Templates by BIGtheme NET
Home » Turismo

Turismo

Feira Anual de Santa Luzia em Trancoso

 

A Feira Anual de Santa Luzia é em Trancoso um certame marcante, de origens recuadas no tempo, mas que antevê um inverno rigoroso onde as gentes procuram o necessário agasalho face ao frio intenso que se avizinha.

Trata-se também de um evento de grande relevo para o Município de Trancoso, visto assumir um papel de grande importância para os produtores de pequenos ruminantes, uma vez que para além da já tradicional mostra de gado dos produtores do concelho de Trancoso, será também possível proceder à comercialização de ovinos e caprinos (com especial destaque para o borrego), estando prevista a participação de vários negociantes de gado que atuam na zona centro.

Acontece  a 13 de dezembro, esta feira, na cidade de bandarra.

Pinhel recebeu bandeira como Autarquia + Familiarmente Responsável

Ao longo dos últimos anos, o Município de Pinhel tem vindo a ser premiado como Autarquia + Familiarmente Responsável pelo trabalho de proximidade aos cidadãos nas áreas da educação e da ação social.

A cerimónia de entrega da bandeira a fim de ser hasteada em Pinhel teve lugar em Coimbra, onde Daniela Capelo, Vice –Presidente da autarquia pinhelense, marcou presença, para receber a  respetiva bandeira, que foi entregue pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis.

Segundo, o site da autarquia, este galardão tem a ver com esforço que a autarquia pinhelense tem vindo a desenvolver no sentido de estar ao lado das famílias do concelho e também pelas boas práticas para com os seus funcionários em matéria de conciliação entre trabalho e família.

foto:MP

Quatro centenas de pessoas participam no trail do míscaro

Realce ainda para a vertente solidária do evento que contribuirá para a reflorestação de um terreno baldio desertificado com a plantação de 400 árvores autóctones.

As modalidades de Trail Longo (30 km) e Trail Curto (15 km) vão reunir cerca de 200 atletas. Igual número de pessoas vai juntar a Caminhada, com o objetivo de cada uma plantar a sua árvore e contribuir para uma melhor natureza.

Evento coloca em destaque as condições naturais micológicas, a natureza, o património e as tradições rurais, contribuindo ainda para reflorestação com uma árvore por participante

“Será uma experiência fantástica, solidária, desportiva e recreativa, inserida numa iniciativa que gira à volta de um produto natural com elevado valor gastronómico – o “míscaro amarelo”, habitualmente abundante e com uma procura “desenfreada” no concelho”, refere a organização, que revela que “os participantes irão ter oportunidade de passar por terrenos onde rebenta este e outros cogumelos selvagens e degustar diversas iguarias da época durante o percurso, para além de poderem desfrutar de belas paisagens, tradições rurais e ainda das diversas atividades a acontecer no Certame Gastronómico do Míscaro”.

O Trail do Míscaro tem como principais objetivos promover o trail running nos trilhos do Município de Aguiar da Beira, assim como a divulgação das condições favoráveis do concelho para a micologia, para a prática de desporto e turismo na natureza e para estilos de vida rurais, saudáveis e de bem-estar.

No ano anterior participaram no Trail do Míscaro 300 pessoas, que geraram um igual número de árvores autóctones – carvalhos americanos – plantadas pelos participantes num terreno baldio e desertificado no concelho.

O evento desportivo é uma organização do jornal +Aguiar da Beira, em parceria com a Câmara Municipal e com o apoio de agentes económicos locais e nacionais. Integra-se no VI Certame Gastronómico do Míscaro, que se realiza a 24 a 25 de novembro, com mercadinho local, tasquinhas gastronómicas, workshops e passeios micológicos, sessões de live cooking e muita animação com grupos locais e o grupo popular de renome “Sons do Minho”.

Uma centena de pessoas no Raid TT Vinhos Beira Interior

Pinhel foi o concelho escolhido para celebrar, com vinhos, mais um ano de aventura e divulgação da região da Guarda e das suas potencialidades. O 2º Raid TT Vinhos Beira Interior, organizado pelo Município de Pinhel com o Clube Escape Livre, decorreu no último fim de semana e reuniu 98 pessoas em 39 viaturas 4×4 que percorreram os trilhos do concelho, numa aventura cheia de sabores locais.

O passeio que marca o encerramento do calendário todo terreno 2018 do Clube Escape Livre voltou a confirmar o sucesso da primeira edição. O evento começou ao final da tarde de sexta-feira, com os participantes a assistir à inauguração da quarta Feira Beira Interior – Vinhos & Sabores, a visitar o certame e a ter o primeiro contacto com alguns dos produtos da região, um momento de lazer e descontração que antecedeu o jantar, também no recinto da feira.

O sábado foi o dia forte em todo terreno. A caravana percorreu trilhos diversificados pelo concelho, dos caminhos rurais aos florestais, mais estreitos e empedrados, mas foi na etapa da tarde que os corta fogos da serra da Marofa obrigaram a maiores cuidados, antes da visita à Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo.

O dia encerrou em grande, com os participantes a integrar o jantar de gala com entrega de prémios do Concurso Internacional de Vinhos VinDuero / VinDouro, no qual se destacou, na Menção Geográfica, o tinto D. Manuel I, da Adega Cooperativa de Pinhel, merecedor de um Ouro com 93,17 pontos e um total de 17 Pratas. O vinho está inserido na Menção Geográfica que arrecadou mais medalhas, a DOC Portuguesa Beira Interior, com 7 Medalhas de Ouro. No entanto, o vinho mais pontuado e que recebeu o Grande Arribe de Ouro, foi o Palo Cortado de la Cruz de 1767, um Denominação de Origem de Jerez. Nesta décima quarta edição do concurso participaram mais de 500 vinhos procedentes de mais de 50 menções geográficas de Espanha e Portugal, sendo entregues um total de 56 Medalhas de Ouro e 91 Medalhas de Prata.

O domingo foi mais reservado a visitas. A primeira paragem foi na aldeia de Lamegal, onde, a meio da manhã, os participantes tiveram oportunidade de provar as castanhas e jeropiga da região.

 

“Monólogos de uma Vida” no 21º Aniversário da Biblioteca Municipal em Mangualde

Mangualde acolhe, no próximo dia 23 de novembro, pelas 21h30, a peça de teatro “Monólogos de uma Vida”, no âmbito do 21º aniversário da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. O espetáculo encontra-se inserido no projeto CIM Dão Lafões.

Peça da autoria de Peter Cann, encenação de Eduardo Correia e interpretada pelo grupo “Teatro de Montemuro”, retrata a história de um homem que precisa de tomar uma decisão. É a terceira oportunidade que tem de mudar a sua vida, encontrar o amor e realizar-se. Um triângulo amoroso entre um homem, o amor da sua vida e a sua terra natal, contado por três performers: um ator, um bailarino e um músico.

A PEÇA ENCONTRA-SE DIVIDIDA EM TRÊS PARTES:

Sísifo

Um rapaz de cabeça quente, vinte anos de idade, sente-se frustrado com as limitações da sua vida numa pequena aldeia. Um acontecimento numa feira faz ferver as suas frustrações que viram violência e o ressentimento congela-se no seu estômago como neve.

Ícaro

O rapaz conhece uma jovem de Lisboa e apaixona-se por ela. É uma oportunidade para sair da aldeia, viver em Lisboa e criar uma nova vida. Graças a uma combinação de infelizes coincidências e o seu feitio precipitado, acaba por deixar Lisboa e o amor da sua vida e regressa à aldeia.

Perséfone

De volta para a vida na aldeia, torna-se um agricultor de sucesso, vê a mudança chegar à sua região e através das novas tecnologias ganha acesso a um mundo maior.

A sua antiga amada contacta-o através do Facebook. Encontram-se e o amor reacende, mas quando visita Lisboa apercebe-se de quanto gosta da sua vida na aldeia e da ligação que sente à comunidade.

Volta para a aldeia e confronta-se com a decisão que precisa de tomar.

Texto – Peter Cann

Encenação – Eduardo Correia

Movimento – Julieta Rodrigues (Radar 360º)

Cenografia e Figurinos – Maria João Castelo

Direção Musical – Carlos Adolfo

Interpretação – Abel Duarte, Carlos Adolfo e Filipe Moreira

Desenho de Luz – Paulo Duarte

Construção de Cenários – Carlos Cal e Maria da Conceição Almeida

Costureiras – Capuchinhas crl e Maria do Carmo Félix

Operação técnica – Paulo Duarte

Direção de Produção e Comunicação – Paula Teixeira

Direção de Cena – Abel Duarte

Cartaz – Maria João Castelo

Fotografia e Vídeo – Lionel Balteiro

Mais informações sobre a peça em: http://redecultural.cimvdl.pt

Beira Interior – Vinhos & Sabores inicia hoje em Pinhel

Pinhel volta acolher mais uma edição do Beira Interior – Vinhos & Sabores, um certame que pretende dar a conhecer o melhor que por cá se faz, mas também ser um espaço de debate e de reflexão, um lugar de experiências e de descobertas, uma oportunidade de negócio, em suma, um evento que vale a pena visitar e, sobretudo, sentir e saborear.

Esta é uma iniciativa do Município de Pinhel e da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior acontece assim nos dias 16, 17 e 18 de novembro no Centro Logístico de Pinhel.

Destaca-se nessa edição a realização de mais uma Gala Vinduero, onde são distinguidos os vinhos de Portugal e Espanha, mas também vai haver workshops, seminário, degustações e provas de vinhos comentadas, show cooking, animação musical entre outras novidades.

A Beira Interior é hoje uma região de excelência e qualidade, tendo os seus Vinhos cada vez maior notoriedade.

Gouveia vai inaugurar o Mercado Municipal provisório

A abertura oficial do mercado municipal provisório de Gouveia, vai decorrer esta quinta -feira, pela 9 horas da manhã, a funcionar no pavilhão da antiga Bellino&Bellino,
As obras de adaptação de parte do pavilhão da antiga fábrica Bellino&Bellino (que tem tido a função de estacionamento e local de realização de eventos) para acolher, provisoriamente durante 2 anos, o Mercado Municipal encontram-se em fase de conclusão. Com as obras efetuadas no referido local, o Município Gouveense pretende criar e disponibilizar, aos comerciantes e a todos os que efetuam compras neste espaço, as melhores condições possíveis para que, durante o período de execução das obras do edifício do Mercado Municipal, todos continuem a usufruir do Mercado Municipal.

fonte:MG

Associação de Artesãos Serra da Estrela e a Olaria Mimoso vão à Feira a Milão

Decorre no próximo mês de dezembro, a maior Feira de Artesanato do Mundo – L´ Artigiano in Fiera (Milão), mais concretamente de 1 a 9 de dezembro 2018.
Este um evento que fomenta  a internacionalização e promoção dos produtos endógenos e artesanais de Artesãos/Empresas portuguesas, num dos mercados mais atrativos e importantes para o setor.
Desta forma, a  Associação de Artesãos Serra da Estrela e a Olaria Mimoso (Juncais, Fornos de Algodres) promovem com a sua  participação os bons produtos nacionais, nesta feira.

Um evento que tem mais de 1 milhão e meio de visitantes de todo o mundo que visitam L´ Artigiano in Fiera.

Foto: OM

Filme “ Soldado Milhões”em Celorico

No mês em que se comemora  o centenário do Armistício da Primeira Guerra Mundial –  11 de novembro de 1918 – vai ser apresentado, no Centro Cultural de Celorico da Beira o filme “ Soldado Milhões” . Desta forma, pretende o Municipio comemorar esta importante data e homenagear um herói português, pouco conhecido, a quem foi atribuída a maior condecoração nacional –  a Ordem Militar de Torre e Espada. Estará presente Teresa Milhais, neta de Anibal Milhais, residente na Guarda.

O filme será exibido no dia 16 de novembro, durante o dia para a comunidade escolar e às 21.30h para o público em geral.

 

A presença portuguesa na Primeira Grande Guerra é ainda desconhecida por muitos, assim como a existência de Aníbal Milhais, o Soldado Milhões.

Os seus atos de coragem durante a Batalha de La Lys valeram-lhe a mais alta condecoração nacional – a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito. O soldado estava longe de imaginar que se viria a tornar no maior herói português da Primeira Guerra Mundial.

 

Aníbal Augusto Milhais nasceu em 1895 na aldeia de Valongo, concelho de Murça. A 9 de abril de 1918 o soldado transmontano integrou a 2ª Divisão do Corpo Expedicionário Português que enfrentou os alemães na batalha de La Lys(Flandres), uma das mais sangrentas da Primeira Guerra Mundial. Perante o avanço das tropas inimigas, o contingente nacional (em menor número) viu-se obrigado a retirar, mas Aníbal Milhais, contrariando ordens superiores, não virou costas e enfrentou sozinho as sucessivas ofensivas alemãs, possibilitando a retirada dos companheiros  para posições de retaguarda. Depois de travar sozinho o avanço das tropas inimigas, o soldado português vagueou pelos campos da Flandes durante quatro dias, exposto ao fogo inimigo e sem conseguir encontrar o que restava da sua divisão. Ainda não estava a salvo no acampamento e já o relato da sua façanha ecoava no espírito combalido do exército português. Aníbal Augusto Milhais demora vários dias até reencontrar o seu pelotão em Saint-Venant, protegido apenas pela sua arma– Luisinha – e um amuleto da sorte oferecido pela sua amada. No Terá sido um médico escocês, salvo por Milhais de morrer afogado, o primeiro a dar conta do seu heroísmo. Quando finalmente chegou, são e salvo, o comandante ter-lhe-á dirigido a saudação que ficaria para a história:-Tu és Milhais, mas vales Milhões.

De regresso a casa, o seu feito não foi esquecido. A aldeia que o viu nascer e morrer, mudou o nome para Valongo de Milhais e o epíteto Milhões transformou-se no sobrenome dos seus descendentes.

 

Assinatura oficial do protocolo de geminação entre Pinhel e Guijuelo em breve

E se de repente lhe oferecerem um bom vinho de Pinhel acompanhado de um delicioso presunto de Guijuelo… É bem provável que daqui em diante encontre esta combinação única numa ocasião especial, seja em território português ou espanhol, seja em qualquer parte do mundo onde Pinhel e Guijuelo se encontrem a promover o protocolo de geminação que está em curso tendo em vista o “hermanamiento” da cidade de Pinhel (Beira Interior – Portugal) com Guijuelo (Salamanca – Espanha).
Reforçar os laços de amizade e de cooperação que o Município de Pinhel e o Ayuntamiento de Guijuelo têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos é o principal objetivo deste passo que, a médio e longo prazo, espera ver consolidadas e reforçadas as relações entre as instituições signatárias, mas também entre as gentes de Pinhel e de Guijuelo e, de modo particular, entre os agentes económicos que, de um lado e outro da fronteira, são produtores do Vinho de Pinhel e do Presunto de Guijuelo, dois produtos de qualidade ímpar, que “casam” na perfeição e que podem, de agora em diante, surgir acompanhados na promoção destes dos territórios de fronteira.
O documento que irá servir de base à efetivação da geminação foi aprovado pelo Executivo da Câmara Municipal de Pinhel, em reunião ordinária realizada a 8 de novembro, o que também já tinha acontecido em finais de setembro em Guijuelo.
Quanto à assinatura oficial do protocolo de geminação / hermanamiento, será feita em cerimónia pública, em data a anunciar, em Pinhel e também em Guijuelo.
Na foto: Francisco Julian Ramos Manzano, Alcalde/Presidente do Ayuntamiento de Guijuelo, e Rui Ventura, Presidente da Câmara Municipal de Pinhel.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar