Templates by BIGtheme NET
Home » Serra (page 475)

Serra

Comandante dos Bombeiros de Celorico da Beira demitiu-se do cargo

Caso António Marques não tivesse batido com a porta, iria ser forçado a fazê-lo, a partir de Setembro, altura em que chegava ao fim a comissão de serviço.O comandante dos bombeiros de Celorico da Beira demitiu-se do cargo que ocupava há 22 anos, apontando razões de cansaço e indisponibilidade.No inicio do verão, António Marques anunciou que se ia manter em funções , apenas até ao final da época dos fogos florestais que terminou em Outubro.O certo é que o tempo foi passando, o ambiente no quartel dos bombeiros de Celorico da Beira não era o melhor, e só ontem, numa reunião de direcção é que o comandante António Marques pediu por escrito para passar ao quadro de honra, até porque, os elementos da direcção já tinham dedicido não renovar a comissão de serviço do comandante, que terminava em Setembro deste ano.De referir que desde que, a actual direcção presidida por António Silva, também vereaor na Câmara de Celorico, tomou posse em 2009, o relacionamento com o comandante começou a degradar-se, e criou-se um mau estar dentro do quartel, porque se havia bombeiros que estavam do lado comadante, havia outros que queriam vê-lo pelas costas.Segundo ainda apurámos, nunca houve equipa de trabalho entre o comandante e a nova direcção… aliás, António Marques era acusado de tomar decisões sem dar conhecimento á direcção, o que criou algumas divergências.Perante este cenário, José Caetano, o actual adjunto, passa a exercer as funções de comandante, uma vez que Carlos Chagas que durante muitos anos ocupou o cargo de 2º Comandante, também pediu a demissão há poucos meses.

in Radio F-Guarda

Liga dos Bombeiros suspendeu negociações com o Ministério da Saúde

A Liga dos Bombeiros Portugueses suspendeu hoje as negociações com o Ministério da Saúde (MS) sobre o regulamento de transporte de doentes, disse à Lusa o vice-presidente da LPB, Rama da Silva.“O conselho executivo da Liga decidiu hoje à tarde suspender o diálogo com o Ministério da Saúde (MS) e marcar um congresso extraordinário para 26 de fevereiro, cujo tema único é o transporte de doentes”, explicou Rui Rama da Silva à agência Lusa.
Segundo o responsável, a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) justifica esta decisão com o facto de o MS “não anuir em suspender o despacho sobre o transporte de doentes em que se previa que o direito ao transporte fosse aferido em termos clínicos, mas introduzindo uma nova premissa que tem a ver com a capacidade financeira dos utentes”.A decisão do MS tem gerado, segundo o responsável da Liga, experiências negativas para os bombeiros, nomeadamente a recusa, por parte de alguns centros de saúde e hospitais, em receberem doentes.No ofício enviado hoje ao secretário de Estado Óscar Gaspar, a Liga reitera o pedido de nulidade ou revogação do despacho sobre o transporte de doentes, informa que vai suspender qualquer acção sobre a alterações do mesmo sem antes receber uma proposta concreta por parte do MS e lamenta que o relacionamento entre ambas as instituições tivesse chegado “a um quadro de desconfiança institucional”.Na quarta-feira, o MS esclareceu que decidiu regular o transporte de doentes, na sequência de uma auditoria que revelou a existência de abusos, para garantir que quem realmente precisa continuará a usufruir deste transporte gratuitamente e afirma que anualmente paga perto de 200 milhões de euros em transporte de doentes não urgentes.A tutela diz que o relatório de uma auditoria verificou que existiam situações de abusos e de benefícios indevidos no transporte de doentes não urgentes.Nesse sentido, e “cumprindo uma política de rigor na utilização dos recursos”, decidiu racionalizar, regular e disciplinar a utilização do transporte gratuito para o doente.Um despacho de Óscar Gaspar determina que o acesso ao transporte pago pelo Ministério da Saúde passa a ter que responder obrigatoriamente a dois requisitos: prescrição clínica e insuficiência económica, decisão contestada pela LPB.
in terras da beira

Afinal são apenas 28 casos

O Gabinete de Comunicação e Imagem da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, veio esta quarta-feira corrigir os números divulgados pela comunicação social de que estariam confirmados 41 casos de Gripe A no Hospital da Guarda. Segundo o comunicado, no final de segunda-feira, confirmavam-se apenas 28 casos da doença. De acordo com nota enviada à comunicação social pela ULS da guarda, «O número de casos de gripe A identificados desde sexta-feira, segundo os últimos dados oficiais, apurados no final do dia da última segunda-feira, são 28 e não há qualquer pessoa internada na sequência dos episódios de gripe registados desde este período.»
A unidade de saúde informa ainda que o Hospital de Sousa Martins – Unidade Local de Saúde da Guarda se encontra a funcionar em pleno e sem qualquer tipo de inconveniente para utente e profissionais.
Esta nota vai desmentir notícia ontem divulgada que dava conta que o número de casos de gripe aumentou para 41 no Hospital Sousa Martins, na Guarda, e que dois profissionais de saúde estariam internados.
(c) PNN Portuguese News Network
fonte: jornal digital

Casos de Gripe A no Hospital da Guarda aumentam para 41

O número de casos de Gripe A aumentou para 41 no Hospital da Guarda, informou fonte do conselho de administração de administração da Unidade Local de Saúde (ULS).
O número de casos de gripe aumentou no Hospital Sousa Martins, na Guarda, e chega agora aos 41. Dois profissionais de saúde estão internados sob vigilância médica, 36 estão a recuperar em casa e há três utentes internados, mas todas com outras patologias além da gripe.
Entre profissionais e utentes do Hospital desde sexta-feira foram detectadas 77 pessoas infectadas com os vírus da gripe em circulação este ano no país: 28 pessoas tem o tipo A e 49 o vírus do tipo B.
Nenhum dos profissionais de saúde tinha tomado a vacina sazonal, adiantou a Direcção-Geral da Saúde, e o seu afastamento obrigou ao reforço da escala com colegas vacinados. Segundo a subdirectora-geral da Saúde, Graça Freitas, apenas 30% a 40% dos profissionais de saúde se vacinam contra a gripe – um número abaixo do desejável.
(c) PNN Portuguese News Network
fonte: jornal digital

Manuel Alegre visita o distrito da Guarda na sexta,14 jan

PROGRAMA:
 10:00 – GUARDA – Visita à Quinta da CERCIG (em frente ao NERGA)
11:30 – TRANCOSO – Visita à Feira de Trancoso
13:00 – FORNOS DE ALGODRES – Almoço (Quinta das Courelas)
15:00 – SEIA – Visita ao Centro Social da Quinta de Monterroso (São Romão)
16:30 – SEIA – Visita à Escola Profissional Serra da Estrela

28 casos de Gripe A entre profissionais do Hospital Sousa Martins

O número de profissionais e de doentes do Hospital Sousa Martins, na Guarda, infectados com Gripe A aumentou para 28, informou fonte do conselho de administração de administração da Unidade Local de Saúde (ULS).Por volta das 10h00 desta segunda-feira “foram feitos 77 testes a 36 profissionais e a 41 doentes”, que indicaram que 18 profissionais e 10 doentes apresentaram “resultado positivo na Gripe A”, afirmou a fonte à agência Lusa.”Não há nenhum caso grave”, referiu, apontando que “há três doentes internados” mas o seu internamento “não é por causa da gripe, é devido a outras situações clínicas”.  A fonte prevê que o grupo de profissionais do Serviço de Medicina Interna, atingido pelo vírus da gripe, possa estar operacional “dentro de três dias” embora sublinhe que “o serviço está a funcionar” com recurso à “reorganização  das escalas”.  Para evitar o aparecimento de novos casos de profissionais infectados pelo vírus da gripe A, a ULS está a recolher inscrições junto dos vários serviços “e a vacinação deverá começar na próxima semana”.   

in correio da manhã

Ginásios com taxa de IVA reduzida quando dispensem professor

O ministério das Finanças esclareceu que os ginásios vão aplicar a taxa reduzida do IVA na utilização de máquinas e actividades que dispensem professor ou ‘personal trainer’, sendo a taxa normal aplicada aos serviços de lições ou com professor.
Em termos gerais, a taxa reduzida (6%) será aplicada nas prestações de serviços que impliquem utilização só pela entrada nos ginásios ou utilização de máquinas sem qualquer apoio de professor afirmou o ministério das Finanças.
A medida vem ao encontro das pretensões dos ginásios, que defendiam que fosse aplicada a taxa mínima de seis por cento às actividades sem recurso a monitor.
in nova guarda

Associação Académica decreta luto académico pela morte de jovem estudante

A Associação Académica da Guarda decretou quatro dias de luto académico pela morte de Tânia Tavares. A jovem estudante frequentava o Curso de Comunicação e Relações Públicas do Politécnico da Guarda. Tânia Tavares foi a única vítima mortal do acidente ocorrido ao final da tarde de ontem na A25, na zona de Fragosela, Viseu, do qual também resultaram dois feridos, um grave e outro ligeiro. Fonte do comando distrital de operações de socorro disse à Lusa que se tratou de uma colisão entre duas viaturas ligeiras, no sentido Mangualde–Viseu, tendo o trânsito na A25 ficado condicionado. Os dois feridos foram transportados para o Hospital de S. Teotónio, em Viseu.
in terras da beira

Gripe A ataca no hospital da Guarda

Está confirmado mais um caso de Gripe A entre os profissionais da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda. Fonte da ULS , que há mais um profissional com Gripe A (HN1), aumentando assim para 14 os casos, dois dos quais de doentes. A maioria dos profissionais pertence ao serviço de Medicina Interna e os restantes ao serviço de Ortopedia. Todos eles encontram-se em casa.
Apesar de tudo ainda se desconhecem as origens da doença….
fonte: terras da beira

Celorico cria Bosque do Centenário

O Município de Celorico da Beira associou-se ao projecto Bosques do Centenário, com a plantação de um bosque de Carvalhos, num terreno localizado junto ao novo Mini Campo de Jogos na vila de Celorico da Beira.
A acção realizou-se no dia 15 de Dezembro às 9.30 h e foi  apadrinhada pela escola EB.2.3./S. Sacadura Cabral. Os participantes nesta iniciativa tornam-se, de agora em diante, os responsáveis pelas plantas e deverão, no futuro, envidar esforços para o bom desenvolvimento das árvores.
O projecto Bosques do Centenário insere-se nas Comemorações do Centenário da República e tem como objectivo plantar pequenos bosques de 100 árvores de espécies autóctones em cada um dos municípios de Portugal como forma de assinalar os 100 anos de instauração da República Portuguesa, assinalando esta efeméride com a plantação de “monumentos vivos” em cada um dos 308 municípios portugueses, é promovido pela Associação Nacional de Municípios Portugueses, Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, Autoridade Florestal Nacional, Quercus e Movimento Cívico Limpar Portugal.
As árvores plantadas foram doadas pelo Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade.
in município de Celorico da Beira

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar