Templates by BIGtheme NET
Home » Região

Região

‘Cruz de Malta’ vai ter sede em Mangualde

Foi assinado recentemente um protocolo entre o Municipio de Mangualde e a Associação Humanitária e Social ‘Cruz de Malta’ que prevê a cedência de um espaço para que esta instituição possa fazer nascer lá a sua Sede da Região Centro e Beiras. A Cruz de Malta tem sede em Lisboa, delegação a Norte na Maia e abrirá em breve então em Mangualde a sua delegação nas Beiras e Centro.

Na cerimónia marcaram  presença o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, do Presidente da Direção Nacional da Cruz de Malta, Tenente Coronel João Alvelos e do Presidente da Comissão instaladora da delegação operacional da Beira Alta da Cruz de Malta, Herculano Sanguinete Costa.

A Cruz de Malta, foi fundada com o espírito da Ordem de Malta, por Cavaleiros da Ordem de Malta e Militares, em 1918. Neste âmbito, com a assinatura deste Protocolo, a Câmara Municipal de Mangualde ganha mais um parceiro que pretende responder às situações de emergência social e de apoio aos cidadãos em situação de maior vulnerabilidade, contribuindo assim, para a efetivação dos seus direitos sociais e promovendo o bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidades, nomeadamente nos seguintes domínios:

  1. a) Apoio à infância e juventude, incluindo as crianças e jovens em perigo;
  2. b) Apoio à família;
  3. c) Apoio às pessoas idosas;
  4. d) Apoio às pessoas com deficiência e incapacidade;
  5. e) Apoio à integração social e comunitária.

Como ação mais imediata, a Cruz de Malta irá estar presente na Feira dos Santos de Mangualde, no apoio à saúde, através da realização de rastreios cardiovasculares, com a colaboração voluntária de jovens médicos e enfermeiros.

 

Maria Teresa Maia Gonzalez candidata ao Prémio Literário sueco Astrid Lindgren 2020

Pela quinta vez , a escritora fornense Maria Teresa Maia Gonzalez, vai ser candidata  ao Prémio Literário sueco Astrid Lindgren 2020, juntamente com mais três portugueses António Jorge Gonçalves, Catarina Sobral e Bernardo P. Carvalho .

Esta nomeação foi anunciada na Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, aliás para a escritora fornense, acaba por ser uma surpresa, porque desta vez não estava à espera de tal designação.

Mas vamos aguardar para ver os resultados finais.

Resultados da 3ª jornada AF Viseu 1ªDivisão Sul

Jornada 3

Besteiros FC- Canas Senhorim-2-1

Vila Chã de  Sá-Campia-1-3

Os Ciências – Cabanas de Viriato -1-1

Vale de Madeiros – Roriz-0-1

Santacombadense-SL Nelas 2-3

Santar-Moimenta Dão -2-0

Nandufe- Viseu e Benfica-1-4

 

Na 25ª edição do CineEco , “Injustiça” é o grande vencedor

O documentário americano de Cynthia Wade e Sasha Friedlander, Injustiça (Grit), da competição Internacional Longas, é o vencedor do “Grande Prémio Ambiente” do CineEco 2019, que decorreu em Seia de 12 a 19 de Outubro. O storytelling emotivo do filme sobre o ativismo de uma jovem contra uma multinacional indonésia, sobrevivente de um tsunami de lama tóxica que enterrou 16 aldeias em Java Oriental, conquistou o júri do Festival que, este ano, destacou a Emergência Climática como um dos seus temas centrais. Ainda no panorama internacional de longas-metragens mereceram destaque documentários sobre temáticas transversais e atuais sobre a ação do Homem no meio-ambiente. O “Grande Prémio Antropologia Ambiental – Liberty Seguros foi conquistado por Reator Perdido (Lost Reator), documentário alemão sobre um grupo de pessoas que vivem numa dimensão de tempo pós-Chernobyl paredes-meias com uma Central de Energia Nuclear que nunca chegou a funcionar.

Já o Prémio Educação Ambiental – Associação Mares Navegados foi atribuído a Genesis 2.0, um filme-documentário sobre manipulação genética, tecnologia e criação na busca do “ouro branco” nos limites mais remotos da Sibéria.

O júri do CineEco atribui ainda três Menções Honrosas, aos filmes “O Herói das Ovelhas” (Sheep Hero) de Ton van Zantvoort, documentário que acompanha Stijn, um pastor tradicional forçado a inovar num mundo neoliberal, facto que entra em conflito com a sua visão idealista da vida; “Sonhando um Lugar” o primeiro filme de longa duração de Alfonso Kint, um relato sobre uma família que se reinventou num lugar, numa aldeia sonhada; e ainda a “Walden” de Daniel Zimmermann, documentário no qual o realizador suíço constata o absurdo de um dos princípios económicos que definem o mundo globalizado.

De entre os 80 filmes de mais de 20 países a Concurso na 25ª edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela destacaram-se ainda no Prémio Internacional Curtas Metragens – Turistrela, o filme de animação em stop montion feito com argila intitulado “Pacha Lama Somos Nós: A Cerimónia para Pachamama”. “O Senhor Kubota” e a sua busca pela imortalidade conquistou o “Prémio Televisão”.

“Hálito Azul” de Rodrigo Areias conseguiu arrecadar o “Prémio Camacho Costa Lusofonia” e, no Panorama Regional, o documentário “Pagar a Promessa” de Tiago Cerveira levou o “Prémio Panorama Regional Lusofonia”.

Em ano de Bodas de Prata, entre os dias 12 e 19 de outubro passaram pelas salas do Festival mais de 6.000 espetadores, para além de diretores de festivais de cinema ambiente, realizadores e profissionais de várias áreas.

Foi uma semana dedicada ao melhor do que se faz ao nível da cinematografia de temática ambiental nacional e internacional que contou com a presença, em Seia, de cerca de 40 realizadores de vários países. A edição comemorativa do Festival de Seia conseguiu agregar, uma vez mais, uma vasta oferta de atividades paralelas como as eco-talks, as oficinas de educação ambiental, uma residência artística audiovisual e chamou até si a centralidade do debate internacional sobre as questões ligadas à Emergência Climática e Educação Ambiental, no II Fórum Internacional de Festivais de Cinema Ambiente.

O CineEco prova ser um Festival de resistência. Estes 25 anos representam para o Município de Seia uma afirmação do seu papel no âmbito da promoção da Educação para o Ambiente e promoção turística, bem patente no número crescente de público e participantes nacionais e internacionais que todos os anos visitam e por cá ficam durante a semana do Festival”, concretiza Mário Branquinho.

O CineEco fecha as portas no grande ecrã em Seia, mas entra em itinerância ao longo deste ano nas suas extensões por todo o país, incluindo Madeira e Açores, “prova de que este Festival tem conquistado um número crescente de públicos de várias idades sendo um polo aglutinador de cinema e educação ambiental no País, tendo no CineEco o seu mediador comum”, ressalva o diretor do Festival.

O Festival Internacional de Cinema Ambiental regressa a Seia, em 2020, entre os dias 10 a 17 outubro

Dezenas de participantes numa caminhada na Matela

Teve lugar na manhã de domingo , com o sol meio envergonhado, uma caminhada na localidade da Matela (UF Antas e Matela), numa organização do Centro Social e Cultural Aníbal Pina Gouveia.

Marcaram presença algumas dezenas de participantes, onde se realça a presença de Francisco Carvalho, Presidente do Município de Penalva do Castelo que também veio participar nesta iniciativa.

A concentração teve lugar no Multiusos da Matela, onde os participantes percorreram os trilhos designados para este evento, foi uma manhã diferente para estas pessoas, que desfrutaram das maravilhas da Natureza.

fotos:UFAM

Iran Costa e Banda Índice na “Festa da Castanha”em Folgosinho

Vai ter lugar nos dias 1, 2 e 3 de novembro, a Festa da Castanha, em Folgosinho, numa organização do Município de Gouveia, em parceria com a Junta de Freguesia de Folgosinho, os Baldios de Folgosinho e a Associação FOLGONATUR

A edição de 2019vai ter um programa em torno da Castanha, do Castanheiro e do Souto, que deverá contemplar vários momentos de formação e qualificação de produtores e potenciais produtores, em matérias que merecem a atenção do setor, haverá lugar a espaços de exposição e venda direta de castanha, produtos derivados da castanha e outros produtos gastronómicos típicos desta região de montanha.

No dia 1 de novembro é inaugurada a Festa da Castanha com participação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Folgosinho. O Grupo de Concertinas de Folgosinho e a Banda Índice vão animar a noite de sexta-feira.

No sábado, dia 02 de novembro, realizar-se-à, da parte da manhã, um Seminário que vai incidir sobre a temática dos soutos e da floresta e que vai decorrer na Junta de freguesia de Folgosinho. A parte da tarde contará com um workshop de cogumelos selvagens e respetiva saída de campo, seguir-se-à um show cooking e o já tradicional Concurso de Doçaria de Castanha. A noite será abrilhantada pelo concerto de Iran Costa, o responsável por grandes êxitos como “O Bicho”, “Pimpolho”, “Requebra” e “Dança do Quadrado”, que lhe valeram vários discos de platina. Iran Costa dominou tops de venda e playlists e apresenta agora o 25.º cd da sua carreira – “XXV”, que traz sonoridades que convidam o público de todas as idades a cantar e dançar.

No último dia, domingo, está programada uma caminhada com plantação de castanheiros e uma visita guiada ao património histórico de Folgosinho. O Grupo de Cavaquinhos da Universidade Sénior de Gouveia e o Rancho Folclórico Cancioneiro de Folgosinho ficam responsáveis pela animação do evento que encerrará com um magusto comunitário e a tradicional sopa da castanha.

GNR- Atividade operacional das últimas 12 horas

 

 A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 17 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 12 por condução sob o efeito do álcool;
  • Um por condução sem habilitação legal;
  • Um por tráfico estupefacientes;
  • Um por posse ilegal de arma.

 

  1. Apreensões:
  • 28 doses de haxixe;
  • Oito doses de heroína.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 484 infrações detetadas, destacando-se:

  • 121 por excesso de velocidade;
  • 48 por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • 34 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 20 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 19 relacionadas com iluminação e sinalização;
  • 16 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 12 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • Nove por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

 

Sinistralidade: 32 acidentes registados, destacando-se:

  • 02 feridos graves;
  • 06 feridos leves.

AF Guarda- Resultados do Distrital Iniciados-Ronda 1

Teve lugar a ronda inicial do distrital de iniciados (Juniores C) da AF Guarda, com seguintes resultados:
Núcleo Desp. Social-Sc Vilar Formoso-2-1
SC Mêda-  Foz Côa-16-0
Seia Fc-UD Os Pinhelenses-4-1
AD Fornos Algodres- GD Trancoso-2-4
Sc Celoricense-Gcr Casal Cinza-3-5
Guarda Unida- ED Gouveia-2-2

Viseu recebe Ronda de Elite em futsal

Viseu vai acolher a Ronda de Elite em futsal, com a Seleção Nacional de futsal a tentar seguir para a Ronda de Elite – a derradeira fase de qualificação para o Mundial – diante de Letónia, Alemanha e República Checa.

As seis partidas do Grupo 8 de qualificação serão jogadas no Pavilhão Multiusos de Viseu. A acreditação media é necessária para qualquer um dos jogos, sendo válida para toda a competição.

Eis o calendário de jogos do Grupo 8:
24 de outubro de 2019 | quinta-feira
18h00: República Checa – Alemanha
21h00: Portugal – Letónia

25 de outubro de 2019 | sexta-feira
18h00: Letónia – República Checa
21h00: Portugal – Alemanha

27 de outubro de 2019 | domingo
15h00: Alemanha – Letónia
18h00: República Checa – Portugal

COAPE concluiu com sucesso a Campanha de Frutos Vermelhos

A COAPE concluiu a Campanha de frutos vermelhos 2019. Entre maio e setembro a seção MBerrys estabeleceu um novo recorde de quantidade ao processar cerca de 300 toneladas de mirtilos. Onde grande parte segue para o exterior.

                                                              Apostam na quantidade e qualidade
Segundo a Coape, os elevados padrões de qualidade que estabeleceram em tudo o que fazem não podiam deixar de estar patentes nesta área de negócio e por isso, além da quantidade, também a qualidade da fruta cresce de ano para ano.
Investimento de meio milhão de euros

Tendo já a COAPE a certificação GLOBAL GAP implementada, faltava a certificação BRC , que também foi concretizada nesta Campanha 2019. Houve aposta  na requalificação do espaço consignado ao centro de processamento e na automação de todo o processo de seleção e embalamento da fruta. Esta aposta implicou um investimento de cerca de meio milhão de euros.

O investimento no espaço implicou obras de requalificação do próprio centro de processamento de fruta para a certificação BRC e o investimento para a automação do processo contemplou a aquisição de equipamentos modulares automatizados com os quais foram obtidos ganhos significativos de eficiência e produtividade.

A  COAPE consegue agora de forma automatizada selecionar a fruta (mirtilos e framboesas) com um elevadíssimo rigor quanto ao calibre, estado de maturação (verde/madura), estado biológico (sã/podre) e ainda quanto à pesagem e tipologia de embalagens.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar