Templates by BIGtheme NET
Home » Saúde

Saúde

Covid-19-Centro de Saúde de Gouveia vai receber doentes sem sintomalogia grave

O Centro de Saúde de Gouveia reúne assim condições, em termos de instalações, para operacionalizar a necessária diferenciação de circuitos de doentes;
É primordial assegurar condições de segurança para utentes e profissionais, possível através da referida separação;
Deliberou o Conselho de Administração da ULS da Guarda que, a partir de terça-feira, dia de 7 abril de 2020, os doentes suspeitos para COVID – 19 dos concelhos de Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, sem sintomatologia grave, passarão a ser avaliados no âmbito da ADC – Comunidade de Gouveia que sucederá À ADC – Comunidade Seia.
A ADC – Comunidade Gouveia irá funcionar nas instalações atualmente destinadas ao SAP (Rua Dr. Mário Gomes Figueira – 6290 – 370 Gouveia), ficando o SAP a funcionar no espaço de ambulatório (bloco cinzento).
Mais se informa que no dia 7 de abril de 2020, terça-feira, se procederá à alteração do horário de funcionamento das ACD – Comunidade Guarda, Gouveia, Trancoso e Pinhel. As quatro ADC – Comunidade irão passar a funcionar das 9h às 13horas e das 14h às 19horas, todos os dias da semana.

Por:ULS Guarda

Programa Extraordinário de Apoio “Salvaguarda”lançado pelo Município local

Face a esta situação de emergência o Município da Guarda vai promover e aplicar de imediato Medidas Extraordinárias para mitigação dos impactos sociais e económicos decorrentes da Pandemia por COVID-19. São medidas de apoio às famílias, ao comércio local, às instituições e às empresas, no sentido de promover a proteção e manutenção dos postos de trabalho, e combater o impacto negativo na vida das famílias e instituições do concelho da Guarda.

São 26 medida que integram o “SALVAGUARDA”- Programa Extraordinário de Apoio num total de 850 mil euros na sua aplicação, ao qual acresce mais 1 milhão e meio de euros para pagamento a fornecedores, relativos aos meses de janeiro, fevereiro e março, ajudando assim na sua liquidez. Estas medidas visam assegurar uma resposta adequada à situação de emergência que se vive localmente, estando prevista a sua revisão sempre que a situação assim o exigir.

Este programa surge pela emergência de Saúde Pública de âmbito internacional declarada pela Organização Mundial de Saúde a 30 de janeiro de 2020, posteriormente classificada de Pandemia a 11 de março, e, entretanto, com a declaração nacional do Estado de Emergência e da sua subsequente renovação. É necessário, pois, a aplicação de medidas extraordinárias e de caráter urgente no concelho da Guarda, para minimizar os impactos desta situação contingencial.
O Município criou assim um programa nas mais distintas áreas, para apoiar o tecido social e económico do concelho, que a seguir se mencionam:

1. Redução de 30% sobre tarifas de água, saneamento e RSU, nos meses de abril e maio, a todas as famílias, IPSS’s e empresas do concelho.
A percentagem pode ser aumentada mediante acordo obtido com a ‘Águas de Portugal’;

2. Pagamento imediato a todas as empresas que forneceram a Câmara Municipal até ao dia 31 de março de 2020, por forma a injetar mais de 1 milhão de euros na economia;

3. Entrega de equipamentos de proteção individual às IPSS’s do concelho que funcionem como Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI’s) e Lares de Acolhimento;

4. Comparticipação na realização de testes PCR para a Covid-19, em colaboração com laboratório local, aos cidadãos do concelho referenciados pela Linha de Saúde 24 e pela ARS do Centro;

5. Isenção ou redução de rendas habitacionais em fogos municipais:
• Os arrendatários poderão solicitar a redução do valor da renda, em 50%, por diminuição de rendimentos do agregado ou quebra de rendimentos, subsequente, devidamente comprovada.
• Os arrendatários poderão solicitar a isenção do valor da renda, por situação de perda de rendimentos, motivada por desemprego superveniente, devidamente comprovado;

6. Isenção e creditação dos valores já pagos na área da educação às famílias, desde a data em que foi determinado o encerramento das escolas e Jardins de Infância (ATL e Componente de Apoio à Família, refeições, prolongamento de horário e atividades nas interrupções letivas) até à reabertura das mesmas;

7. Antecipação para o mês de abril do pagamento total dos apoios anuais concedidos às Associações Humanitárias e de Solidariedade Social, do Concelho da Guarda, no âmbito dos Regulamentos em vigor;

8. Pagamento de 75% do valor total dos Acordos de Execução às Juntas de Freguesia do Concelho, durante o mês de abril;

9. Pagamento imediato às Juntas de Freguesia do Concelho no valor de 50% dos Acordos de Cooperação celebrados para o presente ano, por forma a avançarem com as obras previstas;

10. Isenção do pagamento das taxas relativas a publicidade a todos os estabelecimentos comerciais que se encontrem encerrados, com exceção de bancos, instituições de crédito e seguradoras, até 31 de maio de 2020;

11. Isenção integral dos pagamentos de rendas, concessões, taxas ou outros rendimentos devidos ao Município, por espaços comerciais/serviços, que se encontrem encerrados, instalados em espaços municipais ou no domínio publico municipal até 31 de maio de 2020;

12. Redução do valor, em cinquenta por cento (50%), das rendas, concessões, taxas ou outros rendimentos devidos ao Município, por espaços comerciais/serviços, que se encontrem abertos, instalados em espaços municipais ou no domínio publico municipal até 31 de maio de 2020;

13. Isenção do valor das taxas relativas a venda ambulante de produtos alimentares, até 31 de maio de 2020, como forma de apoio aos comerciantes e incentivo à prestação deste serviço que beneficia as pessoas que residem em zonas mais isoladas e não servidas por transportes ou estabelecimentos comerciais de produtos alimentares, contribuindo ainda para que as pessoas fiquem em casa e não se desloquem a zonas de maior concentração comercial;

14. Redução de 50% do pagamento pela utilização do parque TIR da PLIE, até 31 de maio;

15. Isenção do pagamento de parquímetros existentes na cidade até 31 de maio de 2020;

16. Isenção do pagamento do primeiro semestre do Cartão Municipal de Residente;

17. A disponibilização, em articulação com a ULS da Guarda, de alojamento em unidades criadas para o efeito na cidade da Guarda para os profissionais de saúde, elementos da Proteção Civil, Bombeiros Voluntários e a funcionários dos lares residenciais que venham a necessitar;

18. Disponibilização de um centro de acolhimento para doentes vitimas da Covid19, que estejam em recuperação;

19. Disponibilização de alojamento temporário para utentes de lares e ERPI’s em unidade para o efeito, em caso de evacuação por contaminação Covid-19;

20. Disponibilização de computadores a todos os alunos com comprovada carência económica, em estreita colaboração com os Agrupamentos de Escolas, a fim de poderem acompanhar as aulas à distância;

21. Disponibilização de um serviço de apoio de acesso a medicamentos e a bens alimentares, denominado “Ações Falam Mais que Palavras”, a todos os cidadãos pertencentes a grupos vulneráveis, idosos, doentes crónicos, pessoas isoladas ou com problemas de saúde e/ou mobilidade e sem apoio familiar;

22. Entrega de Kits alimentares aos alunos dos escalões A e B, a frequentar o ensino pré-escolar e primeiro ciclo, ao longo do terceiro período;

23. Criação, no âmbito do Espaço Empresa e Apoio ao Investidor, de uma equipa de apoio às empresas, designadamente, micro, pequenas e médias empresas, tendo em vista assegurar a informação e aconselhamento sobre todos os apoios existentes, não só no decurso da pandemia, como também no período subsequente, tendo em vista promover a recuperação económica e o relançamento do tecido empresarial;

24. Dinamização do lançamento de empreitadas programadas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, com redução do prazo médio de pagamentos a fornecedores e empreiteiros;

25. Apoio aos órgãos de comunicação social, sediados na Guarda, assegurando publicidade institucional nos meses de abril e maio;

26. Re-agendamento, sempre que possível, dos espetáculos e atividades culturais cancelados no âmbito da pandemia.

Campanha “Todos por Todos – Porque os doentes oncológicos vão precisar mais de si” da LPCC

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC) lança a campanha de angariação de fundos “Todos por Todos – Porque os doentes oncológicos vão precisar mais de si”, com o objetivo de adquirir mais bem alimentares, bem como equipamentos hospitalares e de proteção individual, a serem entregues ao IPO de Coimbra, outras Unidades Hospitalares, Centros de Saúde, lares e residências de idosos de toda a região centro, enquanto decorrer esta fase crítica. Logo que os aspetos logísticos estejam mais normalizados, a LPCC.NRC quer reforçar o apoio aos doentes oncológicos e suas famílias (diretamente ou através de estruturas locais de apoio).
Para o presidente do Núcleo Regional do Centro da LPCC, Vítor Rodrigues: “ao proteger os profissionais de saúde estamos a proteger os doentes oncológicos e seus familiares. A AJUDA DE TODOS É FUNDAMENTAL PARA REFORÇAR O APOIO”.
Esta angariação é apenas parte do processo total em marcha. Dá continuidade ao plano estruturado de ação que a LPCC.NRC tem em curso para a Região Centro, cujo esforço orçamental chegou, até ao momento, aos 145 mil euros de aquisição de materiais e bens. Alguns foram já entregues, outros já encomendados e outros o serão à medida que forem sendo identificados e haja disponibilidade no mercado.
De momento, a campanha “Todos por Todos – Porque os doentes oncológicos vão precisar mais de si” já angariou mais de 23 mil euros. Arranca com o apoio da empresa Pereira & Santos – Cash & Carry que atribuiu o donativo inicial de 22.323,20 euros. A título simbólico, os membros da Direção do Núcleo Regional do Centro da LPCC (QUE SÃO VOLUNTÁRIOS) contribuíram também com um donativo GLOBAL de 700€.
Os contributos para esta campanha podem continuar a ser feitos através da página www.ligacontracancro.pt/tpt. Os donativos devem ser efetuados através da conta solidária: IBAN: PT50 0035 0528 00022158130 64 ou endereçando donativos em espécie (contactos para o efeito: 239 487 490 ou 918 539 741).

Gimnodesportivo Municipal Celoricense com capacidade para 67 camas

Em comunicado, o Município de Celorico da Beira estabeleceu que: no cumprimento do Plano de Operações Municipal procedeu à instalação de uma unidade de acolhimento no Gimnodesportivo Municipal com capacidade para 67 camas (local de concentração e reforço de meios de socorro).

O serviço municipal de proteção civil está preparado para garantir, em situações de contingência, dentro dos limites dos seus recursos, os serviços essenciais à população e responder às situações de socorro em articulação com as autoridades competentes. Nesse sentido a proteção civil tem capacidade de resposta, limitada aos recursos disponíveis, para gerir equipas de colaboradores municipais, servir refeições diárias, assegurar serviço de lavandaria e higiene, prestar apoio social e de transporte de, e para, todos os cidadãos que venham a precisar de ajuda ou se encontrem em situação de emergência.

Na esperança de que estas respostas não venham a ser necessárias, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira escolhe estar preparado e organizado.

Além desta unidade de acolhimento de reforço de meios de socorro, os serviços municipais coordenam outros locais de proteção e concentração de meios, segundo as diferentes necessidades:

– Locais de concentração de meios de socorro (equipas médicas – 50 ativos);

– Local de concentração dos Utentes de IPSS’ s não covid-19 (não infetados) – Pousada do Inatel de Linhares da Beira (46 camas);

– Locais de isolamento e apoio a pessoas suspeitas ou infetadas (casa e escola do parapente em Linhares da Beira);

Esta logística só é possível graças ao envolvimento de muitas pessoas, instituições, autoridades civis e militares e empresas locais, daí que, o Município agradece profundamente a disponibilidade de todos os parceiros que se associam a esta causa humanitária.

Manter o maior isolamento social continua a ser a palavra de ordem e a melhor forma de prevenção contra o COVID-19.

Freguesia de Real renova medidas de Estado de Emêrgência

Na Freguesia De Real mantém-se com as normas no Estado de Emergência, para além das já conhecidas reforça que:

Alertam para a limitação de circulação para fora do concelho entre os dias 9 e 13 de Abril (Período da Páscoa).

Equipamentos encerrados

* WCs Públicos
* Fornos Comunitários
* Fontanários do Sobreiro, Cortes, Lagedo, Cemitério, Lameira e Ribeira.
* Parques Infantis e de Lazer

No que diz respeito aos Lavadouros públicos apelam aos utilizadores que tomem as devidas precauções de forma a evitar o contacto físico e a aglomeração de utilizadores.

Atendimento encerrado

Passa a ser executado a pedido e apenas para casos urgentes.

O Contacto deve ser feito para o mail ou usando o formulário de contacto.
Em alternativa, os residentes da Ribeira devem contactar, preferencialmente, o Presidente da Junta, e os residentes em Real, devem contactar, preferencialmente, o Tesoureiro ou o Secretário da Junta.

Cemitério Paroquial / Funerais

O Cemitério mantém o seu horário habitual.
Durante as cerimónias fúnebres só podem permanecer no Cemitério Paroquial, além do pessoal afecto ao serviço de inumação, os familiares em 1º grau do defunto (pais, filhos e irmãos) e respectivos cônjuges, ou na sua ausência quem seja responsável pela inumação, até ao limite de 30 pessoas.

Viseira de proteção oferecidas para Associação de Maceira

A onda de solidariedade continua e desta vez foi a Associação de Maceira que foi a contemplada com viseiras de proteção. Foram oferecidas pela empresa Visor-Fotógrafos de Seia.

Estes gestos vão-se multiplicando por todos os concelhos por todo País, aos qual as instituições agradecem estes gestos.

Bombeiros de Vila Franca das Naves recebem viseiras de proteção

O Clube Roda Miness  e o Rotary Club de Trancoso ofereceram cada cinco viseiras de Proteção Individual aos Bombeiros voluntários de Vila Franca das Naves. Esta mais uma forma da comunidade estar solidária com os profissionais.

Deste modo, a Direção, Comando e Corpo Ativo desta instituição agradecem esta dádiva que os deixa mais protegidos nesta pandemia do COVID 19.

COVID-19 e diabetes: linha gratuita de apoio já disponível

As pessoas com diabetes passam agora a ter à disposição uma linha telefónica gratuita para esclarecer todas as dúvidas sobre COVID-19. Através do número 302051685, que funciona todos os dias, entre as 8h00 e as 22h00, vai ser possível obter informação de médicos especialistas sobre a diabetes no contexto desta pandemia.
A diabetes Mellitus atinge 13,6% da população portuguesa, sendo que 28% têm mais de 80 anos. Quanto às pessoas infetadas pelo novo coronavírus, 20% têm diabetes, número que sobe para 22% quando se trata de internados em cuidados intensivos. Por outro lado, a diabetes descompensada pode diminuir as defesas do organismo e proporcionar o desenvolvimento facilitado de infeções.
No sentido de responder às muitas dúvidas que têm surgido às pessoas com diabetes, a Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo, o Núcleo de Diabetes Mellitus da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna e a Sociedade Portuguesa de Diabetologia decidiram criar esta linha, independentemente daquelas que os serviços de saúde públicos e privados já disponibilizaram.

Covid-19- Um caso confirmado em Mangualde

Segundo a Câmara Municipal de Mangualde informou que lhe foi comunicado pela Delegada de Saúde do Município, a existência de 1 caso positivo de COVID19 em Mangualde.
deste modo, também referiram que o munícipe se  encontra estável e está a ser devidamente acompanhado pelos profissionais de saúde.
Agora cada vez mais, nesta fase de mitigação é importante seguir à risca os conselhos da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar