Templates by BIGtheme NET
Home » Desporto

Desporto

ABC de Nelas celebra o 33º Aniversário

O ABC de Nelas comemora 33 anos ao serviço da população do concelho de Nelas, tendo sempre presente um objetivo – servir a comunidade envolvente, ajudar a formar crianças e jovens e dignificar e honrar o bom nome do concelho de Nelas. Passados estes anos, o objetivo foi conseguido como refere o clube.
No entanto, este ano celebram de forma diferente devido à situação que o País e o mundo estão a atravessar. Vive-se um tempo difícil que ninguém, algum dia, pensou viver.
A direção do clube destaca que: “Hoje o mais importante não é o missão do ABC de Nelas, formar, treinar e jogar.
Hoje o mais importante é vencer o desafio mais difícil de todos os que já disputámos e para o qual todos estão convocados. Hoje o mais importante (a tática para esse desafio) é FICAR EM CASA, PROTEGER-SE E PROTEGER OS OUTROS para voltarmos rapidamente a executar a missão do clube e fazer aquilo que gostamos.
Ainda assim, não podemos de deixar de dar os parabéns a TODOS quantos ajudaram nestes 33 anos de existência o clube a ser a referência que ele é hoje, honrando e dignificando o seu nome e a sua história, e, enobrecendo por esse país fora o nome de todo um concelho”.

Parabéns a todos!!

Aulas de desporto online pelo Município de Celorico da Beira

Nesta fase de isolamento, o exercício físico é muito importante, face a isso, o Município de Celorico da Beira através dos seus técnicos, tem  online aulas de exercício físico para todas as pessoas para que isolamento e distanciamento social não sejam sinónimos de sedentarismo e falta de exercício. Uma iniciativa com objetivo de incentivar os celoricenses, seniores, jovens/adultos, crianças e pais a praticarem exercício físico sem saírem de casa.
Veja o vídeo no Facebook do Município, clicando na imagem .

 

Desporto online para todos na Guarda

Com a quarentena e as pessoas não poderem sair de casa, o Município da Guarda, quer ver os guardenses a mexer e ativos.
Para tal vai estar disponível, de segunda a sexta, no Facebook e site do Município, um vasto leque de sessões de atividade física para toda a família. Este é um trabalho da equipa de técnicos de desporto do Município que dia a dia vão proporcionar a todos. O objetivo passa por colocar a Guarda a mexer mesmo no seu lar.

Aqui fica o programa diário:

Segunda – adultos – circuito Treino Funcional;
Terça – séniores e idosos – ginástica;
Quarta – crianças – ginástica;
Quarta– adultos – circuito Força Geral;
Quinta – séniores ou idosos – ginástica;
Sexta – adultos – pilates

Covid-19-Campeonatos jovens Nacionais da FPF e distritais da AF Viseu e Guarda cancelados

Depois da deliberação da FPF, relativa ao cancelamento dos campeonatos de formação, e onde estão devidamente elencados todos os fundamentos que levaram a tal tomada de decisão, e com os quais a AF Viseu concorda, e também a Direção desta Associação deliberou cancelar, com efeitos imediatos, todas as provas distritais nos escalões de formação, que até à presente data ainda não tinham sido concluídas, sem haver lugar a subidas e descidas, nem designação de campeões ou vencedores das provas.
Todas as competições dos escalões de formações terminadas antes desta suspensão mantêm-se válidas, com os respectivos títulos que já tinham inclusive sido atribuídos aos vencedores, não havendo, todavia, lugar a eventuais subidas e descidas, para compatibilização com as demais provas distritais e nacionais.

Também a AF Guarda, deliberou da mesma forma e cancelou os campeonatos distritais jovens desta temporada.
No que diz respeito às provas do escalão sénior de Futebol e Futsal, que ainda não tivessem terminado, vão manter-se suspensas por tempo indeterminado, ressalvando-se que as tomadas de decisão relativamente a este escalão serão comunicadas em devido tempo, e sempre em articulação com as directrizes emanadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e pelas instâncias governativas e de saúde nacionais e locais.
A Direção da AF Viseu deixa ainda um enorme reconhecimento a todos os Profissionais de Saúde, Forças de Segurança e a todos aqueles que por inerência das suas funções se encontram na linha da frente desta “batalha”, cientes de que com a responsabilidade social e cívica que cada um dos cidadãos deve ter, no cumprimento escrupuloso das normas emanadas pelas respectivas entidades governativas e de saúde, iremos mais rapidamente ajudá-los a vencer esta pandemia, e desse modo voltar mais rápido e mais fortes à pratica do futebol e futsal.

50 anos- ADFA-Uma geração dos anos 80 que merecia ter sido campeã

                                                       Imperava o verdeiro amor à camisola
A Associação Desportiva sempre foi um clube referência na formação e no escalão sénior, no distrito da Guarda, face a isso, a geração dos anos 80 da formação sénior merecia ter conquistado um título nesse escalão dada a qualidade que apresentava dentro das quatro linhas.
Desta forma, um plantel recheado de ótimos jogadores, onde alguns deles ainda viriam a vestir outras cores no Nacional da 3ªdivisão. Nesta foto que apresentamos, podemos verificar um vasto leque de jovens fornenses e depois algumas mais-valias de concelhos vizinhos.
Como Guarda-redes, Rui Melo, um homem muito completo dentro e fora dos postes, que sempre mostrou toda a qualidade e ainda veio mais tarde a defender as cores de “Os Vilanovenses” no Nacional. Depois estava Orlando um jovem guardião oriundo de Mangualde, que esteve na sombra do titular. Carlos Pina, outro guarda-redes que tinha qualidade mas esteve algum tempo na sombra do titular. Outro grande esteio entre os postes, era o Cunha , um guardião muito completo que desde muito jovem veio representar o clube e tornou-se uma referência para todos os guarda-redes que passaram neste clube.
No eixo defensivo, João Pacheco (Pote), um lateral direito que defendia e atacava fortemente, muito seguro e duro na posse de bola. Manuel Duarte era um polivalente no eixo defensivo, Carlos Nunes (Gito) foi um lateral esquerdo muito seguro tanto a defender como a atacar, Nen era um jovem esquerdino que fazia bem a ala esquerda, Girão era o patrão desta defesa, o esteio que dava as coordenadas, devido à sua larga experiência dos Nacionais, quando vestia as cores do Sp.Covilhã e mais tarde, ainda na 3ªdivisão jogou nos Vilanovenses.
Braga, um central que juntamente com Girão formavam uma dupla goleadora, pois chegaram a marcar imensos golos e a resolver muitas partidas. A completar o eixo defensivo, Tó Lopes outro jovem do concelho que através da sua elevada estatura defendia bem de cabeça e era muito importante no jogo aéreo e desenvolveu muito com Braga e Girão e mais tarde veio a afirmar-se como patrão do eixo. Rui Pina foi um jovem que jogava bem no eixo direito e esquerdo, mas tinha pela frente dois titulares muito fortes, mas ainda assim lutou imenso e mostrou o seu valor.
Zé Carlos, um grande defesa central que cedo se percebeu a grande qualidade e pouco tempo esteve no Fornos, aproveitou a maré e foi cedo para os Nacionais onde permaneceu durante longos anos e alcançou muitos triunfos por vários clubes.
Tó Lopes (Lúcio), um jovem médio que passou pela Briosa em Coimbra, depois foi ficando no Fornos e mais tarde afirmou-se no eixo defensivo direito do clube.
Titó outro jovem que foi singrando no eixo defensivo, onde permaneceu longos anos.
No setor intermédio, Vítor Tejo (Pinóia) era o grande maestro desta equipa, aliás devido à sua formação foi um atleta que nos dias de hoje andava pela II Liga sem problema.
To-Zé (Cancá) um recuperador de bolas nato, jogava bem na frente dos centrais e abria sempre o leque para que a equipa se organizasse. O jovem João Gomes ia surgindo aos poucos no onze, pois sempre que chamado procurava fazer sempre o que lhe era solicitado.
Nando Pompeu era outro elemento muito importante na manobra do eixo intermédio.
Prata da casa era o lema
José Ventura(Zé da Rita) outro homem forte no setor intermédio a recuperar bolas e sempre que podia usava o remate de meia distância, por sua vez Tó-Zé (Formigo), outro médio sempre importante no setor intermédio que fazia bem o pedido pelos técnicos.
Na frente de ataque, Fernando (Benfica) um jogador que cedo se impôs no plantel e no onze, fazia sempre, muitos golos, não era o nº9, era mais um avançado móvel que descaia bem nas alas e usava a velocidade como arma muito importante.
Jorge, um dianteiro que jogava em cunha no eixo dianteiro, também foi muito importante quando chamado e apontou alguns golos importantes.
Carlos Ventura, um dianteiro nato, sempre no lugar certo entre os centrais, ou melhor um quebra-cabeças para as defesas contrárias e fez alguns golos importantes.
Abú foi um jogador que jogava bem na esquerda ou como fixo, usava a velocidade como arma e foi um jogador que trouxe mais-valia ao plantel.
José António era um jogador muito forte com a bola nos pés e com velocidade que abria caminho para muitas assistências e grandes golos também apontou.
Os treinadores nesta fase foram Teixeira, Puskas e Girão.
Eram temporadas onde no distrito também abundavam grandes equipas, com grandes valores individuais, agora não existiam grandes saídas dos distritais para os Nacionais devido à vida profissional dos atletas, todos tinham os seus empregos.

 

AF Guarda- Amadeu Poço deixou mensagem à comunidade desportiva

Nesta fase difícil para todos, o Presidente da AF Guarda, Amadeu Poço, veio enviar uma mensagem a toda a comunidade desportiva do distrito, através do Facebook da instituição:
“Nesta fase complicada das nossas vidas, quero em nome da Associacão de Futebol da Guarda, desejar a todos os dirigentes, atletas, sócios e simpatizantes dos nossos Clubes associados, árbitros, encarregados de educação e demais agentes desportivos, que esta praga lhes passe ao lado. Não obstante todas as normas de segurança, que respeitaremos escrupulosamente, estamos disponíveis para, de entre os meios que estão ao nosso alcance, apoiar os nossos associados, bastando para tal entrar em contacto com os funcionários da AF Guarda, pelos meios referidos no nosso Comunicado Oficial Nº10. Logo que haja informação sobre o retorno das provas comunica-lo-emos. Como Presidente da Direção da AFG, manifesto ainda total disponibilidade para tudo que os nossos associados entendam como necessário e possível. Reitero os meus votos de que todos ultrapassem esta fase da melhor maneira.

Lobito apadrinhado pelo Clube Escape Livre

O Clube Escape Livre mantém o apadrinhamento do Lobito, um dos lobos do Centro de Recuperação do Lobo Ibérico. A associação da Guarda não esquece que o planeta é de todos e precisa ser preservado das mais diversas formas. Assim, em mais um ano, assume o seu papel social e repete o seu contributo e com vista à preservação do Lobo em Portugal.

O primeiro apadrinhamento do Lobito aconteceu em 2016, após uma passagem pelo CRLI, em Mafra, no âmbito de um dos passeios de todo terreno. Na ocasião, organização e participantes ficaram sensibilizados para a necessidade de acolhimento e defesa do lobo ibérico. Desde então, o clube tem renovado este apoio.

Em 2020, volta a apadrinhar o Lobito, agora com 10 anos de idade, pelo período de mais dois anos. O afilhado do Clube Escape Livre vive na companhia da loba Arga e é o mais tímido dos residentes do CRLI, sendo difícil fotografá-lo.

Refira-se que no CRLI residem atualmente 13 lobos que não podem viver em plena liberdade, por serem provenientes, por exemplo, de cativeiro ou zoológicos. O centro necessita de apoio constante para a sua manutenção, possível de diversas formas, do apadrinhamento, à chamada telefónica de valor acrescentado, aos donativos, às visitas e ao merchandising. Informação em www.grupolobo.pt.

Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, afirma que Desde o primeiro contacto com o CRLI, ficámos alertados para a necessidade da preservação da espécie, que já foi muito marcante na serra da Estrela, sendo hoje ali inexistente. Entendemos que o apoio ao Centro poderia ser um gesto e um contributo simbólico, não apenas para a espécie, como indiretamente para a Natureza, sendo que dela usufruímos nos nossos eventos.”

Para além deste gesto, o Clube Escape Livre orgulha-se de fomentar, junto dos seus participantes, alguns cuidados com a natureza. Assim, todos os participantes são informados da necessidade de circular dentro dos trilhos, de não interferir com a fauna e com a flora, e de ter máximo cuidado com os lixos, permitindo que a passagem não deixe marcas e esteja limpo e agradável para outras aventuras.

Foto:CEL

50 anos ADFA- Campeões Distritais AF Guarda Seniores-1993-94

Estádio Dr.Moreira da Cruz foi talismã

Assim iniciamos a rúbrica de homenagem à Associação Desportiva de Fornos de Algodres pelas Bodas de Ouro celebradas neste ano de 2020.
Assim na temporada de 1993/94 foi um ano de ouro para o clube, inesquecível na história do clube e da região. Digo isto porque depois de grande jejum de conquistas, esse ano foi especial para todos os fornenses.
Com um arranque em ziguezague dado que, estava difícil surgir um elenco diretivo, mas eis que a pouco tempo do términus das inscrições, surge um grupo de amigos liderado por António José Moreira (To-Zé) que reuniu as condições e assumiu o clube ficando como técnico Carlos Pacheco, um ex. atleta deste clube.
Quanto ao plantel, alguns jogadores despontavam por aqui mas era preciso alguém que trouxesse mais-valia e neste caso veio da zona da Póvoa do Varzim, Agostinho e Castro que já defendiam a cores do clube, aliás foi com a vinda deles que o clube, anteriormente se tinha salvo numa época da descida de divisão, mas nesta temporada trouxeram com eles alguns jovens jogadores que procuravam singrar no futebol.
Desta forma, o plantel era bastante coeso, deixamos aqui o onze tipo:
Carlitos, Tó Lopes, Fernando Jorge, Agostinho e Mário Jorge, João Pacheco (Pote), Dinis, Sérgio, Zé da Rita, Valdo e Castro.
Neste onze, salientava-se o forte poderio atacante de Castro como finalizador nato e de Valdo que tinha na sua velocidade a arma mais forte.
O Plantel campeão foi composto da seguinte forma:
Guarda-redes– Carlitos e Nando Pacheco
Defesa– Tó Lopes, Fernando Jorge, Agostinho e Mário Jorge, João Pacheco (Pote), Carlos Manuel, Néne, Rui Pacheco, João Amaral e João.
Médios– Dinis, Sérgio, Zé da Rita, Toninho Águas, Nando Pompeu Paulo e Amaral.
Avançados: Valdo, Castro, Luís Alves e Alexandre Freitas.
Treinadores: Carlos Pacheco (1ªfase) e Manuel Duarte (2ªfase)
Foi uma temporada muito difícil, dado que, a fase inicial foi dura, mas eis que, o rumo ao título começou a desenhar-se fortemente, desde o grande triunfo frente à UD Pinhelenses no velhinho Astolfo da Costa, com Valdo a ser o grande herói da partida.
Agora todos os jogos foram difíceis, mas alguns ficam sempre mais marcados, o Foz Côa era o grande candidato nessa temporada e digamos que a grande final aconteceu no mítico Estádio Dr. Moreira da Cruz, frente à turma do Foz Côa.

                                           Tarde alucinante de grandes emoções
Podemos dizer que, foi uma tarde de domingo alucinante, largas centenas de pessoas fornenses e dos concelhos limítrofes vieram para assistir a esta grande final, enchendo por completo o estádio, nunca nada assim tinha sido visto naquele local.
Antes do apito inicial do trio de arbitragem que foi requisitado a uma associação neutra a pedido dos clubes, grande festa se fazia nas bancadas, onde nem a chuva fazia parar essa euforia, com todos trajados a rigor, com camisolas, bandeiras e cachecóis.
O Foz Côa tinha vantagem pontual de um ponto sobre o Fornos, que jogava em casa e tinha uma enorme plateia a puxar pela formação fornense, que tinha feito estágio no Hotel em Celorico, uma oferta feita ao grupo de trabalho, que serviu para concentrar mais a equipa e fazer história.
A euforia da massa adepta era grande, pois este encontro parecia de Primeira Liga, as bancadas estavam coloridas de verde e amarelo, com o fumo a colorir a entrada das equipas, a saudação e o cumprimento dos capitães que para os fornenses era importante jogar a 1ªparte para baixo e depois a segunda metade para cima, para a zona da entrada principal, era uma situação que os adeptos mais supersticiosos diziam ao ver a escolha de campo, “malta já ganhámos”, desde crianças, jovens e adultos de diversas idades todos estavam ali a puxar pelos fornenses.
Os homens do Côa também traziam público, que ficou por sua vez nas traseiras do banco de suplentes da sua equipa.
Os visitantes entram melhor e vai daí criaram calafrios à defensiva fornense, mas eis que numa disputa de bola um dos avançados do Foz Côa, quiçá uma das pedras basilares se lesiona e obriga a nova estratégia, mas o equilíbrio era grande e a luta a meio campo também era forte, mas eis que surge uma contrariedade, os fornenses ficam reduzidos a uma unidade.

                                                                         Castro decidiu 
Mas a vontade de vencer era grande e eis que num lance de qualidade, Castro num grande golpe de cabeça, abre o ativo para grande alegria de toda a flange de apoio fornense.
A vitória não fugiu aos fornenses que fizeram grande festa com a evasão de campo de toda a gente e os jogadores, técnicos e dirigentes a festejarem fortemente, dado que, era fantástico, o Fornos ser novamente campeão, tinham passado muitos anos de jejum e estes jogadores que lutaram imenso, tinha conquistado o sonho de levantar a taça.
Pelas ruas, carros, pessoas a festejar noite dentro, era a festa total de um sonho que escapava há muitos anos, ou melhor era o coroar de êxito o trabalho efetuado no clube ao longo dos anos. Foi um triunfo do povo, dado que era uma equipa que sempre entrou dentro das quatro linhas com garra de vencer.
Em suma, um título muito saboroso que valeu o regresso aos Nacionais de futebol.

PS: Estamos a fazer um trabalho sobre os 50 anos da ADFA, caro leitor se tiver alguma foto deste clube, ou queira deixar o seu testemunho para acrescentar nos nossos artigos, envie-nos para magazineserrano@gmail.com.

Covid-19-AF Guarda fecha instalações e prolonga suspensão das atividades desportivas

A Direção Associação de Futebol da Guarda em comunicado, em face ao desenrolar dos acontecimentos relativos à Pandemia provocada pelo Covid-19, decidiu fechar as instalações da AF Guarda, a partir de amanhã e por tempo indeterminado.

Apesar do encerramento da sede da AF Guarda, todos os funcionários continuam a trabalhar através de teletrabalho, assegurando assim o atendimento de todos os associados, agentes desportivos e demais interessados, através dos seguintes contactos:

– Contactos geral: direccao@afguarda.pt; 969771946;

– Leandro Gonçalves: secretaria@afguarda.pt; 968506597;

– Natividade Cabral: natividade.cabral@afguarda.pt; 927079468;

– Eliete Reis: eliete.reis@afguarda.pt; 967115867;

– Paulo Rodrigues: paulo.rodrigues@afguarda.pt ; 966148258;

– Selene Teixeira: comunicacao@afguarda.pt; 969471070;

A direção da Associação decidiu ainda que o prazo de suspensão das atividades desportivas, que inicialmente seria até dia 28 de março, será prolongado.

A direção da AF Guarda continuará a monitorizar a situação, de acordo com as normas emanadas pelo Grupo de Emergência da FPF e pelas autoridades de saúde, podendo vir a rever, ampliar ou reduzir as medidas agora implementadas.

Covid-19-EURO 2020 adiado para 2021

A UEFA anunciou que o Euro 2020 será adiado para 2021 devido à pandemia do Covid-19. 

O organismo que superintende o futebol europeu decidiu, esta terça-feira, após reunião com as 55 federações filiadas, adiar a realização do Euro 2020 até ao próximo ano devido ao impacto da pandemia Covid-19.

O Presidente da FPF, Fernando Gomes, votou favoravelmente a esta decisão.

A prova será agora jogada entre dias 11 de junho e 11 de julho de 2021 nas mesmas 12 cidades europeias que iam acolher a competição este ano. A UEFA assegurou que o dinheiro dos bilhetes já adquiridos será reembolsado integralmente no caso dos compradores não poderem marcar presença na competição.

O Euro 2020 tinha início marcado para 12 de junho e final agendada para 12 de julho.

O adiamento da competição vai igualmente permitir a todos os países ajustarem os calendários das competições nacionais que estão presentemente interrompidos devido ao impacto da pandemia global. Foi eleito um comité com todas as partes representadas para tomar essas decisões.

A UEFA anunciou ainda que comunicará atempadamente quaisquer outros adiamentos que possam vir a ser decididos nas sua competições masculinas e femininas.

fonte:FPF

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar