Templates by BIGtheme NET
Home » Região (page 293)

Região

Zumba com grande adesão em Fornos de Algodres

Semanalmente, em Fornos de Alg31 zumbaodres , existem aulas de zumba para todas as idades e escalões etários, projeto que iniciou à 3ªmeses.

As aulas são lecionadas no salão dos BV Fornos de Algodres, frequentadas por mulheres que formam um bom grupo de trabalho.

Cada dia que passa , a união entre31 todas é importante, vai daí ,

que , este fim de semana, levou a efeito, um jantar , onde todas se comportaram com muita animação, estiveram presentes três diretores da AFGuarda.

Uma nova modalidade que caiu em graça com os participantes e os motivou a participarem com grau de adesão elevado.

Por :António Pacheco

 

Uma centena de participantes no Andebol4Kids

31 maio1No passado sábado, o Estádio Municipal de Mangualde acolheu o encontro inter-concelhio do projeto Andebol4Kids. A iniciativa, que contou com a participação de mais de uma centena de jovens atletas, destina-se às crianças do 1º Ciclo. O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, esteve presente na entrega dos prémios de participação.

 Para o edil mangualdense, ‘é com orgulho e satisfação que Mangualde este ano recebe e participa neste encontro inter-concelhio de andebol. Juntos, unimos esforços para que a prática desta modalidade seja uma realidade, reunindo as condições necessárias. Os equipamentos munic31 maioipais são pensados para esta realidade, para se adaptarem às diversas modalidades, aos diversos desportos, e isso é essencial nos dias de hoje. O autarca considera que ‘a aposta na atividade desportiva deve ser uma realidade de todos os municípios’. Reforçando que ‘o despertar para as diversas modalidades deve acontecer desde jovem para que a mais-valia, o gosto, a vontade, a competitividade e o espírito desportivo acompanhe o desenvolvimento dos mais pequenos’.

UM PROJETO QUE PROMOVE O DESENVOLVIMENTO  GLOBAL E HARMONIOSO DOS JOVENS

O projeto Andebol4Kids pretende fomentar o desporto jovem em geral e o Andebol em particular, de uma forma atrativa, didática e saudável, onde o maior objetivo é o desenvolvimento global e harmonioso dos jovens. A organização está a cargo da Associação de Andebol de Viseu e conta com o apoio das Câmaras Municipais de Mangualde, Viseu e Penalva do Castelo, dos Agrupamentos de Escolas de Mangualde, Penalva do Castelo, Zona Urbana de Viseu, Viso, Viseu Norte e Viseu Sul, da Associação Os Melros, do Gigantes Sport Mangualde e do Académico de Viseu.

Por:Mun.Mangualde

 

Escola de Fornos de Algodres distinguida no programa Escolas Solidárias

AF-Favicon-ES-01O programa Escolas Solidárias distinguiu hoje 35 escolas do país, entre as 346 que participaram na iniciativa que envolveu mais de 30 mil alunos e professores, anunciou hoje a Fundação EDP.
Da lista das 35 escolas vencedoras da sexta edição do programa Escolas Solidárias Fundação EDP, que terminou hoje, fazem parte escolas públicas e privadas do 2.º ciclo ao ensino secundário que se envolveram na resolução de questões sociais que atingem a sua comunidade.
Criado em 2010, o programa Escolas Solidárias é um movimento de cidadania ativa que foi criado para responder aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.
Em cada ano letivo, as escolas são desafiadas a criar projetos para melhorarem situações identificadas nas suas comunidades em áreas como a pobreza e fome, desemprego, sustentabilidade económica, educação, saúde, idosos, sustentabilidade ambiental, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas.

As escolas vencedoras foram divulgadas hoje, numa cerimónia no Teatro Camões, em Lisboa, que reuniu mais de 800 alunos e professores de todo país.
Este ano, foram desenvolvidos 532 projetos, que envolveram a participação de mais de 30 mil alunos e professores, e representaram um investimento de mais de 2,5 milhões de horas em ações com impacto direto na melhoria das condições de vida de mais de 91 mil pessoas das suas comunidades, adianta a Fundação EDP em comunicado.
Segundo a diretora de Inovação Social da Fundação EDP, Margarida Pinto Correia, este movimento nacional “tem vindo a crescer e ganhar força”, de ano para ano.
“Sentimos da parte de alunos e professores um envolvimento e uma motivação cada vez maiores para marcar a diferença e desempenhar um papel ativo na construção de uma sociedade mais equilibrada e sustentável”, afirma Margarida Pinto Correia.
Os vencedores deste ano foram as escolas básicas Dr. Francisco Sanches (Braga), Vale do Tamel (Barcelos), João de Meira, Guimarães, Ferreira de Castro (Oliveira de Azeméis), José Saraiva (Leiria), S. Tomé de Negrelos (Santo Tirso), D. Afonso IV (Ourém), as escolas básica de Rio Tinto (Gondomar), de Manteigas, Santa Bárbara (Gondomar), Fornos de Algodres, Ferreira de Castro (Oliveira de Azeméis), Virgínia Moura (Guimarães) e a escola básica de Ermesinde
Foram também distinguidas as escolas secundárias D. João II (Setúbal), Professor Doutor Flávio Pinto Resende (Cinfães), João Gonçalves Zarco, (Matosinhos), as escolas profissionais Profitecla (Coimbra), Raul Dória (Porto), Amar Terra Verde (Vila Verde), a Academia de Música de Costa Cabral (Porto), as escolas de Carvalhos (Vila Nova de Gaia) e Abel Salazar (Matosinhos).
Os colégios de Nossa Senhora da Bonança (Vila Nova de Gaia), Santa Doroteia, os externatos da Benedita, S. Miguel de Refojos, a Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, as escolas básicas de Abação (Guimarães), Miguel Torga (Amadora), o Centro Educativo Alice Nabeiro, a Escola de Formação Profissional em Turismo de Aveiro, a Didáxis – escola cooperativa e a escola D. Pedro IV (Vila do Conde) foram outros vencedores do programa.

Por:Lusa

Torneio de Futsal Feminino em Celorico foi sorteado

Neste sábado realizou-se o sorteio do Torneio de Futsal feminino a decorrer no próximo sábado, 4 de junho, no Pavilhão Gimnodesportivo de Celorico da Beira.

Aqui fica o emparcelamento e horários das equipas:0sort

 

João Matos, um keeper egitaniense singra no Padroense

Fomos conversar com um egitaniense que vai desta forma singrando no Padroense FC, trata-se de João Matos, um guarda-redes que foi formado nas escolas do NDS e que vai agora jogando num patamar diferente.

Reportagem : António Pacheco

      Magazine Serrano: Que balanço faz da sua temporada no Padroense?

João Matos: A nível coletivo, atingimos o objetivo para este ano que era a manutenjm1ção num bom lugar classificativo. Mas esse era o objetivo do clube, mas com a qualidade do nosso plantel tínhamos equipa para alcançarmos outras posições, por isso ficamos na minha opinião um pouco abaixo da nossa qualidade individual e coletiva, não é por acaso que todos os elementos da minha equipa têm mercado em clubes financeiramente mais fortes e noutras divisões. A nível pessoal, foi bom e produtivo mas obviamente que queria mais, mesmo sabendo que nesta divisão e mesmo na maioria das equipas portuguesas, seja em que divisão que for, é difícil um guarda-redes de primeiro ano (mesmo sendo o meu segundo a nível sénior) ter minutos ou jogar meia época ao nível que eu joguei, devido a falta de aposta ou simplesmente, mesmo reconhecendo valor, é mais fácil ou seguro apostar na experiência.

 

MS: Na região do Porto o futebol é muito competitivo?As equipas são muito bairristas?

JM: O futebol nesta região é muito diferente, tanto a nível competitivo, a nível de intensidade e mesmo qualidade de jogadores. Em qualquer equipa existem bons jogadores, bons treinadores ou bons métodos de treino e jogar. Existem também muitas condições quer a nível institucional, quer a nível de espaços e condições para jogar, treinar e evoluir. A região do Porto é conhecida historicamente por ser a cidade invicta, devido há coragem durante a guerra civil dos habitantes do Porto. Isso está no ADN da população, o sangue quente, a raça… Por isso tanto a maioria da massa adepta (muitas claques e adeptos a verem jogos) como a maioria dos jogadores jogam com muita raça e com uma intensidade tremenda, fazem jus aos seus antepassados.
    MS: Como encarou a saída do Distrito da Guarda?

JM: Eu saí da Guarda e do distrito da Guarda numa altura em que penso que para mim é o melhor para o futuro como jogador e como pessoa. Já tinha rejeitado muitas propostas para clubes melhores e profissionais anos anteriores, por ter “receio” de abandonar os meus pais, amigos e o meu cantinho de conforto, por isso sabia que era o meu último ano de formação e decidi dar esse passo sem olhar para trás e até agora com muito esforço, sacrifício e dedicação da minha parte, com muita ajuda dos meus pais, alguns amigos e de outras pessoas que infelizmente já não estão na minha vida, entre quais a minha segunda “mãe” que tenho e levarei para sempre no coração, esta nova vida tem corrido muito bem.

MS: Tem acompanhado o Futebol da Guarda? Como comenta esta temporada da AFGuarda?

JM: Continuo acompanhar o futebol na Guarda por curiosidade e por ter amigos a jogar ou a treinar. A nível sénior, desde já dar os meus parabéns ao Gouveia e ao Sabugal. Ao Gouveia por ter sido campeão com 25 vitórias e apenas 1 derrota e que na pjmróxima época vai representar o nosso distrito nos campeonatos nacionais. O Sabugal por ter representado de forma digna o nosso distrito esta época no campeonato nacional, e por ter estado a alguns pontos de garantir a manutenção o que seria devidamente justo pelo pouco que vi, li e me contaram. A nível de formação, os meus parabéns ao meu clube, NDS, porque vai colocar mais duas equipas no nacional, confirmando mais uma vez que é o melhor clube da Guarda há muitos para cá a nível de formação, um projeto e clube bem estruturado com pessoas muito competentes e muito profissionais, para além de ter muitos amigos e pessoas queridas lá é o clube que me “ensinou a andar” por isso terá sempre um enorme significado para mim, porque passei lá 13 anos, fui campeão em todos os escalões e participei em todos os escalões no campeonato nacional.

       MS: Quem são os seus ídolos no futebol?

JM: Os meus ídolos no futebol são Iker Casillas, Manuel Neuer, Joe Hart, David De Gea e Cristiano Ronaldo. São ídolos porque aprendi muito com eles tecnicamente e como como exemplos de superação das dificuldades.

       MS: Que projetos no futuro?

JM: Neste momento a época ainda não acabou, faltam dois jogos, por isso no futuro imediato não posso falar muito nem era correto, mas já tive algumas propostas para o próximo ano, tanto para renovar, como para ir para outro patamar nacional e competitivo.
Tenho como projeto dar passos seguros, trabalhar, dar sempre o meu melhor, dedicar-me a 110% e evoluir. Se juntar a isso tudo, qualidade e sorte, acho que conseguirei atingir o meu objectivo que é chegar há primeira liga.

       MS: Que conselho deixa aos jogadores mais jovens?

JM: Não se iludam, o que é certo hoje amanha já não é. Sonhem, sonhem muito, mas trabalhem e lutem pelos vossos sonhos. Dediquem se a 100%, aproveitem todos os momentos ou oportunidades porque na vida e no futebol raramente existem duas oportunidades ou momentos iguais, por isso mais vale dedicarmos nos e aproveitar mos as oportunidades que nos dão ou que aparecem, do que no futuro olharem para trás e pensarem que podíamos ter sido isto e aquilo. E como é óbvio conciliarem o futebol com a escola de forma igual, nem todos podemos ser jogadores ou médicos, mas todos podemos dar o nosso melhor. E acima de tudo valorizem tudo o que tem, seja comida, roupa, telemóvel, saúde, uma casa, amigos, amor de pais, etc cada vez mais no mundo em geral existe mais pobreza, tristeza e miséria.

fotos:Face JM

Dia Mundial da Criança vai acontecer em Celorico

dia da crinaça em celoricoEm  Celorico da Beira vai-se comemorar no próximo dia 1 de junho, o Dia Mundial da Criança e do Ambiente, vão ser desenvolvidas diversas iniciativas que visam prestar um verdadeiro tributo às crianças do concelho ao proporcionar-lhes um dia que se pretende inesquecível, com muita alegria, colorido e sobretudo muita brincadeira a cheirar já a férias e a verão.

Esta uma iniciativa do Município celoricense, neste dia de grande alegria para a criançada.

DECIF 16 apresentado no Concelho de Mangualde

O27 decif auditório da Câmara Municipal de Mangualde acolheu esta sexta-feira, 27 de maio, a apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais 2016 de Mangualde (DECIF). A apresentação foi conduzida pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, e contou com intervenção do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, Carlos Carvalho.

  Para o edil mangualdense, ‘é necessário estramos preparados e conhecer o que se passou no passado e pode acontecer no futuro’. Isto porque considera que ‘temos de estar preparados para sermos competentes na nossa ação’. Para João Azevedo, ‘as pessoas merecem que lhes seja apresentada a qualidade e competência destes serviços para conseguirem perceber o que fazemos no território. São forças de combate que tem de ser respeitadas’. À equipa do DECIF deixou um alerta e espera que ‘todas as equipas estejam em rede e cumpram a hierarquia de comando, para que tudo funcione devidamente’.

Na sua intervenção, o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Mangualde reforçou a importância de ‘termos uma força capaz de responder às diferentes situações que possam vir a acontecer no concelho’. E reforçou ‘nós não vivemos de forma isolada, vivemos em rede… e nós estamos aqui para dar o nosso contributo nesse sentido’. Carlos Carvalho deseja que ‘seja um ano mais tranquilo do que o ano que passou’ e afirma decif.1jpgque a população ‘pode contar com este dispositivo para tornar o concelho mais seguro’.

43 OPERACIONAIS E 11 VEÍCULOS DE COMBATE AFETOS AOS DECIF

No âmbito do dispositivo agora apresentado, estão afetos ao combate a incêndios florestais em Mangualde cerca de 43 operacionais e 11 veículos de combate ou apoio ao combate. Os meios, humanos e materiais, estão distribuídos pelos Bombeiros Voluntários de Mangualde, pela GNR, pela Proteção Civil Municipal, pelos Sapadores Florestais, entre outros agentes de proteção civil. Os kits de 1ª intervenção das Juntas de Freguesia estão disponíveis em Alcafache, Espinho, Fornos de Maceira Dão, São João da Fresta, União de Freguesias de Moimenta de Maceira Dão e Lobelhe do Mato, União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, União de Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta e União de Freguesias de Tavares.

Durante a apresentação foi destdecifacada a importância da preparação e prontidão para um período crítico, que se prevê com condições muito adversas em termos de combate aos incêndios florestais. Foi ainda referido que a segurança ocupa sempre as prioridades não descurando a missão e as estratégias necessárias para uma eficaz e eficiente gestão das ocorrências.

Por:Mun.Mangualde

 

Prazo de pagamento a Fornecedores encurta

0nelasDe acordo com informação disponibilizada pela Direção-geral das Autarquias Locais (DGAL), o Município de Nelas está efetivamente abaixo do limite máximo de endividamento legalmente permitido (12,7 milhões de euros), tendo no 1º trimestre de 2016 uma margem positiva de endividamento, estando também confirmado o grau de execução da receita do ano de 2015 em 95,95%, sendo que o prazo médio de pagamento a fornecedores se situa já em 31 de Março 2016 em 21 dias.

Boas notícias para a dinamização da economia local e regional e para a expectativa de que proximamente há condições para a revisão do Plano de Ajustamento Financeiro e redução da taxa de IMI.

Por:Mun.Nelas

Caminhar com a ISCM Fornos de Algodres

Este domingocaminh, 29 de maio, está programada a segunda edição da  Caminhada Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Fornos de Algodres.

O objetivo para além de proporcionar uma manhã de exercício e desfrutar das maravilhas da natureza, também vai ser uma forma de convívio entre os participantes.

Este evento finaliza com o almoço convívio entre todos os participantes.

Por:António Pacheco

Muito produtivo o Congresso de Futebol no IPG

27ipg Decorreu esta quinta-feira, 26 de maio, no Instituto Politécnico da Guarda, numa organização da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto do Instituto Politécnico da Guarda em parceria com a Associação de Futebol da Guarda, a Federação Portuguesa de Futebol e a Câmara Municipal da Guarda, o I Congresso de Futebol intitulado: “O treino do futebolista, um espaço de confluência entre a ciência e a prática”.
Este congresso teve como objetivo criar um espaço de partilha de conhecimento em torno de temáticas 27 ipgrelacionadas com o processo de treino do futebolista que têm assumido especial relevância na atualidade como: periodização do treino, modelo de jogo, exercício de treino, avaliação e controlo da performance, entre outros.

Por:FP

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar