Templates by BIGtheme NET
Home » Turismo (page 92)

Turismo

Em Gouveia foram distribuídos apoios às coletividades

     O gouveiaMunicípio de Gouveia concluiu nesta quinta-feira (22 de outubro) a entrega de apoios anuais às coletividades do concelho. Em sessão pública no Salão Nobre, as coletividades culturais e as associações humanitárias do bombeiros voluntários receberam 65.000 mil euros relativos aos apoios anuais de 2015. 

   A entrega dos subsídios anuais as coletividades culturais, recreativas e associações humanitárias decorreu após a autarquia ter entregue em Setembro os apoios anuais às coletividades desportivas. Em 2015 reuniram as condições para atribuição de apoios anuais 30 associações culturais e quatros associações humanitárias do concelho.

Luís Manuel Tadeu Marques, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia, valorizou o papel das associações no concelho de Gouveia enquanto pólos de cultura e de dinamização comunitária. “A atribuição de apoios às associações é o reconhecimento do contributo e do trabalho das coletividades na valorização da cultura, das tradições e da nossa identidade” indicou o Presidente da Câmara.

A atribuição dos subsídios anuais às coletividades do Concelho de Gouveia ocorre após a entrega dos respetivos planos de atividades ao município e ponderação das atividades desenvolvidas. Em 2015 o Município de Gouveia atribuiu um total 125 mil euros às associações culturais, desportivas e de bombeiros voluntários.

Por:Mun.Gouveia

Dia Municipal da Igualdade com os jovens

AÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DECORREU ONTEM DE MANHÃ
JUNTO DE MEIA CENTENA DE ALUNOS DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

A Câmara MuDia Municipal da Igualdadenicipal de Mangualde assinalou esta segunda -feira( 26 de outubro) pela manhã as comemorações do Dia Municipal para a Igualdade, junto de meia centena de alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. O momento contou com a presença da Vereadora da Ação Social da autarquia mangualdense, Maria José Coelho. A ação, que decorreu na Escola Gomes Eanes de Azurara, consistiu na sensibilização das turmas 2º D e 3º D para a questão da igualdade de género e foi dinamizada pela Drª Elisabete Nunes de Sousa da ACCIG.

                                                “TEMOS HOJE A CERTEZA QUE ESTA TEMÁTICA
                                        TEM QUE COMEÇAR NESTA FAIXA ETÁRIA” – Maria José Coelho
“Hoje o dia da Igualdade teve um significado diferente em parceria com a ACCIG que está novamente a desenvolver ações com o Município” sublinhou a vereadora no arranque da sessão. Não foram abordadas as temáticas que estão normalmente associadas a estes temas, como as diversas formas de violência (doméstica, conjugal, contra os idosos, no namoro, o bullying, etc.). O objetivo foi detetar como as crianças, de 7 e 8 anos, reagem à temática Igualdade de Género. “Foi uma sessão surpreendente, de abordagem simples e lúdica, que resultou e surpreendeu pela positiva. A brincar, afinal, também se aprende. Os objetivos foram conseguidos. Temos hoje a certeza que esta temática tem que começar nesta faixa etária ou mais cedo, ainda no pré-escolar. Ensinar que a igualdade ou as desigualdades de que falamos não são físicas oDia da Igualdade 1u biológicas, mas sim a desconstrução de estereótipos, o uso de uma linguagem inclusiva, o respeito, a interajuda, a amizade, são fundamentais em grupo ou na família”, referiu ainda Maria José Coelho.

O Dia Municipal para a Igualdade, que se assinala a 24 de outubro, nasceu no âmbito da Campanha Igualdade é Desenvolvimento, promovida pela Animar desde 2010, data a partir da qual tem vindo a ser celebrado por organizações da Animar e suas parceiras, contando já com o envolvimento de mais de um milhar de pessoas, uma centena de organizações e cerca de trinta municípios. Com esta iniciativa pretende-se mobilizar e sensibilizar a sociedade portuguesa para a importância da Igualdade de Oportunidades, com enfoque no género, enquanto efetivas violações dos mais elementares Direitos Humanos.

Por:Mun.Mangualde

Feira da Castanha e Paladares de Outono em Trancoso

Trancoso irá realizar nos dias 6, 7 e 8 de novembro mais uma edição da Feira da Castanha e Paladares de Outono.
Numa organização conjunta da Câmara e da empresa municipal Trancoso Eventos, a edição deste ano realiza-se no Pavilhão Multiusos da cidade de Trancoso. Após o enorme sucesso da edição de 2014, este ano a aposta será ainda maior com a duplicação do espaço destinado aos expositores.cartaz
A Feira da Castanha e Paladares de Outono 2015 contará com a participação de produtores de castanha, empresas de maquinaria agrícola especializada para a cultura de soutos, empresas comercializadoras de produtos para tratamento do castanheiro, empresas transformadoras da castanha, associações, cooperativas e instituições ligadas a este sector produtivo de enorme importância na região.
Diversos eventos vão integrar a programação da feira, envolvendo os produtores e o público potencial consumidor, como “showcookings”, conferências, exibição de jogos tradicionais e espetáculos musicais. No sábado, terá lugar a realização das “Jornadas Técnicas sobre o Castanheiro” no auditório do Pavilhão Multiusos de Trancoso.
No âmbito da parceria estabelecida entre a Câmara Municipal de Trancoso (CMT)e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) foi assinado, a 29 de julho de 2015, um protocolo tendo por objetivo promover o reforço da cultura do castanheiro no concelho de Trancoso.
Este protocolo pretende fomentar a implementação de práticas de cultivo conducentes à melhoria da produtividade do castanheiro no concelho de Trancoso, mediante a realização de um conjunto de ações de experimentação em soutos disponibilizados para o efeito, bem como através da transferência de conhecimentos quer para o Gabinete Técnico do Município, quer diretamente para os produtores.
A produção de castanha em Portugal é de cerca de 33 mil toneladas, das quais 70% são exportadas. Trancoso é responsável por 5% da produção nacional que gera para os produtores do concelho um rendimento de cerca de 3 milhões de euros anuais.
A área de castanheiro evoluiu em Trancoso de 855ha em 1999 para 1348ha em 2009, o que representa um aumento de 57%.
Trancoso integra uma das quatro regiões demarcadas de produção de castanha, a DOP “Soutos da Lapa”, detendo o maior número de explorações e área plantada nesta região.
As variedades protegidas por esta denominação de origem são a “Longal” e a “Martaínha”. Ambas podem ser utilizadas para o mercado de fresco ou para a indústria, têm bom sabor e poder de conservação. Sendo a variedade Martaínha mais precoce de maior calibre que a Longal, e por isso mais valorizada no mercado, tem merecido maior preferência dos produtores em detrimento da Longal.
A variedade de castanha “Martaínha” é verdadeiramente a imagem de marca da castanha de Trancoso e da DOP “Soutos da Lapa”.

Por:Mun.Trancoso

Os 109ºs dos Bombeiros Voluntários de Pinhel

Decorreu esbvpte fim de semana as comemorações do 109º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Pinhel.
O ponto alto das comemorações neste domingo, aconteceu, com as respectivas formalidades inerentes às comemorações.

Muitos foram os convidados que estiveram durante o dia, no intuito de dar apoio a todos os soldados da Paz.

Por:Mun.Pinhel

A melhor vinha do DÃO está em Gouveia

VINHOS DO CONCELHO GALARDOADOS COM MEDALHAS DE OURO
A MELHOR VINHA DA REGIÃO DEMARCADA DO DÃO É A QUINTA MADRE D’ ÁGUA

Os produtores do VMelhoresDao_web1itivinícolas do concelho de Gouveia foram galardoados com três medalhas de ouro no concurso. As melhores Vinhas do Dão” e “Os Melhores Vinhos do Dão Engarrafados” promovido pela Comissão Vitivinícola da regional do Dão. A listagem de premiados foi divulgada na sexta-feira, 16 de outubro, durante a gala que reuniu os produtores da região demarcada do Dão.

Dos produtores de Gouveia os vinhos tintos Casa de Passarela e Quinta da Ponte Pedrinha receberam medalhas de ouro e o vinho branco Casa da Passarela foi também galardoado com uma medalha de ouro.

Já no prémio das “Melhores Vinhas do Dão o grande vencedor foi a Quinta Madre D’ Água também do concelho de Gouveia que obteve a medalha de ouro.

O concurso “Os melhores do Dão” é uma iniciativa da Comissão Vitivinícola Regional do Dão que anualmente premeia os melhores vinhos e os melhores projetos agrícolas regionais numa ótica de promoção e valorização das iniciativas empresariais num espírito mais inovador, empresarial e dinâmico.

Por:Mun.Gouveia

AF Viseu- divisão de honra- 5ªjornada

JORNADA 5
Classificação
P J V E D GM GS DG
1 7 Silgueiros 15 5 5 0 0 10 2 +8 a
2 8 Moimenta da Beira 15 5 5 0 0 9 2 +7 a
3 Sátão 13 5 4 1 0 11 3 +8 a
4 7 Penalva Castelo 9 5 3 0 2 10 5 +5 a
5 7 Sampedrense 9 5 3 0 2 11 8 +3 a
6 8 Resende 7 5 2 1 2 4 4 0 a
7 8 Tarouquense 7 5 2 1 2 5 6 -1 a
8 7 Mangualde 7 5 2 1 2 6 5 +1 a
9 8 Castro Daire 6 5 2 0 3 4 5 -1 a
10 8 Sport Clube Paivense 6 5 2 0 3 7 11 -4 a
11 8 Molelos 6 5 2 0 3 2 5 -3 a
12 Carregal do Sal 5 5 1 2 2 5 7 -2 a
13 ACDR Lamelas 4 5 1 1 3 5 9 -4 a
14 7 Alvite 3 5 1 0 4 3 7 -4 a
15 8 Viseu e Benfica 3 5 1 0 4 2 10 -8 a
16 8 Ferreira de Aves 1 5 0 1 4 3 8 -5 a Por zero zero

Estudantes fornenses visitaram o Vale das Lobas

Estudar a Natureza

Foi uma tarde de 2ª feira diferente e  divertida, quando a turma da Escola EB 2,3 de Fornos de Algodres fez uma visita VLno intuito de  dar início ao programa de monitorização da Biodiversidade nas margens da ribeira.  

Dado que no Vale das Lobas já começaram a escavação experimental para um lago e vão agora plantar mais árvores, mas também vão referindo que se encontram  sempre atentos à forma como a vida de animais e plantas se modifica à medida que a biodiversidade aumenta.VL1

Desta forma, foi um aula diferente para estes alunos que alargaram os seus conhecimentos.

Por: Vale das Lobas

RALLY VINHO DO DÃO SAI PARA A ESTRADA

O Rally Vinho do Dão é uma prova organizada pelo Clube Automóvel do Centro e vai ter lugar no próximo fim-de-semana, dias 24 e 25 de outubro em Nelas, com 41 pilotos inscritos.
Esta pr1ova em piso de terra faz parte do Campeonato FPAK, Taça FPAK e Critério de Ralis Centro.
No dia 24 de Outubro os carros passarão no parque de verificações, espaço adjacente à empresa LUSOVINI e por volta das 14:00 começarão a juntar-se na Praça do Município (parque fechado) de onde sairão às 19h com destino ao parque de assistência, na Escola EB 2,3 de Nelas.
A Super Especial inicia às 19:20, com partida na avenida em frente às instalações escolares.
No domingo, dia 25, pela manhã a 1º Etapa começará pelas 9:23 no troço Vilar Seco – Quinta da Cerca, passará às 10:01 para o troço Santar – Vinhas do Dão, às 11:18 Vilar Seco – Quinta da Cerca e às 11:56 Santar – Vinhas do Dão.
Durante a tarde, são percorridos os troços Termas Caldas da Felgueira às 13:46; volta ao troço Santar – Vinhas do Dão às 14:29 e termina pelas 15:50 com Termas Caldas da Felgueira.
A entrega de prémios realizar-se-á na Praça do Município no pódio construído em frente à Câmara Municipal de Nelas por volta das 16:30

Por:Mun.Nelas

2ª EDIÇÃO DO TRAIL ALDEIAS DO MONDEGO EM MANGUALDE

A Câmara MuniTrail Aldeias do Mondegocipal de Mangualde sugere a  participação na 2ª edição do Trail Aldeias do Mondego, a acontecer no dia 14 de novembro. A iniciativa é organizada pelo Centro Desportivo Abrunhosense e conta com a colaboração do Município mangualdense, da Junta de Freguesia da Cunha Baixa e da Junta de Freguesia de Santiago de Cassurrães.

O Trail das Aldeias do Mondego tem como localização os seus trilhos principais entre as duas pontes sobre o rio Mondego e que dão acesso à Serra da Estrela (Mangualde-Gouveia e Nelas-Seia). O Trail subdivide-se em três provas: o Trail longo, com início às 09h00 no centro da cidade de Mangualde, tem um percurso de 38 km; o Trail curto, com início às 10h00 na Aldeia de Abrunhosa do Mato, tem um percurso de 14km; e uma caminhada de 8km (10h00). O Trail Longo tem um de tempo limite de 8 horas e o Trail Curto de 4 horas. Ultrapassando o tempo de passagem limites os atletas deverão afastar-se, pois nem a organização nem os serviços de assistência podem garantir a sua segurança, podendo “os corredores vassouras” levantarem as fitas de marcação do percurso após o tempo limite.

É obrigatório e essencial para cada prova levar telemóvel, e aconselhável levar água e manta térmica.

As inscrições devem ser efetuadas através do e-mail trailaldeiasdomondego@gmail.com, até ao dia 11 decm novembro de 2015 (24h00), e são limitadas a 200 participantes em cada prova. A participação no Trail longo tem um valor de 13€, no Trail curto de 10€ e na caminhada de 5 €. Por cada equipa de 10 atletas pagos, oferta de mais 2 inscrições! Os participantes, com idade mínima de 18 anos, têm até ao dia da prova para efetuarem o pagamento, podendo fazê-lo no Posto de Turismo de Mangualde.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar