Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia

Gouveia

Feira Franca anima Emigrantes em Vila Franca

Sabores da nossa terra em destaque

Nova edição da Feira Franca e mostra gastronómica anima as gentes de Vila Franca da Serra no sábado dia 3 de agosto, nesta edição, na oficina do forno comunitário vai-se aprender a fazer pão centeio, e depois saborear os peixinhos do rio fritos ou molho de escabeche, bifanas, caldo verde e melão. Animação musical durante a tarde, onde a classe emigrante vai certamente gostar deste convívio.

Estas feiras já são uma marca gastronómica na região onde diversas pessoas dos concelhos limítrofes ali passam para degustar estas iguarias.

Festival Cultura em Rede é já um sucesso

O Festival Cultura em Rede, que se realiza pela segunda vez consecutiva na região das Beiras e Serra da Estrela, já reuniu mais de um milhar de espetadores em sete espetáculos de dança, música e teatro.

Os próximos espetáculos do programa “Cultura em Rede”, lançado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, realizam-se já este fim de semana em Manteigas (com um espetáculo de música, na sexta-feira, dia 26 de julho), Almeida (teatro, no sábado, dia 27) e Guarda (dança, no domingo, dia 28).

O programa tem como objetivo a animação dos centros históricos e urbanos da região e inclui espetáculos em cada um dos 15 municípios que integram esta Comunidade Intermunicipal.

Lançado em 2018, o projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” incluiu a realização de períodos de residências artísticas com artistas regionais e companhias contratadas e envolve a participação de cerca de uma centena de voluntários dos municípios envolvidos em cada uma das suas 3 componentes – dança, música e teatro. O programa inclui ainda uma rota de visitas guiadas encenadas, focadas na cultura e história do território de forma contemplativa e interativa.

A CIM-BSE preparou ainda um programa turístico de dois dias em cada município, que incluí o espetáculo e a visita aos principais pontos turísticos.

O festival termina no dia 10 de agosto, com dois momentos dedicados à dança e ao teatro, no Fundão e em Mêda, respetivamente. Todos os espetáculos têm lugar às 22h00, exceto o que de Almeida, que se inicia meia hora mais cedo.

 Datas dos próximos espetáculos Cultura em Rede 2019

Manteigas                                          26/07/2019            (Música, Cobertura da Praça Municipal)

Almeida                                             27/07/2019            (Teatro, Picadeiro D´el Rey)

Guarda                                               28/07/2019            (Dança, Traseira da Sé Catedral)

Covilhã                                               03/08/2019            (Dança, Largo do Calvário)

Celorico da Beira                             03/08/2019            (Música, Praça de República)

Gouveia                                             08/08/2019            (Música, Praça do Município)

Fundão                                               10/08/2019            (Dança, Largo do Calvário)

Mêda                                                  10/08/2019            (Teatro, Praça da Casa da Cultura)

Gouveia acolhe Dia dos Avós

Vai ter lugar no  Município de Gouveia  o Dia dos Avós no próximo dia 26 de julho, no Teatro Cine de Gouveia, com o musical “A’Vós Avós”.
Um espetáculo com autoria e encenação de Guilherme de Bastos Lima com o objetivo de homenagear todos os avós.

Nabainhos Night Run anima gentes serranas

A quinta edição da Nabainhos Night Run, vai ter lugar este ano no  próximo dia 3 de Agosto, com um percurso de 12 kms, os participantes poderão fazê-los, a correr ou em caminhada.

A partida está marcada para as 19h, com concentração junto à escola primária da localidade. O percurso encontra-se delineado nos mais belos sítios e lugares da freguesia, onde a natureza é ponto de encontro, inserido no Parque Natural da Serra da Estrela.

Esta é mais uma iniciativa Associação de Melhoramentos de Nabainhos .

Turismo no Centro de Portugal com subida significativa em maio

Dormidas na região aumentaram 7,31% entre maio de 2018 e o mesmo mês de 2019 – quase o dobro da subida média nacional.

A atividade turística no Centro de Portugal continua a crescer a bom ritmo, o que deixa antever mais um ano francamente positivo para o setor nesta região. Dados preliminares revelados no dia 15 de julho pelo INE, relativos ao mês de maio de 2019, confirmam a tendência de crescimento já expressa nos meses anteriores.

No total de hóspedes, o mês de maio de 2019, em comparação com o de maio de 2018, registou um aumento percentual de 7,76%: tinham sido 361.211 em maio de 2018 e foram 389.230 no mesmo mês de 2019: mais 28.019 hóspedes nos estabelecimentos hoteleiros da região. Contabilizando o total de hóspedes entre janeiro e maio de 2019, estes subiram 4,99% em relação ao mesmo período de 2018 (e 10,00% em relação a janeiro-maio de 2017).

Já no número de dormidas, o Centro de Portugal cresceu 7,31% – quase o dobro da média nacional, que cresceu 3,94%. Em maio de 2018 tinham-se registado 590.583 dormidas na região, em maio de 2019 foram 633.744. De notar que o crescimento da procura é idêntico entre visitantes nacionais e estrangeiros. As dormidas de turistas estrangeiros aumentaram 8,02%, de 300.860 em maio de 2018 para 324.977 no mesmo mês de 2019; já as dormidas dos turistas nacionais subiram 6,57% na comparação entre os dois meses, de 289.723 para 308.767. Analisando o total de dormidas entre janeiro e maio, estas subiram 4,52% em relação ao mesmo período de 2018 (e 8,38% em relação ao mesmo período de 2017)

É de realçar, ainda, dois dados particularmente relevantes. Por um lado, os proveitos da atividade hoteleira, que, entre maio de 2018 e maio de 2019, subiram de forma muito significativa, de 28,97 milhões de euros para 31,71 milhões (mais 9,48%). São mais quase três milhões de euros que as unidades hoteleiras do Centro de Portugal ganharam no quinto mês do ano. Por outro, o rendimento médio por quarto disponível registou também um assinalável crescimento, de 24,2 euros para 25,5 euros: mais 1,3 euros.

Pedro Fonseca demite-se da Federação Distrital do PS Guarda

Em comunicado, Pedro Fonseca, apresentou em conferência de imprensa nesta quarta-feira a demissão da Federação Distrital da Guarda do Partido Socialista ao Secretário-Geral do Partido referindo: “Apresentei hoje a minha demissão do cargo de Presidente da Federação Distrital da Guarda do Partido Socialista ao Secretário-Geral do Partido, o meu camarada António Costa. , Vice-Presidente da Federação, assumirá a liderança da estrutura federativa e a coordenação do Secretariado até novas indicações da Direção Nacional. A Federação Distrital da Guarda do PS fica, assim, em boas mãos!

Tratou-se de uma decisão tomada em consciência e em observância a um princípio que me é caro: na política, como na vida, devemos sempre assumir as nossas responsabilidades.

A maioria dos membros eleitos da atual Comissão Política Distrital foram eleitos na lista afeta à moção política da qual sou o primeiro subscritor. Até à noite de ontem, todos as propostas que apresentei, quer na qualidade de Presidente da Federação, quer em nome do Secretariado Federativo, foram aprovadas pelo órgão deliberativo da Federação.

O responsável pela lista de deputados à Assembleia da República que foi ontem chumbada pela Comissão Política Distrital sou eu. O responsável pela sua não aprovação sou eu.

A leitura política a extrair é para mim evidente: o apoio que eu tinha na Comissão Política Distrital desapareceu. Não podendo contar com esse apoio, não preciso que ninguém me indique a porta, eu sei que é chegado o momento de sair”.

GNR- Operação “Viajar Sem Pressa”

Até ao dia 19 de julho, a Guarda Nacional Republicana (GNR), na sua área de responsabilidade, realiza ações de sensibilização e de fiscalização rodoviária intensiva de controlo da velocidade, com o objetivo de promover uma cultura que resulte em comportamentos mais seguros por parte dos condutores e na diminuição da sinistralidade rodoviária grave.

O excesso de velocidade continua a constituir em Portugal uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave, seja pela diminuição do tempo de reação do condutor para fazer face a um imprevisto, ou pelo agravamento das suas consequências em resultado da maior violência do embate. Importa salientar que quando a velocidade duplica, a distância de travagem quadruplica, e em caso de acidente, a probabilidade de resultarem vítimas mortais ou feridos graves aumenta 8 a 16 vezes.

A GNR, relativamente à prevenção da sinistralidade rodoviária, no ano de 2018 e 1.º semestre de 2019, controlou a velocidade de cerca de 11 milhões de veículos, dos quais 232 532 circulavam em excesso.

Nesta operação serão empenhados militares dos Destacamentos de Trânsito dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estarão especialmente atentos à infração de excesso de velocidade, uma vez que este período de Verão carateriza-se, não só pela realização de grandes deslocações, seja por motivo de férias ou para o gozo de períodos de lazer mais curtos, como também pelo aumento do tráfego rodoviário e do cometimento de alguns excessos, nomeadamente de velocidade, potenciando a ocorrência de acidentes e o agravamento das suas consequências.

Mangualde recebeu Workshop de Ferramentas de Apoio à Decisão

Decorreu nesta quarta-feira, no  Auditório do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, uma formação,   com o tema tratado“Ferramentas de Apoio à Decisão no Teatro de Operações nos incêndios rurais”,com o apoio logístico da BAL de Mangualde e patrocinada pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e  destinou-se ao Agrupamento Centro/Norte dos Bombeiros dos Distritos de Viseu, Guarda, Aveiro e Coimbra.

Teve a presença do Adjunto do Comando Nacional  Alexandre Penha, o Comandante de Agrupamento Centro Norte,  CODIS Pedro Nunes, o Adjunto da Força Especial de Proteção Civil, Comandantes e 2ºs. Comandantes Distritais de Operações de Socorro, Comandantes de Bombeiros, Elementos do Comando e Operadores CDOS dos quatro distritos.

Ainda tempo para o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo,  na abertura se mostrar satisfeito por esta formação ter ocorrido em Mangualde, referindo É a prova provada de que o quartel dos Bombeiros Voluntários é polivalente e é escolhido com regularidade pelas estruturas regionais e nacionais para as mais variadas situações ligadas com a proteção civil.”

Fonte:BVM

Vinho Branco DOC Beira Interior Marquês d’ Almeida grande vencedor do 12º Concurso de Vinhos da Beira Interior

O Castelo de Trancoso acolheu o Jantar de Entrega de Prémios do 12º Concurso de Vinhos da Beira Interior que contou com a presença de cerca de 250 convidados, consagrou o vinho Branco DOC Beira Interior Marquês d’ Almeida Grande Reserva 2017 do produtor CARM – Casa Agrícola Roboredo Madeira, Lda. como o Melhor Vinho da Beira Interior. Foram ainda atribuídos pela primeira vez a medalha de Melhor Vinho no Feminino ao vinho Alpedrinha DOC Beira Interior Reserva Branco 2018 do produtor Adega Cooperativa do Fundão, Crl., a medalha de Melhor Imagem a Concurso ao vinho Souvall DOC Beira Interior Colheita Selecionada Branco 2017 do produtor Lúcia & Américo Ferraz, Lda., a medalha de Melhor Imagem no Feminino ao vinho Quinta do Cardo DOC Beira Interior Biológico Reserva Síria Branco 2015 do produtor Agrocardo, S.A.

Para além do melhor vinho da Beira Interior, o júri do Concurso realizado na Guarda, nos dias 17 e 18 de junho, atribuiu ainda 12 medalhas de ouro e 14 medalhas de prata, num total de 87 vinhos a concurso, em representação de mais de 31 associados da região.

Nos diversos discursos proferidos, foi enaltecido a qualidade superior dos Vinhos da Beira Interior e o importante trabalho que os produtores regionais têm vindo a realizar em prol do desenvolvimento deste setor estratégico.

O Concurso de Vinhos da Beira Interior é promovido pela Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior – CVRBI e pelas Associações Empresariais da Guarda (NERGA) e de Castelo Branco (AEBB – Associação Empresarial da Beira Baixa) e contou com o apoio da Câmara Municipal de Trancoso.

 

PS Guarda quer ouvir as forças vivas do Distrito da Guarda

Vai decorrer uma sessão de auscultação das forças vivas da sociedade civil do Distrito da Guarda, no dia 08 de julho, segunda-feira, pelas 21h, no Auditório de São Miguel da Junta de Freguesia da Guarda.

A sessão tem como objetivo envolver representantes da Sociedade Civil Guardense (dirigentes associativos, representantes do movimento sindical, empresários, autarcas, etc.) na avaliação compreensiva da governação socialista e identificação dos principais problemas que afetam o Distrito da Guarda.

A sessão contará com a presença da Secretária Nacional do PS, Maria do Céu Albuquerque.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar