Templates by BIGtheme NET
Home » Nelas (page 20)

Nelas

Centro de Saúde de Nelas passa a ficar aberto até às 24 horas

014nA Câmara Municipal de Nelas informa a população que no âmbito do acompanhamento regular e apoio administrativo, logístico e médico, dos cuidados de saúde prestados à população do Concelho de Nelas, que reuniu com a Senhora Coordenadora da Unidade de Saúde Familiar (USF Estrela do Dão a funcionar no Centro de Saúde de Nelas), tendo obtido a garantia de que os serviços se encontram atualmente em funcionamento regular, encontrando-se abertos todos os dias úteis das 08h00 às 24h00, sendo das 20h00 às 24h00 como prolongamento de horário todos os dias e das 8 às 24 horas todos os sábados, domingos e feriados.

A Câmara Municipal de Nelas, não obstante a prestação de cuidados de saúde ser responsabilidade primeira da Administração Central a quem cabe suportar todos os recursos para o efeito, continuará atenta e disponível para manter e melhorar com todos os profissionais de saúde, de forma discreta mas eficaz, a qualidade ao nível da excelência dos serviços que a população precisa e merece.

Por:MN

Artigo de opinião—-A Gaguez e a Terapia da Fala!

tfA Gaguez e a Terapia da Fala!

– Sucintamente, qual a relação entre dois conceitos?

– Quais os mitos associados à gaguez?

Quando se suspeita que uma determinada criança apresenta uma gaguez, é essencial determinar se se trata de um período de disfluências ou se já apresenta sinais característicos de uma gaguez.

A maioria das crianças lida bem com a gaguez mas existem situações específicas, no seu futuro académico ou mesmo a nível social, em que tal não irá suceder, como por exemplo a leitura em voz alta, a apresentação oral de trabalhos ou até mesmo falar ao telemóvel.

A Terapia da Fala foca-se na identificação dos comportamentos associados à gaguez, na aprendizagem de estratégias de relaxamento, no controlo respiratório e na alteração do padrão de fala. Todos estes passos vão permitir a modificação voluntária da gaguez e tornar mais fáceis todos as situações referidas anteriormente.

É crucial que a criança com gaguez se sinta confortável e confiante quando fala, pelo que o interlocutor deverá ser um bom ouvinte. Como é importante que se potencie um ambiente construtivo que promova a fluência, de seguida apresentam-se algumas estratégias que pode adotar:

  • Aceita as disfluências no decorrer do discurso;
  • Mostrar interesse na conversação;
  • Não interrompa nem complete as palavras/frases da criança;
  • Não transpareça que a fala da criança o preocupa;
  • Sirva de modelo e para isso fale pausadamente e de forma descontraída.

Quando os pais e familiares sentem que algo não está dentro do esperado, ficam naturalmente preocupados e assustados. Antes de tentar ajudar é muito importante que deixe de lado as ideias falsas sobre a gaguez. Os mitos em torno desta patologia são muitos e também são muitas as pessoas que os tomam como adquiridos! Este tipo de crenças para além de não corresponderem à verdade, podem ter um impacto negativo na evolução da gaguez.

Saiba aqui quais os mitos mais comuns na nossa população. Ficar informado não custa! J

  • A pessoa gagueja porque apanhou um susto!
  • A gaguez começou devido à rigidez/exigência em casa! ­
  • A gaguez desaparece com o tempo!
  • O stress, a ansiedade e a baixa autoestima causam gaguez!
  • Dar indicações à pessoa com gaguez como “calma”, “falar devagar” ajudam a aumentar a fluência!
  • Quem gagueja é menos inteligente!

Lembre-se que existem técnicos qualificados para intervir e ajudar a criança a falar de uma forma mais fluente e a sentir-se mais confiante nas suas competências comunicativas. Por isso, em caso de dúvidas consulte um Terapeuta da Fala.

Por:Ana Carolina Marques -Terapeuta da Fala –APSCDFA

 

 

 

Certificados de conclusão referentes a quatro projetos promovidos no Concelho foram entregues

1 nelas 10Foram entregues nesta segunda -feira, dia 10 de outubro, na presença de representantes do IPDJ- Instituto Português do Desporto e Juventude, Natália Mendes e Irene Ferreira, os certificados de conclusão referentes a quatro projetos promovidos no Concelho por quatro jovens dinamizadores: Marcelo Costa, Mónica Couto, Pedro Fidalgo e Tânia Correia.

Inseridos no Programa de Ocupação de Tempos Livres promovido pelo IPDJ, estes projetos foram aprovados e dinamizados por quatro jovens, com a duração de 3 meses e total de 396 horas, em diferentes áreas de intervenção sociocultural, nomeadamente a “WebRádio da Universidade Sénior, “Inclusão Digital na Universidade Sénior”, “Minha Vida, Minha História – Livro de Autobiografias da Universidade Sénior” e “Pôr os Idosos a Pensar – Programa de Estimulação Cognitiva na IPSS – Fundação Lopes Fonseca”.

Os projetos, que foram financiados pelo IPDJ e desenvolvidos em parceria com a Câmara Municipal de Nelas, surgiram com o intuito de proporcionar ao público sénior atividades de combate à solidão e exclusão social, promovendo simultaneamente o envelhecimento ativo.

Por:MN

 

Festa do Ramo da Vindima em Santar

2visitaCentenas de pessoas participaram ontem, dia 9 de outubro, na Festa do Ramo da Vindima, uma das mais antigas tradições que assinala o fim da época das vindimas na Vila de Santar promovida pela ACI- Associação Cultural e Informativa “Os Amigos de Santar”, em co-organização com a Câmara Municipal de Nelas e com a União de Juntas de Freguesia de Santar-Moreira.
A tarde teve início o habitual cortejo, devidamente acompanhado pela Sociedade Musical 2 de Fevereiro – Banda de Santar e pelo GDCR “Os Santarenses”, com passagem na Casa de Santar, Quinta do Sobral e Paço dos Cunhas, local que acolheu o Concerto Musical com o artista João Gentil e Convidados, num espectacular concerto que juntou acordeão, bateria e voz de Joana Leal.

Após a entrega dos Troféus “Ramo da Vindima 2016”, José Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, felicitou os envolvidos na realização deste evento, nomeadamente a ACI “Os Amigos de Santar” por toda a dinâmica e esforço demonstrado ao longo destes anos em reativar uma das mais marcantes tradições locais e organizar anualmente este evento, que homenageia os antepassados, a Vila Vinhateira de Santar, o Concelho e, claro, o nosso Vinho do Dão e toda a Região.

Nelas celebrou durante a semana o Dia Internacional do Idoso

idosoO Dia Internacional do Idoso  foi celebrado esta semana em Nelas, na Biblioteca Municipal de Nelas, numa iniciativa da Câmara Municipal.

Com objetivo de promover uma velhice ativa e participativa, de modo a evitar a solidão e o isolamento, foi um momento de animação e de encontro entre toda a população sénior proveniente das oito Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho (IPSS’S), com o tema “O Fio da Vida”, dinamizado pelos animadores sócio – culturais da Autarquia.

A atividade, que começou nesta segunda-feira, finalizando esta sexta feira,7 de outubro,  contou com a participação do Centro de Dia do Folhadal, Fundação Lopes da Fonseca, Lar de Idosos Padre Domingos, Lar de Idosos S. Miguel, Santa Casa da Misericórdia de Santar, Centro Paroquial de Vilar Seco – Centro de Dia, Residencial S. Domingos de Algerás e Casa de Repouso “A Família”.

O Presidente da Câmara, José Borges da Silva marcou  presença nesta nobre iniciativa, tendo deixado algumas palavras de apoio e incentivo a todos os envolvidos no sentido de se dar continuidade sempre com a mesma alegria a estas práticas efetivas de solidariedade e respeito Social, agradecendo igualmente a todos os profissionais dedicam a sua vida aos cuidados dos nossos idosos, reforçando a forte rede social existente no nosso concelho.

O Dia Internacional do Idoso, que tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população mais idosa, foi instituído em 1991 pela ONU (Organização das Nações Unidas) e é comemorado anualmente no dia 1 de outubro. Neste dia, é particularmente importante relembrar que a responsabilidade social vai além do trabalho desenvolvido pelas instituições no terreno, e que deveria ser um desígnio de todos desencadear novas ações, sistemáticas e diversificadas, ao encontro das necessidades e expetativas da comunidade (sénior).

Por:MN

1000 euros de apoio por cada criança que nasça no Município de Nelas

Young pregnant women in third trimester smiling and looking at camera

Incentivo à Natalidade e à Adoção no Município de Nelas

Foi já publicado na 2.ª Série do Diário da República o Regulamento de Incentivo à Natalidade no Município de Nelas, está em vigor a desde o dia 5 de outubro, pelo que as crianças nascidas ou adotadas a partir desta data (inclusive) e que cumpram as condições gerais de atribuição constantes do Regulamento, já poderão beneficiar dos apoios previstos.

No que respeita aos custos-benefícios que decorrerão da implementação do apoio à natalidade, estima-se o apoio anual a cerca de 100 famílias, sendo 75% do incentivo despendido no comércio local, fomentando-se ao mesmo tempo a economia do Concelho.

Este projeto surgiu sob proposta do Presidente da Câmara Municipal, na sequência do cumprimento de mais um dos seus compromissos eleitorais em 2013, foi aprovado por unanimidade em Reunião desta Câmara Municipal de 08 de junho de 2016, com continuação em 14 de junho de 2016 e reunião de Câmara de 31 de agosto.

O “Regulamento de Incentivo à Natalidade e à Adoção no Município de Nelas” tem por base o incentivo à natalidade no concelho, a fixação e melhoria das condições de vida de jovens famílias e dos recém-nascidos, e impulsionar a economia local, princípios fundamentais para a formação de uma comunidade mais justa, solidária e para a criação de um território socialmente mais apelativo para viver, residir e trabalhar.

São beneficiários os munícipes ou agregados familiares residentes no Concelho no mínimo há 12 meses contínuos, contados da data do nascimento da criança, e que estejam recenseados numa das freguesias do Concelho, desde que preencham as condições gerais de atribuição constantes no Regulamento.

Fixação de pessoas é o objetivo

O montante a atribuir a cada criança será de 1.000,00€ (mil euros), efetuado através do reembolso de despesas efetuadas em qualquer local até ao valor de 250,00€ (duzentos e cinquenta euros) durante o primeiro ano de vida da criança ou primeiro ano da adoção, e do reembolso de despesas até ao valor de 750,00€ (setecentos e cinquenta euros), durante o primeiro ano de vida da criança ou primeiro ano da adoção, efetuadas em estabelecimentos comerciais na área do Município de Nelas, mediante apresentação de documentos comprovativos da realização da despesa em bens e/ou serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento da criança, nomeadamente frequência de creche ou similar, consultas médicas, medicamentos, artigos de higiene, puericultura, mobiliário, equipamento, alimentação, vestuário e calçado.

O pedido de atribuição do incentivo é apresentado no Serviço de Ação Social da Câmara Municipal de Nelas, mediante preenchimento de requerimento/formulário próprio que ocorrer até noventa dias úteis contados a partir da data do nascimento ou adoção da criança.

Mais uma medida de apoio social e de combate ao envelhecimento da população que acresce às diversas políticas de ação e desenvolvimento social que têm sido levadas a cabo pelo Município, nomeadamente no que diz respeito à criação de emprego, ao apoio a estratos socais desfavorecidos em matéria de apoio em obras na habitação, à existência de tarifários especiais de água, saneamento e resíduos para famílias.

Por:MN

 

 

 

 

 

 

Dois dias da Viagem Medieval com milhares de visitantes

canasMilhares de pessoas visitaram Canas de Senhorim durante os dois dias da Viagem Medieval, 1 e 2 de outubro passado, vivenciando a magia da recriação da época, marcada por momentos únicos e de muita animação, onde não faltou música, dança, teatro e a gastronomia medieval.

A Viagem Medieval abriu as suas portas na tarde de sábado com a presença do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, do Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva e do Presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, Mário Pires, seguindo-se visita às Associações Locais presentes, Comerciantes e Artesãos, tendo deixado uma palavra de agradecimento a todos os participantes, movimento associativo, Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim, professores, alunos e pais pelo esforço e empenho de todos os envolvidos que permitem que este acontecimento permaneça vivo desde 1993.

No Centro Histórico de Canas de Senhorim os visitantes tiveram a oportunidade única de recuar no tempo, vários séculos atrás, e viver o verdadeiro clima medieval, num fim de semana recheado de diversos momentos de animação, que incluíram malabarismos, demonstrações e desfiles de grupos medievais, torneios, aves, teatro, danças do ventre, venda de bens da época, entre muito mais.

Um dos momentos altos do programa foi a já habitual Ceia Medieval servida nos Claustros da Casa da Família Abreu Madeira pelo Grupo Coral “Canto e Encanto”, de Canas de Senhorim, que reuniu cerca de 120 pessoas trajadas a rigor que se mostraram deliciadas com iguarias de outros tempos, acompanhadas com vinhos aromáticos e momentos musicais.

Esta 24º edição da Viagem Medieval terminou com um saldo bastante positivo, resultado da co-organização entre a Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, Câmara Municipal de Nelas, Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim, Fundação da Lapa do Lobo.

Por:M.N.

 

 

 

Apoio às associações em Nelas aumentou

nelas1O Município de Nelas vai atribuir durante o ano de 2016 ao movimento associativo do Concelho um apoio financeiro superior a 517 mil euros. A este montante acresce todo o apoio logístico (recursos humanos e materiais), instalações municipais (estádios, pavilhão, piscinas, auditórios, etc) e transportes (rede de quatro autocarros e outras viaturas que foi possível manter em funcionamento).

O referido montante financeiro é 132% superior ao valor atribuído no ano de 2013, que se ficou pela quantia de 222 mil euros. O Associativismo Desportivo constituirá 34% do total, representando 174 mil euros, valor que comparativamente ao ano anterior teve um incremento de 38%, e relativamente à época desportiva 2013/2014 um aumento de 98%.

Na cerimónia de atribuição dos apoios e assinatura dos protocolos (viabilizados em deliberação da Câmara), o Presidente da Câmara realçou a possibilidade que as finanças municipais já garantirem este maior apoio potencial cumprindo a sua responsabilidade.

Esta medida insere-se no Compromisso Municipal de enriquecimento das actividades culturais, recreativas e desportivas, nestas em particular, nas que promovem o desporto nas crianças e jovens, num enquadramento de equilíbrio e sustentabilidade das finanças municipais.

Por:MN

 

Ensino Pré-escolar com aulas no meio aquático

nelas trnsForam recentemente assinados os Protocolos de Colaboração estabelecidos entre a Câmara Municipal, Agrupamentos de Escolas e Estabelecimentos de Ensino Privado, direcionados a todos os alunos do Ensino Pré-escolar, no âmbito projeto desportivo “Crianças em Movimento”, sob orientação pedagógica dos técnicos do Serviço de Desporto da Autarquia.

Os alunos dos 3 aos 6 anos dos Agrupamentos de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas, do Centro Social e Paroquial de Canas de Senhorim – Jardim de Infância “Girassol”, do Centro Paroquial de Vilar Seco, do Centro Paroquial de Nelas- Jardim de Infância “Malmequer” e do Jardim Escola João de Deus vão usufruir de aulas semanais de natação- adaptação ao meio aquático, bem como de expressão lúdico – motora (esta somente para os alunos dos Agrupamentos de Escolas do Concelho).

O projeto “Crianças em Movimento” pretende dar continuidade à política desportiva que tem vindo a ser anualmente desenvolvida. Neste sentido, o Município realiza o transporte das crianças para os locais das atividades, bem como disponibiliza recursos humanos e materiais, às cerca de 350 crianças abrangidas.

Esta medida insere-se no Compromisso Municipal de apoiar atividades de natureza social, cultural, educativa, desportiva, recreativa, incluindo aquelas que contribuem para a promoção da saúde.

Por:MN

 

 

Período crítico de incêndios florestais para 2016 alargado

Até 15 de outubro0mesq

Em virtude das temperaturas que continuam elevadas e a ausência de precipitação em Portugal Continental, o período crítico de incêndios florestais para 2016, durante o qual vigoram medidas especiais de defesa da floresta contra incêndios, foi prorrogado até 15 de Outubro.

Reforça-se que durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido fumar, fazer lume ou fogueiras, fazer queimas ou queimadas, lançar foguetes e balões de mecha acesa, fumigar ou desinfestar apiários, fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés, entre outras limitações.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar