Templates by BIGtheme NET
Home » Região (page 2)

Região

Diversos operadores turísticos visitaram região da CIMBSE

De fevereiro a maio, a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) lançou quatro programas para promover reuniões entre operadores turísticos nacionais e internacionais e os empresários locais do setor do turismo, com o objetivo de divulgar os produtos turísticos integrados da região.

Nestes encontros estiveram presentes 23 operadores turísticos e 25 privados do território, resultando em 575 reuniões entre empresários locais e operadores nacionais (Lisboa, Porto, Açores, Marinha Grande Viseu, Peniche, Coimbra) e internacionais (Espanha, EUA e Canadá).

Os programas promoveram ainda visitas a alguns dos principais pontos turísticos da região, tendo também contado com a presença de nove jornalistas especializados em jornalismo turístico, bloggers e influencers, com vista a uma maior divulgação da iniciativa e da região.

Os programas foram divididos em quatro segmentos, tendo em conta os produtos âncora da região: gastronomia, cultura e história, natureza e aventura e saúde e bem-estar.

“Saúde e bem-estar” encerrou o ciclo no passado fim de semana nos municípios da Covilhã, Fundão, Almeida, Pinhel e Mêda, enquanto, em abril, o tema foi a “Natureza e Aventura”, em Manteigas e Seia. “Cultura e História” envolveu os municípios da Guarda, Trancoso, Figueira de Castelo Rodrigo, Belmonte e Sabugal, em março e “Sensações e Sabores” os concelhos de Gouveia, Celorico da Beira e Fornos de Algodres, em fevereiro.

A iniciativa decorreu no âmbito do projeto ‘Produtos Turísticos Integrados de Base Intermunicipal – À Descoberta da Serra da Estrela’, cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com objetivo de capitalizar a marca ‘Serra da Estrela’ na estruturação e qualificação de produtos turísticos para reforçar a atratividade e competitividade regional.

 

Instituto Politécnico da Guarda integra Rede para Salvaguarda da Dieta Mediterrânica

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) é uma das 19 instituições que integra a Rede das Instituições de Ensino Superior para a Salvaguarda da Dieta Mediterrânica (RIESDM), criada no passado dia 10 de maio.

O objetivo desta rede – cujo ato de constituição ocorreu na Universidade do Algarve – é potenciar o trabalho desenvolvido pelas instituições de ensino superior (IES) no âmbito da promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica (DM).

Pretende-se, igualmente, aumentar a articulação das IES com outras entidades que tenham responsabilidade na promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica (DM), contribuindo, através de uma abordagem multidisciplinar, para a salvaguarda da DM em diversas vertentes; nomeadamente, entre outras, ao nível da produção e valorização dos produtos, da educação para a saúde e da preservação de técnicas e festividades.

Refira-se que a Dieta Mediterrânica é uma secular herança cultural e civilizacional, um estilo de vida e um padrão alimentar de excelência reconhecido pela UNESCO e pela Organização Mundial de Saúde.

Considerando a crescente padronização dos hábitos alimentares e a aculturação das nossas tradições, a Dieta Mediterrânica (que ainda se mantém uma tradição viva) está em risco de perder a sua importância histórica e cultural. Recorde-se que, com o objetivo de cuidar da sua preservação, foi apresentada, a 4 de dezembro de 2013, na 8ª Conferência Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural e Imaterial da UNESCO, em BAKU, uma candidatura transnacional da DM a Património Cultural Imaterial da Humanidade (PCIH), de onde resultou a integração de Portugal.

A Dieta Mediterrânica, além de promover um modelo de desenvolvimento mais harmonioso, contribui para comunidades mais saudáveis e ambientalmente mais sustentáveis.

A assinatura do protocolo decorreu na sala de seminários da Reitoria da Universidade do Algarve e contou, além do Instituto Politécnico da Guarda, com mais 18 Instituições de Ensino Superior (IES): Institutos Politécnicos de Beja, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo e Viseu; universidades do Algarve, Aveiro, Coimbra, Évora, Porto e Trás os Montes e Alto Douro, bem como e três escolas não integradas (Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Escola Superior de Enfermagem do Porto e Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril). Nesse mesmo dia realizou-se a primeira reunião da Assembleia Geral da Rede.

Para o Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas, é “extremamente positiva a adesão a esta rede que é composta por mais 18 instituições de ensino superior, e que visa essencialmente, um trabalho profícuo de princípios multidisciplinares para a salvaguarda e valorização deste importante património imaterial de carácter internacional e que é representativo da nossa identidade enquanto povo”.

Ricardo Guerra, subdiretor da Escola Superior de Turismo e Hotelaria (ESTH) do IPG, que representou o Politécnico da Guarda nesta cerimónia de criação da RIESDM, afirmou que “nesta rede teremos a oportunidade de estar envolvidos numa dinâmica de partilha e trabalho comum, envolvendo várias áreas de investigação do nosso instituto e cruzando as mesmas com outras iniciativas que estejam ou venham a ser dinamizadas.”

Por outro lado, referiu ainda, “serão partilhadas as boas práticas no âmbito da salvaguarda da Dieta Mediterrânica, e pretende-se ainda, aumentar a articulação destas com as outras entidades de responsabilidade na promoção e salvaguarda da Dieta Mediterrânica”.

Este modelo alimentar resulta da tradição gastronómica da bacia do Mediterrâneo, onde a produção de azeite tem um elevado peso, implicando uma ingestão predominantes de alimentos de origem vegetal (complementados por azeite) e por um menor consumo de proteína animal, privilegiando o peixe e lacticínios, a para de uma equilibrada ingestão hídrica, onde surge a recomendação do vinho consumido de forma moderada.

I Encontro Solidário de Mangualde – Fazer a Diferença

Vai decorrer na tarde de 19 de Maio em Mangualde.Um evento cultural e recreativo com um cariz singular de solidariedade.Haverá a participação de diversos ranchos folclóricos, grupos de concertinas da região e muita animação que irá alegrar todo o espaço com várias musicas tradicionais portuguesas.

vai haver mostra social composta por várias barraquinhas dinamizadas por várias instituições sociais da região (inclusive da instituição APPACDM) com objetivo de mostrar e vender os produtos da instituição e dar a conhecer o seu trabalho.

Ao longo de toda a tarde também estará disponível caldo-verde, carnes grelhadas variadas, pão, broa e bebida à descrição para todas as pessoas. Importante referir que a receita total do evento irá reverter para uma instituição particular de solidariedade social, a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM )de Viseu.

Portugal vai acolher Fórum Europeu para a Redução do Risco de Catástrofes em 2021

O próximo Fórum Europeu para a Redução do Risco de Catástrofes, promovido pelo Gabinete das Nações Unidas para a Redução do Risco de Catástrofes, pela Comissão Europeia e pelo Conselho da Europa, vai realizar-se em Portugal, no segundo semestre de 2021.

O anúncio foi feito pelo Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, durante o Fórum que decorre em Genebra, na Suíça.  Matosinhos será a cidade que vai acolher o evento.

O Fórum Europeu para a Redução de Risco de Catástrofes é uma plataforma regional de discussão para a implementação de medidas neste domínio, que envolve 55 países da Europa e da Ásia Central, no âmbito da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes

Durante o Fórum que decorre este ano em Genebra, o Secretário de Estado da Proteção Civil realçou a prioridade nacional que é dada à prevenção e gestão de riscos, como eixo estrutural para a sustentabilidade dos territórios.

“Temos vindo a desenvolver instrumentos e documentos estratégicos para a valorização do território. A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil tem vindo a ser fortalecida com recursos para expandir sua intervenção nessa área, e o sistema de proteção civil tem vindo a ser cada vez mais profissionalizado, através de uma forte aposta no conhecimento, na especialização e na qualificação”, disse José Artur Neves.

A Estratégia Nacional para Redução do Risco de Catástrofes, para o período 2018-2020, define 5 metas estratégicas e mais de 100 objetivos operacionais, envolvendo as estruturas de nível nacional e local.

Por outro lado, a Plataforma Nacional criada em 2011 reúne mais de 70 entidades da administração central e local, do setor privado, das universidades e associações profissionais, envolvidas em atividades de promoção da resiliência e na redução do risco de desastres.

“Acreditamos que a escala local, como o nível mais próximo dos cidadãos, desempenha um papel fundamental na mobilização de comunidades e no fortalecimento do compromisso com a resiliência”, salientou o Secretário de Estado, dando como exemplo a campanha “Cidades Resilientes”.

“Através das cidades, dos seus líderes e das suas comunidades, recebemos todos os dias contributos fundamentais para a construção de comunidades mais seguras e sustentáveis”.

Outra boa prática apresentada no Fórum foi o programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”, que define medidas de autoproteção para a população em caso de incêndio rural. O Programa está neste momento a ser implementado em mais de 500 freguesias, 1859 aglomerados e em 120 concelhos do país. Foram já realizadas cerca de 500 ações de sensibilização, envolvendo perto de 20 mil pessoas.

Foi também evidenciado o novo sistema de aviso às populações em caso de emergência. Desde o ano passado que todas as operadoras de telecomunicações móveis estão envolvidas no sistema de envio de mensagens curtas com informações de carácter preventivo.

“Estamos cientes de que as alterações climáticas trazem novos desafios aos sistemas de proteção civil, mas se todos trabalharmos juntos, partilhando experiências, poderemos melhorar a prevenção e a resposta aos novos e mais frequentes riscos”, concluiu o Secretário de Estado da Proteção Civil.

Misericórdia de Mangualde visitou a Assembleia da República

Apesar do muito calor , a  Misericórdia de Mangualde nesta quarta-feira, 15 de maio, presenteou cerca de 40 dos seus colaboradores a visitar a Assembleia da República em Lisboa.

Assim, a comitiva liderada pelo Provedor José Tomás, foi recebida pela Deputada Elza Pais que juntamente com outros Deputados Maria Manuel Leitão Marques e José Rui Cruz  , fizeram visita guiada a todas as salas do edifício.

Seguiu- se a visita aos monumentos de Belém, não faltando saborear os pastéis de Belém.

Gala Anual do 79 Anos da Associação de Futebol da Guarda foi em Figueira de Castelo Rodrigo

Figueira de Castelo Rodrigo, recebeu na noite do passado sábado dia 11 de maio, a Gala anual da Associação de Futebol da Guarda.

Uma noite de Gala que serviu para comemorar os 79º de existência da AFG e para homenagear e premiar as personalidades que se distinguiram ao longo da época desportiva de 2018-2019.

Para além da entrega dos troféus de campeões, aos vencedores dos campeonatos distritais de Futebol e Futsal, a AFG entregou este ano, pela primeira vez, prémios individuais e coletivos aos melhores dos melhores, em várias categorias. As distinções de futebol e futsal foram votadas, ao longo da última semana, pelos clubes, já os melhores da arbitragem foram eleitos pelo Conselho de arbitragem da AFG. As categorias de  Fair-play foram o resultado do acumular de cartões ao longo de toda a época.

Estiveram presentes na Gala, para além dos elementos da direção da AFG e representantes dos clubes filiado, o diretor da Federação Portuguesa de Futebol, Elísio Carneiro, o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF, Fontelas Gomes, o diretor da APAF, Luís Brás, o diretor da Associação de Futebol de Ponta Delgada, Luís Cunha, o diretor da Associação de Futebol de Viseu, José Carlos Henriques, o Vereador do desporto da Câmara Municipal de Foz Côa, Fernando Fachada, e o  presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, Paulo Langrouva, bem como outros representantes camarários.

Depois de um dia preenchido com o Torneio Distrital de Petizes e o Final da Taça de Honra, a AFG terminou assim a noite da melhor forma com realização da Gala anual que este ano contou com o apoio do Município de Figueira de Castelo Rodrigo.

Vencedores dos Campeonatos:

Equipa Campeã de Infantis de Futsal – AD Manteigas

Equipa Campeã de Iniciados de Futsal – ED Carlos Franco

Equipa Campeã de Juvenis de Futsal – C Futsal Sabugal

Equipa Campeã de Juniores de Futsal – C Futsal Sabugal

Equipa Campeã de Futsal Seniores Femininos – Guarda 2000

Equipa Campeã de Futsal Seniores Masculinos – GD Sameiro

Equipa Campeã de Infantis de Futebol – Gaudella ED Gouveia

Equipa Campeã de Iniciados de Futebol – Guarda Unida FC

Equipa Campeã de Juvenis de Futebol – SC Vilar Formoso

Equipa Campeã de Juniores de Futebol – CD Gouveia

Equipa Campeã da 2ª Divisão de Seniores de Futebol – ACD Vila Franca das Naves

Equipa Campeã da 1ª Divisão de Seniores de Futebol – GC Figueirense

 

Prémios 2018-2019:

Equipa Fair-Play Jovem de Futsal – Equipa de Infantis do Clube Futsal do Sabugal

Equipa Fair-Play Jovem de Futebol – Equipa de Infantis do NDS Guarda

Equipa Fair-Play Seniores de Futsal Masculino – GDR Lameirinhas

Equipa Fair-Play Seniores de Futsal Feminino – ADRC Penaverdense

Equipa Fair-Play Seniores de Futebol – ACD Soito

Melhor Observador de Futsal – José Cid

Melhor Observador de Futebol – António Cardoso

Árbitro do Ano de Futsal – André Fonseca

Árbitro do Ano de Futebol – Fábio Costa

Melhor Jogador jovem de Futsal – João Carvalho, AD Manteigas

Melhor Jogador jovem de Futebol – João Cabral, UD Pinhelenses

Melhor Jogador de Futsal Sénior – Cláudio Póvoas, SC Sabugal

Melhor Jogadora de Futsal Sénior – Joana Maia, Guarda 2000

Melhor Jogador da 2ª Divisão de Futebol – Pedro Rodrigues, ACD Vila Franca das Naves

Melhor Jogador da 1ª Divisão de Futebol – João Pedro Abrantes, GC Figueirense

Melhor Treinador de Futsal – Tiago Torres, GRC Lameirinhas

Melhor Treinador de Futebol – Jorge Cardoso, GD Figueirense

Dirigente de Ano de Futsal – Paulo Camurça, GDR Lameirinhas

Dirigente do Ano de Futebol – Jorge Morgado, ADRC Aguiar da Beira

Personalidade do Ano – Ana Borges

Por:AFG

Sílvia Rebelo e Filipa Rodrigues podem levantar a Taça de Portugal no sábado

Decorre neste sábado, no Jamor em Lisboa, a Final da Taça de Portugal Feminina entre o Benfica e o Valadares com qualquer destas equipas vão ser estreantes como vencedores.

Já Sílvia Rebelo pode vir a levantar o troféu, depois de no ano passado ter sido finalista vencido, pelo SC Braga, por sua vez a sua colega Filipa Rodrigues pode repetir o feito dado que já conquistou neste palco , uma pelo CA Ouriense.

Uma tarde que promete ser intensa no Jamor.

foto:DR

Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO” em Fornos de Algodres

Vai decorrer na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez ,no dia 31 de maio, uma Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO”, pelas 21horas , em Fornos de Algodres .

Vão ser oradoras a Dra. Lúcia Coutinho, Médica de Medicina Geral e Familiar e a Dra. Luísa Amaral, Médica do Centro de Saúde de Fornos de Algodres. Ainda tempo para um momento musical com o Grupo de Cantares de Fornos de Algodres.

Esta uma iniciativa promovida pelo Grupo de Voluntariado Comunitário de Fornos de Algodres da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Exposição/Conferência “Mangualde antes do Buçaco” em Mangualde

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves vai receber, no dia 24 de maio, pelas 21h00, na Exposição/Conferência “Mangualde antes do Buçaco”. Tudo começará com a inauguração da exposição “Invasões Francesas” com a presença de João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde, da Professora Doutora Ana Cristina Araújo, da Universidade de Coimbra, e de João Carlos Alves, da AEM.

A mostra será composta por espólio do Museu Militar de Almeida, da Casa dos Buxeiros de Oliveira do Conde, miniaturas de António Andrade e de José Barros e pintura de Aires dos Santos. Conta ainda com a participação da pastelaria Café Central de Vouzela e da Licordão. Seguir-se-á a exibição do Filme/documentário “Marcas do Tempo: Mangualde antes do Buçaco” de João Carlos Alves e Miguel Marques. A temática “Uma retaguarda invisível: mulheres e espiões na 3ª Invasão Francesa”, será abordada em Conferência pela Professora Doutora Ana Cristina Araújo. O encerramento acontecerá com um momento musical, a cargo do NACO CANTAT – coro polifónico, de Oliveirinha, Carregal do Sal.

 

 

 

 

CNKartcross-Apesar das contrariedades, Alexandre Borges chegou ao fim da prova

Após os bons indicadores na prova inaugural do Campeonato de Portugal de Kartcross, Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, entrou focado em alcançar em bom resultado em Castelo Branco. Atacando forte nos treinos cronometrados, com os tempos das várias equipas a melhorarem volta após volta, averbou a quinta melhor volta, a apenas um segundo da liderança, o que antevia lutas à centésima de segundo, ao longo das três corridas de qualificação.

Partindo na primeira linha da grelha, para a corrida de qualificação um (Q1), viu-se envolvido na “habitual” carambola da primeira curva, sendo ultrapassado por alguns concorrentes, o que obrigou a um trabalho redobrado para recuperar posições. Na derradeira volta da Q1 e após mais uma recuperação, foi literalmente arremessado para fora de pista, numa nítida manobra antidesportiva por parte de outro participante e consequentemente, queda para o final da tabela classificativa.

“Após o sucedido na Q1, fui atirado violentamente para fora de pista e consequentemente, para uma posição que não me dava acesso à Final de domingo. A partir daqui foi correr atrás do prejuízo e tentar minimizar os danos na classificação. Iniciar as corridas de qualificação nas últimas linhas e ter que recuperar várias posições, não foi tarefa fácil numa pista com esta configuração, dificuldade que se acentuou volta após volta, com todo o pó que teimava em não dispersar rapidamente. Assim, o décimo lugar final, não era o resultado que ambicionávamos, mas foi o possível, face à condicionante do “incidente” na Q1”, refere Alexandre Borges.

Por:Nelasport

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar