Templates by BIGtheme NET
Home » Gouveia (page 101)

Gouveia

Bombeiros de Seia, Gouveia e Fornos de Algodres equipados com mais meios

A
Comunidade Intermunicipal da Serra da Estrela (CIMSE) vai adquirir
equipamentos de protecção individual para combate a incêndios em espaços
naturais, no valor de cerca de 100 mil euros, para apetrechar
corporações de bombeiros da região.
Segundo
Álvaro Amaro, presidente da Câmara Municipal de Gouveia e do conselho
executivo daquela Comunidade Intermunicipal, o concurso público lançado
recentemente destina-se à compra de equipamentos para distribuir por
«todas as associações» de Bombeiros Voluntários dos concelhos de
Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, que integram a CIMSE.

O
autarca adiantou à agência Lusa que aquela entidade pretende adquirir
vestuário e botas, entre outro equipamento de protecção individual, para
apetrechar os voluntários das corporações de Gouveia, Folgosinho, Melo e
Vila Nova de Tazem (no concelho de Gouveia), de Seia, Loriga e São
Romão (Seia) e de Fornos de Algodres.
A
aquisição dos equipamentos «é mais do que uma necessidade, é o
aproveitar de uma oportunidade», declarou o presidente da CIMSE.
Álvaro
Amaro referiu que a compra é financiada a 85 por cento por fundos
comunitários e a restante verba será assegurada pela Autoridade Nacional
de Protecção Civil via Ministério da Administração Interna e pela
CIMSE. «Creio que o equipamento ainda possa ser entregue durante a
actual época» de combate a incêndios florestais, vaticina o autarca.
Segundo
o concurso público publicado em Diário da República, com o valor global
de 93.196.75 euros mais IVA, os equipamentos serão adquiridos pela
proposta concorrente que apresente o mais baixo preço.
fonte:porta da estrela

2ª Volta Turística promovida pelo Clube Escape Livre

Volta Turística com inscrições abertas

É já no dia 22 de junho que a 2ª Volta Turística promovida pelo Clube Escape Livre vai levar os participantes a conhecer os encantos e os segredos de parte da região serrana entre a Guarda, Vila Ruiva, Linhares da Beira, Melo e Gouveia. O passeio de estrada, sem portagens, está aberto a toda a todos os tipos de automóvel e oferece um formato de road-paper que promete um dia em lazer bem diferente.

Na 2ª Volta Turística Hyundai – Inatel, e em verdadeiro espírito de aventura e diversão, onde famílias e amigos são convidados a criar a sua equipa, respondendo a algumas perguntas de observação e conhecimento, enquanto observam as paisagens, visitam locais de grande interesse cultural e histórico, convivem, fotografam, conhecem a gastronomia e
ganham prémios.
As inscrições para este passeio custam apenas 20 euros por pessoa (crianças – 12.50€) e incluem almoço, visitas ao castelo de Linhares e museus, além de prémios finais Spal. Podem ser feitas até dia 20 de junho através do site www.escapelivre.com.

fonte:A Guarda

Distrito da Guarda perdeu 13 mil eleitores em quatro anos

 

Nenhum concelho escapa à redução do número de recenseados

Em
quatro anos, o distrito da Guarda perdeu mais de 13 mil eleitores e na
Cova da Beira a quebra foi de cerca de 4.200 votantes. O número de
recenseados desceu em todos os concelhos da região, sendo Belmonte o
menos afetado, enquanto a Covilhã, que mantém o atual número de
vereadores no executivo por apenas 110 eleitores, é o que mais perdeu.
Os dados mais recentes do número de pessoas recenseadas estão
disponíveis no site da Comissão Nacional de Eleições (CNE), tendo a
última atualização sido feita a 31 de dezembro do ano passado. Há quatro
anos, houve um “boom” de eleitores na região por força das alterações à
lei do recenseamento que previa a inclusão de muitos emigrantes. No
final de 2012 estavam inscritos no distrito da Guarda 169.065 eleitores,
mas em dezembro de 2008 eram 182.066, o que significa um decréscimo de
13.001 potenciais votantes. Quanto à Cova da Beira, que inclui os
concelhos de Belmonte, Covilhã e Fundão, passou de 90.150 recenseados em
dezembro de 2008 para 85.938 no final do ano transato. A maior quebra
em termos absolutos foi registada na Covilhã, que perdeu 2.337 eleitores
em quatro anos e mantém os nove vereadores atuais apenas por 110
inscritos nos cadernos eleitorais, pois caso contasse menos de 50 mil
eleitores o número de eleitos passaria a ser sete.
Entre os concelhos mais penalizados encontram-se também Seia
(-1.999), Fundão (-1.853), Sabugal (-1.846), Pinhel (-1.478) e Gouveia
(-1.218). Pelo contrário,os que menos eleitores perderam foram Belmonte
(-22), Fornos de Algodres (-329), Manteigas (-372), Guarda (-453) e
Figueira de Castelo Rodrigo (-578). Outro dado curioso é que, cruzando
os números do recenseamento com dados dos Censos de 2011, constata-se
que apenas cinco dos concelhos analisados têm mais população residente –
critério que inclui habitantes desde os zero anos – do que eleitores.
São eles a Guarda, com mais 2.512 habitantes do que recenseados, Covilhã
(1.687), Belmonte (198), Figueira de Castelo Rodrigo (84) e Fundão
(46). Ou seja, na maioria dos municípios, o número de eleitores
(cidadãos com 18 ou mais anos) supera os respetivos moradores. Apesar da
variação do número de recenseados, não haverá qualquer alteração na
formação dos executivos nas 17 autarquias analisadas. Ainda assim, não é
por muito que Pinhel (345) e Trancoso (565) vão manter os sete eleitos
para a Câmara.
O nº 2 do artigo 57º da Lei nº 169/99, de 18 de setembro,
estabelece que, «para além do presidente», a câmara municipal é composta
por oito vereadores nos municípios com mais de 50 mil e menos de 100
mil eleitores; seis vereadores nas autarquias com mais de 10 mil e até
50 mil eleitores e, por último, quatro vereadores nas edilidades com 10
mil ou menos eleitores, situação em que se encontra a maioria das
Câmaras da região. O secretário e coordenador dos serviços da CNE
esclarece que o recenseamento eleitoral é «permanentemente atualizado» e
o número de mandatos de cada órgão autárquico «será definido de acordo
com os resultados do recenseamento eleitoral, publicados pelo Ministério
da Administração Interna no “Diário da República” com a antecedência de
120 dias relativamente ao termo do mandato». Paulo Madeira adianta
ainda que a atualização do recenseamento é suspensa no 60º dia anterior à
eleição e até ao dia da mesma, «não podendo ser efetuadas novas
inscrições ou transferências».

Ideias serra da estrela fase de Gouveia

Realizou-se ontem á noite, no Teatro-Cine de Gouveia, o Concurso de Ideia da Serra da Estrela, organizada pela ADRUSE., a fase concelhia de Gouveia.
Participaram no Concurso 2 escolas: o Agrupamento de Escolas do Concelho de Gouveia e o IG – Escola Profissional.
Num total de 6 ideas apresentadas, saiu como vencedora a ideia do “DomCardo”, que teve como mentores do projeto os alunos: Andreia Mendes; João Serra; Marisa D Almeida; e como Colaboradores: Alexandra Ferreira e Cristina Martins.

Concurso Ideias Serra da Estrela, fase de Fornos de Algodres

Concurso Ideias  Serra da Estrela, fase de Fornos de Algodres
Jovens trouxeram ideias inovadoras
Na noite de ontem, o centro cultural municipal de Fornos de Algodres, foi palco de bastantes ideias dos jovens desta vila, que procuram dar uso à sua criatividade e tentar com estas ideias trazer mais emprego para esta
vila.
Assim a concurso estavam nove ideias que eram oriundas de alunos do 3ºciclo e também do secundário do agrupamento de escolas local.
Para dar as boas vindas aos participantes a vice-presidente do município, Dra Isabel Santos, salientou o empenho destes jovens que se esforçaram por desenvolver estas ideias no intuito de procurar o desenvolvimento para a sua terra, e deve se continuara apostar nos jovens porque são o futuro na terra.

Assim sendo a concurso do 3ºciclo estavam: Condi Tub; Empadas inovadoras; Patê Sabores conterrâneos; T-Train(comboio turístico).
Por banda do secundário: Folhados estrelinha da serra;  Coisas da serra; Sandes SA;Sementes da Montanha e Zimbro M2.
Face a isso todos os projetos foram devidamente apresentados e alguns até foram dados a provar ao júri presente.
Após a votação dos presentes e das conclusões do júri, os vencedores foram então divulgados, isto é a fase concelhia de Fornos de Algodres,
que agora irão representar a terra, em Gouveia no próximo dia 6 de Junho a grande final, perante ideias de Gouveia e Seia.
Assim na vertente do 3ºciclo, o vencedor foi o Condi Tub, um tubo com diversos enchidos regionais.
Por sua vez, na vertente do secundário, a vitória coube ao projeto ”Sementes da Montanha”, consiste numa caixa onde seriam colocadas várias espécies de sementes.
Agora como todos não podiam vencer, mas as outras ideias
apresentadas todas elas teriam pernas para andar neste concelho de Fornos de Algodres, basta que haja o devido apoio ao jovens em causa, todas elas constituem mais-valias para o concelho fornense.
Assim com uma boa moldura humana presente se realizou a 1ªfase deste Ideias da Serra da Estrela, já que a grande final vai ter lugar no
inicio do mês de Junho na cidade jardim, numa organização da Adruse em colaboração com diversas entidades da região da Serra da Estrela.
28/05/13                              António Pacheco

Gouveia-Festas do Senhor do Calvário preparam-se

 
Azeitonas, Ala dos Namorados e David Carreira nas Festas do Senhor do Calvário 

As
Festas do Senhor do Calvário 2013 já têm a programação definida. O
palco principal junto ao Município de Gouveia vai ser ocupado na noite
de sexta-feira, 9 de agosto, pelos Azeitonas, no sábado, 10 de agosto,
com o tradicional Festival Internacional de Folclore de Gouveia, no
domingo, 11 de agosto

, com um espetáculo único da Ala dos Namorados com a
Orquestra Ligeira de Gouveia e na Segunda-feira, 12 de agosto, com o
membro mais novo da família Carreira – David Carreira.

A
programação das Festas do Senhor do Calvário 2013 continua a
privilegiar o envolvimento da comunidade local nas atividades do evento
valorizando a cultura e envolvimento dos agentes locais.
Na edição de 2013 está de regresso a Mostra de
Associativismo, uma atividade organizada em parceria com o CLDS, que
este ano cumpre a sua quinta edição após dois anos de interregno e a
apresentação de um espetáculo piromusical na noite de segunda-feira a
encerrar o evento. 
O evento mantem os principais áreas de atratividade
nomeadamente o espaço miniatura automóvel, a feira do livro, a praça da
restauração, a feira de artesanato e um espaço de brincadeira/lazer para
os mais novos.

A oferta de atividades complementares ao evento
envolve a realização da Super Especial Rally, da Mostra de Ovinos de
Gouveia que em 2013 será acompanhada por uma feira de agricultura
familiar de forma a promover uma maior representatividade do sector
agrícola do concelho e o Gouveia Summer Session, para o qual o Município
e a DLCG pretendem construir parcerias com empresários locais a exemplo
do que tem sido prática nas últimas edições.

Câmara de Aguiar da Beira terminou o ano de 2012 a pagar em quatro dias

 
A mais rápida a pagar

A
Câmara Municipal de Aguiar da Beira é a mais rápida do distrito da
Guarda a pagar aos fornecedores, tendo terminado 2012 com o prazo de
quatro dias, segundo dados da Direção-Geral das Autarquias Locais
(DGAL).
A
Câmara Municipal de Aguiar da Beira é a mais rápida do distrito da
Guarda a pagar aos fornecedores, tendo terminado 2012 com o prazo de
quatro dias, segundo dados da Direção-Geral das Autarquias Locais
(DGAL). O presidente da autarquia, Fernando Andrade (PSD), disse hoje à
agência Lusa que a situação não é nova e deve-se à gestão praticada no
município a que preside, que não tem dívidas para com fornecedores e
empreiteiros. «Deve-se à gestão que temos feito ao longo dos anos e que
nos permite não ter dívidas a terceiros. É a gestão que tenho feito e
dou-me bem com ela», declarou. Segundo Fernando Andrade, a autarquia de
Aguiar da Beira, após a apresentação das faturas, apenas demora a pagar
consoante «o tempo de os serviços processarem» os documentos. «Conforme
apresentam as faturas é dada a ordem de pagamento. Não tenho prazo de
pagamentos, é em função da disponibilidade dos serviços para os
efetuarem», esclareceu. Os empreiteiros que trabalham com a autarquia de
Aguiar da Beira recebem logo «no dia em que apresentam o auto [da
obra]” e em relação aos fornecedores o pagamento só não é efetuado de
imediato porque, “às vezes, demoram a enviar as faturas e os pagamentos
demoram mais um bocadito», esclareceu. «Quem trabalha connosco, se tem
problemas financeiros, não é por a Câmara ter dívidas, porque nós não
devemos nada a ninguém», disse o presidente da autarquia de Aguiar da
Beira. Em 2011, a autarquia de Aguiar da Beira demorava 11 dias a pagar e
sete em 2010, de acordo com o relatório da DGAL. O documento também
aponta que a Câmara Municipal do Sabugal passou a pagar de 23 para nove
dias em 2012, registando a segunda melhor posição no distrito da Guarda.
Os prazos de pagamento também diminuíram em 2012 nos municípios de
Pinhel (de 88 para 48 dias), Almeida (de 93 para 45) e Vila Nova de Foz
Côa (de 93 para 39). Na situação inversa estão as autarquias de Guarda
(passou de 138 dias em 2011 para 462 em 2012), Gouveia (de 162 para 212)
e Fornos de Algodres (passou de seis para 32 dias). A 31 de dezembro de
2012, os 301 municípios analisados demoravam, em média, 137 dias
(quatro meses e meio) a pagar aos fornecedores, quando no ano anterior
demoravam 112 dias (três anos e sete meses), revela a lista do prazo
médio de pagamento por município divulgada pela DGAL. A lista revela que
145 municípios demoravam mais do que 90 dias a efetuar os pagamentos e
29 destes atrasavam os pagamentos por mais de um ano. A Câmara de Porto
Santo, na Madeira, demorava 2.412 dias a pagar e era seguida na lista
dos municípios mais demorados por Portimão (1.970 dias), Nordeste
(1.875), Nazaré (1.464) e Paços de Ferreira (1.284). Por outro lado, 73
câmaras pagavam em menos de 30 dias, 13 delas cinco ou menos dias.

Mercado Aberto da Serra em Gouveia e Vila Nova de Tazem

 
 

O
Mercado Aberto da Serra (MAS) vai decorrer em Gouveia e em Vila nova de
Tazem nos dias 18 e 19 de maio. O mercado aberto da serra é uma
iniciativa que teve início em Sandomil destinada a todos os que
produzem/criam/cultiva/transformam produtos que querem vender.

Estão
inscritos para estas duas iniciativas cerca de 40 artesãos e
produtores. Em Gouveia o mercado aberto vai decorrer na praça Alípio de
Melo entre as 10h00 e as 16h00 e em Vila nova de Tazem também entre as
10h00 e as 16h00 na av. Dr. António Borges.
Para além de um espaço de venda, o mercado aberto da
serra pretende ser uma iniciativa de lazer convívio e partilha onde a
criatividade é um ponto comum. “O MAS deseja ser um lugar de
encontro, compra, venda ou troca, cultura e diversão onde todos podem
vir apresentar/mostrar/vender/trocar os seus trabalhos ou produtos
“.
Os interessados em participar nas iniciativas do MAS
podem contactar a organização através do seu site –
http://mercadoabertodaserra.com/sobreomas.html – ou pelo seguinte
contato telefónico: 962095416 (Paula Trindade). 
fonte:municipio de Gouveia

Carminho esgota Teatro Cine de Gouveia

 Casa cheia

O
concerto de CARMINHO agendado para o próximo Sábado, 11 de maio, no
Teatro Cine de Gouveia está esgotado. Os 340 lugares do teatro cine de
Gouveia esgotaram a uma semana do espetáculo, demonstrando o interesse
do público em ver e ouvir uma das vozes novas vozes do fado

Carminho
vem a Gouveia apresentar o seu novo álbum “Alma” composto por dezassete
temas onde se destacam três fados clássicos e três originais e duas
versões de canções de grandes nomes da música popular brasileira. Alma
recolheu uma das melhores criticam pelo suplemento Ípsilon:
“Se ao primeiro disco (“Fado”, 2009) Carminho dava um
salto admirável para os melhores patamares do fado, o segundo (“Alma”)
mantém-na num belo voo planado na direcção certa. A voz, mais apurada
ainda, tira melhor partido dos tons graves e do granulado natural que
lhe definem o canto, seja no retomar de fados clássicos (e como bem
trata ela o “Fado das queixas”, “As pedras da minha rua”, “Cabeça de
vento” ou “Malva-rosa”, que ganhou na voz dela uma das suas melhores
versões) seja em originais tão díspares quanto “Bom dia, amor”, de Diogo
Clemente (numa melodia viciante) ou “Talvez”, de Vasco Graça Moura (a
pairar, brilhante, entre o fado e a música de câmara). “Lágrimas do
céu”, a abrir o disco (Carlos Conde no fado cravo de Marceneiro), são
lágrimas do melhor fado, e “Disse-te adeus”, de Manuela de Freitas, a
fechar, é o adeus que ninguém se importará de ouvir e reouvir.[…]” In:
http://ipsilon.publico.pt/musica/critica.aspx?id=301370 
fonte;municipio de gouveia
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar