Templates by BIGtheme NET
Home » Nelas (page 2)

Nelas

Centro de Portugal atraí milhares de visitantes na Páscoa

Este fim de semana de Páscoa vai ser extremamente positivo para a atividade turística no Centro de Portugal. Um inquérito feito às unidades hoteleiras e de turismo rural, conduzido pelo Turismo Centro de Portugal, mostra que as taxas de ocupação estão muito altas, havendo dezenas de espaços completamente lotados.

Os dados, recolhidos até ao dia 28 de março, indicam que, na globalidade do Centro de Portugal, as taxas de ocupação serão de 70% na sexta-feira e 66% no sábado. A procura é particularmente intensa nas sub-regiões da Beira Baixa e da Beira e Serra da Estrela, com taxas de ocupação que rondam, respetivamente, os 90% e os 80%. A esta elevada procura não será alheio o forte nevão que cobriu a Serra da Estrela de branco por estes dias, e que convida à prática de desportos de inverno ou a simples passeios em família para ver a neve.

Mas não é apenas a neve a levar milhares de visitantes ao Centro de Portugal neste fim de semana, uma vez que outras sub-regiões registam elevadas taxas de ocupação. A Região de Coimbra e a Região de Aveiro, por exemplo, registam uma taxa superior a 75% na sexta-feira e a Região Viseu Dão-Lafões aproxima-se dos 70%.

Muito significativo é o fato de, num universo de 220 respostas, o inquérito ter registado 47 empreendimentos já lotados, para sexta-feira e sábado. Sinal de que o Centro de Portugal continua a atrair cada vez mais visitantes, que procuram experiências diferentes e enriquecedoras!

Por:TC

Ligações remodeladas entre Mangualde e Nelas

Tiveram início, esta semana os trabalhos de requalificação de duas antigas ligações entre as Carvalhas e Outeiro de Espinho e Fonte do Alcaide e Gandufe, transformando-as em dois estradões, com seis metros de largura, melhorando as acessibilidades e a faixa de proteção contra fogos florestais.

As obras resultam de um entendimento entre a Junta de Freguesia de Senhorim e a Junta de Freguesia de Espinho e as Câmaras Municipais de Nelas e Mangualde. Esta obra conta com a parceria da empresa Azurmáquinas, que cedeu para o efeito gratuitamente uma máquina giratória, e com a colaboração dos proprietários dos terrenos, cabendo às entidades envolvidas uma comparticipação nos custos da requalificação.

Por:Mun.Nelas

Proteção Civil emite alerta de mau tempo

No seguimento do contato com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) realizado nesta terça-feira, 13 de Março, pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), prevê-se, para amanhã, 14MAR18, o agravamento das condições meteorológicas, com ocorrência de precipitação, intensificação do vento, queda de neve e agitação marítima (em toda a orla costeira):
  • quarta-feira (14MAR) prevê-se a ocorrência de precipitação, vento forte (ao longo do dia) e queda de neve a partir da cota dos 1800 metros, diminuindo (a partir da tarde) para a cota dos 1000 metros, nas regiões Centro e Norte.
  • A precipitação acumulada poderá atingir 30 mm entre as 00:00 e as 12:00 e 40 mm nas 12 horas seguintes, especialmente a Norte do Tejo.
  • O vento pode atingir rajadas máximas de 100 km/h, podendo ser pontualmente superior nas zonas mais expostas e/ou elevadas.
  • Amanhã (14MAR) espera-se agitação marítima forte, estando previsto que, a partir das 15:00, as ondas sejam de oeste/noroeste e atinjam uma altura de 4 a 5 metros (em toda a costa), situação que se poderá prolongar até à manhã do dia 16MAR (sexta-feira).
Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt
2. EFEITOS EXPECTÁVEIS
Face à situação descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
· Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;
· Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, devido a acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
· Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas mais vulneráveis;
· Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
· Danos em estruturas montadas ou suspensas;
· Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais mais vulneráveis;
· Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;
· Possíveis acidentes na orla costeira;
· Fenómenos geomorfológicos originados por instabilidade de vertentes devido à perda da consistência por saturação dos solos em água;
· Obstrução de vias de circulação por queda de árvores, deslizamento ou desabamento de terras, pedras ou outras estruturas;
3. MEDIDAS PREVENTIVAS
A ANPC recorda a necessidade de serem adotados comportamentos adequados, designadamente nas zonas mais vulneráveis, pelo que se divulgam as principais medidas de autoproteção para estas situações:
· Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirar inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criarem obstáculos ao livre escoamento das águas;
· Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;
· Colocar correntes de neve nas viaturas sempre que se circular em áreas cobertas por neve e/ou gelo;
· Evitar atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas e/ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
· Garantir a adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
· Ter especial cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, mantendo atenção à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento forte;
· Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando a circulação e permanência nestes locais;
· Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima;
· Evitar a circulação e permanência nas terras altas onde as rajadas de vento sejam fortes ou muito fortes;
· Manter-se atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.
Por:ANPC

AF Viseu- Resultados e classificação da divisão de honra

Nova ronda da divisão de honra visiense com a turma do Lamego a vencer fora de portas o Resende por duas bolas a uma e lidera isolado.

Moimenta da Beira – Penalva Castelo -1-1
Paivense – Vouzelenses -5-1
Carregal do Sal – Lamelas-2-2

Resende – SC Lamego -0-2
Silgueiros -Sampedrense -0-0
Nespereira – Molelos -0-0
Castro Daire – Mangualde-2-0

Classificação após 20 jornadas

1 SC Lamego —–44
2 Sampedrense –42
3 Sátão                   36
4 Penalva Castelo 36
5 Castro Daire      34
6 M. da Beira       33
7 Paivense            31
8 Lamelas           30
9 C.. do Sal         25
10 Nespereira    24
11 Silgueiros      23
12 Resende        23
13 Molelos      18
14 GDC Roriz 16
15 Vouzelenses 15
16 Mangualde 5

Ministro Tiago Brandão Rodrigues vai estar em Nelas

Nesta sexta-feira, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues  desloca-se a Nelas para assinalar a comemoração da Semana Nacional do Plano Nacional da Leitura, um programa lançado em 2006 e que constitui uma resposta institucional à preocupação com os níveis de literacia da população em geral e, em particular, dos jovens.

Durante a visita, o Ministro marcará presença nas Jornadas “Ler o Mundo no Séc. XXI: impressões e desafios” que se integram no ELOS- Festa Literária de Nelas, este ano com o tema Terra Queimada, Palavra Semeada. Aproveitando este mote, caberá a Tiago Brandão Rodrigues dar a partida à iniciativa “Canteiro das Palavras”, que consistirá em escrever, numa folha especial com sementes, uma mensagem literária semeando assim um compromisso comunitário de cuidar e tratar das palavras semeadas.

Numa organização conjunta do Município de Nelas, da Rede de Bibliotecas, Agrupamentos de Escolas de Nelas e de Canas de Senhorim e Fundação Lapa do Lobo, realiza-se entre 7 a 10 de março,  a Festa Literária do Concelho com um extenso rol de atividades, desde encontros de autores, conferências, teatro, exposições, sessão de contos, cinema, oficinas, atividades de leitura, jantar literário e um mercado de troca de livros- Livra-te,  que vão certamente fomentar a descoberta e o prazer pelo livro e pela leitura.

Por:MN

Atenção com aparelhos de calor no inverno

Para sua segurança siga estes conselhos e transmita-os aos seus pais e avós:

– Evite dormir próximo dos equipamentos de aquecimento;
– Proteja devidamente a lareira para que não se torne um foco de incêndio;
– Se utilizar lareiras, braseiras, salamandras ou equipamentos a gás mantenha a correta ventilação das divisões de forma a evitar a acumulação de gases prejudiciais à saúde;
– Afaste os aquecedores de móveis;
– Não seque a roupa nos aquecedores;
– Não abandone velas acesas ou mal apagadas;
– Evite sobrecargas – não ligue demasiados aparelhos na mesma tomada, principalmente os de elevado consumo.

Taça Sócios de Mérito da AF Viseu-1/8 final -Resultados

Algumas surpresas nesta eliminatória da Taça,

Penalva do Castelo- Moimenta da Beira- 0-1

Lamego- Ciências -4-1

Lamelas – Roriz – 1-1 GP 5-6

Nespereira- V. Chã de Sá- 3-0

Tarouca – Silgueiros- 1-2

Oliv.Frades- Carregal do Sal- 1-0

Castro Daire – Sampedrense- 0-3

Moimenta Dão- Vale Açores- 0-6

Turistas espanhóis são os que mais visitam Centro de Portugal

O interesse dos turistas estrangeiros em visitar o Centro de Portugal disparou em todos os mercados durante o ano de 2017. Essa é a conclusão que se retira da análise dos dados preliminares do INE (Instituto Nacional de Estatística), relativos à proveniência dos visitantes no ano passado, e que dão conta de 1,40 milhões hóspedes estrangeiros na região, correspondentes a 2,76 milhões de dormidas.

De acordo com os dados, que se reportam aos 10 países de onde tradicionalmente chegam mais turistas (e que deixam de fora o turismo de habitação, o turismo em espaço rural e o alojamento local), Espanha continua a ser o principal mercado emissor, o que naturalmente se explica pela proximidade e facilidade de acesso. Em 2017, o Centro de Portugal registou 656,6 milhares de dormidas provenientes do país vizinho, o que representa um aumento de 11,6% em relação a 2016. Em número de hóspedes, os espanhóis foram 322,5 mil, mais 14,9% que no ano anterior.

É entre os países mais distantes que, no entanto, se notam maiores acréscimos de visitantes para a região entre 2016 e 2017. Dos Estados Unidos, por exemplo, chegaram mais 69,1% de hóspedes (73,4 mil no total), responsáveis por mais 81,8% de dormidas (141,8 mil). Do Brasil, vieram mais 43,2% de hóspedes (133,2 mil) e mais 40,0% de dormidas (203,0 mil). Crescimentos também muito significativos são os registados nos mercados de Itália (mais 46,4% de hóspedes e 75,3% de dormidas), Irlanda (mais 72,0% de hóspedes e 98,0% de dormidas) ou Reino Unido (mais 24,6% de hóspedes e 28,8% de dormidas).

Nos restantes países analisados, nota-se também um crescimento muito acentuado de visitantes de Alemanha (mais 18,3% de hóspedes e 19,8% de dormidas). A fechar a lista estão Bélgica (mais 6,7% de hóspedes e 3,7% de dormidas), França (mais 5,9% de hóspedes e 7,0% de dormidas) e Holanda (mais 0,6% de hóspedes e 2,2% de dormidas).

Em número absoluto de visitantes, Espanha lidera esta lista de 10 países, com uma quota em 2017 de 11,6% – ou seja, mais de 11% dos turistas que visitaram o Centro de Portugal foram espanhóis. Seguem-se França (6,3%), Itália (3,9%), Brasil (3,6%), Alemanha (2,9%), EUA (2,5%), Reino Unido (2,0%), Holanda (1,0%), Bélgica (0,9%) e Irlanda (0,8%).

Merece igualmente destaque o forte crescimento de visitantes dos países que não integram esta lista de 10 mercados tradicionalmente analisados pelo INE. Na globalidade, os números de “outros estrangeiros” evoluíram 38,2% em hóspedes e 48,5% em dormidas. A quota de “outros estrangeiros” é já de 13,2%, isto é, superior à de espanhóis.

O mercado asiático, em particular, está a crescer de forma acentuada. Embora, neste caso, ainda só haja dados analisados até setembro, é evidente a importância. De janeiro a setembro de 2017, houve 47,9 mil dormidas de sul-coreanos no Centro de Portugal – mais do que alguns dos 10 países tradicionais! Japoneses foram 23,1 mil e chineses (mercado com potencial enorme de crescimento) 13,4 mil.

Uma última nota para referir que 2017 foi o ano em que o total de visitantes estrangeiros no Centro de Portugal mais se aproximou do número de visitantes nacionais: foram 1,4 milhões de hóspedes estrangeiros e 1,8 milhões de hóspedes portugueses.

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o Centro

Recorde-se que o ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro de Portugal. Os resultados preliminares do INE contabilizaram um crescimento consolidado da região em todos os indicadores analisados: dormidas, hóspedes e proveitos da atividade.

De acordo com os dados do INE, entre janeiro e dezembro de 2017, registaram-se 5.654.683 dormidas no Centro de Portugal, o que representa um crescimento de 14,52% em relação ao total de 2016, que tinha sido de 4.937.900. Refira-se ainda que o Centro de Portugal cresceu o dobro da média nacional, uma vez que as dormidas no país aumentaram em média 7,35%.

Turismo Centro de Portugal vai estar na BTL 18

O Turismo Centro de Portugal vai ter o seu stand do Turismo Centro Portugal – Destino Convidado BTL 2018, na FIL, em Lisboa, de 28 fevereiro a 4 de março.
Durante os cinco dias em que dura a mais importante feira de turismo do país, o Turismo do Centro será protagonista de várias iniciativas, que decorrerão no seu stand. Além dos momentos de animação e de divulgação, a cargo das comunidades intermunicipais, empresas e instituições da região, permitimo-nos destacar as apresentações de projetos estruturantes, como são o “Portugal Outdoor Alliance” (dia 28/02); a estratégia de promoção da Região de Turismo EUROACE (dia 1/03); o Festival Internacional de Filmes ART&TUR 2018 (dia 1/03); o projeto Lugares Património Mundial (dia 2/03); ou o projeto CREATOUR (dia 2/03), entre outros. Destacamos também a assinatura do protocolo de colaboração entre o Instituto do Emprego e Formação Profissional e o Turismo Centro de Portugal, no dia 1/03.

Assumirão igualmente grande importância, noutros espaços, a assinatura do protocolo TCP/APAVT “Turismo Centro de Portugal – Destino convidado APAVT 2018”, no stand da APAVT (dia 28/02); uma receção a hosted buyers, no BTL Village (dia 28/02); a apresentação da edição da revista “Up”, da TAP, de homenagem a Aveiro, no stand da TAP (dia 1/03); ou a iniciativa Meet Up Coimbra, no BTL Village (dia 1/03).

Pode descarregar a programação final e completa do stand do Turismo do Centro, que ocupa uma área nobre da Bolsa de Turismo de Lisboa, neste link:

Programação (em formato pdf)

Por:TC

5º Seminário de Empreendedorismo em Nelas

Ministro da Economia, Dr. Manuel Caldeira Cabral presente

Nesta quarta-feira,dia 21 de fevereiro, o Município de Nelas recebe a visita do Ministro da Economia, Dr. Manuel Caldeira Cabral, no âmbito da realização do 5º Seminário de Empreendedorismo, organizado pela Câmara Municipal de Nelas.
Esta 5ª edição, cujo tema é “MAIS E MELHOR EMPREGO”, conta com uma sessão inaugural de uma reunião de “NETWORKING – Business Network International”, conduzida pelo grupo de empresários constituintes do “BNI Viseu”, que trabalha com o objetivo de reforçar relações e procurar novas oportunidades de negócio.
No primeiro painel, inteiramente dedicado ao Turismo e contando com o apoio do Turismo de Portugal no âmbito do Empreendedorismo, será explanada uma caracterização do território interior enquanto território cheio de oportunidades e será desenvolvida a apresentação, a conceção e a implementação de projetos territoriais.
Posteriormente,  Ministro da Economia irá proceder à inauguração da empresa “PUREVER INDUSTRIAL SOLUTIONS: Innovative Clean Rooms”, seguindo-se um outro painel, integrando novamente nomes importantes da área, sendo inteiramente dedicado às “Oportunidades PT2020” para as empresas dos territórios afetados pelos incêndios de 2017, aos níveis do investimento e do emprego, com a apresentação do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E).
A sessão de encerramento conta a apresentação do tema “Melhor empresa para trabalhar – melhor comunidade para construir!”, onde serão distinguidas uma personalidade e uma empresa, consideradas um exemplo a seguir nesta temática.
O evento decorrerá no auditório do edifício multiusos de Nelas, sendo uma iniciativa de caráter gratuito. É aberta a toda a população, tendo especial enfoque na participação de empresas, de instituições, de jovens e futuros empresários, dos diversos setores económicos.
Por:Mun.Nelas

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar