Templates by BIGtheme NET
Home » Guarda (page 20)

Guarda

Município de Celorico da Beira vai aplicar 16 medidas de apoio às famílias, comércio local, instituições e às empresas

Face à pandemia Covid-19, o Município de Celorico da Beira não é indiferente aos impactos sociais e económicos que o recolhimento geral implica, assim, para dar resposta às dificuldades propõe-se aplicar 16 medidas de apoio às famílias, comércio local, instituições e às empresas.

A primeira trata-se da isenção sobre tarifas de água, saneamento e RSU, nos meses de abril e maio de 2020, a todas as IPSS (lares e centros de dia), creches, cafés, restaurantes e empresas do concelho, que tenham sido afetados no seu normal funcionamento durante o período de confinamento da população.

Depois o suporte na educação à distância, ação social, transporte de medicamentos, alimentação, apoio aos produtores e pastores com plataformas de comércio digital, proteção civil.

Tratando-se de um processo aberto, a Autarquia estará atenta e disponível para adotar outras medidas que venham a ser necessárias e possíveis.

Assim o Presidente da Câmara Municipal, Carlos Ascensão, fundamenta as medidas excecionais apresentadas:

Entendemos que esta pandemia, sendo um problema comum, não nos afeta a todos de igual modo, sobretudo no que concerne aos rendimentos.

Por isso, generalizar certas medidas, (isenção ou redução da fatura da água, isenção ou redução de impostos…), é algo socialmente muito injusto e incorreto.

Interrogo-me: Porque razão o meu agregado familiar deve beneficiar de reduções se não teve qualquer redução no rendimento mensal? E tantos outros?

Cada caso é um caso.

Por isso, de forma aberta e dinâmica, decidimos olhar para cada pessoa em concreto e respondermos, então, em função das necessidades em específico, em articulação com outras instituições e outros eventuais apoios.

Esta é uma convicção de justiça social e não alinhamos em oportunismos políticos de circunstância.

A Câmara Municipal, na pessoa do Senhor Presidente, gostaria que os apoios a conceder pudessem ser muito mais generosos.

Todavia, em virtude dos nossos compromissos de dívida antiga, que em muito excede os cem mil euros mensais, e que queremos escrupulosamente continuar a cumprir, obriga-nos, responsavelmente, a não exceder aquilo que são as nossas reais possibilidades.

Cumprir hoje para que, quem vier amanhã, não fique refém do passado.”

Informações através do 271 747 400 ou do email geral@cm-celoricodabeira.pt | proteção civil municipal: 964 545 731

 

Covid-19-Empresas e instituições científicas e tecnológicas da região Centro podem aderir a dois concursos de apoio

No âmbito do combate ao COVID-19, o Programa Centro 2020, em cooperação com os restantes Programas Operacionais do Portugal 2020, lançou já dois concursos para apoiar empresas e instituições científicas e tecnológicas.

Estes concursos, que mobilizam 11 milhões de euros do Programa Centro 2020, através Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), pretendem financiar projetos que respondam às necessidades imediatas e a médio prazo do Serviço Nacional de Saúde, bem como a concretização de projetos que permitam fazer face ao aumento exponencial da necessidade de determinados produtos e serviços para o combate ao COVID-19.

O concurso para o sistema de incentivos à inovação produtiva no contexto do covid-19, com uma dotação de 7 milhões de euros, tem por objetivo apoiar empresas que pretendam estabelecer, reforçar ou reverter as suas capacidades de produção de bens e serviços destinados a combater a pandemia do COVID-19. Entendem-se como produtos essenciais medicamentos e  tratamentos relevantes – incluindo vacinas, seus produtos intermédios, princípios farmacêuticos ativos e matérias-primas; dispositivos médicos e equipamento médico e hospitalar – incluindo ventiladores, vestuário e equipamento de proteção, bem como instrumentos de diagnóstico, e as matérias-primas necessárias; desinfetantes e seus produtos intermédios e substâncias químicas básicas necessárias para a sua produção e ferramentas de recolha e processamento de dados.

O concurso para atividades de investigação e desenvolvimento, com uma dotação de 4 milhões de euros, tem como objetivo mobilizar recursos científicos e técnicos para a criação de novos produtos, processos ou sistemas, ou melhorias significativas nos que já existem; e para a construção ou modernização das infraestruturas de ensaio e otimização necessária ao desenvolvimento de produtos relevantes.

Podem candidatar-se todas as empresas nacionais e entidades do sistema nacional de Investigação e Inovação (I&I), inclusivamente em parcerias. Os apoios destinam-se a equipamentos, consumíveis, recursos humanos e outras despesas destinadas à realização dos projetos e à certificação e divulgação dos seus resultados.

Toda a informação sobre os concursos pode ser consultada em www.centro.portugal2020.pt

Por:CCDR Centro

 

CIMBSE promoveu realização de testes aos Sapadores Florestais

Face à atual situação evolutiva do surto epidémico a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela providenciou a realização de testes de despistagem de Covid-19 à Brigada de Sapadores Florestais da CIMBSE como medida preventiva.
Os testes foram realizados  nos Centros de Recolha de Fornos de Algodres, Gouveia e Belmonte.
Trata-se de uma medida de reforço às já implementadas pela CIMBSE, reavaliando diariamente as medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação.
São particularmente importantes as estratégias que contenham a disseminação de COVID-19, prevenindo a transmissão pessoa a pessoa e impedindo a formação de cadeias de transmissão na comunidade.

Por:CIMBSE

Bombeiros de Fornos de Algodres recebem equipamentos de proteção individual

Todos os dias, os gestos de solidariedade se multiplicam, desta forma, a empresa Agro-Animalia Lda , de Viseu, fez uma oferta de 30 fatos de proteção individual ao Corpo de Bombeiros da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres .

Anteriormente já a empresa Lucrofusão Unipessoal, Lda, de Mangualde, tinha oferecido 20 viseiras e 20 batas.

Um gesto grandioso que os soldados da paz agradeceram e este material vem capacitar estes operacionais para um desempenho em segurança nos serviços com suspeita de COVID-19.

“Alimente quem o alimenta” – Plataforma on-line para a Agricultura de proximidade

O Ministério da Agricultura, em parceria com os seus organismos, com os Grupos de Ação Local e com os Municípios, lançou a plataforma “Alimente quem o alimenta”, gerida pela Rede Rural Nacional, a partir da qual:

– Qualquer produtor, de forma simples e rápida, poderá efetuar o seu registo para, posteriormente, anunciar os seus produtos e quais os cabazes disponíveis para encomenda/entrega (e condições associadas);

– Qualquer consumidor, com conforto e segurança, poderá pesquisar por concelho e por produtos (biológicos ou não), identificando os produtores da sua região e encomendando os seus produtos.

As plataformas de lojas on-line existentes podem também aderir a esta plataforma, para divulgar produtores em circuitos curtos, que têm cabazes que vendem na exploração, ou que entregam, ou vendem em mercados locais.

Atendendo ao impacto da pandemia da Covid-19, e aos comportamentos responsáveis daí resultantes, a plataforma “Alimente quem o alimenta” visa incentivar o consumo de produtos locais e o recurso aos mercados de proximidade (encurtar a distância entre produtor e consumidor), de forma a agilizar o escoamento dos produtos agroalimentares locais.

Para fazer a sua inscrição deve aceder ao link : https://www.alimentequemoalimenta.pt/.

Para eventuais esclarecimentos poderá contactar a ADRUSE através do email adruse@adruse.pt ou do número 238490180.

Fonte:Adruse

Freguesias de Infias e Muxagata entregam à população Equipamento de Proteção Individual

Neste fim de semana, as Freguesias de Infias e Muxagata presentearam a sua comunidade com Equipamento de Proteção Individual, fazendo ao mesmo tempo uma sensibilização e levaram palavras de alento a todos que nesta fase por ventura estão mais sozinhos.

De realçar o acompanhamento escolar feito pelas freguesias e ainda no caso da Muxagata, foram entregues equipamentos no Centro de Noite e comércio local.

São estes gestos nobres que as Freguesias um pouco por toda a parte vão fazendo para proteger as comunidades locais.

GNR-Operação Fique em Casa II

A Guarda Nacional Republicana está a realizar até ao próximo dia 20 de abril, uma operação de intensificação do patrulhamento, fiscalização e sensibilização, em todo o Território Nacional, com o objetivo de apoiar a população e garantir o cumprimento das normas do Estado de Emergência.

Durante a operação, serão empenhadas as várias valências da Guarda, sendo o esforço orientado para a verificação do cumprimento do confinamento obrigatório, por parte dos cidadãos sobre os quais impede esse dever, bem como para o apoio aos mais vulneráveis e desfavorecidos.

Neste particular, a Guarda continuará a promover o Programa “65 Longe+Perto”, contactando a população mais idosa, sobretudo a que vive sozinha, isolada ou sozinha e isolada, elucidando sobre as regras específicas decretadas para o Estado de Emergência e procurando sinalizar situações de idosos que, por força do maior isolamento social, necessitem de uma abordagem ao nível psicológico, para as quais serão disponibilizados psicólogos do Centro Clínico da GNR, numa segunda linha de apoio.

Adicionalmente, para além da sensibilização para a limitação da circulação na via pública, a Guarda irá garantir o cumprimento das demais normas previstas na lei, zelando para que a população se abstenha de deslocações desnecessárias, as quais poderão potenciar a propagação da epidemia COVID-19.

 

A GNR relembra que todos devem:

1.    Manter o distanciamento social;

2.    Zelar pelo cumprimento das regras de etiqueta respiratória;

3.    Lavar bem, frequentemente e demoradamente as mãos com água e sabão (ou solução de base alcoólica);

4.    Evitar sair de casa, excepto por situações excecionais.

 

Pinhel é a Cidade do Vinho 2020/21

Face à situação de pandemia que está a afetar Portugal, a Europa e o Mundo, a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) decidiu estender a 2021 o estatuto de Pinhel como “Cidade do Vinho”.

A decisão foi aprovada por unanimidade, em reunião do Conselho Diretivo realizada no passado dia 16 de abril, resultando daí que as iniciativas previstas na candidatura de Pinhel a Cidade do Vinho 2020 poderão ser realizadas ainda em 2020 (desde que reunidas as condições ideais), mas também ao longo de 2021.

  Assim , Rui Ventura, Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, salienta que: esta é uma decisão justa tendo em conta que Pinhel continua determinado em concretizar o programa delineado no âmbito da sua candidatura, ao abrigo da qual está prevista mais de uma centena de atividades.

Não sendo a situação ideal, nomeadamente devido às circunstâncias causadas pela pandemia, Pinhel passa a ser a primeira cidade a ostentar o título de Cidade do Vinho durante dois anos consecutivos.

Recorde-se que o projeto “Cidade do Vinho”, promovido pela AMPV, surgiu com o objetivo de “valorizar a riqueza, a diversidade e as características comuns dos territórios associados à cultura do vinho e de todas as suas influências na sociedade, na paisagem, na economia, na gastronomia e no património”.

A iniciativa pressupõe a elaboração de um programa anual de ações culturais, de formação e de sensibilização ligadas ao vinho, com visibilidade nacional.

BE/Guarda sugere comemorações do 25 de abril seja online

Em comunicado, o BE da Guarda, pelo seu porta-voz Marco Loureiro, sugere ao Municipio da Guarda que a comemoração do 25 de abril possa ser online, assim refere que:”A crise pandémica, sanitária, social e económica que atravessamos trouxe desafios enormes às famílias, à sociedade civil, mas também ao poder governativo, central e
local.
E porque estamos próximos do dia “25 de abril” que este ano comemora 46 anos do fim da ditadura do Estado Novo em Portugal, e dado o período pandémico em que estamos a viver, parece-nos ser justo que esta tão relevante data para a nossa democracia mereça ser assinala, mesmo que para isso se adapte o formato da comemoração.
Neste sentido o Grupo Municipal do Bloco de Esquerda da Guarda, vem sugerir ao
município que aceite as seguintes atividades para assinalar o dia “25 de abril de 1974”:
1. Possibilidade de através da gravação prévia de um pequeno discurso /mensagem
a todos os Grupos Municipais representados na Assembleia Municipal da
Guarda, Presidente da Câmara e Presidente da Assembleia Municipal. (o vídeo
seria da responsabilidade de cada partido);
2. Divulgação dos vídeos nos sítios digitais da autarquia e envio à Comunicação
Social;
3. Promover um Festival Online “25 de Abril Sempre” que reúna Bandas locais que
desejem voluntariamente participar, tendo em conta o período que passamos,
neste dia comemorativo. A autarquia teria a responsabilidade que criar as
condições técnicas necessárias, podendo ter como palco a sala António Almeida
Santos, nos Paços do Concelho.
Entendemos que a ser seguido este modelo a autarquia guardense teria um custo
financeiro muito reduzido e as bandas da região, os partidos políticos, o executivo
camarário e todos os guardenses, teriam oportunidade de se associarem a uma
comemoração que deve ser de todos e para todos.
Certos que as nossas propostas serão tidas em consideração, disponibilizando também
se assim o entenderem o nosso apoio Técnico-Logístico”.

Ensino superior pode reabrir presencialmente a 4 de maio

Todo o Ensino Superior  pode regressar com aulas presenciais a 4 de maio, mediante as regras de segurança face à covid-19. Assim as instituições de ensino deverão fornecer equipamento de proteção individual para todos e manter o distanciamento social.

O Ministério considera que as aulas terão de regressar presencialmente devido a determinados fatores e sobretudo o prazo do final do ano letivo não exceder muito os prazos.

foto:DR

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar