Templates by BIGtheme NET
Home » Imagens (page 119)

Imagens

Plano de Redução Energética em Mangualde

pre    Na passada sexta-feira,o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, assinou, na passada sexta-feira,13, com o Governo, um Plano de Redução Energética no Município que vai permitir uma poupança na ordem dos 25 mil euros/anuais, nos edifícios municipais. O secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, esteve no concelho para assinar este contrato de financiamento que permitirá uma reformulação das instalações elétricas de cinco pontos de consumo (Estação de Tratamento de Água de Canedo do Chão, Estação de Tratamento de Água de Fagilde, Piscinas Municipais, Estação de Tratamento de Água de Mangualde e Paços do Concelho), reduzindo assim a energia reativa nestes edifícios do município. A cerimónia realizou-se no Salão Nobre da Autarquia e contou com a presença de ilustres mangualdenses e empresários da região.

João Azevedo vê este ‘Plano de Redução Energética no município de forma séria e justa para o concelho’, acrescentado que ‘Mangualde é um território importante no desenvolvimento de novos projetos na área do carro elétrico, nomeadamente com o investimento da PSA para um novo modelo que vai começar a ser preparado no início de 2018’. O edil mangualdense reforçou ainda que ‘gostava muito que Mangualde se continuasse a afirmar como cluster automóvel’ e que ‘desse este salto qualitativo – ambiental e de qualidade de vida’. Na sessão, o secretário de Estado da Energia aproveitou a oportunidade para ‘felicitar o Presidente da Câmara pela adesão ao Plano Nacional de Eficiência Energética e pela candidpre1atura que apresentou, dizendo-lhe que este é, no setor da energia, o grande desígnio nacional’. Salientou ainda que o objetivo é ‘termos consumos muito mais eficientes, quer ao nível do consumo elétrico quer ao nível dos transportes’.

Jorge Seguro Sanches anunciou, em primeira mão, que Portugal terá, até ao final da legislatura, uma carta que identificará os recursos geológicos, com vista à sua exploração: ‘Dei ontem (quinta-feira) orientações ao LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil) no sentido da aceleração de um programa nacional dos recursos geológicos’. Acrescentando, ‘é inaceitável que um país como o nosso, que tem recursos geológicos muito importantes, não os conheça’. João Azevedo congratulou-se com a novidade por, a curto/médio prazo, ser feito ‘um mapeamento na área da indústria do minério de forma a arranjar alternativas em vários setores da indústria, nomeadamente no setor automóvel’, que é muito importante no concelho.

A visita do Secretário de Estado inclui ainda uma passagem pela Felmica, uma empresa sénior na extração e transformação de matérias-primas para a indústria cerâmica. Sedeada em Mangualde, é uma empresa fortemente vocacionada pre2para a atividade extrativa, detendo atualmente direitos de exploração sobre mais de 25 concessões mineiras de quartzo e feldspato. A comitiva visitou ainda as antigas minas da Cunha Baixa e Espinho.

Por:Mun.Mangualde

 

Estrada Municipal 502 vai ser remodelada no concelho de Gouveia

13256128_989666537790757_8346433226577944669_n As obras de beneficiação na Estrada Municipal 502 que liga Moimenta da Serra à Estrada Nacional 17, é uma das obras que o Município de Gouveia vai a executar.

A obra consiste na construção de uma faixa de rodagem com 3,200 Km e 7,20m de largura, valetas em terra compactada, valetas revestidas onde se justifiquem, substituição ou construção de passagens hidráulicas e correção de curvas.

Nos últimos anos o Município de Gouveia tem vindo a implementar uma política de renovação e beneficiação da rede viária Municipal, com o principal objetivo de proporcionar mais segurança e fluidez no trânsito. Neste sentido, devido ao elevado estado de degradação em que a via se encontra devido ao crescente trânsito torna-se necessária uma rápida intervenção.

A urgência desta intervenção deve-se também ao facto de ser uma via de grande importância por garantir a acessibilidade às povoações de Moimenta13266012_989665844457493_2831584196142297401_n da Serra, Vinhó e Paços da Serra para além de se assumir como um eixo secundário de entrada no Concelho de Gouveia e fazer ligação à Estrada Nacional 17.

A obra em causa, está em concurso público para execução de empreitada na Plataforma Electrónica da Vortal com preço base de 264.100,00€ (duzentos e sessenta e quatro mil e cem euros), acrescido de IVA.

Por:Mun.Gouveia

APSCDFA presente na 1ªMostra social de Mangualde

13227016_1264732100221543_3612015634576423533_n  No passado fim de semana em Mangualde, como já tinhamos referenciado, decorreu a 1ªMostra social que foi um sucesso.

Desta forma, esteve presente também a Associação Promoção Social, Desportiva e Cultural de Fornos de Algodres, a mostrar o seus serviços e diversas respostas sociais, dado que, esta é uma instituição que ao longo dos seus 25 anos de vida tem sido uma aposta ganha na parte social nesta região.

No sentido de angariar alguns 13267784_1264732083554878_2632854895819353637_nfundos, comercializaram alguns produtos regionais produzidos pelos clientes deste IPSS.

Um fim de semana que foi uma mais valia para divulgar a instituição fora de portas mais uma vez.

Por:António 13239002_1264732126888207_6600714391658045734_nPacheco

Fornos de Algodres acolheu um fim de semana urticante

confrariaDecorreu em Fornos de Algodres, décima primeira edição das Jornadas de Etnobotânica, que no sábado, como habitualmente acontece pela manhã todos foram para a natureza colher algumas espécies plantas, mas nada melhor que uma boa preleção do Prof. José Ribeiro sobre os prós e contras destas plantas.

Depois de um almoço na natureza, isto é um piquenique que teve lugar na zona da Matança, era hora de regressar ao Centro Cultural Dr. António Menano, para assistir a painéis interessantes sobre as plantas, o tema destas jornadas.

DSC00032  O primeiro tema foram as Plantas bíblicas pelo Prof.Dr.Luis Carvalho, que trouxe e mostrou algumas espécies interessante e debruçou-se sobre as plantas descritas nas Sagradas Escrituras.

Seguiu-se a Dra. Susete Rodrigues, falou sobre a Talha dourada, da Natureza ao simbolismo, trouxe dados concretos da região de Tondela.

Para finalizar o painel, a Dra. Cármen Jimenez debruçou-se sobre o estudo do Barroco por terras da Galiza, com enfoque no simbolismo vegetal.

Um painel muito rico em que decerto, todos levaram mais informação de qualidade.

A finalizar o dia ainda a prova de infusão urticante.

O dia da Urtiga

Para domingo, a Urtiga foi o ex. librisDSC00037 e deste modo, no jardim municipal, teve lugar a sessão de boas vindas a todos confrades oriundos de muitas localidades deste nosso Portugal.

No salão nobre da Camara Municipal, teve lugar a oitava entronização da Confraria da Urtiga, com a os Presidentes da Confraria, Dr. Manuel Paraíso e do Município de Fornos, Dr. Manuel Fonseca, a darem as boas vindas a todos.

António Santos este ano foi o confrade entronizado, depois da cerimónia era a hora de desfilar até ao centro cultural e visitar a exposição das Plantas Santas.

Ainda a visualização do filme, A cor da Fé, e a benção de estandartes, seguiu-se o almoço no Palace hotel &Spa Terras de S.Miguel, com uma ementa urticante e pelo meio o grupo de cantares a entoar o Hino da Urtiga.

Durante estas jornadas houve sempre um posto de vendas de produtos urticantes ao que os confrades e participantes aderiram favoravelmente.

Em suma, a Urtiga vai sendDSC00044o uma planta que se adiciona facilmente a qualquer produto.

Por:António Pacheco

fotos :AM e C.U.

 

Conferência e Exposição sobre Ceuta animou a noite

A Câmara Municipal de 00181mangMangualde levou a cabo uma Conferência e Exposição sobre Ceuta . O auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves encheu-se na passada sexta-feira, dia 13 de maio, para ouvir a Conferência “Luzes e sombras na operação militar da tomada de Ceuta, em 1415” de João Gouveia Monteiro. O momento, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, teve ainda a participação dos alunos do “+ Música” do Agrupamento de Escolas, orientados pelo Prof. Admar Ferreira, na abertura e encerramento da sessão.

No mesmo dia arrancaram ainda as exposições “Miniaturas de máquina de guerra, artilharia e barcos” de José Barros e “Peitorais, capacetes, armaduras e espadas de guerra” de Joaquim Tavares. Ambas estarão patentes ao público até dia 20 de maio.

 A organização esteve a cargo da Câmara Municipal de Mangualde e do Agrupamento de Escolas de Mangualde, através do Professor João Carlos Alves. Contou ainda com o apoio da Livraria Adrião na mostra de livros para venda.

“LUZES E SOMBRAS NA OPERAÇÃO MILITAR DA TOMADA DE CEUTA, EM 1415” (POR JOÃO GOUVEIA MONTEIRO):

A conquista portuguesa de Ceuta, em 21 de agosto de 1415, foi uma das operações mais surpreendentes e mais apaixonantes de toda a história medieval portuguesa. Trata-se da campanha mais longamente preparada, mais exigente em termos humanos, financeiros e logísticos e mais participada de todas quantas Portugal empreendeu entre os meados do século XII e os inícios do século XV. Além disso, temos a sorte de dispor de um relato detalhadíssimo da campanha, obra do cronista e guarda-mor dos arquivos da Torre do Tombo, Gomes Eanes de Zurara, nos 105 capítulos da sua “Crónica da Tomada de Ceuta”. Apesar de tudo isto, e do evidente sucesso militar da expedição, subsistem ainda muitas dúvidas acerca desta campanha, que de há décadas vêm alimentando um debate historiográfico bastante interessante: quais foram realmente as motivações da expedição? Qual o seu impacto no quadro político nacional e ibérico? Que crédito podemos atribuir à narrativa de Zurara? Até que ponto uma operação tão cuidadosamente planeada correu, no dia D, tal como o rei desejara? Por que razão é que a praça muçulmana resistiu tão debilmente, e em que medida é que isso reflete o declínio da dinastia berbere dos Merínidas em Marrocos? Que balanço final devemos fazer da conquista da primeira praça norte-africana portuguesa: valeu a pena? Que sacrifícios e que meios humanos, financeiros e, de novo, logísticos foi preciso reunir a partir de 1415 para conservar o enclave de Ceuta até 1458 (data da 2.ª conquista africana portuguesa)? Que significado e impacto teve o 21 de agosto de 1415 para o futuro da história de Portugal no mundo? Finalmente: que articulações e analogias podemos fazer entre Aljubarrota-1385 e Ceuta-1415?

Por:Mun.Mangualde

Feira do livro em Pinhel abriu para nova edição

18 pinhelA Inauguração da 14ª Feira do Livro de Pinhel, teve nesta terça-feira à noite, prolonga-se até dia 22 de maio (domingo) no Jardim 5 de outubro, junto ao Cineteatro de São Luís. A animação é variada e constante, todos os que visitarem não vão dar o tempo por mal empregue.

São desta forma alguns dias bastante movimentados, com a apresentação de livros, horas do conto e muitas atividades para a pequenada, mais à noite a música vai embelezando esta feira.

Por.António Pacheco

Música, dança e poesia na noite “sexta da lua”

0018 mangNoites de sexta- feira animadas em Mangualde

No próximo dia 27 de maio, às 21h30, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe mais uma edição ‘Sextas da Lua’. Música, dança e poesia vão coabitar tornando a noite única e deslumbrante. O espetáculo contará com a participação do grupo Galo Cant’às Duas, da Escola Pé de Dança e de Nelson Veiga. A entrada é livre.

Galo Cant’às Duas é um novo projeto do Hugo Cardoso e Gonçalo Alegre. A banda inspira-se em ritmos variados, loops e batidas sincronizadas. A experiência tocada ao vivo cria uma “viagem espacial”, acompanhada pelo carisma caraterístico do projeto e a prática sonora que deixa presença na mente dos seus ouvintes. Esta versatilidade permite que Galo Cant’às Duas explore diversos campos musicais, abrangendo assim a satisfação de públicos distintos.

A Pé de Dança, sediada em Braga, iniciou a sua atividade em 1997, estando a lecionar as modalidades de danças de salão e de danças latinas em diversas localidades, contando com um corpo de 48 monitores que todos os dias levam a imagem desta instituição a várias regiões do país. Além das atividades pedagógicas, esta escola destaca-se pela promoção constante da dinâmica e convívio social.

Por:Mun.Mangualde

 

 

 

Primeira largada de parasitoides no Concelho de Trancoso

0.18 tranco Realizou-se esta quarta-feira,18 de maio, a primeira largada de parasitoides para combater a vespa das galhas do castanheiro no Concelho de Trancoso.
A iniciativa contou com a presença do Presidente do Município Prof. Amilcar Salvador e do Vereador Humberto Almeida.
Esta ação decorreu, no Parque Municipal de Trancoso e irá acontecer em mais dezasseis localidades do Concelho tendo por objetivo mostrar os danos provocados por esta praga, demonstrar a técnica de largada dos parasitoides e fazer uma análi
018trancosose do processo, com representantes do Município de Trancoso, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro e da RefCast – Associação Portuguesa da Castanha.

Por;Mun.Trancoso

Jogos tradicionais em Figueiró da Granja

jtraFigueiró da Granja vai este domingo, viver uma tarde diferente, isto é, mais animada, uma vez que a Associação Recreativa e Cultural desta localidade, vai levar a efeito a realização de jogos tradicionais.

Deste modo, por volta das 15horas, inicia-se o Torneio de Sueca onde todos podem colocar na mesa todos os seus dotes de jogar bem este desporto.

Para os que queiram mais aventura, às 16 horas tem lugar um Peddy Paper, em que para além de ficar a conhecer os pontos mais importantes da localidade, o exercício físico é promovido de igual modo, nestas duas provas vai haver prémios para os vencedores.

Pelo meio vai haver outros jogos como a malha, pião entre outros para todos os gostos.

Uma tarde diferente de domingo e decerto mais divertida.

Por: Sofia Pacheco


Prevfire vence Concurso de Ideias de negócios em Aguiar da Beira

IMG_2685A noite de sexta-feira, 13 foi de lançar novas ideias de negócio em Aguiar da Beira, inserido na iniciativa Escolas Empreendedoras da CIM Viseu Dão-Lafões, o centro cultural desta localidade foi palco da fase municipal do concurso de Ideias da CIM Viseu Dão-Lafões.

Deste modo, esta iniciativa tem como empreendedores os alunos do ensino secundário, assim foram apresentados seis projetos, “PrevFire” , “Off-Fire” , “BioFood” , “Rain verse”, “Eco Bage” e “AutoMinipharm”, onde foi notório o grande empenho dos alunos do Agrupamento de Escolas Padre José Augusto da Fonseca.

Esta foi a quinta edição deste concurso em terras de Cabicanca, onde a Vice – Presidente do Município , Dra. Rita Mendes, salientou que os alunos são desafiados à criatividade, todos são projetos muito interessantes , onde todos se empenharam bastante, sendo o vencedor o representante do Município dia 25 de maio na grande final em Viseu.

Por sua vez a Dra. Sandra Correia, do Agrupamento de Escolas local referiu que na realização deste concurso, foi muito importante o trabalho dos professores a ajudar os alunos, todos os seis projetos são muito bons, mas só um pode representar a Escola e o Município na grande final.

A terminar as preleções, Dr. Nuno , por parte da CIM Viseu Dão/Lafões, referiu que é um projeto com tradição em todos 14 municípios, 130 ideias de negócio disputam este concurso.

Tem havido sempre novidades, o ano passado foi o Gaspar  no 1ºciclo, também está a ser criado um clube de empreendedorismo  em todas as escolas.

Salientou ainda que três das ideias no últimos anos já ganharam em Lisboa e duas financiadas pelo Sharktank.

IMG_2607Das seis ideias da noite, a primeira a apresentar-se foi a ”Off Fire” que consistia criar uma mangueira com nomex para que não ardesse em incêndios florestais, deste modo arrecadou o terceiro lugar.

De seguida, foi apresentada a ideia “Rain Verse”, consistia num guarda –chuva diferente , acessível e com um depósito interior.

Chegou o “Eco Bage”, nada mais que um saco de papel reciclado, para todo o tipo de produtos endógenos.

PrevFire é um projeto que consiste numa câmara inserida num poste que dará logo sinal às autoridades e bombeiros no sentido de detetar um incêndio.

Este foi o grande projeto vencedor deste concurso.

O  AutoMinipharm, consiste numa máquina de medicamentos de usos regulares, mas também a doação de medicação para  centros dia, lares e entre outros.

Por fim a Biofood, que tem como pano de fundo, a produção biológica de alimentos, num projeto de fazer cestas ou cabazes.

Assim sendo fim o concurso, foi então distribuído o prémio de participação, o vencedor foi PrevFire, ficando no segundo posto, “Biofood” e no derradeiro lugar ficou “Off fire”.

Desta forma, o 25 de maio vai ser muito interessante, em Viseu achar um vencedor.

 

Por: António Pacheco

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar