Templates by BIGtheme NET
Home » Serra

Serra

“Fornos de Algodres Biodiversity Festival”

Mais um ano  a Praia Fluvial da Ponte de Juncais  vai receber o “Fornos de Algodres Biodiversity Festival”, uma iniciativa do Município de Fornos de Algodres, que tem como objetivo realçar a Educação Ambiental.

Acontece de  19 a 21 julho, esta é uma aposta bastante diferenciadora relativamente aos outros eventos locais , uma vez que este é um investimento no  património natural, promovendo durante três dias um certame onde imperam a educação ambiental, a arte, a música e a biodiversidade.

Este ano destaca-se “À Conversa Sobre Biodiversidade”, através de conversas abertas, residências artísticas e workshops, com os temas “III Land’Art Narciso do Mondego”, “A água que nos une”, “Um luxo de lixo” e “Urtiga, uma planta mágica, grande aliada dos solos e das plantas”.

Relativamente ao Programa musical a salientar, sexta-feira, 19 de julho, a atuação da “Banda Índice”, no sábado, 20 de julho, “Sintonias Serranas” (Projeto de Cultura em Rede da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela) e ainda o Dj Filipe Regalo, no domingo, 21 de julho, a animação estará a cargo do “Avô Cantigas” e da Banda Blue Gun.

Serão, ainda, realizadas duas caminhadas noturnas designadas por Rotas da Biodiversidade, que partindo de dois pontos distintos do concelho, Fornos de Algodres e Vila Ruiva culminarão na Praia Fluvial da Ponte de Juncais.

 

GNR- Operação “Viajar Sem Pressa”

Até ao dia 19 de julho, a Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, realiza ações de sensibilização e de fiscalização rodoviária intensiva de controlo da velocidade, com o objetivo de promover uma cultura que resulte em comportamentos mais seguros por parte dos condutores e na diminuição da sinistralidade rodoviária grave.

O excesso de velocidade continua a constituir em Portugal uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave, seja pela diminuição do tempo de reação do condutor para fazer face a um imprevisto, ou pelo agravamento das suas consequências em resultado da maior violência do embate. Importa salientar que quando a velocidade duplica, a distância de travagem quadruplica, e em caso de acidente, a probabilidade de resultarem vítimas mortais ou feridos graves aumenta 8 a 16 vezes.

A GNR, relativamente à prevenção da sinistralidade rodoviária, no ano de 2018 e 1.º semestre de 2019, controlou a velocidade de cerca de 11 milhões de veículos, dos quais 232 532 circulavam em excesso.

Nesta operação serão empenhados militares dos Destacamentos de Trânsito dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estarão especialmente atentos à infração de excesso de velocidade, uma vez que este período de Verão carateriza-se, não só pela realização de grandes deslocações, seja por motivo de férias ou para o gozo de períodos de lazer mais curtos, como também pelo aumento do tráfego rodoviário e do cometimento de alguns excessos, nomeadamente de velocidade, potenciando a ocorrência de acidentes e o agravamento das suas consequências.

Liga Revelação sub-23 sorteada, Académica começa fora

Teve lugar o sorteio da Liga Revelação sub-23, uma prova este ano com 16 clubes. A primeira fase decorre até 8 de fevereiro.

Eis o resultado

1. Belenenses SAD
2. CD Aves
3. CD Feirense
4. Sporting CP
5. SL Benfica
6. Marítimo da Madeira
7. Estoril Praia
8. Famalicão FC
9. CD Cova da Piedade
10. Portimonense
11. Associação Académica de Coimbra
12. Leixões SC
13. Vitória FC
14. Rio Ave FC
15. SC Braga
16. Vitória SC

 

1ª Jornada:
Belenenses SAD – CD Feirense
Rio Ave FC – SL Benfica
Leixões SC – Estoril Praia
Portimonense – CD Cova da Piedade
FC Famalicão – A. Académica Coimbra
Marítimo – Vitória FC
Sporting CP – SC Braga
Vitória SC – CD Aves

Maratona Futsal dos finalistas com calendário definido

Já foi sorteado o calendário da Maratona de Futsal dos Finalistas 19/20 do AE Fornos de Algodres a realizar este sábado no Pavilhão local com inicia às 11 horas do sábado, 13 de junho e com terminus por volta das 11h da manhâ de domingo, 14.

Nova viatura equipada com o DAE, Desfibrilhador em Figueiró da Granja

A Freguesia de Figueiró da Granja passa agora a ter disponível uma nova viatura que está bem equipada com o DAE, Desfibrilhador Automático Esterno Philips, na rede DOC da Cruz Vermelha.

Assim estão também aptas para poderem utilizar este meio seis pessoas que se disponibilizaram para fazer um curso, onde a Freguesia agradece ao Dr. João Rui por se ter disponibilizado a coordenar este curso.

Assim um novo meio de socorro está disponível para toda a comunidade.

III Land Art Narciso do Mondego em Fornos de Algodres

A edição do Land Art de 2019, vai acontecer até 21 de julho, onde o Município de Fornos de Algodres promove a 3ª edição do Land Art Narciso do Mondego. engloba Conversas Abertas, Residências Artísticas e Workshops e tem como convidadas as artistas Carla Afonso, Elisa Pinto e Patrícia Oliveira, que desenvolverão durante estes dias diversos trabalhos de criação escultórica.

Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork, é uma intervenção artística na paisagem natural. Por outras palavras, o próprio ambiente é trabalhado como matéria-prima do artista, de modo a integrar-se na obra.

Mangualde recebeu Workshop de Ferramentas de Apoio à Decisão

Decorreu nesta quarta-feira, no  Auditório do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, uma formação,   com o tema tratado“Ferramentas de Apoio à Decisão no Teatro de Operações nos incêndios rurais”,com o apoio logístico da BAL de Mangualde e patrocinada pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e  destinou-se ao Agrupamento Centro/Norte dos Bombeiros dos Distritos de Viseu, Guarda, Aveiro e Coimbra.

Teve a presença do Adjunto do Comando Nacional  Alexandre Penha, o Comandante de Agrupamento Centro Norte,  CODIS Pedro Nunes, o Adjunto da Força Especial de Proteção Civil, Comandantes e 2ºs. Comandantes Distritais de Operações de Socorro, Comandantes de Bombeiros, Elementos do Comando e Operadores CDOS dos quatro distritos.

Ainda tempo para o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo,  na abertura se mostrar satisfeito por esta formação ter ocorrido em Mangualde, referindo É a prova provada de que o quartel dos Bombeiros Voluntários é polivalente e é escolhido com regularidade pelas estruturas regionais e nacionais para as mais variadas situações ligadas com a proteção civil.”

Fonte:BVM

Workshop – RECICLAR É ASSIM em Fornos de Algodres

RECICLAR É ASSIM. Simples. Ecológico. Natural.

 Inserido nas Férias Desportivas, o Município de  Fornos de Algodres acolheu no dia 9 de julho na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, um grupo de 10 jovens provenientes do Campo de Férias Residencial da Associação de Maceira, com o objetivo dos nossos Eco Jovens, explicarem o papel dos jovens no dia-a-dia da reciclagem, através de exercícios práticos e dinâmicos.

Neste encontro os Eco Jovens de Fornos de Algodres, tiveram a oportunidade de oferecer EcoBags (sacos para a reciclagem) a cada um dos jovens.

O  Vereador Bruno Costa marcou presença no workshop, evidenciando que “os jovens tem um papel cada vez mais importante na sociedade, nomeadamente na área ambiental, sendo que, cada vez mais, a responsabilidade de preparar um futuro mais sustentável está nas mãos dos jovens.”

Por fim agradeceu aos Eco Jovens pelo empenho e destacou a responsabilidade social, cultural e ambiental que os jovens estão a demonstrar no Concelho de Fornos de Algodres.

 

Figueira de Castelo Rodrigo recebeu “Viagens”

Festival Cultura em Rede arranca com teatro comunitário

Figueira de Castelo Rodrigo recebeu o primeiro espetáculo da edição 2019 do projeto Cultura em Rede, organizado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE).

O Largo Serpa Pinto, em Figueira de Castelo Rodrigo, encheu-se de animação no passado sábado com o espetáculo “Viagens”, uma nova criação de teatro comunitário conduzida pela ASTA – Teatro e Outras Artes. Perante uma plateia de cerca de 500 espetadores, a encenação contou com a participação de uma equipa de 40 elementos, incluindo vários voluntários residentes no concelho.

A segunda edição do festival Cultura em Rede realiza-se pela segunda vez na região das Beiras e Serra da Estrela, durante os meses de julho e agosto, e Trancoso será o segundo espaço a receber esta peça de teatro no dia 13 de julho, o mesmo dia em que tem lugar o primeiro espetáculo de dança “A mão, o animal e o mistério”, no Castelo de Belmonte.

Lançado em 2018, o projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” consiste em espetáculos de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, a mentora do projeto. O programa inclui ainda uma rota de visitas guiadas encenadas, focadas na cultura e história do território de forma contemplativa e interativa. Todos os espetáculos têm lugar às 22h00, exceto os que se realizam em Pinhel e Almeida, que se iniciam meia hora mais cedo.

 

Datas dos espetáculos Cultura em Rede 2019

 

Figueira de Castelo Rodrigo          06/07/2019             (Teatro, Largo Serpa Pinto)

Trancoso                                           13/07/2019             (Teatro, Praça D. Dinis)

Belmonte                                          13/07/2019             (Dança, Castelo)

Seia                                                    18/07/2019             (Música, Largo do Município)

Pinhel                                                 20/07/2019             (Teatro, Jardim 5 de Outubro)

Fornos de Algodres                          20/07/2019             (Música, Praia Fluvial da Ponte de Juncais)

Sabugal                                             21/07/2019             (Dança, Castelo)

Manteigas                                         26/07/2019             (Música, Cobertura da Praça Municipal)

Almeida                                             27/07/2019             (Teatro, Picadeiro D´el Rey)

Guarda                                              28/07/2019             (Dança, Traseira da Sé)

Covilhã                                              03/08/2019             (Dança, Largo do Calvário)

Celorico da Beira                             03/08/2019             (Música, Praça de Santa Maria)

Gouveia                                             08/08/2019             (Música, Praça do Município)

Fundão                                              10/08/2019             (Dança, Largo do Calvário)

Mêda                                                 10/08/2019             (Teatro, Praça da Casa da Cultura)

Sobre a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) é uma associação de âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.

Inclui as unidades territoriais da Serra da Estrela, Beira Interior Norte e Cova da Beira e é composta pelos municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso.

A CIM-BSE tem como missão potenciar e promover o desenvolvimento da região, otimizando e defendendo os interesses comuns dos municípios associados, por forma a reforçar a identidade conjunta da região.

Jovens voluntários ajudam na vigilância Florestal

No início do mês foram oficialmente implementados os Programas do Posto de Vigia na Torre da Igreja da Nossa Senhora do Castelo (Câmara Municipal de Mangualde) e Vigilância Móvel (União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta) – Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas 2019, promovidos pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

 A sessão de formação envolveu 21 jovens: 6 voluntários no Posto de Vigia fixo da Torre da Igreja da Nossa Senhora do Castelo (CMM) e outros 15 no Programa de Sensibilização e Vigilância Móvel da União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta (UFMMCA), estes últimos divididos em 3 grupos de 5 elementos.

 A sessão contou ainda com a presença de elementos do EPNA-GNR e de Técnicos do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Mangualde que procederam aos esclarecimentos técnicos necessários para a execução das tarefas a executar, bem como, à sensibilização dos jovens para as eventuais situações de risco com que podem ser confrontados ao longo do cumprimento da vigilância.

As ações de vigilância de espaços rurais têm cada vez mais importância na efetiva redução do número de ocorrências de incêndios florestais. Nesse sentido, estes projetos visam assegurar a deteção imediata de um foco de ignição, a sua localização e a rápida comunicação da ocorrência às entidades responsáveis pela primeira intervenção.

Por: Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar