Templates by BIGtheme NET
Home » Nacional

Nacional

Pedro Abrunhosa, Ana Moura, Blaya e Beatbombers são os cabeças de cartaz das Festas do Senhor do Calvário

De 7 a 12 de agosto o concelho de Gouveia estará em festa mantendo a tradição da maior romaria das beiras, com um programa que unifica o culto religioso, a tradição, a cultura, a música e a animação, num evento único para quem visita a cidade e num ponto de encontro e regresso às origens para todos os gouveenses.

O cartaz de 2019 convida a população, na quarta-feira, dia 07 de agosto, a participar no Espetáculo de Dança Volta, uma coprodução com os municípios de Nelas, Mangualde e Fornos de Algodres e coreografa Aldara Bizzarro no âmbito da Rede Alto Mondego que decorrerá na Praça do Município.

Na quinta-feira, dia 08, será apresentado um espetáculo musical, coproduzido com os municípios do projeto Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela do território da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, envolvendo também músicos do território.

Na sexta-feira, dia 09, o palco principal das Festas do Senhor do Calvário vai receber dois grandes concertos da Blaya e dos Beatbombers.

No sábado, dia 10, a tradição mantém-se com o Festival Internacional de Folclore, organizado pelo Rancho Folclórico de Gouveia.

O domingo, dia 11, conta com o regresso da Ana Moura para mais um grande concerto.

Na segunda-feira, dia 12, as Festas do Senhor do Calvário recebem Pedro Abrunhosa e encerram com um grande espetáculo surpresa e fogo-de-artifício.

Do programa do evento fazem parte um conjunto alargado de atividades paralelas e outras novidades, a anunciar, com destaque para a Feira de Atividades Económicas e Produtos Locais, a Mostra Associativa, a Mostra de gado ovino e caprino, a Festa do Livro, o Espaço Miniatura Automóvel, o “Super Especial Rally”, organizado pelo grupo “Serra a Fundo” ou os concertos das Bandas Filarmónicas no Jardim Lopes da Costa.

Com a Capela do Senhor do Calvário no centro da devoção e das festividades, as Festas da Cidade contam, mais uma vez, com grandes atuações e espetáculos, divertimentos e atividades que atraem gouveenses e visitantes e os convidam a deambular e percorrer as ruas para usufruírem de tudo o que Gouveia tem para oferecer.

As Festas da Cidade constituem um dos maiores eventos para a promoção da Cidade e do Concelho fazendo, assim, das Festas do Senhor do Calvário de Gouveia a grande Romaria das Beiras.

Por:MG

JSD da Guarda lança repto a Carlos Peixoto

O IV Conselho Distrital da JSD da Guarda teve lugar em Gouveia.
Fernando Melo desafiou o líder distrital do Partido,  Carlos Peixoto, a olhar para a juventude na elaboração das listas para as legislativas, com a mesma seriedade que o partido olhou nas europeias, ao atribuir o segundo lugar a Lídia Pereira.

Ainda esteve presente a Prof.ª Dra. Maria Graça Carvalho, antiga Ministra da Educação e candidata a Eurodeputada, que participou numa reflexão sobre educação, na sequência da comemoração do dia do estudante.

No decorrer dos trabalhos, ainda se manifestou especial interesse sobre o futuro da Câmara Municipal da Guarda.

 

ARC Sport com boa prestação nos Açores

A ARC Sport foi à ilha de São Miguel assinar mais um resultado extremamente positivo, tanto ao nível europeu como para o Campeonato de Portugal de Ralis. Ricardo Moura e António Costa foram sempre a melhor equipa nacional, e até estiveram perto da vitória, terminando a prova no 2º lugar, a escassos segundos do vencedor. Ricardo Moura é agora o líder do campeonato nacional.

Ricardo Teodósio e José Teixeira ocuparam o 3º lugar final para o CPR, continuando na luta pelo título de 2019. A ARC Sport ocupa agora os 2 primeiros lugares do Campeonato de Portugal de Ralis. Fantástica prestação de Miguel Correia e Pedro Alves, com um 4º lugar final, e assim a equipa a subir à 5ª posição do campeonato. Pedro Almeida e Nuno Almeida não tiveram sorte no rali açoriano, apesar do esforço para regressar à prova, acabaram por registar dois abandonos.

Outra performance a salientar, foi a fabulosa exibição de Luís Miguel Rego e Jorge Henriques, que durante os dois primeiros dias de prova foram sempre a 2ª melhor equipa portuguesa. Luís Rego conquistou o 2º lugar para o Campeonato de Ralis dos Açores, e a ARC Sport ocupa as duas primeiras posições do campeonato açoriano.

Para Ricardo Moura foi um enorme prazer ter regressado ao seu rali, andou rápido, liderou sempre em termos nacionais e até podia ter vencido.

“O 2º lugar foi uma posição excelente e estamos muitos felizes. O objetivo nunca foi vencer o rali, mas sim fazer o meu melhor. Estivemos a discutir a vitória, depois do abandono do Lukyanuk, fomos sempre os melhores portugueses e foi um enorme prazer ter voltado a andar rápido”, afirmou, claramente feliz, Ricardo Moura.

Depois de ter triunfado no Rali Serras de Fafe, Ricardo Teodósio queria conquistar a 2ª vitória consecutiva do ano nos Açores, mas uma série de condicionantes acabaram por ditar o 3º lugar no CPR.

“Queríamos ter feito melhor, mas tenho de assumir escolhas menos acertadas. Um toque no primeiro troço acabou por complicar tudo, alguns peões, opções de set up e pneus menos acertadas acabaram por ditar este resultado. Só me senti bem no último dia, mas mesmo assim conseguimos minimizar os estragos. O 3º lugar no CPR acabou por ser o melhor resultado possível”, disse Ricardo Teodósio, que assinou 3 vitórias em especiais de classificação.

Miguel Correia e Pedro Alves estiveram em grande plano no Azores Rallye. O 4º lugar para o Campeonato de Portugal é uma excelente recompensa pela exibição que tiveram.

“Só posso fazer um balanço muito positivo desta nossa participação no Azores Rallye. Foi uma experiência que nunca mais vou esquecer, e uma verdadeira aventura, essencialmente na parte final da prova, onde a ARC Sport fez um trabalho fantástico para que fosse possível alcançar este resultado”, disse Miguel Correia.

Pedro Almeida e Nuno Almeida registaram dois azares seguidos na prova açoriana. Um abandono na especial da Sete Cidades, um trabalho exímio de recuperação do carro para regressar ao rali, mas a sorte voltou a abandonar a equipa.

“O Azores Rallye definitivamente não foi a nossa corrida. Ao longo dos três dias de prova tivemos sempre alguma contrariedade que acabou por nos afastar dos objetivos que trazíamos para o rali. Retiramos os aspetos positivos desta prova, e vamos procurar melhorar o nosso registo já em Mórtagua”, afirmou Pedro Almeida.

O campeão de ralis dos Açores voltou a estar com a ARC Sport. Luís Miguel Rego, navegado por Jorge Henriques teve uma atuação simplesmente brilhante. Segundos classificados na prova de abertura do Campeonato de Ralis dos Açores e a segunda melhor equipa portuguesa em prova no final do segundo dia do rali.

“Foi uma agradável surpresa ser o segundo melhor português no final dos 10 troços que contaram para o campeonato dos Açores. Foi um resultado muito positivo. A minha ligação com o Skoda tem sido excelente e a nossa parceria com a ARC Sport bastante proveitosa. Diminuído fisicamente, não realizei o último dia de prova para não comprometer o bom trabalho que tinha feito até ali, mas fiquei triste, porque gostava de ter realizado o resto do rali sem pressões. Acho que entrámos com o pé direito no campeonato”, disse o campeão dos Açores.

Para a equipa de Aguiar da Beira esta acabou por ser uma jornada positiva, apesar de se lamentar o abandono de Pedro Almeida.
“Melhor só se tivessem terminado os cinco carros. Vencer para o Campeonato de Portugal de Ralis com o Ricardo Moura e conquistar o 3º lugar com o Ricardo Teodósio, são dois excelentes resultados. Para além disso, a 2ª posição final numa prova do Campeonato da Europa de Ralis, a poucos segundos do vencedor, é também um grande resultado. Para o Campeonato dos Açores, registámos também os dois primeiros lugares, com duas grandes provas assinadas pelo Ricardo Moura e pelo Luís Miguel Rego. Em termos nacionais, ocupamos agora os dois primeiros lugares do campeonato, com o Moura e o Teodósio, o que também é de sublinhar. Em relação aos nossos dois jovens que disputam o CPR, quero deixar uma palavra de alento ao Pedro Almeida, que apesar de ter desistido deixou excelentes indicadores ao longo da prova. Para o Miguel Correia deixar os meus sinceros parabéns pelo grande resultado que conseguiu alcançar, numa prova tão dura e exigente. Quero agradecer a todos os elementos da ARC Sport o excelente trabalho que realizaram nos Açores”, disse Augusto Ramiro.

4.ª Edição do “Elos – Festival Literário de Nelas 2019”

Terminou,  4.ª Edição do “Elos – Festival Literário de Nelas 2019”, com a realização de um atelier de Reciclagem de Papel e construção de livro por Lia Alvadia e participação do Teatro Habitus e da ContraCanto, Associação Cultural, no Mercado Municipal. À noite, o Auditório Maria José Cunha, na FLL, encheu, com uma plateia atenta e entusiasta, para Descobrir Camilo.

A sessão iniciou com as boas-vindas de Rui Fonte, coordenador da Biblioteca da FLL, seguido de umas breves palavras do Dr. Carlos Torres, Presidente da Administração da FLL, e do Dr. Borges da Silva, Presidente da Câmara Municipal de Nelas, que encerrava, assim, o “ELOS – Festival de Literário”, ao mesmo tempo que dava o mote para o espetáculo: “Descobrir Camilo”, dos Vítor Blue. Música e poesia, no seu estado puro, legítimo, belo. A terminar, as sábias palavras do Prof. Doutor Carlos Mota Cardoso, um Camiliano de excelência.

Por:MN

Resultados do Campeonato de Portugal- Série B

JORNADA 27

Lusitano FCV- Paredes- 2-0

AD Sanjoanense- Gafanha- 2-0

Amarante FC- Leça-0-1

Sp.Espinho- Cinfães- 3-1

Sp.Mêda- Cesarense- 3-3

Gondomar- FC Pedras Rubras- 1-1

Águeda- Lusitânia Lourosa-0-0

Marítimo B- Penalva do Castelo-2-0

U.Madeira- SC Coimbrões-0-0

AFGuarda- Resultados da 2ªdivisão

Nova ronda do distrital secundário da AF Guarda, com o Vila Franca das Naves a folgar e o Foz Côa a chegar à liderança provisória, dado que tem de folgar ainda.

Pala- Paços da Serra- 3-1

Casal Cinza- Castelos- 0-1

Nespereira – Foz Côa- 0-1

Freixo N.- Guarda Desportiva—2-2

Classificação:

Foz Côa- —————–31

Vila Franca das Naves- 29

Freixo Numão-     24

Nespereira ——20

Paços Serra—–20

Pala ————- 15

Guarda DFC —13

Castelos ——–12

Casal Cinza —– 4

AF Guarda- Resultados da Ronda 22 -1ªdivisão

Ginásio Figueirense novo Campeão

Uma tarde de festa para o Ginásio Figueirense, que se sagrou o novo campeão distrital da AF Guarda, 2018/19, após ter sido derrotado pela margem mínima em Trancoso, beneficiou da igualdade a zero entre Manteigas e S.Romão.

Ronda 22

Vila Cortez- Gouveia- 2-1

Fornos- Aguiar da Beira- 0-3

Trancoso- G.Figueirense- 1-0

Vilanovenses- Soito- 0-0

Sabugal- E.Almeida- 3-1

Manteigas – S.Romão- 0-0

V.Formoso- Celoricense -0-2

 

Classificação:

1-Gin. Figueirense-58

2-Aguiar Beira—-45

3 -Ass. D. Manteigas-44

4-S.C.Celoricense—37

5-V.Cortez Mondego–35

6-D. Trancoso—35

7-Gouveia—33

8–Fornos Algodres–27

9-Vilanovenses—24

10-São Romão–20

11–Vilar Formoso–19

12–Desp.Soito—19

13 -Sc Sabugal –18

14–Estrela Almeida–14

 

Fruição artística na Escola nas Conversas de Café na Guarda

Vai ter lugar, na Guarda, mais concretamente no Café – Concerto do TMG, mais uma edição das Conversas de Café, a realizar na sexta-feira, dia 29 de março, às 21h30,  com entrada livre com o  professor e investigador Paulo Morais-Alexandre, a atriz e encenadora Rita Lello e os professores Norberto Gonçalves e António Prata Coelho .

“A fruição artística na Escola: desafios pedagógicos” é o tema desta quarta iniciativa do Ciclo “Conversas de Café”, estando a próxima já agendada para o próximo dia 26 de abril sob o tema “A Diáspora: patrimónios da emigração na região da Guarda”.

A iniciativa é organizada pela Comissão Executiva da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura e a Câmara Municipal da Guarda, tendo como principal objetivo promover a participação e o envolvimento da comunidade em geral na discussão pública e reflexão dos temas que integram o conteúdo da estratégia e proposta de programa da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027.

4º Encontro de Poesia em Pinhel

A poesia em destaque!!

No próximo sábado, dia 23 de março, faz um ano, que o Movimento Poético de Pinhel promoveu o seu 3º Encontro de Poesia.

Face a isso, o Movimento Poético de Pinhel,  vai realizar o seu 4º Encontro de Poesia na localidade do Juízo dia 23 de Março das 15 às 18,00 H.

 

 

Turismo bate recordes na região Centro

A atividade turística no Centro de Portugal iniciou o ano de 2019 a bater recordes absolutos. O mês de janeiro de 2019 foi o melhor mês de janeiro de sempre na região desde que há registos, de acordo com os números publicados pelo INE – Instituto Nacional de Estatística.

O INE indica que, em janeiro de 2019, o total de dormidas na região cresceu 7,2%, em comparação com janeiro de 2018 – um sinal muito promissor para o que será o ano de 2019. No total, contabilizaram-se 294 mil dormidas em janeiro no Centro de Portugal, mais 19,8 mil do que no mesmo mês do ano anterior, que tinha registado 274,2 mil dormidas. Em janeiro de 2017, o total de dormidas tinha sido de 212,1 mil.

Pela primeira vez num mês de janeiro, as dormidas por parte dos visitantes estrangeiros ultrapassaram as 100 mil, totalizando 103 mil. Em janeiro de 2018 tinham sido 90,6 mil, o que significa que houve um aumento de 13,7 por cento. Comparativamente, o crescimento nas dormidas de estrangeiros no global do país foi de 3,1%. Ou seja, em janeiro, as dormidas de estrangeiros cresceram quatro vezes mais no Centro de Portugal do que no total do país!

Por outro lado, a procura do Centro de Portugal pelos visitantes nacionais também continua a crescer. Em janeiro de 2019, assinalaram-se na região 191 mil dormidas de visitantes nacionais, mais 4% que em janeiro de 2018.

O Centro de Portugal regista igualmente números muito positivos nos restantes indicadores registados pelo INE. É o caso do total de hóspedes, que entre janeiro de 2018 e janeiro de 2019 subiu 5,9%, para 190,7 mil, da taxa de ocupação, que subiu 4,5%, e da estadia média, de 1,52 para 1,54.

A nível das receitas, em janeiro de 2019 observou-se um forte crescimento nos proveitos totais da atividade turística no Centro de Portugal. Em comparação com o mesmo mês de 2018, os proveitos totais subiram 9,1%, aproximando-se dos 15,8 milhões de euros. Um indicador que demonstra que a aposta dos empresários da área do turismo na região é cada vez mais rentável.

“Os primeiros números do ano, agora divulgados pelo INE, deixam antever que 2019 vai ser mais um ano histórico para a atividade turística no Centro de Portugal”, comentou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal. “Registo com muito satisfação que a região subiu em todos os indicadores estatísticos em janeiro, com particular veemência nas dormidas de visitantes de fora do país e nos proveitos totais. São dados que dão grande alento aos empresários que apostam na região”, acrescentou.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar