Templates by BIGtheme NET
Home » Saúde (page 3)

Saúde

Açores vai comemorar o Dia dos Avós

A freguesia de Açores vai acolher a comemoração do Dia dos Avós, promovida pela Rede Social de Celorico da Beira (Município, Educação, Segurança Social, Saúde, Emprego, IPSS’s concelhias), com o apoio da União de Freguesias de Açores e Velosa, amanhã dia 26 de julho, no largo da Lameira em Açores.

Num tributo a todos os avós, figuras paternalistas que povoam o imaginário e baú das memórias de cada um de nós, o evento visa promover um encontro inter-geracional entre crianças e idosos, utentes das IPSS,  e do concelho em geral.

Pretende-se proporcionar um dia animado, com diversas atividades potenciadoras do estreitamento dos laços afetivos entre estas duas gerações ou, simplesmente, aproximá-las através do conhecimentos das suas realidades, como os jogos tradicionais, que constituíam as brincadeiras das crianças de outrora ou as canções e as coreografias.

Festa que se preze tem sempre música e, esta, não é exceção. A animação musical estará a cargo de um acordeonista. O almoço (oferta da Câmara Municipal), e o lanche irão incrementar os momentos de confraternização, convívio e a  amizade entre os participantes

 

 

 

Nova viatura equipada com o DAE, Desfibrilhador em Figueiró da Granja

A Freguesia de Figueiró da Granja passa agora a ter disponível uma nova viatura que está bem equipada com o DAE, Desfibrilhador Automático Esterno Philips, na rede DOC da Cruz Vermelha.

Assim estão também aptas para poderem utilizar este meio seis pessoas que se disponibilizaram para fazer um curso, onde a Freguesia agradece ao Dr. João Rui por se ter disponibilizado a coordenar este curso.

Assim um novo meio de socorro está disponível para toda a comunidade.

Guarda-Secretária de Estado da Saúde reuniu na Guarda com o CA da ULS Guarda

Um início de semana com uma reunião realizada no Edifício da Sede da ULS da Guarda , entre o Conselho de Administração da ULS Guarda, com a Secretária de Estado da Saúde, Dra. Raquel Duarte, a Presidente da ARS Centro, Dra. Rosa Reis Marques e elementos da Equipa Nacional para a Reforma do SNS na Área dos Cuidados de Saúde Primários, Enf. António Manuel Oliveira e Dr. José Frias Bulhosa.
Foram abordados temas como: as listas de espera para a primeira da Consulta da especialidade, hospitalização domiciliária, as Unidades de Cuidados na Comunidade, Unidades de Saúde Familiar e o Plano Nacional de Saúde Oral.
Após a reunião, a Secretária de Estado da Saúde e restante comitiva realizaram uma breve vista às instalações do Pavilhão Cinco e do Pavilhão da Consulta Externa no Hospital Sousa Martins.

fonte da ULS Guarda

Pinhel tem disponível 12 oleões para a reciclagem de óleos alimentares usados

Decorre o Concurso Regional Escola Prio Top Level que premiou as escolas no âmbito da recolha de óleos alimentares usados, entre as quais a EB1 de Pinhel, a parceria ENERAREA – PRIO – HARDLEVEL deu continuidade à instalação de oleões de rua, na cidade de Pinhel.
Ao todo foram instalados 12 oleões, para a cidade de Pinhel , são equipamentos de elevada resistência e de aspeto cuidado, capazes de acolher os óleos alimentares usados provenientes do setor doméstico.
A recolha e reciclagem de óleos alimentares usados serve para a produção de biodiesel, ao mesmo tempo que diminui os impactos no ambiente, já que uma só gota de óleo pode contaminar cerca de 1000 litros de água.
Face ao exposto, o Município de Pinhel apela à consciência cívica e ambiental de todos, no sentido de guardarem os óleos alimentares usados em garrafas ou garrafões de plástico que podem e devem ser colocados nos vários oleões da cidade.

Localização dos oleões:

1 – Rua D. Dinis (por trás do Posto de Turismo)
2 – Rua Alexandre Herculano (em frente ao restaurante A Tasca)
3 – Avenida Carneiro de Gusmão (em frente à Escola Secundária)
4 – Rua Padre Pedro Maria de Aguiar (em frente à EB1 de Pinhel)
5 – Rua Eng. Carvalho Mourão (Bairro das Capelas)
6 – Rua Nuno Álvares Pereira (Bairro do Outeiro)
7 – Largo dos Combatentes (em frente ao café Meeting)
8 – Intermarché
9 – Rua Dr. António Seixas (em frente ao hostel Alecrim & Rosmaninho)
10 – Rua da GNR (Bairro da GNR)
11 – Rua de Macau / Rua de Moçambique
12 – Rua do Repouso (por trás do restaurante Skylab)

Por:MP

GNR-Trancoso – Detido em flagrante delito por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Trancoso, ontem, dia 13 de junho, deteve um homem com ­44 anos, por violência doméstica, no concelho de Trancoso.

A detenção ocorreu após uma denúncia de violência doméstica, em que os militares deslocaram-se de imediato para o local tendo surpreendido o individuo, em flagrante delito, a ameaçar de morte a sua mãe de 75 anos.

O suspeito, com antecedentes criminais por condução ilegal e dano, ficou detido nas instalações da GNR e será presente, hoje, dia 14 de junho, no Tribunal Judicial da Comarca de Trancoso, para aplicação de medidas de coação.

Centro Cultural de Trancoso acolheu Feira da Saúde

Decorreu nesta terça-feira no Centro Cultural de Trancoso a Feira da Saúde, evento promovido pelo Agrupamento de Escolas de Trancoso, Centro de Saúde de Trancoso, com o apoio da Câmara Municipal.

No local do evento estiveram presentes empresas e parceiros que colaboraram ativamente na realização deste certame, cujo objetivo passou por promover hábitos de vida saudáveis entre a população, com destaque para a prática de exercício físico e cuidados ao nível alimentar.

Por:MT

5 Sentidos, um caso de sucesso

 A empresa  5 Sentidos, Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacional, Lda. tem vindo a crescer gradualmente nestes 12 anos de trabalho, em prol de toda a comunidade. Situada em Mangualde, Guarda e Viseu.

Desta forma fomos conversar com as Dras Tatiana e Teresa para sabermos de como funciona esta empresa no Seu dia a dia e qual o segredo para tanto sucesso.

Deste modo, acompanhe a entrevista na nossa edição papel de 30 de maio. Fique a saber tudo!!

PSD lança comunicado “Com a Saúde não se Brinca”

Em comunicado , o PSD refere: A saúde na Guarda está como se sabe. Com uma carência nunca vista de médicos, enfermeiros e auxiliares, com um orçamento em 2019 quase 5 milhões de € inferior a 2018, com um corte de material de consumo clinico em 2,4 milhões, com uma divida crescente aos Bombeiros do Distrito, com enceramento de camas por falta de pessoal, com os serviços de otorrino, de ortopedia e gastroenterologia a funcionarem aos repelões e sem dignidade, com exames de endoscopia e colonoscopia atirados para as calendas e com consultas a demorarem tempos indignos de 2 e 3 anos.

Apesar desta vergonha, que devia ser assumida pelo Governo com um pedido de desculpas e com soluções eficazes, o Dr. Costa e a Dra. Temido brincam com os Guardenses e vêm a dias das eleições europeias e poucos meses das eleições legislativas querer enganar as nossas gentes com mais um número de circo.

Andaram quase três anos sem mexer uma palha e não anunciaram nem um tijolo para o Pavilhão 5 (onde é suposto passar a funcionar o bloco de partos, os serviços de obstetrícia, pediatria e ginecologia).

Foi preciso o cabeça de lista do PSD Paulo Rangel visitar o Hospital da Guarda na passada 6ª feira (dia 17 de Maio) e os deputados na AR terem interpelado por escrito já em 27/02/2019 a Ministra da Saúde sobre o que queria, como queria e quando queria fazer algo relativamente a essa obra – sem que ela se tenha dignado responder – para surgir o forrobodó e o desaforo do costume.

Soube-se hoje que o que antes não foi, agora é que vai ser…

Não se enganem.

Não é nenhuma obra nem nenhum concurso para a tão desejada construção do Pavilhão.

É, se bem se percebeu, uma espécie de tiro de pólvora seca, é apenas um anúncio de que a ULS tem autorização para prosseguir com o projeto e para o estabilizar, sem que se saiba ao certo o que isto é.

Diz o deputado da AR eleito pelo PS que estará estabelecido o programa funcional e o perfil assistencial das novas instalações para se fazer a sua apreciação final.

Ou seja, com uma pompa que já enfastia, com um atrevimento que já ninguém suporta, com um malabarismo que tresanda, anuncia-se hoje algo que antes já estava estabilizado e que este Governo rejeitou, reprovando pela mão da CCDRC a candidatura antes apresentada pela ULS.

Para bom entendedor, meia palavra basta. Criam-se mais uma vez expetativas, constrói-se mais uma fake news, anestesiam-se mais alguns que teimam em ter esperança, pisca-se o olho aos eleitores e daqui a uns anos estamos na mesma, isto é, sem obra.

Nada se garante, pouco se avança e muito se engana, ao bom estilo da política da terra queimada, aquela que descredibiliza e que faz crescer a abstenção e a repulsa por quem assim procede.

Mais lá para a frente, antes de Outubro, virá mais um fogacho qualquer para manter a chama viva.

Depois tudo voltará a gelar e cristalizar e o Pavilhão 5 dificilmente passará de uma miragem com este Governo socialista.

Vai uma aposta?

Instituto Politécnico da Guarda integra Rede para Salvaguarda da Dieta Mediterrânica

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) é uma das 19 instituições que integra a Rede das Instituições de Ensino Superior para a Salvaguarda da Dieta Mediterrânica (RIESDM), criada no passado dia 10 de maio.

O objetivo desta rede – cujo ato de constituição ocorreu na Universidade do Algarve – é potenciar o trabalho desenvolvido pelas instituições de ensino superior (IES) no âmbito da promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica (DM).

Pretende-se, igualmente, aumentar a articulação das IES com outras entidades que tenham responsabilidade na promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica (DM), contribuindo, através de uma abordagem multidisciplinar, para a salvaguarda da DM em diversas vertentes; nomeadamente, entre outras, ao nível da produção e valorização dos produtos, da educação para a saúde e da preservação de técnicas e festividades.

Refira-se que a Dieta Mediterrânica é uma secular herança cultural e civilizacional, um estilo de vida e um padrão alimentar de excelência reconhecido pela UNESCO e pela Organização Mundial de Saúde.

Considerando a crescente padronização dos hábitos alimentares e a aculturação das nossas tradições, a Dieta Mediterrânica (que ainda se mantém uma tradição viva) está em risco de perder a sua importância histórica e cultural. Recorde-se que, com o objetivo de cuidar da sua preservação, foi apresentada, a 4 de dezembro de 2013, na 8ª Conferência Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural e Imaterial da UNESCO, em BAKU, uma candidatura transnacional da DM a Património Cultural Imaterial da Humanidade (PCIH), de onde resultou a integração de Portugal.

A Dieta Mediterrânica, além de promover um modelo de desenvolvimento mais harmonioso, contribui para comunidades mais saudáveis e ambientalmente mais sustentáveis.

A assinatura do protocolo decorreu na sala de seminários da Reitoria da Universidade do Algarve e contou, além do Instituto Politécnico da Guarda, com mais 18 Instituições de Ensino Superior (IES): Institutos Politécnicos de Beja, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo e Viseu; universidades do Algarve, Aveiro, Coimbra, Évora, Porto e Trás os Montes e Alto Douro, bem como e três escolas não integradas (Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Escola Superior de Enfermagem do Porto e Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril). Nesse mesmo dia realizou-se a primeira reunião da Assembleia Geral da Rede.

Para o Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas, é “extremamente positiva a adesão a esta rede que é composta por mais 18 instituições de ensino superior, e que visa essencialmente, um trabalho profícuo de princípios multidisciplinares para a salvaguarda e valorização deste importante património imaterial de carácter internacional e que é representativo da nossa identidade enquanto povo”.

Ricardo Guerra, subdiretor da Escola Superior de Turismo e Hotelaria (ESTH) do IPG, que representou o Politécnico da Guarda nesta cerimónia de criação da RIESDM, afirmou que “nesta rede teremos a oportunidade de estar envolvidos numa dinâmica de partilha e trabalho comum, envolvendo várias áreas de investigação do nosso instituto e cruzando as mesmas com outras iniciativas que estejam ou venham a ser dinamizadas.”

Por outro lado, referiu ainda, “serão partilhadas as boas práticas no âmbito da salvaguarda da Dieta Mediterrânica, e pretende-se ainda, aumentar a articulação destas com as outras entidades de responsabilidade na promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica”.

Este modelo alimentar resulta da tradição gastronómica da bacia do Mediterrâneo, onde a produção de azeite tem um elevado peso, implicando uma ingestão predominantes de alimentos de origem vegetal (complementados por azeite) e por um menor consumo de proteína animal, privilegiando o peixe e lacticínios, a para de uma equilibrada ingestão hídrica, onde surge a recomendação do vinho consumido de forma moderada.

Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO” em Fornos de Algodres

Vai decorrer na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez ,no dia 31 de maio, uma Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO”, pelas 21horas , em Fornos de Algodres .

Vão ser oradoras a Dra. Lúcia Coutinho, Médica de Medicina Geral e Familiar e a Dra. Luísa Amaral, Médica do Centro de Saúde de Fornos de Algodres. Ainda tempo para um momento musical com o Grupo de Cantares de Fornos de Algodres.

Esta uma iniciativa promovida pelo Grupo de Voluntariado Comunitário de Fornos de Algodres da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar