Templates by BIGtheme NET
Home » Nelas (page 2)

Nelas

Sub-15 Feminino-AF Guarda e AF Viseu derrotadas no penúltimo dia

Assim no penúltimo dia , a AF Guarda na liga de Prata saiu derrotada perante a AF Coimbra por cinco bolas a zero.

A AF Viseu também saiu derrotada na penúltima ronda, na Liga de Bronze, perante AF Évora, por três bolas a uma.

Para o derradeiro dia, a AF Guarda, joga na Liga de Prata, para o 3ºe 4º lugares, frente à AF Horta e AF Viseu joga na Liga de Bronze a disputa com AF Castelo Branco.

4.º dia de competição | 11 de abril | quinta-feira
Liga Ouro (Apuramento do 1.º ao 8.º)
AF Viana do Castelo 0-1 AF Braga (Jogo 5)
AF Setúbal 1-4 AF Lisboa (Jogo 6)
AF Portalegre 2-3 AF Leiria (Jogo 7)
AF Algarve 1-2 AF Ponta Delgada (Jogo 8)

Liga Prata (Apuramento do 9.º ao 16.º)
AF Beja 4-2 AF Horta (Jogo 5)
AF Coimbra 5-0 AF Guarda(Jogo 6)
AF Aveiro 1-1 (2-0 gp) AF Madeira (Jogo 7)
AF Porto 2-1 AF Vila Real (Jogo 8)

Liga Bronze (Apuramento do 17.º ao 21.º)
AF Bragança 3-1 AF Santarém (Jogo 5)
AF Évora 3-1 AF Viseu (Jogo 6)
AF Viseu 3-0 AF Bragança  (Jogo 7)
AF Santarém 2-1 AF Castelo Branco (Jogo 8)

5.º dia de competição (jogos de classificação) | 12 de abril | sexta-feira
Liga Ouro
 (Apuramento do 1.º ao 8.º)
10h30: AF Portalegre – AF Algarve (7.º e 8.º lugares)
10h30: AF Leiria – AF Ponta Delgada (5.º e 6.º lugares)
12h00: AF Viana do Castelo – AF Setúbal (3.º e 4.º lugares)
12h30:  AF Braga – AF Lisboa FINAL

Liga Prata (Apuramento do 9.º ao 16.º)
9h00: AF Madeira – AF Vila Real (7.º e 8.º lugares) (Jogo 9)
9h00:AF Aveiro – AF Porto (5.º e 6.º lugares) (Jogo 10)
10h30: AF Horta – AF Guarda (3.º e 4.º lugares) (Jogo 11)
10h30: AF Beja – AF Coimbra(Final) (Jogo 12)

Liga Bronze (Apuramento do 17.º ao 21.º)
9h00 – AF Castelo Branco x AF Viseu (Jogo 9)
9h00 – AF Bragança x AF Évora (Jogo 10)

NelaSport no Kartcross

Naquele que poderia ser quase um troféu ibérico, Lousada abriu as hostilidades do Campeonato de Portugal de Kartcross – 2019, com uma armada de pilotos espanhóis a juntarem-se à nata do kartcross nacional. Num leque tão vasto de pilotos e equipas, quem não passou despercebido, foi o piloto da NelaSport, o nelense Alexandre Borges, que teve um fim de semana quase perfeito, face à sua regularidade ao longo das três corridas de qualificação e domínio quase perfeito na final, mas que teve um desfecho inglório na última volta, onde seguia destacado em primeiro lugar, mas que na passagem pela Joker Lap, viu o seu Semog ficar literalmente atolado na lama, em resultado do dilúvio que se fez sentir ao longo da tarde de domingo.

“Foi uma prova com um misto de emoções muito forte. Estava bastante motivado e determinado em lutar por um bom resultado, nesta prova de abertura do campeonato. Mesmo com condições climatéricas adversas ao longo do fim de semana, consegui nas três corridas de qualificação, terminar sempre a minha série, em segundo lugar, o que me permitiu conquistar a pole position para a final. Na derradeira e mais importante corrida, a final, e com o piso bastante degradado, após as finais do ralicross, consegui segurar a liderança desde a primeira volta e paulatinamente fui ganhando terreno para o segundo classificado, deixando a passagem obrigatória pela Joker Lap, para a última volta. Apesar das adversidades do estado do piso, tudo estava a ser perfeito, até que chegou a última volta e entro para a Joker Lap, sem arriscar, visto que tinha uma boa margem para o meu perseguidor mais direto, mas a quantidade de lama era de tal forma grande, que foi impossível controlar o kartcross e fiquei completamente atolado na lama. Foi um balde de água fria, não queria acreditar no que tinha acabado de acontecer, mas as corridas são assim, até à bandeira de xadrez, tudo pode acontecer”, desabafa com um natural ar de desalento, Alexandre Borges. “Um agradecimento muito especial a todos os meus patrocinadores, equipa e amigos, que foram incansáveis ao longo deste fim de semana. Agora é tempo de pensar já na próxima prova, agendada para os dias 11 e 12 de maio, em Castelo Branco”.

Resultados da 26ªronda da Divisão de Honra da AFViseu

Luta pela subida ao rubro

Decorreu a 26ªronda da Divisão de Honra da AFViseu, com a turma do Castro Daire ainda na frente, após triunfo sobre o Canas de Senhorim já despromovido.

Canas de Senhorim e Sampedrense despromovidos à 1ªdistrital

Vale de Açores 1-0 Moimenta da Beira
Lamego 4-0 Silgueiros
Nespereira 0-1 Sátão
C. do Sal 1-1 ACDR Lamelas
Castro Daire 1-0 Canas Senhorim
Sampedrense 2-1 Tarouquense
Resende 1-2 Mortágua
F.. de Aves 3-2 Paivense

CLASSIFICAÇÃO

1 Castro Daire 57
2 Mortágua 55
3 Ferreira de Aves 54
4 Carregal do Sal 42
5 Resende 39
6 Paivense 39
7 Sátão 38
8 Lamelas 33
9 Vale de Açores 31
10 Tarouquense 31
11 Silgueiros 31
12 M… da Beira 29
13 Lamego 28
14 Nespereira FC 28

15 Sampedrense 16
16 Canas Senhorim 10

AFViseu- CA Molelos subiu e Mangualde está a um passo

Ronda 21- 1ªdivisão- sul

Jogou-se mais uma ronda da 1ªdistrital da AF Viseu, com o CA Molelos, orientado por João Lage, vencer o Nelas e carimbar o passaporte para a Divisão de honra, já o Mangualde ficou a um passo do play off da subida, dado que vai receber o Nelas na derradeira ronda e nesta ronda venceu pela margem mínima em Vila Chã de Sá.

Resultados:

Sl Nelas 0 – 1  Ca Molelos
Sc Nandufe 2 – 3 Moimenta Dão Fc
Besteiro Fc 1 – 1 Sc Santar
Os Ciências –Vale Madeiros Benfica
Sport Cabanas Viriato Benfica 1 – 3  Gd Santacombadense
Vila Chã Sá  0 – 1  Gd Mangualde
Lidera:CA Molelos e Mangualde 55pts

Alexandre Borges, presente na prova inaugural do Campeonato

A prova inaugural do Campeonato de Portugal de Kartcross, chega após um interregno de sensivelmente cinco meses, o Eurocircuito da Costilha, em Lousada, recebe já no próximo fim de semana de 6 e 7 de abril.

Apesar da vida profissional não ter libertado muito tempo, para preparar afincadamente este regresso à competição em 2019, a equipa da NelaSport, não quis deixar de estar presente nesta prova de abertura em Lousada, através do seu piloto Alexandre Borges.

“Não tive o tempo que desejaria para poder treinar e preparar esta prova, no entanto estamos motivados para dar o nosso melhor. Esta primeira prova, é sempre uma incógnita em termos de resultados, pois não sabemos até que ponto foi a preparação das várias equipas, contudo já tive a oportunidade de verificar, que vários pilotos se reforçaram com viaturas novas, para a presente época. Infelizmente o nosso budget, não permite este tipo de investimento, pelo que continuaremos a nossa evolução ao volante do nosso Semog Bravo, que já conta com duas épocas nas nossas mãos. Apenas posso garantir, que tal como sempre, darei o meu melhor em pista”.

 

Feira Ibérica de Turismo (FIT) de 2 a 5 de maio

Turismo de Interior em destaque na FIT 2019

  Na tarde desta segunda feira, na Câmara Municipal da Guarda, teve lugar a apresentação da Feira Ibérica de Turismo (FIT) que é o maior certame de Turismo no Interior do país e nesta edição.

Nesta sexta edição,  o enfoque é justamente o Turismo de Interior, tema de destaque na FIT 2019 que quer realçar os territórios de baixa densidade como destino turístico de excelência pela sua singularidade e autenticidade. A Guarda, a meio caminho entre Lisboa e Madrid, volta a ser a capital do Turismo Ibérico, entre 2 e 5 de maio, tendo como destino convidado, nesta edição, a Província de A Coruña (Galiza, Espanha). A Província irá participar desenvolvendo a sua mais recente campanha de promoção territorial sob o slogan “Coruña Like”. Ferrolterra, A Coruña e as Mariñas, as Terras de Santiago, a Costa da Morte, a Ría de Muros e Noia e a Ría de Arousa Norte são alguns dos destinos propostos por esta bela região galega. Nesta edição há expositores e entidades de todos os quadrantes da Península Ibérica: de norte a sul e de este a oeste. A FIT conta com participações desde Silves no Algarve à Corunha na Galiza, ou desde o Pico nos Açores a Ávila no extremo da região de Castilla y León. Vão estar representadas mais de 500 entidades, entre: Regiões de Turismo, Hotéis, Agências de Viagem, Termas, Municípios, Associações de Municípios, Comunidades Intermunicipais, Empresas ligadas ao Desporto de Aventura e da área da Tecnologia, Gastronomia, Organismos Oficiais, Turismo de Natureza e Enoturismo.

A feira realiza-se desde 2014 e continua em pleno crescimento, recordamos que a 1ª edição contou com 4 000 m2 de área coberta e em 2019 estão previstos perto de 11 000 m2. De referir também o crescimento no número de visitantes. Se em 2014 a FIT recebeu cerca de 20 000 visitas, na sua última edição, em 2018 perto de 35 000 visitaram o certame ibérico. Tal como nas edições anteriores, a Feira conta com uma área de restauração diversificada onde se encontra também o Palco FIT; uma área destinada a apresentações, uma zona Lounge e uma outra destinada à imprensa.

Os principais objetivos da FIT são promover o setor do turismo ibérico, fomentar o intercâmbio transfronteiriço, estimular o relacionamento comercial e o progresso dos vários setores e segmentos da economia e, consequentemente, o desenvolvimento dos territórios. A Guarda tem uma localização privilegiada na península ibérica, sendo por isso uma plataforma estratégica para a realização de um certame desta natureza. A feira tem vindo a afirmar-se como uma plataforma transfronteiriça no panorama ibérico dos eventos ligados ao Turismo, uma oportunidade singular de divulgação, promoção, captação e desenvolvimento de fluxos turísticos e de valorização dos recursos.

Pedro Siza Vieira na inauguração

A FIT é inaugurada oficialmente no dia 2 de maio, às 17h00, pelo ministro-adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, no Parque Urbano do Rio Diz, recinto habitual do certame, mas a abertura ao público será um pouco antes, ao início da tarde, pelas 15h00. Os bilhetes para a feira estarão à venda no local. Nesta edição, o ingresso diário custa 2 euros e o geral – para os quatro dias – custa 5 euros. As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Para além da oferta turística variada, o público que visita a feira poderá ainda usufruir de um programa diversificado que contempla concertos, showcooking, provas gastronómicas, demonstrações, entre muitas outras propostas. Paralelamente ao programa da feira decorrerão também atividades complementares organizadas pelos expositores. A Feira Ibérica de Turismo é uma organização da Câmara Municipal da Guarda.

Fotos:MG

4.ª Edição do “Elos – Festival Literário de Nelas 2019”

Terminou,  4.ª Edição do “Elos – Festival Literário de Nelas 2019”, com a realização de um atelier de Reciclagem de Papel e construção de livro por Lia Alvadia e participação do Teatro Habitus e da ContraCanto, Associação Cultural, no Mercado Municipal. À noite, o Auditório Maria José Cunha, na FLL, encheu, com uma plateia atenta e entusiasta, para Descobrir Camilo.

A sessão iniciou com as boas-vindas de Rui Fonte, coordenador da Biblioteca da FLL, seguido de umas breves palavras do Dr. Carlos Torres, Presidente da Administração da FLL, e do Dr. Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, que encerrava, assim, o “ELOS – Festival de Literário”, ao mesmo tempo que dava o mote para o espetáculo: “Descobrir Camilo”, dos Vítor Blue. Música e poesia, no seu estado puro, legítimo, belo. A terminar, as sábias palavras do Prof. Doutor Carlos Mota Cardoso, um Camiliano de excelência.

Por:MN

Eduardo Cabrita apadrinha apresentação da nova Plataforma de Emergência e Proteção Civil Intermunicipal

Vai ter lugar a apresentação pública da nova Plataforma de Emergência e Proteção Civil Intermunicipal, desenvolvida pelas Comunidades Intermunicipais (CIM) Viseu Dão Lafões e Região de Coimbra, que se realiza na próxima sexta-feira, 22 de março, pelas 14h30, na Quinta do Vale Minhoto, em Tondela, já ser presidida por Eduardo Cabrita, Ministro da Administração Interna.

Participam também na cerimónia Rogério Mota Abrantes, Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, e João Ataíde, Presidente da CIM Região de Coimbra.

Segundo Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, “uma das virtudes deste projeto assenta no facto de dois territórios terem desenvolvido uma plataforma tecnológica comum de apoio ao planeamento e gestão de riscos no âmbito da proteção civil que permitirá aos agentes terem informação de qualidade de forma agregada”.

Refere ainda que a plataforma prevê também “o envolvimento e participação das principais entidades e agentes de proteção civil, localizados nos 33 municípios integrantes das referidas Comunidades Intermunicipais, uma vez que está preparada para apoiar, em tempo real, as operações e a tomada de decisão das equipas de proteção civil e das forças de segurança em momentos de resposta a fenómenos de emergência”.

Jorge Brito, Secretário Executivo intermunicipal da Região de Coimbra, destaca que “a implementação integrada da plataforma no território das duas comunidades intermunicipais permite uma interoperacionalidade inédita neste vasto território da Região Centro do país, tanto na prevenção de catástrofes como nas decisões críticas da ação da proteção civil intermunicipal das duas NUT III do centro do país”.

Acrescenta que “tendo em conta o aumento dos riscos, nomeadamente devido às alterações climáticas, estamos a implementar esta ferramenta tecnológica de apoio à decisão na prevenção de catástrofes – que por natureza não se atêm a fronteiras -, disponibilizando informação em tempo real aos municípios e agentes da proteção civil da Região de Coimbra e Viseu Dão Lafões

CDS quer saber qual vai ser a redução tarifária nos municípios das CIM Beiras e Serra da Estrela e da Beira Baixa

Os deputados do CDS-PP Hélder Amaral, Patrícia Fonseca, João Rebelo e Ana Rita Bessa questionaram  as Comunidades Intermunicipais das CIM Beiras e Serra da Estrela e da Beira Baixa no sentido de saber quais os Municípios que têm transportes públicos, qual vai ser a redução tarifária em cada um Municípios e que investimento representa esta redução para cada um deles.

O Governo anunciou esta semana que o Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART) nos transportes públicos vai atingir os 116 M€, com as autarquias a colocarem 12 M€, mais do que o inicialmente previsto.

De acordo com o Ministro do Ambiente e da Transição Energética, além das duas Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto, 23 Comunidades Intermunicipais (CIM) fizeram propostas para aplicação das verbas.

Por sua vez, o Primeiro-Ministro afirmou, em declarações a órgãos de comunicação social, que não é verdade que a redução tarifária seja exclusiva de Lisboa ou do Porto, e respetivas áreas metropolitanas, mas que se trata de um programa nacional ao qual aderiram todas as CIM.

O Primeiro-Ministro garantiu mesmo que em 18 CIM haverá, já a partir do próximo dia 1 de abril, redução nos tarifários dos respetivos títulos de transporte, o que, afirmou, significa que 85% da população portuguesa poderá beneficiar desta redução de tarifários.

“Oficina do Óscar – Projeto P.A.I.S.” em Nelas

A “Oficina do Óscar – Projeto P.A.I.S.” abriu as portas ao público mais pequenino, bebés dos 6 meses aos 3 anos, neste sábado, durante a tarde, na Biblioteca Municipal de Nelas, com lotação esgotada, onde apresentou uma nova sessão intitulada de “PapilÓscar”, um misto de histórias, sons e cores que surpreendem, capazes de transportar miúdos e graúdos, para um mundo de fantasia, num ambiente repleto de ternura e de cumplicidade familiar, dinamizado pelo Óscar e os seus amigos.

Baseado nos princípios da proximidade, interatividade e estímulo sensorial, o “PapilÓscar” explora o universo dos alimentos através da cor e textura dos vegetais e frutos, bem como dos sons de diversos utensílios de cozinha e sensações que provocam, conferindo-lhe um conceito inovador na sensibilização e promoção da adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Pela “Oficina do Óscar” já passaram 640 alunos do 1º CEB dos Agrupamentos de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas, 53 famílias, 80 alunos do 2º ciclo da Escola EB 2.3 de Nelas e 353 seniores provenientes de diversos pontos do país no âmbito do Turismo Sénior do Inatel, que viveram momentos agradáveis e divertidos, com “as mãos na massa” para a preparação dos deliciosos Óscaritos e sumos naturais, que têm feito as delícias dos pequenos grandes Chefs de cozinha, e que vai ser testemunhada durante o corrente mês de março, até final do ano letivo, pelas crianças dos jardins de Infância do Concelho.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar