Templates by BIGtheme NET
Home » Região

Região

Tufão Team arrecada imensos prémios na Gala

Vila Nova de Gaia é um município que aposta no desporto e nos atletas e foi o município escolhido para coroar os campeões nacionais de trial 4×4 2018. No auditório do Parque Biológico a tarde foi de festa com a merecida homenagem a pilotos, navegadores e equipas que através do seu empenho e dedicação contribuíram para o engrandecimento do Campeonato de Portugal de trial 4×4 e da própria modalidade.

No que aos prémios diz respeito, na classe Promoção a Tufão Team leva o prémio de melhor equipa, Rodrigo Sousa o melhor navegador e André Henriques, além de melhor piloto, recebe também o prémio prestígio pela sua postura exemplar e pela maneira como eleva a competição.

Na categoria Extreme o pleno para a NordHigiene Team com Vítor Rodrigues e António Calçada a receberem o prémio de melhor navegador e melhor piloto, respetivamente. A equipa brigantina é assim bicampeã em Extreme depois de um ano muito duro de competição com vários problemas mecânicos a colocarem em causa a revalidação do título.

Na classe Proto a Oficina Bacelo também venceu tudo o que havia para vencer. Melhor equipa, melhor piloto e melhor navegador. Aliás, a equipa esteve na luta pelo título em termos absolutos até à última prova.

Depois de 6 provas Cláudio Ferreira venceu o prémio de melhor piloto e João Lucas conquistou o prémio de melhor navegador da classe Super Proto. Mas o jovem de Torres Vedras leva também para casa o troféu Nuno Graça, um reconhecimento aos navegadores. De resto, a Auto Higino ganhou tudo o que havia para ganhar, sagrando-se bicampeã da classe Super Proto, mas mais importante que isso foi o tão desejado título em termos absolutos. Cláudio Ferreira e João lucas são os novos campeões absolutos de trial 4×4!

Durante a cerimónia foi ainda distinguida com o Prémio fair Play, por votação das equipas presentes na cerimónia, a equipa Exigente TT, enquanto o piloto Flávio Gomes (TáBô Pacar Team) foi agraciado com o prémio carreira e o piloto Miguel Marques (MM6018/Americana Papelaria) com o prémio dedicação.  Uma tarde muito especial que encerra o primeiro ano sob a tutela da FPAK – Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting –  um ano de profissionalização do trial 4×4. Prova disso mesmo foram as presenças de Ni Amorim, presidente da FPAK e do Professor Dr. Carlos Paula Cardoso, presidente da Confederação do Desporto de Portugal.

A Direção do Campeonato começou já a trabalhar a nova época e há muitas novidades para revelar quer a nível de regulamentos quer de calendário. A competição será oficialmente apresentada ao público durante o mês de janeiro.

Campanha Quartel Eletrão está de volta

Está a iniciar a 4ª edição do Quartel Electrão, que tem como embaixador o apresentador Pedro Fernandes. A iniciativa desafia as comunidades a entregar todo o tipo de equipamentos elétricos, pilhas e lâmpadas usadas, nas Corporações de Bombeiros Voluntários aderentes, para que estas acumulem a maior quantidade e recebam prémios, numa iniciativa da Amb3E.

Esta campanha prolonga-se ate 30 de abril, aqui ficam os prémios a receber:

Aos Quartéis vencedores, o Electrão vai entregar os seguintes prémios:

1º prémio absoluto
Ambulância de Transporte de Doentes

2º prémio absoluto
2.500 € em equipamento

1º prémio Pilhas
2.500 € em equipamento

1º prémio Lâmpadas
2.500 € em equipamento

Prémios per capita
8 cartões pré-pagos de combustível

 

AF Viseu Divisão Honra- resultados da 12ªjornada

 

Vale de Açores- ACDR Lamelas- 1-2

Sc Lamego- Moimenta da Beira- 1-1

Nespereira FC- Silgueiros- 0-2

Carregal do Sal- Canas Senhorim- 3-1

Castro Daire- Mortágua- 1-1

Sampedrense- Paivense-1-1

Gd Resende- Tarouquense- 3-0

Ferreira de Aves- Sátão- 1-0

AF Guarda- Resultados da ronda 10 -1ªdivisão

Jogou-se mais uma ronda do distrital maior da AF Guarda, com a turma do Ginásio Figueirense a manter a liderança ao vencer em Fornos a turma local por duas bolas a uma.

Vilar Formoso- AD São Romão-0-1

Os Vilanovenses- SC Celoricense-1-3

Manteigas- Aguiar da Beira 1-0

Fornos de Algodres- Ginásio Figueirense 1-2

SC Sabugal- Cd Gouveia-0-2

Trancoso- Estrela Almeida 3-0

Vila Cortez- Desportiva do Soito 4-1

Resultados do Campeonato de Portugal -Série B 14ª jornada

 

Paredes- Amarante FC- 0-1

Penalva Castelo- Cinfães- 1-2

Gafanha- Gondomar- 0-2

Cesarense- Marítimo B 2-2

SC Coimbrões- Lusitano FCV 0-0

FC Pedras Rubras- Águeda 0-3

Lusitânia Lourosa- Sp.Mêda 5-1

Leça- Sp.Espinho 0-1

U.Madeira- AD Sanjoanense 0-0

 

Por:Zerozero

 

CDS/PP lançou comunicado sobre despedimentos na Dura Automotive

Em comunicado à nossa redação, o CDS/PP questiona o Governo.

CDS questiona Governo sobre despedimentos na Dura Automotive

Os deputados do CDS-PP João Rebelo e Hélder Amaral questionaram hoje o Ministro Adjunto e da Economia sobre o despedimento de 40 trabalhadores da Dura Automotive e a alegada deslocalização da empresa.

João Rebelo e Hélder Amaral querem saber se o ministro tem conhecimento da situação e se confirma o despedimento de 40 trabalhadores e o início de uma segunda fase de despedimento coletivo na empresa.

Depois questionam a tutela sobre se há alguma possibilidade de recuperação da empresa de modo a garantir a manutenção dos postos de trabalho, fundamentais para a região, e se o Governo já tomou, ou vai tomar, alguma medida nesse sentido.

A extinção de uma das linhas de produção da Dura Automotive – Indústria de componentes para automóveis, Lda., multinacional instalada em Vila Cortes do Mondego, no concelho da Guarda, levou recentemente ao despedimento de 40 trabalhadores, dos quais 20 pertenciam ao quadro permanente.

A Dura Automotive é uma empresa de fabrico de acessórios e outros componentes para automóveis que, de acordo com informações chegadas ao Grupo Parlamentar do CDS-PP, estará alegadamente em vias de deslocalizar a sua produção para outras unidades do grupo fora de Portugal.

Após o despedimento dos 40 trabalhadores, a empresa terá alegadamente iniciado uma segunda fase do processo de despedimento coletivo.

De grande importância no distrito da Guarda, a Dura Automotive foi fundada em 1994 e chegou a empregar entre 200 a 300 trabalhadores, impulsionando muito o emprego na região.

A deslocalização da produção para fora do país e o consequente despedimento coletivo seria uma enorme machadada na economia da região e das famílias envolvidas, tanto mais que se trata de uma zona do interior.

No recentemente aprovado Programa de Valorização do Interior, o Governo afirma pretender assegurar que os esforços externos de atração de investimento para Portugal possam também ter uma visibilidade maior relativamente aos territórios do interior.

Assim, o CDS-PP entende ser pertinente obter esclarecimentos do Governo relativamente à situação da Dura Automotive.

 

PSD/Mangualde lançou comunicado

Assim deixamos um comunicado que nos chegou á redação por parte do PSD de Mangualde:

Câmara de Mangualde deixa prescrever quase 90 mil euros em dívidas de água!
Depois do caos provocado pelo início do ano letivo e pelas obras de requalificação do Pavilhão Municipal, que demonstrou a falta de empenho do executivo camarário em resolver problemas prementes no concelho, é com desagrado que os mangualdenses têm conhecimento que em Mangualde, na hora de cobrar dívidas de água, o município cobra apenas a alguns.
Na verdade, desde 2012 que estas benesses se iniciaram. O critério para a escolha de quem paga e quem não paga ninguém sabe, nem têm como saber uma vez que tal critério não pode existir. A consequência desta forma de gerir o dinheiro dos mangualdenses traduz-se, até à data, num prejuízo para a Câmara de cerca de NOVENTA MIL EUROS. Valor que neste momento é incobrável porque o prazo para se exigir o pagamento já passou, ou seja, as dívidas prescreveram. E continuam a prescrever, pois a situação mantém-se sem que nada seja feito. Já por diversas vezes o PSD interpelou o executivo camarário por forma a ser corrigida esta situação, mas nada foi feito. O descaso a que se assiste por parte da câmara para com esta questão traduz-se numa injustiça social para com muitos mangualdenses. Nomeadamente para com aqueles que deixam quase a totalidade do que recebem na farmácia mas que, ainda assim, pagam mensalmente a factura da água que a câmara lhes envia. Pagam sem que esperem que os responsáveis pela governação de Mangualde lhes venham dizer que este mês foi decidido por uma entidade (que ninguém conhece) que as dívidas da água não seriam cobradas nos próximos seis meses, logo não têm que se preocupar com mais esta conta. E não só não são cobradas as dívidas como o fornecimento de água não é cortado.
Noventa mil euros que poderiam ter servido para ajudar pessoas que comprovadamente têm dificuldades económicas, mas que foram jogados pela janela por “distração” do executivo camarário.
O PSD não pode compactuar com esta discriminação para com o povo de Mangualde, principalmente para com aqueles que verdadeiramente necessitam da ajuda da Câmara e, por tal, tudo fará para ver corrigida esta injustiça.
Por:PSD/Mangualde

Workshop de cozinha na Muxagata

Teve lugar um  workshop de cozinha na Muxagata, com os participantes a ter a oportunidade de confecionaram Brochetas com Queijo de Serra da Estrela e Creme burlê com polpa de Maracuja.

Esta iniciativa resultou de uma parceria entre a Freguesia de Muxagata e a Universidade Sénior de Fornos de Algodres.

foto:FM

 

Feira Anual de Santa Luzia em Trancoso

 

A Feira Anual de Santa Luzia é em Trancoso um certame marcante, de origens recuadas no tempo, mas que antevê um inverno rigoroso onde as gentes procuram o necessário agasalho face ao frio intenso que se avizinha.

Trata-se também de um evento de grande relevo para o Município de Trancoso, visto assumir um papel de grande importância para os produtores de pequenos ruminantes, uma vez que para além da já tradicional mostra de gado dos produtores do concelho de Trancoso, será também possível proceder à comercialização de ovinos e caprinos (com especial destaque para o borrego), estando prevista a participação de vários negociantes de gado que atuam na zona centro.

Acontece  a 13 de dezembro, esta feira, na cidade de bandarra.

Cunha Baixa, Mangualde recebe o espetáculo “20 Dizer que estou Contigo”

A Trigo Limpo Teatro ACERT (Associação Cultural e Recreativa de Tondela), traz a Cunha Baixa, Mangualde, o espetáculo “20 Dizer que estou Contigo”. No dia 6 de dezembro, pelas 21h00, no Centro Social União e Progresso da Cunha Baixa. Um espetáculo de música, poesia teatralizada e textos de alunos que foram desafiados a escrever sobre a esperança e a angústia.

«O humor, a poesia e o sonho, parecendo elementos dispensáveis à vida humana, pela ausência de valor material, têm virtudes que os tornam indispensáveis ao viver em sociedade e, como tal, imprescindíveis no comportamento e nas relações de partilha e de solidariedade entre os povos.», considera a Trigo Limpo Teatro ACERT. “20 Dizer que Estou Contigo” irá valorizar a «Palavra dita e musicada», enquanto elemento de reinserção social que amplia horizontes humanos dos cidadãos em torno de causas coletivas.

O espetáculo, de José Rui Martins e Luísa Vieira, baseia-se na convicção de que a solidariedade não se deve limitar à ajuda financeira. A ACERT, no período que se seguiu aos incêndios avassaladores do ano passado, decidiu dar o seu apoio às iniciativas da sociedade civil que ocorreram. Sabendo que a ação solidária não se deveria confinar ao período imediato, preparou espetáculos que, ao longo do ano, acontecessem junto das populações afetadas pela calamidade. Foi assim que surgiram as duas produções teatrais “Fogo” e “Água”, percorrendo várias localidades do Concelho de Tondela. “20 Dizer que estou Contigo” é um espetáculo especialmente concebido para o efeito.

«Cientes de que a solidariedade não se confina há sempre necessária e urgente ajuda financeira, pretende-se com este programa artístico-cultural demonstrar a importância de vivenciar, com proximidade afetuosa, com os habitantes de freguesias que sofreram os horrores dos incêndios. Os espetáculos integrarão textos e poemas de alunos que desafiámos a escreveram para o efeito. Serão momentos de partilha para amenizar desgostos. Incentivos de esperança e determinação pelos desafios de ânimo que importa erguer coletivamente.», garante a Trigo Limpo Teatro ACERT.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar