Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia

Gouveia

Emigrantes no Luxemburgo presenteiam Centro Social de Vila Nova Tazém

O Centro Social Paroquial Nossa Senhora da Assunção em Vila Nova de Tazem, foi contemplado com uma doação de material de cozinha composto por: Um fogão a gás, um monolume a gás, uma máquina de lavar louça, um frigorífico de conservação e outro de congelação, um triturador e cortadora de carne, por parte de uma associação de emigrantes do Luxemburgo, a Associação Cultural e Humanitária da Bairrada no Luxemburgo.

Para tal, na próxima quarta-feira, dia 18, a partir das 12h, o Sr Presidente da Associação, Rogério Dias Oliveira, vai deslocar-se às  instalações, onde vai decorrer o  almoço de Natal com os utentes, de forma a conhecer as instalações e verificar o material oferecido.

 

Pulseira eletrónica por violência doméstica- Gouveia

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, no dia 6 de dezembro, deteve um homem com 47 anos, por violência doméstica, no concelho de Gouveia.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, que decorria há cerca de uma semana, a GNR apurou que o suspeito, exercia violência física, psicológica e ameaças sobre o seu filho menor e sua esposa de 45 anos, tendo os militares dado cumprimento a um mandado de detenção e condução.

O detido ficou no Estabelecimento Prisional da Guarda até ter sido presente ao Tribunal de Almeida, no dia 7 de dezembro, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contactos e de aproximação da vítima a menos de 500 metros, bem como, proibição de aproximação da residência da família e da escola do filho, controlado por pulseira eletrónica.

Luís Miguel Ginja candidato para o Sec. Distrital da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) da Guarda,

“Dar um novo alento e uma nova dinâmica”é o lema  da candidatura de Luís Miguel Ginja ao Sec. Distrital da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) Guarda.
O atual Provedor da ISCMFA, reconheceu o trabalho anteriormente feito, mas entende que seja necessário uma nova dinâmica de trabalho em prol de todas as IPSS’s mas sobretudo das Misericórdias que representam mais de 40% do trabalho em prol dos que mais necessitam.

Salientou que o apoio de grande parte dos Provedores da Guarda foi essencial a esta tomada de posição, assim como o privilégio de contar com o Dr. Alcides Henriques, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Seia, impulsionador e Mandatário desta candidatura, refere Luís Ginja.

Atividade operacional semanal da GNR Guarda

 

O Comando Territorial da Guarda para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, no distrito da Guarda, na semana de 2 a 8 de dezembro, que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: 11 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         Dois por condução sob efeito do álcool;

·         Dois por posse de arma proibida.

2.    Apreensões:

·         42 doses de heroína;

·         Cinco doses de cocaína;

·         Uma arma branca;

·         Um aerossol.

3.    Trânsito

Fiscalização: 185 infrações detetadas, destacando-se:

·         65 por excesso de velocidade;

·         14 relacionadas com carga;

·         12 por falta de inspeção periódica obrigatória;

·         11 relacionadas com iluminação e sinalização;

·         Oito por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         Sete relacionadas com pneus;

·         Cinco por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         Quatro por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Sinistralidade: 27 acidentes registados, resultando:

·         Um morto;

·         Quatro feridos graves,

·         15 feridos ligeiros.

 

 Fiscalização Geral: 33 autos de contraordenação:

·         25 no âmbito da legislação da proteção da natureza e do ambiente;

·         Oito no âmbito da legislação policial.

Resultados do Campeonato Distrital 1ªDivisão- 9ªjornada

Estrela Almeida- Aguiar Beira(Adiado)

Foz Côa- SC Celoricense-0-2

Manteigas- V. F Naves-3-1

Trancoso-Soito-0-0

SC Mêda-Vilar Formoso-2-2

Vila Cortez – AD Fornos Algodres-2-0

CD Gouveia- Os Vilanovenses-2-1

Classificação

1º- SC Mêda- 21

2º- Vila Cortez-21

3º- Manteigas-21

4º-Trancoso-20

5º-CD Gouveia-18

6º-Soito-14

7º-VF Naves-14

8º-AD Fornos de Algodres-12

9º-Vilar Formoso- 9

10º-Aguiar da Beira-9

11º-SC Celoricense-8

12º-Os Vilanovenses-5

13º-Foz Côa- 4

14º- E.Almeida-0

 

AF Guarda- Distrital de Iniciados-Ronda 7

Teve lugar na tarde deste sábado mais uma ronda no distrital de Juniores C- iniciados da AF Guarda, com a goleada dos leões da fronteira por doze bolas sem resposta perante o Foz Côa.

Resultados:

Os Pinhelenses-Ass. Gaudella Ed Gouveia-1-3

Foz Coa-V.Formoso-0-12

 Casal Cinza-Trancoso-1-0
Sc Mêda-Guarda UD-1-4
Sc Celoricense–NDS-1-2
AD Fornos Algodres-Seia FC-1-3
Lidera:NDS-16 pts seguido do V.Formoso com 13 pts

Casa do Concelho de Gouveia celebrou aniversário

A Casa do Concelho de Gouveia, com sede em Lisboa, comemorou no passado dia 1 de dezembro a passagem de mais um aniversário. Com uma programação alargada e diversificada, a “embaixada” gouveense na capital voltou a mostrar o fulgor e a vivacidade.

No dia anterior,30 de Novembro, realizou-se a 2ª edição do troféu de futsal António Ferreira de Almeida,em homenagem ao benemérito, natural de S. Paio,  um torneio triangular com a participação das equipas da Casa do Concelho de Gouveia, Casa do Concelho de Castro Daire e Associação Viver Campolide. Com duas vitórias sem margem para dúvidas, o troféu foi entregue à equipa da Associação Viver Campolide, a jogar em casa no Pavilhão da Polícia Municipal.
Na tarde do dia 30 de novembro, na sede da Casa do Concelho viveu-se uma tarde de fados, cujo anfitrião foi António Cardoso, fadista natural de Vila Nova de Tazem, radicado em Lisboa. Liderou um conjunto de fadistas, dos melhores da capital, até ao principio da noite.
No dia 1 de Dezembro, realizou-se a Sessão Solene, onde estiveram presentes sócios e convidados. Estiveram presentes, em representação do Município de Gouveia, Drª Teresa Borges, Anabela Antunes, presidente da Associação das Casas Regionais em Lisboa, António Vicente, vice-presidente da Associação das Coletividades da Cidade de Lisboa e Sandra Nunes, presidente da Direcção da Casa do Concelho de Alvaíazere.
Joaquim Cabral, presidente da Direcção da Casa do Concelho de Gouveia, agradeceu a presença de todos, fez-se um minuto de silêncio em memória dos sócios já falecidos, fazendo depois uma retrospetiva do ano que agora está prestes a finalizar.
Recebeu o diploma de 50 anos de associado, Carlos Alberto Rodrigues, natural de Nespereira, sócio n.º 20, radicado em Lisboa, à largos anos, foi dirigente da Casa do Concelho treze anos. Pelos 25 anos de associado, Prof.º Alípio de Melo, ex-presidente da Câmara Municipal de Gouveia, que por motivos de saúde, não pôde estar presente e receber o respetivo diploma.  A vereadora do Município de Gouveia, aproveitou para usar da palavra, dedicando uns versos da sua autoria à Casa do Concelho. Ainda antes do orador convidado usar palavra, Prof. António Duarte, aproveitou para uma vez mais agradecer à Direcção o trabalho incansável que tem sido feito. Pedro C. Carvalho levou a cabo mais uma sessão de grande qualidade, como é apanágio no aniversário da Casa do Concelho ao longo de décadas. Segundo o tema: Gouveia, Serra da Estrela: história, memória e identidade,o professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra,  transportou-nos até à época dos lusitanos, percorrendo as várias épocas, passando pelo período romano, idade média, aos dias de hoje. Fez-nos ver o quanto de património histórico como paisagístico tem o nosso concelho. Desde os vestígios, à cultura e à tradição. Casais de Folgosinho, Rio Torto, Arcozelo da Serra e Moimenta da Serra foram os locais mais visados, com destaque para a Calçada dos Galhardos, em Folgosinho, a calçada romana que melhor se preservou no país, que precisa de ser potenciada turisticamente.
Seguiu-se um almoço convívio, dando vivas à Casa do Concelho de Gouveia, no restaurante “O Cacho Dourado”, junto ao Marquês de Pombal.

Taça de Honra- Pré -eliminatória – Vilanovenses – Fornos de Algodres -1-0

Locais seguem em frente

O sol a pairar sobre o Estádio Aurélia de Moura, com os Vilanovenses a receberem o Fornos de Algodres e a vencerem pela margem mínima e seguem em frente na Taça de Honra.

Um encontro com duas equipas dispostas a marcar cedo e apresentar um futebol de qualidade para o muito público que compareceu, apesar da ameaça de chuva.

Ambos os guarda-redes a mostrar qualidade, aos diversos lances que ambas formações criavam.

Aos 30´, um livre a meio do meio campo para a área e Rúben defende e a bola bate na barra, do canto a nascer o golo dos locais com o aglomerado de jogadores a surgir e eis que o defesa fornense Fábio Matos tenta o corte e a bola entra na baliza e passa a turma de João Bento a vencer.

Os fornenses reagiram e quase chegaram ao empate mas faltava a eficácia.

Após o reatamento, os pupilos de Pedro Azevedo estiveram por cima do jogo, mas o golo nunca apareceu por mais ataques que fossem feitos, por sua vez , a turma da casa ia aguentando e levou de vencida , seguindo para a próxima ronda na Taça de Honra.

Fonte requalificada em Vila Franca da Serra

Aproveitando a Feira Franca, a Junta de Freguesia de Vila Franca da Serra liderada por Carlos Pacheco requalificou uma fonte existente na localidade.

Assim para além da fonte agora estar a funcionar , ainda foram colocados bancos e algumas árvores decorativas a embelezar este local.

Para a respetiva inauguração esteve presente também , Luís Tadeu, Presidente da Câmara de Gouveia e Carlos Pacheco e de mais comunidade.

foto:VFS

ADRUSE implementa Estratégia de Desenvolvimento Local

A ADRUSE – Associação de Desenvolvimento Rural da Serra da Estrela,
apoia investimentos no território, cujo financiamento atinge
aproximadamente 4 milhões de euros .

“Desde 1991, a Semear o Desenvolvimento Rural”

No âmbito da sua intervenção, enquanto Grupo de Ação Local, (GAL), a ADRUSE
– Associação de Desenvolvimento Rural da Serra da Estrela, desde 2016, tem vindo a
implementar a sua Estratégia de Desenvolvimento Local, designada por “Estrela 2020”,
nos concelhos que integram a sua área de atuação: Celorico da Beira, Fornos de
Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia.
No presente Quadro Comunitário, Portugal 2020, o Desenvolvimento Local de
Base Comunitária (DLBC) é uma abordagem territorial, através do qual são
implementadas as Estratégias de Desenvolvimento Local, criadas pelos Grupos de Ação
Local, numa estreita ligação ao tecido social, económico e institucional e que visam o
desenvolvimento e a diversificação da economia dos territórios e a melhoria das
condições de vida das populações. A génese do DLBC, tem início nos anos 90 com a
Iniciativa Comunitária LEADER, enquanto abordagem integrada e multissetorial,
concebida de forma ascendente e dinamizada por um Grupo de Ação Local.
Atualmente, a Medida 10 do PDR 2020, integra a Abordagem LEADER, que tem
permitido a implementação e operacionalização de projetos agrícolas, apoiados pelo
Fundo FEADER. Na sua missão de desenvolvimento económico e social do território, a
“Estrela 2020” visa também a criação e modernização de micro e pequenas empresas
através dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FSE e FEDER),
materializados no programa SI2E – Sistema de Incentivo ao Empreendedorismo e ao
Emprego. No âmbito do PDR2020, entre 2016 e 2019, a ADRUSE procedeu à abertura

de 13 Avisos de Concurso, aos quais foram submetidas 145 candidaturas, traduzindo-
se num valor de investimento proposto de 10.364.909,89€.
No âmbito do apoio à criação e modernização de micro e pequenas empresas, e
de decorrente do Aviso Centro – M8 – 2017 – 29, a ADRUSE rececionou 32
candidaturas FEDER, com um investimento elegível de 1.372.224,00€, das quais
resultou o apoio à criação de 36 postos de trabalho no montante de 185.762,90€ (FSE).
Ainda no presente ano, fruto das taxas de execução verificadas, esta entidade
viu reforçada a dotação inicialmente aprovada no âmbito do FEADER, num valor
superior a 380.000,00€ o que se traduziu num reforço financeiro da Estratégia de
Desenvolvimento Local “Estrela 2020”, permitindo assim a abertura de novos avisos de
concurso.
Em síntese, resultado das candidaturas rececionadas, a ADRUSE prevê até ao
final do presente quadro comunitário, apoiar iniciativas de investimento em cerca de 4
milhões de euros, contribuindo assim para a um aproveitamento mais racional das
potencialidades endógenas dos concelhos que integram a sua área de atuação, tendo
em vista o desenvolvimento rural e a melhoria das condições de vida das populações.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar