Templates by BIGtheme NET
Home » Religião (page 28)

Religião

Dia de S. Valentim

As comemorações de 14 de Fevereiro, , como dia dos namorados, têm várias explicações possíveis, umas de tradição cristã, outras de tradição romana, pagã.
A Igreja Católica reconhece três santos com o nome Valentim, mas o santo dos namorados parece ter vivido no século III da nossa era, em Roma, tendo morrido como mártir em 270. Em 496, o papa Gelásio reservou o dia 14 de Fevereiro ao culto de S. Valentim.
Valentim era um sacerdote cristão contemporâneo do imperador Cláudio II. Cláudio queria constituir um exército romano grande e forte; não conseguindo levar muitos romanos a alistarem-se, acreditou que tal sucedia porque os homens não se dispunham a abandonar as suas mulheres e famílias para partirem para a guerra. E a solução que encontrou, foi proibir os casamentos dos jovens! Valentim ter-se-á revoltado contra a ordem imperial e, ajudado por S. Mário, terá casado muitos pares em segredo. Quando foi descoberto, foi preso, torturado e decapitado a 14 de Fevereiro.

Festas de N. Sra. da Graça 2009

De 21 a 24 de Agosto de 2009

Sexta-feira, 21

19.00h – Abertura do Recinto – Mercado Municipal

21.30h – Animação – Baile “K5”

Sábado, 22

14.00h – V Torneio de Paintball “Fornos de Algodres”

18.00h – Saudação à Vila de Fornos de Algodres pela Sociedade Musical Filarmónica Harmonia de S. Pedro do Sul

18.30h – Procissão com a imagem de N. Sr.a da Graça da Capela para a Igreja da Misericórdia

20.00h – Abertura do Recinto – Mercado Municipal

21.00h – Concerto – Sociedade Musical Filarmónica Harmonia de S. Pedro do Sul

22.00h – Animação – Baile “Lua Cheia”

00.00h – Serenata de Fado de Coimbra – Tertúlia do Fado de Coimbra

01.00h – Lua Cheia – Parte II

Domingo, 23

10.30h – Saudação à Vila de Fornos de Algodres pela Sociedade Musical Estrela da Beira – Santa Marinha – Seia

11.00h – Missa seguida de Procissão – Igreja da Misericórdia

15.00h – Saudação à Vila pelos Bombos do Barco – Covilhã

15.30h – Animação – Mercado Municipal

– Rancho Folclórico de Gouveia

– Grupo de Música Popular “Os Capelenses” – Fornos de Algodres

– Associação de Bombos de S. Sebastião – Barco – Covilhã

19.30h – Abertura do Recinto – Mercado Municipal

21.30h – Animação – Baile com o grupo “Amanhecer”

23.00h – A Moda no Mercado – Passagem de Modelos

23.30h – TOY ao Vivo

01.00h – “Amanhecer” – Parte II

Segunda-feira, 24

18.00h – Saudação à Vila de Fornos pela Sociedade Musical Filermónica Harmonia de S. Pedro do Sul

18.30h – Recondução da Imagem de N. Sr.a da Graça da Igreja da Misericórdia para a Capela – Missa Campal

21.00h – Animação – Baile “K5”

Bodas de Ouro em Fornos

Sem dúvida que nos dia que correm, um casal atingir os cinquenta anos de casamento, é sempre um momento de grande alegria, pois cada vez mais se torna uma raridade, mas isso deve-se à vida social de hoje ser um pouco diferente do antigamente.

Neste passado domingo, 24 de Maio, António da Costa Silva e Maria Emília Silva, na Igreja Paroquial de Fornos de Algodres, renovaram os seus votos de casamento, celebrando as Bodas de Ouro, ou melhor dizendo, ultrapassaram a segunda fase de um casamento de sucesso. O casal, apesar de atingir esta data, ainda mantém uma postura bastante jovem, e como é normal, viu-se a alegria que estava nos rostos das filhas, genros, netos e netas, que felicitaram bastante o casal, assim como outros familiares que também estiveram presentes a homenagear este casal por esta façanha.

Assim é sempre com alegria e grande festividade que se saúda um casal que atinge esta marca histórica, a quem se renovam as maiores felicidades.

Por: António Pacheco-Nova Guarda

Baile Finalistas com boa moldura humana


Foi assim que os finalistas da escola EB 2,3 de Fornos de Algodres, organizaram o seu baile de gala, pois ainda assim o tempo acabaria por estar favorável, uma noite primaveril, onde o mercado municipal se engalanou e desta forma também o publico aderiu em massa para ver os filhos deste concelho realizarem assim mais uma noite inesquecível nas suas vidas, era natural a grande pressão nervosa dos jovens finalistas que tentavam assim desta maneira que nada falhasse.
Mas tudo se iniciou ao meio da manha com a eucaristia celebrada na Igreja paroquial, onde foram homenageados todos os finalistas e assim se seguiu o almoço e então á noite, para alem da expectativa de ver os fatos, também apreciar a maneira como estes jovens se esforçaram para dançar bem a valsa que assim é sempre uma imagem de marca nestas noites de gala e desta feita se saíram muito bem.
De dizer ainda, que conseguiram assim o seu objectivo e também vão agora preparar para a viagem de finalistas ao sul de Espanha.

Susana Félix apresenta “Pulsação” no TMG

A cantora e compositora reúne neste disco os temas com mais destaque na sua carreira.
No Sábado, dia 31 de Janeiro, às 21h30, Susana Félix, a voz feminina da pop nacional apresenta-se no Grande Auditório com o espectáculo “Pulsação”. Susana Félix estreou-se no final da década de 90 com o álbum Um Pouco Mais. Oito anos depois, a cantora Pop resolveu passar em revista a sua carreira e acaba de editar uma colectânea intitulada “Pulsação”. Um disco que reúne os temas que mais destaque têm tido na carreira de Susana Félix. “Mais Olhos (que barriga)”, “Flutuo”, “Fintar a Pulsação”, “Amanhecer” e “(Bem) Na Minha Alma”, são alguns dos temas interpretados neste concerto. Em palco, acompanham Susana Félix, Alexandre Frazão, na bateria, Massimo Cavalli no baixo e contrabaixo, Nuno Rafael nas guitarras, Renato Jr. nas teclas e o Trio de Metais constituído por João Cabrita, Jorge Ribeiro e João Marques. A vida artística de Susana Félix começou bem cedo. Nasceu em Torres Vedras em 1975 e apaixonada música desde sempre, dedicou-se ao canto bem cedo, e em 1988 com apenas 12 anos vence a Grande Noite do Fado, no Coliseu dos Recreios de Lisboa. De 1989 a 1994 fez teatro amador na sua terra natal. Em 1998 é convidada pela editora Valentim de Carvalho para gravar o seu primeiro disco a solo, ainda neste ano começa a compor e inicia as gravações do referido disco. Em 1999 lança-se em nome próprio com o álbum “Um Pouco Mais”, um sucesso de vendas que levou aos tops nacionais temas como “Mais olhos que Barriga” e “Um Lugar Encantado”. Lança o seu segundo álbum de originais “Rosa e Vermelho” em 2002 e parte para uma nova digressão pelo país. O ano de 2005 foi dedicado á composição, pré-produção, e gravação do seu terceiro álbum de originais “Índigo”. O referido disco foi editado no inicio de 2006 com a produção e os arranjos a cargo da própria Susana Félix e de Renato Jr, para além da composição musical que a Susana assina desde o seu primeiro trabalho a solo, neste disco a cantora e compositora assina também a maioria das letras.
in Guarda.pt
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar