Templates by BIGtheme NET
Home » Nacional (page 124)

Nacional

“A ovelha que fazia MÚUU”na iniciativa Livros Sobre Rodas

1.,Mangualde continua a aproximar as

 crianças ao mundo imaginário da literatura

“A ovelha que fazia MÚUU”, de Isabel Fernandes Pinto, é a obra em destaque este mês na iniciativa Livros Sobre Rodas. Dinamizada pela Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, trata-se de uma atividade de promoção da leitura com o objetivo de aproximar as crianças ao mundo imaginário da literatura. As primeiras três sessões desta dramatização tiveram como espetadores as crianças do 1º ciclo de Chãs de Tavares, Abrunhosa-a-velha e Santiago de Cassurrães. Nas próximas semanas a Biblioteca Municipal receberá os alunos das restantes escolas do concelho.

A autora deu asas à sua imaginação e criou esta simpática ovelha, originária da aldeia de Campo Benfeito, Serra de Montemuro, no nosso distrito. Esta simpática ovelha nunca precisou de fazer “méee” para prender a atenção dos pequenos ouvintes, o que prova que “ser diferente não é um problema. É apenas ser o que se é.”

Isabel Fernandes Pinto nasceu no Porto, em 1980. É licenciada em Estudos Teatrais pela ESMAE-IPP, tendo complementado a sua formação de atriz no Laboratoire de Recherches Théâtrales, sediado em Estrasburgo. É também licenciada em Arquitetura pela FAUP, tendo colaborado em gabinetes nacionais e franceses. É atriz, contadora de histórias e autora de contos e textos para teatro. Em 2005 criou o projeto Faunas – teatro portátil dirigido a jovens – onde escreve, encena e interpreta, que tem levado a várias escolas, bibliotecas e auditórios.

PROMOÇÃO DA LEITURA JUNTO DAS CRIANÇAS DO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO DO CONCELHO

O projeto itinerante “Livros Sobre Rodas” é um projeto de promoção da leitura dirigido às crianças do pré-escolar e do 1º Ciclo do concelho. É desenvolvido pela equipa da Biblioteca Municipal desde alguns anos a esta parte e, carateriza-se pela itinerância de contos e livros pelo concelho e pela visita programada de todas as crianças do concelho à Biblioteca Municipal para iniciarem a sua formação de leitores e utilizadores destes serviços. O objetivo é a promoção do livro e da leitura, no âmbito de uma perspetiva lúdica, junto de todas as crianças, contribuindo assim para o seu crescimento enquanto leitores e cidadãos com níveis satisfatórios de literacia. O projeto é anual, sempre renovado e acompanha o ciclo de cada ano letivo.

Por:Mun.Mangualde

 

 

Campanha das tampinhas continua em Pinhel

tampinhasO Município de Pinhel continua a sua missão de separar e recolher tampinhas de plástico, numa causa que é ambiental, mas também solidária, tendo em conta que as verbas angariadas são destinadas à aquisição de equipamentos para pessoas portadoras de deficiência com rendimentos reduzidos.
Para fechar a campanha que permitiu adquirir uma cadeira de rodas para a Joaninha (entregue em abril de 2016), ainda são precisas mais cerca de três toneladas de tampinhas de plástico (3000 kgs).
Assim, o Município da Cidade Falcão apela uma vez mais ao empenho e à boa vontade de todos, no sentido de separar todo o tipo de tampinhas (de águas, sumos, iogurtes, mas também de detergentes ou champôs, por exemplo).

As tampinhas podem ser entregues na Câmara Municipal, no Agrupamento de Escolas, nas Juntas de Freguesia ou na Rádio Elmo.
Caso seja necessário, o Município de Pinhel também assegura a recolha noutros locais (inclusive fora do concelho).

Por:Mun.Pinhel

Recordar filme ‘Morte dum Ciclista” em Mangualde

0Deixar morrer um homem foi a alternativa encontrada por dois amantes no filme ‘Morte dum Ciclista’. A obra de J. A. Bardem apresenta a forma como o casal tentou evitar um escândalo, acabando na morte do amante para que ela não fosse para a prisão. O realismo da história exaltou críticas a nível mundial, incluindo a conquista do Grande Prémio da Crítica Internacional de Cannes, e ‘Aconteceu no Cineteatro há 61 anos’.

 O espetáculo centra-se na questão do egoísmo e exibe uma sociedade falsa, apodrecida nos costumes e nas finalidades da vida. A película, para maiores de 18 anos, contou com a artista italiana Lucia Bosé e com o artista hispano-americano Alberto Glosas.

A campanha ‘Aconteceu no Cineteatro há…’ é promovida semanalmente pela autarquia mangualdense.

 RELANÇAR O CINETEATRO DE MANGUALDE E INCENTIVAR

O CONTACTO COM AS FONTES PRIMÁRIAS SÃO OS PRINCIPAIS OBJETIVOS

Através do Arquivo Municipal de Mangualde está a ser divulgado, semanalmente, um cartaz relativo às antigas exibições no Cineteatro. Com esta campanha a autarquia mangualdense pretende relembrar aos mangualdenses que ao longo de várias décadas, no Cineteatro de Mangualde, múltiplas companhias de espetáculo exibiram as suas melhores peças e os seus melhores atores, sendo aqui também projetados excelentes filmes. Para além de sensibilizar a sociedade civil mangualdense para a importância deste extraordinário equipamento cultural, pretende ainda incentivar o contacto com as fontes primárias, gerar uma nova atitude face ao património documental, e propiciar o desenvolvimento de hábitos de pesquisa e de visita ao arquivo.

Esta iniciativa surge no seguimento do anúncio das obras de requalificação previstas para o Cineteatro de Mangualde, cujo lançamento do concurso de obra se prevê ainda este ano. Esta iniciativa tem como intuito criar um maior dinamismo e relançar o Cineteatro de Mangualde.

Por:Mun.Mangualde

 

Aguiar da Beira “O” Meeting 2017 (ABOM) em março

abom17Vai ter lugar nos dias 4 e 5 de Março, O Aguiar da Beira “O” Meeting 2017 (ABOM) que é um evento de Orientação Pedestre que será constituído por três etapas, uma distância Média, um Sprint e uma distância Longa.

Este evento conta para a Taça de Portugal Vitalis e para o Ranking Mundial.

As inscrições estão abertas para todos:

http://abom2017.ori-estarreja.pt/pt/

ou a página do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/oriestarrejaevents/?hc_ref=SEARCH&fref=nf

Por:AP/MAB

Artigo de opinião–REDES SOCIAIS OU ASSOCIAIS?

0001

Mó digital

REDES SOCIAIS OU ASSOCIAIS?

A internet mudou significativamente a maneira como nos comunicamos e percebemos o mundo. Graças a ela, temos acesso a toda a informação à distância de apenas um “clique”.

A distância não existe mais, e a comunicação é instantânea.

Comummente, são relatadas histórias em que a internet, nomeadamente as redes sociais, têm um papel meritório na promoção do reencontro de pessoas, bem como na aproximação de outras que por imposição geográfica se encontram distantes.

Todavia, regista-se uma diminuição acentuada do contacto social “face to face” (cara a cara), levando as pessoas a deixar de praticar competências sociais como a empatia, o contacto visual e a leitura emocional do outro. De facto, é mais fácil investir na imagem que projectamos virtualmente de nós do que na nossa verdadeira imagem, investir mais em relações virtuais, acessíveis e práticas do que nas reais, que implicam ir ao encontro do outro.

De forma paradoxal, nunca estivemos tão ligados entre nós – as redes sociais, são a prova “viva” disso – e nunca nos sentimos tão sozinhos e com tanta necessidade de falar e comunicar.

As redes sociais tornaram-se então, autênticos “esconderijos emocionais”, pois, na maioria das vezes, não favorecem o conhecimento, a reflexão, a prudência e o auto-controlo.

Assiste-se a uma efervescência da impulsividade, da superficialidade, da expressão de sentimentos discriminatórios e a uma indiscriminada manifestação de comportamentos preconceituosos.

A afirmação narcísica das pessoas, a agressividade e os juízos de valor sobre tudo e sobre nada, passa a ser o lema.

Mas porque é que isto acontecerá?

A falta de tempo e as frustrações do dia-a-dia, podem justificar a permanência cada vez maior das pessoas nas redes sociais, na medida em que, “aqui” tudo é imediato e cómodo e a gratificação e o reconhecimento são instantâneos.

Um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh avaliou o comportamento de 1,8 mil pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 32 anos e encontrou uma correlação entre o uso das redes sociais e a probabilidade de desenvolver depressão, baixa auto-estima e isolamento. A pesquisa conclui que não são as redes sociais que provocam depressão, mas que, com o acesso exagerado, a tendência a ficar deprimido aumenta.

A fronteira entre o que é uma utilização saudável das redes sociais e o uso excessivo é definida pelo bom senso. O equilíbrio que procuramos no dia-a-dia (conjugando momentos de prazer com trabalho, contrabalançando partilha com privacidade) aplica-se também às redes sociais. É necessário evitar os extremos e as dependências, tanto na vida real como na virtual.

As redes sociais são, efectivamente, uma ferramenta com múltiplas possibilidades, descartá-las ou não lhes dar a devida atenção seria não aceitar que vivemos em plena Era da informação e do conhecimento.

Assim, cabe a cada um de nós, ter senso crítico na utilização desta ferramenta. Cada um deverá definir o seu ponto de equilíbrio, entre ser utilizador ou escravo do sistema.

*O autor não escreve segundo o acordo ortográfico.

Psicóloga Clínica, Rita Amaro–ISCMFA

 C.P.: 16527

“Kids Cooking” arrancou em Mangualde

000  No arranque da iniciativa “Kids Cooking”, onde uma forma diferente de comer fruta foi dinamizada pelo Chef Nuno Fonte e pela SubChef Inês Beja, o edil mangualdense, João Azevedo, marcou presença.

A atividade, dirigida aos alunos do 1º ciclo, é promovida pela Câmara Municipal de Mangualde com o objetivo de sensibilizar os mais novos para os benefícios do consumo de fruta.

Nas duas primeiras sessões, que se realizaram nos dias 16 e 17 de janeiro, foi confecionada uma sopa de frutas e um hambúrguer de fruta com a ajuda dos alunos das escolas de Santiago de Cassurrães, Abrunhosa-a-Velha, Chãs d00e Tavares, Centro Escolar – ACO (1.ºA e 1.º B), Gomes Eanes de Azurara (2.º F), Moimenta de Maceira Dão, Tibaldinho, Mesquitela, Fagilde e Centro Escolar – ACO (1.º C e 1.º D). Nestes dias, duas centenas e meia de alunos do 1.º ciclo tiveram a oportunidade de experienciar formas saudáveis e divertidas de consumir fruta. No final de cada sessão foi entregue a cada participante um certificado de presença e a receita da sopa de frutas.

A ação continua nos dias 30, 31 de janeiro e 13 de fevereiro, entre as 10h00 e as 11h30, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e insere-se no âmbito das medidas de acompanhamento do Regime de Fruta Escolar e contempla os 603 alunos do 1.º ciclo do ensino Básico do concelho de Mangualde. Este regime visa a distribuição de frutas e produtos hortícolas, frutas e produtos hortícolas transformados, bananas e produtos derivados às crianças nos estabelecimentos de ensino.

Por:Mun.Mangualde

ExpoSerra de 24 a 28 de fevereiro em Gouveia

outdoorfinafinal_web1De 24 a 28 de fevereiro, a cidade de Gouveia acolhe mais uma edição da ExpoSerra – Feira das Actividades Económicas – Serra da Estrela.

A ExpoSerra caracteriza-se por ser uma feira de actividades económicas vocacionada para a promoção de negócios e comercialização de produtos endógenos locais e regionais.

O espaço da exposição localizada no Pavilhão da ex-Bellino & Bellino possui uma área comercial de 3659m2 disponibilizando 120 stands promocionais.

As inscrições para o certame terminaram a 06 de janeiro existindo cerca de 100 expositores inscritos para a edição de 2017.

O programa da ExpoSerra engloba também a realização da Feira do Queijo da Serra da Estrela de Gouveia, no domingo de carnaval e as actividades do Carnaval da Serra.

A ExpoSerra cumpre em 2017 mais uma edição e o Município de Gouveia aposta, uma vez mais, nos negócios, nas tradições, na cultura e na divulgação dos produtos endógenos, criando o maior certame de negócios e produtos regionais da Serra da Estrela.


ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO DO PRODUTOS LOCAIS NA EXPOSERRA 2017

O programa tem início no dia 24 de fevereiro, com a abertura e inauguração da ExpoSerra 2017 e com o espetáculo de Augusto Canário e Amigos, que prometem animar a noite de sexta com a sua música minhota. No dia 25, a rainha do pop português, Ana Malhoa, sobe ao palco da ExpoSerra, garantindo um espetáculo que certamente animará a noite de Sábado.

No domingo, 26 de fevereiro, a Feira do Queijo de Gouveia ocupará a área central da ExpoSerra e durante a tarde o desfile de Carnaval promete, como já é habitual, encher as ruas da cidade de muita música, alegria e animação.  Decorrido o desfile, a festa continua no palco da ExpoSerra com um espetáculo de Safira e à noite, este palco irá contar com a presença do incomparável Quim Barreiros.

No dia 27, segunda-feira, o Município de Gouveia promove o tradicional baile de carnaval com concurso de máscaras e no dia 28, a ExpoSerra encerra com um espetáculo para os mais pequenos da Fada Juju seguido do espetáculo e cortejo do Enterro e Queima do Entrudo.

Por:Mun.Gouveia

A seleção feminina de futsal, sub-17 treinou em Fornos

15965497_958424614294493_1098004637225326244_nFornos de Algodres recebeu ao fim da tarde , desta terça-feira, mais um treino da seleção feminina de futsal, sub-17.

O Pavilhão Gimnodesportivo do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, foi o palco indicado,deste apronto de preparação para a participação no Torneio Interassociações.

Por:AFGuarda

Restaurantes de Nelas galardoados

1Decorreu em Viseu, no Teatro Viriato a cerimónia de entrega de galardões do Programa “Selecção Gastronomia e Vinhos Viseu Dão Lafões” tendo os Restaurante Zé Pataco e o Restaurante Real do Hotel Urgeiriça de Canas de Senhorim sido galardoados na cerimónia.

Numa iniciativa promovida pela Associação da Hotelaria Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) com financiamento da Entidade Regional de Turismo do Centro, contou também com a presença de representantes da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões (CIMVDL), da Câmara Municipal de Viseu e da Secretaria de Estado do Turismo que entregaram no Teatro Viriato em Viseu os galardões a 29 restaurantes de 12 municípios da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões.

Esta cerimónia contou com a presença da Secretária de Estado Ana Mendes Godinho que elogiou a “resiliência, resistência e humildade” dos empresários presentes e a “capacidade de nunca pararem”. Destacou ainda o facto de os empresários perceberem que “querem ser cada vez melhores e trabalhar com mais qualidade, valorizando o que é nosso, o que é autêntico: que é a nossa gastronomia e os nossos produtos”.

O Município de Nelas fez-se representar pela Vice-Presidente Sofia Relvas que juntamente com os representantes dos Restaurantes Zé Pataco e Hotel Urgeiriça (Restaurante Real), dignificaram a excelente imagem que Nelas possui a nível turístico e gastronómico.

Sobre esta temática, é de salientar que no próximo dia 26 de Janeiro irá decorrer mais uma conferência integrada no Ciclo “Nelas por Vocação: 10 Conferências, 10 Convidados”, no restaurante Zé Pataco, em Canas de Senhorim tendo como convidado o Chef Vítor Sobral.

Por:Mun.Nelas

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar