Templates by BIGtheme NET
Home » Nelas (page 30)

Nelas

Universidade Sénior de Nelas cria Web Rádio

us nelasO dia 30 de Junho 2016 vai ficar na história da Universidade Sénior de Nelas com o início de emissão da Web Rádio deste projeto educativo e social criado em 2014/2015 para todo o Concelho de Nelas.

A Web Rádio da Universidade Sénior de Nelas (http://radiouniversidadeseniordenelas.blogspot.pt/) tem como objetivo principal contribuir para o desenvolvimento do meio onde se insere, visando um maior sentimento de pertença e de valorização pessoal dos munícipes, particularmente dos séniores e respectivas famílias do Concelho de Nelas.

O facto de os nossos séniores serem da Geração Rádio (pré TV, Internet e Telemóveis) faz com que este seja um canal de maior proximidade, apelando a um saudosismo e nostalgia “daquela altura”. É, ao mesmo tempo, o veículo de integração e partilha no mundo atual, em que uma casa, um lar, volta a ser um espaço de partilha com quem está perto ou longe, basta para isso um computador e acesso à internet.

A solidão e a exclusão social podem assim ser combatidas num formato que lhes é querido, familiar e atual ao mesmo tempo, unindo gerações. A oportunidade de ser ouvido em larga escala potencia uma partilha conscienciosa e activa dos saberes tão preciosos acumulados ao longo da vivência de cada um dos alunos da Universidade Sénior.

Este projeto surge de uma ideia no seio dos colaboradores da Universidade Sénior e encontra-se nesta fase de lançamento a ser protagonizado por uma jovem licenciada a Comunicação Social, do Concelho de Nelas, Mónica Couto que aproveitando a afinidade de estar integrada nesta equipa de voluntários apresentou uma candidatura ao IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, o qual foi aprovado e tem a duração de 3 meses, estando inserido no programa de Ocupação dos Tempos Livres – Longa Duração.

Por:Mun.Nelas

 

 

Lançamento da 1ª Pedra da Construção da Nova ETAR de Nelas

ETAR3 O Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva, procederam, no passado dia 24 de Junho, Dia do Município, ao Lançamento da 1ª Pedra da Construção da Nova ETAR de Nelas, o maior investimento municipal já alguma vez realizado no Concelho, num projeto co-financiado por Fundos do Portugal 2020 e Fundo de Coesão, financiamento garantido no novo quadro comunitário de apoio (PO SEUR – Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) que orça 4,3 milhões de euros.

Durante a cerimónia, o Presidente da Câmara apresentou também a Estratégia Ambiental do Concelho para os próximos 10 anos, relativamente à cobertura integral e manutenção de uma rede de ETAR’S em todas as freguesias, novo sistema de abastecimento de água (com a construção de um depósito de 4000 m² e implementação de programa de gestão informática) e aproveitamento dos rios ETAR2Dão e Mondego. Numa referência ao historial industrial da Região, o Presidente frisou ainda o papel que o Concelho de Nelas tem desempenhado na implementação de uma vasta e forte cultura industrial, resultando na criação de empregos e infra-estruturas que têm criado melhores condições de habitabilidade para todos os munícipes. Com esta obra, a Câmara Municipal de Nelas responde positivamente ao Compromisso Ambiental assumido no início do mandato do atual executivo, resolvendo, de forma concreta, questões ambientais prementes e proporcionando ao Concelho uma situação ambientalmente sustentável. Aliada esta obra, o Concelho de Nelas dá, assim, mais um passo em frente para crescer enquanto núcleo de investimento de novas empresas e, potenciando o turismo e economia local.

Dirigindo-se aos presentes, o Ministro do Ambiente frisou a importância deste projeto uma vez que o trabalho desenvolvido para o tratamento de águas e de saneamento tem sido notório nos benefícios para o bem-estar das populações e do ambiente. João Pedro Matos Fernandes reiterou ainda que é indispensável gerir com rigor a rede de águas pluviais e na necessidade de unir esforços para levar a bom porto a construção de infra-estruturas que valorizem o meio ambiente. Numa alusão às preocupações ambientais que assolam hoje o planeta, o Ministro referiu ainda a necessidade de mudar comportamentos, valorizar as regiões e tomar medidas de políticas de proximidade territoriais, do qual a Câmara Municipal de Nelas é um excelente exemplo. ETAR4

O encerramento da Cerimónia foi marcado pela atuação do Coro dos Alunos Universidade Sénior de Nelas, no âmbito da disciplina de Expressão Musical, e pelo lançamento de 200 balões pelos alunos das Escolas dos Bombeiros Voluntários de Nelas e de Canas de Senhorim, um acto simbólico de sensibilização para um ambiente mais limpo e um Concelho mais amigo do ambiente, com mais qualidade de vida e na vanguarda do que se verifica em termos regionais e nacionais.

De destacar que esta nova ETAR de Nelas terá capacidade para tratar nos próximos 20 anos todos os esgotos domésticos da vila e freguesia (constituída por Nelas, Algerás e Folhadal) e os oriundos das empresas instaladas na Zona Industrial de Nelas, a norte, e na Zona Industrial do Chão do Pisco, a poente, com pré tratamento e que será construída na envolvente da atual ETAR II de Nelas, tratando assim uma população equivalente a 14.600 pessoas, sendo que os efluentes provenientes das zonas industriais são um equivalente a 8.000 domésticos. A construção, quer da ETAR, quer das estações elevatórias que a vão servir, vai acontecer durante este ano e o próximo, prevendo-se a entrada de funcionamento em abril de 2017.

Por;Mun.Nelas

 

Milhares de visitantes no Fornos de Algodres Youth Cup Daral Seguros 16

IMG_9335Futsal Planet, Cracks Lamego, Repesenses, Fiães , Sporting CP e SL Benfica foram os grandes vencedores

Neste fim de semana, Fornos de Algodres recebeu centenas de atletas e milhares de visitantes para assistir ao Fornos de Algodres Youth Cup /Daral Seguros 2016.

Estiveram em prova mais de quatro dezenas de equipas, oriundas de vários pontos do País, ao qual se juntou o Futsal Planet da vizinha Espanha.

Foi uma prova emocionante, onde neste dois dias, desde atletas, técnicos e pais viveram intensamente cada jogo, uma nota a salientar foi o grande espírito de entre ajuda dos pais.

Na tarde de domingo, esteve presente o Secretário de Estado da Juventude  e do Desporto Dr.João Paulo Rebelo, que elogiou este torneio, mostrando-se satisfeito com a grande moldura humana que esta localidade das beiras registou neste fim de semana.

Por sua vez, o Presidente do Município Dr.Manuel Fonseca mostrou-se satisfeito , considerando uma aposta ganha, sendo fruto do grande trabalho desenvolvido ao longo destes últimos anos, é já uma referência nacional e internacional, consegue trazer cerca de oitocentos  miúdos , e dinamizá-los num fim de semana, mas também a  economia local tem muito a ganhar com este evento quer na vertente da  hotelaria , quer na restauração.

Cada jogo era vivido com grande intensidade, com jovens  a lutar pelo melhor lugar, até ao  final do torneio, deste modo deixamos os vencedores, que no escalão de Traquinas A e B, alcançaram a vitória, Sporting e Benfica respeIMG_9997tivamente.

No segundo posto ficaram ambas equipas do Oliveirense, no terceiro posto, FC Porto Dragon Force e Cracks  Lamego.

Na quarta posição ficaram Fundação Laura Santos e Dínamo CE, seguiu-se para o quinto lugar com Viseu 2001 e Académica, por fim na sexta posição, AD Fornos e Anadia.

No escalão de Benjamins A e B as equipas vencedoras foram Fiães e  Repesenses, no segundo posto ficaram Tocha e Varzim, em terceiro lugar ficaram FC Porto Dragon Force e Futsal Planet , no quarto lugar Oliveirense e Benfica de Castelo Branco.

No quinto lugar Sporting CP e SL. Nelas e na sexta posição ficaram a ADFA e Penafiel.

Nos Infantis A e B as equipas vencedores foram Futsal Planet e Cracks  Lamego, seguiu-se no segundo lugar a Académica de Coimbra e a Oliveirense. IMG_9826

Em terceiro lugar ficaram os Repesenses e Aguiar da Beira, em quarto Varzim e Tabuense , no quinto lugar NDS e Fiães.

No sexto posto Viseu Benfica e ADFA, já no escalão de Petizes todas as equipas inscritas acabaram por realizar os seus jogos da melhor maneira.

Neste torneio como habitualmente acontece estiveram os padrinhos:Candeias, Luisinho, Rui Miguel e Bosingwa.

Em suma, todos estavam satisfeitos como este evento foi organizado, no entanto  salientam-se pequenos erros dos jovens árbitros mas no compto geral, desta prova o objetivo principal foi cumprido, que era promover o convívio entre todos os atletas.

Este é um torneio que vai de ano para ano crescendo a olhos vistos, logo o grau de responsabilidade aumenta para que tudo no final corra de forma positiva.

Por:António Pacheco

 

 

 

 

Instituições de Nelas reúnem com Telmo Antunes do CDSS Viseu

cdssTelmo Antunes, Presidente do Centro Distrital da Segurança Social de Viseu, esteve recentemente no Salão Nobre dos Paços do Concelho reunido com o Presidente da Câmara de Nelas e com os representantes das IPSS’S (Instituições Particulares de Solidariedade Social), que, juntamente com os Presidentes de Junta de Freguesia de Nelas, Canas de Senhorim, Carvalhal Redondo/Aguieira, Lapa do Lobo, Santar/Moreira e Senhorim, tiveram oportunidade de expor a realidade da rede social do Concelho, novos projetos e as suas principais preocupações.

O Presidente da Câmara Municipal de Nelas enalteceu todo o trabalho social que as oito IPSS’S do Concelho têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos, destacando o seu papel relevante na resposta aos inúmeros problemas sociais com que se confrontam diariamente, referindo também as importantes medidas sociais tomadas pelo Câmara, como a criação do Cartão Sénior Municipal, Universidade Sénior, Banco Local de Voluntariado e Rede de Cuidadores Informais, adiantando ainda que, face ao aumento da esperança média de vida da população e crescimento económico do Concelho, surge a necessidade de alargar esta rede social, tendo em vista a criação de três novas respostas sociais, nomeadamente em Carvalhal Redondo (sendo que projeto já foi aprovado), em Senhorim e  em Canas de Senhorim.

Telmo Antunes, Presidente do Centro Distrital da Segurança Social de Viseu, reforçou a importância da colaboração entre os agentes sociais- Segurança Social, IPSS’S e Câmara Municipal e Juntas de Freguesia- tendo em conta as necessidades primordiais de intervenção social, comunicando as principais preocupações e as áreas de necessidades mais prementes, com especial destaque para as respostas ligadas à deficiência.

O dia prosseguiu com a visita à casa e ao jardim Dr. Almeida Henriques em Vila Ruiva, na Freguesia de Senhorim, local onde se prevê a requalificação do edifício para Centro de Dia e Apoio Domiciliário nesta Freguesia. O almoço convívio realizou-se no Centro Social  e Paroquial de Canas de Senhorim, seguindo-se uma visita ao Centro de Dia do Folhadal, onde decorria a tradicional sardinhada acompanhada pela atuação musical do Grupo Coral da Universidade Sénior que animou todos os presentes, proporcionando um ambiente de salutar convívio e bem-estar.

Mun.Nelas

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE NELAS CELEBRARAM HOJE O SEU 96.º ANIVERSÁRIO

0bvnelas Esta sexta-feira comemorou-se um marco importante na história da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Nelas.
Para assinalar esta data, o dia iniciou-se com o hastear da Bandeira, seguindo-se um desfile apeado, condecorações a Bombeiros, bênção de 4 veículos de socorro e missa, terminando com romagem ao Cemitério de Nelas para homenagem aos Bombeiros, Directores e Associados já falecidos.
As cerimónias contaram com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silv0bvnelas1a, que entregou um cheque no valor de 20.000 €, um apoio fundamental para garantir toda a dinâmica e desenvolvimento desta Corporação. O Presidente congratulou também esta Associação pelo papel relevante que tem desempenhado na sociedade ao longo dos anos, dando os parabéns a todos os elementos que constituem o sistema vivo desta Organização. O dia prolongou-se com um almoço convívio entre todos, em ambiente de festa, boa disposição e partilha de excelentes momentos.

Por:Mun.Nelas

Nelas vai-se candidatar a apoios comunitários para as ARU´S

23jnelasFoi nesta sexta-feira,  23 de Junho, aprovada, por unanimidade, a delimitação de quatro ARUS (Áreas de Reabilitação Urbana), sendo a ARU de Nelas, Canas de Senhorim-Urgeiriça, Santar-Casal Sancho e Caldas da Felgueira, em  Reunião de Câmara Extraordinária.

 Tal delimitação da área urbana a incluir nesse instrumento de gestão territorial é fundamental para que a Câmara Municipal possa recorrer a Fundos Comunitários, inscritos no Aviso da PT 2020, PORegional, que se encontro aberto num montante de 70 milhões de euros para 69 Concelhos da Região Centro, sendo expectável que ao Município de Nelas venha caber uma verba para reabilitação urbana, em termos de intervenção pública, no valor entre 1 milhão e 1 milhão e meio de euros, apresentando, no entanto, a Câmara Municipal uma candidatura no valor de aproximadamente 5 milhões de euros, valor esse a prever já um reprogramação de fundos comunitários e reforço de verbas.

O essencial de intervenção urbana, naquilo que é denominado por PARU (Plano de Ações de Regeneração/Reabilitação Urbana) centra-se na requalificação de ruas e praças e também no reforço das condições de uma Casa das Artes em Nelas, um Multiusos em Canas de Senhorim, um Centro de Artes do Vinho e do Espaço em Santar (CAVE) e da melhoria da zona ribeirinha das Caldas da Felgueira.

A constituição das ARU’s, para além do investimento público, implicará também um quadro de benefícios fiscais e recurso a financiamentos em condições favoráveis para reabilitação de prédios degradados por parte de particulares e empresas, benefícios fiscais esses que serão posteriormente definidas em Assembleia Municipal por proposta da Câmara, mostrando-se o Presidente der Câmara e todos os Vereadores disponíveis para constituir mais uma ARU que abranja todo o Município de Nelas, de forma a que todos os munícipes e empresas tenham as mesmas oportunidades de recorrer a Fundos e incentivos fiscais e o possam fazer em condições de igualdade. Para além da discussão em Reunião de Câmara, o Presidente fez anteceder a delimitação das ARUS de Discussão Pública que se realizou em final de Abril, início de Maio, tendo incorporado na proposta todas as sugestões efetuadas.

Mais um instrumento de gestão territorial e recursos a financiamentos comunitários que garantem o futuro do Concelho e o bem-estar das populações.

Por:Mun.Nelas

 

 

 

Municípios vão receber parte do IVA cobrado na sua região

edAs câmaras municipais vão passar a ter uma nova fonte de receitas. O Governo vai reformular a Lei das Finanças Locais para permitir que as autarquias passem a receber uma parte do IVA cobrado nos seus territórios, anunciou esta tarde o ministro Eduardo Cabrita.

As câmaras municipais vão passar a receber uma parte do Imposto de Valor Acrescentado que for cobrado nos respectivos territórios. O anúncio foi feito esta terça-feira no Parlamento pelo ministro adjunto, Eduardo Cabrita, que remete essa nova fonte de receitas para a alteração da Lei das Finanças Locais que vai ser levada a cabo pelo Governo. As câmaras municipais passarão a ter uma “participação directa no IVA gerado em cada concelho”, antecipa Eduardo Cabrita.

Esta possibilidade já estava prevista no Programa do Governo. O documento já previa uma “alteração das regras de financiamento local, de modo a que o financiamento das autarquias não só acompanhe o reforço das suas competências, mas permita convergir para a média europeia de participação na receita pública”. Uma das medidas que estava prevista era, precisamente, uma participação de “base territorial” no IVA.

Esta terça-feira, em audição na Comissão de Ambiente e Poder Local, o ministro Eduardo Cabrita explicava que o processo de descentralização que o Governo tem em curso “exige uma nova Lei das Finanças Locais”, que aumente “o equilíbrio entre a perequação e a participação na formação de receitas próprias”. Actualmente, as câmaras recebem 19,5% do bolo total do IRS, IRC e IVA. Recebem, adicionalmente, 5% do IRS cobrado aos seus munícipes, bem como os restantes impostos municipais, como IMI ou IMT.

A ideia é que, a partir da revisão da Lei das Finanças Locais, comecem a receber uma parte do IVA gerado no seu território.
Já em 2013, António Costa, ainda na qualidade de presidente da câmara de Lisboa, defendeu que as câmaras recebessem 2% de todo o IVA. Esta proposta é um pouco diferente: cada município participará directamente no imposto que for gerado no seu território, numa percentagem que não foi divulgada, mas que beneficiará as maiores câmaras.

Nova Lei das Finanças Locais deve chegar em 2017

 E como é que os autarcas recebem esta novidade? À partida, com entusiasmo. “Como princípio acho muito interessante”, diz ao Negócios o vice-presidente da Associação Nacional de Municípios (ANMP), José Ribau Esteves. Porém, “é necessário verificar o quadro global em que a proposta se insere”, alerta o também presidente da câmara de Aveiro.

Eduardo Cabrita nada disse sobre o calendário em que será feita a revisão da Lei das Finanças Locais, que foi alterada pela última vez –a quinta – em 2013. Porém, segundo explica Ribau Esteves ao Negócios, isso deverá acontecer em 2017. “O Governo assumiu o final deste ano para apresentar uma proposta e para a negociar com a ANMP”, conta. O processo legislativo será para desenvolver “no primeiro semestre de 2017”, para publicar a lei antes das autárquicas.

Fundo de Apoio Municipal “morre” sem ajudar quase ninguém

Também o Fundo de Apoio Municipal vai sofrer mudanças, que vão já estar previstas no Orçamento do Estado para o próximo ano, anunciou o ministro Eduardo Cabrita. As câmaras com graves dificuldades financeiras são obrigadas a recorrer a este mecanismo, que é financiado por todos os municípios, mesmo os que têm as contas em dia.

Eduardo Cabrita concorda que o “FAM é um modelo inadequado” e recorda que, até agora, não ajudou quase ninguém. “Até ao momento 18 municípios solicitaram acesso, apenas oito celebraram contrato e apenas um tem o seu contrato visado” pelo Tribunal de Contas. Lembrando que já foram feitos “ajustamentos pontuais”, o governante acrescentou que o Governo está “numa fase adiantada de trabalho” que “permitirá termos uma nova solução de financiamento que substitua o FAM”.

Acresce que, explica o ministro, o anterior Governo não colocou dinheiro no FAM. “Só este ano é que o Governo cumpriu a sua obrigação de dotar o FAM. No ano passado a não cumpriu a sua parte, fizemo-lo quer relativamente a 2015 e a 2016”. O FAM tem um valor de 650 milhões de euros, financiados em partes iguais pelo Estado (325 milhões) e pelas câmaras (outros 325 milhões)

Por:JNegócios

Município de Nelas atribuiu subsídio às associações que fazem as marchas populares

21jnelasNa passada sexta-feira, dia 17 de junho de 2016, a Câmara Municipal de Nelas completou a entrega de 5 000€ a cada uma das quatro Associações organizadoras das Marchas Populares 2016 (Associação Desportiva e Cultural do Cimo do Povo e Associação Recreativa e Cultural de Santo António em Nelas e Associação Recreativa e Cultural do Paço e União Recreativa e Cultural do Rossio em Canas de Senhorim).

 Com este valor, a Autarquia completa assim o compromisso de atribuição de 12.500.00€ a cada Associação, sendo que foi anteriormente atribuído o montante de 7.500.00€, aquando da organização dos Corsos Carnavalescos de 2016.

Este apoio insere-se na política municipal de Apoio ao associativismo que reafirma o reconhecimento do trabalho desenvolvido e empenho das Associações na dinamização de atividades de referência junto das populações locais, justificando-se em especial esta situação face ao dinamismo destas quatro Associações na organização de diversas atividades culturais enriquecedoras para o Concelho, com especial destaque para o Carnaval e das Marchas Populares.

Relembramos que as Marchas Populares saem também às ruas de Nelas e de Canas de Senhorim na Noite de São João, já na próxima quinta-feira pelas 21h30.

Por:Mun.Nelas

Grandes do futebol Nacional em Fornos de Algodres

DSC08671Fornos de Algodres Youth cup 2016-Daral Seguros

Vai realizar-se no Município de Fornos de Algodres nos dias 25 e 26 de Junho mais uma edição do Fornos de Algodres Youth Cup 2016-Daral Seguros.

Um torneio que já vai na sua 5ª edição e que na edição transacta contou perto de 800 crianças dos 6 aos 13 anos, de 54 equipas oriundos de 7 distritos distintos e que foi apadrinhado por José Bosingwa (Trabzonsport), Daniel Candeias (Fc Metz), Rui Miguel (Zimbru Chisinau ) e Luisinho (Boavista FC), todYouth Cupos eles ex-atletas da ADFA.

Um evento promovido pela Câmara Municipal de Fornos de Algodres, um município do Interior do País, que teve em 2015 cerca de 2000 visitantes, mais de 60 voluntários e 24 marcas associadas ao mesmo.

Estão confirmados alguns clubes de renome nacional, como sejam, o Sporting Clube de Portugal, SL Benfica, Dragon Force FC Porto, F.C. Penafiel, A. Académica de Coimbra, UD Oliveirense e o Académico de Viseu Futebol Clube.

Ainda a presença de equipas de equipas com algum renome do panorama do futebol português, no que ao futebol de formação diz respeito, como sejam o Benfica de Castelo Branco, o Fiães SC, O GD Tabuense, o Anadia FC e “Os Repesenses”.

A presença de duas equipas da Província de Salamanca: “Futsal Planet”será importante, dado que o grau de aprendizagem foi grande.

A grande novidade do torneio em termos competitivos é com certeza a presença dos 3 grandes mas também o formato do quadro competitivo relativamente às edições anteriores, visto que esta edição irá se disputar em 2 dias de competição para todas as equipas.

Isto sem alterar o nº de jogos (86) e nº de equipas equipas (46) mas tendo mais atletas (750) provenientes de 18 concelhos oriundos de 8 distritos distintos, e ainda de Espanha, num único fim de semana (25 e 26 de Junho). o que irá provocar naturalmente a vista de muitos mais visitantes (3000) que na edição anterior.

A ideia do Município será, intenção tornar este evento desportivo, que já é o maior torneio de futebol infantil da nossa região, um projeto  cada vez mais ambicioso, inovador e integrador que visa, afirmar a marca Fornos de Algodres, como um destino de qualidade único do ponto de vista turístico, humanístico, desportivo e cultural, bem como promover todas as instituições que a ele se associarem.

O futuro para muitos destes atletas pode começar aqui e o futuro do Interior de Portugal também passa por aqui!

 

Por:Mun.FA

 

Aquisição de prédio para demolir e alargar estrada

Foi uma proposta do Presidente, que pessoalmente Press_Release_894 negociou com os proprietários,  aprovado no dia 14 de junho mais uma vez por unanimidade em reunião de Câmara (o que sucedeu neste mandato em mais de 99% das propostas), a compra de um edifício degradado, propriedade de Raul Lourenço Monteiro e esposa, nas Carvalhas, freguesia de Senhorim, pelo preço de 7.500.00 €, para integração no domínio público, permitindo, assim o alargamento da estrada de ligação a Outeiro de Espinho, na denominada Rua Formosa naquela localidade.

Tratando-se de um prédio em condições muito deficientes de habitabilidade, a Câmara Municipal de Nelas irá proceder à sua demolição, sendo que a pedra resultante irá ser utilizada para promover arranjos urbanísticos na referida freguesia, a pedido dos proprietários.

Esta aquisição, que a Câmara vem tentando há muitos anos e nunca conseguiu (como realçou elogiosamente ao Presidente da Câmara o vereador do CDS residente na freguesia, o que já fez por diversas vezes em situações semelhantes no passado como na aquisição relativa á compra de terrenos para ampliação da Zona Industrial da Ribeirinha em Canas de Senhorim) vai permitir a circulação por esta via de autocarros e veículos de maior porte, aumentando assim as acessibilidades na localidade e no concelho de Nelas.

Com esta compra, que se segue à que foi realizada com o propósito de criar uma praça central e estacionamento de apoio a um Centro de Dia a edificar em Vila Ruiva, também na freguesia de Senhorim, a Câmara Municipal de Nelas prossegue o seu compromisso de garantir o bem-estar das populações e o zelo pelos espaços comuns, que são de todos, através de um conjunto de obras de requalificação urbanística que se estende a todas as Freguesias do Concelho.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar