Templates by BIGtheme NET
Home » Guarda (page 5)

Guarda

Campanha de reciclagem mobiliza cerca de quatro centenas de escolas

Escola Electrão junta professores, alunos e comunidade

O Electrão – Associação de Gestão de Resíduos promove mais uma edição nacional da Escola Electrão, uma campanha de reciclagem de equipamentos elétricos, pilhas e baterias que envolve alunos, professores e comunidade em geral.

A edição deste ano tem como novidade a atribuição de pontos que serão convertidos em prémios que vão equipar as escolas com microscópios, impressoras, computadores e tablets.

O Quiz Electrão é outra grande novidade, permitindo envolver os alunos num debate sobre temas essenciais como reciclagem, valorização de resíduos, recursos naturais e prevenção de incêndios através de um passatempo digital, inovador e pedagógico.

Além do Quiz Electrão, será distribuído pelos estabelecimentos de ensino o livro “Electrão? Conheço bem, muito obrigado.”, destinado aos mais pequenos, que contribui para a educação ambiental. Este livro é composto por atividades e desafios para a comunidade escolar aprender a gerir os recursos naturais do planeta e ficar desperta para a questão da reciclagem.

Na última edição da Escola Electrão, foram recolhidos mais de 120 mil quilos de equipamentos elétricos, pilhas e baterias, e distribuídos mais de 10 mil euros pelas escolas. A campanha Escola Electrão decorre até 31 de maio de 2020.

Sobre o Electrão:

O Electrão – Associação de Gestão de Resíduos é a entidade gestora de resíduos líder na gestão dos equipamentos elétricos, pilhas e baterias usadas. A Rede Electrão tem cerca de 4 mil locais de recolha em todo o país. A 9 de agosto de 2017, foi-lhe atribuída a sua terceira licença de atividade para gestão de resíduos de embalagens, permitindo-lhe disponibilizar um serviço integrado na gestão de três fluxos de resíduos: equipamentos elétricos, pilhas e embalagens.

 

Pedro Gadanho é o diretor executivo da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027

O arquiteto e designer Pedro Gadanho, ex-diretor do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa, e curador do departamento de arquitetura e ‘design’ do Museum of Modern Art (MoMA), em Nova Iorque, foi o escolhido pelo  Município da Guarda para o cargo de diretor executivo da Candidatura a Capital Europeia da Cultura

Pedro Gadanho reage ao convite feito pelo Município declarando que: «Foi com enorme satisfação, mas também com um agudo sentido de responsabilidade, que aceitei o desafio da município da Guarda para liderar a candidatura de uma rede de cidades do interior português a Capital da Europeia da Cultura de 2027. Face aos desafios que as cidades do interior enfrentam nas próximas décadas —entre fenómenos de desertificação, sustentabilidade territorial e crise ecológica— a cultura não pode ser aí encarada senão como um instrumento estratégico transversal, uma ferramenta dinâmica situada entre política e economia, entre inovação tecnológica e bem-estar social, entre cidade e natureza. Sinto-me muito honrado por poder contribuir com a minha experiência e conhecimento para trazer tal ambição para uma candidatura que, acima de tudo, é uma oportunidade para repensar uma identidade regional específica, bem como ideias de resiliência, inclusão social e mudança de comportamentos.»

Esta escolha de um perfil claramente internacional, com raízes na Beira Interior e a noção das necessidades e oportunidades locais, representa um reforço determinado em nome de uma candidatura forte – unindo 17 municípios – que reflita os grandes desafios que a iniciativa exige como projeto estratégico de desenvolvimento de futuro, muito para lá de mero programa de duração anual que responda aos critérios estabelecidos para as capitais europeias da Cultura.

Nascido na Covilhã, em 1968, divide a sua atividade profissional entre arquitetura, curadoria, escrita e produção cultural.

No presente momento é Loeb Fellow na Universidade de Harvard, em Cambridge, Massachussets, nos Estados Unidos, que com mais oito investigadores de várias nacionalidades desenvolve um trabalho de pesquisa e discussão nas áreas do design, sustentabilidade, transportes, artes e cultura para o futuro das cidades.

Anteriormente foi Curador de Arquitetura Contemporânea no Museum of Modern Art, em Nova Iorque, e o primeiro diretor do MAAT, Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Lisboa.

À frente do MAAT programou mais de 50 exposições e foi curador de intervenções site-specific com artistas como Dominique Gonzalez-Forster, Carlos Caraicoa, Bill Fontana, Tomás Saraceno e Tadashi Kawamata. Foi o curador de duas grandes mostras interdisciplinares: Utopia/Distopia, em 2017, e Eco-Visionários, Arte e Arquitecura Após o Antropoceno, em 2018.

Enquanto curador do MoMA, fez a curadoria de várias mostras inovadoras do respectivo acervo, tais como 9+1 Ways of Being Political, Cut’n’Paste, Conceptions of Space, e Endless House. Para além da coordenação do Young Architect’s Program, foi o curador de duas grandes exposições: Uneven Growth, Tactical Urbanisms for Expanding Megacities, com a Vienna Biennale, 2014, e A Japanese Constellation: Toyo Ito, SANAA and Beyond, 2016.

Anteriormente foi comissário de “Metaflux,” representação portuguesa à Bienal de Veneza de Arquitectura de 2004 e de mostras internacionais como “Post.Rotterdam,” para o Porto 2001, “Space Invaders,” para o British Council UK, “Influx,” para a Fundação de Serralves, “Pancho Guedes, An Alternative Modernist,” para o Swiss Architecture Museum. Foi também o curador responsável pelo programa Habitar Portugal 06-08, para a Ordem dos Arquitectos, e de Performance Architecture, para a Capital Europeia da Cultura de 2012, em Guimarães.

Gadanho é doutorado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (F.A.U.P.), tendo defendido Tese de Doutoramento com o tema “Arquitectura e Mediatização Generalista 1990-2005” em 2007. Licenciou-se na F.A.U.P, e foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian para realização do Mestrado “MA in Art & Architecture” no Kent Institute of Art and Design, no Reino Unido, em 1995.

É membro fundador e diretor do CUC, Centro Cultura Urbana Contemporânea, e, entre 2000 e 2003, integrou a direção da ExperimentaDesign, Bienal de Lisboa.

Entre 2000 e 2012, foi docente universitário na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto. Foi docente da Universidade Lusíada, entre 1997 e 2000, e ainda professor convidado no curso BIArch, em Barcelona, e na École Speciale d’Architecture, em Paris, ambas em 2011.

Tem desenvolvido uma atividade intensa de conferencista, incluindo apresentações de papers e participações em painéis em universidades como ETH Zurich, Columbia University, Penn State University e Ghent University bem como em instituições culturais do Brasil, Canadá, China, Dinamarca, Egipto, Estados Unidos, India, Itália, Japão, Kuwait, Polónia, Reino Unido, Taiwan, etc. Foi orador convidado em eventos como Art for Tomorrow, organizado pelo New York Times, em 2017, e os simpósios Exhibiting Architecture, Yale University, 2013, e Performing Architecture, Princeton University, 2012, entre muitos outros.

Mantém um perfil internacional na área académica da arquitectura, com presença regular em júris, think-tanks e outros corpos consultivos. Entre 2013 e 2014, foi consultor e proponente do MacArthurs Fellows Program, do Pew Fellowship Programs, e da Rolex Mentor-Protegé Arts Initative. Foi membro dos júris de seleção da Trienal de Oslo de 2019, do Harvard GSD Wheelright Prize 2014, do European Union Prize for Contemporary Architecture – Mies van der Rohe Award, 2013, e da Bienal Colombiana de Arquitectura 2012, entre muitos outros.

Para além do seu blogue ShrapnelContemporary, da edição da colecção Beyond, Short Stories on the Post-Contemporary (Sun Publishers), do livro Arquitectura em Público (Dafne), e da monografia [Interiors 01/010] (Caleidoscópio), escreve regularmente para diversas publicações nacionais e internacionais. Foi correspondente da revista A10, New European Architecture, e colaborador de revistas como Domus, Damnº, Blue Design e outras. Contribuiu artigos académicos para revistas e livros como OASE, ICAM Print, ou Architecture Beyond Criticism. Foi co-autor de programas televisivos como EXD Magazine, RTP-2, a série inicial de O Traço e o Tempo, SIC-Notícias, e um documentário sobre Pancho Guedes, para a RTP.

Para além de várias montagens de exposições e remodelações de interiores, os seus projetos de arquitetura incluem a Casa Laranja, em Carreço, o Art Center da Fundação Ellipse, em Cascais, o Pavilhão Multiusos para a Feira do Livro de Lisboa de 2002 e a reestruturação do Cinema Passos Manuel, no Porto. Entre 1989 e 1992, colaborou, entre outros, com os arquitectos Eduard Bru, em Barcelona, e João Luís Carrilho da Graça, em Lisboa.

AF Guarda- Resultados do torneio de abertura de juniores A

Teve lugar mais uma ronda no Torneio de abertura de juniores A no distrito da Guarda.
SC Mêda-GD Trancoso-2 – 7
SC Celoricense- NDS Guarda-0-3
Classificação:
1ºGD Trancoso-7
2ºNDS Guarda-4
3ºV.Formoso-3
4º Celoricense-0
5º SC Meda- 0

Raid de Pinhel encerra calendário do Escape Livre

   O 3º Raid TT Vinhos Beira Interior, vai para a estrada  nas terras de Pinhel, restam poucas inscrições disponíveis para o passeio que alia grandes vinhos ao melhor todo terreno. De 15 a 17 de Novembro, o passeio que encerra o calendário de 2019 do Escape Livre é uma organização do Município de Pinhel e do clube da Guarda e aposta também num grande certame de vinhos e de sabores.

A aposta desta parceria já foi ganha nos dois anos anteriores, atraindo participantes de norte a sul do país, com múltiplas marcas e modelos de viaturas 4×4. Um encontro que prima por uma forte presença e centralização na Feira Beira Interior – Vinhos & Sabores, onde os participantes têm oportunidade de provar algumas das melhores iguarias e néctares da região. Também o alojamento deste passeio é feito nas melhores unidades de turismo rural e turismo de habitação do concelho de Pinhel.

Entre as experiências do programa estão a presença na inauguração da Feira Beira Interior – Vinhos & Sabores, ao fim da tarde de sexta-feira, e o jantar de boas vindas. No sábado, os trilhos conduzem a Cidadelhe, para visita à Casa Forte, onde se encontra o famoso pálio secular, com um dia a contemplar ainda as experiências de condução e paisagem do alto da serra da Marofa, a passagem na Adega de Figueira de Castelo Rodrigo, a visita e prova de vinhos na Adega Casas Altas, com o proprietário José Madeira Afonso, um magusto na Freguesia do Lamegal e o regresso à Feira Beira Interior – Vinhos & Sabores, para o momento do jantar de gala e entrega de prémios do Concurso Internacional de Vinhos VinDuero-VinDouro.

No domingo, os trilhos fora de estrada são intercalados com as visitas ao Museu Militar de Almeida e ao Centro Histórico de Pinhel. O almoço de encerramento faz nova ode aos vinhos, decorrendo na Adega Cooperativa de Pinhel, acompanhada da entrega dos troféus SPAL.

As últimas inscrições estão disponíveis em www.escapelivre.com, ou contactando o Clube da Guarda por escapelivre@escapelivre.com | tel. 271 205 285 | 967 899 449.

AF Guarda- Resultados do Campeonato Distrital da 1ªDivisão – 6ª jornada

Decorreu neste domingo chuvoso, a sexta ronda do distrital maior da AF Guarda, com o Manteigas a ser derrotado pelo Vila Cortez que chegou ao comando também.

Vilar Formoso- SC Celoricense-1-1

Vila Cortez Mondego- AD Manteigas-2-1

Soito- CD Gouveia-0-2

GD Trancoso- Estrela Almeida-7-2

AD Fornos de Algodres- SC Mêda-1-1

Os Vilanovenses – VF Naves-0-0

Aguiar da Beira- Vila Nova Foz Côa-6-2

 

Classificação:

1º-Vila Cortez-15

2º-Manteigas-15

3ºMêda-14

4ºTrancoso-13

5ºSoito-10

6ºGouveia-9

7ºAguiar Beira-9

8ºAD.Fornos de Algodres-9

9ºVF Naves-8

10ºSC Celoricense-5

11ºVilar Formoso-5

12ºFoz Côa- 4

13ºOs Vilanovenses-2

14ºEst.Almeida-0

 

Candidaturas abertas para o projeto Vale Pastor +

Foi criado o projeto Vale Pastor + que é um prémio monetário de 2500 euros a atribuir a produtores de leite que produzam ou possam vir a produzir leite para fornecimento de Queijarias com produção de Queijo DOP.
As regiões DOP abrangidas são: Beira Baixa, Serra da Estrela e Rabaçal.
As candidaturas estão abertas até 30 de novembro e o formulário de candidatura encontra-se  no site ou facebook da Inovcluster e no site das Comunidades Intermunicipais envolvidas na atribuição do Vale Pastor +.

Manuel Prata, presidente do NDS em conversa

Sintético do S. Salvador e um Pavilhão são necessidades urgentes

Magazine SerranoNem só de desporto vivem os clubes. Este encontro cultural de música tradicional, com vários grupos, terminou em festa. É sinal que a cultura está bem na Guarda?

 Manuel Prata- Sim. Naturalmente que o Núcleo Desportivo e Social, conforme o próprio nome diz, não é só a parte social nem a parte desportiva, é também a parte cultural e recreativa. E o sinal disso tem sido evidente, neste caso, o grupo “A Mensagem”, grupo de cantares da música popular portuguesa, muito tem contribuído, digamos, para o bom nome da Guarda lá fora, em todas as deslocações, que têm feito a vários locais do país. Ler Mais »

Invernal de BTT Guarda no dia 24 de novembro

Anualmente se realiza na Guarda, a Invernal  de BTT Guarda, uma prova de BTT, com participação de muitos ciclistas das mais variadas localidades, que arranca no dia 24 de novembro.

Assim o secretariado vai estar aberto no sábado, dia 23 de novembro, no Estádio Municipal, depois na manhã de domingo terá lugar a partida às 9 horas da manhã, da maratona (70kms), mini-maratona(40km) e do Passeio BTT (25km).

Será uma manhã bastante ativa com os diversos participantes a desfrutar das maravilhas da natureza desta zona em concreto.

Depois da prova terá lugar o almoço e seguido da entrega de prémios.

 

 

 

AF Guarda- E.Almeida-Vila Cortez-1-6

André Jesus, o goleador

Uma tarde de muitos golos, com duas equipas a tentar os três pontos, mas a turma de Rui Nascimento foi mais forte no setor ofensivo e quem tem André Jesus, na frente de ataque , arrisca-se a golear.

Assim o Vila Cortez abriu o ativo, por Rui Santos, aos 20´, era a pressão dos visitantes a pesar e André Jesus, aos 24´ e 35´a dar como certa a vitória da sua equipa, antes do intervalo, de referir que ambas equipas chegaram ao fim dos 45´só com 10 elementos.

Para a segunda parte, o E.Almeida tentou dar um ar da sua graça, mas Hugo faz o quarto para o Vila Cortez, que teve reação logo dos donos da casa por Velho.

Mas como é normal a turma visitante é uma equipa de ataque e volta a chegar ao golo por Hugo Vaz , era a goleada que veio a ser confirmada pelo goleador mor André Jesus que volta a marcar fazendo o sexto tento e o hat-trick na partida.

Um triunfo expressivo da equipa do alto Mondego que vai rumo aos lugares cimeiros, com André Jesus a confirmar a sua veia goleadora.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar