Templates by BIGtheme NET
Home » Imagens (page 10)

Imagens

SC Celoricense vence Taça Distrital e faz dobradinha

Uma tarde algo cinzenta , no Estádio do Picoto, em Vila Franca das Naves, teve lugar a final da Taça Distrital da 2ªdivisão.

Assim Celoricense e Paços da Serra a empatarem no tempo regulamentar a uma bola e assim na marcação das grandes penalidades, venceram os celoricenses por 4-3.

De salientar muito público afeto às duas equipas que encheram as bancadas do Picoto.

De realçar, a equipa de arbitragem, com a presença forte feminina.

GNR Guarda- Ocorrências no distrito

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal da Guarda, no dia 19 de abril, deteve um homem, de 44 anos, por furto em interior de veículo e posse de munições, na localidade de Celorico da Beira.

No decurso de uma investigação por quatro furtos em interior de veículo, que decorria desde janeiro de 2018, realizaram-se duas buscas domiciliárias e duas a veículos, tendo sido apreendido 30 cartuchos, seis munições de calibre 6.35 mm e diversos documentos, nomeadamente cartas de condução de nacionalidade portuguesa e espanhola, cartões de cidadão e cartões multibanco, provenientes dos furtos.

O detido foi presente ontem, dia 19 de abril, ao tribunal judicial de Celorico da Beira para primeiro interrogatório, sendo-lhe aplicado a medida de coação de termo de identidade e residência.

Por:GNR Guarda

Mangualde vai estar na FIT-Guarda

Mangualde estará presente, de 28 de abril a 1 de maio, na FIT Guarda – Feira Ibérica do Turismo com o melhor do concelho, levando as suas tradições e sabores além-fronteiras. No stand do Município estarão artesãos e produtores de todo o concelho, desde a hotelaria, a restauração, o artesanato, as queijarias, a apicultura, as compotas, o vinho, as pastelarias e os enchidos. A animação do concelho também se fará representar através da atuação da ACAB – Associação Cultural Azurara da Beira, do Rancho Folclórico “Os Rouxinóis do Dão de Fagilde”, da Alcatuna e do Rancho Folclórico de Mangualde.

Os produtores presentes são:

  • Hotelaria: Hotel Senhora do Castelo; Casas D’Aldeia; Casa dos Feitais; Casa do Avô; e Casa do Soito.
  • Restauração: O Valério.
  • Artesanato: Bordados de Tibaldinho de Cidália Rodrigues, Lídia Rodrigues, Isaura Figueiredo; Olaria de Sérgio Amaral; e Cerâmica de Maria do Amparo.
  • Queijarias: Ouro Serrano; e Vale da Estrela (Queijo DOP).
  • Apicultura: Mel Abelha Azul; Mel de Quintella; e Celestino da Silva Laires.
  • Compotas: Quinta da Sarnada (Compota de Mirtilo).
  • Vinho: Adega Cooperativa de Mangualde; Julia Kemper; Quinta dos Monteirinhos; Casa Anadia; e Soito Wines.
  • Pastelaria: Pastéis de Feijão da Pastelaria do Patronato; Queijadas de Mirtilo da Pastelaria Cinderela; Broa Típica da Beira Alta da Pastelaria Cinderela; e Cavacas de Mangualde da Pastelaria São Miguel.
  • Enchidos: Quintas de Seia.

O stand do Município de Mangualde estará localizado no 1º pavilhão, ao lado de expositores como: Turismo de Castilla y León, Turismo da Extremadura, Turismo do Porto e Norte, Salamanca, Turismo Provincia Badajoz, Coruña, Béjar… entre outros.

25 de abril assinalado em Gouveia

O Município de Gouveia assinala o 44º Aniversário da Revolução de Abril, no dia 25 de abril, com a iniciativa LIBERDADE PARA PLANTAR, REFLORESTAR PARA O FUTURO.

A iniciativa consiste numa caminhada entre o Curral do Negro e a Mata da Câmara, onde irá decorrer uma ação de reflorestação.

Os interessados em participar deverão efetuar a inscrição (gratuita) no Posto de Turismo de Gouveia.

Por:Mun.Gouveia

Fornos de Algodres comemora o 25 de abril

O Município de Fornos de Algodres comemora o 25 de abril com um espetáculo musical de MIGUEL CALHAZ, intitulado VOZ CONTRA BAIXO.

O concerto decorrerá a 24 de abril de 2018, pelas 21h00, no Centro Cultural Dr. António Menano, em Fornos de Algodres.

Neste projecto musical há entre Miguel Calhaz e o seu contrabaixo uma cumplicidade e uma ligação que transcende em muito, em tudo, a normal relação entre um músico e o instrumento que executa.
Aqui, o contrabaixo sai da sua esfera usual de instrumento de acompanhamento e passa a assumir funções harmónicas, melódicas e rítmicas. A própria abordagem quanto à forma de tocar este instrumento difere daquilo que é mais comum.
Utilizam-se recursos como o corpo de madeira do instrumento (que é usado como instrumento de percussão), harmónicos e harpejos em 2 ou 3 cordas em simultâneo, assumindo espaços normalmente preenchidos por outros instrumentos.
A par do uso destes recursos junta-se a voz do músico que, ora a solo ora com músicos convidados, vai ilustrando os seus e outros poemas: trauteando improvisos e embalando redondos vocábulos…

“…sei da sua música e da forma delicada como a aborda e traz até nós,que ela envolve e convida, tanto à reflexão como à esperança. Sei ainda que as canções que imagina são
pontes que lança ao encontro da nossa sensibilidade…”
Armando Carvalheda in “Viva a Música” Antena1

“Ao longo da vida vamos aprendendo que as certezas vão sempre escasseando, mas podemos sempre dar por garantido que a beleza e a honestidade, vão fazer sempre parte
das canções do Miguel Calhaz!”

Por:MFA

Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas

O Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas terá este ano a sua final regional no território da CIMBSE.

O Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas é uma iniciativa da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) e decorre em estreita colaboração com as Comunidades Intermunicipais (CIM) da Região Centro. Visa a divulgação, estímulo e implementação da cultura empreendedora na Região Centro, junto da comunidade escolar.

Este ano, a final regional, que pretende ser um momento marcante, com a atribuição do título “Aluno Empreendedor da Região Centro 2018”, decorrerá no território da CIMBSE, realizando-se no dia 7 de junho, na Universidade da Beira Interior.

O objetivo do concurso é sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades em que se inserem.

A concurso, podem ser apresentadas ideias de negócio de qualquer área de atividade, devendo obedecer às seguintes características: úteis e exequíveis; inovadoras, podendo dar origem ao aparecimento de um novo produto ou serviço; consolidadas; originais (concebidas pelos candidatos) e economicamente vantajosas, apresentando potencial competitivo.

Cada uma das oito comunidades intermunicipais, da Região Centro, poderá apresentar a concurso uma ideia de negócio, por si selecionada, concebida e apresentada pelos próprios alunos.

Podem ser oponentes ao concurso os alunos do Ensino Básico, Secundário e Profissional, dos 100 municípios da Região Centro, que deverão desenvolver e apresentar ideias de negócio por si inteiramente concebidas ou com o apoio dos respetivos professores.

Por:CIMBSE

 

Jovens celoricenses vão prestar provas ao SL.Benfica

Cada vez são mais os jovens desta região centro que vão sendo chamados, pelos clubes da Liga Principal, para prestar provas.

Desta forma, três atletas do SC Celoricense foram chamados pelo SL Benfica para treinos de observação, na Póvoa de Varzim, no próximo domingo.

Assim , Eric, Salvador e Alexandre são os escolhidos, todos ainda a militar no escalão de traquinas.

Uma noticia que deixou os celoricenses orgulhosos por este feito.

Por:António Pacheco

 

GNR Guarda- Operação Moto até 22 de abril

A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica a partir desta quarta-feira, dia 18 até domingo, dia 22 de abril, na sua área de responsabilidade, ações de fiscalização rodoviária no sentido de prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores nas vias com maior intensidade de tráfego, com o objetivo de inverter a tendência de aumento da sinistralidade.

Em 2017 a GNR registou 77 303 acidentes de viação, de onde resultaram 433 vítimas mortais e 1646 feridos graves, salientando que 5815 acidentes envolveram veículos motorizados de duas rodas, tendo resultado104 vítimas mortais (mais 35 que em 2016) e 431 feridos graves (mais 100 que em 2016), com principalmente incidências aos sábados e domingos.

Durante a operação serão empenhados militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estarão especialmente atentos às seguintes infrações:

  • Excesso de velocidade;
  • Não utilização de equipamentos de proteção;
  • Manobras perigosas;
  • Estado dos pneumáticos, sistemas de iluminação e matrícula;
  • Condução sem habilitação legal;
  • Condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

Os militares irão ainda efetuar ações de sensibilização dirigidos aos condutores de motociclos e ciclomotores, aconselhando o seguinte:

  • Uso do capacete, vestuário de proteção resistente e material retrorrefletor;
  • A obrigação de circular sempre com os médios acesos, para ser visto;
  • Não circular entre filas de veículos;
  • Adequar a velocidade ao estado do piso e garantir as distâncias de segurança.

Por:GNR Guarda

Conversa com Alexandre Constantino, Pres. União Freguesia de Tavares

Após o belo certame da Feira de Março fomos conversar com , Alexandre Constantino, Pres. UF Tavares que nos fez um balanço do Certame e ainda no futuro das localidades.

A qualidade da Feira de Março aumenta a olhos vistos

Depois do grande sucesso que foi a quinta edição da Feira, conversamos com Alexandre Constantino, presidente da União de Freguesias de Tavares, que nos falou do certame e dos novos projetos para o futuro.

 Que balanço se pode fazer deste certame?

Nós fazemos tudo o que está ao nosso alcance para que as pessoas que nos visitam tenham as melhores condições e que corra pelo melhor. Tivemos alguns contratempos na semana anterior à feira, com a chuva tivemos muito trabalho, ao termos de refazer certas coisas duas e três vezes.

Aliás no sábado até neve tivemos, mas felizmente correu bem, tivemos muitos visitantes e penso que as pessoas foram contentes, o que significa que voltarão no próximo ano.

Esta foi a quinta edição, as primeiras foram mais difíceis, mais trabalho?

Cada uma delas tem uma história diferente, agora o nosso objetivo é crescer, ter mais condições, e dar melhor conforto a quem nos visita, se não vejamos, na 1ªedição não tínhamos equipamento nem dinheiro e fizemos umas barraquinhas com uns paus de mimosa, agora foi o ano que tivemos mais tasquinhas, mais quiosques e não desistimos, aliás o grupo que estava para domingo não atuou devida à chuva e depois atuou mais à frente…….

Para ler a entrevista completa, adquira a nossa edição em papel de 31 de março, disponível nas bancas.

Reportagem:António Pacheco

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar