Templates by BIGtheme NET
Home » Seia (page 20)

Seia

WinterFest da Juventude Socialista teve lugar em Seia

js Teve lugar nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro de 2017, no concelho de Seia, a sexta edição do WinterFest da Juventude Socialista.
A iniciativa, organizada pela Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista em parceria com a estrutura nacional da Juventude Socialista, contou, nesta edição, com a colaboração da Concelhia de Seia da Juventude Socialista.
Ao longo de três dias foram mais de 80 os participantes que marcaram presença num intenso programa de actividades, oriundos de um total de 10 distritos e de mais de 30 concelhos de todo o país.
No evento realizaram-se três painéis de discussão política: SER Associativista no Interior, SER Autarca no Interior e Orçamento do Estado: Balanço e Perspectivajs3s, onde foram convidados a participar o Presidente do Conselho Nacional de Juventude, Hugo Carvalho, a Diretora Regional do Centro do IPDJ, Catarina Durão, o adjunto do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Paulo Tomaz, o Diretor Executivo da Federação das Associações Juvenis do Distrito da Guarda, Armando Neves, o deputado na Assembleia da República, Santinho Pacheco, o Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Manuel Machado, pela Associação Nacional de Autarcas do Partido Socialista e Presidente da Câmara Municipal de Seia, Filipe Camelo, o Vice-Presidente da Associação Nacional de Freguesias, Jorge Neves, o Presidente da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas, Luís Soares, o Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista na Assembleia djs1a República, João Torres, o Secretário-Geral da Juventude Socialista, Ivan Gonçalves e o deputado na Assembleia da República, Diogo Leão.
Para além destes momentos que aconteceram no Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE), a iniciativa contemplou visitas ao Museu do Brinquedo de Seia, à Queijaria Casa Matias, à IPSS Solar do Mimo e ainda uma apresentação do Festival de Cinema Ambiental CineECO, pelo seu director, Mário Branquinho.

Por:FDGJS

AFGuarda- Resultados da Taça de Honra-1ªeliminatória

afgA festa da prova rainha da AF Guarda, decorreu mais uma vez neste domingo, a 1ªeliminatória, com resultados interessantes.

Pala – Aguiar da Beira- 0-4

Fornos –Soito-1-0

Casal Cinza – Mêda–2-8

Foz Côa – G.Figueirense- 1-2

Guarda Unida Desp- S.Romão-0-3

Vila Franca Naves –Sabugal-1-2

Freixo Numão – Manteigas –3-5

Celoricense -Vilanovenses -2-1

Surpresa foi mesmo a vitória celoricense, apenas pelo facto de serem de divisões diferentes, porque o futebol hoje que se pratica em ambas as divisões é muito igual.

Agora muitos golos marcados nesta fase, 35 golos.

Seguem em frente , Aguiar da Beira, Fornos, Mêda, Sabugal, G.Figueirense, S.Romão, Manteigas, Celoricense.

 

VI WinterFest em Seia neste fim-de-semana

16195131_1282957348409947_769754790000485623_nNeste fim-de-semana, em Seia, a sexta edição do tradicional evento de Inverno da Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista e da Juventude Socialista propõe-se a debater assuntos como a Interioridade, Associativismo, Coesão Territorial, Polít­icas de Juventude, Poder Local entre out­ros, contando com pa­rticipantes de todo o país e com diversos oradores convidados.

sexta, 3 de fevereiro |

• Receção / Credenciação (18 horas | CISE)

• Sessão de Boas Vindas (20 horas | CISE)

• Apresentação do Festival de Cinema cineECO (21 horas e 30 minutos | CISE)
– Mário Branquinho (Diretor do cineECO)

• Momento de Convívio (22 horas | Seia)

| Sábado, 4 de fevereiro |
• Visita ao Museu do Brinquedo (11 horas | Seia)

• Visita à Queijaria “Casa Matias” (12 horas | Carragozela – Seia)

• Almoço (13 horas e 30 minutos | Carragozela – Seia)

• Painel 1 – SER ASSOCIATIVISTA NO INTERIOR (15 horas | CISE)
Moderadores:
– Jorge Rafael Abreu (Presidente da Associação Juvenil de São Martinho)
– Pedro Rebelo Pereira (Assessor de Comunicação)
Oradores:
– Paulo Tomaz (Adjunto do Secretário de Estados da Juventude e do Desporto)
– Hugo Carvalho (Presidente do Conselho Nacional de Juventude – Portugal)
– Catarina Durão (Diretora Regional do Centro do IPDJ)
– Armando Neves (Diretor Executivo da FAJDG – Federação das Associações Juvenis do Distrito da Guarda)

• Intervalo (16 horas | CISE)

• Painel 2 – SER AUTARCA NO INTERIOR (16 horas e 30 minutos | CISE)
Moderadores:
– Luciano Ribeiro (Vereador na Câmara Municipal de Seia)
– Alexandre Lote (Vereador na Câmara Municipal de Fornos de Algodres)
Oradores:
– António Pacheco (Deputado na Assembleia da República e ex-autarca)
– Vitor Pereira (Associação Nacional de Autarcas do Partido Socialista e Presidente da Câmara Municipal da Covilhã)
– Jorge Vieira Neves (Vice-Presidente da Associação Nacional de Freguesias e Presidente da Junta de Freguesia de Castelo Branco)
– Marco Ferreira (Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas)
– Filipe Camelo (Presidente da Câmara Municipal de Seia)
Conclusão:
– Manuel Machado (Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses e Presidente da Câmara Municipal de Coimbra)

• Lanche (18 horas | Taberna da Fonte – Seia)

• Visita ao Centro de Interpretação da Serra da Estrela (19 horas | Seia)

• Jantar (20 horas e 30 minutos | CISE)

• Painel 3 – ORÇAMENTO DE ESTADO – BALANÇO E PERSPECTIVAS (22 horas | CISE)
Moderador:
– Fábio Pinto (Presidente da Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista e Secretário Nacional da Juventude Socialista)
Oradores:
– Ivan Gonçalves (Secretário-Geral da Juventude Socialista e Deputado na Assembleia da República)
– João Torres (Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista e Deputado na Assembleia da República)
– Diogo Leão (Deputado na Assembleia da República)

• Momento de Convívio (23 horas e 30 minutos | Seia)

| Domingo, 5 de fevereiro |
• Sessão de Encerramento (12 horas | CISE)

• Visita à Torre da Serra da Estrela (período da tarde – opcional)

Torneio Distrital de Benjamins em Vila Franca das Naves

16387067_967191983417756_327051508475908989_nVai realizar-se no próximo sábado, dia 4 de Fevereiro , no Estádio do Picoto em Vila Franca das Naves, um Torneio Distrital de Benjamins.

Numa organização da Associação de Futebol da Guarda em parceria com o Município de Trancoso, Junta de Freguesia de Vila Franca das Naves e Associação Cultural e Desportiva de Vila Franca das Naves.

Por:AFG

AFGuarda- Resultados da 2ªdistrital

Nova roafgnda do escalão secundário da AFGuarda, com o líder Vila Franca a vencer de forma tangencial em Freixo Numão, por quatro bolas a três.

O Paços da Serra folgou e o Foz Côa aproveitou para se agarrar ao segundo lugar ao golear os Castelos por seis bolas a zero.

Também o Celoricense goleou fora de portas o Casal de Cinza por seis a dois e ganhou ânimo.

O Guarda Unida Desportiva venceu em casa o Pala por uma bola a zero e ainda sonha com a subida.

Marcaram-se 22 golos.

Jornada 11
Data Equipa Resultado Equipa
29-01-2017 G. C. R. Casal Cinza 2 – 6 Spg. C. Celoricense
29-01-2017 A.D.C. Castelos 0 – 6 G.D. Foz Côa
29-01-2017 Freixo de Numão 3 – 4 Ass.Cd V.F.Naves
29-01-2017 Guarda Unida Desportiva 1 – 0 Futebol C. de Pala
29-01-2017 Spg.C. Paços da Serra (Folga)
Pos Equipas Pts .
Jg V E D GM GS
1 Ass.Cd V.F.Naves 25 10 8 1 1 34 9
2 G.D. Foz Côa 21 10 6 3 1 29 8
3 Spg.C. Paços da Serra 17 9 5 2 2 21 13
4 Guarda Unida Desportiva 17 9 5 2 2 15 10
5 Spg. C. Celoricense 16 10 5 1 4 22 17
6 Freixo de Numão 9 10 2 3 5 16 17
7 G. C. R. Casal Cinza 8 10 2 2 6 15 34
8 Futebol C. de Pala 8 10 1 5 4 15 21
9 A.D.C. Castelos 1 10 0 1 9 8 46

Orçamento Participativo de Seia em fase de votação

7fdb516f41efe75cf1748633aac859a7_LA primeira edição do Orçamento Participativo de Seia entra agora numa fase decisiva. De 16 a 22 de janeiro, decorre a fase de votação. São 34 propostas colocadas a votos, após a análise técnica que confirmou a conformidade com as normas de funcionamento.

Podem participar todos os cidadãos com idade igual ou superior a 18 anos, desde que recenseados no Concelho. A plataforma do OP Seia (www.seiaparticipa.pt) é uma ferramenta essencial para quem quer consultar e votar nas propostas, pelo que, é obrigatório o seu registo. Pode ainda eleger o seu projeto favorito através dos boletins de voto enviados pelos CTT, sendo que estes também vão estar disponíveis no separador ‘documentação’ no portal do OP e nos balcões de atendimento da Câmara Municipal.

Cada munícipe tem direito a um voto e numa única proposta. Em caso de dificuldade, poderá contar com o apoio da Câmara Municipal.

O anúncio público dos projetos vencedores será feito a 30 de janeiro.

Por:Mun.Seia

Artigo de opinião–REDES SOCIAIS OU ASSOCIAIS?

0001

Mó digital

REDES SOCIAIS OU ASSOCIAIS?

A internet mudou significativamente a maneira como nos comunicamos e percebemos o mundo. Graças a ela, temos acesso a toda a informação à distância de apenas um “clique”.

A distância não existe mais, e a comunicação é instantânea.

Comummente, são relatadas histórias em que a internet, nomeadamente as redes sociais, têm um papel meritório na promoção do reencontro de pessoas, bem como na aproximação de outras que por imposição geográfica se encontram distantes.

Todavia, regista-se uma diminuição acentuada do contacto social “face to face” (cara a cara), levando as pessoas a deixar de praticar competências sociais como a empatia, o contacto visual e a leitura emocional do outro. De facto, é mais fácil investir na imagem que projectamos virtualmente de nós do que na nossa verdadeira imagem, investir mais em relações virtuais, acessíveis e práticas do que nas reais, que implicam ir ao encontro do outro.

De forma paradoxal, nunca estivemos tão ligados entre nós – as redes sociais, são a prova “viva” disso – e nunca nos sentimos tão sozinhos e com tanta necessidade de falar e comunicar.

As redes sociais tornaram-se então, autênticos “esconderijos emocionais”, pois, na maioria das vezes, não favorecem o conhecimento, a reflexão, a prudência e o auto-controlo.

Assiste-se a uma efervescência da impulsividade, da superficialidade, da expressão de sentimentos discriminatórios e a uma indiscriminada manifestação de comportamentos preconceituosos.

A afirmação narcísica das pessoas, a agressividade e os juízos de valor sobre tudo e sobre nada, passa a ser o lema.

Mas porque é que isto acontecerá?

A falta de tempo e as frustrações do dia-a-dia, podem justificar a permanência cada vez maior das pessoas nas redes sociais, na medida em que, “aqui” tudo é imediato e cómodo e a gratificação e o reconhecimento são instantâneos.

Um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh avaliou o comportamento de 1,8 mil pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 32 anos e encontrou uma correlação entre o uso das redes sociais e a probabilidade de desenvolver depressão, baixa auto-estima e isolamento. A pesquisa conclui que não são as redes sociais que provocam depressão, mas que, com o acesso exagerado, a tendência a ficar deprimido aumenta.

A fronteira entre o que é uma utilização saudável das redes sociais e o uso excessivo é definida pelo bom senso. O equilíbrio que procuramos no dia-a-dia (conjugando momentos de prazer com trabalho, contrabalançando partilha com privacidade) aplica-se também às redes sociais. É necessário evitar os extremos e as dependências, tanto na vida real como na virtual.

As redes sociais são, efectivamente, uma ferramenta com múltiplas possibilidades, descartá-las ou não lhes dar a devida atenção seria não aceitar que vivemos em plena Era da informação e do conhecimento.

Assim, cabe a cada um de nós, ter senso crítico na utilização desta ferramenta. Cada um deverá definir o seu ponto de equilíbrio, entre ser utilizador ou escravo do sistema.

*O autor não escreve segundo o acordo ortográfico.

Psicóloga Clínica, Rita Amaro–ISCMFA

 C.P.: 16527

PSD Fornos de Algodres lançou comunicado

12391882_877509019029916_4366378745651195160_nDepois do falecimento do membro do PSD e antigo Presidente da Câmara, Prof.José da Costa Felício, a comissão política do partido, lançou um comunicado, no sentido de enaltecer o grande trabalho realizado no Município de Fornos de Algodres , enquanto autarca .

Assim esta comissão política social democrata convida toda a população, para estar presente na missa de sétimo dia, pelas 16h30, na Igreja da Misericórdia desta localidade fornense.

Comunicado PSD-Fornos de Algodres

Por:CP PSD FA

Artigo de opinião–A Importância da Respiração

aop Será a respiração uma função inata com a qual não precisamos de nos preocupar?

A respiração é um processo fisiológico que se dedica à troca de oxigénio e dióxido de carbono com o meio ambiente, pelo que é uma das funções vitais. A respiração nasal, a par da mastigação, favorece o crescimento craniofacial e portanto mantém saudáveis as estruturas orofaciais.

Fisiologicamente, a via nasal é a principal em todo o processo respiratório. O nariz favorece a filtração, humidificação e o aquecimento do ar. Todas estas características são promotoras de um sono adequado, de menores infeções (otites e/ou amigdalites) e de um crescimento facial harmonioso.

A respiração é uma característica tão inata, que por vezes desvalorizam-se alguns sinais atípicos que só uma equipa multidisciplinar (Terapeuta da Fala, Otorrinolaringologista, Ortodontista, entre outros) consegue detetar, avaliar e intervir corretamente, minimizando os impactos na vida das pessoas.

Quando ocorre uma modificação na função respiratória, pode desencadear-se um padrão de respiração oral, que consequentaopiemente desencadeia alterações miofuncionais e também no sistema estomatognático. Este padrão pode causar diversas alterações ao nível da fala (fonética), da linguagem (fonologia), do processamento auditivo e até nas competências cognitivas (atenção e memória).

Apesar de ser muito mais vantajoso efetuar-se uma respiração nasal, a hipertrofia das amígdalas e/ou adenoides, a flacidez dos músculos faciais, a rinite, as alergias respiratórias e o desvio do septo nasal podem alterar o padrão respiratório e torná-lo oral. É preciso salientar que a respiração oral só se torna um problema quando se torna um hábito. Quando se adota constantemente essa respiração, as consequências variam de acordo com a causa do hábito, a idade da pessoa e o tempo de instalação desta alteração. As repercussões podem relacionar-se com alterações na forma e posicionamento de estruturas rígidas (ossos faciais e dentes), na função e posicionamento dos músculos orofaciais e na postura global. Todas as alterações referidas implicam possíveis dificuldades na fala, mastigação e deglutição.

Os respiradores orais evidenciam alguns sinais que podem ser observados, com alguma facilidade, por um profissional especializado. Deste modo, os sinais mais comuns relacionam-se com alterações na fala, alterações na mastigação (sendo esta unilateral), otites frequentes, olheiras, alterações no sono, alterações na postura corporal, face alongada e assimétrica, má oclusão dentária, palato alto e estreito, alterações no paladar e no olfato, lábios secos, flacidez nos músculos da mastigação, cansaço frequente, baba noturna, reduzido rendimento físico e intelectual e tensão do músculo do queixo.

Quando identificar algum dos sinais apresentados deve consultar o Terapeuta da Fala. Quando mais cedo for identificada a causa deste hábito, melhores serão os resultados obtidos na terapia. Não se esqueça que a intervenção precoce é a chave de um maior sucesso na intervenção!

No próximo mês fique a saber o que deve fazer caso o seu filho apresente uma respiração oral e qual é o papel do Terapeuta da Fala nestas situações!

Um Feliz 2017 a todos os leitores! Que este ano seja tão bom ou melhor que no de 2016 !

Por:Ana Carolina Marques- Terapeuta da Fala na APSCDFA

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar