Templates by BIGtheme NET
Início » Nelas

Nelas

Futsal 2ªdivisão-GD Sameiro, ABC Nelas, Gigantes de Mangualde e Cariense conheceram sorteio

Teve lugar na Cidade do Futebol, em Lisboa, o sorteio do Nacional da 2ªdivisão de Futsal, onde vão estar presentes nesta prova diversas equipas da região, GD Sameiro, ABC Nelas, Gigantes de Mangualde e Cariense, que se encontram escalonados na serie D, a ter início a 10 de outubro.

Série D
1- GCR Ossela
2- GD Sameiro
3- GD Mata
4- ACR Saavedra Guedes
5- ABC Nelas
6- UD Cariense
7- Gigantes AD Mangualde
8- CCDR Covão Lobo
9- AD Travassô
10 – Domus Nostra

1ªjornada-10 de outubro

GCR Ossela-GD Mata

CCDR Covão Lobo- ABC Nelas

UD Cariense – Gigantes AD Mangualde

ACR Saavedra Guedes-AD Travassó

Domus Nostra-GD Sameiro

1.ª jornada (10. 10. 2020): 1-3; 8-5; 6-7; 4-9; 10-2
2.ª jornada (17. 10. 2020): 3-10; 5-1; 7-8; 9-6; 2-4
3.ª jornada (24. 10. 2020): 3-5; 1-7; 8-9; 6-2; 10-4
4.ª jornada (31. 10. 2020): 5-10; 7-3; 9-1; 2-8; 4-6
5.ª jornada (07. 11. 2020): 5-7; 3-9; 1-2; 8-4; 10-6
6.ª jornada (14. 11. 2020): 7-10; 9-5; 2-3; 4-1; 6-8
7.ª jornada (28. 11. 2020): 7-9; 5-2; 3-4; 1-6; 10-8
8.ª jornada (05. 12. 2020): 10-9; 2-7; 4-5; 6-3; 8-1
9.ª jornada (12. 12. 2020): 9-2; 7-4; 5-6; 3-8; 1-10

Rede de Inovação da Agenda de Inovação da Agricultura 20|30 apresentada em Nelas

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes apresenta, dia 22 de setembro, a Rede de Inovação da Agenda de Inovação da Agricultura 20|30. Esta iniciativa conta ainda com as presenças da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, do Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, e o Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, decorre no Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão – Rua Engenheiro Alberto Cardoso de Vilhena, em Nelas, e terá início às 09h45.

AF Viseu- Resultados 2ªronda da Divisão de Honra

AF Viseu-2ªjornada–Penalva e Lamelas na frente

Teve lugar a segunda ronda do distrital da AF Viseu, Divisão de Honra, com o Penalva do Castelo a somar mais 3 pontos , diante do Molelos e o Lamelas a vencer também em M.Beira e são agora líderes isolados.

Oliveira de Frades – Sátão-1-0
Carvalhais – CD Cinfães-0-1
Carregal do Sal – Vale de Açores-2-0
Nelas – Roriz-1-1
SC.Lamego – Paivense-1-0
Nespereira – Resende-2-2
F.Aves – Mangualde-2-1
Penalva do Castelo – Molelos-3-2
Moimenta da Beira – Lamelas-0-2

Lideram: Penalva e Lamelas-6pts, seguidos de Cinfães, Ol.Frades, Resende, F.Aves e Lamego-4pts

AF Viseu- Resultados da jornada inaugural

Teve lugar na tarde deste domingo, o arranque da Divisão de Honra da AF Viseu com alguns golos, com o calor a fazer-se sentir mas de forma mais densa.

Muitos empates e apenas dois triunfos fora de portas e três caseiros, com 19 golos apontados.

Resende – CDR Moimenta da Beira-2-0
GD Mangualde – Nespereira FC-1-1
CD Cinfães -GD Oliveira de Frades-0-0
SC Vale de Açores -Carvalhais FC-0-3
ACDR Lamelas – CF Carregal do Sal-2-1
AD Sátão – SL Nelas-3-0
GDC Roriz – SC Lamego-1-1
CA Molelos – CR Ferreira de Aves-2-2
SC Paivense – SC Penalva do Castelo-0-1
Classificação
1 Carvalhais 3 1 1 0 0 3 0 +3 a
2 Sátão 3 1 1 0 0 3 0 +3 a
3 GD Resende 3 1 1 0 0 2 0 +2 a
4 ACDR Lamelas 3 1 1 0 0 2 1 +1 a
5 Penalva Castelo 3 1 1 0 0 1 0 +1 a
6 Molelos 1 1 0 1 0 2 2 0 a
7 CR Ferreira de Aves 1 1 0 1 0 2 2 0 a
8 GDC Roriz 1 1 0 1 0 1 1 0 a
9 Nespereira FC 1 1 0 1 0 1 1 0 a
10 SC Lamego 1 1 0 1 0 1 1 0 a
11 GD Mangualde 1 1 0 1 0 1 1 0 a
12 GD Oliveira de Frades 1 1 0 1 0 1 1 0 a
13 CD Cinfães 1 1 0 1 0 1 1 0 a
14 Carregal do Sal 0 1 0 0 1 1 2 -1 a
15 Paivense (V.N. de Paiva) 0 1 0 0 1 0 1 -1 a
16 Moimenta da Beira 0 1 0 0 1 0 2 -2 a
17 Vale de Açores 0 1 0 0 1 0 3 -3 a
18 Nelas 0 1 0 0 1 0 3 -3 a

 

AF Viseu- Arranque da Divisão de Honra este domingo

Vai ter lugar já neste domingo, mais uma edição do Campeonato da Divisão de honra da AF Viseu, com alguns jogos bastante interessantes.

Nesta jornada inaugural, que terá o apito inicial às 17h, com os seguintes encontros:

Resende x GDR Moimenta da Beira
G.D.Mangualde x Nespereira
Molelos x Ferreira de Aves
Paivense x Penalva do Castelo
Roriz x Sp. Lamego
Sátão x Nelas
Cinfães x Ol. Frades
Vale Açores x Carvalhais
Lamelas x Carregal do Sal

De salientar que todos os jogos são à porta fechada.

AF Guarda criou Gabinete COVID

A direção da Associação de Futebol da Guarda ciente dos constrangimentos inerentes à situação pandémica que o País atravessa ,deliberou oficializar o Gabinete COVID, composto por quatro colaboradores, pretendendo que se tornem especialistas no tema. Isto é compromisso com os nossos clubes, bem cientes do slogan com que nos candidatámos, uma AFG ao serviço dos CLUBES!
Queremos apoiar os clubes, fazendo de plataforma entre as várias entidades apoiando, esclarecendo e tentando resolver todas as questões que se relacionem com esta temática, e que têm sido muitas.
Os n/dirigentes estão a passar tempos muito difíceis, por isso temos a obrigação de os ajudar/apoiar nestas novas questões, porque defendemos que o futebol amador é a base da pirâmide do futebol. São estes dirigentes, que quase sempre “probono”, se dedicam de alma e coração a uma causa comum, substituindo-se ao Estado, arcando com todas as responsabilidades para formar/educar os jovens da sua localidade, através da prática desportiva. Os n/dirigentes são uns heróis!!! Com serenidade e esperança, acreditamos no Futuro.
O gabinete estará disponível pelo email e pelos contactos da AFG e será composto por quatro pessoas, Paulo Menano, Artur Lobão, Leandro Gonçalves e Carlos Cruz, que prestarão os esclarecimentos necessários e farão a ponte entre os clubes e as entidades oficiais, como os delegados de saúde com o propósito de esclarecermos/clarificarmos a legislação em vigor, nomeadamente a Resolução do Conselho de Ministros de 30/7 e as Orientações 30 e 36 da Direção Geral de Saúde e o Regulamento da FPF adaptado a nossa distrital.
Deixamos os contatos que poderão utilizar em caso de necessidade.
Paulo Menano: paulo.menano@afguarda.pt 918690689
Artur Lobão: gabtecnico@afguarda.pt
Leandro Gonçalves: secretaria@afguarda.pt 969 771 946
Carlos Cruz

Alexandre Borges sobe ao pódio

Com os termómetros a rondar os 38ºC, a Vila de Mação foi brindada com uma excelente prestação do piloto nelense, na Final da 4ª ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross, onde averbou, cumulativamente, o 3º lugar e a volta mais rápida, numa corrida alucinante e imprópria para cardíacos.

No entanto, nem tudo foram “rosas” para o piloto da NelaSport, que partia para esta jornada com aspirações em alcançar um bom resultado. “O meu “calvário” começou logo nos treinos livres, onde o motor do Semog Bravo começou a revelar alguma falta de potência, situação que não foi possível resolver no imediato e se voltou a repetir tanto nos treinos cronometrados, como na primeira corrida de qualificação”, confessa Alexandre Borges.

Com o problema mecânico solucionado, adivinhava-se trabalho extra para recuperar posições ao longo manhã de domingo. Mas “como uma desgraça nunca vem só”, na segunda corrida de qualificação e quando lutava pela segunda posição, um toque violento com o líder da corrida, que tinha acabado de fazer um “téte”, levou à desistência com a direção do kartcross partida. Para quem pensava que à terceira seria de vez, na última corrida de qualificação do dia, um toque na primeira curva e consequente pião, “arrumaram” a equipa para o décimo lugar da geral, bastante longe das aspirações iniciais.

Contudo, as palavras de ordem da equipa, eram determinação e persistência, em quebrar a malapata e na Final, o binómio piloto/máquina, estiveram em irrepreensíveis. “Apesar de todos os problemas do fim de semana, não baixei os braços. Estava focado em rodar nos meus limites e foi o que fiz, ou talvez me tenha até superado. Sinto que foi uma Final quase perfeita. Este 3º lugar, tem sabor a uma vitória pessoal, porque recuperar sete posições, averbar a volta mais rápida e conseguir terminar a apenas 1 segundo do vencedor, era uma tarefa quase impensável. A minha equipa merecia esta alegria depois de tantos contratempos”.

Alerta para risco de incêndios

A manutenção do risco de incêndio rural,conduz aos  Ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, do Ambiente e da Ação Climática e da Agricultura determinarem o prolongamento da Situação de Alerta em 14 distritos do Continente.

A Situação de Alerta,  prolonga-se agora até às 23h59 horas de sexta-feira, dia 11 de setembro.

Os distritos abrangidos são os de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

A Declaração da Situação de Alerta decorreu da necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio previsto pelo IPMA na maioria dos concelhos do continente nos próximos dias.

No âmbito da Declaração da Situação de Alerta, prevista na Lei de Bases de Proteção Civil, estão em vigor as seguintes medidas de caráter excecional:

1) Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;

2) Proibição da realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;

3) Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o Estado de Alerta Especial de Nível Laranja pela ANEPC;

4) Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a qualquer tipo de maquinaria, com exceção dos associados a situações de combate a incêndios rurais;

5) Proibição de realização de trabalhos nos demais espaços rurais com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroçadores e máquinas com lâminas ou pá frontal.

A proibição não abrange:

1) Os trabalhos associados à alimentação e abeberamento de animais, ao tratamento fitossanitário ou de fertilização, regas, podas, colheita e transporte de culturas agrícolas, desde que as mesmas sejam de carácter essencial e inadiável e se desenvolvam em zonas de regadio ou desprovidas de florestas, matas ou materiais inflamáveis, e das quais não decorra perigo de ignição;

2) A extração de cortiça por métodos manuais e a extração (cresta) de mel, desde que realizada sem recurso a métodos de fumigação obtidos por material incandescente ou gerador de temperatura;

3) Os trabalhos de construção civil, desde que inadiáveis e que sejam adotadas as adequadas medidas de mitigação de risco de incêndio rural.

A Declaração da Situação de Alerta implica, entre outros aspetos:

A) A elevação do grau de prontidão e resposta operacional por parte da GNR e da PSP, com reforço de meios para operações de vigilância, fiscalização, patrulhamentos dissuasores de comportamentos e de apoio geral às operações de proteção e socorro que possam vir a ser desencadeadas, considerando-se para o efeito autorizada a interrupção da licença de férias e a suspensão de folgas e períodos de descanso;

B) O aumento do grau de prontidão e mobilização de equipas de emergência médica, saúde pública e apoio psicossocial, pelas entidades competentes das áreas da saúde e da segurança social, através da respetiva tutela;

C) A mobilização em permanência das equipas de Sapadores Florestais;

D) A mobilização em permanência do Corpo Nacional de Agentes Florestais e dos Vigilantes da Natureza que integram o dispositivo de prevenção e combate a incêndios, pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I. P., através da respetiva tutela;

E) A realização pela GNR de ações de patrulhamento (vigilância) e fiscalização aérea através de meios da Força Aérea, nos distritos em estado de alerta especial do SIOPS, para o DECIR, incidindo nos locais sinalizados com um risco de incêndio muito elevado e máximo.

F) A dispensa de serviço ou a justificação das faltas dos trabalhadores, do setor público ou privado, que desempenhem cumulativamente as funções de bombeiro voluntário, salvo aqueles que desempenhem funções em serviço público de prestação de cuidados de saúde em situações de emergência, nomeadamente técnicos de emergência pré-hospitalar e enfermeiros do Instituto Nacional de Emergência Médica, I. P., nas forças de segurança e na ANEPC.

A par da emissão de avisos à população pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil sobre o perigo de incêndio rural, a Força Aérea – através do Ministério da Defesa Nacional – tem disponibilizado os meios aéreos para, em caso de necessidade, estarem operacionais nos locais a determinar pela ANEPC.

GNR- Atividade operacional das últimas 12 horas

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de ações policiais, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 31 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 19 por condução sob o efeito do álcool;
  • 7 por condução sem habilitação legal;
  • 3 por ofensa à integridade física
  • 1 por tráfico de estupefacientes
  1. Apreensões:
  • 24,15 de liamba.
  • 21,2 doses de haxixe;
  • 1,7 de Cocaína;
  • 0,93 heroína.
  1. Trânsito:

Fiscalização372 infrações detetadas, destacando-se:

  • 244 por excesso de velocidade;
  • 45 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 36 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 14 relacionada por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 11 relacionado por falta ou incorreta de cinto de segurança e/ou sistema retenção para crianças;
  • Nove por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • Seis por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Sinistralidade: 36 acidentes registados, destacando-se:

  • 2 feridos graves;
  • 9 feridos leves.

Pré – temporada- GD Mangualde vence Canas Senhorim por 2-1

A pré temporada vai decorrendo da melhor forma, com as equipas a cumprir todas a normas da DGS e lá vão realizando aprontos.

Assim, o Canas de Senhorim e o GD Mangualde realizaram duas  partidas, com dois triunfos para os mangualdenses..

foto:GDM

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar