Templates by BIGtheme NET
Home » Serra (page 20)

Serra

Maratona Futsal dos finalistas com calendário definido

Já foi sorteado o calendário da Maratona de Futsal dos Finalistas 19/20 do AE Fornos de Algodres a realizar este sábado no Pavilhão local com inicia às 11 horas do sábado, 13 de junho e com terminus por volta das 11h da manhâ de domingo, 14.

Nova viatura equipada com o DAE, Desfibrilhador em Figueiró da Granja

A Freguesia de Figueiró da Granja passa agora a ter disponível uma nova viatura que está bem equipada com o DAE, Desfibrilhador Automático Esterno Philips, na rede DOC da Cruz Vermelha.

Assim estão também aptas para poderem utilizar este meio seis pessoas que se disponibilizaram para fazer um curso, onde a Freguesia agradece ao Dr. João Rui por se ter disponibilizado a coordenar este curso.

Assim um novo meio de socorro está disponível para toda a comunidade.

III Land Art Narciso do Mondego em Fornos de Algodres

A edição do Land Art de 2019, vai acontecer até 21 de julho, onde o Município de Fornos de Algodres promove a 3ª edição do Land Art Narciso do Mondego. engloba Conversas Abertas, Residências Artísticas e Workshops e tem como convidadas as artistas Carla Afonso, Elisa Pinto e Patrícia Oliveira, que desenvolverão durante estes dias diversos trabalhos de criação escultórica.

Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork, é uma intervenção artística na paisagem natural. Por outras palavras, o próprio ambiente é trabalhado como matéria-prima do artista, de modo a integrar-se na obra.

Mangualde recebeu Workshop de Ferramentas de Apoio à Decisão

Decorreu nesta quarta-feira, no  Auditório do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, uma formação,   com o tema tratado“Ferramentas de Apoio à Decisão no Teatro de Operações nos incêndios rurais”,com o apoio logístico da BAL de Mangualde e patrocinada pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e  destinou-se ao Agrupamento Centro/Norte dos Bombeiros dos Distritos de Viseu, Guarda, Aveiro e Coimbra.

Teve a presença do Adjunto do Comando Nacional  Alexandre Penha, o Comandante de Agrupamento Centro Norte,  CODIS Pedro Nunes, o Adjunto da Força Especial de Proteção Civil, Comandantes e 2ºs. Comandantes Distritais de Operações de Socorro, Comandantes de Bombeiros, Elementos do Comando e Operadores CDOS dos quatro distritos.

Ainda tempo para o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo,  na abertura se mostrar satisfeito por esta formação ter ocorrido em Mangualde, referindo É a prova provada de que o quartel dos Bombeiros Voluntários é polivalente e é escolhido com regularidade pelas estruturas regionais e nacionais para as mais variadas situações ligadas com a proteção civil.”

Fonte:BVM

Workshop – RECICLAR É ASSIM em Fornos de Algodres

RECICLAR É ASSIM. Simples. Ecológico. Natural.

 Inserido nas Férias Desportivas, o Município de  Fornos de Algodres acolheu no dia 9 de julho na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, um grupo de 10 jovens provenientes do Campo de Férias Residencial da Associação de Maceira, com o objetivo dos nossos Eco Jovens, explicarem o papel dos jovens no dia-a-dia da reciclagem, através de exercícios práticos e dinâmicos.

Neste encontro os Eco Jovens de Fornos de Algodres, tiveram a oportunidade de oferecer EcoBags (sacos para a reciclagem) a cada um dos jovens.

O  Vereador Bruno Costa marcou presença no workshop, evidenciando que “os jovens tem um papel cada vez mais importante na sociedade, nomeadamente na área ambiental, sendo que, cada vez mais, a responsabilidade de preparar um futuro mais sustentável está nas mãos dos jovens.”

Por fim agradeceu aos Eco Jovens pelo empenho e destacou a responsabilidade social, cultural e ambiental que os jovens estão a demonstrar no Concelho de Fornos de Algodres.

 

Figueira de Castelo Rodrigo recebeu “Viagens”

Festival Cultura em Rede arranca com teatro comunitário

Figueira de Castelo Rodrigo recebeu o primeiro espetáculo da edição 2019 do projeto Cultura em Rede, organizado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE).

O Largo Serpa Pinto, em Figueira de Castelo Rodrigo, encheu-se de animação no passado sábado com o espetáculo “Viagens”, uma nova criação de teatro comunitário conduzida pela ASTA – Teatro e Outras Artes. Perante uma plateia de cerca de 500 espetadores, a encenação contou com a participação de uma equipa de 40 elementos, incluindo vários voluntários residentes no concelho.

A segunda edição do festival Cultura em Rede realiza-se pela segunda vez na região das Beiras e Serra da Estrela, durante os meses de julho e agosto, e Trancoso será o segundo espaço a receber esta peça de teatro no dia 13 de julho, o mesmo dia em que tem lugar o primeiro espetáculo de dança “A mão, o animal e o mistério”, no Castelo de Belmonte.

Lançado em 2018, o projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” consiste em espetáculos de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, a mentora do projeto. O programa inclui ainda uma rota de visitas guiadas encenadas, focadas na cultura e história do território de forma contemplativa e interativa. Todos os espetáculos têm lugar às 22h00, exceto os que se realizam em Pinhel e Almeida, que se iniciam meia hora mais cedo.

 

Datas dos espetáculos Cultura em Rede 2019

 

Figueira de Castelo Rodrigo          06/07/2019             (Teatro, Largo Serpa Pinto)

Trancoso                                           13/07/2019             (Teatro, Praça D. Dinis)

Belmonte                                          13/07/2019             (Dança, Castelo)

Seia                                                    18/07/2019             (Música, Largo do Município)

Pinhel                                                 20/07/2019             (Teatro, Jardim 5 de Outubro)

Fornos de Algodres                          20/07/2019             (Música, Praia Fluvial da Ponte de Juncais)

Sabugal                                             21/07/2019             (Dança, Castelo)

Manteigas                                         26/07/2019             (Música, Cobertura da Praça Municipal)

Almeida                                             27/07/2019             (Teatro, Picadeiro D´el Rey)

Guarda                                              28/07/2019             (Dança, Traseira da Sé)

Covilhã                                              03/08/2019             (Dança, Largo do Calvário)

Celorico da Beira                             03/08/2019             (Música, Praça de Santa Maria)

Gouveia                                             08/08/2019             (Música, Praça do Município)

Fundão                                              10/08/2019             (Dança, Largo do Calvário)

Mêda                                                 10/08/2019             (Teatro, Praça da Casa da Cultura)

Sobre a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) é uma associação de âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.

Inclui as unidades territoriais da Serra da Estrela, Beira Interior Norte e Cova da Beira e é composta pelos municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso.

A CIM-BSE tem como missão potenciar e promover o desenvolvimento da região, otimizando e defendendo os interesses comuns dos municípios associados, por forma a reforçar a identidade conjunta da região.

Jovens voluntários ajudam na vigilância Florestal

No início do mês foram oficialmente implementados os Programas do Posto de Vigia na Torre da Igreja da Nossa Senhora do Castelo (Câmara Municipal de Mangualde) e Vigilância Móvel (União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta) – Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas 2019, promovidos pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

 A sessão de formação envolveu 21 jovens: 6 voluntários no Posto de Vigia fixo da Torre da Igreja da Nossa Senhora do Castelo (CMM) e outros 15 no Programa de Sensibilização e Vigilância Móvel da União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta (UFMMCA), estes últimos divididos em 3 grupos de 5 elementos.

 A sessão contou ainda com a presença de elementos do EPNA-GNR e de Técnicos do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal de Mangualde que procederam aos esclarecimentos técnicos necessários para a execução das tarefas a executar, bem como, à sensibilização dos jovens para as eventuais situações de risco com que podem ser confrontados ao longo do cumprimento da vigilância.

As ações de vigilância de espaços rurais têm cada vez mais importância na efetiva redução do número de ocorrências de incêndios florestais. Nesse sentido, estes projetos visam assegurar a deteção imediata de um foco de ignição, a sua localização e a rápida comunicação da ocorrência às entidades responsáveis pela primeira intervenção.

Por: Mun.Mangualde

Comissão Municipal de Defesa da Floresta define estratégias para este Verão

Teve lugar em Trancoso , a reunião da  Comissão Municipal de Defesa da Floresta local  para definir estratégias e medidas para o período critico de incêndios que se iniciou.
Uma ação promovida pela Câmara Municipal de Trancoso que contou com a presença de representantes da CCDRC, DRAPC, ANEPC, GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, ICNF, Corporações de Bombeiros de Trancoso e de Vila Franca das Naves, Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca, Infraestruturas de Portugal, Representante das Junta de Freguesia do Concelho, Técnicos do Município, Coordenador Municipal de Proteção Civil e do Executivo do Município de Trancoso.

Após enquadramento e discussão de medidas e estratégias da temática DFCI, os presentes deslocaram-se às instalações das Corporações de Bombeiros do Concelho, Força Especial de Proteção Civil, Postos de Vigia e a alguns dos troços de Faixas de Gestão de Combustível da rede viária municipal, executados no âmbito da defesa da floresta contra incêndios pelo Município de Trancoso.

Por:MT

Avisos e Liturgia do 14º Domingo Comum (ANO C)

Levar o anúncio do Reino de Deus aos outros significa levar a verdadeira alegria, anunciar que fomos libertados da escravidão do pecado e, assim, chegaremos à felicidade eterna. Com esta oração iniciamos a Eucaristia deste domingo. O Reino de Deus está próximo e este anúncio espalha-se por todos os povos por onde o Senhor passa. É um convite aberto a todos: uns aceitarão, outros não. Pelo facto de alguns não aceitarem o convite do Senhor, não podemos desanimar, nem perder o entusiasmo para anunciar a Boa Nova de Deus. Neste domingo, é o próprio Jesus que nos explica como se deve fazer este anúncio da Boa Nova.

O texto do evangelho diz-nos que o “Senhor designou setenta e dois discípulos e enviou-os dois a dois à sua frente, a todas as cidades e lugares aonde Ele havia de ir”. A missão de Jesus é anunciar o Reino de Deus, mas serve-se de outras pessoas para esta missão. Neste texto, a Igreja sempre viu um anúncio vocacional e um convite à oração para que Deus envie muitas pessoas que queiram anunciar o seu Reino a partir do ministério ordenado, da vida consagrada e do compromisso activo dos leigos.

Porém, o anúncio do Reino de Deus não só traz alegria e felicidade para quem o acolhe, mas também algumas dificuldades. Jesus diz a estes setenta e dois discípulos: “Ide: Eu vos envio como cordeiros para o meio de lobos”. Também é um aviso para nós! Muitas vezes, desanimamos perante as dificuldades do anúncio do Reino. Mas a advertência de Jesus mostra-nos que estas dificuldades já existiam quando Ele proclamava o Reino, como também nos primeiros tempos da Igreja. Estes setenta e dois discípulos também terão sentido o desânimo nos lugares onde não foram bem recebidos, mas não deixaram de fazer o anúncio do Reino de Deus: um reino de verdade e de vida, reino de santidade e de graça, reino de justiça, de amor e de paz.

07-07-2019

Jesus envia, mas como envia os seus discípulos? Diz-lhes que não levem bolsa, nem alforge, nem sandálias. Estas palavras podem parecer estranhas, porque aqueles setenta e dois discípulos tinham de percorrer muitas povoações, fazendo longas viagens a pé. Logicamente seria indispensável levar tudo isto. Os apóstolos não tinham cofres nem cartão de crédito para levantar dinheiro. Então, o que levar? Uns joelhos para rezar e pedir ao dono da messe que mande mais operários para a sua messe. Uns pés ágeis para percorrer todas as terras. Uma boca para anunciar a mensagem com decisão, entusiasmo, respeito, amor e sem medo. Um coração cheio de amor por Jesus e pelo seu Reino. É evidente que não se trata de improvisar, mas de ter fé, de ter confiança naquele que nos envia. É necessário ter mais fé no Reino de Deus e que é o Senhor que nos envia para que este Reino penetre no coração das pessoas.

Não podemos esquecer algo muito importante: nós somos enviados a anunciar o Reino de Deus aos outros; mas, em primeiro lugar, temos de receber em nós este anúncio do Reino. Tantas vezes pensamos que já sabemos tudo, que já cumprimos com tudo aquilo que é necessário para a nossa vida cristã! Esquecemos que pertencer ao Reino de Deus é um caminho que também nós precisamos de realizar e que ainda fica muito por fazer. Para receber este anúncio, precisamos de um amor incondicional pela Igreja, acolher com comunhão tudo aquilo que nos diz o Santo Padre, os nossos bispos, os presbíteros para crescer na fé.

O anúncio do Reino feito por Cristo depende de todos nós. Todos somos anunciadores do Reino, acolhendo-o também na nossa vida. Que neste domingo, tenhamos consciência deste grande projecto de Deus nas nossas vidas e sejamos colaboradores valentes, decididos e comprometidos, para que o Reino de Deus chegue até aos confins da terra.

http://www.liturgia.diocesedeviseu.pt/

Ano C - Tempo Comum - 14º Domingo - Boletim Dominical

Guarda-Secretária de Estado da Saúde reuniu na Guarda com o CA da ULS Guarda

Um início de semana com uma reunião realizada no Edifício da Sede da ULS da Guarda , entre o Conselho de Administração da ULS Guarda, com a Secretária de Estado da Saúde, Dra. Raquel Duarte, a Presidente da ARS Centro, Dra. Rosa Reis Marques e elementos da Equipa Nacional para a Reforma do SNS na Área dos Cuidados de Saúde Primários, Enf. António Manuel Oliveira e Dr. José Frias Bulhosa.
Foram abordados temas como: as listas de espera para a primeira da Consulta da especialidade, hospitalização domiciliária, as Unidades de Cuidados na Comunidade, Unidades de Saúde Familiar e o Plano Nacional de Saúde Oral.
Após a reunião, a Secretária de Estado da Saúde e restante comitiva realizaram uma breve vista às instalações do Pavilhão Cinco e do Pavilhão da Consulta Externa no Hospital Sousa Martins.

fonte da ULS Guarda

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar