver – partilhando, de forma justa, proporcional e equilibrada, com todos os atuais usufrutuários, os bens que ninguém trouxe de lado nenhum, que todos encontram preparados para uso, sem abuso, e se deseja e espera que fiquem para quem vier depois dos atuais beneficiados!

A Mensagem para a Quaresma-Páscoa deste ano é exigente e será mesmo revolucionária se mudar critérios, se inverter posições de domínio e de posse abusiva e se fizer olhar a todas e a todos, mais e antes do que para os “seus bens”, para os seus irmãos. Isto, independentemente da raça, da cor da pele, da religião, do sexo ou da idade. Simplesmente por alguém ser pessoa tem direito: à vida, com família, com dignidade, com presente e com futuro, com respeito, com solidariedade e com amor, sabendo que o resto – muito importante, também – virá por acréscimo.

Para que todas e todos possam viver assim, existem Governos, existem Políticas, existem Escolas, existem Igrejas…. Só assim e para a realização plena de todas as pessoas se justificam estas Instituições na Sociedade – para servirem as pessoas, ajudando a que todas sejam felizes, cumprindo os fins da 1ª Quaresma-Páscoa que precisamos de relembrar, realizar e concretizar em toda a plenitude.

Ilídio Leandro, Bispo de Viseu

Unidade de saúde de apoio à demência vai surgir no distrito de Viseu

Header-LogoAs condições financeiras para que a primeira unidade de saúde de apoio à demência do distrito de Viseu possa “finalmente” avançar estão reunidas. Trata-se de uma obra promovida pela Santa Casa de Misericórdia de Penalva do Castelo que vai a concurso já este mês de janeiro, para estar concluída no início de 2018.

Segundo Michael Batista, provedor da Santa Casa da Misericórdia, “o mês de dezembro de 2016 terminou com a garantia da atribuição de um subsídio total de 525 mil euros para as obras de recuperação do antigo Hospital da Misericórdia”. Desse valor, 300 mil euros surgem ao abrigo de uma candidatura apresentada ao Fundo Rainha D. Leonor, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, e 225 mil euros da Câmara Municipal de Penalva do Castelo.

A verba irá ajudar à implementação de uma estrutura residencial de apoio à demência e de um centro de terapia para os utentes e irmãos da instituição. “O restante valor do investimento, no total de cerca de 1 milhão de euros, será suportado pela Instituição, com o apoio e solidariedade de diversos benfeitores e amigos da misericórdia”, disse o provedor.

O espaço irá ter capacidade de resposta para cerca de 19 utentes. Será uma unidade que irá garantir a qualidade de acompanhamento individualizado. O seu interior irá ter em consideração alguns estudos elaborados na área da demência, tais como: utilização de diversas cores; diversas salas de estar; salas específicas de atividades; corredores iluminados e com orientações específicas; gabinete de saúde; salas de reabilitação; sala multiusos; sala de snoezelen; sala de estimulação cognitiva para realização de sessões de snoezelen e grupos de trabalho de estimulação cognitiva até três pessoas de forma a poder ajustar e adequar a intervenção às necessidades específicas de cada utilizador.

A unidade não se destina apenas a ser usada por quem padece de patologias degenerativas como a Doença de Alzheimer mas também por pessoas com doença mental ou com dor crónica, com comportamentos hiperativos, com danos cerebrais e outras situações semelhantes. Pode ainda ser usada pela comunidade, como antídoto ao stress, “mas esta trata-se de uma utilização secundária tendo em conta as outras utilizações que são consideradas prioritárias”.

Momento histórico

Segundo o provedor, é um “momento histórico para a Santa Casa da Misericórdia e para o concelho de Penalva do Castelo, considerando a qualidade e o valor da obra como contributo para a saúde e bem-estar dos cidadãos penalvenses, com a oferta de novos serviços técnicos de apoio numa área sem qualquer resposta social na nossa região”. A Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo espera ainda contar com o apoio e a comparticipação da Segurança Social.

Para Michael Batista, “o governo tem de apoiar estas novas respostas para os cidadãos”. No decorrer de 2017 e 2018 serão desenvolvidas diversas atividades de angariação de receitas para a execução da obra, nomeadamente: Festa de São Pedro (29 de junho) e Festa em Honra de Nossa Senhora da Misericórdia (11e 12 de agosto – Vº Festival de Fado

Por:Alzeimer.pt

Freguesia de Gouveia entregou valor resultante da Campanha “T-Shirt das festas”

foto-04-bombeirosA Junta de Freguesia de Gouveia procedeu à entrega do valor apurado com a venda solidária da “T’shirt das Festas”, beneficiando sete instituições gouveenses que foram as contempladas na edição de 2016.

Um total de 1.032 euros foram assim distribuídos equitativamente pelos Bombeiros Voluntários, Seminário de Gouveia, Cáritas Paroquial, ABPG, Fundação “A Nossa Casa”, Agrupamento de Escuteiros e Santa Casa da Misericórdia de Gouveia.

Depois de contextualizar a razão, objetivos e resultado desta iniciativa, que considerou bastante meritória, o Presidente da Junta de Freguesia, João Amaro, anunciou que a mesma vai ter repetição no corrente ano de 2017 e que, desta vez, o produto das vendas reverterá a favor de outra tipologia de coletividades ou associações de Gouveia.

As dádivas foram feitas no decurso da sessão inaugural das obras de remodelação do edifício de S. Pedro, realizada nesta terça-feira , para além de vários dirigentes associativos, autarcas e ex-autarcas da Freguesia, Presidente da Câmara de Gouveia e Vereadores, a cerimónia contou ainda com a presença de dois convidados especiais, dirigentes distritais da ANAFRE: Paulo Costa, Presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria (Manteigas) e João Prata, Presidente da Junta de Freguesia da Guarda.

Por:Freg. Gouveia

 

Concerto de Ano Novo em Nelas com casa cheia

01n No âmbito do programa de animação promovido pelo Município de Nelas para assinalar a Quadra Natalícia “Nelas: Um Concelho onde se Canta o Natal”, decorreu neste domingo, 15 de Janeiro, na Igreja Matriz de Nelas, o último concerto deste ciclo com as actuações do Canto & Encanto, Coro Misto da Universidade de Coimbra e Grupo Coral do Santander Totta. Com a interpretação de temas marcantes e célebres desta época, como Noite Feliz, Gloria in Excelsis Deo e Avé Maria, os grupos brindaram a assistência com um concerto memorável que aplaudiu, calorosamente, a qualidade artística dos músicos.

O Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva marcou presença no evento e enalteceu aquele que foi mais um2n distinto momento cultural, agradecendo o especial apoio e disponibilidade do AMEF e do Canto e Encanto, bem como a hospitalidade de todas as Juntas de Freguesias ao acolherem esta enriquecedora iniciativa que, de uma forma tão especial, marcou a época natalícia no Concelho. Com o objectivo de aproximar a cultura junto dos munícipes, o Presidente referiu ainda a importância deste ciclo na dinamização e promoção do património religioso local, destacando a potencialidade destes espaços no acolhimento de eventos de natureza diversificada.

Assim, depois dos concertos nas Igrejas de Canas de Senhorim, Vilar Seco, Moreira, Senhorim, Lapa do Lobo, Santar, Aguieira e Carvalhal Redondo, coube agora a Nelas encerrar, com chave de ouro, esta iniciativa, ficando uma mensagem de um excelente e próspero ano de 2017 para todos os munícipes.

Por:Mun.Nelas

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar