Templates by BIGtheme NET
Home » Guarda (page 2)

Guarda

Paulo Gomes e Vanda Ribeiro triunfam na Guarda

Uma manhã com várias caras, decorreu uma importante prova de atletismo na cidade da Guarda, com a realização do 42.º Grande Prémio de Atletismo da Guarda que teve a participação de cerca de centena e meia de atletas, e realizou-se na Guarda-Gare.

A prova Veteranos A Masculinos foi ganha por Paulo Gomes, e a Veteranos B, por Luís Mendonça. Vanda Ribeiro foi a primeira a chegar à meta nos Absolutos Femininos e Luís Martins nos Absolutos Masculinos.
Uma organização conjunta do Município e da Associação de Atletismo da Guarda.

Por:Mun.Guarda

AFGuarda – Resultados da 2ªdivisão

Nova ronda com o líder Vila Franca das Naves a empatar em Paços da Serra a duas bolas, sempre um terreno difícil.

Já o dérbi do côa, com o Foz Coa a não conseguir pontuar diante da forte equipa de Freixo Numão e assim mantém o segundo lugar.

2ª Divisão

JORNADA 4

Casal Cinza- ARD Nespereira 0-4

ACD Castelos- FC Pala 1-1

Paços da Serra- VF Naves 2-2

GD Foz Côa- Freixo de Numão 1-2

 

1º VF Naves – 10 pts

2º Freixo N—- 8 pts

3º Nespereira –7 pts

4º Foz coa —–6  pts

5º Os Castelos -5 pts

6º FC Pala ——4 pts

7º Guarda DFC-3 pts

8º Paços da serra-1pts

9º Casal Cinza – 0 pts

PS Guarda satisfeito pela 30ª Cimeira Ibérica na Guarda

30ª Cimeira Ibérica – Guarda 2019

A Comissão Política Concelhia da Guarda do Partido Socialista saúda a decisão do Governo de marcar para a cidade da Guarda a realização da próxima Cimeira Ibérica, que terá lugar em junho do próximo ano. Uma decisão que honra o compromisso firmado entre o primeiro-ministro de Portugal e o primeiro-ministro de Espanha, esta semana em Valladolid, ao colocarem a cooperação transfronteiriça ao serviço de uma estratégia comum contra o despovoamento que se acentua em ambos os lados da fronteira.

O primeiro-ministro António Costa mostra, com a decisão da escolha da Guarda para a próxima bilateral entre Portugal e Espanha, que as políticas de valorização e promoção do interior são concretas e não um exercício de retórica. Aos Governos do Partido Socialista se devem as obras nas linhas da Beira-Baixa e Beira-Alta que colocarão a Guarda no centro de um importante eixo ferroviário. Foram igualmente Governos do PS que trouxeram as Autoestradas A25 e A23; o novo Hospital ou a solução para o Hotel Turismo.

A Guarda continua no centro do vulcão de uma nova vaga de políticas que querem puxar pelos territórios do interior. A nível local, nós cá estaremos para enaltecer as boas decisões mas também para exigir mais e melhor, com base em trabalho atento e contínuo, sem alaridos ou falsas vitórias.

Por:CPG/PS

PSD lança comunicado sobre cimeira Luso-espanhola 2019

A POLÍTICA DAS CAVERNAS DO PS DISTRITAL
A Guarda vai, uma vez mais, estar no centro das atenções em Junho de 2019. A cimeira Luso-espanhola, que junta os dois Primeiros Ministros dos dois países, vai realizar-se na cidade.
Trata-se de uma iniciativa com envergadura, com uma enorme importância estratégica, com mediatismo e com uma visibilidade que transporta esta capital de distrito para a vanguarda Ibérica. Com a sua opção, o Estado Português honrou e valorizou o nosso território, reconheceu a sua centralidade transfronteiriça e elegeu-o como vital na definição de políticas de crescimento partilhadas com Espanha, sem as quais dificilmente o país avançará.
Não houve ninguém sensato, que não estivesse aprisionado por cavernícolos sentimentos tiffosi e de facção, aqueles que já não se usam e que só desprestigiam e desfeiam a ação política, que não aceitasse com humildade e com justiça que o impulsionador e o fazedor desta conquista foi o Presidente da Câmara da Guarda.
A RTP noticias deu ontem nota que ‘na semana passada o Presidente da Câmara da Guarda escreveu ao Primeiro Ministro a sugerir que a cimeira fosse realizada naquela cidade’
A Radio F anunciou também que os insuspeitos (nesta matéria) ‘vereadores do PS na Câmara da Guarda aplaudem a ideia da maioria PSD, que já sugeriu, por carta, ao PM que a cimeira seja realizada na Guarda’.
Segundo o jornal DN, a própria concelhia do PS da Guarda, reconhecendo esta evidência e não querendo branqueá-la nem apoucá-la, saudou a realização da cimeira e assumiu que ‘a nível local nós cá estaremos para enaltecer as boas decisões’.
O PS distrital, em comunicado que divulgou, só mexeu uma palha para estar nos antípodas.
Num arrazoado sem sentido, revelou uma ingratidão a toda a prova e procurou atribuir medalhas a quem as não merece, chamando para si e para um eleito seu mérito a que não tem direito. Chama-se a isto política de terra queimada, que no século passado produzia alguns frutos, mas que hoje, já putrefacta, não convence ninguém.
Esta estrutura nem sequer respeitou os seus vereadores, que optaram justamente por dar ‘o seu a seu dono’, bem percebendo que não é com truques e artifícios que se dignificam os partidos e a política.
Ao PSD só resta pagar o bem com o bem, congratulando-se quer com a visão e a capacidade de antecipação de quem pediu para que a cimeira tivesse lugar na Guarda, quer com a coragem e o reconhecimento de quem decidiu cá organizá-la.

Por:PSD Guarda

GNR-Operação “Oficina Limpa” – Resultados

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 19 e 20 de novembro, realizou, em todo o território continental, ações de fiscalização com o objetivo de identificar e reprimir possíveis incumprimentos à legislação sobre normas de funcionamento de operadores de reparação de veículos automóveis.

No âmbito das ações foram fiscalizadas 931 oficinas e elaborados 395 autos de notícia por contraordenação, destacando-se:

  • 51 por não realização de comunicação prévia de início da atividade;
  • 41 por falta de licença de utilização;
  • 40 por não separação dos resíduos produzidos de forma a promover a sua valorização;
  • 39 por não cumprimento da obrigatoriedade de inscrição e registo no SIRER (Sistema Integrado de Registo Eletrónico de Resíduos);
  • 26 por incumprimento do dever de assegurar a gestão de resíduos;
  • 16 por posse de extintores fora do prazo de validade;
  • 13 por rejeição de águas degradadas diretamente para o sistema de disposição de águas residuais ou para o solo, sem qualquer tipo de mecanismos que assegurem a depuração destas;
  • 12 por falta de livro de reclamações;
  • 11 por falta de extintores de incêndio;
  • Sete por depósito ou descarga de óleos usados no solo.

Esta operação foi realizada conjuntamente com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT). Estiveram empenhados 429 militares da GNR, 185 inspetores da AT e 103  inspetores da ASAE.

Assinatura do contrato ao Fundo Ambiental

A cerimónia contou com a presença da Sr.ª Diretora do Fundo Ambiental, Alexandra Carvalho, do  Secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, e do Ministro do Ambiente e Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, pelo Município de Fornos de Algodres, esteve o vereador Bruno Costa.

Inserido na Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020, o Município de Fornos de Algodres através do contrato assinado, ao aviso n.º 10310/2018, no Diário da República n.º 146, de 31 de julho, com o Programa “Logística descarbonizada e economia circular para mercados tradicionais de frescos”, pretende valorizar e promover as boas práticas ambientais no mercado municipal, no mercadinho e, acima de tudo, pretenderá impulsionar medidas que visem a redução da intermediação.

Recordamos que o das 46 (quarenta e seis) candidaturas apresentadas pelos diferentes beneficiários a nível nacional, apenas 22 (vinte e duas) estiveram presentes na cerimónia de assinatura do contrato, visto terem alcançado uma avaliação de mérito para obtenção de financiamento.

Uma das prioridades do executivo da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, para o setor do ambiente, passa pela execução de um Programa Municipal de Educação Ambiental (PMEA). Este programa é uma ferramenta fundamental na educação para o desenvolvimento sustentável da comunidade educativa e da população em geral.

Por:MFA

 

Trancoso vai acolher o Dia da Unidade da GNR

Trancoso vai acolher o Dia da Unidade da GNR, domingo, dia 2 de dezembro, pelas 15:00 horas.

Para assinalar a data será realizada uma cerimónia militar no Largo Portas D’El Rei em Trancoso, onde serão entregues condecorações a militares e homenageados os militares já falecidos, terminando com o desfile das forças em parada.

Ainda inserido nas comemorações, no dia 29 de novembro, pelas 9:00 horas, decorre um seminário internacional subordinado ao tema “Organização e policiamento em Territórios de Baixa Densidade, que modelo?”, no pequeno auditório do Teatro Municipal da Guarda.

António Costa reuniu com as duas Comunidades Intermunicipais em Penamacor

Teve lugar em Penamacor, nesta quarta-feira, uma reunião no âmbito da Cimeira Luso Espanhola, agendada para a próxima quarta-feira, dia 28 de novembro, em Valladolid, com o intuito do Governo auscultar estas duas comunidades intermunicipais quanto aos novos desafios que se colocam à cooperação transfronteiriça, bem como proceder ao levantamento dos principais entraves à intensificação das relações económicas e sociais com Espanha.
Da reunião saiu a necessidade de dar uma atenção especial à fronteira entre Portugal e Espanha, por esta ser uma das mais desertificadas e envelhecidas da Europa, e a garantia que haverá diálogo com o Governo espanhol quanto à identificação dos problemas e às estratégias para os resolver.

Desta forma, esteve presente o  Primeiro-Ministro António Costa  acompanhado pelos ministros da Economia, Pedro Siza Vieira, e do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, que reuniu, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com os municípios integrantes das comunidades intermunicipais da Beira Baixa e das Beiras e Serra da Estrela.
foto:MP

APS Maceira participou no Congresso

Teve lugar em Coimbra, a sexta edição do Congresso Regional Envelhecimento Ativo e Saudável , onde foram também atribuídos os Prémios referentes à segunda edição do Prémio de Boas Práticas em Envelhecimento Ativo e Saudável da Região Centro, iniciativa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro em parceria com o Ageing @ Coimbra,promovido pela Ageing@Coimbra, destacando- se a presença da equipa da APSMaceira que apresentou neste dia, o poster sobre o projeto PraticaMENTE.

 

Mobilidade urbana dos idosos da Guarda objeto de estudo

 

Recentemente nos dias 14 e 15 de novembro, teve lugar em Pamplona (Espanha) a primeira reunião de trabalhos do referido projeto que é liderado pela Universidade de Navarra (Espanha), ao qual se associou uma equipa de investigadores Portugueses liderada pela professora Maria João Guardado Moreira da Unidade de Investigação Age.Comm do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB); deste grupo de investigadores fazem também parte dois docentes do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), Carolina Vila Chã e Nuno Serra.

A equipa de investigação é constituída por investigadores da área da geografia, arquitetura, gerontologia, saúde e atividade física e tem como missão estudar espaços urbanos, cujos desníveis topográficos podem dificultar a mobilidade das pessoas idosas, limitando-as na utilização dos espaços e dos serviços e, consequentemente, condicionando-as no envolvimento de ações promotoras de um envelhecimento ativo.

Em Portugal, será efetuado um levantamento dos meios urbanos portugueses com maiores desníveis topográficos e serão identificados os bairros com população mais envelhecida. Também será realizado um levantamento dos tipos estruturas de mobilidade verticais (elevadores, escadas, passadeira rolantes de utilização pública) e estudado o impacto que estas têm a mobilidade e participação social das populações mais envelhecidas que os utilizam.

Pelas suas características topográficas, a Guarda e Covilhã serão as cidades estudadas em maior detalhe; pretende-se compreender e estudar o impacto destas barreiras na mobilidade e qualidade de vida dos idosos, apresentando-se posteriormente soluções adequadas aos bairros estudados.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) é uma das instituições que integra o projeto transfronteiriço MOVE-AGED, aprovado pelo Centro Internacional sobre o Envelhecimento (CENIE), no âmbito do programa INTERREG Espanha-Portugal.

A participação do IPG visa primordialmente contribuir para a compreensão do impacto fisiológico e biomecânico dos desníveis topográficos na mobilidade e perceção de esforço dos idosos, tendo por base os seus níveis de funcionalidade.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar