Templates by BIGtheme NET
Home » Nelas (page 38)

Nelas

Encontros com som de jazz em Nelas

   Promovido pela Sociedade Musical 2 de Fevereiro, de Santar, este
Festival pretende ser um evento de caráter internacional e trazer
atividades formativas e performativas como masterclass, workshops e
concertos, não só para a Vila de Santar como para as restantes
localidades do Concelho de Nelas.

  Um Evento reúne saxofonistas de cariz nacional e internacional, que conta com a presença de músicos de renome
com carreiras conceituadas, como o saxofonista Mário Marques, Nuno
Silva e o espanhol Xosé Miguelez, assim como a participação de músicos
mundialmente reconhecidos pelo seu mérito artístico, onde se destaca o
português Sérgio Carolino e o nova-iorquino Michael Lauren.

  O Festival conta com o apoio da Câmara Municipal de Nelas, da Junta de
Freguesia de Nelas, da União de Freguesias de Santar e Moreira, da
Fundação Lapa do Lobo, da Liberjóia Joelharia, dos Caminhos Cruzados, do
Restaurante “Os Antónios”, do Grande Hotel das Caldas da Felgueira, da
Rádio Alive e da Fazenda Gloria de Santar.
Por:Mun.Nelas

Exames de Graduação da UKSB- Karaté em Mangualde

    A cidade de Mangualde
acolheu no passado domingo, 5 de julho, uma das fases dos exames de graduação
da UKSB -União de Karaté Shotokan das Beiras. Na iniciativa marcou presença o
Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, que destacou o
empenho e dedicação de todos os karatecas mangualdenses que conseguiram
alcançar o patamar seguinte.

  Neste dia, os
karatecas da região (Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo, Gouveia e Seia)
submeteram-se a provas de avaliação para mudança de graduação, progredindo
assim nesta Arte. O Centro Bujutsu de Mangualde marcou presença com alguns dos
seus alunos, tendo quatro deles alcançado o cinto castanho, aumentando assim o
número de karatecas graduados no concelho.
Por:Mun.Mangualde

Palestra sobre arqueologia em Nelas

  De forma a divulgar o recém-criado projeto
plurianual denominado NeoMega, “Neolitização e Megalitismo na Plataforma do
Mondego”, a desenvolver entre 2016 e 2018, e que teve início informal este ano
com a intervenção arqueológica de emergência a decorrer Orca da Lapa do Lobo,
realiza-se este sábado, dia 4 de julho, no Auditório da Fundação Lapa do
Lobo pelas 18:00h uma Palestra denominada “Antigas Sociedades Camponesas entre
o Mondego e Dão: a propósito do estudo/escavação da Orca da Lapa do Lobo”.

  Este projeto, coordenado pelo Prof. Doutor João
Carlos Senna-Martinez do Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de
Lisboa, surge numa parceria institucional entre os Municípios de Nelas e do
Carregal do Sal, a Direcção Regional da Cultura do Centro e Investigadores do
Centro de Arqueologia (Uniarq) da Universidade de Lisboa, tendo como parceiros
a Fundação Lapa do Lobo, a Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, a Junta de
Freguesia da Lapa do Lobo e os Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim.
O projeto de investigação, recuperação, integração e valorização patrimonial,
está previsto para decorrer entre os anos de 2016 e 2018 em monumentos
megalíticos do concelho de Nelas e do concelho do Carregal do Sal, que irão ser
alvo de estudo e de intervenções arqueológicas que permitirão conhecer melhor o
território em causa durante o Neolítico.
Desta forma pretende-se que haja uma continuidade
no discurso interpretativo do património megalítico nos dois concelhos e também
dotar a Sala Museu de Arqueologia de Canas de Senhorim, como centro de
interpretativo arqueológico e futuro pólo da especialidade do Museu Municipal
de Nelas.
Por: Mun-Nelas

Comemorações do Centenário de Vergílio Ferreira

 

30
de junho de 2015,  dia em que passam 56 anos sobre a versão final e
definitiva da obra “Aparição”, o Município de Gouveia divulga, em
cerimónia pública, o programa do centenário do nascimento do escritor
Vergílio Ferreira.

“Um
diário. Uma carta. Ou simplesmente as memórias. Nós lemo-las com um
prazer diferente de uma obra de arte ou mesmo da arte que está nelas.
Não é bem o de saber o que aconteceu, mas o de estarmos nós acontecendo
nisso que aconteceu. Ou seja, de prolongarmos a nossa vida até lá”.


         Vergílio Ferreira, “Escrever”

Por forma a
reposicionar Vergílio Ferreira e a sua vasta obra em lugar de destaque,
junto da comunidade académica e da sociedade em geral, o Município de
Gouveia vai apresentar um conjunto de iniciativas, que visam homenagear a
vida e obra de Vergílio Ferreira. 
As
comemorações do centenário de Vergílio Ferreira terão início no dia 28
de janeiro de 2016 (efeméride sobre a data de nascimento do escritor) e
prolongar-se-ão ao longo do ano, num extenso programa, que será
apresentado publicamente no próximo dia 30 de junho, pelas 18h00, no
auditório da Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira, em Gouveia.
Vergílio António
Ferreira nasceu na freguesia de Melo, concelho de Gouveia, a 28 de
janeiro de 1916 e na sua vasta obra, muitas são as referências à sua
terra natal, onde memórias e histórias da melancolia da Serra da Estrela
são partilhadas com os leitores.
Nesse sentido que o
epicentro das comemorações passam inevitavelmente pela aldeia natal do
escritor, Melo, e pelo seu concelho natal, Gouveia, que serão o palco
das iniciativas a desenvolver no âmbito do centenário do nascimento de
Vergílio Ferreira, durante o ano de 2016.

Programa do lançamento das comemorações do Centenário de Vergílio Ferreira:

16h45 – Visita a Melo com referências ao roteiro vergiliano
18h00 – Apresentação do Programa Oficial das Comemorações do Centenário de Nascimento de Vergílio Ferreira
18h20 – Evocação de Vergílio Ferreira:
 – Escritor Almeida Faria
 – Professor Eduardo Lourenço
19h20 – Encerramento
19h45 – Jantar

Por Mun.Gouveia

Fornenses da Mister Reboques no pódio no Nacional Trial 4×4

Sempre a bombar

  Foi um domingo de grande adrenalina, por terras de Penafiel, onde se disputou mais uma etapa do Nacional de Trial e face a isso, a turma Mister Reboques a surgir com duas formações uma vez mais e com o objetivo de representar bem a vila de Fornos de Algodres.
  Assim nesta prova onde o grau de dificuldade foi elevado como todas as outras, mas a equipa Mister Reboques 2(Hugo Tenreiro/André Lopes) apesar dos muito obstáculos alcançou o terceiro lugar no pódio, na classe Promoção.

  Por seu lado a outro equipa da Mister Reboques foi mais feliz na classe XL e vai daí, a dupla António Henriques/Marcelo Lopes terminaram no segundo lugar do pódio.
Assim ambas equipas deram o seu melhor e vai daí alcançaram lugares no pódio.
A próxima etapa deste Nacional de Trial vai ser em 27 setembro, na localidade de Mação.
Assim deixamos os resultados:
Classe XL
1.º Ladricolors/STS/Euro4x4parts – Rui Querido/Ivo Mendes (Toyota BJ40)
2.º Mister Reboques 1 – António Henriques/Marcelo Lopes (Wrangler XS5)
3.º Valvolinas Team/XS5 – José Sobral/Miguel Costa (Toyota BJ73 Proto XS5)

Classe Absoluto
1.º TáBô Team 4×4 – Flávio Gomes/Rui Carvalho (Jeep Wrangler)
2.º Land Rover Teles 1 – Ricardo Teles/Ricardo Rocha (Land Rover Defender)
3.º Preparações Badinho 4×4 – Pedro Costa/Bruno Silva (Nissan Navara)

Classe Promoção
1.º TransAct Lat Team – Rui Policarpo/Ricardo Barreira (Land Rover Defender TD5)
2.º Canelas Pneus – António Silva/Luís Bacelo (Nissan Patrol GR)
3.º Mister Reboques 2 – Hugo Tenreiro/André Lopes (UMM Alter)

Classe Super Proto
1.º Stand Emanuel Costa – Emanuel Costa/Nuno Araújo (Crawler)
2.º Paljet – Jorge Silva/Tiago Soares (Crawler)
3.º Pizaria Refúgio – Ricardo Lourenço/Paulo Lourenço (Jeep Wrangler)

Nelas celebra a noite de S.João

foto:HHC

   A Noite de São
João vai ser vivida em ambiente de grande festa e muita animação na Vila de Nelas. A exemplo que acontece no Carnaval os  Bairro da Igreja e
do Cimo do Povo saem à rua, para apresentar as suas marchas populares, num desfile enriquecido com arcos
trabalhados, trajes coloridos, cantares e danças típicas, o que vão concerteza levar imensa gente à Praça do Município para ver as marchas passar.

  Depois como uma noite destas acontece uma vez no ano, a festa
continua com animação musical com o Grupo Musical “Soma e Segue” e pelo meio sempre a tradicional sardinha assada bem regada pelo bom vinho da região. Uma noite que promete ser inesquecível para todos e com muita alegria e convívio, pelo meio também.

Livro “Etnografia do Planalto Beirão” apresentado em Mangualde

     Mangualde acolheu
no passado sábado, dia 13 de junho, no Salão Nobre da Câmara Municipal de
Mangualde, o lançamento do livro ‘Etnografia do Planalto Beirão’, da autoria do
mangualdense José Manuel Azevedo e Silva. Na cerimónia marcou presença o
Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, a Coordenadora do
CHSC – Centro de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra,
Irene Vaquinhas, o Diretor Executivo da Associação de Desenvolvimento do Dão,
Emanuel Ribeiro, e um representante da Arqueohoje. A apresentação da obra e do
autor esteve a cargo de João Marinho dos Santos, professor da Faculdade de
Letras da Universidade de Coimbra.

    A obra, ‘um contributo excecional’, como
considerou Irene Vaquinhas, é a única recolha de tradições, usos, costumes e
vivências culturais de um quotidiano popular que tende a desaparecer, na região
do Planalto Beirão. A região compreende os concelhos de Mangualde, Penalva do
Castelo, Aguiar da Beira, Nelas, Carregal do Sal, essencialmente. O autor, professor da Universidade de Coimbra, e
natural de Tibaldinho, Mangualde, emocionado, agradeceu a presença de
familiares e amigos de infância da terra que o viu nascer.
     Financiada
pela Associação de Desenvolvimento do Dão, representando os cinco Municípios
que a compõem, a publicação deste livro teve ainda o apoio financeiro da
Arqueohoje. A chancela científica da obra é da responsabilidade do CHSC –
Centro de História da Sociedade e Cultura, da Universidade de Coimbra e a
edição da Editora Palimage.
     A sessão de encerramento
ficou a cargo do edil mangualdense, João Azevedo, seguindo-se uma sessão de
autógrafos pelo autor.
Por Mun.Mangualde 

Conferência “Empreendedorismo Estratégico e Desenvolvimento Local” na Universidade Católica em Viseu

Momentos enriquecedores

  Decorreu na Universidade Católica Portuguesa- Centro Regional  de Viseu, mais concretamente no auditório do edifício de Medicina Dentária, uma conferência subordinada ao tema”Empreendedorismo Estratégico e Desenvolvimento Local” com grande adesão, onde estavam empresários, alunos e professores.

  A cerimónia de abertura foi mais uma sessão de boas vindas a todos os presentes, a quem abriu o painel o Professor Catedrático Doutor Aires do Couto , o Presidente desta instituição , que salientou ser pertinente a realização desta conferência, seguiu-se o Vereador do Município de Viseu o Dr. Guilherme Almeida que agradeceu a vinda desta conferência para Viseu , referiu ainda  à agenda económica do empreendedor, onde Viseu é uma boa cidade de trabalho, e estudo e de turismo.
Na região de Viseu a economia regional tem desafios novos e específicos.
  Já o Professor Catedrático Doutor Manuel Meirinho , Presidente do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, elogiou a presença da Drª Rita Silva neste projeto de Empreendedorismo e também frisou que as Universidades têm de cooperar cada vez mais e têm de vir para as regiões do interior onde é necessário dar passos e concretizar janelas de oportunidade para futuras cooperações.
O Empreendedorismo precisa de trabalho e tempo para a sua afirmação.
  Por sua vez o Professor Auxiliar Doutor Paulo Pereira , diretor do departamento de Economia e Gestão e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, Campus Viseu , referiu que neste tipo de projetos têm de estar todos unidos e que esta iniciativa tenha resultados práticos e casos de sucesso.
Seguiu-se o primeiro painel sobre o programa , onde o Dr.José António Jesus, para além de Presidente do Município de Tondela é o Vice-Presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Dão – Lafões de Viseu, falou que a prioridade do Portugal 2020 nalgumas alíneas é criar emprego , mas também o seu auto-emprego , explicou um pouco do trabalho que a CIM- Dão Lafões está a desenvolver , onde disse que ser Empreendedor é ter uma atitude , na vontade de resolver problemas.
Empreendedorismo aposta de futuro
  A grande prioridade neste momento das Universidades será de tentar resolver um problema grave que existe nas comunidades , que se traduz no facto de os jovens universitários não terem um elo de ligação com a própria localidade e por isso emigram e outros não têm grande gosto de voltar à terra original.
  No painel propriamente dito, ainda usou da palavra  o Professor Auxiliar Doutor Paulo Pereira que citou o empreendedorismo dividido em quatro grandes grupos: Ideia, Plano de negócios, Financiamento e Desenvolvimento Local/Empreendedorismo , a grande preocupação destas terras é a diminuição da população a olhos vistos.
  Por fim, neste painel usou da palavra a Professora Doutora Patrícia Palma fez um ligeiro historial do ISCSP, referiu que o Empreendedorismo é o motor para o desenvolvimento económico e social para o século XXI.
 O Empreendedorismo em Portugal surge por volta de 2014 e enumerou algumas dificuldades , mas reforçou que existe uma grande evolução  e está na média europeia, também existem falhas em Portugal como : poucos programas de incentivo ao empreendedor e tudo o que é motivação e atitude também falha.
  Relativamente ao projeto de Empreendedorismo procura-se ter parcerias com Municípios e algumas ideias que consistem em ir buscar pessoas licenciadas da localidade.
Explicou mais a fundo o Projeto, enumerando as suas fases  que está a decorrer em Fornos de Algodres(pioneiro) , e também já no Sabugal, poderá ser uma das grandes apostas de futuro, o Empreendedorismo Sénior .
  Seguiu-se um período de debate , findo este o Dr. Manuel Fonseca, Presidente do Município de Fornos de Algodres traçou um breve resumo do seu concelho , assim como frisou que em boa hora o projeto surge pela mão da Drª Rita Silva, mostrou-se um pouco cético no início mas logo que o projeto iniciou tudo ficou mais esclarecido e inclusive o executivo camarário apoiou a realização do mesmo.
  Face a isso mostrou-se satisfeitíssimo com a etapa que decorreu na semana passada em Lisboa, onde todos os projetos foram apresentados com muita maturidade, citando que cada vez mais é preciso apostar nas pessoas , é um projeto inovador .
 Por fim, o Engenheiro António Robalo , Presidente do Município do Sabugal falou um pouco sobre como o projeto está a decorrer na sua localidade  e neste momento este projeto tem dois públicos-alvo, a juventude que existe fora de portas e este projeto pode ser um bom fixador de pessoas , o segundo a diáspora enorme quer no litoral quer no estrangeiro.
  Foi uma conferência muito interessante com temas muito pertinentes, onde com estes projetos a universidade descentraliza-se para as localidades  mais ruralizadas , e nestes projetos de Empreendedorismo toda a comunidade tem de estar atenta e apoiar, só assim podemos dizer que são casos de sucesso.
  Esta conferência foi organizada pelo Departamento de Economia ,Gestão e Ciências Sociais – Universidade Católica Portuguesa/Viseu e o Instituto Superior de Ciências Políticas da Universidade de Lisboa(Escola de Liderança e Inovação)
Reportagem: António Pacheco

Lançamento do livro ‘Etnografia do Planalto Beirão’ em Mangualde

  No próximo dia
13 de junho, o Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde acolhe o lançamento
do livro ‘Etnografia do Planalto Beirão’ da autoria do mangualdense, José
Manuel Azevedo e Silva. Na cerimónia, agendada para as 15h30, marcará presença
o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, a Coordenadora do
CHSC – Centro de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra,
Irene Vaquinhas, o Diretor Executivo da Associação de Desenvolvimento do Dão,
Emanuel Ribeiro, e um representante da Arqueohoje. A apresentação ficará a
cargo de João Marinho dos Santos, professor da Universidade de Coimbra.

  A obra que vai
ser apresentada é a única recolha de tradições, usos, costumes e vivências
culturais de um quotidiano popular que tende a desaparecer, na região do
Planalto Beirão. A região compreende os concelhos de Mangualde, Penalva do
Castelo, Aguiar da Beira, Nelas, Carregal do Sal, essencialmente.
  Financiada pela
Associação de Desenvolvimento do Dão, representado os cinco Municípios que a
compõem, a publicação deste livro teve ainda o apoio da Arqueohoje. A chancela
científica da obra é da responsabilidade do CHSC – Centro de História da
Sociedade e Cultura, da Universidade de Coimbra e a edição da Editora Palimage.
O autor, José Azevedo e Silva é professar da Universidade de Coimbra, e natural
de Tibaldinho, Mangualde.
Por: Mun.Mangualde

Municipio de Nelas faz melhoramentos em espaços públicos

CÂMARA VÊM REQUALIFICANDO ESPAÇOS PARA UTILIZAÇÃO DAS SUAS POPULAÇÕES
  
O Executivo Municipal continua a sua aposta na requalificação de
espaços públicos para a utilização das suas populações. Como resultado
dessa ação, no passado Sábado, dia 20, decorreu nas Caldas da Felgueira
um jogo de futebol para assinalar a reabertura do polivalente que se
encontrava degradado e sem condições para a sua utilização. Este momento
contou com a participação da população e produziu uma oportunidade de confraternização entre pares.

  Ainda na mesma linha, em Moreira, no Domingo, foi organizado pela
Associação Recreativa, Desportiva e Cultural de Moreira um jogo entre os
Veteranos do Nelas e uma Equipa da Localidade no campo de futebol que,
há cerca de um ano, sofreu obras de melhoria que contaram com a limpeza
de espaços envolventes, colocação de redes nas balizas e remarcação de
linhas. No jogo estiveram envolvidos dezenas de participantes e
espectadores.

  No final da tarde, a população da Vila de Senhorim
ofereceu ao Presidente da Câmara e aos colaboradores da autarquia um
lanche convívio para assinalar a requalificação da Escola Primária da
localidade, espaço que tem vindo a servir a população e que agora conta
com melhores condições para o desenvolvimento das suas atividades,
nomeadamente as aulas de zumba.
Por :Mun-Nelas
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar