Templates by BIGtheme NET
Home » Região

Região

AFG- Juvenis- Trancoso-Gouveia-1-2

Triunfo ao cair do pano

Uma manhã cheia de sol com o Estádio Dr.Fernando Lopes, na cidade de Bandarra, a receber o encontro entre Trancoso e Gouveia a contar  para a ronda 16 do distrital de juvenis, onde o triunfo recaiu para os gouveenses, ao cair do pano.

Podemos dizer q foi sempre bem disputado, com ambas a s equipas  a procurar explorar o ataque e chegar ao golo desta forma, foi o Gouveia a abrir o ativo.

Entrega e determinação

Os pupilos de Ana Resende reagiram de imediato e a igualdade não tardou e chegava o intervalo, com a igualdade.

Para a segunda parte, as equipas lutaram imenso, procuraram as melhores soluções, algumas oportunidades surgiram de parte a parte , mas num lance duvidoso na área dos locais, Monica Xavier aponta para o castigo máximo e o Gouveia marca e vence a partida, ao cair do pano.

Carnaval em Quintela, um tradição secular

A tradição volta a ser celebrada na freguesia Quintela de Azurara, em Mangualde, volta a fazer jus aos seus costumes de Carnaval com momentos que vão recordar tradições seculares. A fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo, serão os pontos altos das festividades que, ao longo de vários dias, prometem animar as ruas daquela localidade. Os “Casamentos” dos Compadres abrem os festejos, a 20 de fevereiro, mas, até 5 de março, são muitas as propostas.

 Apesar do passar dos tempos e das alterações inerentes à evolução das sociedades, perde-se no tempo, o ano e a forma, como Quintela de Azurara começou a viver a tradição do Carnaval. Uma iniciativa secular, que foi passando de geração em geração, com momentos únicos, como é o caso do jogo a Sacada, onde os rapazes solteiros se mascaram de “velhas” e, transportando sacas de serapilheira, desafiam os homens casados a participar no jogo. Dizem os mais velhos que este será um ritual de purificação da alma e libertação dos maus pensamentos. No dia de Carnaval, 5 de março, pelas 17h00, todos são convidados a conhecer.

 O Entrudo é seguramente a época do ano que mantém o maior número de tradições nesta freguesia. No dia 20 de fevereiro, os casamentos dos compadres e das comadres são anunciados e afixados por dois ou mais mensageiros, posicionados em cada extremo do povo, que têm “liberdade ilimitada” para abusar do maldizer de todos os solteiros e solteiras que habitam na Freguesia.

 Nos domingos magro e gordo, todos são convidados para participarem no jogo da “Panela de Barro” e para entrarem na “Roda do Entrudo”, onde se canta e dança alegremente. Na quarta-feira, dia 27 de fevereiro, uma semana após a maledicência dos compadres, surge a resposta com os casamentos das comadres, que também aproveitam a sua oportunidade para troçar de toda a gente.

 A Fogueira é também um marco histórico do Carnaval de Quintela de Azurara: na noite anterior ao dia de Carnaval (este ano a 4 de março, a partir das 19h00), a população junta-se à volta de uma grande fogueira, cantando e dançando alegremente, retemperando as forças para, pela aurora, e já satisfeitos com as Papas de Milho, irem “Cantar a Madrugada” pelas ruas da aldeia. No dia seguinte, dia de Carnaval, a folia continua! Pela manhã, quem conseguiu dormir toma conta da fogueira, para esta não se apagar, e quem passou a noite acordado vai descansar breves momentos! Vários grupos musicais vão animar a aldeia de 3 a 5 de março até ao Enterro do Entrudo, que acontece pelas 00h00 de quarta-feira. Terminam assim as festas e entra-se no período da Quaresma.

 Durante estes dias, Quintela de Azurara oferece ainda um vasto programa lúdico, para a população e visitantes:  a caminhada pelos “Trilhos de Ludares”, o Passeio Noturno de BTT e o Free Trail. E ainda degustação e venda dos produtos da região em destaque na Feirinha de Entrudo, onde também estará patente o artesanato.

AF Guarda- AD Fornos de Algodres – Vilar Formoso-2-1

Um jogo bem disputado por ambas equipas, mas sempre com sinal mais por parte do Fornos de Algodres, assim o resultado final ajusta-se, dado que a equipa local foi a que mais procurou o triunfo.

Por sua vez ao intervalo, a igualdade a uma bola premiava o esforço de ambas equipas, mas depois para a segunda parte, o Fornos de Algodres entrou mais forte e Marcelo, remata forte e coloca a sua equipa a vencer, após um grande golo.

Na reta final , os locais jogaram com 10 unidades por expulsão de Edmar, obrigando o recuou das linhas, permitindo alguma subida de produção dos homens da fronteira.

Mas o resultado estava feito e o Fornos de Algodres venceu e arrecadou três pontos.

Arbitragem com alguns erros.

Por:AM

 

AF Viseu – Resultados da Divisão Honra- ronda 19

Castro Daire derrotado

Uma ronda com o Carregal do Sal a vencer o líder Castro Daire, por três boas a duas, após tiver estado em desvantagem por dois golos.

JORNADA 19

SC Lamego- Sampedrense- 1-0

Vale de Açores- GD Resende- 1-1

Carregal do Sal- Castro Daire- 3-2

Nespereira FC- Ferreira de Aves- 1-2

Silgueiros- Paivense-0-0

ACDR Lamelas- Mortágua- 0-2

Moimenta da Beira- Tarouquense- 0-1

Sátão- Canas Senhorim- 4-1

Lidera o Castro Daire com 44 pts

AF Guarda -Resultados da 1ªdivisão-Ronda 18

Muitos golos!!

Tarde de sol com uma jornada produtiva, o Fornos de Algodres a alcançar um triunfo importante diante dos leões da fronteira, por duas bolas a uma.

O líder Ginásio rumou a Almeida e goleou por quatro bolas a zero, já o Manteigas em casa, venceu o Soito por quatro bolas a duas e mantém-se na corrida.

O Aguiar da Beira no Farvão perante o Gouveia, marcou tres golos e não venceu dado que houve muita alternância no placard e face a isso, os locais empataram na reta final e assim os aguiarenses atrasaram-se .

JORNADA 18

Fornos de Algodres- Vilar Formoso-2-1

Manteigas- Desportiva do Soito-4-2

Trancoso- Os Vilanovenses-1-1

SC Sabugal – SC Celoricense-2-2

CD Gouveia- Aguiar da Beira-3-3

Vila Cortez- AD São Romão- 1-2

Estrela Almeida- Ginásio Figueirense-0-4

classificação

1ºG.Figueirense- 49 pts

2º Manteigas – 39pts

 

FPF- Resultados do Campeonato de Portugal- Ronda 22

Ponto precioso do Penalva frente ao líder Gondomar

Jogou-se a ronda 22 do Campeonato de Portugal , com  o líder Gondomar a tropeçar em Penalva do Castelo, ao empatar a uma bola.

Desta forma a luta pela manutenção a ficar sempre em aberto.

Já Mêda a viajar a Amarante e saiu derrotado por duas bolas a zero.

Série B

Leça- Águeda- 1-2

Penalva Castelo- Gondomar-1-1

Paredes- U.Madeira-5-1

Sp.Espinho- FC Pedras Rubras-1-0

Cesarense- Gafanha-0-1

Amarante FC- Sp.Mêda-2-0

Cinfães- AD Sanjoanense 0-3

Lusitânia Lourosa- SC Coimbrões 2-2

Marítimo B-Lusitano FCV

Palestra “ Desertificação do Território- Causas, consequências e soluções ”em Mangualde

Teve lugar uma palestra relacionada com o tema “Desertificação do Território- causas, consequências e soluções”, com iniciativa do Rotary Club de Mangualde, com a oradora  Maria José Roxo (geógrafa, geóloga física, professora…) e uma casa cheia no Auditório da Câmara Municipal.

A mesa era composta pelo Vereador João Lopes,  José Augusto e  Maria José Roxo.

Assim, José Augusto começou por dar as boas- vindas a todos os presentes e a agradecer à Dra. Maria José por ter aceite o convite. Começou por afirmar: Os incêndios de 2017 em Portugal, mataram vidas e devastaram territórios.

Mais ou menos um terço da superfície terrestre corre o risco de desertificação. E a desertificação está presente neste momento no Continente Europeu.

Portugal, Espanha, Itália, França e Grécia em 2005 tinham perdido muitos hectares.

Cinquenta e dois por cento do território português, está em risco de desertificação.Assim a Maria José, vai-nos ajudar a compreender o fenómeno que é a desertificação.

Seguiu então o Vereador João Lopes que frisou: nós optámos por uma vida sedentária e deixamos a vida nómada.

Com a revolução industrial, tivemos a felicidade, de diminuir a morte na natalidade. Com a evolução na medicina.

Houve um aumento demográfico, seguido de estabilização.

Tomas Mouth disse “ Quem trabalha e mata a fome, não come o pão de ninguém, quem come o pão que não ganha, come sempre o pão de alguém.” Tentando ele incutir o controlo da população na escassez de recursos. Há gente a mais no planeta.

Esta vai ser uma palestra interessante, para nos fazer compreender o que é a desertificação, e tentarmos encontrar algumas soluções.

Chegou então o momento da oradora da noite a Dra. Maria José Roxo, que começou por frisar: O fenómeno desertificação é um fenómeno dos mais complexos.

A minha missão hoje aqui, é ajudar -vos a encontrar algumas soluções para esse fenómeno.

A comunicação Social é importante na pesquisa e combate a este fenómeno.

Mais de metade do território português está em risco de desertificação.

A desertificação é algo verdadeiramente definido, algo bastante concreto.

Pode-se dizer que a desertificação, é a degradação do solo, da paisagem, do sistema bio produtivo terrestre, em áreas áridas, semi-áridas e sub-húmidas, resultantes de vários fatores, ainda as variações climáticas e as atividades humanas.

É um fenómeno tremendamente alarmante.O recurso mais ameaçado no planeta é o solo, porque sem solo também não vai existir água.

É um fenómeno complexo, pouco mediático e de difícil perceção.

Cinquenta e dois por cento das terras agrícolas no mundo estão danificados.

Doze milhões de hectares de terra arável e produtiva perdeu-se.

Grande parte da Península Ibérica está afetada com este fenómeno.

Em Portugal, a situação no dia de hoje, é considerada grave.

Não existe desertificação humana nem física, existe despovoamento ou simplesmente desertificação, que é o abandono da terra.

Na desertificação temos os fatores humanos e os fatores naturais.

Quando mexemos numa peça do ecossistema estragamos todo o seu percurso.

Esta degradação no mundo, deve-se á agricultura mal praticada, a industrialização, a sobrepastorícia, a desflorestação, entre outras.

Não há como salvar o planeta, há como salvar o ser humano no planeta.

Nós somos o litoral da Península ibérico, deixemo-nos de falar no litoral ou no interior.

O número de dias de chuva diminuiu, mas a quantidade de chuva aumentou. A precipitação está a aumentar. O grave da situação é que chove menos na Primavera e chove menos no Inverno.

O que mais me preocupa é salvaguardar o património genético.

Os incêndios são catastróficos. Perdemos solo, contamina-se água e perde-se a biodiversidade.

A prática agrícola desajustada é errada.

Algumas soluções são, o uso da água eficientemente, culturas melhor adaptadas, menor utilização de fertilizantes e pesticidas.

Entre 2000 e 2010, trinta e três por cento do solo português encontrava-se já degradado.

Tem de haver biodiversidade no território. Quando está saturado, há que deixar repousar.

A nação que destrói o seu solo destrói-se a ela própria.

A fechar o Presidente do Rotary, José Tomás,agradeceu a Maria José por ter aceite o convite para estar presente nesta palestra, onde explicou a diferença entre desertificação e despovoamento. De nos elucidar sobre as suas causas, suas consequências e também suas soluções.

Diz José Tomás: tememos que este seja um processo irreversível. Porque será catastrófico para todos nós, para os nossos filhos e para os nossos netos.

Que condições de vida vamos deixar às próximas gerações?

Este é sem dúvida um tema que muito nos preocupa.

De seguida, José Tomás deu a vez a assembleia para que tirassem as suas dúvidas com perguntas, que a  Maria José respondeu.

Concurso “Dormir bem, envelhecer melhor”

A Associação Portuguesa do Sono está a promover um concurso de desenho que visa sensibilizar a comunidade escolar nacional para a importância do sono. O objetivo é divulgar que, em qualquer idade, o sono é um dos principais pilares da saúde.

“Dormir bem, envelhecer melhor” é o nome do concurso de desenho organizado pela Associação Portuguesa do Sono, em parceria com o Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC – UC), para celebrar o Dia Mundial do Sono que este ano se assinala a 15 de março. A iniciativa pretende dar a conhecer a crianças e jovens as condições para uma boa higiene do sono e sensibilizar para a sua importância na saúde, mobilizando as escolas e promovendo a sua criatividade nesta temática.

O concurso é destinado a todas as crianças e jovens dos 1.º, 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário que frequentem estabelecimentos de ensino público, particular e cooperativo, em Portugal.

A criação de imagens deverá seguir o mote do lema deste ano – “Dormir bem, envelhecer melhor” -, tendo como referência as informações divulgadas na brochura “Higiene do Sono na Criança e Adolescente“, produzida pela Associação Portuguesa do Sono e Sociedade Portuguesa de Pediatria, disponível aqui.

As inscrições devem ser submetidas até ao dia 1 de março de 2019, através do formulário disponível aqui ou enviadas para comunicacao@apsono.pt com os elementos indicados no regulamento.

Agenda desportiva do ABC de Nelas

Assim aqui deixamos a  para este fim de semana

SÁBADO, 16 FEVEREIRO

FUTSAL INFANTIS
Campeonato Distrital AFV (14ª jornada)
Viseu 2001 – ABC de Nelas
12:00H – Pavilhão Cidade de Viseu

FUTSAL SENIORES
Campeonato Nacional 2ª divisão (17ª jornada)
ABC de Nelas – Boavista FC
16:00H – Pavilhão Municipal de Nelas

FUTSAL INICIADOS
Campeonato Distrital AFV (17ª jornada)
CB Viseu – ABC de Nelas
18:00H – Pavilhão Cidade de Viseu

DOMINGO, 17 FEVEREIRO

FUTSAL BENJAMINS
Campeonato Distrital AFV (11ª jornada)
São João da Pesqueira – ABC de Nelas
10:30H – Pavilhão Municipal de São João da Pesqueira

FUTSAL JUNIORES
Campeonato Distrital AFV (17ª jornada)
FCLMG Futsal Clube Lamego – ABC de Nelas
10:00H – Pavilhão Desportivo Álvaro Magalhães – Lamego

ANDEBOL JUNIORES
Campeonato Nacional 2ª Divisão (17ª jornada)
ABC de Nelas – AD Sanjoanense / Hotéis AS
11:00H – Pavilhão Municipal de Nelas

ANDEBOL MINIS FEMININOS / MISTOS
Campeonato Distrital 2ª Div. (4ª jornada)
ABC de Nelas – Académico Viseu FC / Esc. Azeredo Perdigão
15:00H – Pavilhão Municipal de Nelas

FUTSAL JUVENIS
Campeonato Distrital AFV (17ª jornada)
ABC de Nelas – CB Viseu
17:15H – Pavilhão Municipal de Nelas

 

5.000 árvores autóctones plantadas na área da CIMBSE

Nos  dias 15 e 17 de fevereiro, a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela em parceria com os Municípios do território e o ICNF irá promover a plantação de 5.000 árvores autóctones, uma por cada PADRINHO/MADRINHA que participou na Ação Verde Puro em 2018 através da entrega de uma ficha/semente na Bolsa de Turismo de Lisboa e Feira Internacional de Turismo.

Município de Almeida – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Vilar Formoso (Alto dos Pinhos)
Município de Celorico da Beira – 15 de fevereiro
Local da plantação: Junto ao novo parque industrial
Município da Covilhã – 15 e 17 de fevereiro
Local da plantação 15/02/2019: Baldios de Freguesia de Cortes do Meio (Louseiro / Alto da Cerca)
Local da plantação 17/02/2019: U.F. de Covilhã e Canhoso (Mata Nacional da Covilhã)
Município de Figueira de Castelo Rodrigo – 15 de fevereiro
Local da plantação: Serra da Marofa
Município de Forno de Algodres – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Matança (Monte de Milho)
Município do Fundão – 15 de fevereiro
Local da plantação: U. F. de Vale de Prazeres e Mata da Rainha (Vale de Prazeres)
Município de Gouveia – 17 de fevereiro
Local da plantação: Baldios de Mangualde da Serra (Mondeguinho)
Município da Guarda – 17 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia da Vela
Município de Pinhel – 15 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Pínzio
Município de Sabugal – 15 de fevereiro
Local da plantação: U.F. de Pousafoles do Bispo, Penalobo e Lomba (Pousafoles do Bispo)
Município de Seia – 17 de fevereiro
Local da plantação: Freguesia de Paranhos da Beira (Santuário de Santa Eufémia)
Município de Trancoso – 15 de fevereiro
Local da plantação: Serra do Pisco

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar