Templates by BIGtheme NET
Início » Região

Região

26ª CINEECO 2020, de 10 a 17 de outubro em Seia

O Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela abre portas no dia 10 de outubro, para mais uma edição, a 26ª. A Casa Municipal da Cultura de Seia volta a receber dezenas de documentários e filmes dedicados à temática ambiental, numa altura particularmente desafiante para todos.

O CineEco, como em toda a sua já longa história de edições, ininterruptas, vai mesmo realizar-se. ”Este ano tentamos transformar as adversidades em desafios e soluções para o futuro, isto para que a nossa mensagem continue a ser transmitida com clareza, atualidade e profundidade – hoje é cada vez mais urgente abordar e sensibilizar para as temáticas ambientais. Na verdade, há cada vez mais evidências na relação entre a destruição do meio-ambiente, as alterações climáticas e o surgimento de epidemias. Tudo está interligado, o CineEco resiste para testemunhá-lo”, admite a direção deste Festival.

O CineEco 2020 acontece em duplo formato – físico e digital – dadas as contingências inerentes ao atual cenário de crise pandémica. Os 77 filmes e documentários oriundos de 25 países serão exibidos em sala, mas com evidentes restrições na admissão de público e respeitando todas as recomendações da Direção-Geral de Saúde.

Já as Ecotalks serão transmitidas, via streaming live no Facebook do CineEco. Ao todo vão ser 5 debates online, com duração de uma hora, sobre as temáticas atuais associadas ao cinema e ambiente. No dia 11 de outubro, Mário Branquinho modera o debate “Festivais de Cinema! E agora?” com Ilda Santiago, diretora de Cinema do Rio (Brasil) e Fernando Vasquez, do Fest – Festival Novos Realizadores Novo Cinema, sobre o futuro da Sétima Arte face à crise pandémica e ao recrudescimento das transmissões streaming. Será que as plataformas streaming estão mesmo a retirar essência aos eventos?

No dia 12, “Film Comissions – Cinema e Territórios” é o mote para a segunda Ecotalk que contará com a participação de João Paulo Macedo, Bando à Parte e Minho Film Comission, e Manuel Claro da Portugal Film Comission. A moderação é de Bruno Manique da Film Comission do Centro e programador do CineEco 2020.

Já a 13 de outubro, Nuno Barros da Lipor, modera a Ecotalk sobre “As novas tecnologias e a educação ambiental”, com Emanuel Monteiro, do serviço educativo da LIPOR e Filipa Fernandes, do Pavilhão da Água (Aquaporto). “O Cinema com escolas e novos públicos” é o tema central em discussão no dia 15 de outubro, uma temática que é bem próxima do CineEco que, desde sempre, e à exceção deste ano, dadas as atuais contingências, tem levado a públicos do pré-escolar ao ensino universitário o debate sobre Ambiente com realizadores internacionais e nacionais em contexto escolar. Rúben Sevivas (UBI), realizador, produtor e programador CineEco2020 modera o debate com Paulo Cunha (UBI; Curtas de Vila do Conde) e Camilo Cavalcante, realizador brasileiro. A última Ecotalk acontece a 16 de outubro com uma abordagem sobre televisão e cinema e o que importa falar sobre as interligações e diferenças nestas duas áreas de entretenimento. Tiago Alves, jornalista da RTP e programador do CineEco 2020 modera o painel constituído por Suzanna Lira, cineasta brasileira, e Pandora da Cunha Telles, produtora Ukbar Filmes.

Todas as Ecotalks têm transmissão live, às 17 horas, no Facebook do CineEco, sem necessidade de pré-registo ou inscrição obrigatória.

As atividades paralelas estão igualmente contempladas na 26ª edição do CineEco, mas também vão ser alvo de restrições no acesso ao público e respeito pelas normas de segurança, higiene e distanciamento.

No primeiro dia do Festival, 10 de outubro, às 17 horas, é inaugurada “Rumores do Mundo: Pessoas, Lugares, Outros Olhares”. Nas galerias da Casa Municipal da Cultura de Seia, a mostra fotográfica propõem-nos uma viagem sobre recônditos territórios e paisagens naturais e humanas dispersas pelos diferentes continentes. Esta exposição estará patente até 30 de novembro. No mesmo local, estará igualmente exposto o trabalho ancorado na atividade de Elsa Cerqueira e que resultou no desafio lançado a 44 artistas, denominado “De Tela a Tela, Cineviagens”, mostra sobre a diversidade de técnicas do cinema de animação nacional e estrangeiro.

Numa parceria conjunta entre o Município de Seia e o Festival DME, Hugo Simões apresenta, na Casa Municipal da Cultura de Seia, às 18 horas, a performance Finding a Place to Land, uma interpretação de obras de música contemporânea projetadas com imagens e vídeos. Pelas 21h30, o concerto de abertura do CineEco ficará a cargo de Pedro e os Lobos, com a apresentação do álbum “Depois da Tempestade”. A entrada é gratuita, mas é necessário reservar entradas previamente.

A 14 de outubro, será apresentado o livro “Plasticus Maritimus” da autoria de Ana Pêgo e Isabel Minhós Martins. Trata-se de uma obra que retrata o flagelo do plástico nos oceanos e pretende motivar os leitores para a mudança.

CineEco 2020 com cinema português em alta

Em tempo de pandemia, a 26ªedição do CineEco traz um novo olhar sobre a premente consciencialização e urgência no debate sobre os temas ambientais.

Este ano, o cinema ambiental em língua portuguesa está em grande destaque, entre longas e curtas-metragens, representando cerca de metade de todas as obras em competição.

competição Internacional de Curtas-Metragens conta com 34 filmes, destacando-se o aumento do número de obras portuguesas, em relação às edições anteriores.

Na competição de Longas-Metragens em Língua Portuguesa destacam-se três documentários portugueses: Silêncio – Vozes de Lisboa de Judit Kalmár e Céline Coste Carlisle; Cerro dos Pios de Miguel de Jesus e A Alma de Um Ciclista de Nuno Tavares. O Índio Cor de Rosa Contra a Fera Invisível, do brasileiro Tiago Carvalho, fecha o quadro desta competição.

Por seu lado,  na competição de Curtas-Metragens em Língua Portuguesa concorrem 12 obras e na competição de Séries e Reportagens televisivassete dos nove trabalhos apresentados têm assinatura portuguesa. O CineEco tem ainda oito curtas na competição Panorama Regional, de realizadores locais e/ou de temáticas ligadas à região.

A 26ª edição do Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela será realizada ao abrigo de todas orientações e recomendações previstas pela Direção-Geral de Saúde. A Casa Municipal da Cultura de Seia, que detém o selo Clean & Safe, estará preparada para acolher o público, seguindo todas as regras de segurança que estão estabelecidas. A lotação das salas ficará reduzida a metade da sua capacidade total. O Cineteatro poderá receber até 170 pessoas e o Auditório até 70.

Não está prevista a presença de alunos do 1º ciclo e jardim-de-infância, que habitualmente se deslocavam ao CineEco, e haverá também uma diminuição do número de convidados, como realizadores, elementos do júri da juventude, padrinhos, entre outros.

Todas as sessões e atividades paralelas irão decorrer em sala e estão sujeitas a marcação prévia, não estando previstas sessões online.

Um dos mais antigos festivais de Cinema Ambiental do mundo, o único do género em Portugal, conta com uma Seleção Oficial de 77 filmes, de mais de 25 países, com abordagens diversas sobre temáticas ambientais e de sustentabilidade.

O CineEco 2020 é organizado pelo Município de Seia e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e do Departamento de Ambiente das Nações Unidas. Conta ainda como patrocinador principal a Lipor e com o patrocínio das Águas do Vale do Tejo.

 

 

 

Futsal 2ªdivisão-GD Sameiro, ABC Nelas, Gigantes de Mangualde e Cariense conheceram sorteio

Teve lugar na Cidade do Futebol, em Lisboa, o sorteio do Nacional da 2ªdivisão de Futsal, onde vão estar presentes nesta prova diversas equipas da região, GD Sameiro, ABC Nelas, Gigantes de Mangualde e Cariense, que se encontram escalonados na serie D, a ter início a 10 de outubro.

Série D
1- GCR Ossela
2- GD Sameiro
3- GD Mata
4- ACR Saavedra Guedes
5- ABC Nelas
6- UD Cariense
7- Gigantes AD Mangualde
8- CCDR Covão Lobo
9- AD Travassô
10 – Domus Nostra

1ªjornada-10 de outubro

GCR Ossela-GD Mata

CCDR Covão Lobo- ABC Nelas

UD Cariense – Gigantes AD Mangualde

ACR Saavedra Guedes-AD Travassó

Domus Nostra-GD Sameiro

1.ª jornada (10. 10. 2020): 1-3; 8-5; 6-7; 4-9; 10-2
2.ª jornada (17. 10. 2020): 3-10; 5-1; 7-8; 9-6; 2-4
3.ª jornada (24. 10. 2020): 3-5; 1-7; 8-9; 6-2; 10-4
4.ª jornada (31. 10. 2020): 5-10; 7-3; 9-1; 2-8; 4-6
5.ª jornada (07. 11. 2020): 5-7; 3-9; 1-2; 8-4; 10-6
6.ª jornada (14. 11. 2020): 7-10; 9-5; 2-3; 4-1; 6-8
7.ª jornada (28. 11. 2020): 7-9; 5-2; 3-4; 1-6; 10-8
8.ª jornada (05. 12. 2020): 10-9; 2-7; 4-5; 6-3; 8-1
9.ª jornada (12. 12. 2020): 9-2; 7-4; 5-6; 3-8; 1-10

Mangualde passa a ter centro de teste Covid-19

A partir desta segunda-feira, dia 28 de setembro, passa a ser possível fazer testes de diagnóstico à COVID-19 em Mangualde. Os Laboratórios Germano de Sousa abrem assim um Centro de Testes nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, para ser assim possível uma resposta mais célere e eficaz aos testes solicitados pelo sistema de saúde pública. O horário de funcionamento será de segunda a sexta-feira das 10h30 às 13h00, sendo que poderá ser ajustado conforme as necessidades e a evolução da pandemia. Para a realização de teste é obrigatório a apresentação da prescrição médica e o agendamento prévio através do contacto 936 535 810.

O Presidente sublinha que “esta é uma operação que vem dotar Mangualde de uma competência e de um instrumento fundamental neste contexto de pandemia: fazer testes de diagnóstico à Covid-19.” A abertura deste Centro de Testes “reforça a capacidade de respostas em saúde pública no nosso território e traz proximidade às populações, evitando deslocações a Viseu”.

Elísio Oliveira destaca ainda que “esta ação resulta da disponibilidade das Laboratórios Germano de Sousa, do envolvimento da Câmara Municipal e da fundamental colaboração dos Bombeiros Voluntários de Mangualde”.

Livro “ Dietas e Borbulhas” de Maria Teresa Maia Gonzalez vai ser publicado na Sérvia

A escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, recentemente foi convidada pela Editora Sérvia ARETÉ para a publicação do livro “Dietas e Borbulhas “(um livro sobre a problemática dos distúrbios alimentares, inserido na coleção Profissão: Adolescente) na Sérvia.

Face a isso, a escritora com raízes em Fornos de Algodres, aceitou e refere na sua página oficial que: Ficou surpreendida e muito grata. “Não posso deixar de me surpreender com tanto interesse que o meu trabalho tem suscitado em pessoas e países que nem conheço. Tenho muito a agradecer a Deus e a muita gente que, desde a primeira hora, apostou no meu trabalho, acrescenta a escritora.

Recorde-se que a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez tem o seu nome associado à Biblioteca Municipal fornense e tem  publicado muitos livros, todos eles com muita qualidade.

Gigantes Sport Mangualde vai participar na II Divisão Nacional de futsal

Depois do convite endereçado ao Gigantes Sport Mangualde para participar na 2ªdivisão Nacional de Futsal, o clube aceitou e vai assim participar, pela primeira na sua história, nesta prova nacional. Um bom desafio para a turma mangualdense.

Com esta subida, a AF Viseu estará representada por quatro equipas na II Divisão Nacional – ABC Nelas, AJAB de Tabuaço, CDRC São Martinho de Mouros e Gigantes Sport Mangualde e o Viseu 2001 na Liga principal.

Significa que a modalidade a nível desta associação surge bem dinamizada, ao contrário de outras associações vizinhas.

Fornos de Algodres associou-se ao Dia Mundial de Segurança do Doente

Todos os Municípios  que pertencem à área de abrangência da ULS Guarda foram desafiados associar-se ao Dia Mundial de Segurança do Doente, iluminando de 17 a 24 de setembro um Monumento/Edifício.

O Município de Fornos de Algodres aceitou o desafio, à semelhança de outros municípios por todo o mundo, iluminando a fachada da Câmara Municipal.

Dado que a pandemia COVID-19 veio salientar as dificuldades enfrentadas pelos profissionais de saúde em todo o mundo, incluindo infeções associadas à prestação de cuidados, à violência, à estigmatização, ao desenvolvimento de distúrbios psicológicos e emocionais e também à morte, a OMS definiu para a campanha de 2020 o tema “Segurança do Profissional de Saúde: Uma prioridade para a segurança do doente, sendo o slogan da iniciativa: “Profissionais de Saúde Seguros, Doentes Seguros”

PSD Distrital da Guarda lança criticas ao Governo sobre as portagens

Em comunicado, a Comissão Política Distrital do PSD refere que: uma notícia publicada hoje no Jornal de Noticias (JN), dá conta que os cortes nas portagens do interior vão ser adiadas para 2021, situação que a Comissão Política Distrital do PSD lamenta e não compreende, visto que “viola” as expetativas dos cidadãos e uma promessa feita pelo Governo, na pessoa da Senhora Ministra da Coesão Territorial, que prometeu que a redução do custo das portagens seria feita até ao último trimestre deste ano, faltando assim à palavra dada. Nada a que o povo português não esteja já habituado por parte deste Governo, pois a palavra dada, poucas vezes é honrada.

Mas, pior do que isso, é que a referida notícia que hoje veio a publico relata que os descontos na A25 só contemplam o troço Aveiro-Viseu e na A23 o troco Covilhã-Castelo Branco. A ser assim, consideramos que se trata de uma medida discriminatória, injusta e inaceitável, à qual toda esta nossa região se deve indignar.

O Combate pela Coesão Territorial apenas existe para este governo nas promessas e na propaganda política.

As empresas e os cidadãos precisavam, agora mais do que nunca, deste incentivo da redução das portagens, face ao período crítico que estão a viver com a pandemia.

A Comissão Politica Distrital do PSD quer uma explicação e uma clarificação urgente por parte do Governo sobre esta matéria.

Quanto à Senhora Ministra da Coesão, falhou a promessa feita, de reduzir o custo das portagens até ao terceiro trimestre deste ano. A ser assim, e se a notícia se confirmar, só lhe resta cumprir a outra promessa que também fez publicamente, que foi a de se demitir se não fossem reduzidas as portagens até final deste trimestre.

 

Inscrições abertas para Grupos Psicoeducativos

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC)está a realizar grupos psicoeducativos, constituídos por doentes oncológicos que se reúnem semanalmente, com intuito de partilhar experiências pessoais relacionadas com a vivência da doença oncológica.  “Cuidar de mim”, é o nome deste programa cujas inscrições estão a decorrer.

Lembramos que todas as sessões decorrem sob a orientação de psicólogos da Unidade de Psico-Oncologia da LPCC.NRC. A 1ª edição do programa “Cuidar de mim”, a iniciar brevemente, é dirigida a um grupo de mulheres com cancro da mama, previamente selecionadas pela equipa. Terá lugar na sede da LPCC.NRC, com a participação máxima de 6 a 8 participantes, decorrendo em 9 sessões semanais, de 90 minutos cada.

São condições de participação neste primeiro grupo ter recebido um diagnóstico de cancro da mama não metastático nos últimos 18 meses e submeter-se a uma entrevista de seleção.

A LPCC.NRC aceita também inscrições de pessoas com outros tipos de cancro e/ou familiares/cuidadores, tendo em vista a constituição de grupos psicoeducativos futuros.​ Os interessados podem fazer a sua inscrição (gratuita e obrigatória) através do preenchimento do formulário próprio, disponível em: www.ligacontracancro.pt/cuidardemim/.

Serão oferecidas outras alternativas de intervenção aos candidatos não selecionados, nomeadamente a consulta de Psico-Oncologia individual. Mais informações disponíveis através dos contactos:  239 487 490 ou psico-oncologia.nrc@ligacontracancro.pt.

GNR- Balanço do Projeto “Piscina Segura”

A Guarda Nacional Republicana, no período de 1 de julho a 15 de setembro, desencadeou o projeto “Piscina Segura”, que teve como objetivo a realização de ações de sensibilização à população, em todo o Território Nacional, no sentido de reforçar a consciencialização da sociedade para a problemática do afogamento de crianças e jovens, em piscinas privadas.

Nesse sentido, os militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC), dos Comandos Territoriais promoveram o desenvolvimento deste projeto, através da colaboração com cerca de 200 outras entidades, por todo o país, destacando-se a realização de 1802 ações de sensibilização, as quais abrangeram cerca de 10.500 pessoas, e durante as quais foram transmitidos os seguintes conselhos:

  • Mantenha sempre as crianças sob a vigilância permanente e efetiva de um adulto;
  • Esteja sempre atento(a) a todos os movimentos, seja dentro de água ou na beira da piscina;
  • Não deixe brinquedos na piscina, pois pode chamar a atenção das crianças e revelar-se numa distração fatal;
  • Evite que as crianças corram à beira da piscina;
  • Se tem piscina em casa, quando não estiver a ser utilizada, tape-a com uma tela, lona de proteção ou outro sistema de segurança;
  • Ensine as crianças a nadar o mais cedo possível;
  • Coloque sempre o auxiliar de flutuação nas crianças e certifique-se de que estas o mantêm devidamente colocado sempre que estejam perto ou dentro de água.

Município de Fornos de Algodres entregou 9 computadores ao Agrupamento de Escolas

O Município de Fornos de Algodres entregou 9 computadores , na Escola Básica e Secundária de Fornos de Algodres , para permitir que todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres tenham acesso a computador individual durante este período em que a partilha destes recursos é desaconselhada, instalados na sala de informática.

Assim garantindo que todos têm as condições necessárias para o seu processo de aprendizagem numa área tão importante para o seu desenvolvimento.

Estiveram presentes na cerimónia, Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres, Alexandre Lote, vice -presidente e Artur Oliveira, Diretor executivo da Escola.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar