Templates by BIGtheme NET
Home » Guarda (page 120)

Guarda

Louvor Público aos Bombeiros de Portugal

MG_1311O Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses louva todos os Bombeiros de Portugal pela sua constante e permanente entrega na defesa das vidas e haveres de todos os portugueses, dando a sua própria vida na defesa da vida do outro Homem seu irmão. Havendo a fazer uma especial referência a todos aqueles e aquelas mulheres e homens que fardam de Soldados da Paz, que durante o DECIF 2015 (Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Florestais), quiseram de forma altruísta, abnegada, solidária e competente estar ao serviço das populações, COMBATENDO O FLAGELO QUE SÃO OS INCÊNDIOS FLORESTAIS.

Esta análise baseia-se em casos concretos devidamente comprovados e na real expressão de que durante este período e no âmbito de todos os Agentes de Proteção Civil presentes em todos os teatros de operações, os operacionais dos Bombeiros corresponderam a 98% das presenças.

Os Bombeiros Portugueses são, sem qualquer dúvida, os principais obreiros deste edifício que é a Proteção Civil sendo em nosso entender o maior e mais bem organizado exército de paz, que se destaca na guerra contra um perigoso inimigo que são os INCÊNDIOS FLORESTAIS.

Por isso, conscientes da coragem, do querer e da total disponibilidade destas mulheres e homens que constituem os principais e decisivos meios humanos de combate aos incêndios e numa afirmação de justiça, o Conselho Executivo LOUVA TODOS OS BOMBEIROS PORTUGUESES DESTACANDO OS QUE FIZERAM PARTE DO DISPOSITIVO DE COMBATE AOS INCÊNDIOS FLORESTAIS – DECIF 2015.

Por:Bombeiros.pt

AF Guarda- nomeações de arbitragem 31 out/01nov

afgMais um fim de semana desportivo se aproxima, neste sábado e domingo, com o arranque da 2ªdivisão distrital e os escalões de formação estarem também em força,  já na 1ªdistrital alguns jogos merecem atenção redobrada e prometem ser atrativos.

Deste modo aqui deixamos as nomeações de arbitragem para este fim de semana desportivo na AF Guarda.

nomeaçoes-de-31-10-a-01-11-2015

Por:AFGuarda

 

Operação “Todos os Santos” da GNR

01Operação “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realiza entre o dia de amanhã, 30 de outubro e o dia 01 de novembro, em todo o território nacional, uma operação de intensificação do patrulhamento rodoviário, com vista a regularizar o trânsito e garantir o apoio a todos os utentes das vias que nesta altura do ano se deslocam às terras de origem para visitarem aos túmulos dos seus entes falecidos.

Por:GNR

Fornos de Algodres vai acolher o 19º EDAJ

fonte:FDAJDG

fonte:FDAJDG

Como habitualmente acontece anualmente, realiza-se o Encontro Distrital das Associações Juvenis do distrito da Guarda. Este ano foi contemplada a vila de Fornos de Algodres, para receber este encontro que vai já na décima nona edição, a ter lugar de 4 a 6 do mês de dezembro.

Desta forma, este encontro tem a duração de três dias, onde os temas em debate serão todos da atualidade do associativismo juvenil, e entre outras atividades.

Assim sendo, as inscrições estão abertas a centena e meia de participantes, podendo fazer a sua inscrição apartir de 4 de novembro.

Por: António Pacheco

 

 

Conversa com Daniela Alves-Fundação D.Laura Santos

                                                                Ajudar o mais possível a equipa

Fomos conversar com a dianteira da Fundação D.Laura dos Santos, Daniela Alves, uma finalizadora que espreita uma oportunidade na seleção nacional e quiça no fim desta temporada dar o salto para um grande da Europa.

Daniela alves

Daniela Alves

António Pacheco – Esta temporada iniciou com uma aventura fora de portas? Como decorreu?
Daniela Alves -Foi um concretizar de um sonho, era algo que ambicionava há muito tempo, porém foi uma experiência relativamente boa, pois encarei com um futebol totalmente diferente daquilo que estava habituada, um futebol muito mais de contacto físico e rápido. Receberam-me com carinho e toda a disponibilidade, no qual me senti logo inserida no grupo.
Gostei de visitar a Islândia, um país muito frio, no qual me custou nos primeiros tempos, como não poderia deixar de ser há sempre dificuldades que encontramos nestas aventuras, e a que eu passo a citar desde já permitiu-me adquirir fundamentos básicos da língua inglesa, o que constatei que esta ida para a Islândia me tornou melhor em todos os aspetos, como jogadora, como pessoa e também na minha formação.

AP – Agora de regresso á Fundação, como descreve este projeto?
DA-Eu na Islândia já pensava e lembrava-me da equipa, aquela equipa que me fez crescer e evoluir a todos os níveis, tanto que elas fizeram o 1º jogo do campeonato sem mim, e eu mandei uma mensagem de apoio, porque é considerada para mim a equipa do coração. Quando regressei tive a oportunidade de vivenciar uma surpresa organizada pela minha mãe, onde estavam presentes algumas das minhas colegas de equipa, o que me fez sentir bastante à vontade para iniciar a nova época. Posto isto o que eu realmente sentia, era ansiedade de voltar a treinar e a jogar com elas.

AP- Tem marcado imensos golo, considera-se uma finalizadora?
DA-Esta época ainda não me estreei no marcador, mas não é algo que me atormenta, até porque quando o golo tem que surgir surge. O meu objetivo é ajudar a equipa a todos os níveis e aproveitar cada treino e cada jogo para fazer aquilo que mais gosto na vida que é jogar futebol.

AP- Este nacional estará mais equilibrado que do anterior?
DA– Ao que tenho reparado parece-me que sim, já se pode vivenciar um futebol criativo em Portugal, e as equipas cada vez mais equilibradas, o que torna com que as jogadoras cada vez tenham mais responsabilidade no papel que desempenham.

AP – A seDAleção nacional poderá estar próxima?
DA -Sinceramente não sei, mas claro que vou desempenhar sempre o meu trabalho com ambição de querer sempre fazer mais e mais.

AP- Depois desta aventura no exterior encara a possibilidade de rumar lá num futuro mais próximo?
DA-Sim, depois da experiência na Islândia também tive mais propostas para ir jogar para o estrangeiro, mas como a formação é cada vez mais importante nos dias de hoje, optei por ficar mais este ano acabar a minha licenciatura.

AP – A Ana Borges foi campeã em Inglaterra, é um modelo para vos dar motivação?
DA -Claro que sim, quem conhece a Ana Borges sabe bem que é uma pessoa que se dedica e esforça naquilo que faz. É bom ver que uma jogadora que se formou na Fundação Laura Santos está a conseguir alcançar os seus objetivos, pois só nos dá mais força e motivação para nós lutarmos a cada dia que passa para um dia poder dizer “Eu segui os passos dela”.

AP – Objetivos para si e para a Fundação para o futuro?
DA -Os meus objetivos passam por ajudar a equipa no que eu puder, e encarar cada batalha com responsabilidade para podermos alcançar um bom lugar na classificação. Quanto aos meus objetivos pretendo conseguir fazer uma boa época, se possível melhor que a anterior, pois será sinal que a ambição nunca morreu e que consigo ignorar aquele ditado que diz que “a mente desiste primeiro que o corpo”

AP – Quem são as suas referências no futebol, masculino e feminino?
DA -Gosto do Cristiano Ronaldo e da Carli Lloyd, para mim são jogadores muito completos.

Por:António Pacheco

AFGuarda- 1ªConvocatória para preparação da Taça das Regiões

Início da preparação

foto:Sports XXI

foto:Sports XXI

Como anualmente acontece, a Taça das Regiões em Seniores, vai decorrer nos dias 6, 7 e 8 de Dezembro em Castelo Branco.
Deste modo, a Associação de Futebol da Guarda, vai estar presente com a sua equipa e deste modo, aqui fica a primeira lista de convocados divulgada pelo gabinete técnico, para o inicio dos treinos de preparação.
Esta é uma prova para amadores mas que aos poucos vai ganhando nomeada.afg

Por:António Pacheco

Mangualdense José Rosa e Francisco Quelhas ,os grandes vencedores da VII Maratona Terras do Côa

Excelente prova apesar do mau tempo

jr1

Foto:terras do coa

Os atletas Francisco Quelhas e o mangualdense José Rosa foram os grandes vencedores da prova da VII Maratona Terras do Côa, no entanto o primeiro participou na Meia-Maratona, já o segundo realizou a prova maior da Maratona.
Uma prova num dia com condições atmosféricas péssimas, com a oportunidade de ver um enorme colorido das diversas participações, cerca de 250 ciclistas que estiveram no Sabugal, no total das duas provas.
Os grandes vencedores desta VII Maratona Terras do Côa foram o Francisco Quelhas na prova mais curta da Meia-Maratona com o tempo oficioso de 2h08m59s, deixando na segunda posição Tiago Craveiro, por sua vez o conceituado ciclista mangualdense José Rosa não deixou os seus créditos por mãos alheias e venceu sem grandes dificuldades a Maratona deixando a cerca de 30 segundos António Ferreira.
Uma prova que vai estando, cada vez mais em destaque, pelos excelentes percursos como pelo acolhimento de todos os atletas que ali se deslocam, visto que já é a VII edição desta prova e pretendem continuar, visto que a beleza dos trilhos assim o justificam e a adesão

José Rosa

José Rosa

é grandiosa de ano para ano.
Todas as classificações desta prova estão neste link: http://terrasdocoa.wix.com/sabugal#!classificaes/ctwm

Por:Miguel Machado

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar